VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Bob Fernandes: Rose & Cia., mas Lula é o grande alvo


27/11/2012 - 16h46

por Bob Fernandes, na TV Gazeta, via Terra Magazine

Leia também:

Marcos Coimbra: A história do mensalão faz água por todos os lados

Lincoln Secco: A guerra contra a esquerda no Brasil

Mauricio Dias: Roberto Gurgel volta a atacar

Santayana: Julgamento da AP 470 corre o risco de ser um dos erros judiciários mais pesados da História

Lewandowski, um desagravo ao Direito brasileiro

PT: STF não garantiu amplo direito de defesa, fez julgamento político e desrespeitou a Constituição

Nassif: Por que o ministro Ayres Britto se calou?

Marcos Coimbra: A pretexto de ‘sanear instituições’, o que a mídia e o STF desejam é atingir adversários

Leandro Fortes:Trâmite do mensalão tucano desafia a noção de que o Brasil mudou

Lewandowski: “A teoria do domínio do fato, nem mesmo se chamássemos Roxin, poderia ser aplicada”

Jurista alemão adverte sobre o mau uso de sua “Teoria do Domínio do Fato”Patrick Mariano: Decisão do ministro Joaquim Barbosa viola a Constituição e as leis vigentes

José Dirceu acusa Joaquim Barbosa de “populismo jurídico” e diz que “não estamos no absolutismo real”

Bernardo Kucinski: Macartismo à brasileira

Ramatis Jacino, do Inspir: O sonho do ministro Joaquim Barbosa pode virar pesadelo

Comparato: Pretos, pobres, prostitutas e petistas

Dalmo Dallari critica vazamento de votos e diz que mídia cobre STF “como se fosse um comício”

Rubens Casara: “Risco da tentação populista é produzir decisões casuísticas”

Luiz Flávio Gomes: “Um mesmo ministro do Supremo investigar e julgar é do tempo da Inquisição”

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


77 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Mailson

28 de novembro de 2012 às 16h51

DESMASCARADA MAIS UMA SACANAGEM CONTRA O LULA E O DIRCEU

Tá no Conversa Afiada:
Publicado em 28/11/2012
Lula e Dirceu: Procuradora
desmonta fraude

Sobre o herói do jn: “Ele [Cyonil] é um corrupto que sofreu um golpe, porque recebeu um calote do pagamento, não pagaram tudo e ele resolveu denunciar o esquema”.

De acordo com a procuradora da República Suzana Fairbanks, que coordenou a investigação no Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo, em conjunto com a PF, Rosemary tinha acesso a pessoas com “os cargos mais altos” do governo e vendia sua influência.

(…)

A procuradora ainda rebateu a informação de que ocorreram centenas de telefonemas entre a ex-chefe de gabinete e Lula. “Eu não sei de onde saiu isso, porque nunca tive acesso a isso. Vocês podem virar de ponta cabeça o inquérito, em toda a investigação”.

Sobre o ex-ministro José Dirceu, Fairbanks disse que, apesar de ele ter sido citado nos e-mails de Rosemary, não há indícios de sua participação no esquema. “Não tem uma relação direta dele [Dirceu] de sociedade [no esquema] ou de eventual lucro”, destacou.

Matéria completa: http://www.conversaafiada.com.br/politica/2012/11/28/lula-e-dirceu-procuradora-desmonta-fraude/

Responder

Julio Silveira

28 de novembro de 2012 às 15h45

Acho incrivel que sempre onde a truta é encontrada vem um truta citar o Zé. É muita sacanagem. O moço vai acabar empobrecendo com esses trem que são os tantos processos que tem de promover por calunia e difamação. Vai ser azarado assim lá em minas.

Responder

ZePovinho

28 de novembro de 2012 às 15h37

O que é que a Secretaria de Fazenda do Rio de Janeiro está esperando para colocar um corrupto,segundo a procuradora federal Suzana Fairbanks,para fora da insituição fazendária do estado do Rio de Janeiro????

Lula e Dirceu: Procuradora desmonta fraude

Sobre o herói do jn: “Ele [Cyonil] é um corrupto que sofreu um golpe, porque recebeu um calote do pagamento, não pagaram tudo e ele resolveu denunciar o esquema”.

“Ele [Cyonil] é um corrupto que sofreu um golpe, porque recebeu um calote do pagamento, não pagaram tudo e ele resolveu denunciar o esquema. Eram R$ 300 mil [o prometido] e ele recebeu R$ 100 mil, e ficou cobrando os outros R$ 200 mil”, destacou.

http://www.conversaafiada.com.br/politica/2012/11/28/lula-e-dirceu-procuradora-desmonta-fraude/

28 de novembro de 2012 às 14:20
Dias

PHA,
Aponta a internet, que Cyonil, após “sair” do TCU, por concurso foi aprovado e empossado em 26/03/12, em cerimônia presidida pelo governador Sérgio Cabral, como Auditor Fiscal de 3ª Categoria, da Secretaria da Fazenda Estadual do Rio de Janeiro.
Procede?
Continua empregado na Secretaria da Fazenda do Rio de Janeiro?

Responder

ZePovinho

28 de novembro de 2012 às 15h29

A procuradora Suzana Fairbanks diz o seuinte do novo herói do PIG,o corrupto Cyonil Borges: “Ele [Cyonil] é um corrupto que sofreu um golpe, porque recebeu um calote do pagamento, não pagaram tudo e ele resolveu denunciar o esquema. Eram R$ 300 mil [o prometido] e ele recebeu R$ 100 mil, e ficou cobrando os outros R$ 200 mil”, destacou.

http://www.conversaafiada.com.br/politica/2012/11/28/lula-e-dirceu-procuradora-desmonta-fraude/

MPF desmente Jornal Nacional: ‘delator é um corrupto que denunciou porque não pagaram’
A procuradora da República Suzana Fairbanks, que coordenou a investigação no Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo em conjunto com a Polícia Federal, e que resultou na operação Porto Seguro, deu uma explicação que desmente a versão apresentada pelo Jornal Nacional da TV Globo, sobre o papel do ex-auditor do TCU (Tribunal de Contas da União), Cyonil da Cunha Borges de Faria Júnior.

Suzana Fairbanks disse:

“Ele [Cyonil] é um corrupto que sofreu um golpe, porque recebeu um calote do pagamento, não pagaram tudo e ele resolveu denunciar o esquema. Eram R$ 300 mil [o prometido] e ele recebeu R$ 100 mil, e ficou cobrando os outros R$ 200 mil”, destacou.

A investigação da Operação Porto Seguro começou com um inquérito civil público para a apuração de improbidade administrativa. O ex-auditor Cyonil revelou ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal que lhe foram oferecidos R$ 300 mil para que elaborasse um parecer técnico a fim de beneficiar um grupo empresarial do setor portuário que atua no Porto de Santos, a empresa Tecondi (Terminal para Contêineres da Margem Direita), em um contrato com a Companhia Docas de São Paulo (Codesp).

