VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

spresso SP: A denúncia contra Kassab


25/11/2011 - 00h03

MP pede afastamento de Kassab por suspeita de fraude bilionária na inspeção veicular

Publicado em 24 de novembro de 2011

Segundo ação civil pública apresentada nesta quinta, 24, o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, e seis empresas também estariam envolvidos

do spresso SP, sugerido pelo Franco Atirador

Nesta quinta, 24, o Ministério Público Estadual em São Paulo apresentou ação civil pública pedindo o afastamento do cargo do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Segundo o MP, a cidade teve um prejuízo de cerca de R$ 1 bilhão em seus cofres públicos por conta de fraudes no contrato de inspeção veicular.

Para os promotores Roberto Antonio de Almeida Costa e Marcelo Duarte Daneluzzi, o convênio firmado com a empresa Controlar S.A. para a fiscalização de veículos está repleto de irregularidades. Além de Kassab, o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, dois agentes públicos e seis empresas, entre elas a CCR, estariam envolvidas. A ação pede o bloqueio dos bens dos envolvidos, a perda dos direitos políticos e a condenação por improbidade administrativa dos acusados.

Entre os problemas apresentados na ação, está a apresentação de documentos falsos para justificar a formação de um capital social da Controlar que atendesse às exigências colocadas no contrato.

De acordo com os promotores, o não afastamento do prefeito do cargo coloca em risco a apuração. O prefeito está em Paris defendendo a candidatura de São Paulo para sediar um evento sobre urbanismo e ainda não comentou o assunto. Segundo o Ministério Público, entre os empresários que o acompanham na viagem estão representantes da CCR, acionista da Controlar, “interessada no presente caso”.

Leia também:

Mauro Santayana: Vivo pega 3 bilhões do BNDES mas quer usar seu caixa para recompra de ações



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


99 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Correio do Brasil: A prisão de João Faustino no RN | Viomundo - O que você não vê na mídia

28 de novembro de 2011 às 14h49

[…] spresso SP: A denúncia contra Kassab […]

Responder

FrancoAtirador

27 de novembro de 2011 às 02h13

.
.
Serra, o rato que ruge da política nacional

Por Luis Nassif, em seu Blog, no Brasilianas.Org

Em plena campanha de 2010, escrevi aqui: o maior mal que José Serra faria à política não seria sua eleição (felizmente exorcizada pelo bom senso nacional) mas os prejuízos ao surgimento da uma oposição consistente e civilizada.

No plano político-partidário, atualmente Serra é zero. Sua atividade lembra o filme "O Rato que Ruge", do general do país insignificante que pretende entrar em guerra com os EUA para ser derrotado e, posteriormente, ajudado. Desembarca em Nova York em um momento de estado de emergência em que não se via viva alma nas ruas. E acha que venceu a guerra.

Esse cidade vazia em que só se movimenta o general bufão chama-se velha mídia. É ela que cria a percepção de que Serra existe.

Politicamente, Serra não existe. Seus seguidores se resumem a um factoide político, Andrea Matarazzo, um senador em final de carreira, Aloysio Nunes, dois ou três ex-comunistas perdidos pelo mundo, e um ou dois parlamentares órfãos. E só.

Com exceção de pouquíssimos aliados pessoais que restaram, e só ficaram porque se amarraram a Serra como os fanáticos ao pastor Jim Jones, comprometendo irremediavelmente suas carreiras, Serra é uma figura incômoda, que ninguém quer por perto mas que comparece a todos os eventos públicos, com uma desfaçatez só comparável à do Beijoqueiro. É incômodo ao PSDB paulista, ao nacional, é incômodo ao próprio Kassab. Não tem espaço em nenhum lugar politicamente decente.

Sua única fonte de poder que restou é o espaço na mídia. E ele ocupa da maneira mais desengonçada possível, propondo e sugerindo estratégias como se tivesse alguma ascendência sobre os atores principais: Geraldo Alckmin, Gilberto Kassab e Aécio Neves.

Ontem mencionei a questão da percepção em política, isto é, a política não é o que ocorre no mundo real, mas as percepções passadas pela mídia. Quando sai uma matéria com Serra impondo ao PSDB o apoio ao candidato de Kassab, passa a percepção de que ele articula com Kassab. Nada! Zero! Só um jornalismo sem discernimento, sem capacidade de avaliar o peso político efetivo de cada ator, é capaz de levar Serra a sério.

Aliás, basta responder à questão: quem é o candidato de Kassab? Nenhum.

O PSDB não tem candidatos fortes. A falta de renovação do partido, em São Paulo, faz com que as prévias tenham apenas um candidato de dimensão nacional (José Aníbal), um sobrenome pomposo numa cabeça vazia (Bruno Covas), um factoide que ninguém acredita, nem ele próprio (Andrea Matarazzo). Mas as prévias poderiam reerguer um pouco a militância partidária.

O único candidato de maior peso seria o próprio Serra. A troco de quê, então, esse jogo de cena de exigir do PSDB a adesão ao candidato que não existe, de Kassab?

O nome disso é (recorrendo ao linguajar italiano que Serra ainda não deve ter esquecido): paura, medo de entrar no jogo e enfrentar Fernando Haddad, um Ministro com folha de serviços reconhecida e com uma fluência verbal imensamente superior à de Dilma Rousseff e à do próprio Serra.

Para não ter que beber desse cálice, Serra prefere implodir o partido que garantiu toda sua carreira política.

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/serra-o-

Responder

Leandro

26 de novembro de 2011 às 22h05

Vamos aproveitar o SPressoSP, talvez no começo eles pratiquem um jornalismo investigativo e imparcial. Mas depois provavelmente o filme se repetirá e irão tornar-se mais um veiculo manipulado por algum(s) grupo(s) politico(s).

