VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad


31/10/2012 - 17h52

Ex-tucano apresenta projeto que acaba com taxa da inspeção em 2013

Três dias após o fim das eleições, o vereador Gilberto Natalini (PV) apresentou hoje um projeto de lei que extingue a taxa da inspeção veicular já em 2013

31 de outubro de 2012 | 15h 21

Adriana Ferraz / Diego Zanchetta

do Estadão

sugerido pelo Rasec

SÃO PAULO – Três dias após o fim das eleições, o vereador Gilberto Natalini (PV) apresentou nesta quarta-feira, 31, um projeto de lei que extingue a taxa da inspeção veicular já em 2013. Ex-tucano, o parlamentar fez campanha para José Serra (PSDB) e afirmou na última segunda-feira que “quem perde eleição tem de fiscalizar, não governar”.

O fim da cobrança da taxa de inspeção veicular é uma das promessas de campanha do prefeito eleito Fernando Haddad (PT). O compromisso assegurou parte dos votos da classe média que o ajudaram na eleição. O PV de Natalini, com quatro vereadores eleitos, quer aderir ao grupo comandado pelo atual prefeito, Gilberto Kassab (PSD), e que dará sustentação ao governo petista. A única objeção na bancada à união entre PSD e PV havia sido feita justamente por Natalini.

O vereador, porém, nega que estará na base de Haddad, caso o fim da taxa da inspeção seja chancelada com um projeto de sua autoria. A assessoria do parlamentar informou que ele vai ter postura “independente” a partir de 2013 – entre 2001 e 2004Natalini foi um dos vereadores que lideram a oposição à ex-prefeita Marta Suplicy (PT).

Natalini hoje é da base aliada de Kassab. Ele argumenta que a proposta assegura o benefício já no próximo ano. “A apresentação, neste momento, do presente projeto de lei visa assegurar que o benefício possa de fato ocorrer em 2013 e ainda possibilitar a adequação tempestiva da proposta orçamentária ora em análise nesta Câmara Municipal.”

Leia também:

Promotor Arthur Filho: “A primeira grande vitória no Brasil contra a dupla porta em hospitais públicos”

Alma lavada: Entidades comemoram decisão contra lei da dupla porta

Secretaria reconhece que lei cria vagas para planos privados em hospitais públicos

Justiça derruba a lei da dupla porta nos hospitais públicos de SP

Conselho Nacional de Saúde diz não à lei da dupla porta nos hospitais públicos de São Paulo

Médicos residentes rejeitam a dupla porta no SUS paulista

Presidente do Conselho de Medicina de SP condena a lei dos fura-fila no SUS

Mário Scheffer: “Lei da Dupla Porta é o maior ataque ao SUS desde o PAS, do Maluf”

Arthur Chioro: Planos privados de saúde vão economizar e paulistas pagarão a conta

Deputados pedem ao MP-SP para apurar rombo de R$ 147,18 milhões nos hospitais gerenciados por OSS

Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões

Neder: OSs, uma praga que veio para ficar?

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



34 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

eca

09 de dezembro de 2012 às 07h27

O triste é que este tipo de gente com este carater como este vereador está cheio por este Brasil afora. Eles estäo infestados nos tres poderes. Típico de gentalha. Pena que ainda recebe votos suficiente para receber uma cedeira na camara. Oh ! tristeza danada, que me dá.

Responder

Elmar Bones: Uma reportagem, duas sentenças « Viomundo – O que você não vê na mídia

07 de novembro de 2012 às 12h21

[…] Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad […]

Responder

Valério entregou ao ex-procurador os nomes dos políticos do PSDB que receberam dinheiro no mensalão mineiro « Viomundo – O que você não vê na mídia

06 de novembro de 2012 às 13h52

[…] Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad […]

Responder

Bob Fernandes: No Supremo, há quem não esconda o desejo de que Lula é o alvo « Viomundo – O que você não vê na mídia

06 de novembro de 2012 às 01h20

[…] Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad […]

Responder

Britânicos choram: Thatcher entregou soberania energética aos franceses! « Viomundo – O que você não vê na mídia