O Jornal Nacional da TV Globo apresentou uma versão inversa dos fatos. Apresentou apenas uma entrevista com o ex-auditor, onde ele adota sua linha de defesa, dizendo ter fingido ser corrupto para recolher provas.

O Jornal Nacional não fez o dever de casa de ouvir o outro lado da notícia, na voz das autoridades, no caso, a procuradora, antes de “vender o peixe” ao distinto público só da defesa.

A própria edição da entrevista veio com forte cheiro de ter sido combinada e direcionada para exploração política oposicionista (pois jogou ao vento o nome do ex-ministro José Dirceu, que não aparece no inquérito, através de ilações, de “ouvir o outro falar, sem ficar muito claro…”). Para quem teve acesso a tal entrevista exclusiva com o ex-auditor, o Jornal Nacional deixou muitos buracos de informação em aberto para esclarecer o telespectador. Cito pelo menos seis:

1) Cyonil disse conhecer Paulo Vieira (considerado o líder da suposta organização criminosa) desde 2002. O bom jornalismo exigiria que a Globo perguntasse como e onde se conheceram, para situar o contexto do relacionamento profissional ou de amizade pessoal entre os dois. Em qual órgão público ou privado, por exemplo? A Globo omitiu.

2) Ele é apresentado como ex-auditor do TCU. Por que ex? Ele está em outro órgão? Foi exonerado por algum motivo? Poderia falar qual?

3) Na entrevista ele diz que reaproximou-se de Paulo Vieira em 2008, para dar uma palestra na AGU por ser especialista em portos. Como é que tornou-se especialista em portos? Trabalhando em alguma empresa? Estudando, fazendo cursos? Puxando todos os casos que caíam no TCU para si?

4) O ex-auditor disse que teve várias reuniões com Paulo Vieira no escritório da presidência da República em São Paulo, aparentemente a partir de 2008 (nem isso a Globo esclareceu). A emissora também “não teve curiosidade” de saber o motivo e o assunto destas reuniões, de novo fundamental para contextualizar a notícia.

5) A Globo também não teve a curiosidade de esclarecer quando foi recebido os 100 mil da propina, em que local, e nem quanto tempo depois disso ele levou para fazer a denúncia na PF. Nem teve a curiosidade de perguntar porque ele não procurou o Ministério Público antes para fazer uma ação controlada, produzindo provas, inclusive registrando o flagrante no recebimento da propina, e facilitando para a Polícia Federal a identificação da origem do dinheiro.

6) Também não explicou exatamente qual a vantagem indevida que a empresa Tecondi teria com o parecer fraudado (motivo da propina), uma informação essencial para entender o todo.

Bom Dia Brasil desmente Jornal Nacional

Que papelão, “dona” Globo!

Até o telejornal “Bom Dia Brasil” do dia seguinte (com audiência muito menor do que o Jornal Nacional), na própria Globo, desmentiu o JN, corrigindo alguns erros. Narrou: “Para o Ministério Público Federal, Cyonil só denunciou porque não recebeu todo o valor combinado. A procuradoria também informou que nos emails e nas gravações não existem registros da participação do ex-ministro José Dirceu”.

Trinta anos após o escândalo Proconsult, a edição de ontem do Jornal Nacional mostra que a emissora continua a mesma assanhada com golpes midiáticos contra a soberania popular decidida nas urnas.

(Com informações do Brasil247. A matéria do JN está aqui e a do “Bom Dia Brasil” aqui).
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2012/11/mpf-desmente-jornal-nacional-delator-e.html

Responder

Willian

28 de novembro de 2012 às 14h06

Acho que Lula não está ameaçado. Ele mesmo já declarou que nada sabia e que foi apunhalado pelas costas. Eu, como todos aqui, acredito.

Responder

Indio Tupi

28 de novembro de 2012 às 14h00

Aqui do Alto Xingu, os índios informam o que incomoda a Elite:
SIS 2012: acesso de jovens pretos e pardos à universidade triplicou em dez anos

A Síntese de Indicadores Sociais (SIS) 2012 mostra melhoria na educação, na década 2001-2011, especialmente na educação infantil (0 a 5 anos), onde o percentual de crianças cresceu de 25,8% para 40,7%. Dentre as mulheres com filhos de 0 a 3 anos de idade na creche, 71,7% estavam ocupadas. Entre os adolescentes de 15 a 17 anos, 83,7% frequentavam a rede de ensino, em 2011, mas apenas 51,6% estavam na série adequada para a idade. Já a proporção de jovens estudantes (18 a 24 anos) que cursavam o nível superior cresceu de 27,0% para 51,3%, entre 2001-2011, sendo que, entre os estudantes pretos ou pardos nessa faixa etária, a proporção cresceu de 10,2% para 35,8%.

A SIS revela que as desigualdades reduziram-se, na década 2001-2011, em razão da valorização do salário mínimo, do crescimento econômico e dos programas de transferência de renda (como Bolsa Família). O índice de Gini (mede a distribuição de renda) passou de 0,559, em 2004, para 0,508, em 2011.

Em relação ao trabalho, entre 2001 e 2011, a Síntese constatou um crescimento da proporção de pessoas de 16 anos ou mais de idade ocupadas em trabalhos formais (de 45,3% para 56,0%), embora se mantivessem na informalidade 44,2 milhões de pessoas, em 2011. O rendimento médio no trabalho principal teve um aumento real de 16,5%, nesse período, sendo que mulheres (22,3%) e trabalhadores informais (21,2%) tiveram os maiores ganhos reais. No entanto, o rendimento das pessoas ocupadas pretas ou pardas equivalia, em 2011, a 60% do rendimento dos brancos. A SIS aponta, também, que em 2011 o tempo médio semanal dedicado pelas mulheres em afazeres domésticos era 2,5 vezes maior do que o dos homens.

Quanto aos indicadores demográficos, em 2011, a taxa de fecundidade era de 1,95 filhos por mulher, variando de acordo com a escolaridade (de 3,07 para mulheres com até 7 anos de estudo, para 1,69, para aquelas com 8 anos ou mais de estudo). Na década, a população idosa de 60 anos ou mais de idade cresceu a uma taxa anual de 3,7%, enquanto a população total cresceu a 1,2% ao ano.

A SIS 2012 inovou, ainda, ao tratar da proteção social e direitos humanos, abordando questões como a violência contra a mulher, entre outras. Verificou-se que, em mais da metade dos 75 mil registros de violência contra a mulher, elas acreditavam que havia risco de morte.

