VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Donato: Foco do PT é mostrar o que Serra-Kassab prometeram e não fizeram


12/09/2012 - 14h42

por Conceição Lemes

Na segunda-feira 10, o comando da campanha de Fernando Haddad, o próprio candidato, a cúpula do PT e o ex-presidente Lula reuniram-se em São Paulo para avaliar o quadro da eleição à Prefeitura de São Paulo. Baseado nos dados atuais, acreditam que o segundo turno será provavelmente entre Haddad e Celso Russomanno, candidato do PRB.

Em matéria sobre a reunião, o IG disse:

O PT até já cogita a possibilidade de buscar um eventual apoio do PSDB no 2º turno. “Se a tendência se materializar, e é o que esperamos, vamos buscar apoio de todos os partidos que estiveram com outros candidatos no 1º turno. Aí você pode incluir o PSDB”, afirmou Rui Falcão.

Rui Falcão é deputado estadual (PT-SP) e presidente nacional do PT.

“Não foi isso o que o Rui Falcão disse”, me garantiu há pouco o vereador Antonio Donato (PT-SP). “A matéria distorceu totalmente a fala dele.”

Antonio Donato é presidente do PT Municipal e coordenador-geral da campanha de Haddad. Ele estava ao lado de Rui Falcão, durante toda a entrevista ao IG.

“O repórter insistiu muito sobre os apoios no segundo turno”, afirma Donato. “Insistiu tanto que o Rui Falcão acabou dizendo que a tendência atual se confirmar nas urnas, nós vamos buscar o apoio de todos os eleitores, inclusive os do PSDB.”

“Em nenhum momento, falamos em buscar apoio do PSDB”, reforça Donato. “O nosso foco era e continua sendo o Serra. Basta ver a nossa propaganda eleitoral. É com o Serra que queremos polarizar, para mostrar o que ele e o Kassab prometeram para a cidade e não fizeram.”

Leia também:

Barão de Itararé: Querem sufocar a blogosfera

Datafolha: Rejeição a Serra lidera em todos os cenários

Santayana: Em nenhum governo agentes públicos enriqueceram tão rápido quanto no de FHC

Saul Leblon aplica a matemática de Bill Clinton ao Brasil

“SP não aceita quem é tolerante com desvios de dinheiro”

Como a direita religiosa organizou um bloco que mudou a política norte-americana

Santayana: O beijo de morte na campanha de Serra

Marcos Coimbra: Realidade desfazendo a imaginação da grande mídia

As mulheres que podem decidir a eleição em São Paulo

Mino Carta: A mídia brasileira e os políticos

Zé Dirceu: Haddad já empata com Serra e se elegerá prefeito





26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Romney: Um discurso que caberia na boca da direita brasileira « Viomundo – O que você não vê na mídia

18 de setembro de 2012 às 17h21

[…] Donato: Foco do PT é mostrar o que Serra-Kassab prometeram e não fizeram […]

Responder

Pepe Escobar: Como o Mal se tornou o Bem e agora voltou a ser o Mal « Viomundo – O que você não vê na mídia

14 de setembro de 2012 às 18h37

[…] Donato: Foco do PT é mostrar o que Serra-Kassab prometeram e não fizeram […]

Responder

Requião: Não me arrependo de ter extinto a publicidade oficial quando governador do Paraná « Viomundo – O que você não vê na mídia

14 de setembro de 2012 às 17h11

[…] Donato: Foco do PT é mostrar o que Serra-Kassab prometeram e não fizeram […]

Responder

Marcelo de Matos

13 de setembro de 2012 às 10h58

O negócio, então, é falar das mazelas dos governos tucanos? Aí o assunto vai longe. “Quem não reagiu está vivo”, disse Alckmin, segundo o Estadão. “Você tem num carro quatro: dois morreram, dois estão vivos, se entregaram”. O governador está falando da ação da Rota em Várzea Paulista. Sua Excelência resolveu colocar a Rota na rua. Data vênia, essa estória parece mal contada. O coronel que comandou a operação disse que o “réu” do tribunal do crime morreu porque estava armado e reagiu contra a prisão. Vocês já imaginaram um suspeito estar armado em um “tribunal” formado por bandidos? E já pensaram como os ocupantes de um carro perseguido pela rota fariam para optar entre reagir ou se entregar? Eu não acompanho muito as ações do governo Alckmin, mas, parece-me que o secretário Ferreira Pinto continua lá. Dizem que se o Ferreira sair a coisa ainda pode piorar. Então, deixem o Ferreira lá e doa a quem doer.

