VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Marcos Coimbra: É preciso salvar a oposição; presente difícil, futuro incerto


02/12/2012 - 22h21

Por mais fichas que tenham colocado na aposta de que o julgamento do mensalão teria impacto destrutivo, por mais que achassem que o “lulopetismo” sairia dele golpeado de morte, o fato é que os prognósticos para a eleição de 2014 continuam largamente favoráveis ao PT

por Marcos Coimbra, no Correio Braziliense, via Clipping do Planejamento

2012 ainda não terminou, mas já se pode dizer que não foi um bom ano para a oposição. Certamente, não para a oposição institucionalizada, que disputa o jogo político e se expõe às suas incertezas.

Isso é mau para ela, especialmente por estar sendo outro ano desfavorável, depois de vários negativos.

Acresça-se a isso que suas perspectivas de curto e médio prazos também não são alvissareiras.

Passado complicado, presente difícil, futuro incerto.

Tudo isso poderia ser preocupante apenas para ela, mas o problema, para o país, é que suas agruras deixam inquieta e açodada a outra parte da oposição.

Em todos os países democráticos, existe uma oposição fora dos partidos e estranha ao mundo oficial da política. Ela é constituída por entidades de diferentes tipos: grupos de pressão, movimentos sociais e de opinião, associações de interesse, às vezes por sindicatos patronais ou de trabalhadores.

Também pela parcela mobilizada do eleitorado identificado com os partidos oposicionistas, nas elites, classes médias e no povo.

O “lulopetismo” é o inimigo declarado das oposições extra-partidárias e informais de hoje em dia. Elas assim batizaram o fenômeno político mais importante deste começo de século 21 no Brasil, o crescimento e a consolidação de um partido de origem popular, que chegou ao poder, organizou uma ampla coalizão, mostrou-se competente para governar e, por isso, tem chance de lá permanecer por muito tempo.

Enquanto esteve na oposição, o PT tinha suas “bases”, que iam para as ruas e se manifestavam. O governismo da época morria de medo de seus “tentáculos”: a CUT, o MST e assim por diante.

Mas nada de parecido ao que conhecemos hoje existia: quando a oposição era de esquerda, não havia uma “grande imprensa” para auxiliá-la. O PT e seus aliados dispunham, no máximo, de simpatizantes nas redações de alguns veículos da indústria da comunicação ou de pequenas tribunas na imprensa alternativa.

O oposicionismo petista tampouco possuía uma articulação empresarial e institucional significativa. Contavam-se nos dedos os empresários maiores, os integrantes do Judiciário, os poderosos que simpatizavam com a esquerda — e os que o faziam eram ridicularizados por seus pares, como se ser petista, para gente de “alto nível”, fosse risível.

A atual oposição extra-partidária detesta o “lulopetismo”.

Os “anti-lulopetistas” radicais — na opinião pública, nas instituições, nos grupos de pressão e na imprensa — não poupam a tibieza que enxergam nos partidos de oposição. E não confiam em sua capacidade de derrotar o adversário.

Por mais que tenham procurado motivos para se alegrar com a eleição municipal, não há como apagar o que aconteceu em São Paulo. Ou negar que foi a terceira eleição seguida em que a oposição perdeu tamanho.

Por mais fichas que tenham colocado na aposta de que o julgamento do mensalão teria impacto destrutivo, por mais que achassem que o “lulopetismo” sairia dele golpeado de morte, o fato é que os prognósticos para a eleição de 2014 continuam largamente favoráveis ao PT.

Aonde a impaciência e a frustração levarão essas pessoas?

Se fôssemos os Estados Unidos ou outros países democráticos estáveis, a resposta seria fácil. Mas não somos.

O Brasil precisa de uma oposição partidária e institucionalizada sólida. Sem ela, nunca estaremos livres dos que se acham capazes de “resolver a bagunça”, “acabar com a corrupção” e “limpar a política”. No bem bom, dispensando-se de conquistar um só voto.