Esses são alguns dos destaques do estudo Síntese de Indicadores Sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira 2012, que tem como fonte principal de informações a PNAD 2011, outras pesquisas do IBGE, e que traz avanços na utilização e análise de registros administrativos de órgãos federais. Todas as informações do estudo podem ser obtidas:
http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/sinteseindicsociais2012/default.shtm

Em 2011, 51,6% dos adolescentes de 15 a 17 anos frequentavam o ensino médio

A análise dos dados da PNAD 2011 indica um crescimento do sistema educacional brasileiro na última década, especialmente em relação à educação infantil. A taxa de escolarização das crianças de 0 a 5 anos passou de 25,8%, em 2001, para 40,7%, em 2011. A escolarização de crianças de 6 a 14 anos está praticamente universalizada, alcançando 98,2% em 2011.

Os adolescentes de 15 a 17 anos apresentaram uma taxa de escolarização de 83,7%, percentual um pouco maior se comparado a 2001 (81%). Porém, em 2011, apenas 51,6% desses jovens estavam na série adequada, resultado mais favorável ao alcançado em 2001, onde somente 36,9% nesta faixa etária estavam no ensino médio, o que revela ainda uma alta defasagem idade-série. O avanço na taxa de frequência desses jovens ao ensino médio foi ainda mais significativo para aqueles que pertencem às famílias com menores rendimentos (de 13,0%, em 2001, para 36,8%, em 2011) e entre os pretos e pardos (de 24,4% para 45,3%).

Frequência de jovens estudantes pretos e pardos nas universidades triplicou em dez anos

A proporção de jovens estudantes de 18 a 24 anos que cursavam o nível superior cresceu de 27,0%, em 2001, para 51,3%, em 2011. Observou-se uma queda expressiva na proporção dos que ainda estavam no ensino fundamental, passando de 21% em 2001 para 8,1% em 2011. Jovens estudantes pretos e pardos aumentaram a frequência no ensino superior (de 10,2%, em 2001, para 35,8%, em 2011), porém, com um percentual muito aquém da proporção apresentada pelos jovens brancos (de 39,6%, em 2001, para 65,7% em 2011).

Síntese de Indicadores Sociais aponta redução da desigualdade na década 2001-2011

A SIS 2012 detectou uma diminuição da desigualdade na década de 2000, medida por diversos indicadores e aspectos. Verificou-se que o coeficiente de Gini (índice que mede a distribuição da renda, de forma que quanto mais próximo de 1 maior a desigualdade) passou de 0,559, em 2004, para 0,508, em 2011. Entre 2001 e 2011, os 20% mais ricos da população diminuíram sua participação de 63,7% para 57,7%, enquanto os 20% mais pobres aumentaram, passando de 2,6% para 3,5% do total de rendimentos. Nesse período, a razão entre a renda familiar per capita dos 20% mais ricos em relação aos 20% mais pobres caiu de cerca de 24 para 16,5 vezes. Apesar da evolução, a desigualdade persiste, pois os 20% mais ricos ainda detêm quase 60% da renda total, em contrapartida ao pouco mais de 11% detidos pelos 40% mais pobres.

A expansão de programas de transferência de renda, como Bolsa Família, resultou em um aumento no item “outras fontes de rendimento” para famílias com baixos rendimentos. Para famílias com renda familiar per capita de até ¼ de salário mínimo (6,7% das famílias) e entre ¼ e ½ salário mínimo (14,1% das famílias), as outras fontes de renda passam de 5,3% a 31,5% e de 3,1% a 11,5%, respectivamente, entre 2001 e 2011. Isso ocorreu em um cenário de crescimento do rendimento médio do trabalho para esses grupos. Para o grupo de até ¼ de salário mínimo, o rendimento médio de todos os trabalhos cresceu, em valores reais, de R$ 273 para R$ 285, no período, enquanto para os que estão na faixa entre ¼ e ½ salário mínimo, cresceu de R$ 461 para R$ 524. Em relação à cor ou raça, no 1% mais rico, em 2001, pretos ou pardos representavam apenas 9,3%, percentual que passa a 16,3%, em 2011. É, ainda, uma participação distante do total de pretos ou pardos na população, um pouco acima de 50%.

Os domicílios nas faixas de até ½ salário mínimo de rendimento possuem algumas características que podem servir de indicativo de vulnerabilidade: têm média superior a quatro moradores, presença mais significativa de crianças pequenas e muitos deles são chefiados por mulher sem cônjuge, com filhos menores de 14 anos (arranjo familiar predominante em 27,0% dos domicílios com rendimento per capita de até ¼ do salário mínimo.

Formalização no mercado de trabalho cresce entre mulheres e jovens na década

Entre 2001 e 2011, a proporção de pessoas de 16 anos ou mais de idade, ocupadas em trabalhos formais, aumentou de 45,3% para 56,0%. Entre as mulheres, a formalidade cresceu de 43,2% para 54,8%. Entretanto, o país registra, ainda, um contingente significativo de mão de obra em trabalhos informais: 44,2 milhões de pessoas. A informalidade é uma característica da população idosa com 60 anos ou mais (71,7%) e da população jovem de 16 a 24 anos (46,5%). Ressalta-se, porém, que os jovens de 16 a 24 anos foram os que mais aumentaram o grau de formalização no mercado de trabalho, principalmente entre 2006 e 2011 (de 40,8% para 53,5%). A população mais escolarizada tendia a estar inserida em trabalhos mais formalizados. Em 2011, a média de anos de estudo da população em trabalhos formais era de 9,2 anos para os homens e de 10,7 anos para as mulheres. Nos trabalhos informais, essa média era 6,1 e 7,3 anos, respectivamente.

Rendimento médio do trabalho teve aumento real de 16,5% na década

O rendimento médio no trabalho principal das pessoas de 16 anos ou mais de idade ocupadas teve um aumento real de 16,5%, entre 2001 e 2011. As mulheres e os trabalhadores informais tiveram os maiores ganhos reais (22,3% e 21,2%, respectivamente).

A desigualdade de rendimentos entre homens e mulheres apresentou redução, mas ainda persiste. Em 2001, elas recebiam o equivalente a 69% do rendimento dos homens, passando para 73,3% em 2011. Destaca-se que, entre as pessoas com 12 anos ou mais de estudo, essa desigualdade era maior: em 2011, o rendimento feminino equivalia a 59,2% do rendimento masculino (em 2001, esse percentual era de 52,6%).

A desigualdade por cor ou raça também diminuiu no período. O rendimento médio das pessoas ocupadas pretas ou pardas com 16 anos ou mais de idade equivalia a 60% do rendimento médio da população branca, em 2011. Em 2001, essa proporção era de 50,5%. Assim como observado para as mulheres, essa desigualdade era maior entre as pessoas com 12 anos ou mais de estudo, sendo que, entre 2006 e 2011, essa proporção caiu de 68,6% para 67,2% (em 2001 era 66,7%).