Responder

FrancoAtirador

26 de novembro de 2011 às 19h34

.
.
Conselho de Ética resolve que deputados podem ser punidos por fatos anteriores

Por Helena Sthephanowitz, especial para a Rede Brasil Atual

Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados bateu o martelo: o parlamentar pode ser punido por fatos anteriores ao mandato. Ontem, os conselheiros aprovaram, por unanimidade, a cassação por crimes ou irregularidades praticados até cinco anos antes do exercício do mandato. A decisão do Conselho deverá orientar os futuros processos de perda de mandato na Casa.

Jaqueline foi condenada no Conselho, mas absolvida no plenário no fim de agosto, justamente porque prevaleceu o entendimento de que os deputados não podem ser condenados por fatos pretéritos.

Os deputados temiam a precedência e não queriam ser responsabilizados eventualmente pelas suas vidas pregressas, por exemplo. Nos memoriais distribuídos por Jaqueline aos parlamentares antes da votação, ela os alertava para a temporalidade dos fatos. A deputada sustentou que não podia ser punida pela Casa por um ato anterior ao mandato, já que só se quebra o decoro quando se é parlamentar.

Agora, a história será diferente. O parlamentar poderá ser responsabilizado, no período de cinco anos do ato praticado, desde que os fatos não tenham sido revelados até a eleição do deputado. O voto final foi modificado, no entanto, para incluir o prazo prescricional de cinco anos anteriores ao mandato.

Ontem, a coordenação da Frente Parlamentar em Defesa do Voto Aberto se reuniu para elaborar ações e pressionar a votação ainda neste ano da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 349/2001, que institui o fim do voto secreto no Legislativo.

A frente foi criada após a absolvição de Jaqueline Roriz pelo plenário da Casa em votação secreta. Para os parlamentares favoráveis à cassação da deputada, o medo da precedência aliado ao voto fechado foram definitivos para a absolvição dela.

Inclusive, durante a sessão que absolveu a parlamentar, vários deputados usaram a tribuna para pedir que as próximas votações fossem abertas.

http://www.redebrasilatual.com.br/blog/helena/con

Responder

Marat

26 de novembro de 2011 às 13h10

O Kassab é o Pitta do Serra!

Responder

    FrancoAtirador

    26 de novembro de 2011 às 17h06

    .
    .
    E o Serra é o Maluf do FHC.

    E o FHC é o Golbery do PSDB.
    .
    .

    Marat

    26 de novembro de 2011 às 20h26

    Muuuito bom!!!!!!!!!!!!!!
    Só não concordo com o último, pois o Golbery era assassino, FHC não, e Golbery era inteligente, embora pilantra….

H Aljubarrota

26 de novembro de 2011 às 08h22

Gente… só não vê quem não quer. Toda idéia do PSD veio do Serra que já sabia, de antemão, que não seria o candidato do PSDB para 2014. Kassab é tão somente um operador de Serra. O que estamos vendo neste momento é apenas uma reação do PSDB ao que Serra fez e está fazendo. Como a própria PF (que tem quadros afinados com esta ou aquela corrente política), o MP de SP também tem em seus quadros os simpatizantes e amigos de Serra e também de Alckmin. Quem está no comando desta operação é a turma do Alckmin (e Aécio) que já olhando para 2014 quer ferir de morte a pretensão de Serra de sair candidato à presidente pelo PSD. Como foi pego de surpresa, o PIG (que é serrista até a medula) teve que repercutir… mas já já a bola baixa. E eles tiram da prateleira algum outro "escândalo" envolvendo o Governo Federal, aliás, como de costume…

Responder

Marat

25 de novembro de 2011 às 23h08

Se Kassab estiver amigo de Serra, nada acontecerá contra eles. Se estiverem de mal…, ele se ferra!!!

Responder

SILOÉ-RJ

25 de novembro de 2011 às 22h49

O Kassab vai ser cassado!!!!
O Kassab vai ser cassado!!!
Lá! Rá! Rá! Lá! Rá! Lá! Rá!!!

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h35

    Siloé, como brincadeira, tudo bem, mas, na real, o Kassabe é mais um (sub)produto da direita, portanto, será sempre considerado "importante", como o foram os falecidos Adhemar, Jânio e Serra!

    SILOÉ-RJ

    26 de novembro de 2011 às 00h28

    Não é brincadeira não Marat, vai ser cassado sim, sabe porquê?
    Isso foi só um recadinho, essa briga é da direita. Já que o MP paulista é todo controlado pelo PSDB. E a direita enfraquecida, não pode ter 2 candidatos dividindo o mesmo espaço.
    Mesmo se aliando a esquerda, dividirá a direita. O DEM engasgado com o PSD pedirá a sua cabeça, e nessa até o PT embarca. Daí!!!
    Ele só não cai, se o cacife monetário e (ou) de influência for maior que o do Alkmin, ou se ele aceitar os termos de negociações impostos pelo PSDB/DEM.
    COLIGAÇÃO ENTRE ELES COM CANDIDATO DO PSDB.

    Marat

    26 de novembro de 2011 às 13h07

    Caso levem esse circo adiante, haverá, em algum momento, um "acordo" e tudo voltará ao normal! Aqui é assim.
    Aqui não sai umazinha sequer CPI que possa mostrar as mazelas do PSDB e de seus aliados de ocasião… o tempo dirá.
    Aliás, o que houve com o Homem-Aranha da Veja que tentou arrombar uma porta de Hotel?
    O que houve com o Daniel Dantas, está preso?
    Aqui é assim, infelizmente…

Roberto Locatelli

25 de novembro de 2011 às 19h37

Deu agora na internet: Justiça decreta sequestro dos bens de Kassab.

A Justiça de São Paulo decretou nesta sexta-feira, 25, o sequestro dos bens do prefeito Gilberto Kassab (PSD), do secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge (PV), de treze empresários e de seis empresas, entre elas a Controlar e a CCR.

A decisão foi tomada pelo juiz Domingos de Siqueira Frascino na ação civil proposta na quinta-feira, 24, pelo Ministério Público (MP) na 11ª Vara da Fazenda de São Paulo, na qual a promotoria aponta a existência de uma fraude bilionária no contrato da Inspeção Veicular Ambiental de São Paulo.

