VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Morador do Pinheirinho espancado por PMs vai ter alta hospitalar e não tem para onde ir


14/03/2012 - 21h51

por Conceição Lemes

No dia 4 de fevereiro, nós denunciamos aqui.  Localizada mais uma vítima da violência policial na reintegração de posse do Pinheirinho.  Era o aposentado Ivo Teles dos Santos, 70 anos, natural de Ilhéus (BA), RG 27106829-2.

Quem descobriu o seu paradeiro foi a ex-companheira, dona Osorina  Ferreira de Souza, que, depois de peregrinar por diversos lugares, achou-o no dia 3 de fevereiro. Ele estava em coma,  entubado, na UTI do Hospital Municipal de São José dos Campos, desde o dia 22 de janeiro.

“O senhor Ivo foi espancado por policiais militares no dia da reintegração de posse”, denunciou na época ao Viomundo Renato Simões, conselheiro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), onde representa o movimento nacional de direitos humanos. “Várias testemunhas viram-no  ser espancado, depois ser levado para dentro do Pinheirinho.”

O hospital diz que o senhor Ivo teve acidente vascular hemorrágico (AVCH). Parlamentares e integrantes do Condepe questionam, pois o aposentado apanhou muito e foi visto, mal conseguindo andar, cheio de hematomas.

Anteontem, o Hospital Municipal de São José dos Campos comunicou dona Osorina de que vai dar alta ao aposentado.

“Acontece que o senhor Ivo não tem para onde ir”, afirma o vereador Tonhão Dutra (PT). “Na reintegração de posse, ele perdeu a casa e tudo o que tinha dentro. Para piorar, ele não tem mais condições de se cuidar sozinho, ele perdeu autonomia.”

Segundo a ex-companheira, Ivo não fala mais, só resmunga. Perdeu o movimento da mão e pé direitos. Só fica deitado, não toma banho sozinho. Alimentação é por sonda no nariz.

“Eles [Prefeitura e governo do Estado] precisam providenciar moradia e um cuidador para o senhor Ivo, pois ele mora sozinho, a ex-companheira também é doente e não tem como se ocupar disso”, afirma Dutra, que tem acompanhado o caso. “Afinal, o senhor Ivo está nessa situação por obra e graça de uma ação do prefeito Eduardo Cury e do governador Geraldo Alckmin.”

“SPDM SONEGA INFORMAÇÕES, NÓS É QUE SOMOS DENUNCIADOS”

No dia 4 de fevereiro, parlamentares e integrantes do Condepe estiveram no hospital Municipal de São José dos Campos para se inteirar mais do caso do senhor Ivo. Queriam ter acesso ao Boletim de Atendimento de Urgência (BAU), que é onde está relatado como ele  chegou lá e as agressões sofridas.

A direção negou. A recusa do Hospital Municipal, administrado pela OSs SPDM, foi justificada como interferência direta de Danilo Stanzanni,  Secretário da Saúde de São José dos Campos.

Depois de muita insistência e canseira, o hospital entregou apenas o relatório abaixo, que integrantes do Condepe e parlamentares questionam.

“Apesar de o presidente da SPDM, doutor Rubens Belfort Jr., ter nos prometido que enviaria o BAU, até hoje não cumpriu o acertado”, informa o deputado estadual Adriano Diogo (PT-SP). “Curiosamente, a SPDM ainda fez um boletim de ocorrência contra nós na polícia local. Uma  inversão completa de valores. A SPDM nos sonega informação e nós é que somos denunciados.”

A propósito. Como até hoje as perguntas que fizemos na matéria anterior não foram respondidas pelas autoridades competentes, gostaria de reiterar algumas:

Por que o relatório do Hospital Municipal de São José dos Campos não fez qualquer menção a traumatismos, hematomas, já que descreve o quadro do aposentado ao dar entrada na emergência?

Supondo que, coincidentemente, o senhor Ivo tenha tido também um AVCH, por que “ignorar” os machucados no relatório, afinal compõem o quadro completo do doente?

Até que ponto a violência sofrida  não contribuiu para elevar a pressão arterial do senhor Ivo, favorecendo o acidente vascular cerebral?

Se não há nada esconder, por que o secretário da Saúde de São José dos Campos interferiu para que o BAU não fosse fornecido à comissão de entidades e parlamentares que o estão requisitando?

A essas questões, acrescento esta:  agora, quem vai cuidar ou, pelo menos, bancar quem cuide do senhor Ivo, que até a desintegração de posse do Pinheirinho era  “um touro”, segundo dona Osorina?

