VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

Brasil Atual: OAB de SJ dos Campos extingue comissão de direitos humanos


22/02/2012 - 17h47

da Rede Brasil Atual

A Comissão de Direitos Humanos da OAB* de São José dos Campos foi extinta pelo presidente da entidade, Júlio Rocha.

Segundo o advogado Aristeu César Pinto Neto, que presidia essa comissão, não houve justificativa para extingui-la.

Ele considera o ato um atentado contra a democracia.

Para ouvir a entrevista, clique abaixo:

aristeu_marilu_oab

PS do Viomundo: *A comissão atuou em defesa dos direitos dos moradores do Pinheirinho.

Leia também:

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


32 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Amigos do Pinheirinho: Verdade, justiça e solidariedade « Viomundo – O que você não vê na mídia

23 de julho de 2012 às 19h39

[…] fevereiro, o seu presidente, Júlio Rocha, extinguiu a Comissão de Direitos Humanos da OAB-SJC, que atuou em defesa dos direitos dos moradores. Recentemente, divulgou relatório, a favor da […]

Responder

Outro Antonio

25 de fevereiro de 2012 às 14h05

Os facistas dão os últimos suspiros no Brasil. Essa extinção é uma ação burra e que não vai salvá-los da mer… que fizeram ali. Se liga mané. Como você conseguiu ser presidente da OAB de SJC?

Responder

Paulo Roberto

23 de fevereiro de 2012 às 18h08

Citando Edmund Burke: "Para que o mal triunfe, basta que os bons nada façam". É isso que vemos Brasil afora mas principalmente em SP.

Responder

Julio Silveira

23 de fevereiro de 2012 às 10h55

Duas coisas acho disso. Primeiro, se existia uma comissão de Direitos Humanos nessa cidade, ela foi inoperante, e provavelmente continuasse sendo mais um desses agrupamentos que servem apenas para promover seus participantes. Portanto, ser extinta é uma consequência, e sequer deveria ter existido para o principio que se propunha. Segundo, tendo a OAB extinto um orgão ora irrelevante para impedir as ações de desumanidade havidas no contexto do Pinheirinho, pode se tratar apenas de consolidar a formação de uma rede de apoioadores politicos do atual presidente desta agremiação, que demonstrar claro alinhamento com o governo paulista e seus principios, tirando a oportunidade de tal orgão cair nas mãos de gente que verdadeiramente poderia buscar produzir direitos humanos na cidade. Ou seja," destroi-se Belem antes que nasça o salvador.

Responder

Carlos.

23 de fevereiro de 2012 às 09h56

A história dos sapos e da água fervente:

Se colocarem um sapo boiando no meio de um caldeirão e o levarem ao fogo, o sapo vai morrer porque a água vai esquentar aos poucos e quando ele se der conta não vai mais conseguir fugir;
Se colocarem á agua para ferver e jogarem nela um sapo quando ela já estiver quente, o bicho salta e tenta escapar na hora.

A água foi esquentando aos poucos lá para os lados da Alemanha e da Itália nos anos 1930. Quando o bando de sapos europeus se deu conta da fervura, já tinha centenas de bombeiros aliados despejando milhares de toneladas de bombas nas cabeças deles.

O mesmo está acontecendo aqui em SP. A água está esquentando e os sapos bandeirantes continuam mantendo os mesmos no poder a décadas (não importam nomes ou partidos, são todos da mesma turma). Na hora em que a fervura estiver brava, ferramo-nos todos, inclusive os que se recusaram a colocar lenha emplumada no fogo.

Responder

bene nadal

23 de fevereiro de 2012 às 08h54

É para isso que serve a OAB, preparar o Brasil para uma nova DITADURA MILITAR, e colocar os "brasileiros pobres" abaxo da sola dos seus sapatos. E cadê as verdadeiras AUTORIDADES DESSE PAÍS???

Responder

eunice

23 de fevereiro de 2012 às 08h49

A OAB, entidade de direita, claramente antenada com as atitudes erradas do Desgovernador de Paulo.
A OAB de hoje não merece uma bomba como a do passado.

