VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Barão de Itararé: Querem sufocar a blogosfera


12/09/2012 - 10h02

A tentativa de sufocar a blogosfera

do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé

No mais recente atentado contra a liberdade de expressão no Brasil, o prefeito de Curitiba (PR) e candidato à reeleição Luciano Ducci processou o blogueiro Tarso Cabral Violin, apenas porque discordou de duas enquetes publicadas na página mantida pelo blogueiro. A Justiça Eleitoral, num gesto inexplicável, deu ganho de causa ao prefeito-censor e estipulou uma multa de R$ 106 mil, o que inviabiliza a continuidade do blog. No mesmo Paraná, o governador Beto Richa também persegue de forma implacável o blogueiro Esmael Morais, que já foi processado várias vezes e coleciona multas impagáveis.

Na mesma Curitiba o ainda pré-candidato Ratinho Jr. conseguiu multar o blogueiro Luiz Skora por este tê-lo comparado ao Tiririca pela quantidade de votos recebidos para deputado federal. Mais recentemente a coligação de Gustavo Fruet conseguiu na justiça eleitoral proibir a divulgação de pesquisas de opinião pública, assim como Beto Richa o fez em 2010.

Em outros cantos do país, a mesma tática, a da judicialização da censura, tem sido aplicada visando intimidar e inviabilizar financeiramente vários blogs. Alguns processos já são mais conhecidos, como os inúmeros que tentam calar os blogueiros Paulo Henrique Amorim e Luis Nassif. No fim de 2010 e início de 2011, o diretor de jornalismo da poderosa TV Globo, Ali Kamel, também ingressou na Justiça contra seis blogueiros – o que prova a falsidade dos discursos dos grupos de mídia que se dizem defensores da liberdade expressão. Criticado pelos blogueiros, pelo seu papel manipulador nas eleições de 2006 e 2010, Kamel parece ter escolhido a via judicial para se vingar dos críticos.

Se os juízes de primeira instância parecem pressionados diante de autoridades e empresas de Comunicação tão poderosas, é preciso garantir que os tribunais superiores mantenham-se atentos para garantir que a liberdade de expressão não se transforme num direito disponível apenas para meia dúzia de famílias que controlam jornais, TVs e rádios brasileiras.

Além da judicialização da censura, também está em curso no país uma ação ainda mais violenta contra os blogueiros – com ameaças de morte e até atentados. Em 2011, o blogueiro Gustavo Fruet, do município de Serra do Mel, no Rio Grande do Norte, foi barbaramente assassinado após questionar a prestação de contas da prefeitura. Outro blogueiro também foi morto no Maranhão. Há várias denúncias de tentativas de intimidação com o uso da violência, principalmente em cidades do interior onde a blogosfera é o único contraponto aos poderosos de plantão.

Como se não bastassem os processos e as ameaças físicas, alguns setores retrógrados da sociedade também tentam impedir a viabilização financeira da blogosfera através de anúncios publicitários. Recentemente, o PSDB ingressou com ação na Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) questionando os poucos anúncios do governo federal em blogs e sítios de reconhecida visibilidade. A ação foi rejeitada, o que não significa que não cumpriu seu objetivo político de intimidar os anunciantes. Até o ministro Gilmar Mendes, do STF, tem atacado a publicidade nos blogs.

Diante desses atentados à liberdade de expressão, o Centro de Estudos Barão de Itararé manifesta a sua total solidariedade aos blogueiros perseguidos e censurados. É preciso denunciar amplamente os que tentam silenciar esta nova forma de comunicação.

É urgente acionar os poderes públicos – governo federal, Congresso Nacional e o próprio Supremo Tribunal Federal – em defesa da blogosfera. É o que faremos, em parceria com as demais entidades da sociedade civil, em especial com o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), requisitando audiências junto ao STF, STJ, TSE, Congresso Nacional e Ministério da Justiça.

Pedimos, ainda, a atenção da Secretaria Especial dos Direitos Humanos para o tema. Liberdade de expressão não é monopólio de meia dúzia de empresários. É um patrimônio do povo brasileiro, garantido na Constituição. A comunicação é um direito básico do ser humano, que precisa ser respeitado.

Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé.