71,7% das mães com todos os filhos entre 0 e 3 anos na creche estão ocupadas

Um aspecto que interfere na inserção das mulheres no mercado de trabalho é a presença de filhos. Dentre as mulheres com filhos de 0 a 3 anos de idade que frequentam creche, 71,7% estavam ocupadas. A participação das mulheres no mercado de trabalho é bastante reduzida quando nenhum filho frequentava creche ou algum não frequentava (43,9% e 43,4%, respectivamente). Vale ressaltar que essa relação praticamente não se alterou desde o início da década: em 2001, o percentual era de 70,1% quando todos os filhos estavam na creche, 41,2% quando nenhum filho frequentava creche, e 44,3% quando algum filho frequentava.

Índice de envelhecimento no Brasil cresce de 31,7, em 2001, para 51,8 em 2011

A razão de sexo – número de pessoas do sexo masculino para cada 100 pessoas do sexo feminino – no Brasil foi de 94,3 (103,8 no grupo de 0 a 19 anos e 79,5 na faixa dos 60 anos ou mais). Quanto à razão de dependência total – número de pessoas economicamente dependentes (menores de 15 anos ou com 60 anos ou mais) para cada 100 pessoas potencialmente ativas (entre 15 e 59 anos) –, diminuiu de 60,3 (2001) para 54,6 (2011). O índice de envelhecimento (relação entre idosos de 60 anos ou mais e crianças de até 15 anos) no Brasil cresceu de 31,7, em 2001, para 51,8, em 2011, aproximando-se bastante do indicador mundial (48,2). No Brasil, merece destaque a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, em que este indicador foi de 80,2.

Em dez anos, o número de idosos com 60 anos ou mais passou de 15,5 milhões (2001) para 23,5 milhões de pessoas (2011). A participação relativa deste grupo na estrutura etária populacional aumentou de 9,0% para 12,1%, no período, enquanto a de idosos com 80 anos ou mais chegava a 1,7% da população, em 2011.

A maior parte da população idosa é composta por mulheres (55,7%). Outras características marcantes: forte presença em áreas urbanas (84,1%); maioria branca (55,0%); inserção no domicílio como a pessoa de referência (63,7%); 4,4 anos de estudo em média (32% com menos de um ano de estudo); a grande maioria (76,8%) recebe algum benefício da Previdência Social; 48,1% têm rendimento de todas as fontes igual ou superior a um salário mínimo, enquanto cerca de um em cada quatro idosos residia em domicílios com rendimento mensal per capita inferior a um salário mínimo.

Perto de 3,4 milhões de idosos de 60 anos ou mais (14,4%) viviam sozinhos; 30,7% viviam com os filhos (todos com mais de 25 anos de idade, com ou sem presença de outro parente ou agregado). Assim, 85,6% dos idosos viviam em arranjos em que havia presença de outra pessoa com alguma relação de parentesco.

Na distribuição do rendimento mensal familiar per capita, os idosos tinham uma situação relativamente melhor do que o grupo de crianças, adolescentes e jovens: enquanto 53,6% das pessoas de menos de 25 anos estavam nos dois primeiros quintos da distribuição de renda, apenas 17,9% idosos de 60 anos ou mais de idade encontravam-se nesta situação.

Responder

    Willian

    28 de novembro de 2012 às 14h07

    O que triplicou foi o número de estudantes que se declaram pardos e negros.

Marcelo de Matos

28 de novembro de 2012 às 12h51

Deu no “Observatório da Imprensa”: “Gilberto Miranda é um desses personagens. Já serviu e foi beneficiado por relações privilegiadas com o ex-presidente João Figueiredo, ainda nos anos 1970, e depois atuou, em parceria com o irmão Egberto Batista, no esquema que marcou o governo Collor, no final dos anos 1980. Mas foi na década seguinte que se transformou em peixe grande, quando multiplicou sua fortuna com negócios na Zona Franca de Manaus, sob a proteção do coronel José Sarney. Foi sócio do falecido senador Orestes Quércia, cultivou excelentes relações com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, teve como padrinho de seu segundo casamento o prefeito Gilberto Kassab, a quem deu grande ajuda na criação do PSD, e tem sido fonte privilegiada de jornalistas eminentes”. Miranda tornou-se peixe grande na Zona Franca de Manaus e vai tornar-se tubarão na baixada santista, graças a decreto assinado por Geraldo Alckmin. Quando é que vão punir empresários corruptores, como esse Miranda e seu porto na Ilha de Bagres, e não simples bagrinhos como Rosemary?

Responder

    Willian

    28 de novembro de 2012 às 14h46

    Pô, Marcelo, você fez uma bela biografia do Gilberto Miranda, só esqueceu de suas ligações com o PT. Depois de 2002 ele se regenerou? Conta aí!

Marcelo de Matos

28 de novembro de 2012 às 12h13

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/gilberto-miranda-no-esquema-desbaratado Gilberto Miranda é o verdadeiro pai da criança. Via Yahoo, jc_sapereira chamou a atenção sobre o fato: “Segundo o blog “Os Amigos do Presidente Lula” o PiG está fazendo acrobacias para esconder o ex-senador Gilberto Miranda, como um dos investigados na Operação Porto Seguro da PF”. Verdade! O UOL trata do assunto, mas, omite dados da biografia de Miranda. Diz que ele é ex-senador pelo PMDB, ligado a Sarney, mas, omite que já foi do PFL e aliado a ACM e Maluf. Miranda conseguiu a aprovação do projeto de um complexo portuário de R$ 2 bilhões na ilha de Bagres, uma área de proteção permanente ao lado do porto de Santos. Aí o jornalista do UOL deixa escapar (espero que não seja punido por isso): “As gravações mostram que Miranda festeja quando o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assina um decreto em que reconhece a relevância econômica e social da obra”. Que tucanagem! (Para não dizer sacanagem).

Responder

Marcelo de Matos

28 de novembro de 2012 às 10h56

Na administração pública, bem como na Justiça, pareceres e avaliações feitos sob medida para favorecer empresários são mais comuns do que se pensa. Só os cínicos fingem ignorar. Vamos, agora, moralizar a “coisa” pública? Se há funcionários que recebem propina para dar esses pareceres, ou fazer essas avaliações, devem ser punidos, mas, isso dificilmente acontece. O que estamos vendo agora é uma armação para deslustrar o PT. Onde ocorreu a suposta corrupção? Na Casa Civil? No palácio Alvorada? Não: em agências como a Anac e Agência de águas que não são órgãos do Executivo; em escritório regional da presidência, portanto, em órgão subalterno. Se há corruptos, há corruptores. Essa investigação tem o escopo de punir esses últimos? Seria uma atitude inédita se o fizesse. Digo mais: enquanto não punirem os corruptores essas falcatruas não terão fim. O objetivo dessa investigação, porém, parece ser circunstancial. Dirceu e Genoíno já foram condenados. O alvo, agora, é Lula. Alguém ouviu falar o nome de algum empresário que se tenha beneficiado?