Responder

FrancoAtirador

25 de novembro de 2011 às 19h31

.
.
Petistas citam cobertura de América do Sul e Kassab para criticar concentração

Por Marcel Gomes, na Carta Maior

São Paulo – Ao participar da mesa de abertura do seminário "Por um novo Marco Regulatório para as comunicações", o secretário de Comunicação do PT, André Vargas, citou distorções que, segundo ele, são geradas pela concentração dos meios de comunicação.

"Grande parte da população não tinha a informação de que havia ditaduras de 30, 40 anos no Oriente Médio, ao mesmo tempo em que a mídia estigmatizava governos legitimamente democráticos na América do Sul", disse ele, deputado federal pelo Paraná.

Na mesma linha, o deputado estadual Antonio Donato, presidente do partido na capital paulista, criticou a cobertura da grande imprensa ao pedido do Ministério Público (MP) para o afastamento do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, envolvido em suposta improbidade administrativa no serviço de inspeção veicular.

"Eu achava que haveria uma extensa cobertura, a acusação do MP é de uma fraude é de R$ 1 bilhão, mas a notícia foi escondida no canto dos jornais", apontou.

Vargas defendeu que o PT incentive o debate sobre o marco regulatório independentemente da posição do governo federal. "Naturalmente existe uma sintonia com a posição da presidenta Dilma, mas o partido precisa puxar esse debate porque é um anseio da sociedade e faz parte da história do PT", afirmou.

Do mesmo modo, o presidente do diretório estadual de São Paulo do PT, Edinho Araújo, disse que se deve respeitar o "tempo e a correlação de forças" do governo federal, mas é papel do partido lutar para pautá-lo.

Araújo, que é deputado estadual, igualou em importância a atualização do marco regulatório das comunicações às reformas política e do judiciário. Para ele, há questões-chave a serem resolvidas, como o longo tempo para se obter direito de resposta na Justiça. "Quem se sente lesado demora três, quatro, cinco anos até conseguir a reparação", afirmou.

Também presente, o deputado federal Paulo Teixeira (SP), líder do partido na Câmara, lembrou que a Constituição de 1988 já traz uma série de artigos cuja simples regulamentação resolveria problemas atuais.

Selma Rocha, diretora da Fundação Perseu Abramo, ao tratar a comunicação como um direito, reforçou que "não há direito na sociedade sem regulação" – para assegurá-lo, seria necessário o novo marco legal.

Ela lembrou ainda que a democracia depende da efetivação desse direito, porque, entre outras razões, ele influencia a relação entre representantes e representados.

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMos

Responder

Gui Milani (SP)

25 de novembro de 2011 às 15h56

Esse negócio nebuloso e absurdamente lucrativo que é a inspeção veicular de SP surgiu do nada e pro nada deveria voltar. Como tudo em que se metem tucanos e demos, tem armação por trás, pra favorecer a mesma elite sanguessuga que sempre mamou nas gordas tetas do governo de SP. Basta uma pesquisa mais a fundo pra ver que são os mesmos, o tempo todo. Turma do Serra ou do Kassab, fazem a festa com nosso dinheiro. Primeiro turbinam as campanhas políticas dessa corja e depois cobram a fatura através desses contratos esquisitos, com o ônus sendo integralmente repassado sem nenhum pudor pra nós, pobres contribuintes… Chega! Vou virar sócio da CCR…

Responder

FrancoAtirador

25 de novembro de 2011 às 14h05

.
.
Bastou o PSDemB, do Kassab, anunciar o lançamento de candidatura própria à Prefeitura de São Paulo e, logo em seguida, o Serra manifestar apoio ao candidato do Prefeito Municipal (provavelmente o vice-governador Afif), para que a "ala jovem do PSDB" do Alckmin acionasse o "aparato tucano de neutralização do inimigo".

Até outubro de 2012, ainda vai voar muita pena de PSDemotucano em São Paulo.

Serra diz que tucanos não têm candidato viável, e PSDB reage

Ex-governador defende aliança com Kassab e diz que se afastará da campanha se partido insistir em nome próprio
Cúpula partidária divulga nota para reafirmar disposição de realizar prévias para escolher seu candidato

DANIELA LIMA
VERA MAGALHÃES
DE SÃO PAULO

O ex-governador José Serra apresentou à direção do PSDB o diagnóstico de que o partido não tem candidato viável para disputar a Prefeitura de São Paulo nas eleições do próximo ano e deveria apoiar o vice-governador Guilherme Afif, filiado ao PSD.

O PSDB planeja realizar prévias em janeiro para escolher seu candidato a prefeito, mas a ausência de nomes conhecidos do eleitorado entre os quatro pretendentes que se apresentaram até aqui tem gerado dúvidas sobre a estratégia dos tucanos para 2012.

A investida de Serra contra a realização das prévias levou a cúpula do PSDB a reagir ontem com a publicação de uma nota em que o partido se declara disposto "de maneira inconteste" a disputar as eleições com candidato próprio.

O desgaste nas relações de Serra com a direção do partido aumentou no fim de semana, quando o ex-governador discutiu por telefone com o presidente do diretório estadual, Pedro Tobias, conforme os relatos que Tobias fez a três pessoas de sua confiança.

Segundo esses interlocutores, Tobias disse a Serra que sua avaliação sobre a falta de competitividade dos candidatos tucanos era uma "bobagem completa" e que o partido não pode abrir mão da candidatura própria em 2012.

Serra afirmou a Tobias que não se envolverá na campanha se o partido insistir em lançar candidato próprio e vetar a aliança com o PSD, o partido criado neste ano pelo prefeito Gilberto Kassab.

Derrotado nas eleições presidenciais de 2010, Serra tem recebido apelos para se candidatar a prefeito, por ser o tucano mais bem colocado nas pesquisas de intenção de voto. Mas ele nega ter interesse em participar da disputa.

A reação do PSDB de São Paulo teve apoio do presidente nacional da legenda, deputado Sérgio Guerra (PE). O governador Geraldo Alckmin foi informado do teor da nota e deu aval à sua divulgação.

Mesmo tucanos próximos a Serra, como o secretário estadual da Cultura, Andrea Matarazzo, um dos quatro pré-candidatos do partido, discordam da tese de que o PSDB deveria abrir mão da candidatura e apoiar o PSD.

A discussão com Tobias não foi o único atrito em que Serra se envolveu nos últimos dias. No sábado, como informou ontem oPainel, ele questionou o presidente da Juventude do PSDB paulista, Paulo Mathias, 20, sobre a omissão de seu nome numa publicação do movimento.

Segundo relatos de pessoas presentes, Serra disse ao estudante que a Juventude Tucana era "um bando de pelegos" e que ele não deveria "se intrometer em questões nacionais e municipais". (!!!)

Procurado pela Folha, Serra não quis se manifestar sobre as discussões que teve com Pedro Tobias e Mathias.

O estudante confirmou que o entrevero ocorreu, mas disse "admirar" Serra. "É um baita cara", afirmou. "Acho que ele estava num dia ruim."

O ex-governador telefonou ontem para o estudante e disse que a discussão foi um mal-entendido. Mathias o convidou a fazer uma palestra para a Juventude do PSDB em dezembro. A revista que incomodou Serra circulou com apenas 94 exemplares.

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/serra-pr

Responder

FrancoAtirador

25 de novembro de 2011 às 14h03

.
.
Manifesto

São Paulo é uma métropole múltipla, muitas numa só.

Por isso, é muito mais ousado do que parece anunciar que se vai fazer um portal de notícias desta cidade. Mas é esse o desafio do SPressoSP.

Ele nasce com objetivo de fazer jornalismo regional na maior cidade global do país e vem para discutir seus problemas, contar histórias e abrir espaço para uma série de iniciativas que são solenemente ignoradas pelos espaços midiáticos tradicionais.

São Paulo tem atividades culturais que surgem cada vez com mais força e que estão longe da região central e que por isso não são noticiadas. Tem problemas com transporte coletivo que não comovem aqueles que não o utilizam.

Tem movimentos sociais que agrupam milhares de pessoas e que são ignorados ou criminalizados.

Tem eventos todos os dias debatendo os mais variados temas e que não têm cobertura.

Tem falta de creche, futebol de várzea, problemas na coleta de lixo, boas peças de teatro, rios poluídos, gastronomia autêntica, carência de atendimento na saúde…

São Paulo tem de tudo muito.

Além de buscar fazer jornalismo dessas questões, o SPressoSP também pretende ser um espaço aberto para o debate sobre políticas públicas, contando com a opinião de especialistas e profissionais das mais diversas áreas, que participarão do projeto como colunistas.

E em alguns momentos vai realizar séries de reportagens multimídias num formato de jornalismo colaborativo, envolvendo blogueiros e ativistas digitais de todos os cantos da cidade.

Falando em todos os cantos, o SPressoSP pretende contribuiir organizando eventos e oficinas para que muitos outros blogs floresçam, principalmente na periferia.

Mas este não é um projeto pronto.

Ele vai ser construído como se fosse um software livre, com código aberto.

Em breve, vamos convidar você para participar deste processo.

Esperamos que este primeiro passo o anime a caminhar conosco.

<img src="http://www.spressosp.com.br/wp-content/themes/Hotgoss2/images/logo.png"&gt;

TUDO O QUE VOCÊ
NUNCA VAI LER
NOS JORNAIS DO PSDB

<a href="http://www.spressosp.com.br/” target=”_blank”>http://www.spressosp.com.br/

Responder

    elisabeth

    26 de novembro de 2011 às 09h30

    Tomara que dê certo e que tenhamos um portal que faça jornalismo de verdade, estou torcendo por isso.

    vivi

    26 de novembro de 2011 às 09h32

    Vou acessar todo dia e recomendar para toda familia amigos e contatos, sucesso para o spresso.

Maria Libia

25 de novembro de 2011 às 12h51

Não creio que vá acontecer nada com o Kassab, pois ele deve ter muitos trunfos na manga. Deve estar rindo agora em Paris.

Responder

Marcelo

25 de novembro de 2011 às 09h58

E o Geraaaaaldo Alckmin?Está brincando de Jânio Quadros.Agora,está fazendo uma campanha para o
comércio proibir a venda de bebida alcóolica para menores.Como se quem tivesse 15,16,17 anos fossem
criançinhas.Só falta pra ele a vassoura!

Responder

Alessandro

25 de novembro de 2011 às 09h43

Mas o Kassab não era o ovo de colombo que a direita procurava em São Paulo?O ovo quebrou.

Responder

    bruna

    25 de novembro de 2011 às 18h00

    ótimo! eu ri alto…

RicardãoCarioca

25 de novembro de 2011 às 08h45

Não se enganem com o MP de SP, ele está mais para um viveiro de tucanos, de tão aparelhado. Está batendo no Kassab porque ele rachou a oposição contra Alkmin. É um tiro de advertência. Caso Kassab se alie ao PSDB nos próximos meses, o MP de SP se calará novamente.

Responder

Sebastiana

25 de novembro de 2011 às 08h35

Derrotados.

Responder

    SILOÉ-RJ

    25 de novembro de 2011 às 13h15

    Com certeza Sebastiana, PSDB, DEM,PSD e similares todos sem exceção, serão derrotados.

Luiz Rogerio

25 de novembro de 2011 às 08h28

Acoooorda gente, ainda não caiu ninguém… E acho que nem vai cair… e se cair, daqui a pouco volta em outra boquinha…

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h19

    Até aqui, o comentário mais lúcido! Ele cai, se o $erra quiser.Não se esueçam, estamos numa provincia do século XIX!!!!