Leia também:

Eduardo Suplicy e Ivan Valente repelem afirmações de Rodrigo Capez

Pinheirinho: Os senadores viram o terror e o amor

Madalena, Moacir, Ana, Nivaldo, Fabiana: “Perdi tudo”

Pablo, 4 anos: “Mataram o meu cachorro…Foi a polícia”

Carmen Sampaio: “Pinheirinho, show de horror não acaba nunca”

Pinheirinho: Os senadores viram o terror e o amor

Suplicy: Ex-moradores do Pinheirinho denunciam violência sexual praticada por PMs

Defensoria Pública de São Paulo desmonta toda a história oficial sobre o Pinheirinho

23 ex-moradores do Pinheirinho farão exame de corpo de delito; há mais feridos

David, ex-morador do Pinheirinho: “Eu consigo identificar o guarda civil que atirou em mim”. Ouça o depoimento dele

Adriano Diogo: “Depois de balear David pelas costas, a GCM atirou nele, de novo”

Eduardo Guimarães: JN culpa moradores por tragédia do Pinheirinho

Onde “triunfaram” a PM, a Justiça e o PSDB

Juristas e entidades comprometidos com a democracia denunciam caso Pinheirinho à OEA

Ermínia Maricato: Os motivos para o “terror imobiliário”

O protesto dos cineastas contra a “política do coturno”

Maria Inês Nassif: Tucanos fazem a opção preferencial contra os pobres

Ricardo Vilches: Tratores destroem casas e eletrodomésticos

“Parecendo um porco para abater amanhã”

Emiliano José: A população de São Paulo há de acordar

Adriano Diogo: “Depois de balear David pelas costas, a GCM atirou nele, de novo”

Repórter Brasil: A fala de Dilma em Porto Alegre

Alckmin cria “gabinete antiprotesto”

Paulo Maldos: “Você volta e manda sua presidenta falar comigo”

Rosane Bertotti: O protesto no Pinheirinho

Gilberto Carvalho: “O Brasil viu aquele terrorismo”

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



81 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

PM tentou proibir conselheiro do Condepe de assistir à exumação do corpo de ex-morador do Pinheirinho « Viomundo – O que você não vê na mídia

14 de junho de 2012 às 20h51

[…] Conceição Lemes: Se receber alta, Ivo Teles não tem para onde ir […]

Responder

Juristas denunciam desocupação do Pinheirinho à Comissão Interamericana de Direitos Humanos « Viomundo – O que você não vê na mídia

13 de junho de 2012 às 08h11

[…] Conceição Lemes: Se receber alta, Ivo Teles não tem para onde ir […]

Responder

Justiça autoriza exumação do corpo de aposentado espancado por PMs no Pinheirinho; será dia 14 « Viomundo – O que você não vê na mídia

13 de junho de 2012 às 07h15

[…] Conceição Lemes: Se receber alta, Ivo Teles não tem para onde ir […]

Responder

Morre idoso hospitalizado após ação no Pinheirinho | Viomundo - O que você não vê na mídia

21 de abril de 2012 às 12h24

[…] Se recebesse alta, Ivo Teles não tinha para onde ir   […]

Responder

Panambi

23 de março de 2012 às 23h00

E eu, Globo, Folha, Estadão, Band, SBT, Capez, Juiza, Sartori, Prefeito e Alckmin com isto??? Me ajuda aí, ôôô…

Responder

Odete Soares

21 de março de 2012 às 22h36

Há tempos, que não comento um assunto, mas, o caso Pinheirinho não pode ser enterrado..

O “FIM”, que haveria de justificar “OS MEIOS’, para o terreno; palco dos massacres e humilhações de Pinheirinho. Afinal, foi pra isto que houve uma LIMINAR???????
http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/terreno

Se isto não for motivo, suficiente de sobra, para uma intervenção, uma denúncia pública de prevaricação (seria isto?), ou algo maior, não sei mais o que poderia ser, porque eu me sinto ultrajada e horrorizada com o desfecho desta “História”. Abraços

Responder

Sérgio França

17 de março de 2012 às 09h40

E agora eu pergunto: De quem é a responsabilidade da manutenção do Sr. Ivo?
Cadê a OAB, CNBB, Pastoral, cadê os políticos de oposição ao Prefeito de São José dos Campos, cadê os humanitários dessa cidade, cadê ? Cadê?
Com relação ao Rei da república bandeirantes nós já sabemos à que se presta…basta ver a situação dos demais moradores do ex-Pinheirinho…

Responder

Morador do Pinheirinho espancado por PMs vai ter alta hospitalar e não tem para onde ir

16 de março de 2012 às 14h42

[…] Por Conceição Lemes, do Viomundo. […]

Responder

FrancoAtirador

16 de março de 2012 às 11h20

.
.
Ora revela-se que os bens móveis, inclusive veículos,

que foram retirados dos moradores expulsos do Pinheirinho

ficaram sob a guarda do representante da massa falida Selecta.

Agora, o depositário pediu à Juíza para se desencumbir do encargo.

A Dra. Faria (e fez) Mathey, então, proferiu o seguinte despacho:
.
.
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
COMARCA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
FORO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
6ª VARA CÍVEL
Rua Paulo Setúbal, 220
Jardim São Dimas
CEP: 12245-460 – São José dos Campos – SP
Telefone: 12 39215266r224 – E-mail: [email protected]

DESPACHO
Processo nº: 0273059-82.2005.8.26.0577
Classe – Assunto: Reintegração / Manutenção de Posse – Posse
Requerente: SELECTA COMERCIO E INDUSTRIA S/A – MASSA FALIDA
Requerido: ESBULHADORES

Juiz(a) de Direito: Dr(a). MÁRCIA FARIA MATHEY LOUREIRO
Proc 2526/2005

Vistos.
1) Fls.1142/1146 : Manifeste-se a autora em cinco dias.