Responder

    LEANDRO

    28 de novembro de 2012 às 12h37

    Concordo..só não entendo porque o governo tá se esforçando tanto pra blindar a rose e amigos? Eles seriam ótimas fontes para se descobrir quem são os corruptores e aí punir a todos, passivos e ativos.

Roberto Locatelli

28 de novembro de 2012 às 10h28

Em episódios como esse é que constatamos os dois pesos e duas medidas da carcomídia.

Serra nomeou Hussain Aref Saab para a Secretaria de Habitação de São Paulo, cargo dos mais importantes da prefeitura. O sujeito enriqueceu rapidamente, hoje é dono de mais de 100 imóveis, e teve seus bens bloqueados na justiça. Mas Serra e Kassab são cuidadosamente poupados pelo PIG (Partido da Imprensa Golpista). Rose é funcionária de terceiro escalão. Mas Lula e Dirceu são julgados e condenados instantaneamente.

Responder

    Marcelo de Matos

    28 de novembro de 2012 às 11h07

    A Justiça só não deixa barato quando há possibilidade de envolver o PT. Antes do Aref tivemos o caso do José Yunes, nas gestões Pitta/Maluf. A Veja publicou: “Jorge Yunes, um multimilionário com fortuna estimada em 500 milhões de reais, incluindo-se aí 350 imóveis alugados, duas editoras, uma transportadora e uma mineradora, sem contar um prédio de quatro andares em zona nobre de Paris”. “Na petição, os promotores sugerem que Yunes pode ter sido beneficiado por alterações feitas pela prefeitura na legislação municipal que acabaram valorizando terrenos e imóveis de sua propriedade”.

Jose Mario HRP

28 de novembro de 2012 às 09h58

Chega de querer f…. o Lula.
Ele deu baile, derrotou toda essa raça/escória que se esconde nas saias do nosso capitalismo entreguista!
Minha homenagem aqueles que desesperados de tanto sentir a lomba surrada pela esquerda estão indo embora!
Que se vaiam!!!!
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=GkWcf-eYgkg

Responder

Jose Mario HRP

28 de novembro de 2012 às 09h36

Estragaram a festa do Álvaro “Bom Cabelo” Dias!
Do Conversa Afiada”!
“Ao Globo, o superintendente da PF em São Paulo, Roberto Troncon Filho, diz que o ex-presidente Lula não foi flagrado durante a “Operação Porto Seguro” em nenhuma conversa comprometedora com sua ex-secretária Rosemary de Noronha.

O ex-presidente não tem foro privilegiado. Se ele tivesse sido pego em algum crime, certamente estaria sendo investigado ou já indiciado. Não existe essa história de que foram interceptadas 122 ligações entre ele e a Rosemary. Agora, como ex-presidente , ele ligou algumas vezes para o escritório da Presidência em São Paulo, o que é normal.”

Responder

    Jose Mario HRP

    28 de novembro de 2012 às 09h37

    Leandro, olha só o porque que não cola essa m….no Lula!
    Próximo!

LEANDRO

28 de novembro de 2012 às 07h23

Porque o lula sempre sai de cena assim que alguma manchete comprometedora sai na mídia? Se esconde, some. sempre assim….

Responder

    manoel

    28 de novembro de 2012 às 08h35

    Isso irrita muito né Leandro? Não é a toa que ele é o cara. Os abutres querem carne podre. O Lula é o melhor. Fora abutres. Aqui não….O Brasil é melhor com Lula/Dilma e será sempre melhor.

    LEANDRO

    28 de novembro de 2012 às 09h52

    Não irrita, pelo contrário, fico rindo pela covardia de um falastrão e que se revela um grande medroso com qualquer coisa que a mídia divulgue. Basta ver o outro post aqui neste site.

    “Cunha, relator da CPI do Cachoeira, agora diz que Veja e Gurgel são “secundários”

    Foi só vazar essa denúncia que o pt, e o lula, já amarelaram feio e voltaram atrás.

    lulipe

    28 de novembro de 2012 às 11h19

    E ele vai dizer o quê??A defesa dele é dizer que não sabia de nada e os “cumpanêros” que se danem!!!

Marcelo de Matos

28 de novembro de 2012 às 00h40

Deu no portal Terra: “As investigações da PF na operação Porto Seguro revelam que não era apenas a ex-chefe do escritório da Presidência em São Paulo, Rosemary Noronha, que recebia pedidos de indicação para cargos públicos. O ex-diretor de Hidrologia da Agência Nacional de Águas (ANA), Paulo Rodrigues Vieira, suspeito de chefiar o esquema, também recebia essas solicitações, de acordo com reportagem do Jornal Nacional da TV Globo”. Receber pedidos de emprego é crime? Cassiano Ricardo, poeta do modernismo, até escreveu um poema chamado “Pedido a um oficial de gabinete”. Quanta gente faz pedidos de empregos a funcionários subalternos, na esperança de que essas pessoas tenham possibilidade de atendê-los! Quando eu morava no interior e nunca tinha trabalhado também fui pedir emprego a um assessor de deputado. É normal. Até Pero Vaz de Caminha, em sua famosa carta a D. Manuel, faz um pedido com relação a seu genro. Pedir não é roubar. O PIG e os tucanos estão fazendo tempestade em copo d’água. Será que na era FHC ninguém pedia nada?

Responder

elizabeth pretel

28 de novembro de 2012 às 00h38

Enquanto isso a “privataria tucana, a compra de votos para a releição do fhc, o mensalão do psdb (minas), o caso cachoeira onde o pirillo tá envolvido até o pescoço, o prevaricador da república, etc.,etc.etc., continuam na mesma, ou seja, o pig não se interessa, estão todos bem escondidos das colunas dos jornalões, dos rádios e televisões. Assim, não dá.

Responder

Mario Silva Lima

28 de novembro de 2012 às 00h34

Até 2014 muito escândalo vai aparecer.Só que esses escândalos fabricados já estão desgastados,já não fazem o mesmo efeito dos primeiros.Abusou-se tanto da canalhice que ela tornou-se ineficás.Até quem acreditava nos “mal-feitos” do PT hoje desconfia,é só ver o resultado das eleições paulistanas,inexpugnável reduto tucano.

Responder

Maria Carvalho

28 de novembro de 2012 às 00h30

Já disse diversas vezes: fico a “Temer” e a “Tremer” de medo quando vejo acusações contra Lula, para atingir a Presidenta Dilma. È só um escorregão e, “pof”, assume!

Responder

Marcelo de Matos

28 de novembro de 2012 às 00h03

“Lula é a pedra no caminho dos que pretendem enfrentar a presidenta Dilma, diz Bob Fernandes. No meio do caminho tinha uma pedra, disse Carlos Drummond de Andrade. Serra trupicou e caiu.

Responder

Marcelo de Matos

27 de novembro de 2012 às 23h59

A testemunha chave chama-se Cyonil. Isso é nome de remédio? De qual laboratório? Será a salvação para o tucanato depauperado?

