Antonio Donizeti: Alckmin e Kassab têm ‘surto de bondade’ e antecipam salário de funcionários

Tempo de leitura: 2 min

por Antonio Donizeti, postado como comentário neste site

Uso da máquina do Estado e da Prefeitura para favorecer o candidato a prefeito da capital, o tucano josé Serra.

Azenha e Conceição, minha esposa é funcionária da rede estadual da educação do Estado de São Paulo e na 4a. feira, 24/10 me disse que o governador tucano Alckmin, assim sem mais, nem menos, teria tido “um súbito surto de bondade” e iria adiantar o pagamento dos funcionários públicos do Estado para esta 6a. feira, dia 26, a 2 dias das eleições na capital, na qual apoia declaradamente o tucano Serra.

Hoje a coluna da Vera Magalhães na Folha informa que o prefeito Kassab também decidiu, “num súbito surto de bondade”, igual o surto que também atingiu o governador tucano Alckmin, antecipar o pagamento dos servidores municipais para esta 6a. feira, Kassab também apóia o tucano Serra.

Isso é o mais descarado uso de recursos públicos do Estado e da Prefeitura com medida de cunho totalmente eleitoreiro, para tentar sensibilizar os funcionários públicos e eleitores a votarem no candidato apoiado pelo governador tucano Alckmin e o prefeito Kassab, que é o tucano José Serra.

Isso tem que ser denunciado, o vergonhoso e oportunista aparelhamento e uso despudorado da máquina publica do Estado de São Paulo e da prefeitura da capital para tentar induzir os milhares de funcionários do Estado e da Prefeitura para votarem no candidato apoiado pelo atual governador e prefeito para campanha eleitoral.

E o TRE/SP e o Ministério Público Eleitoral não vão fazer nada, vão ficar fazendo “cara de paisagem” com esse claro abuso de poder às vésperas da eleição pelo governador e prefeito ou eles podem tudo ?

Antonio Donizeti é advogado do Movimento dos Sem Mídia (MSM).

Leia também:

Jefferson Santana: “A propaganda do Serra está usando minha imagem e voz sem autorização”

Marina apoia Elmano em Fortaleza

Carta Maior: A última eleição “como refém da Globo”

O apoio de Lula e a crise do PSOL em Belém

O manifesto dos Juristas com Haddad

Stédile: Esquerda sectária faz jogo da direita

Eduardo Guimarães: MSM vai à Justiça contra o Jornal Nacional

Marcos Coimbra: Analistas da “grande imprensa” devem ficar ainda mais atordoados

Antonio Machado: Os jovens com “propensão ao crime” de Serra

Mano Brown: A morte por “parecer ser”

Emir Sader: A hora do resgate de São Paulo é agora

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Alexandre

Há algo que se pode comprovar nessa informação Antonio Donizeti ?

A folha de pagamento do estado, especificamente da educação, pra rodar envolve vários departamentos de várias autarquias inclusive da Sefaz… ninguém além dessa pessoa que diz que seria… teria… poderia… disse nada ? ninguém além delas sabe de nada ???

na coluna da Vera Magalhães eu não achei nada relacionado a esse tema … aliás o último post dela foi em 04/08/2012…

Alguém pode encontrar essa informação em outras fontes ?

Antonio C.

Pode antecipar salário, tanto faz, é obrigação pagar os vencimentos. Em troca, votem em HADDAD.

Julio Silveira

Depois a turma aristocratica paulista vem dizer que coronelismo é só no nordeste. Essa é a tipica atitude de coronelagem.

Leo V

Eles podem fazer o que bem entendem pois são blindados pela mídia e pelo Judiciário.

Celso

Alguns governantes antecipam por alguns dias o pagamento dos vencimentos, nessa época do ano, se o fluxo de caixa permitir, dependendo do dia que cair o Dia do Servidor Público-(28/10), independente de partido ou ocorrência ou não de eleições. Para ser justo. Se pesquisarem vão descobrir administrações do PT ou prefeitos apoiados pelo PT que já fizeram isso por esses dias.