20 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Saul Leblon: Serra deu uma mega-sena por mês à mídia demotucana « Viomundo – O que você não vê na mídia

15 de setembro de 2012 às 21h18

[…] Barão de Itararé: Querem sufocar a blogosfera […]

Responder

José X.

15 de setembro de 2012 às 18h23

Acho que o problema é bem mais grave. Não é apenas o riscos de os blogs sujos serem sufocados, mas sim o risco de uma ditadura judiciária no Brasil, os aristocratas feudais do judiciário mandando e desmandando, dando ordens a torto e a direito, sem haver possibilidade de contestação. Lembrem-se do que o Joaquinzão Barbosa disse, que o STF não deve explicações a ninguém. Isso aí é a senha para a hondurização do Brasil. E o home vai ser o próximo presidente do STF…

Responder

Pepe Escobar: Como o Mal se tornou o Bem e agora voltou a ser o Mal « Viomundo – O que você não vê na mídia

14 de setembro de 2012 às 18h38

[…] Barão de Itararé: Querem sufocar a blogosfera […]

Responder

Antonio Marcos

14 de setembro de 2012 às 08h59

Os golpistas em conjunto com o PIG estão querendo cercear os Blogs sujos…
São os mesmos que apoiaram a ditadura militar, agora querem impor uma ditadura midiática.
Eles não vão conseguir calar a voz da verdade, vamos fazer um #twitaço contra esta articulação anticonstitucional.

Responder

José X.

12 de setembro de 2012 às 23h26

“Pedimos, ainda, a atenção da Secretaria Especial dos Direitos Humanos para o tema. Liberdade de expressão não é monopólio de meia dúzia de empresários. É um patrimônio do povo brasileiro, garantido na Constituição. A comunicação é um direito básico do ser humano, que precisa ser respeitado”

Muito bom, é isso mesmo: “Liberdade de expressão não é monopólio de meia dúzia de empresários.” Tem que bater forte nesta tecla.

Responder

Jorge Portugal

12 de setembro de 2012 às 19h33

Sufoca não!!! A blogosfera está cada vez mais forte. Eu não sabia que metia tanto medo. A blogosfera serve como remédio de memoria, se não fosse a blogosfera, muita coisa passava despercebido, o Noblat que os diga.

Responder

Maria Luiza Tonelli

12 de setembro de 2012 às 18h30

O blogueiro assassinado no RN é Edinaldo Filgueira.
http://www.diariodenatal.com.br/2012/06/08/cidades3_0.php

Responder

Leonardo Meireles Câmara

12 de setembro de 2012 às 15h34

“o blogueiro Gustavo Fruet, do município de Serra do Mel,”. Está certo isso mesmo?

Responder

    Lissandro

    12 de setembro de 2012 às 18h29

    o correto é o blogueiro Edinaldo Filgueira da cidade Serra do Mel, assassinado em maio de 2011

Donato: Foco do PT é mostrar o que Serra-Kassab prometeram e não fizeram « Viomundo – O que você não vê na mídia

12 de setembro de 2012 às 14h44

[…] Barão de Itararé: Querem sufocar a blogosfera […]

Responder

lulipe

12 de setembro de 2012 às 14h03

É salutar para a democratização da mídia a existência dos blogs.Apesar disso, nenhum blogueiro ou jornalista tem salvo-conduto para escrever o que quiser, algumas vezes denegrindo a imagem de alguém ou vilipendiando a honra de outro.O direito de procurar a justiça para está previsto na CF, e qualquer um que se sinta atingido por algo que foi dito ou escrito por alguém tem e deve ir atrás de uma responsabilização.Simples assim!!!

Responder

    Julio Silveira

    12 de setembro de 2012 às 15h04

    Do outro lado já isso acontece e com pouca ou quase nenhuma objeção.
    Fica barato destruir reputações que depois da morosidade judiciária fica provado injusta. Mas aí o tempo já passou e quase sempre sequer produz retratações. Simplesmente é pagina virada mirando outra vitima ou adversário, movido por simples antipatia de quem se acha no direito de tê-la, mesmo desmotivada.

Moacir Moreira

12 de setembro de 2012 às 12h11

Pesquisas de mercado sobre eleições devem mesmo ser proibidas pois a única pesquisa válida é aquela resultante das urnas.