Responder

abolicionista

27 de novembro de 2012 às 23h16

Isso é um circo. Passou da hora do PT reagir, se não tem poder para isso, precisa conseguir, basta agir de modo estratégico. Em primeiro lugar, que tal parar de financiar o PIG? Além disso, por que não temos lei de mídia? E por que não processar os caluniadores (a veja chegou a forjar um currículo escolar da Dilma)? Enquanto o PT agir com leniência vai servir de saco de pancada do PIG. Uma pena que o partido, preocupado apenas com resultados eleitorais, esteja completamente esquecido da luta política. Tempos duros estão à frente. Quando o Brasil terá um partido realmente de esquerda?

Responder

Raul Bando People

27 de novembro de 2012 às 23h09

Não entendo como podem ficar brigando como se fossem torcedores de clubes. E daqueles bem ignorantes que se agridem nas ruas.
Para mim o que vale é o supermercado, o custo de vida. O resto que eles fazem de bom, é OBRIGAÇÃO.
O PT e seus lideres, principalmente Lula, Dilma, Gleise e seu marido Paulo, são os maiores traidores dos trabalhadores da iniciativa privada. Lula (a pedido de Paulo) vetou o fim do Fator Previdenciário. Dilma deu aumento menor que a inflação aos aposentados que ganham mais de um salário mínimo.
Enquanto isso os bancos lucram absurdos. Ruralistas, empreiteiros, multinacionais (principalmente montadoras), se regalam com dinheiros de BNDES, BB e Caixa com juros de vovó para neto. Bolsas para lá, bolsas para cá…
No Brasil e no mundo o aposentado que já deu muito se sí não vale nada.
E as grandes fortunas PT ?
Por que nós temos que pagar a conta das bondades do governo ?
Traidores.

Responder

Marcelo de Matos

27 de novembro de 2012 às 22h43

Não há dúvida que o tucanato está investindo pesado nesse caso da ex-chefe do escritório regional da Presidência em São Paulo, Rosemary Nóvoa de Noronha. Não entendo dessa burocracia oficial, mas, em minha ignorância, chefe de escritório regional é uma espécie de secretária, portanto, cargo subalterno. No entanto, o tucanato arregimentou a sua mais alta cúpula para ir ao ataque contra Lula. O Jornal da Cultura recebeu como convidado e comentarista, hoje, ninguém menos que Miguel Reale Júnior, ex-ministro da Justiça de FHC, tucano de alta plumagem. Por que tudo isso? Porque estava no script do jornal um comentário sobre a atuação da secretária e da possível cumplicidade de Lula. Reale foi enfático em afirmar que tudo levava a crer em uma cumplicidade. Estamos ainda muito longe de 2014, mas, já dá para prever como será a encarniçada disputa pela presidência. À falta de um candidato viável o tucanato vai apelar, mais do que normalmente faz, para os factoides e a judicialização da política.

Responder

walter carvalho pereiro

27 de novembro de 2012 às 22h14

se lula é a grande rocha qual a surpresa ser ele o grande alvo
deu para sentir o baque de mais um fato, mais um caso de extenso rol de alopramento ou seria apenas um malfeito já desinfectado que a midia ou seria o pig, tenta inflar um balão
delta para lá

Responder

    lulipe

    27 de novembro de 2012 às 22h32

    Será que eles souberam do mensalão???

    Pisquila

    28 de novembro de 2012 às 01h23

    Não sei, mas pode deixar que vou mandar para eles o livro do Amaury, A PRIVATARIA TUCANA, o “Kama-Sutra” da corrupção brasileira.

    Jacó do B

    28 de novembro de 2012 às 01h34

    Qual? O original do PSDB? Claro que não souberam pois não deu no Jornal Nacional, então não aconteceu! Esses tucanalhas…..

    Luc

    28 de novembro de 2012 às 02h32

    Qual deles?

    lulipe

    28 de novembro de 2012 às 13h46

    O que condenou a cúpula petista, caro luc,lembra???

MTHEREZA

27 de novembro de 2012 às 20h36

E o arrependido não teve nem que devolver a 1ª parcela? Esses corruptores estão ficando tão bonzinhos…
E essas palhaçadas todas, na realidade, são contra o povo brasileiro e o Brasil. A direitona está morrendo de saudade de seus centenários privilégios além é claro, de tirar os sapatos no EUA e poder dizer: aquilo, sim é um país de verdade. tão preocupados com a segurança..

Responder

José BSB

27 de novembro de 2012 às 20h28

A indicada do Lula perdeu o cargo por causa de um show sertanejo e uma lipospiração? Bem feito. Espertas são as filhas do fhc e serra.

Responder

    LEANDRO

    27 de novembro de 2012 às 20h53

    Ou o filho do lula…..

    José BSB

    28 de novembro de 2012 às 00h54

    Rapaz, acho q vc anda meio desinformado. A polícia federal e o MP arquivaram as investigações envolvendo o filho do Lula.
    Que absurdo, não é mesmo?
    Já a filha do FHC ainda não restituiu ao Erário os valores recebidos como funcionária fantasma no Senado.
    A herdeira do Serra e suas aventuras em paraísos fiscais então… bem neste caso o Gurgel sentou em cima do livro que relata com provas irrefutáveis a maior bandalheira da história nativa.

    Francisco

    28 de novembro de 2012 às 04h41

    Cuidado com o processo, amigo. O “filho do Lula” foi inocentado, a filha do Serra nem investigada foi. Como de costume, por sinal…

Vlad

27 de novembro de 2012 às 20h15

Não se preocupem.
Foi deflagrada pelo PT a operação “Acalma Rose”.
Vai ser mole.

Responder

    xacal

    27 de novembro de 2012 às 21h14

    Acalmar eu não sei, mas a gente(do PT)bem que poderia mandar ela fazer um curso com o pessoal do Paulo Preto, as Verônicas, o espanhol(como se chama mesmo, o primo, Preciado?).

    E já que a moça gosta de turismo que tal as Seychelles ou Jersey?

    Sugestão de leitura de bordo: Privataria Tucana.

    Se é para fazer m–rda, pelo menos aprende com o pessoal profissional, né não?

    Vlad

    28 de novembro de 2012 às 01h02

    Verdade.

    abolicionista

    27 de novembro de 2012 às 23h08

    Caro Vlad, o que você acha das alianças entre o Psol e o PT? Estão garantindo a governabilidade?

    Vlad

    28 de novembro de 2012 às 01h00

    Sei não, camarada.
    Estou muito pessimista.
    Mas já estamos providenciando uma equipe de hipnotizadores para tentar uma regressão nos diretórios locais do PT, para ver se resgatam os valores de 20/25 anos atrás…que eram valores que não se depositavam em contas bancárias.

    xacal

    29 de novembro de 2012 às 22h11

    Ô, devem ser os “valores” que o piçol começou a jogar no lixo com a eleição de Macapá quando fez aliança com os DEMOS…hu-hum, começaram bem, e olha que foi uma capital com menos de 500 mil eleitores.