Responder

eunice

23 de fevereiro de 2012 às 08h48

Notebook deixou o povo do blog furibundo. E não eram dez, apenas uns dois, três para se comunicarem.__Quanto a moradia para eles, posso garantir o que ninguém fala e nem ouve, inclusos Congresso e Governos:__Para alugar uma casinha:__1) Fiador : Quem se atreve a ser fiador de pobre?__2) Depósito: Quem pobre tem o dinheiro de 3 aluguéis para depositar?__3) Seguro Fiança: Uma usurpação sem concorrentes., em todo caso legal. Mas…. Se você optar por esse método vai pagar ao menos 7 aluguéis a mais além dos devidos por 30 X mês de contrato de 30 meses.__A cada ano você tem que pagar mínimo 2,5 aluguéis de seguro. E se você não gosta da sua casinha porque é úmida e quiser sair…. paga 3 valores de multa de quebra de contrato e soma isto ao valor – 7 aluguéis – do seguro da nova casa. Pode? É por isso que algumas pessoas ignorantes pedem ditadura sem saber o que é ditadura. Elas estão pensando e não sabem em "cadeia" para as maldades.

Responder

Mauro A. Silva

23 de fevereiro de 2012 às 06h13

A defesa dos Direitos Humanos é essencialmente a defesa da pessoa humana contra os abusos particados pelo "rei" (autoridade pública).
Fechar uma "comissãode direitos humanos" é fechar os olhos para os abusos das autoridades públicas.
Triste papel da Ordem dos Advogados do Brasil – secção São José dos Campos-SP.

E saber que a OAB já teve como presidente Raymundo Faoro, que é autor de Os donos do poder, obra que aponta o período colonial brasileiro como a origem da corrupção e burocracia no país, colonizado por Portugal, então um Estado absolutista. De acordo com o autor, toda a estrutura patrimonialista foi trazida para cá. No entanto, enquanto isso foi superado em outros países, acabou sendo mantido no Brasil, tornando-se a estrutura de nossa economia política.

Responder

Conceição

23 de fevereiro de 2012 às 01h14

Para começar, não sei por quê dão tanta importância a essa oab. Afinal qual o real valor dessa oab?
Pagamos, ou estudamos gratuiramente, nossos estudos, compramos nossos livros, nossa universidade é reconhecida pelo MEC, nosso diploma é legalmente reconhecido pelo MEC, temos que sustentar as burras desses espertos dos conselhos profissionais e ainda somos obrigados a ver essas matérias.
Faça-me o favor.
Para que servem, exatamente, os conselhos profissionais?
Sem falar nas corrupções em que vivem esses conselhos…

Responder

Edemilson

22 de fevereiro de 2012 às 23h12

É mais fácil tirar o sofá da sala.

Responder

renato

22 de fevereiro de 2012 às 22h07

Hoje assisti reportagem na TV Aparecida que me parece que um elemento da OAB, pelo menos estava escrito embaixo, e ele dizia que as familias que ainda estão no ginásio de esportes, estão lá porque ninguem entrou com ação nehuma.. Escutei certo ou tem mutretagem…
NÃO entendo porque no Brasil acontece um MASSACRE, e nada esta acontecendo.
Parece realmente aquela música.
Entraran en mi casa.
Chutaran mi perro.
Chutaran mi porta.
Comeran mi rango.
Pegaran mi Espoça
Pegaran mi Hirra..

Joguei leve…

Responder

Regina Braga

22 de fevereiro de 2012 às 21h27

Direitos Humanos em São Paulo, virou matéria pro Bessinha…Só encontrada em charges ou nos livros de história.

Responder

FrancoAtirador

22 de fevereiro de 2012 às 20h33

.
.
Houve um pequeno equívoco na manchete:

Em São José dos Campos de Concentração,

como de resto em todo o Estado de São Paulo,

foram extintos todos os Direitos Humanos,

mas as "comissões" permanecem intactas.
.
.

Responder

Elias

22 de fevereiro de 2012 às 20h28

O problema não é o povo de São José dos Campos, o problema é o partido fascista chamado PSDB. Aqui é uma ditadura tucana, portanto muita coisa ainda vai acontecer contra pobres e classes menos favorecidas.

Responder

    renato

    23 de fevereiro de 2012 às 08h37

    O povo tem o governo que ele coloca lá.
    O povo coloca o governo que necessita.
    O povo e somente o Povo.
    Se o povo de SJC, quer assim assim vai ficar, mas tem preço a pagar.
    O de ser olhado de forma diferente quando disser onde mora.
    Ou ficar envergonhado de onde mora.
    Individualmente é que as pessoas dormirão tranqüilas ou não.
    Que poderão fazer uma ceia de natal sem estarem com consciência pesada.