GilTeixeira

25 de novembro de 2011 às 08h26

É o SSerra ta ferrado mesmo: não tem mais poder pra nada, não tem a caneta que assina as verbas que está na mão do pachá alckimin. a imprensa do Tucanistão escreve pra quem paga ( 9 milhas), pelo menos nisso ela é coerente. Mas a justiça do tucanistão só prende ladrão de galinha, isso vai ficar embolorando nas raias da (in)justiça pois pra pegar o kassab tem que pegar a ccr e isso só quando o Sgto. Garcia prender o Zorro como já disse nossa ministra Calmon.

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h18

    Gil, o Serra, por mais medieval que é, ainda manda no feudo de SP. Ele é respaldadp pela Folha e, especialmetne, pelo jornal do Século XIX, o Estadão!

    FrancoAtirador

    26 de novembro de 2011 às 15h02

    .
    .
    É, Marat…

    Mas parece que a Enxovalhada de S.Paulo tá saltando fora do barco serrista furado.
    .
    .
    GUERRA DE QUADRILHAS
    .
    .
    Sinais de Serra-Kassab em Natal
    Enviado por luisnassif, sab, 26/11/2011 – 09:18

    Da Folha
    Coluna Painel
    RENATA LO PRETE

    Conexão potiguar

    Alvo de ação do Ministério Público paulista por suspeita de irregularidades na inspeção veicular, Gilberto Kassab é citado também nos autos da operação Sinal Fechado, do Rio Grande do Norte, que resultou anteontem em 12 prisões relacionadas a um esquema bilionário de desvio de recursos no Detran. Lá também a inspeção aparece entre os serviços fraudados.

    Em conversas telefônicas de maio deste ano captadas com autorização judicial, o lobista Alcides Fernandes Barbosa, um dos detidos, diz negociar com o prefeito paulistano o afastamento da Controlar, concessionária do serviço na capital, de licitação congênere no RN.

    Sabe com quem… Em um dos telefonemas, quando lhe perguntam se poderia ser identificado como uma pessoa que "tem ligação com Kassab", Alcides responde: "Não precisa, mas pode dizer que é um cara que já trabalhou com o Kassab quando ele foi secretário do Pitta. E pede que não deixe isso vazar para ninguém".

    …está falando? Segundo os promotores, Alcides ligou em 25 de maio para o gabinete de Kassab, identificando-se como "a pessoa que tem a concessão da inspeção veicular no Rio Grande do Norte". No dia seguinte, o lobista disse a um interlocutor que conseguira falar com o prefeito e que a conversa fora "muito boa".

    Q.I. Quem viu de perto a articulação que colocou João Faustino, preso na operação Sinal Fechado, na suplência do senador José Agripino (DEM-RN) afirma: José Serra trabalhou intensamente para que isso ocorresse.

    com LETÍCIA SANDER e FÁBIO ZAMBELI

    http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/sinais-d

    Marat

    26 de novembro de 2011 às 20h28

    A Lo Prete é funcionária do Serra. Será que ele está de mal do Kassab? Logo logo assinam algum armistício…

    FrancoAtirador

    27 de novembro de 2011 às 00h39

    .
    .
    Acho que o Serra é que é funcionário da mídia oligárquica.

    Ele está sendo descartado.

    Já descartaram o Maluf, o Quércia, o Tuma…

    É a política da conveniência para manutenção do poder.
    .
    .

Rodrigo Leme

25 de novembro de 2011 às 08h16

Como se não bastasse a inspeção veicular ser inútil e punir financeiramente quem tem o carro em dia (pq paga a taxa do mesmo jeito que alguém que tem o carro bagunçado) ainda mais essa…

Ê Brasil que não tem jeito.

Responder

    Leider_Lincoln

    25 de novembro de 2011 às 12h56

    São Paulo, né? Não coloque o restante do país nesta não…

    Rodrigo Leme

    25 de novembro de 2011 às 18h06

    É verdade, só existe corrupção em SP. Esqueci.

    SILOÉ-RJ

    26 de novembro de 2011 às 00h42

    Corrupção existe em todo lugar, mas só aí, ela é varrida para baixo do tapete ou engavetada.

    Rodrigo Leme

    26 de novembro de 2011 às 12h29

    Ah sim, com certeza. Vai ver é q pq o estado não é tocado pelo espírito santo petista, aí SP deixará de ser lo único estado da federação que não pune corrupção. Devia aprender com outros estados, onde a corrupção é zero, pois é sempre investigada e punida.

    Sim, sim, seu raciocínio faz todo sentido.

    Antonio

    25 de novembro de 2011 às 18h09

    É Brasil nada. É São Paulo dos malandros.

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h29

    Coitados que têm carros!

    Gerson Carneiro

    26 de novembro de 2011 às 05h50

    Ê Rodrigo Leme que não tem jeito.

Ze Duarte

25 de novembro de 2011 às 07h58

Poxa, ninguém vai dizer que é invenção da mídia ou que não houve condenação ainda??

Responder

    SILOÉ-RJ

    25 de novembro de 2011 às 13h29

    Não, por que é verdade. Naõ foi a mídia que denunciou, pelo contrário ela tentou como sempre retadar e amenizar. Vide manchetes analisadas pelo Locatelli
    O afastamento, se faz necessário para facilitar a investigações.
    E a condenação???
    Ah sim!!! Está virá depois, com toda a certeza!!!

    Ze Duarte

    25 de novembro de 2011 às 19h37

    Que mentira, isso saiu em tudo que é portal!!!!

    E é verdade só porque você quer né? Porque lhe convém? Se fosse uma denúncia contra um ministro de Dilma você estaria desfilando um rosário de desculpas…

    Por isso é bom não ter rabo preso e poder dizer: bem feito pra esse picareta e pra essa empresa não menos picareta!!

    SILOÉ-RJ

    26 de novembro de 2011 às 22h53

    É Zé!!! Eu fui induzida a mentir pela euforia das circustâncias, quando disse que a condenação viria com toda certeza.
    Não vem não, Zé!!!

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h34

    Rsrsrsrs… virá sim! Aguardemos (sentados)

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h32

    Zé Duarte, de qual mídia vc está se referindo? A mídia Kassabista, a mídia Alckimista ou a mídia serrista?