    Imagina se fosse SP?

    Vendiam até o cabelo da Heloísa Helena, a joana d’arc da caatinga!

ZePovinho

27 de novembro de 2012 às 20h11

AQ direitona quer mesmo(me desculpe,Conceição Lemes) é dar o FIOFÓ para o Lula!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

ZePovinho

27 de novembro de 2012 às 20h10

Parece que o Cyonil recebeu propina foi da direita escrota……

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2012/11/27/arrependido-nao-foi-denunciado-muito-estranho/

Publicado em 27/11/2012
Arrependido nãofoi denunciado.Muito estranho …

Que apito toca o Cyonil, Dr Troncón ?

Amigo navegante especialista em detecção de fraudes chama a atenção para o que o Globo publicou, num pé de página:
Delator de fraudes em órgãos públicos cita José Dirceu

Delator do esquema de venda de pareceres descoberto na Operação Porto Seguro, da Polícia Federal (PF), o ex-auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU) em São Paulo Cyonil da Cunha de Borges de Faria Júnior citou em depoimento à polícia que o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu tinha interesse no processo do TCU que investigava a conduta da empresa Tecondi. A firma usava instalações portuárias que não estavam previstas na concorrência inicial feita em 1998 pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), e, por isso, era alvo da ação do TCU. Cyonil disse ter recebido oferta de R$ 300 mil para emitir um parecer favorável à empresa, dos quais R$ 100 mil chegaram a ser pagos.
(…)

Nesta segunda-feira, por meio de sua assessoria, o ex-ministro informou que não tem interesse na Tecondi, empresa citada na investigação da Operação Porto Seguro, e que “jamais prestou qualquer espécie de serviço” para ela. (…)
Ainda por meio da assessoria, o ex-ministro negou conhecer Paulo Vieira e também manter relacionamento pessoal ou profissional com o irmão dele, Rubens, ou com Carlos Cesar Floriano, dono da Tecondi. “Dirceu não conhece o mencionado Paulo Rodrigues Vieira — que, se usou o nome do ex-ministro, o fez de forma indevida”, afirmou a assessoria em nota.

(…)

Quando procurou a PF pela primeira vez, o auditor informou o número de uma conta onde estariam os R$ 100 mil recebidos de propina. No entanto, a PF constatou que o dinheiro depositado era parte de um empréstimo consignado obtido pelo servidor. Cyonil admitiu, então, ter usado parte do dinheiro. Ainda assim, não foi denunciado e consta no processo como denunciante. (Ênfase minha – PHA)

Navalha

Estranho, muito estranho.

Clique aqui para ver que a “crise” da Dilma chegou ao TCU.

A Rose é mequetrefe e a cabeça é a do Lula.

E aqui para ver que o Protógenes sabe quem é o delegado Troncón, que preside a Operação Porto Seguro.

Responder

Thomaz

27 de novembro de 2012 às 20h06

Está certo o Bob Fenandes, Lula é e continuará sendo o alvo. A meu ver, um bom alvo.

Responder

    xacal

    27 de novembro de 2012 às 21h23

    Será sempre um alvo um (ex)presidente que sai do governo com índices de popularidade estratosféricos, com reconhecimento internacional, e capaz de eleger de presidente a prefeito, considerados postes, contra os bam-bam-bans da política nacional(rs), os demotucanopatas e seus jornalistas de coleira.

    Será alvo da mais escrota direita que não o engole, embora tenha sido om ele que o país tenha permitido às elites ganharem tanto dinheiro…é alvo porque trouxe junto a “escumalha” para jantar também, ao invés de deixá-los na senzala…Isto não tem perdão…é ódio de classe, e não se “negocia” ódio de classe!!!!

    Mas o problema(para vocês), nunca para nós, é que a pontaria é horrível…vocês não acertariam o Lula nem se ele estivesse a dois metros e vocês com uma uma M60.

    Daqui a pouco a munição acaba, e você vão ter que atirar a bancada do JN, a capa do batbarbosão, o filme encalhado do jabour, o fardão do merval, quem sabe acertem?

    Almerindo

    28 de novembro de 2012 às 15h43

    Xacal, o engraçado de tudo é que esse povo vem aqui falar mil bobagens, TOMAM feio na cabeça e nem retrucar conseguem…

    Amadores… KKKKKKKKKKKKK!!!

Vlad

27 de novembro de 2012 às 19h29

Coitadinho.

Responder

LEANDRO

27 de novembro de 2012 às 19h05

“O Supremo Tribunal Federal encomendou ontem um telefone celular de última geração, que criptografa as conversas, para que não sejam bisbilhotadas pela manjada arapongagem de Brasília. O aparelho será usado pelo Presidente do STF, Joaquim Barbosa para contatos imediatos e sem grampo com a Presidenta Dilma Rousseff. Promete ser forte o clima de conspiração na Praça dos Três Poderes, onde fica o Palácio do Planalto e o STF.

A aproximação entre a cúpula do Judiciário e do Executivo pode ter alguns significados. Ou Barbosa quer ter uma relação menos conflituosa com Dilma. Ou Barbosa quer prestigiar e preservar Dilma para que ela não fique desgastada ou inviabilizada politicamente com as ações judiciais que serão movidas contra a cúpula petista, Lula e e as pessoas mais próximas a ele. Que Dilma deseja se descolar do PT não é novidade para ninguém, e um pacto, mesmo que não revelado, com o popular Barbosa pode lhe ser imprescindível na hora em que o Big-Bang da corrupção estourar.”

Responder

    xacal

    27 de novembro de 2012 às 21h08

    Eu ia aceitar a provocação, mas nem precisa, é só repetir:”

    (…)Que Dilma deseja se descolar do PT não é novidade para ninguém, e um pacto, mesmo que não revelado, com o popular Barbosa pode lhe ser imprescindível na hora em que o Big-Bang da corrupção estourar.”

    O que este pessoal anda tomando junto com café, meu pai?

    Este troço não pode ser sério…se isto significa alguma forma de militância virtual contra o PT, Lula ou Dilma, eu vou dizer:

    Vamos ter que “naturalizar” alguns de nós no “time” deles(igual a futsal, futebol de areia e outras invencionices esportivas da globo com campeonatos “mundiais”).

    Este pessoal, com esta “linha de raciocínio e argumentação” não consegue nem ter alta do Juqueri.

    Chuta que é macumba, rsrsrs

Marcos Feltrin

27 de novembro de 2012 às 18h57

Do Blog do Delegado Protógenes:

“É uma conquista para nossa nação ter o Ministro Joaquim Barbosa na Presidência do STF”

Responder

Mario

27 de novembro de 2012 às 18h49

SÃO TANTAS AS ESTÓRIAS SOBRE O LULA

Lulipe, eu já não tenho nenhuma curiosidade sobre as sacanages da mídia com relação a Lula. Se o Lula soltar um peido no elevador de um Shopping, as dondocas provavelmente ficarão horrorizadas. Se o Lula não soltar, elas dirão que ele está se fingindo de educado. Mas eu só acredito no tal peido soltado se ele estiver em audio e em vídeo mostrando a fumaçinha saindo da bunda do Lula.