05 de novembro de 2012 às 03h00

[…] Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad […]

Responder

Jorge Souto Maior: Um legítimo gol de mão « Viomundo – O que você não vê na mídia

01 de novembro de 2012 às 14h58

[…] Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad […]

Responder

augusto2

01 de novembro de 2012 às 10h35

Parabens ao vereador Natalini, o gatilho mais rapido do sudeste.
Vamos apoiar este reinventor da roda para ajudar os motoristas da cidade.
Outra coisa, Sr prefeito, é acabar com a mentalidade de arrecadaçao via MULTAS – alguns dos aspectos são:
1-o PAGAMENTO,a remuneraçao percentual à empresa terceira…dos RADARES.
2-a confusao proposital… das placas de velocidade nas ruas- o nome disso nao é engenharia de tráfego é PEGADINHA policialesca do trefego.
3-otras cositas de que se ouve mas nao se tem provas.

Responder

Apavorado por Vírus e Bactérias

01 de novembro de 2012 às 10h00

De verde mesmo, o PV só tem o dólar no bolso.

Responder

Rodrigo Leme

01 de novembro de 2012 às 09h06

Vendo alguns comentários, eu me pergunto se as pessoas torcem pela cidade ou pelo PT. Importa quem mandou o projeto, se a promessa de campanha virar verdade e beneficiar as pessoas?

Responder

    Jairo Fernando

    01 de novembro de 2012 às 10h56

    As pessoas torcem por SP, você é que não quer reconhecer.
    Mas, torcem muito menos para espertalhões como este, que sabe que ganhará muitos créditos junto à classe média, surrupiando um projeto de adversário político.

    Outro comentarista já disse com grande lucidez: Se ele realmente pensava no bem do povo paulista porque não apresentou esta proposta antes?

    Rodrigo Leme

    01 de novembro de 2012 às 11h34

    E alguém vai lembrar daqui a 10 anos que esse projeto foi de autoria do cara? Quantos projetos as pessoas sabem de quem veio? Sabem quem era o governante na época.

    Acho que o foco é resolver problemas, não exame de DNA. Duvido que o Haddad esteja insatisfeito com essa situação: na campanha da reeleição, vai poder dizer que ele foi responsável pelo fim da taxa de inspeção e ninguém o vai contestar.

Claudio-S

01 de novembro de 2012 às 06h40

Vereador safado, por que não apresentou o projeto antes? Se o Serra ganhasse, duvido que ele proporia o projeto. O paulistano precisa parar de votar em candidato safado.

Responder

Rainha do Apagão

31 de outubro de 2012 às 22h34

Pita 2 no pedaço.

Responder

Donna

31 de outubro de 2012 às 22h24

Plagiar e tomar para si obras alheias está no DNA tucano.
Vide Çerra que se apropriou de vários programas de outrem.
FHC se apropriou do Plano Real do governo Itamar Franco.

São uns cabeças de ventos. Não são capazes de ter uma úncia ideia original.
Ladrões de ideias.

Responder

    Gilson Raslan

    01 de novembro de 2012 às 01h02

    Se a tuCANALHA fosse só ladrão de ideias estava de bom tamanho. Eles são mestres é em assaltar o erário público.

Urbano

31 de outubro de 2012 às 22h19

É cada zé-mané… e esse é dobrado feito tapioca, pois copia o contexto da extinção da cpmf feita pelos demos-tunganos, além de copiar e antecipar, por motivos óbvios, a ideia e vontade do Haddad. Tinha de ser integrante de onde é mesmo.

Responder

João

31 de outubro de 2012 às 22h12

Mas é cínico esse cara, hein?

Responder

Fabio SP

31 de outubro de 2012 às 21h23

Seguindo os padrões Sarney, Collor, Maluf… daqui a pouco a Marilena Chauí vai dizer que esse é um dos maiores vereadores do mundo…

Responder

Donizeti - SP

31 de outubro de 2012 às 21h22

Um gesto de oportunismo barato do Vereador Natalini, uma vêz tucano, sempre tucano.