Responder

Marcelo de Matos

13 de setembro de 2012 às 10h22

Se há uma coisa que me irrita, e muito, é a hipocrisia. Eu não teria cara para vir aqui e dizer: não faremos acordo com o PSDB ou o PSD. Esses acordos já estão sendo feitos Brasil a fora. Em Campinas o PT fez coligação com o PSD, sendo que a vice do Marcio Pochman é desse partido. Na mesma cidade coligaram-se PCdoB, PSB, DEM e PSDB em torno do candidato favorito nas pesquisas. É uma total miscelânea partidária, ou, se preferirem, um manicômio político. Eu não tenho nada contra acordo com o Serra, ou o Kassab, se já o fizemos com o próprio Maluf. Não foi para evitar a vitória desse mesmo Maluf que PT e PSDB se uniram em 1998 e 2000, na era Covas/Marta? No Brasil não há como governar sem fazer coligações. O PSB, partido que cogita lançar candidato próprio à presidência, não tem qualquer escrúpulo em aliar-se a Y ou Z. Se o PT cobrir-se de brios na hora das coligações irá para o ralo da nossa história política.

Responder

Roberto Locatelli

13 de setembro de 2012 às 09h53

O IG distorceu a fala de um dirigente do PT. Até aí, nenhuma surpresa.

Responder

    Saulo

    13 de setembro de 2012 às 10h16

    O IG é um PIG sem o P de puta, mas se vende do mesmo jeito.

Aroldo

13 de setembro de 2012 às 08h22

Nós, macacos velhos na zona, ainda titubiamos diante de uma mentira do PIG. Por que toda essa inocência?

E as outras mentiras ao longo da semana?

1 – A de que Dirceu estaria conformado com a sua condenação.

2 A pesquisa Datafolha, manipulando os números dentro da margem de erro.

3 – Que o preço da energia elétrica vai cair, mas a Dilma vai criar um novo imposto para compensar a queda nos preços (???)

4 – A declaração do ministro Joaquim Barbosa que aparentemente queria interferir na escolha do novo ministro do supremo (com minúscula, mesmo), atribuição que cabe à Dilma, embora sujeita a ratificação do Senado.

Se nós, que estamos antenados no que existe de melhor na interneta, titubiamos, imaginem as pessoas desinteressadas por política e, pelo menos teoricamente, mais facilmente engabeladas. É uma luta de David contra Golias. Mas de um David sem baladeira.

Responder

Cibele

12 de setembro de 2012 às 21h32

EU JÁ SABIA!
Gente, desculpa aí, mas estava na cara.

Responder

Francisco

12 de setembro de 2012 às 20h55

A única forma de um partido politico não fazer coligações “esquisitas” é fazer “paredões” amplos.

Pessoalmente, como não tenho passaporte, prefiro coligações esquisitas.

Responder

Vlad

12 de setembro de 2012 às 20h54

Mais ou menos como a Dilma que prometeu priorizar a qualidade na educação mas só prioriza o bem-estar da indústria automobilística e se finge de irritada com o Código Florestal da UDR?

Responder

Rasec

12 de setembro de 2012 às 20h27

Num falei aqui que isso era coisa do IG? Vai buscar apoio sim de todos os eleitores, inclusive os eleitores do PSDB. Não o PSDB como partigo! O Ig é tucano, haja vista suas últimas enquetes e seus ganhadores. Para os leitores do Ig o FHC é o melhor presidente do Brasil e a Marta é a pior prefeita que Sp já teve, ganhando inclusive de Maluf e Pitta. Aí eles dão essa manchete com o nítido propósito de pegar mal pro PT e vocês ainda põe isso como destaque!
Santa paciência!

Responder

    Cibele

    15 de setembro de 2012 às 00h25

    Rasec, acho que o Azenha resolveu testar nossa paciência nesses últimos dias… Mais nóis guenta!

oziel f. albuquerque

12 de setembro de 2012 às 19h28

Fico feliz em saber, que os dirigentes do PT não vão fazer acordo com o PSDB.