Luiz Felipe

22 de fevereiro de 2012 às 19h23

Absurdo é a OAB ter como representante dos direitos humanos na cidade um sujeito que MENTIU e CALUNIOU, sem prova alguma do que falava.

Esse advogado além de tudo, deveria ser alvo do tribunal de ética da entidade.

Responder

    Sr.Indignado

    23 de fevereiro de 2012 às 02h49

    Mentiu? Se mentiu a culpa é da falta de transparência e concentração de poder que dá margem a isto.
    Porque as milícias paulistas impediram o trabalho da imprensa?
    O que queriam esconder?

    Abolicionista

    23 de fevereiro de 2012 às 10h36

    Opa, fascista na área…

Marcio H Silva

22 de fevereiro de 2012 às 19h04

De absurdos em absurdos vamos construindo nossa "democracia".
Para ficar igual a época da ditadura só falta surgir os grupos MR-8 e var-palmares…..

Responder

Sr.Indignado

22 de fevereiro de 2012 às 19h00

Ele pode? Ou a presidência da OAB de SJC sofre um impeachment (não só o presidente) ou vivemos em uma república das bananas.

E tem mais. EM SJC vai haver outro massacre: a favela do banhado. Tem uma pseudo-reporter, Flavia Marreira, pois é a voz da prefeitura, diz que a favela vai ser transformada em parque ecológico, após o "remanejamento" dos favelados. Curioso, ela citou o Pinheirinho como "acampamento de sem-tetos". http://www.youtube.com/watch?v=4Y0bDR_2mhw&fe…!

Que tipo de cidade é São José dos Campos? O preifeito é neo-KKK e a população?

Responder

    beattrice

    22 de fevereiro de 2012 às 21h43

    O Vale do Paraíba, região do estado em que fica SJC é a base eleitoral do Alckmin e as cidades de modo geral seguem a diretriz OPUS DEI de governar.
    Precisa acrescentar algo?

    Lenin

    23 de fevereiro de 2012 às 00h01

    Socorro!

Santayana: Dar aos espanhóis o tratamento dado por eles aos brasileiros | Viomundo - O que você não vê na mídia

22 de fevereiro de 2012 às 18h36

[…] Brasil Atual: OAB de SJ dos Campos extingue comissão de direitos humanos […]

Responder

Carlos.

22 de fevereiro de 2012 às 18h32

Tukanistão, estado onde se localiza São José dos Campos de Concentração… Isto aqui está virando o samba do fascismo doido. Já, já vão tentar reeditar 1932.

Responder

_Rorschach_

22 de fevereiro de 2012 às 18h27

Porra, a Comissão de Direitos Humanos de lá deveria ser AMPLIADA!!!!

Responder

Operante Livre

22 de fevereiro de 2012 às 18h14

Isto me parece tão grave como o próprio massacre do Pinheirinho. São instituições sociais sendo fechadas.
Isto está me cheirando a movimento separatista. Calam-se as vozes contrárias. Já pisaram nossos jardins e agora estão derrubando nossas portas. Dependendo de como a OAB nacional se posicionar a coisa seguirá casa a dentro.

Responder

    beattrice

    22 de fevereiro de 2012 às 21h45

    O pior é que com movimento ou parada no poste, a concepção separatista foi formalizada pelo ministro da in-justiça Zé Eduardo Cardozo Dantas, ao declarar que o que acontece em Sp não diz respeito a ele.

Gerson Carneiro

22 de fevereiro de 2012 às 18h10

Tá tudo dominado.

Responder

beattrice

22 de fevereiro de 2012 às 18h08

Depois do que houve no Pinheirinho pensei que em toda SJ dos Campos de Concentração não houvesse NENHUMA comissão de DDHH

Responder

Polengo

22 de fevereiro de 2012 às 18h06

…não houve justificativa para extingui-la."

mas a justificativa já foi dada pelo Viomundo:
PS do Viomundo: *A comissão atuou em defesa dos direitos dos moradores do Pinheirinho.

Júlio Rocha, mais um nome pra galeria dos ordinários.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!