Urbano

Sirvam-se bem do salário e votem no Haddad, obviamente se não forem tontos ou espeeeertos.

lucas

não, o Alckmin não adiantou pagamento aos professores, mas o Kassab adiantou sim e é óbvio, isso é crime eleitoral(muito embora a desculpa é o dia do funcionário público) e se o Jacques Wagner fez isso na Bahia está errado também!!!!

Dinha

Essa gente é podre. Processo neles!

Nilson

certamente, com esse ato de “bondade”, estejam querendo apagar seus desmandos e incompetência no comando de seus respectivos governos.

Maria Thereza

TRE só serve… para que mesmo? Se isso não compra de voto, não sei mais o que pode ser. O bom é que o povo paulista já está acordado e não se deixa enganar. O ruim é que vão deixar os cofres vazios para o Haddad. Tomara que ele denuncie essa manobra ilegal, ilegítima, indecente no programa eleitoral de hoje e no debate.

Lucia Coelho

Pesquisei no BB e não entrou salario nenhum ate as 15:30h

Messias Franca de Macedo

… [MAIS] CONTRIBUIÇÃO PARA A CAMPANHA DO CANDIDATO JOSÉ (S)ERRA! HAJA MENSALÃO! ENTENDA

DA SÉRIE “OS SORRISOS DOS INOCENTES!”

Ontem à noite (25/10/12) – vésperas de eleições (sic) no ‘Brazil’(!) -, sintonizo a Band News “e me deparo” com o final de uma entrevista com o Gilberto Kassab “do (S)erra”!… O entrevistador, Salomão do nome difícil ‘dois pontos’, estava, digamos, declamando um conto, digamos, sobre a releitura ou leitura pós-moderna (idem sic) do cangaço do Lampião! Enquanto sorria – olhando intermitentemente para as diversas câmeras -, declamava o enredo “do cordel” estabelecendo uma correspondência/comparação com “a ladroagem dos mensaleiros!” [mensaleiros do PT, revisor!]… As estripulias do bando de Lampião foram decantadas como “fichinhas”, ações de Irmandades (ibidem sic), ao serem cotejadas com as peraltices criminosas dos réus do mensalão! [nunca é demais ressaltar, réus do mensalão do PT, revisor!]… Enquanto ‘Salomão do [Sobre]Nome Difícil Dois Pontos’ protagonizava o papel de repentista “cheiroso” contemporâneo, “volta e meia”, uma das câmeras focava o Gilberto Kassab “do (S)erra” rindo efusivamente, convulsivamente… Mais parecia uma criança que nunca tivera cometido uma traquinagem e, portanto, tudo o que ouvia lhe era novidade!… Tudo que estava sendo dito acerca de criminalidade, sobre corrupção, temas que nem de longe passam(ram) pelo Kassab “do (S)erra”!…

Que país é esse, sô?! República de ‘Nois’ Bananas, responde, “na lata”, o matuto ‘bananiense’!

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

    maria olimpia

    Caro Messias,
    A Band(ida)News reprisou esta entrevista por várias vezes nestes últimos dias, é um escândalo mesmo!!!

Aracy

O lance é embolsar a bufunfa e votar no Haddad, até porque tamanha bondade do Kassab e do Alckmin certamente vai acabar no domingo à noite.

    Nilson

    Eta resposta arretada, falou tudo parabéns.
    Vamos pessoal, gaste com moderação, não esqueçam que esse é o pagamento que iriam receber mês que vem.
    Haddad, Haddad, Haddad.

Aderaldo

O meu não veio, será que isso é verídico? Nem em lançamentos futuros está. Ou será que liberaram só para os paulistanos? Normalmente, está provisionado no banco, seis dias antes do quinto dia útil.