Responder

Julio Silveira

12 de setembro de 2012 às 18h54

É facil saber onde está a verdade basta pedir a gravação. Reporter que se preza, principalmente nesses periodos eleitorais, tem que gravar tudo para evitar o disse me disse. Hoje tem muito politico picareta, mas a profissão de reporter também está ficando infestada. Fruto da necessidade de criar imagem para dar alegria ao patrão, só esquecem que essas imagens ficam comprometedoras se o saco do chefe for passado no raio X.

Responder

Rodrigo Leme

12 de setembro de 2012 às 17h52

Um fala, aí o que fala não desmente, é o outro que desmente por ele…ô partido de gente lisa, sô…

Responder

    sandro

    12 de setembro de 2012 às 18h27

    Por isso que voto Serra e em cascudos em geraL.

sandro

12 de setembro de 2012 às 17h27

Marcelo.
KKKKKKK..
Marcelo kkkkkkkkkk!

Marcelo??
marcelo! (sic)
MarceloKKKKKKKKKKK

Responder

maria olimpia

12 de setembro de 2012 às 16h28

O deputado Rui Falcão JAMAIS falaria uma bobagem desta natureza.

Responder

maria olimpia

12 de setembro de 2012 às 16h20

Conceição,
O Deputado Rui Falcão é Deputado Estadual do PT/SP e, realmente, Presidente Nacional do PT.

Responder

    maria olimpia

    12 de setembro de 2012 às 16h27

    Luiz Carlos Azenha

    12 de setembro de 2012 às 16h28

    Já corrigimos. Obrigado. abs

MARCELO

12 de setembro de 2012 às 14h48

Só pode ser piada.Em muitas cidades o PT e o
PSD do Kassab estão juntinhos.É,a “direita”
está contra Lula e Dilma.kkkkkkkkkk

Responder

    Hélio Pereira

    12 de setembro de 2012 às 15h10

    Uê Marcelo,
    existe alguma Cidade Governada pelo PSDB onde este Partido(PSDB) não esteja coligado ao PSD(?),se existir é porque em tal cidade o PSD não existe!
    Ora coligações a nivel Municipal existem entre Partidos que fazem oposição entre si a nível Estadual e Federal!
    Acho inclivel os Partidarios de Bico Comprido e Língua Grande ficarem pregando a “Pureza” do PT enquanto seus Partidos se aliam a Quércia,Maluf,Collor,Valdemar Costa Neto,Índio da Costa,ACM Neto,Freury e outras Figuras mais sujas do que Paú de Galinheiro,ai ninguém diz nada.
    Marcelo,Alckmim tem apoio de Maluf na AL de SP e conta com o PP pra engavetar CPIs,parece que você deve achar isto normal,ou estou enganado?

    MARCELO

    12 de setembro de 2012 às 16h21

    Tem a Manuela Davila em Porto Alegre por exemplo.
    E o Collor apóia o governo Dilma,além do Maluf
    que apóia Haddad em SP ou o Jair Bolsonaro que
    apoia Eduardo Paes no RJ,como o Gustavo Fruet
    que tem apoio do PT em Curitiba.Tem muitas
    cidades onde o PSDB e PSD não se bicam de jeito
    nenhum.O partido do Maluf faz oposição ao PSDB
    desde os tempos do Covas.Já estão engavetando a
    CPI do Cachoeira,porque a coisa fedeu.kkkkkkkkk

    Hélio Pereira

    12 de setembro de 2012 às 16h58

    Marcelo o PP de Maluf é aliado de primeira hora de Alckmim em SP,inclusive apoiou Alckmim na ultima eleição e apoiou a Primeira Eleição de Serra a Prefeito de SP,depois caminhou junto com Serra no apoio a Kassab,sempre apoiou FHC a nível Federal e sempre apoiou os Tucanos na AL de SP.
    Você esqueceu da festa do “niver’ de 80 anos de Maluf onde Alckmim e Serra foram lhe dar calorosos abraços e trataram do apoio de Maluf a Zé Bolinha?
    Maluf achou Serra tão ruim que pulou fora do Barco e foi apoiar Haddad.
    Marcelo se o Serra não conseguiu o apoio nem do Maluf,de quem ira conseguir,seria o seu(?),o PSD esta neste Barco acho melhor você pular fora!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding