VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha!


28/11/2012 - 17h58

Editorial de Carta Maior

A estrutura de uma notícia processada no jornal da família Frias, na edição de 28-11 [imagem abaixo].

No título, a criminalização: “Procuradora e denunciante citam Dirceu”.

No destaque, sob o título, a indução reiterativa: “O nome do ex-ministro José Dirceu foi duplamente envolvido no caso apurado pela Operação Porto Seguro da Polícia Federal”.

No corpo da matéria, as ‘provas’ que sustentam a manchete:

1) “A procuradora federal Suzana Fairbanks  afirma que Dirceu era procurado para resolver questões como se ainda fosse ministro: “[Era] Uma pessoa que tinha poder de decisão lá dentro [do governo]”;

2) em seguida, o texto incorpora a entrevista ao “Jornal Nacional” do  delator do esquema, o ex-auditor do TCU, Cyonil da Cunha Borges): “Cyonil disse que Paulo Rodrigues Vieira, tido como um dos cabeças do esquema, o convidou para participar de um aniversário de Dirceu e citou o nome do petista ao oferecer a propina”.

Por fim, escondidos no texto, sem peso nem influencia na manchete, os fatos:

1) “Fairbanks afirma que não há troca direta de mensagens entre a ex-assessora (Rosemary Noronha)  e Dirceu”;

2) “Também não há o nome de Lula. — Conversa dela com o Lula não existe”, diz. “Nem áudio, nem emails.”

3) Sobre Cyonil, o delator, Fairbanks afirmou (…) “É um corrupto que sofreu um golpe. Levou um calote. Não recebeu o pagamento todo, como tinham combinado, e resolveu entregar o esquema todo”

Leia também:

Marcos Coimbra: A história do mensalão faz água por todos os lados

Lincoln Secco: A guerra contra a esquerda no Brasil

Rodrigo Vianna: Inglaterra investiga crimes de imprensa; no Brasil, não pode: seria “revanchismo”!

Mauricio Dias: Roberto Gurgel volta a atacar

Santayana: Julgamento da AP 470 corre o risco de ser um dos erros judiciários mais pesados da História

PT: STF não garantiu amplo direito de defesa, fez julgamento político e desrespeitou a Constituição

Nassif: Por que o ministro Ayres Britto se calou?

Marcos Coimbra: A pretexto de ‘sanear instituições’, o que a mídia e o STF desejam é atingir adversários

Leandro Fortes:Trâmite do mensalão tucano desafia a noção de que o Brasil mudou

Lewandowski: “A teoria do domínio do fato, nem mesmo se chamássemos Roxin, poderia ser aplicada”

Jurista alemão adverte sobre o mau uso de sua “Teoria do Domínio do Fato”Patrick Mariano: Decisão do ministro Joaquim Barbosa viola a Constituição e as leis vigentes

José Dirceu acusa Joaquim Barbosa de “populismo jurídico” e diz que “não estamos no absolutismo real”

Bernardo Kucinski: Macartismo à brasileira

Ramatis Jacino, do Inspir: O sonho do ministro Joaquim Barbosa pode virar pesadelo

Comparato: Pretos, pobres, prostitutas e petistas

Dalmo Dallari critica vazamento de votos e diz que mídia cobre STF “como se fosse um comício”

Rubens Casara: “Risco da tentação populista é produzir decisões casuísticas”

Luiz Flávio Gomes: “Um mesmo ministro do Supremo investigar e julgar é do tempo da Inquisição”

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Marco Maia: Câmara pode não cumprir decisão do STF « Viomundo – O que você não vê na mídia

11 de dezembro de 2012 às 14h17

[…]  Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha! […]

Responder

Marcelo Justo: Economist não pediu cabeça de Osborne « Viomundo – O que você não vê na mídia

10 de dezembro de 2012 às 08h48

[…]  Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha! […]

Responder

Heitor Costa: Democratizar as decisões sobre o sistema elétrico « Viomundo – O que você não vê na mídia

04 de dezembro de 2012 às 15h49

[…]  Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha! […]

Responder

“Existe um projeto neoliberal que subordinou a educação às necessidades do mercado” « Viomundo – O que você não vê na mídia

04 de dezembro de 2012 às 11h22

[…]  Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha! […]

Responder

Helder

02 de dezembro de 2012 às 04h27

Desculpem a nossa Falha em tentar manipular, você, é que sabemos o tipo de leitor que temos, hihihi

Responder

Folha vai à suíte presidencial para sugerir caso de Lula com Rose « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de dezembro de 2012 às 15h28

[…] Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha! […]

Responder

Dr. Rosinha: Retirada do nome do relatório da CPI não absolve Gurgel « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de dezembro de 2012 às 15h21

[…] Carta Maior denuncia o modo ‘Folha’ de fazer jornalismo: Vergonha! […]

Responder

Thomaz

28 de novembro de 2012 às 23h28

Dirceu foi procurado pela chefe de gabinete no momento da busca e apreensão em sua casa.O delegado Troncon afirmou que há conversas gravadas e escritas em email entre Lula e Rasemary, consideradas eventuais e normais, caso contrário sem forum privilegiado ele já teria sido indiciado.Pode não ser direta, mas há mas troca de correspondência e malotes entre o gabinete e Dirceu.O delator do esquema disse que o irmão petista preso com quem tratava dizia que a tal empresa o pagaria e depois que seria Dirceu. Falou na TV. O que há, então, no ponto de vista e interpretação da Folha ao relatar (reportar) os fatos?, além de não ser do jeito que a Carta queria ou faria?

Responder

FrancoAtirador

28 de novembro de 2012 às 21h17

.
.
Se a Madre Tereza de Calcutá fosse petista,

o Frias já teria prontas as manchetes da Folha:

“Freira indiana fez doações irregulares ao PT”

“Lula fez dezenas de viagens escusas à Índia”

“José Dirceu foi intermediário dos encontros”

“Vaticano prepara excomunhão de madre corrupta”

“Papa reza pelo fim da corrupção lulopetista”

“Lula põe em risco relações entre Brasil e Índia”…
.
.

Responder

    Messias Franca de Macedo

    28 de novembro de 2012 às 23h17

    Prezado FrancoAtirador, perdão pela insolência em tentar suplementar os seus pedagógicos pressupostos:

    Segundo o PIG [potencial manchete],

    ‘A Madre Tereza de Calcutá e o Lula estreitam as relações – enquanto dona Marisa Letícia reza!’

    NOTA: antes de chegar às bancas, “o santo padre” Papa da ocasião, leria, em primeira mão [trêmula de indignação!], a matéria completa traduzida em alemão pelo “menino pobre que mudou [data venia, ad eternum!] o ‘Brazil’!”

    Felicidades! Ainda que, a meu ver, estejamos (quase-)perdidos!…

    [… Por que Diabos o governo teme discutir, democraticamente, e instituir a Lei dos Meios, um dos instrumentos da civilidade contemporânea?!…]

    República de ‘Nois’ Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

Messias Franca de Macedo

28 de novembro de 2012 às 20h42

… A PERGUNTA QUE TEIMA EM VOLTAR, RECALCITRANTE!…

… Por que Diabos o governo teme discutir, democraticamente, e instituir a Lei dos Meios, um dos instrumentos da civilidade contemporânea?!… Medo de o PIG ‘desandar a desancar’ o governo?! Não! Esta justificativa seria, no mínimo, risível, porquanto desde os primórdios do governo do presidente Lula até “os dias de amanhã” (sic) ‘desandar a desancar’ o governo é aquilo do que o PIGolpista/terrorista/antinacionalista mais se ocupa!…

… Presidente Dilma Vana Rousseff, A Magnífica, não nos faça ter inveja da Cristina Kirchner!…