Jurema Yonamine

Foi antecipado… que bom…. Vou comprar um vestido novo para ir domingo votar no Haddad

Pensador

Gente… veja o que estão falando. O pior inimigo dos funcionários públicos é o PSDB, são eles que querem enxutar a máquina pública, acabar com a estabilidade e reduzir os salários. Aécio Neves, no seu choque de gestão em Minas Gerais, reduziu o próprio salário, para reduzir o teto do funcionalismo público estadual. Servidor público nenhum do estado mineiro gosta dele.

Via de regra o funcionalismo público tem um pé atrás com essa Direita. E o salário foi “ANTECIPADO”. Apenas isso. Vocês estão fazendo tempestade em um copo d´água. E algo eu posso garantir. Não são os servidores públicos que garantem o voto do PSDB.

Fabio SP

Vai ser julgado logo após o “abatimento” das contas de energia divulgado pela Dilma Roussef… é só aguardar…

Rodrigo Leme

Ei, sabe onde o salário ds servidores foi antecipado também?

NA BAHIA DO JAQUES WAGNER!!!

http://www.portaldoservidor.ba.gov.br/noticias/pagamentos/salario-de-outubro-sera-antecipado

E eu sou um jornalista com tempo pra pesquisar isso? Não, só digitei no Google “pagamento antecipado servidor”.

Pronto, agora podem tirar esse arigo da primeira página, aí evita o carão de ter que expor esse furo jornalístico.

    Bruce Guimarães

    Mas na Bahia é diferente, o governo do PT é diferente, é um governo que é do povo, para o povo e que só pensa na sociedade. Em São Paulo não, só tem as zelites!!! rsrsrs

Avelino

Caro Azenha
Após ler essa reportagem, fui na minha conta e nada, sou professor aposentado, depois fui no SPPREV, ver se tinha algum holerith e também nada.Só for professor da ativa, nós, pelo menos eu, não paticpei dessa “bondade”.
Saudações

Rainha do Apagão

Pena máxima para esses golpistas, Geraldo e Kassab.

Carlos

Que vá para o Face, twiter e outros: “Contra as molecagens (de antecipação desses salários), voto em Haddad”

Daci

É a mais pura verdade, ontem eu esta indo para a casa de Portugal e conversei com uma mulher que saia de uma loja e ela me disse que já estava gastando o decimo 3º porque seria liberado para os professores de SP.
Quanta bondade hein!

Elias

Eles aproveitaram que o dia 28 (domingo) é Dia do Servidor Público e fizeram essa média para tentar angariar possíveis votos. O servidor consciente não vai mudar seu voto por ter seu salário antecipado no Seu Dia que coincide com a Data da Eleição. Todo ano tem Dia do Servidor. E nos outros? Por que não fizeram o mesmo? Alckmin e Kassab estão na deles. Fazendo o trabalho (sujo, óbvio) para ajudar seu candidatado que junto com eles não quer largar o poder paulistano e paulista jamais.

Marcelo de Matos

O MP paulista é predominantemente tucano. Que vamos fazer.

Marcos

O duro mesmo é ver a extrema-direita golpista fazer atos infantis e primários, coisa de gente sem criatividade ou no mínimo falta de inteligência, e mesmo assim, ver o seu candidato ser eliminado da política neste dia 28/10. Tcháu tcháu ÇerRa e tcháu tcháu PIG!

Jairo Beraldo

Será que este funcionalismo estadual e municipal é tão tapado? Penso que não…não iriam se vender tão barato!

Augusto Pinheiro

Cabe ao PT entrar com ação junto ao TSE e o MinistérioPúblico. Se fossoao contrário, os tucanos já o teriam feito.

Marcelo T.