2) Diante do pedido da Massa Falida de desencumbir-se do ônus de depositário dos bens retirados da área denominada " Pinheirinho ", por ocasião da reintegração de posse ocorrida determino :

– Oficie-se ao Ciretran, encaminhando cópia da relação dos veículos que se encontram no depósito da empresa Sat Log e que foram removidos em razão do cumprimento da reintegração de posse do Pinheirinho, para que no prazo de cinco dias, informe sobre a regularização de documentação, queixa de furto/roubo , ou eventual restrição.

– Oficie-se à Prefeitura Municipal , Secretaria de Desenvolvimento Social, para que informe :
Quantas famílias retiradas da área foram cadastradas;
quantas foram encaminhadas aos abrigos;
quantas ainda permanecem no abrigo, e em qual,
quantas e quais famílias que se encontram no abrigo possuem bens no depósito da Sat Log;
e finalmente, quantas e quais famílias que já possuem cadastro já receberam o auxílio aluguel.

– Oficie-se ao Sat Log para que informe quantos veículos e quantas mudanças permanecem no depósito, informando o nome dos proprietários, ou número da etiqueta do auto de arrolamento.

3) Com as respostas nos autos, tornem conclusos.
4) Cumpra-se e int.
São José dos Campos, 01 de março de 2012.

Processo nº 0273059-82.2005.8.26.0577

(http://esaj.tjsp.jus.br/cpo/pg/search.do?paginaConsulta=1&localPesquisa.cdLocal=577&cbPesquisa=NUMPROC&tipoNuProcesso=UNIFICADO&numeroDigitoAnoUnificado=0273059-82.2005&foroNumeroUnificado=0577&dePesquisaNuUnificado=0273059-82.2005.8.26.0577&dePesquisa=)

Responder

FrancoAtirador

16 de março de 2012 às 10h11

.
.
Enquanto isso…

Negócios imobiliários em ritmo acelerado
na São José dos Campos de Concentração
.
.
Por Beatriz Rosa, do Jornal O Vale, via Luis Nassif OnLine

Terreno do Pinheirinho vai a leilão no prazo de três meses

Justiça escolhe a empresa que fará leilão de área na região sul de São José;
valor da gleba pode chegar a R$ 136 milhões

Com 1,3 milhão de metros quadrados, o cobiçado terreno do Pinheirinho, na zona sul de São José, será leiloado em junho.
A área que pertence à massa falida da Selecta, empresa do megaespeculador Naji Nahas, será leiloada para pagamento de dívidas.

Segundo o juiz Luiz Beethoven Giffoni Ferreira, da 18º Vara Cível, responsável pelo processo de falência da massa falida da Selecta, o terreno é o único bem da empresa, que possui dois credores –as Fazendas Municipal e Federal.

O juiz não informou o valor devido aos credores, mas a estimativa é que a dívida da massa falida com município e União some R$ 24 milhões.

Segundo o magistrado, o terreno será vendido por meio de leilão eletrônico. O valor inicial para o lance não foi divulgado pela Justiça, mas segundo o magistrado foi feita uma perícia com base no valor real do metro quadrado.

Avaliação

A pedido de O VALE, o especialista em avaliação de terreno, José Silvio da Costa Manso, fez uma avaliação informal da área.

Segundo ele, a estimativa é que o valor do metro quadrado naquela região varie de R$ 80 a R$ 100. Assim, a gleba valeria de R$ 108 milhões a R$ 136 milhões, respectivamente.

“É a última área nobre da zona sul, bem localizada e que pode receber condomínios residenciais ou industriais. As grandes construtoras certamente estarão de olho”, disse Manso.

Terreno.Segundo Manso, a área tem um aproveitamento estimado de 718 mil metros quadrados –pelo menos 45% do terreno é área de APP ou destinada para arruamento.
Nesse espaço, ele estima que seria possível construir 3.740 lotes de 200 metros quadrados ou 1.000 galpões industriais. Em razão do zoneamento industrial, o terreno do Pinheirinho, por lei, só pode ter vocação industrial.

Venda

O leilão do Pinheirinho será realizado pela empresa Sodré Santoro, de Guarulhos. O advogado da empresa, Sidney Palharini Júnior, informou que o edital com as informações do terreno e seu valor deve ser publicado na segunda quinzena de abril.
Por um período de 20 dias, os interessados no terreno poderão se cadastrar no site da empresa e fazer lances on-line. Depois, haverá um pregão presencial.

O juiz da massa falida informou que a participação de órgãos públicos no leilão está descartada, por ser ilegal.

Prefeitura

A prefeitura informou não ter conhecimento do leilão. Quando o pregão for agendado, a Procuradoria Fiscal do Município irá acompanhar o processo para receber os créditos da dívida dos impostos municipais. O governo não respondeu se pretende alterar o zoneamento da área.

A reintegração de posse do Pinheirinho ocorreu no dia 22 de janeiro. A ação reuniu 2.000 policiais militares.