Esse vereador quando no PSDB era um dos mais raivosos contra todas as políticas implementadas na gestão da prefeita Marta, combateu ferozmente o governo da prefeita Marta, VOTOU CONTRA TUDO daquela gestão que tinha natureza social, uniforme escolar, transporte vai e volta escolar gratuito para as crianças, CEUs, renovação do sistema de transporte coletivo, Bilhete único, etc.

Esse vereador devia ter um pingo de vergonha na cara e não fazer demagogia barata agora que perderam a eleição, picaretagem explícita do mais baixo nível esse tipo de atitude.

Ficaram 8 anos no poder e tiveram os últimos 4 anos para acabar com essa taxa imoral e indecente da Controlar, cobram a famigerada taxa até de carros que acabaram de sair da fábrica, zero km (!), agora pegam a bandeira do Haddad que os derrotou com essa proposta de acabar com essa taxa absurda e para ficar bonito com a classe média fazem essa gentileza com o chapeu alheio.

Esse é o nível dos políticos do PSDB, esse vereador pode estar disfarçado de Verde hoje, mas continua tucano embaixo da cor verde de seu novo partido de aluguel, isso é uma vergonha !

Responder

Rodrigo Leme

31 de outubro de 2012 às 19h38

Na verdade, foi até inteligente. Se esperarmos a posse do Haddad, essa taxa só sumiria em 2014. Dessamaneira, é possível passar pela câmara ainda esse ano, pro Haddad somente validar em janeiro.

Responder

    Hélio Pereira

    31 de outubro de 2012 às 20h21

    Rodrigo,no RN o Senador que você adora,José Agripino Maia,junto com sua musa Prefeita de Natal que tem 93% de Reprovação,implantaram um sistema semelhante a este da CONTROLAR e igualmente envolvido em corrupção.
    A jogada meu caro e fazer com que o Povo “esqueça” este escândalo de Natal,ainda mais que a Prefeita de lá é também do PV,mesmo Partido deste Vereador Oportunista!

    francisco niterói

    31 de outubro de 2012 às 21h44

    Helio

    A proposta é oportunista e, para ficar bem claro, nao devemos aceitar opinioes mal intencionadas.

    Em 2013 pode-se eliminar taxa para o mesmo exercicio.

    Os prazos referentes a qq anterioridade, como por ex., vigencia a partir de 2014, so existem pra criacao ou majoracao. Para beneficiar, qq anterioridade, como ano seguinte ou numero de dias, nao existe.

    So uma explicacao pra evitar informacoes maldosas.

    João

    31 de outubro de 2012 às 22h15

    Rodrigo Leme

    01 de novembro de 2012 às 08h55

    Francisco,

    A inspeção começa em fevereiro. Dá para eliminar a taxa se os trabalhos (projeto para câmara, debate, revisão, fila de votação, aprovação do executivo) começarem em janeiro?

    Seja honesto, ao invés de chamar a opinião alheia de maldosa.

    francisco niterói

    01 de novembro de 2012 às 10h49

    complementando:

    Qq contraprestacao advinda da cobranca de taxa ( ao contrario do imposto) , tem sua regulamentacao vinda, provavelmente, por decreto. Nao sou de SP, mas provavelmente a lei que criou a taxa rege que o executivo publicara periodos de vistoria, etc. Caso contrario, todo ano a camara teria que aprovar caledario, etc. Assim, basta o prefeito alterar o calendario.

    No caso que a lei proponha que TODO MES DE FEVEREIRO comecara a inspecao veicular, a equipe eleita pediria ao KASSAB para enviar projeto passando o calendario pra decreto. Tal providencia ( observado os canone administrativo de conveniencia e oportunidade), visria dar tempo ao nivo prefeito de propor a politica para qual o mesmo foieleito.

    Em trnsicao, é costumeiro, se necessario, o chefe do executivo a sair preparar atos que sejam obrigatorios por anterioridde. É so lembrarmos que o collor pediu ao sarney feriado pra decretar o plano economico.

    Alem do mais, aparntemente a proposta sofr de vicio de iniciativa.