A última que eu ouvi sobre o Lula é que ele é dono de 2 bilhões. Eu ja ouvi falar em 3 bilhões. É tal coisa: ninguém sabe dizer qual a quantia exata e onde se encontra tal dinheiro, “mas que ele existe, existe sim”, quem me disse assegurou com “toda a certeza”. Talvez a revista Forbes, em seu próximo número, mostre cifras muito maiores adicionando os “lucros” da caderneta de poupança de 2012 a essa quantia extraordinaria. Mas espere ai, qual é mesmo a quantia? 2 ou 3 bilhões? De dólares ou de reais? Se for de dólares, este dinheiro deve estar aplicado em Wall Street, certo? Especular não ofende.

Uma outra, também NÃO gravada em vídeo com audio, é a de que Lula mijava nas calças na época em que tomava umas e outras.

Quando a PF investigou os irmãos do Lula e constatou que eles viviam numa pindaíba danada, um cara que odeia o Lula fez o seguinte comentário “Lula é um filho da puta tão escroto que nem a família ele ajuda”.

Conclusão: o que dá para rir dá para chorar, dependendo do objetivo de quem fala. Se é para destruir o Lula, tudo parece servir, até aquilo que o dignifica.

Responder

    walter carvalho pereiro

    27 de novembro de 2012 às 22h26

    exercite trocando o nome do lula por fhc nos anos 90 e lembre-se de quem propunha isso
    de volta como escreveu, o lula pode peidar quanto quiser longe de mim, eu fico com os meus sem nenhum pudor
    essa louvação é um erro de uma esquerda a procura de heroi e sem um minimo de auto-critica para continuar podendo se intitular progressista.

xacal

27 de novembro de 2012 às 18h46

Engraçado observar como se desenrolam os acontecimentos.

No início, ficou claro que a mídia não tinha “pautado” a operação da PF. Ficaram meio perdidos e demoraram a vislumbrar qualquer possibilidade de capitalizar em cima e desgastar o Lula.

Dilma deu pouca chance. Soltou o passaralho.

Quando começaram a pipocar os valores pelos quais tinha se corrompido a tal Rose, as caras ficaram meio murchas de decepção: passagens, plásticas…bah, perfumaria.

Mas aí, voilá, alguém soprou a relação de proximidade com o Lula e tudo mudou.

Gozado também notar que o eixo central, a compra de pareceres por diversos “clientes”, aí incluídos o gilmar mendes, foi abandonada por completo.

Ninguém quer saber quem tinha interesse na ANA e na ANAC.

Lula, Valdemar e Rose, ganharam todas as atenções.

Alguém, em algum lugar, deve estar rindo à toa…assim é fácil demais!

Responder

LEANDRO

27 de novembro de 2012 às 18h38

O lula como sempre não sabia de nada…”fui apunhalado pelas costas”..o pior deve tá sendo se explicar para dona marisa.

Responder

    morgana profana

    27 de novembro de 2012 às 21h50

    Liga prá ela seu bobinho! Conta tudo que cê sabe, quem sabe cê num vira teúda e manteúda do barbudinho? vai que gosta?

    Eu se fosse você, tão bem informado, não perdia a viagem…uiiii, que delícia!!!!!

    Almerindo

    28 de novembro de 2012 às 15h12

    TOMOU??? (²)

Paulo Figueira

27 de novembro de 2012 às 18h18

A sra. Rosemary era chefe de gabinete do escritório da Presidência da República em São Paulo, o que há de estranho ou imoral no fato de Lula ter falado ao telefone com ela por diversas vezes?

Responder

trombeta

27 de novembro de 2012 às 18h15

Depois de 10 anos de ofensiva midiática contra a esquerda, a grande maioria a escandalização do nada, tem gente que ainda leva isso a sério.

Considerar um tipo como Merval, Jabor ou outro jagunço qualquer da mídia reacionária com alguma consideração é um grave sinal de doença, doença da ingenuidade.

Responder

João Brasileiro

27 de novembro de 2012 às 17h54

lulipe,

O alvo não é o áudio e sim a cabeça, não da Rose, nem do Lula, mas do Brasil e do Povo Brasileiro, incluindo a dos seus pais, seus filhos e, acredite, a sua também!!
Um abraço.

Responder

    Mário SF Alves

    27 de novembro de 2012 às 18h08

    Brasileiríssimo, João!

    Cara, esta é a definição; melhor do que essa nem os teóricos da superação do subdesenvolvimento costumam apresentar. Valeu.

Fátima Oliveira: Hercília Levy, uma trajetória feminista de múltiplas faces « Viomundo – O que você não vê na mídia

27 de novembro de 2012 às 17h53

[…] Bob Fernandes: Rose & Cia., mas Lula é o grande alvo […]

Responder

João Brasileiro

27 de novembro de 2012 às 17h51

lulipe,

Falta o áudio!!! Será esse áudio irmão daquele outro que nunca existiu?!!
Antes que eu me esqueça: Seus pais e seus filhos ainda acreditam em você!! Quando você vai passar a creditar em você?
Um abraço.

Responder

André

27 de novembro de 2012 às 17h45

http://atarde.uol.com.br/politica/materias/1469553-e-mail-mostra-proximidade-de-rose-com-lula

A mídia cumprindo a risca seu cronograma, rrrsss, pelo menos eles se preocupam com ligações, as do PT é claro.

Responder

lulipe

27 de novembro de 2012 às 17h20

Como já disse o Ministro Marco Aurélio, “O Lula é safo”!!!Só gostaria de saber o teor das 122 conversas gravadas pela PF entre o Lula e a Rose…Alguém tem algum palpite???

Responder

    xacal

    27 de novembro de 2012 às 18h39

    Sugestão: faz concurso para PF, ou se casa com Lula. Pelo nível do interesse em uma pessoa que não ocupa cargo algum, deve ser muita curiosidade ou patologia.

    Almerindo

    28 de novembro de 2012 às 15h08

    KKKKKKKKKKKKKKKK!!! SENSACIONAL, Xacau!!!

    TOMOU???

    francisco pereira neto

    27 de novembro de 2012 às 20h16

    Com esse nome, vc não me engana não cara.
    Vai cuidar do seu rebanho.

    xacal

    27 de novembro de 2012 às 21h02

    ? Não entendi, foi comigo? ah, deixa prá lá…

    Paulo Figueira

    28 de novembro de 2012 às 13h17

    A Polícia Federal já respondeu a sua pergunta, nada de anormal


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.