Sem-teto criticam iniciativa

Lideranças sem-teto de São José lamentaram o agendamento do leilão do terreno, onde cerca de 1.700 famílias viveram por quase oito anos.

As famílias foram expulsas do terreno no dia 22 de janeiro desse ano. Pelo menos, 1350 delas recebem auxílio aluguel da prefeitura em parceria com o Governo do Estado.

“A gente espera pela desapropriação por parte do governo federal. Esse seria o destino justo do terreno”, disse Valdir Martins, o Marrom.

O advogado Antonio Donizete Ferreira, o Toninho, criticou o leilão do terreno.
“Existem dúvidas jurídicas sobre a ação de reintegração de posse que ainda correm na Justiça. Eles têm pressa em vender a área porque há ilegalidades na desocupação”, disse.
Para Ferreira, o desfecho do caso só privilegia o megaespeculador Naji Nahas.

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/pinheiri

Responder

Operante Livre

16 de março de 2012 às 08h13

Não ter para onde ir é como liberar a pessoa para morrer fora de suas dependências e depois dizer que foi de morte natural.

Responder

Operante Livre

15 de março de 2012 às 23h21

Eles não vão fornecer evidências que os incriminem. Se o paciente morre é capaz de dizerem que foi suicídio.
Não é uma atitude estranha ao tucanato. É a cara – digo, o bico – deles.

Responder

Henrique

15 de março de 2012 às 22h40

A ditabranda (13/03/12), por costume, só entrevista 'gente boa'.
O naji nahas disse que o problema de moradia não é seu, mas do governo.
É a típica reação, deste especulador milionário, da elite econômica: egoista, esnobe, egocentrico e SEM NENHUM COMPROMISSO COM A REDUÇÃO DA DESIGUALDADE SOCIAL.

Responder

Henrique

15 de março de 2012 às 22h35

A juíza "marcia faria mathey loureiro" afirmou que só 25% das famílias moravam por necessidade no Pinheirinho e que não conhecia 'naji nahas' que era dono do terreno. (só ela não conhece o que todo o Brasil conhece!) – (publicado na ditabranda em 12/03/12)
Bom!
25% de 9.000 moradores são 2,250. Essas PESSOAS FORAM JOGADAS NO OLHO DA RUA pela juíza em favor de um indivíduo que já esteve foragido da justiça – também ELA NÃO SABIA!

Responder

Mateus_Beatle

15 de março de 2012 às 20h37

REALMENTE: Não existe amor em SP.

Responder

francisco.latorre

15 de março de 2012 às 20h24

horror. o horror.

..

estado policial. sem lei.

..

e ninguém. ninguém. faz nada.

..

duro. demais.

..

Responder

mim

15 de março de 2012 às 17h44

Por quê Justiça Federal não determina que a terra seja devolvida aos moradores? É muita burocracia, tipo 500 anos e trocentos milhões de carimbos?

Vou parar de pagar meu aluguel. Quando me entregarem ordem do juiz pra sair, posso rir e dizer que não vou cumprir?

Responder

souza

15 de março de 2012 às 17h13

a conta desta situação deve ser debitada do erario do geraldo, palácio dos bandeirantes

Responder

    beattrice

    16 de março de 2012 às 10h12

    E do ministério da Justiça e do Governo Federal.

Morador do Pinheirinho espancado por PMs vai ter alta hospitalar e não tem para onde ir | o comum

15 de março de 2012 às 17h05

[…] Morador do Pinheirinho espancado por PMs vai ter alta hospitalar e não tem para onde ir Publicado em Março 15, 2012 por andresvieira FONTE:https://www.viomundo.com.br/denuncias/morador-do-pinheirinho-espancado-por-pms-vai-ter-alta-hospitala… […]

Responder

Lucy

15 de março de 2012 às 14h09

Traficantes incendiaram ônibus tomando cuidado de primeiramente de esvaziá-los. Nenhum ferido. Governo federal interveio com Forças Armadas. A corja da op Pinheirinho é mais bandida que traficante. E governo federal diz 'oh, q absurdo' e cruza os braços. E a Justiça Federal? Também calou? Tá tudo tranquilo, na boa? Tá valendo descumprir ordem judicial?

E o cineasta que fez greve de fome? Denunciou assassinato de criança. Filmou jornalistas se escondendo pra não terem que testemunhar. Mataram ele também?

Presidente Dilma, exceção é exceção. Copa é copa. Intervenção ou sinal verde p o golpe? Sua blusa vermelha, presidente, não mais lhe cai bem.

Responder

Henrique

15 de março de 2012 às 13h32

Pelo menos uma ‘coisa’ eu concordo com o Lênin em seu prefácio às cartas a Karl Marx, “a iniciativa histórica das massas”: A ALIENAÇÃO JAMAIS É TÃO TOTAL QUE TORNE IMPOSSÍVEL AO HOMEM LUTAR CONTRA ELA.

O que falta para SP acordar?

Responder

    leandro

    16 de março de 2012 às 09h22

    Acordar e ficar igual a uma Bahia???

    beattrice

    16 de março de 2012 às 10h04

    Um partido de oposição.