    Ze Duarte

    26 de novembro de 2011 às 10h07

    Engraçado que na mídia kassabista, serrista etc eu sempre leio notas de escandalos deles, bem como dos escandalos petistas.

    Mas na suposta mídia independente, progressista, a gente nunca le isso… quem só lê esses locais nem saberia que toda hora caem ministros por corrupção e em breve caem mais dois!

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h33

    Zé, depende de qual mídia vc se refere: se a mídia paga pelo Serra, a mídia paga pela Kassab ou a mídia paga por outro grupo de direita…

    Ze Duarte

    26 de novembro de 2011 às 09h58

    Ah é, esqueci que não tem mídia petista…

Marcos W.

25 de novembro de 2011 às 07h37

É,nada como um dia depois do outro!Há pouco já se comentava que o Kassab era o novo mestre da articulação política,um verdadeiro Gasparov no novo cenário político que se desenha no Brasil,mas quem mandou trocar o DEM pelo PSD?!Agora aguenta!

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h14

    Ele realmente é um "Gasparov"… para chegar a Kasparov demora demais… Ele só utiliza sozinho até os peões. Os cavalos, as torres, rainha e rei só com o comando do chefe careca!

luiz pinheiro

25 de novembro de 2011 às 06h52

Ué, o Ministério Público paulista não come mais na mão do $erra? Ou será ele de novo?

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h13

    O neo-coringa faz o que quer em seu feudo! Nem Batman resolve! O Robin da prefeitura faz o que quer até onde seu Batman deixa!

Roberto Locatelli

25 de novembro de 2011 às 06h09

Fui ao site da Folha e do Estadão, para ver como os dois jornalecões estão noticiando a denúncia do MP.

Bem, a Folha colocou uma microscópica nota, evitando utilizar a palavra "denúncia". Evitou citar o Ministério Público, disse que "promotor pede saída de Kassab". Ou seja, é apenas uma pessoa que "pede" a saída.

O Estadão não manchetou a denúncia, mas sim a resposta da prefeitura: "Prefeitura de São Paulo reafirma que contrato com a Controlar é regular". Mais uma vez serviu de mural para as notas oficiais da prefeitura.

O site da Globo não tem a notícia, pelo menos na página inicial. A manchete principal, enorme, é "Jovem é condenada a 15 anos por matar namorado em motel". Uau, essa notícia é mesmo muito importante.

O site da Veja não sei, pois me recuso a visitar.

Ou seja, como sempre, o PIG procura manipular as notícias, minimizando ao máximo esse evento bombástico: o líder principal do PSD – o partido que está inchando como salsicha estragada – foi denunciado por corrupção pelo Ministério Público.

Ah, se fosse um político do PT…

Responder

    ines

    25 de novembro de 2011 às 14h08

    Fiquem tranquilos, se o PIG não informa vamos todos assistir as tvs públicas que informam com qualidade, nao deturpam nem replicam o PIG, dão voz a todos os implicados além da extraordinaria imagem e som de primeira, isso pra nao dizer do alcance em todo o país, que alívio poder contar com jornalismo de primeira na tv pública não é?

    Roberto Locatelli

    25 de novembro de 2011 às 18h00

    Olha, Ines, a tv Brasil é razoável. O que precisa é ter muito mais verba. A NBR (tv oficial do governo federal) é muito mais informativa. Assisto às duas.

    lucio

    26 de novembro de 2011 às 09h26

    Voce pode assistir a NBR não é Locatelli, aqui na Cidade Tiradentes SP não chega a transmissão dessa tv e eu não tenho grana p comprar nenhum equipamento especial para isso, como que o governo vai informar o povo do que está fazendo se não chega onde tem que chegar?

    Roberto Locatelli

    26 de novembro de 2011 às 11h57

    Tem razão, Lucio, o Governo Federal ainda não acordou para a democratização das comunicações.

    No caso da NBR, o jeito é tentar assistir pelo Youtube, pois ela NÃO TEM transmissão por web tv. Absurdo!

Gerson Carneiro

25 de novembro de 2011 às 05h40

Isso também não foi noticiado no Jornal Nacional (tal qual o protesto dos estudantes na Paulista). Mas, no mesmo dia, foi noticiado no Jornal Nacional que "A mulher do prefeito de Limeira-SP, Sílvio Felix do PDT, juntamente com dois filhos do casal, foram presos suspeitos de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, sonegação de impostos e furto".
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/

Engana-se quem está considerando que o MP-SP acordou. Quero ver o MP-SP investigar e mandar prender político do PSDB e do Democratas em São Paulo.

Responder

    Marcelo

    25 de novembro de 2011 às 10h12

    Gerson,não se engane.Serra é Kassab.Kassab é Serra.O PSD é o Partido Serrista Disfarçado.O PSDB
    e DEM apóiam Kassab na Câmara Municipal.Claro,a imprensa não deu destaque porque recebe
    milhões em publicidade oficial.Será que esta notícia vai ser capa da Veja?O Tio Rei Naldo Azevedo
    vai chamar o MP de "petralha".Aguardem.

    Maria Libia

    25 de novembro de 2011 às 12h41

    O mais interessante é que só agora o Ministério Público de SPaulo viu isto. Quando da criação da Controlar, quem ganhou a concorrência foi uma pequena empresa que foi comprada logo a seguir pela CCR, que controla o semparar, etc. Mas o Kassab entrou em conflito com o DEMO/PSDB, ao criar " aquele partido", que não é de direita, nem de esquerda e nem do centro. Todo mundo, em SP sabe que o MP é comandado pelo PSDB, por isso ele não vê o que o governo estadual faz.. Mas os paulista merecem, pois adoram pagar pedágios extorsivos, enchentes, multas, transportes ruins, educação pior, votar em ladrões. Os paulistas merecem. Lastimo ser paulista.