[… Por que Diabos o governo teme discutir, democraticamente, e instituir a Lei dos Meios, um dos instrumentos da civilidade contemporânea?!…]

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

28 de novembro de 2012 às 20h29

SOBRE A NOSSA ‘PRIMAVERA DOS TRÓPICOS’!…

… Atentemos para a miséria de “mundo” em que estamos vivendo(!): admitamos que houvesse telefonemas, trocas de e-mails ou ‘o Diabo que o valha’ entre a chefe do gabinete da Presidência da república em São Paulo e o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva!… Desanuviando o pensamento: o que não seria ‘plausível’ nem muito menos ‘crível’ é a inexistência de tais contatos! É como alguém admitir que nunca telefonou para um parente ou para um(a) amigo(a)!… Voltemos à premissa de que há contatos telefônicos, trocas de e-mails e ‘o Diabo que o valha’ entre a secretária e o chefe! A secretaria comete desatinos abomináveis e estripulias condenáveis enquanto o chefe trabalha, e muito!… Ou é pouca coisa dirigir os destinos de um país?! Têm momentos em que cada um de nós não consegue dar conta dos nossos afazeres, “quanto mais!”… A secretaria comete desatinos abomináveis e estripulias condenáveis enquanto o chefe trabalha!… Quer dizer, então, que – antes de se averiguar o conteúdo destes contatos [inevitáveis, ou não?!] – já é hora de condenar o chefe enquanto parceiro das delinquências?!…

NOTA ACAUTELATÓRIA I – estamos atingindo um nível de “sofisticada” irresponsabilidade e desrespeito por parte desta imprensa, algo que transcende os limites da incivilidade, comprometendo a nossa combalida e ‘tênue’ subdemocracia de bananas… Esta incompostura intolerável do PIG violenta os direitos humanos e o Estado (sub)democrático e de Direito!…

NOTA ACAUTELATÓRIA II – por certo, nestes últimos dez anos, a senhora Rosemary manteve contatos com familiares, com amigos, com amigas… Com pessoas as mais diversas por conta dos “ossos do ofício”! Com um garçom em algum restaurante; com alguma vendedora de uma butique qualquer!… [Não é crível(!) que a funcionária pública Rosemary Nóvoa de Noronha tivesse passado estes “breves” últimos dez anos somente tratando de patifarias, “né verdade”?!…] … Pois muito bem, a descoberta de telefonemas, de trocas de e-mails e de ‘o Diabo que o valha’ entre a senhora Rosemary e estes ‘plausíveis’ interlocutores são indícios cabais, peremptórios, irrefutáveis de que todas, ou parte, destas pessoas estiveram envolvidas com as falcatruas ora reveladas?!…

NOTA ACAUTELATÓRIA III – pensemos no seguinte: “amanhã, poderemos ser vítimas das mesmas mazelas que ‘ontem’ outros foram vítimas e que, hoje, outros estão sendo!” É mais ou menos por aí que a banda toca, desafinada, o réquiem!…

NOTA ACAUTELATÓRIA IV – E nós? Para onde vamos?!…

Que país é este, sô?!… Uma cópia mal feita do Paraguai e/ou de Honduras e/ou do Haiti…?!…

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

    Messias Franca de Macedo

    28 de novembro de 2012 às 20h53

    Perdão pelas erratas:

    1- … admitamos que tenha havido telefonemas, trocas de e-mails ou ‘o Diabo que o valha’ entre a chefe do gabinete da Presidência da república em São Paulo e o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva!…;
    2- … Voltemos à premissa de que houve contatos telefônicos, trocas de e-mails e ‘o Diabo que o valha’ entre a secretária e o chefe!…
    3- A secretária comete(u)… (em vez de ‘a secretaria’ comete(u)…)

    [E nós? Para onde vamos?!…]

    Muito obrigado.

    Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias, nacionalistas e antigolpistas,

    Hasta la Victoria Siempre!

    República de ‘Nois’ Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

    Messias Franca de Macedo

    28 de novembro de 2012 às 23h36

    PERDÃO II!