Henrique

15 de março de 2012 às 13h32

São Paulo precisa se livrar desta política totalitária, há quase duas décadas, para que se possa evitar mais uma alienação do povo paulista que é: a legalidade está acima dos DIREITO HUMANOS – alimentada pela especulação imobiliária.

Responder

Henrique

15 de março de 2012 às 13h31

alckmin lembra opus dei.
E por falar em religião, pelo que se sabe, Deus não deu poder a homem algum para OPRIMIR OU EXPLORAR OUTRO:”os mais autênticos servidores de Cristo sempre foram os maiores inimigos da tirania e da opressão.”(Lilburne – protesto de Overton/Inglaterra/1646)

Mas a opus dei é exatamente o contrário!
Basta ver a atitude do alckmin!

Responder

Henrique

15 de março de 2012 às 13h31

alckmin é uma concepção paupérrima de um ser humano, igualando-o a todos aqueles escombros materiais. Sim, porque escombro de personalidade o gov/SP já vem demonstrando há anos em SP.
Para o gov(?) a realidade social só é percebida sob a forma de objetos e não como uma atividade humana ou, no mínimo, um pensamento humano. Só o humanismo é capaz de compreender uma sociedade, o seu povo.
O homem se forma pelo que faz e, para isso, ele precisa ser humano antes de mais nada.
O gov/SP deixou sua ‘marca’ na história, ou melhor, uma mancha histórica.
SERÁ QUE alckmin PRECISA DE AULA DE DEMOCRACIA?

Responder

Antonio

15 de março de 2012 às 12h38

O Estado tem que ser indiciado e pagar. Ele é comandado por neonazistas neoliberais segregacionistas, mas ainda tem o Judiciário Federal para salvar o povo da mão desses pavorosos.

Responder

Antonio C.

15 de março de 2012 às 11h32

Aos PIGuentos que urram contra os "blogs sujos", acusando-os de promover o "ódio de classe", escondem que, no fundo, o que falta, efetivamente, é mais ódio de classe. Quem descansa no atual estado de coisas, as elites, não tem o que se preocupar, considera tudo o que faz muito normal. Desculpe-me pela sinceridade, caro moderador.

Responder

Celso Junqueira

15 de março de 2012 às 11h29

A Lei do Retorno é cósmica, universal, infalível. TODOS os que participaram, promoveram, ordenaram essa barbaridade pagarão pelo que fizeram.

Responder

abolicionista

15 de março de 2012 às 11h20

Antes de fazer manifesto pela democracia no Brasil, temos que fazer um manifesto pelo fim da escravidão…

Responder

Fernando

15 de março de 2012 às 11h12

Estão acompanhando os casos dos moradores do Alemão espancados dia sim outro também por militares do Exército?

É a ´´pacificação“ do Cabral.

Responder

    Aline C Pavia

    15 de março de 2012 às 11h45

    Fato documentado e fonte por gentileza

    Lucy

    15 de março de 2012 às 17h39

    No Youtube, apenas um dos casos, sete militares do Exército espancando um bêbado. Um oficial, tentando justificar o injustificável à repórter do programa A Liga, baixa a cabeça, deixa escapar um meio sorriso e parte pra desqualificação da vítima. Até o tradicional e mentiroso 'será aberto rigoroso inquérito' cairia menos mal.

    Estado entrega armas pra milhares de desqualificados que assistiram tv demais e 'aprenderam' que praticar maldade é bonito.

    Felipe

    16 de março de 2012 às 08h14

    Eles também são trabalhadores, basta tere a consciencia disto…

    Miguel

    15 de março de 2012 às 22h23

    ta d ebrincadeira ne? acha qwue os comandantes de upp que foram removidos perderam o posto por que?

    Felipe

    16 de março de 2012 às 08h10

    Quer a notícia no boletim das Forças Armadas?

    Já imaginou a noticia no site do Misterio da Defesa:

    Militares responsáveis pela "pacificação" forçada são pegos em flagrante em pleno espancamento.

    Quer as fontes das denuncias de morte e tortura da ditadura também?

    Num sei se é ironia ou inocencia, mas é muito pitoresco o seu comentário… rsrs

Wladimir

15 de março de 2012 às 11h10

São as consequências de atos do "Poder Público" (Estado de São Paulo e Município de SJC) em favor do "Poder Privado" (do megaespeculador) e suas Milícias, digo, Polícias, que ao invés de servir e proteger o cidadão, servem para proteger os interesses desses "Poderes", Público e Privado! Até quando os Paulistas tolerarão tais atos de barbárie perpetrados por esse bando que se assenhorou do Poder no Estado, contra os cidadãos mais vulneráveis?! Nem nos regimes mais autoritários presenciamos tamanhas injustiças e impunidades!

Responder

Rogerio

15 de março de 2012 às 10h07

O Conselho Regional de Medicina não vai avaliar o laudo e o comportamento desse médico? Por que as autoridades que estão a frente desse caso ainda não apresentaram denúncia contra o médico que expediu o laudo atestando AVC?

TEM QUE RESPONSABILIZAR ESSA CORJA TODA!

Responder

    Aline C Pavia

    15 de março de 2012 às 11h45

    O médico que assinou na verdade foi o Harry Shibata com endosso e chancela do Rodas.

Marcio

15 de março de 2012 às 10h01

O Sr Ivo tem que ter um representante legal que acuse o minicipio de São José dos Campos, na pessoa do maior mandatário da cidade, por tentativa de homicidio e entrar na justiça com um pedido de indenização contra o Estado e o Municipio.

Responder

angelo

15 de março de 2012 às 09h10

Comissão de meia verdade é teatrinho pra gringo ver. Sequer apuram o que aconteceu ontem filmado e com diversas testemunhas.

Responder

ratusnatus

15 de março de 2012 às 09h03

Daqui a 15 minutos a CBN irá veicular propaganda da souza Cruz. Ligue e escute!

Responder

Gerson Carneiro

15 de março de 2012 às 08h30

"Sinto vergonha de mim" – Rui Barbosa, mas pode ser o Senhor Ivo.

[youtube Lo1gPVsKp5E http://www.youtube.com/watch?v=Lo1gPVsKp5E youtube]

Responder

    renato

    16 de março de 2012 às 10h31

    É por estas que admiro Boldrim pelo bom gosto e senso.
    Pelo amor real pelo país, é realmente um caminho para o jovem, pelo que traz através de seu dom.
    Pena que isto não é repetido nos meios de comunicação.
    Mas valeu pela emoção e reflexão. vou continuar a reclamar e não desistir, de dar um pitaco aqui e ali, certo ou errado, mas com vontade de acertar, fazer algo por menor que seja.
    Vou catar uma lata de refrigerante por dia vou guarda-la no fim do ano vendo, compro um carrinho, e dou a uma instituição. A cada lata lembrarei deste vídeo.( já tenho 1252 latinhas desde o começo do ano).
    Não vou desanimar, nem a pau….

priscila presotto

15 de março de 2012 às 08h18

Juíza Marciaaaaaaaaaaa,Aaaaaaaaaaaalkimin!!!!!!!!!!!!! Kade vcs????????

Responder

Yarus

15 de março de 2012 às 05h07

Mais maracutaias:

“Senador Demóstenes Torres tinha rádio exclusivo para falar com Cachoeira"
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2012

Responder

Jairo_Beraldo

15 de março de 2012 às 01h31

Os dirigentes da Estacio de Sá que me alijaram, vão cuidar deles!!!

Responder

Jorge mendes

15 de março de 2012 às 01h16

Gente Ajude a denunciar Alckmin ao Tribunal Penal Internacional pelo massacre do Pinheirinho

ja divulguei em meu blog ,divulgue e espalhem nas redes sociais http://geraldoalckminpsdb.blogspot.com/2012/03/aj

Responder

Arthur Schieck

15 de março de 2012 às 00h50

É preciso organizar os fatos mais graves sobre o Pinheirinho e jogar com muita carga emocional nas próximas campanhas nos municípios paulistas. Não importa quem esteja disputando a prefeitura em questão. O alvo deve ser sempre o governo tucano. Me dá um nó no estomago ouvir uma história dessas e saber que isso está acontecendo num estado vizinho ao meu. É preciso enterrar politicamente esses fascistas.

Responder

    anna

    15 de março de 2012 às 21h59

    O presidente do PT disse que não usará o caso pinheirinho nas eleições…

    Essa omissão é vergonhosa…
    sempre votei no PT , mas ultimamente parece que não é muito diferente dos outros partidos.

    Aqui no Rio a dupla Cabral e Paes( aliados do governo) não é muito diferente dos tucanos… principalmente o tal de Paes, que adora derrubar casas e comercio de pessoas que moravam a 40.. 5 oanos nos locais onde passará a tal "transcarioca).
    Estã0 oferecendo 8 mil Rreais pelos Imoveis que estão sendo derrubados.

    beattrice

    16 de março de 2012 às 10h11

    O que confirma o que já disse reiteradamente neste espaço, o PSDB ganha as eleições em São Paulo por W.O., não entra time adversário em campo.

    beattrice

    16 de março de 2012 às 10h11

    O Paes era tucano e continuo sendo, só pintou a fachada.

Tina

15 de março de 2012 às 00h24

O Estado de São Paulo tem toda a responsabilidade neste caso. Espero que exista algum advogado corajoso o suficiente para exigir uma indenização. Não sendo assim, como o homem vai viver? Da aposentadoria que certamente não é suficiente nem para os medicamentos dos quais ele necessita?

Canalhas…

Responder

Felipe

14 de março de 2012 às 23h22

SPDM, órgão diretamente ligado à UNIFESP.
Universidade Federal de São Paulo, instituição de ensino sobre influência direta do PT.

Pela lógica dos poderes que influem sobre a SPDM os políticos do PT deveriam ter um maior transito no acesso a informações sobre os acontecimentos ligados a SPDM-UNIFESP.

Essa desinformação aparente seria fogo amigo do PT, ou algum movimento articulado para a execução de um acordo velado para um proposital abafamento da violência perpetuado pelas esferas do poder público?