    Roberto Locatelli

    25 de novembro de 2011 às 18h07

    Acho que você tem razão, Gerson. Seria muita ingenuidade achar que aquele pessoalzinho (no diminutivo mesmo) do MP de repente mudou de atitude. Acho que essa denúncia do MP é briga interna na direita (kassabistas, serristas, alckmistas, Demo, etc).

    A denúncia do deputado do PT sobre venda de emendas na Assembleia Legislativa foi motivada por essa mesma briga. Aquele deputado é unha e carne com Serra.

    De qualquer forma essa briga nos beneficia, pois os podres são revelados. O que precisamos é divulgar furiosamente essas notícias no twitter, facebook, myspaces, orkut, blogs, etc, etc.

    Leandro

    26 de novembro de 2011 às 21h59

    Beneficiaria se a memória da sociedade não fosse tão curta, ou se essa mesma sociedade saísse da ignorancia e cegueira politica que vivem. Mas como isso não vai acontecer tão cedo, esse assunto no maximo vai render mais uma arma aos corruPTos Masters do Brasil.

    SILOÉ-RJ

    26 de novembro de 2011 às 01h00

    Aí, vc já está querendo demais né!!!
    Ela acordou só para tirar a pedra do caminho, e tirou!!!
    Agora volta a dormir seu soninho tranqüilo num colchão de notas bem macias!!! zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz.

José Vitor

25 de novembro de 2011 às 02h10

Me surpreende que tenha gente que põe fé nisso aí. MP de SP ? Fala sério.

Responder

    Roberto Locatelli

    25 de novembro de 2011 às 18h09

    Verdade, José Vitor. Voltando ao mundo real… isso é briga interna. Mas vale pelo resultado de trazer certas coisas à luz do dia, para que possam ser examinadas. Depende de nós divulgarmos na internet.

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h30

    Locatelli, para muitos, a verdade está onde a Globo quer que ela esteja… Em tempo: Odeio a Globo!

    SILOÉ-RJ

    26 de novembro de 2011 às 00h38

    Marat, não sei de onde vc é, mas, aqui no RJ, apesar das prestações de "serviços" comunitários e aproximação do povão. Ela não está com essa bola toda não!!!
    .Em qualquer manifestação de rua aqui, ela é bastante hostilizada.

    Marat

    26 de novembro de 2011 às 13h03

    Aqui em SP, Siloé, infelizmente o poder da Globo é imenso, apesar de estarmos no século XXI. Aqui ainda prevalece a mentalidade dos Barões do Café. As formas de alienação são vastas e variadas, passando isso até pelo sucateado sistema de ensino, que é uma verdadeira fábrica de ignorantes. Minha alegria e minha esperança estão depositadas nos mais jovens, cujos pais não sejam muito idiotas. Estes sim brigam com a Globo, são irônicos e iconoclastas contra esses estúpidos poderosos. Talvez daqui a duas gerações (se houver água na Terra) as coisas melhorem…

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h21

    JV, vc falou tudo… neste feudo que é SP, as cadeias de "comunicação" (globo, folha, estadão et al, dizem quem são os "bonzinhos"), e o povo acredita!

    jose

    26 de novembro de 2011 às 09h20

    PCC Partido das Comunicações Criminosas!

Gustavo Pamplona

25 de novembro de 2011 às 02h07

Spresso SP? Logo, logo… vai ser derrubado assim como foi o "Falha de São Paulo".

Amigos… qual denúncia envolvendo o Kassab chegou a ser apurada? Se até os vereadores paulistas da oposição (ou seja o PT) faltam ao trabalho conforme vimos no último CQC.

E outra coisa… Será que o PIG vai cair em cima? Sonhem bastante com isto… hahahahaha…

Responder

    ines

    25 de novembro de 2011 às 14h10

    Se o PIG nao fiscalizar como de costume veremos a cobranca diuturna na tv pública com certeza! Oh glória!

    P Pereira

    25 de novembro de 2011 às 16h29

    Essa imprensa e seus blogueiros vão longe.
    Título da matéria da Folha, às 18h54min, na seção Cotidiano(!):
    “Promotoria pede afastamento de Kassab por irregularidade em contrato”, e que foi postada pelo Ricardo José Delgado às 3h28m (!).

SILOÉ-RJ

25 de novembro de 2011 às 01h48

Depois que o MP acordou, SÃO PAULO vai conhecer o "SAMBA DO CRIOLO DOIDO"
Nesse, todo mundo dança!!!
ÊTA LÊ LÊ!!!
É bom demais pra ser verdade!!!!
CAI O REI DE COPAS
CAI O REI DE OUROS
CAI O REI DE PAUS
CAI NÃO FICA NADA…

Responder

    Roberto Locatelli

    25 de novembro de 2011 às 05h41

    Sabe que não tinha pensado nisso, mas você tem razão: o MP parece que acordou!! Será?? De qualquer forma, a denúncia está feita. E o estrago no PSD do Kassab também (he he).

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h10

    MP só age de acordo com o que seus chefes mandam!!! O MP está cheio de serristas! (aliás, serrismo é um janismo embolorado dos séculos XX e XXI)

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h12

    Mas eles sempre têm o valete de paus!

FrancoAtirador

25 de novembro de 2011 às 01h43

.
.
ÍÍÍÍÍÍÍÍ… VAI FALTAR VASSOURA EM SÃO PAULO !
.
.

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h09

    Sempre haverá novos Jânios, uns carecas, outros cabeludos, mas o Janismo nunca morrerá, assim como o conservadorismo míope de alguns paulistanos!

Lu_Witovisk

25 de novembro de 2011 às 01h31

AHAHHAHAHHAHAHAHA

O Cerra não dá uma dentro!! Li esses dias: ele disse que o PSDB deveria apoiar o candidato do KASSAB à prefeitura, pq o PSDB não tem candidato. (Ele não quer apanhar do Haddad).

Desse jeito a direita vai muito bem…………………………………………………………………….para o fundo do poço.

Responder

    Roberto Locatelli

    25 de novembro de 2011 às 05h51

    Pois é, Lu, parece que os neoliberais realmente estão com problemas. Senão vejamos:

    1) Serra diz que o PSDB tem que apoiar o candidato do Kassab.

    2) Logo depois, Kassab é denunciado por fraude bilionária (com b mesmo) pelo MP. Um prato cheio para o debate eleitoral de 2012.

    3) O supercargueiro que o semideus Roger Agnelli encomendou à China (por R$ 2,6 bi) foi IMPEDIDO de aportar… na China (NA CHINA!), justamente o que seria sua principal missão. Teve que dar meia volta. Os 16 navios encomendados correm o risco de se transformar em dinheiro jogado no lixo. Os sócios da Vale está FURIOSOS com o ídolo da Miriam Leitão.

    4) Chevron – a empresa para a qual Serra iria entregar o pré-sal – tem suas atividades suspensas no Brasil por ter mentido e falsificado dados sobre o desastre ecológico que provocou.

    Caramba, que maré negativa para os adoradores do deus-mercado em nosso país.

    Maria Libia

    25 de novembro de 2011 às 12h47

    Oi Roberto, o trabalho suspenso é só onde vazou o óleo, a Chevron pode continuar a trabalhar nos outros pontos.

    FrancoAtirador

    25 de novembro de 2011 às 15h07

    .
    .
    Cara Maria Libia.

    A Chevron continuará a operar nos poços em que já opera,

    mas não poderá participar dos próximos leilões, em todo o País.

    Ou seja:

    Companhia petrolífera norte-americana Chevron-Texaco está proibida pela ANP de perfurar novos poços de petróleo.

    Proibição da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é por tempo indeterminado, e está relacionada a novas perfurações.

    Chevron-Texaco está autorizada a manter a produção, apenas, no campo do Frade no RJ

    O campo produz 73 mil barris diários em Frade, localizada na Bacia de Campos, a cerca de 120 km do litoral norte do Estado do Rio de Janeiro. Como Frade é o único campo brasileiro em que a Chevron é operadora, na prática ela está proibida de furar poços em todo o País.

    A companhia responsável pelo acidente ambiental também está proibida de participar da disputa por novos blocos exploratórios de óleo e gás até que resolva os problemas de segurança no poço que provocou o derramamento de petróleo.

    Diante do quadro atual do comércio de blocos exploratórios, essa proibição é inócua. O último leilão – a 10ª rodada de licitações – de blocos exploratórios ocorreu em 2008.

    Prevista inicialmente para este ano, a 11ª rodada não aconteceu, para insatisfação das empresas petroleiras, interessadas em adquirir novas áreas com o objetivo de aumentar a carteira de explorações. Não há data para o novo leilão, que só incluirá blocos nas regiões Norte e Nordeste.

    Serão 174 blocos, do quais 87 terrestres e 87 marítimos, todos no pós-sal.

    O primeiro leilão exclusivo do pré-sal também não está marcado.

    Outro veto da ANP à Chevron trata da impossibilidade de comprar blocos, total ou parcialmente, adquiridos em leilões passados por outras empresas.

    Prática comum no setor de petróleo, a aquisição pela Chevron de novas áreas – por meio de negociações com outras companhias – está proibida até que ela consiga resolver seus problemas com a agência.

    Se não forem identificadas "as causas e os responsáveis pelo vazamento de petróleo" e restabelecidas "as condições de segurança na área", conforme informa o comunicado oficial da ANP, a Chevron, no futuro, poderá até perder a concessão do bloco, que voltaria para a ANP e poderia ser incluída em um leilão futuro.

    Fonte: BOL

Helder

25 de novembro de 2011 às 01h29

A sujeira é tanta que nem os buracos de metrô dão conta, quanto mais o tapete…

Responder

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h08

    Helder… espetacular!!!

Duarte

25 de novembro de 2011 às 01h26

Tudo isso seria otimo, se fosse sério. Se realmente alguma vai acontecer, como a eliminação desse engodo da Inspeção veicular. Vai ficar exatamente como está, ou então vai haver alguma alteração para pesar ainda mais no bolso do povo paulistano. Mas vai ser apenas mais um "aue"

Responder

    Maria Libia

    25 de novembro de 2011 às 12h50

    O governo paulista está estudando uma lei para vigorar em todo o estado, para que todo carros faça, ano a ano, uma inspeção veicular.

Polengo

25 de novembro de 2011 às 01h18

AI, otavinho, olha os caras de quem você resolveu ser amigo…

Responder

    Lu_Witovisk

    25 de novembro de 2011 às 01h31

    Caindo todos igual goiaba podre kkkkkkkkkkkkk

    FrancoAtirador

    25 de novembro de 2011 às 17h30

    .
    .
    Não serão "laranjas" podres ?
    .
    .

Candido

25 de novembro de 2011 às 01h05

Aí Kassab, viu o que deu você debandar para a base do governo? Agora vais sentir na pele o que é ser perseguido pelo lado negro da força. Não quero você junto com o governo trabalhista mais competente que esse país já viu, você é um aproveitador. Agora aguente.

Responder

    Leandro

    26 de novembro de 2011 às 22h08

    Voce comprou absorveu a mensagem petista né?. Apenas curiosidade, vc acredita que o Lula é o Messias tambem ?

SILOÉ-RJ

25 de novembro de 2011 às 00h54

CARACA MALUCO!!!
Será que o minitério público de SÃO PAULO acordou???
Nem acredito!!!

Responder

    Rodrigo Leme

    25 de novembro de 2011 às 08h18

    Sempre funcionou. O problema do Brasil nunca foi denúncia de Ministério Público, mas sim o STFs da vida…

    Esse papinho de "agora o MP paulista funcinou" é desinformação de petista que quer pros outros o padrão que não aplica a si mesmo.

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h15

    MP em SP é piada!!!

    Marat

    25 de novembro de 2011 às 23h16

    MP-SP não existe, é uma manobra diversionista.. no máximo é uma piada! Tudo depende do careca ateu que se finge fanático religioso!!!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!