    … descompostura… (ao invés de … ‘incompostura’…)

    Muito obrigado.

    Saudações democráticas, progressistas, civilizatórias, nacionalistas e antigolpistas,

    Hasta la Victoria Siempre!

    República de ‘Nois’ Bananas
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

Kelly

28 de novembro de 2012 às 20h06

Lei de Médios agora por iniciativa popular. Com pressão e se preciso ocupação. Onde é que eu assino? Às embaixadas com faixas pedindo expulsão de Civita e etc deste país.

Responder

Hélio Pereira

28 de novembro de 2012 às 19h55

A Folha emenda,remenda,mas não se emenda!
O Jornal dos Frias continua o mesmo,um “Jornaleco Sem Vergonha do Tempo da Ditadura”,a Folha continua com seu instinto GOLPISTA,continua usando o Direito de Liberdade de Expressão para atacar,acusar,julgar e condenar aqueles que da Familia Frias discordam.
De um Jornal Golpista que cedia carros para os TORTURADORES da OP OBAN se pode esperar tudo,menos imparcialidade!

Responder

lulipe

28 de novembro de 2012 às 19h45

“STF define punição de João Paulo Cunha: 9 anos e 4 meses”

Pelo menos Zé Dirceu vai ter com quem discutir política na cadeia.

Responder

    Abel

    28 de novembro de 2012 às 23h19

    Finalmente vão prender o Serra e o Daniel Dantas?

    Maria Helena Correa

    02 de dezembro de 2012 às 08h51

    Aproveitando a oportunidade para devolver o Cachoeira ao presídio, na companhia de Perillo e Policarpo?

    P Pereira

    29 de novembro de 2012 às 03h42

    E sobre o “jornalismo” da folha?

Olindo Augusto

28 de novembro de 2012 às 19h14

O PT e seus simpatizantes adotam a estratégia de que o ataque à imprensa é a melhor defesa já que não há explicações para o inexplicável – como a chefe do escritório da Presidência em São Paulo acumulou poderes para indicar corruptos para cargos de diretores em agências reguladoras. O historiador José Murilo de Carvalho sintetizou, de forma memorável, o que foi o governo Lula: democrático, mas nem um pouco republicano.

Responder

    Paulo Couto Teixeira

    29 de novembro de 2012 às 00h52

    Há que se provar isso. Talvez com o “domínio do fato” do Min. Barbosa (não o do Croxin!) e com o dinheiro (que não é público!), do Visanet.
    Mas na verdade Lula errou quanto ao “republicanismo”: sua benevolência deu margem ao surgimento de milhares de fanáticos, construídos à la Goebels…
    É a tal estória do sapo (barbudo) e do escorpião, rsrsrs

    P Pereira

    29 de novembro de 2012 às 03h45

    Nada sobre o “jornalismo” da folha?

renato

28 de novembro de 2012 às 19h05

Tenho algo a declarar!
O que estão escondendo, foi com esta moeda
que negociaram a CPI onde a Veja estava incluida.
Lamberam nossos telas e disseram como é fácil destruir um país.
É assim que vai ficar.
Lei dos Medios agora, sim! No final do ano sim!
Presidenta, já dá para começar a semear o fato!
A Globo precisa de uma reprimenda! Um suave puxar de orelhas!
Umas palmadinhas nas nádegas! Uma palmatória suave!
Pimenta na lingua, era assim quando mentiamos para os mais velhos!
Era assim que se educava cidadões de uma nação!
Sabão era para limpar palavrões!
Tenho uma pedra de sabão em casa! Hoje me auto educarei!

Responder

dukrai

28 de novembro de 2012 às 18h33

é, o Gilberto Miranda do PMDB do Amazonas tá só com a barbatana de fora, será que agora fisgam o cabeça chata?

Responder

sandro

28 de novembro de 2012 às 18h25

FDP.
Nada a declarar.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.