Legitimação da violência pela desinformação visando um favorecimento de um único agente, o poder?!

Responder

beattrice

14 de março de 2012 às 23h06

O caso do senhor Ivo é emblemático pelo fato de estar nestas condições por obra e graça da ação desastrosa do des-governo do estado, e coloca mais uma vez em evidencia o fato de que pacientes nestas condições não recebem qualquer tipo de amparo do poder público, como já foi debatido no psot da Fátima Oliveira.

Responder

Denise

14 de março de 2012 às 22h41

Penso que o Blog poderia lançar uma proposta efetiva para ajudarmos estas pessoas mais na prática.
Nos os blogueiros assíduos poderíamos mandar idéias e realizar alguma coisa. O que podemos realmente fazer?

Responder

Sr.Indignado

14 de março de 2012 às 22h26

O prontuário do paciente é sigiloso? Esse vai ser o argumento da Secretaria de Saúde? Cadê o ministério público que não solicita esclarecimento? Justamente neste caso ele precisa estar presente para impedir, inclusive, que ele venha a falecer. Cadê a proteção da vida humana.

Tem mais. A população está aprovando o massacre? O que está sendo divulgado afinal?
Será que em pleno início de século XXI, ainda vamos concordar com essa BARBÁRIE? Como pode uma população achar que homens, mulheres, crianças e idosos possam ser jogados na rua e ACREDITAR que são todos culpados de uma SUPOSTA invasão? Que esses seres humanos possam ser tratados com brutalidade, sem ao menos pensar que eles, se culpados, mereceriam um julgamento?

Será, mas será mesmo, que isto foi o LINCHAMENTO de uma comunidade, apoiada pela população de SJC?
Será que não apredemos NADA com a história, com o linchamento de judeus, ciganos, homossexuais, comunistas e negros, porque simplesmente, uma suposta raça ariana não desejava dividir esse mundo com mais ninguém.
Linchamento que muitos fecharam os olhos e nada fizeram e virou um genocídio, com feridas expostas até hoje.
Podem passar décadas, mas infelizmente essas feridas ainda vão infectar a cidade. Pois se hoje foi o Pinheirinho, amanhã vai ser qualquer um que destoar de um padrão inventado por quem pode mais, provavelmente branco, com dinheiro, sem defeitos físicos e muito, mas muito avarento e individualista.

Responder

marcio_cr

14 de março de 2012 às 22h25

Como assim não tem lugar para ir? Não teve um progressista de nobre coração para oferecer sua mansão no alphaville para esse grande representante do povo?

Responder

    abolicionista

    15 de março de 2012 às 11h19

    Tenho um amigo negro que se apoiou para descansar no muro da mansão da Verônica Serra e quase tomou um tiro do segurança, acho que lá negro só entra de avental. Ou nem isso!

    Miguel

    15 de março de 2012 às 14h32

    e continua a direitalha ignorante achando que esquerdismo e' filantropia…

    Abdula Aziz

    15 de março de 2012 às 14h51

    Tem ditador que está sendo julgado por crimes contra a população no tribunal de Haia na Holanda. Porque não levar o nome desse governador e do comandante da policia que autorizou essa verdadeira barbárie. Quem não me garante que não rolou estrupo nessa invasão da policia? Nas guerras isso ocorre com muita frequência. Não justifica esse ato. Por isso processar esses canalhas. A começar com essa policia bandida do PSDB.

    Gargamel

    15 de março de 2012 às 15h00

    Claro que não, é melhor ficar só chiando pelas redes sociais, colocar uma foto dele e mandar compartilhar no facebook!

    Sami

    15 de março de 2012 às 20h22

    Mas os pogreçistas gostam de pobres sim. Desde que bem longe.

    leandro

    16 de março de 2012 às 09h29

    "Assinam petiçoes quando se expulsa um invasor de moradia, mas não aceitam que o mesmo se instale em sua casa."
    “Defendem os serviços públicos, mas jamais usam o transporte coletivo. Amam tanto a escola pública, e seus filhos estudam em colégios privados. Dizem adorar a periferia mas jamais vivem nela.”

Fabio_Passos

14 de março de 2012 às 22h23

Revoltante.
O Estado ataca e acaba com a vida de pessoas pobres… para favorecer os interesses de um branquelo rico.
E ainda tenta esconder a barbaridade.

Punição aos criminosos covardes: geraldo alkimin, juíza márcia loureiro e eduardo cury

Responder

Gerson Carneiro

14 de março de 2012 às 22h10

Bem como, não pode deixar de ser divulgados a opinião e questionamentos do Ricardo Boechat:

[youtube mghmTSVEyrM&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=mghmTSVEyrM&feature=related youtube]

Responder

Gerson Carneiro

14 de março de 2012 às 22h07

Sei que é nojento mas o teatro de mentiras da juíza Márcia Faria Mathey Loureiro não pode ser esquecido:

[youtube NtupI-OpCGY http://www.youtube.com/watch?v=NtupI-OpCGY youtube]

Responder

    Alexei_Alves

    14 de março de 2012 às 22h28

    Não há palavras para descrever o que sinto por essa suposta "juiza"
    Maldita Monstra de Toga
    Para atender o direito à propriedade de um mega-caloteiro essa "autoridade' passou por cima -criminosamente – do direito à propriedade e o direito à dignidade humana de milhares de trabalhadores e seus familiares que tiveram destruídas suas casas, seus móveis, seus pertences pessoais, suas vidas….