Marcos Coimbra é sociólogo e presidente do Instituto Vox Populi

 

Leia também:

Caros Amigos: Um outro caso que a mídia “desconheceu”

Dr. Rosinha: Retirada do nome do relatório da CPI não absolve Gurgel

Mino Carta: O PT não é o que prometia ser, demoliu seu passado honrado

Folha vai à suíte presidencial para sugerir caso de Lula com Rose

Leandro Fortes: Cardozo fica de fora da Operação da PF, constrangendo governo e PT

Kasrils:”O que Israel faz com os palestinos é pior que o apartheid”

Bandeira de Mello: “Não se condenará mais ninguém por pressuposição”

Relatório Leveson propõe órgão independente para monitorar jornais

Promotor italiano que condenou donos da Eternit é por banir amianto aqui

Dr. Rosinha e a CPI do Cachoeira: Policarpo cometeu um crime

No Senado, Collor diz estranhar decisão de omitir indiciados

 Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha!

Procuradora Fairbanks: Não existe conversa de Rosemary com Lula

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Julio Silveira

04 de dezembro de 2012 às 08h58

Vou noutra linha, é preciso se criar uma oposição.
Mas uma de verdade, a todos os partidos que estão aí disputando o coração do conservadorismo. Dos que estão irmanados no poder, aos que estão afastados dele, aguardando no tempo a chegada da dança das cadeiras. E, se preparando financeiramente para terem espaços por acreção dos mais frágeis. Preparando o substancioso discurso marqueteiro, sabedores que são que temos um povo televisão. Precisamos de uma oposição com convicção ideologica, de gente retalhada pela mentira e por isso talhada para a verdade. Gente ambiciosa, sabedora que precisamos construir uma nação. Não apenas um país onde poucos, talvez até por cultura, ainda se sirvam de muitos.
Uma oposição que quebre paradigmas do proprio povo, que ainda, passados séculos, não sabem o que fazem. Por que são estimulados a isso.

Responder

Messias Franca de Macedo

04 de dezembro de 2012 às 00h13

*O LUCIANO HUCK APOIA A LEI DOS MEIOS(!) ENTENDA
*De tão amigo do Aécio ‘Never’, foi também pego pelo bafômetro!…

#######################################

Luciano Huck entrará na Justiça contra Rafinha Bastos
Segunda, 03 de Dezembro de 2012 – 15:04

O apresentador Luciano Huck entrará na Justiça contra Rafinha Bastos depois que o humorista o chamou de “playboy inconsequente”. Rafinha se referiu dessa forma a Huck porque o global teve sua carteira de motorista apreendida em uma blitz da Lei Seca na madrugada deste domingo (2). A assessoria do apresentador afirmou que, “sobre as grosserias gratuitas e desproporcionais, ele entende que este assunto deve ser tratado nas esferas do judiciário. E assim será”. Nesta segunda-feira (3), Rafinha mandou uma carta a Huck pelo Facebook em que diz que ele “fez merda. Mas não se preocupe: Para a maioria do país, comunicador FDP não é aquele coloca a vida dos outros em risco, é aquele que fala o que pensa. Fique tranquilo”. Ao justificar o acontecido, Luciano relatou que tomou um copo de vinho em casa e foi visitar um amigo que fazia aniversário perto da sua residência a acabou sendo pego na blitz, então, achou melhor não fazer o teste e agora aguenta conscientemente as consequências. Ainda segundo Huck, ele aprendeu a lição. Disse que apóia a operação e que acredita “que um dos maiores ativos da Operação Lei Seca é que, de fato, vale para todos. Não tem ‘jeitinho’ para ninguém”.

CACHOEIRA – perdão ato falho -, grande ‘MÉRDIA’ nativa!

Que país é este, sô?!…

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

adriana m carvalho

03 de dezembro de 2012 às 22h08

A GLOBO ESTÁ AÍ PRA ISSO!, AFINAL DE CONTAS ELA EXISTE PRA ISSO!.

Responder

Dartanhani Félix

03 de dezembro de 2012 às 21h15

Nós estamos loucos para o Joaquisão Barbosão sair candidato para podermos julga-lo nas urnas e ele ver que julgamento sério o povo brasileiro sabe fazer sem palhaçadas.

Responder

José Américo

03 de dezembro de 2012 às 16h00

O seguinte trecho ainda é muito atual, quando se está diante da turma do 1%:

“O oposicionismo petista tampouco possuía uma articulação empresarial e institucional significativa. Contavam-se nos dedos os empresários maiores, os integrantes do Judiciário, os poderosos que simpatizavam com a esquerda — e os que o faziam eram ridicularizados por seus pares, como se ser petista, para gente de “alto nível”, fosse risível.”

Falar em temas como “bem estar social”, “progressismo”, “desenvolvimentismo”, e coisas do gênero, perante essa turma, é pedir para ser taxado de “petista” ou “esquerdista”, não como um elogio, claro.

Responder

CAI

03 de dezembro de 2012 às 13h39

FRANCO ATIRADOR ESCREVEU:

BLITZ DA POLÍCIA FLAGRA LUCIANO HUCK DIRIGINDO ALCOOLIZADO

EMBAIXADOR DA GLOBO TEVE CARTEIRA DE MOTORISTA APREENDIDA

Luciano Huck recusa bafômetro em blitz da Lei Seca.

Franco Atorador, o Luciano Huck agiu igualzinho ao Playboy das Alterosas. Portanto, estamos diante de uma oportunidade única de lançarmos a chapa A DUPLA DA CACHAÇA para 2014: Aécio e Huck.

É como diria o Macaco Simão: nóis sofre mas nóis goza.

Responder

Coimbra analisa oposição: presente difícil, futuro incerto | Conversa Afiada

03 de dezembro de 2012 às 12h39

[…] Marcos Coimbra: É preciso salvar a oposição; presente difícil, futuro incerto […]

Responder

Carlos Ribeiro

03 de dezembro de 2012 às 11h17

Eu quero que a oposição exploda e que o PIG esteja bem próximo na hora.

Responder

Marcelo de Matos

03 de dezembro de 2012 às 10h21

http://tvuol.uol.com.br/assistir.htm?video=ze-dirceu-nao-e-bandido-mas-errou-diz-fhc-518-0402CD9C3668E4894326&tagIds=427613&orderBy=mais-recentes&edFilter=editorial&time=all&
FHC faz mea culpa na TV UOL: quem erra (compra de votos) tem de ir para a cadeia. Será que o Ronivon Santiago pensa da mesma forma? Para quem não se lembra Ronivon Santiago, segundo a Wikipédia, “foi eleito deputado federal em 1990, sendo reeleito em 1994. Renunciou ao mandato depois de admitir ter vendido seu voto em favor da emenda da reeleição, para permitir o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso, em 1998. Em 2002 foi eleito novamente, mas perdeu o mandato em 21 de dezembro de 2005”.

Responder

Marcelo de Matos

03 de dezembro de 2012 às 09h10

Segundo o UOL acaba de publicar, FHC disse que Aécio deve se lançar já ao Planalto. Uai, então está na hora de tentarmos entender um pouco os mineiros e as “mineirices”, que segundo o Aulete digital são o “caráter ou maneira de ser peculiar de quem é mineiro”. Cláudio Costa, em seu blog, explica: “Uma das marcas registradas de Minas Gerais são as montanhas. Belo Horizonte já foi apelidada de “Capital das Alterosas” e hoje possui uma estação de TV de nome TV Alterosa. Pois “alteroso (ô)” significa de altura elevada; alto. Por extensão: cheio de altivez; sobranceiro, majestoso. Penso que nós, mineiros, diante da obviedade dos horizontes definidos pelas serras, cultivamos uma postura altiva, sobranceira e majestosa.” Segundo a numerologia o nome Aécio é de origem grega e significa ave de rapina: “Flávio Aécio, general romano do século V, derrotou Átila, o Huno, nos campos catalúnicos”. O que mais eu poderia dizer? Vem aí o altivo e sobranceiro Aécio.

Responder

CAI

03 de dezembro de 2012 às 08h44

ME DÊ SOMENTE A GORJETA

“Aécio deve se lançar já ao Planalto”, diz FHC à Folha de São Paulo.

FHC, deixa de encher o saco do Playboy das Alterosas. Deixa ele curtir as noites do Baixo Leblon em paz. Afinal, ele não tem culpa se Belzonte não tem praia, não e verdade?

FHC, traça um roteiro para as noites cariocas desse “mineiro” endinheirado, que dá gorjeta de 100 pilas aos garçons que encontra pelos barzinhos da vida. Me avisa e eu terei o máximo de prazer em lhe servir uma dose de puro malte escocês, travestido de garçom. E se o Playboy não gostar do wisque, ele só precisa me dá a gorjeta.

E tem mais: no final da farra eu providenciarei um taxi para ele não se lascar outra vez no teste do bafômetro.

PS: ah, sim. CAI, a sigla com que eu me identifico, significa Clube dos Alcóolatras Identificados. CAI, cai mesmo.

Responder

FrancoAtirador

03 de dezembro de 2012 às 00h24

.
.
BLITZ DA POLÍCIA FLAGRA LUCIANO HUCK DIRIGINDO ALCOOLIZADO

EMBAIXADOR DA GLOBO TEVE CARTEIRA DE MOTORISTA APREENDIDA

Luciano Huck recusa bafômetro em blitz da Lei Seca

Agência Estado, via Ig

Na madrugada deste domingo, o apresentador de TV Luciano Huck teve sua carteira de habilitação apreendida em uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro. O apresentador foi parado na Avenida Niemeyer, em São Conrado, na zona sul do Rio.

Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, teve a carteira apreendida e também foi multado.

Huck precisou apresentar outro condutor para levar o carro e só então foi liberado, de acordo com a Secretaria de Governo do Estado do Rio de Janeiro.

O apresentador ainda perdeu sete pontos na sua habilitação e foi multado em R$ 957,70 pela infração, considerada gravíssima no Código Brasileiro de Trânsito.

.
.
MADALENA ARREPENDIDA

FSP (Fuxico de São Paulo)

Pego numa blitz da Lei Seca na madrugada deste domingo (2) no Rio, o apresentador Luciano Huck disse que “deveria ter seguido o exemplo da minha esposa e ir de táxi” –em referência ao sucesso de Angélica nos anos 1980.

“Apoio amplamente a Operação Lei Seca. E acredito que um dos seus maiores ativos é que, de fato, vale para todos. Não tem ‘jeitinho’ para ninguém”, escreveu o apresentador em sua página no Facebook.

“Ontem à noite, jantei em nossa casa e tomei um copo de vinho. Antes de dormir, resolvi dar um abraco em um amigo que completava 70 anos de vida e 50 de TV, em um clube a 800 mts de nossa casa. Fui parado na blitz, e achei melhor não fazer o teste do bafômetro. E agora pago, consciente, as consequências.”

Aparentemente arrependido, Huck disse que “valeu a lição”.
“E vale, também, ressaltar a educação dos policias e agentes que estavam envolvidos na operação. Vida longa à Operação Lei Seca. E que venha a Operação Parar Sobre a Faixa. Operação Jogar Lixo no Chão. Operação Respeite os Ciclistas. Operação Pedestre. Entre tantas outras.”

A carteiras de habilitação de Huck foi apreendida, de acordo com a Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro, porque ele se recusou a fazer o teste do bafômetro. Assim como ele, o ator Kayky Brito também foi pego em blitz na madrugada. Cada um deles foi multado em R$ 957,70 e perdeu sete pontos na carteira. A infração é gravíssima.

Huck estava na avenida Niemeyer, em São Conrado, zona sul, e o carro foi liberado depois de ele apresentar um outro motorista habilitado. O mesmo se deu com Brito, que estava na avenida Lucio Costa, na Barra da Tijuca, zona oeste.

Desde 2009, a Lei Seca já apreendeu a carteira de 79.607 motoristas no Rio de Janeiro, incluindo diversas celebridades e políticos [entre estes o senador carioqueiro (ou seria minoca?) Aébrio Nébulus].

(http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/1194828-deveria-ter-seguido-angelica-e-ido-de-taxi-diz-huck-apos-carteira-apreendida.shtml)

Responder

Willian

02 de dezembro de 2012 às 23h44

Este não decepciona nunca os petistas. Sempre firme.

Responder

J Souza

02 de dezembro de 2012 às 23h33

E por falar em golpes fracassados, nenhum será mais risível do que o do senado paraguaio se o Mercosul, sem o Paraguai, aceitar a entrada da Bolívia e do Equador.
O parco poder que tal senado possuía, impedindo a entrada de países governados por esquerdistas, foi suprimido pelo golpe que deu em si próprio.
Tais senadores serão piada na história de seu país!

Responder

Messias Franca de Macedo

02 de dezembro de 2012 às 23h15

2014 É AGORA!…

… Se o PIG emplacar a chapa Joaquim Barbosa para presidente [sob o ‘sloogan’ e o mantra ‘Joaquim, o Inclemente, o novo e verdadeiro caçador de marajás’], tendo como vice o Eduardo Campos e o apoio do [José] (S)erra, Aécio ‘Never’, Artur Neto, ACMalvadeza Neto &$ nefasta e famigerada Cia…
… Bom, aí, a chapa ideal, vitória no primeiro turno da nação brasileira: Dilma Rousseff, A Magnífica, o Brasil crescendo a 4% do PIB e em situação de pleno emprego… E para vice-presidente a doutora Eliana Calmon, baiana “arretada”!… A dobradinha contando com o apoio do eterno presidente Luis Inácio Lula da Silva e do povo trabalhador brasileiro!

BRASIL (QUASE-)NAÇÃO
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Pedro

02 de dezembro de 2012 às 22h44

A gramde ímprensa tem razão, a sua, evidentemente, de tratar Lula como inimigo. E é mesmo. O grande projeto do PT, de Lula, é beneficiar o povo. A grande imprensa tem o povo como inimigo, logo…

Responder

    Zezinho

    04 de dezembro de 2012 às 09h56

    Hehehe excelente Pedro, isso me faz lembrar a piada de português:

    O Português encontrou um amigo que acabara de ler um livro.
    – Que livro é este? perguntou o Português.
    – É um livro sobre lógica português.
    – Lógica, como assim.
    – Já sei você não sabe o que é lógica né portuguê, vou te dar alguns exemplos, você tem aquário em sua casa?
    – Sim tenho
    – Dentro dele tem peixinhos?
    – Claro tem sim.
    – Tá vendo português isto é lógica. Você tem filhos?
    – Sim tenho dois.
    – Tá vendo português outra lógica, normalmente os filhos é que pedem para a os pais comprarem aquários, você é casado português?
    – Sou casado.
    – Tá vendo outra lógica, quem tem filhos normalmente é casado, você é viado português?
    – Não sou muito macho.
    – Tá vendo outra lógica, quem é casado normalmente não é viado, é isso aí português acho que já deu para você entender.
    – Já deu mesmo e gostei desse negócio de lógica, empresta esse livro para eu ler
    O português foi embora com o livro, e encontrou outro amigo que o perguntou sobre o que estava lendo.
    – A pois não este é um livro sobre lógica
    – Lógica português o que é isso?
    – Caramba você não sabe o que é logica, vou de dar alguns exemplos. Falou o Português já querendo esnobar sobre o assunto.
    – Você tem aquário em casa não tem?
    – Não português, não tenho não
    – Não. hummm, então você é viado! Uma questão de lógica.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!