Agora, imagine se fosse a Dilma… Não precisa falar mais nada…

jose marcos

Estou muito preocupado com o que a Direita é capaz, principalmente porque como estão desesperados são capazes de tudo. AZENHA VOCE NÃO ACHA ESQUISITO ESTE APAGÃO NO NORDESTE AS VESPERAS DO 2ª TURNO E COM ELEIÇÕES APERTADAS EM SALVADOR E FORTALEZA???? MUITO ESQUISITO!!!!!

    Jairo Beraldo

    Esquisito foi vendo a GloboNews das 17 h, a Leilane “Bresil” Neubarth, dar a chamada -“ministro interino fala sobre o apagão e diz que SISTEMA ELETRICO BRASILEIRO NÃO É CONFIAVEL”!…Na maior cara lambida!!!! E, vendo a reportagem (ja tinha visto a coletiva in live),não vi nem tentativa de montagem….fazem terror somente, não se atrevem mais a colocar palavras na turma da Presidenta! Sinal de respeito! Menos mal!

Flávio Prieto

Vamos ver como é que o TRE/SP e o TSE julgarão isso, se é que julgarão.
Enquanto isso, o STF e a PGR desmembram a AP470 em vários supostos mini-delitos, para poder atribuir mais penas aos acusados, esquecendo-se talvez de que vários dos delitos imputados são interdependentes e interconexos, que os réus são primários (o que estranha pedirem e darem penas máximas, em visível rigorismo persecutório), os fatos imputados tais como aluguéis de legenda e sistemas de trocas ou compra e venda de apoios preexistiam de longa data e eram largamente tolerados (inclusive pelo STF), a intenção da ação tida como delituosa era aprovar leis que foram consideradas válidas e até aplaudidas pela mídia, além de terem sido em alguns casos garantidas pelo STF … levando-se em conta tudo isso, teriam que mitigar as penas, já que a lei penal impõe que não se atribua pena mais gravosa quando há pena menos gravosa possível e diversas atenuantes presentes, já que tal sistema de apoios preexistia e era tolerado, sendo na verdade exigido ao PT como condição para governar.

abolicionista

Isso é compra de votos! Gente, é o fim da picada… Cadê a p… do TRE?

Rodrigo Leme

Vai ver ele tem saudade de quando o mandato da Marta acabou após as eleições e boa parte dos professores da rede pública (incluindo parente meu) ficou sem receber salário…

    Diniz

    Vai ver você tem saudades dos tempos FHC, quando uma grande parte dos trabalhadores brasileiros ficaram sem receber seus salários. PORQUE ESTAVAM TODOS DESEMPREGADOS. Incluindo, COM CERTEZA, muitos parentes seus …

Jair de Souza

Sinceramente, embora esteja claríssimo para mim de que se trata de uma manobra eleitoreira, se o funcionalismo de São Paulo puder ser “comprado” para votar em José Serra por esta antecipação de salários, então, não há nada a esperar de positivo deste funcionalismo. Não acredito que isto possa reverter o quadro favorável a Fernando Haddad e nem me sinto abalado por esta medida. O que mais me preocupa é o bombardeio desinformativo que as máfias midiáticas estão desfechando com vistas a influenciar parcelas das camadas médias. As máfias midiáticas sabem dos muitos preconceitos antipobre que se encontram aninhados na mente do classe média padrão e estão tratando de trazê-los à tona de todas maneiras neste momento. O objetivo é impedir que as camadas médias possam raciocinar. O atiçamento de preconceitos serve para isto.

    maria olimpia

    om certeza, Jair!!!
    Haddad !!!!! Vote 13, no domingo!!!

Flavio Lima

Vergonha! E os direitistas fingem que não enxergam esses absurdos. Não ha espaço para a ingenuidade!

Vinicius Garcia

Também está mais fácil ir de condução ao trabalho, os ônibus que em horário de pico seriam insuportáveis, agora, dá até para ir sentado, posto o aumento de número deles circulando. Tudo isso para salvar o coiso.

lia vinhas

Não, não vão fzer nada porque têm partido.

Deixe seu comentário

Leia também