    Sonho com o dia em que essa monstra será investigada, processada e devidamente punida pelo seu crime. Ela e todos as autoridades envolvidas.

    Polengo

    15 de março de 2012 às 00h10

    Mathey. Meu nome é Mathey.

    Rogerio

    15 de março de 2012 às 10h03

    “Eles [Prefeitura e governo do Estado] precisam providenciar moradia e um cuidador para o senhor Ivo, pois ele mora sozinho, a ex-companheira também é doente e não tem como se ocupar disso”, afirma Dutra, que tem acompanhado o caso. “Afinal, o senhor Ivo está nessa situação por obra e graça de uma ação do prefeito Eduardo Cury e do governador Geraldo Alckmin.”

    CONCORDO! ESSE ELEMENTO JAMAIS DEVE CAIR NO ESQUECIMENTO. SEU NOME DEVE SER LEMBRADO SEMPRE COMO UMA DAS CAUSADORAS DE TANTO SOFRIMENTO E TANTA VIOLAÇÃO! QUANDO CITAREM OS RESPONSÁVEIS EDUARDO CURY E GOVERNADOR GERALDO ALCKIMIN, O NOME DE MÁRCIA FARIA MATHEY TEM QUE ACOMPANHAR, POIS ELA É QUE DE FATO TORNOU POSSÍVEL AQUELA CARNIFICINA SOCIAL… QUE O NOME DESSSA ABERRAÇÃO NÃO SEJA ESQUECIDO PARA QUE OUTROS NÃO FAÇAM O MESMO!

    abolicionista

    15 de março de 2012 às 11h16

    Escrota, tomara que esse botox ou carne de defunto que ela colocou no beiço vire uma ferida estuporada, quem sabe assim a cara dela fica com o mesmo aspecto do caráter.

Aline C Pavia

14 de março de 2012 às 22h06

O Fuhrer Alckmin podia levar o sr. Ivo para morar com ele, afinal o Fuhrer Alckmin é médico.
Parabéns Alckmin, sua eficientíssima polícia segue dando mostras de respeito, proteção, serviço público, agregação e compaixão.
Nós faremos questão de retribuir essa valorização do ser humano, da dignidade da pessoa, dos direitos dos cidadãos, nas urnas, agora em outubro. Manda um abraço pro seu cunhado de Pindamonhangaba, Fuhrer Alckmin!! Ele continua tendo pesadelo com contrato de merenda? Essa piada ainda pode?

Responder

    pperez

    14 de março de 2012 às 22h27

    Não acho boa ideia,afinal, para o Fuhrer Alkmin aproveitar esta oportunidade e fazer varias experiencias cientificas com o pobre do Sr Ivo tal e qual seu homonimo nazista não seria nenhum absurdo…

    beattrice

    14 de março de 2012 às 23h03

    Só para constar o des-governador não tem nem registro no Conselho de Medicina.

    Aline C Pavia

    15 de março de 2012 às 09h09

    É moda entre os tucanalhas. Um diz que é economista (ou engenheiro, ou médico, dependendo da conveniência) quando todos sabemos que não se graduou em nenhum curso superior válido e reconhecido no Brasil. Pela lei, é exercício ilegal da profissão. (Aquela simples conta de porcentagem que ele não conseguiu resolver na lousa mostra a "intimidade" dele com números…)
    Agora outro se propala médico anestesista (ou pediatra, ou gineco, ou o que o vento soprar) mas não tem registro no CRM.
    Duas fraudes. Duas pantomimas. E sabe o que é pior? "Un sot trouve toujours un plus sot qui l'admire”. Quer dizer, não importa o quanto esses boçais mostrem sua incompetência e hipocrisia; o pior é que sempre terão corvos para chupar a carniça depois de seus atos, ou as carpideiras de plantão na imprensinha para louvar seus desmandos e idiotices públicas.
    Se o melhor de político que SP pode produzir são essas nulidades demagogas como Serra, Alckmin, Kassab, Maluf, só se pode esperar que sigamos descendo a ladeira. Tenho medo do que será o fundo do poço que esse naipe de escroques é capaz de fazer.

    Aline C Pavia

    15 de março de 2012 às 11h46

    EUNAOSABIA se precisar eu traduzo o francês pra vc. Não me custa.

    Wander

    15 de março de 2012 às 11h59

    O Paulo Maluf é formado em engenharia civil pela Politécnica-USP.
    Rouba, mas sabe o que faz… rsrs

    Saudações paulistanas

    beattrice

    15 de março de 2012 às 13h08

    Aliás, havia duas representações contra o Zé no Conselho Federal de Economia por conta dessa afirmação "inverídica", alguém tem notícia?


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.