    Resumo: nada justifica a proposta por parte de vereador sobre assunto afeto ao executivo e que a pratica democratica impoe ao legislador a analise da proposta e nao efetuar a proposta.

    augusto2

    01 de novembro de 2012 às 10h48

    Sr leme, voce nao gostou da proposta de haddad, seja honesto, (pra usar teu vocabulario habitual, não sua vestal?) diga.
    Ele propos, o povo gostou, vai fazer na Lei, vai ajudar aprovar o reinventor da roda Nicolini e sobretudo ele GANHOU no voto.
    Para o catao leme ai, falta ele abrir a caixa preta da controlar e jogar no ventilador o que tem lá.
    Foi pena eu nao te ver dia 28, o prazer que seria rir na tua cara.

    Rodrigo Leme

    01 de novembro de 2012 às 11h38

    Quanta bobagem em uma mensagem só.

    Primeiro, aprovar o fim da taxa de inspeção não tem absolutamente nada a ver com a auditoria dos contratos. Um não implica a extinção do outro, é um raciocinio pra lá de torto.

    Segundo, sou contra a taxa desde a primeira inspeção. Acho que a taxa deveria ser cobrada de quem não passa nela, até porque isso exigirá retrabalho e um ônus maior para o município.

    Terceiro, eu quero SP bem. Se fizer uma excelente prefeitura, pouco me importa o nome e o partido. É pela cidade que eu torço, por isso não comemoro nem lamento antes dos 4 anos. Pra gente como você basta o partido ganhar. Por isso ri como um bobo alegre.

    Quarto, não riria na minha cara nunca. Gente que nem você gosta do anonimato, de fazer o teleguiado. Meu palpite é que você não teria nem coragem de chegar perto pra falar comigo. E olha que sou da paz, hein…

francisco pereira neto

31 de outubro de 2012 às 19h28

Eh…
Mas a interrogação mais importante é do Bonifa.
Porque essa pressa em acabar com a taxa de inspeção veicular?
Se bem que, o que já foi feito é muito natural que deixou rastros.
É só seguí-lo.
Outra coisa. Essa adesão ultra rápida do Kassab ao Haddad, tem que ser analisada com muito cuidado e acuidade. Tipo, eu o apoio, mas não investigue a taxa de inspeção veicular.

Responder

Hélio Pereira

31 de outubro de 2012 às 18h24

Eu conheci o Vereador Gilberto Natallini em 1983,durante os Protestos dos desempregados contra o Governo Militar em Santo Amaro.
Em 1983 Gilberto Natallini se apresentava como “Médico Revolucionário”,pois defendia o Régime Comunista da Albania comandado por Henver Hoxha.
Natallini era do PCdoB,”infiltrado no PMDB”,muito ligado ao ex Dep Federal Aurélio Peres.
Este Vereador é igual Camaleão,muda de Partido de acordo com a situação,já foi “Comunista Revolucionário”,”Neo Liberal”,”Tucano”,”Verde”,e agora vai virar aliado do Haddad,sei não….!

Responder

Bonifa

31 de outubro de 2012 às 18h19

Interessante. O Estadão falou que o esquema de corrupção da inspeção veicular em São Paulo foi copiado do Rio Grande do Norte. ( http://digital.estadao.com.br/download/pdf/2011/11/28/C3.pdf ) Hoje o Tribunal de Justiça destituiu sem qualquer explicação à imprensa a prefeita de Natal, do PV, dando posse imediata ao vice prefeito. E agora o vereador de São Paulo também do PV pede o fim da taxa.

Responder

filho

31 de outubro de 2012 às 18h16

Já vi muito vereador oportunista, mas este cidadão bateu todos os recordes.

Responder

Silva C.

31 de outubro de 2012 às 18h13

Pois é……largou uma bandeira para segurar outra, ah essa elite..

Responder

Aline C Pavia

31 de outubro de 2012 às 18h09

Defina “oportunista”.

Responder

    sandro

    01 de novembro de 2012 às 00h45

    Não há definições muito claras para oportunista.
    Mas talvez nem seja o momento “oportuno” para desafios ou carteiradas.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.