Quanto ao resto é preciso coibir apenas os abusos e calúnias.

Responder

Elias

12 de setembro de 2012 às 11h51

O general Juracy Magalhães disse em 1964: O que é bom para os Estados Unidos, é bom para o Brasil. A frase propagada nos anos do golpe, mais tarde revelou-se uma farsa. E por que lembro tal frase? Porque uma coisa boa eles tem lá e nós não temos aqui: a Primeira Emenda. Lá a blogsfera é respeitada pelo simples fato de ser nada mais que liberdade de expressão. Liberdade essa dada a todos e a todas. Não é exclusividade da imprensa, da mídia. É do povo.

Quando esses caipiras vão entender que blog veio para ficar? Não perceberam ainda que blog também é veículo de comunicação? Ali Kamel persegue blogueiros via Justiça. Vergonhoso. E nossa Justiça, ao aceitar denúncia e punir blogueiros, só mostra que está a anos luz da realidade ciberespacial. Tristemente, neste país, tudo leva mais tempo para ser assimilado.

publicar apenas este

Responder

Julio Silveira

12 de setembro de 2012 às 11h44

Infelizmente fora dos discursos governistas de apoio a liberdade de expressão, o que verifica de fato é o completo abandono juridico governamental a defesa da liberdade de expressão como instrumento democratico. Com isso permite a desigualdade no embate feito entre grupos poderosos e sua liberdade exclusiva contra os batalhadores pela liberdade ampla geral e irrestrita, quando deixa para o justicialismo resolver a questão onde o peso financeiro, como sabemos tem relevancia suprema para o lado vitorioso. Com isso, e sua covardia, que se traduz em omissão, dá demonstração inequivoca sobre qual lado de fato apoia, o da mesmice, fora do floreios e garganteios discursais.

Responder

Romanelli

12 de setembro de 2012 às 10h55

ah sim, antes que me esqueça, a BAYER, uma das maiores produtores mundiais de SEMENTES e defensivos agrícolas transgênicos foi a patrocinadora do tal evento

Responder

Vinicius Garcia

12 de setembro de 2012 às 10h35

Natural que seria colocado um contraponto a essa tendência, afinal, ficaria difícil propagar mentiras, calúnias com uma blogosfera constestadora, nesse caso o uso da censura é sempre o meio usado pelo poder.

Responder

    FrancoAtirador

    12 de setembro de 2012 às 19h55

    .
    .
    O julgamento do “mensalão” e a cobertura da mídia em debate

    São Paulo – O julgamento do mensalão e a cobertura da mídia serão temas de debate nesta quinta-feira, 13 de setembro, em São Paulo.
    O evento, que iniciará às 19 horas no Centro de Estudos Barão de Itararé, contará com a presença do jornalista e escritor Fernando Morais e de Raimundo Rodrigues Pereira, editor da revista Retrato do Brasil.

    Na atividade, promovida pelo Barão de Itararé e pela Carta Maior, ocorrerá também o lançamento de “A outra tese do mensalão”, novo livro de Raimundo Pereira, escrito em parceria com Antonio Carlos Queiroz e Lia Imanishi e publicado pela Editora Manifesto.

    Por meio de reportagens e com 159 páginas, o livro dá um panorama geral da história do “mensalão”, explorando temas como as disputas eleitorais, escândalos, corrupção e caixa dois desde as primeiras eleições diretas, em 1989 até a CPI do Cachoeira.
    Além disso, A outra tese do mensalão também investiga o financiamento de campanhas tucanas, a CPI do Banestado, os paraísos fiscais, as agências de publicidade, bancos, dívidas e acordos partidários.

    A cobertura da grande mídia sobre o mensalão também é tratada na obra: diversas passagens que não apareceram nos jornais são relembradas pelos autores, evidenciando o papel partidário assumido pelos grandes meios de comunicação brasileiros.
    Este é também o eixo principal do debate do dia 13, que acontece no calor do julgamento do caso.

    As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (11) 3159-1585, com Danielle Penha.
    As vagas são limitadas (50).
    A sede do Barão de Itararé está situada à Rua Rego Freitas, 454, conjunto 13, próxima à estação República do metrô.

    http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=20868

Romanelli

12 de setembro de 2012 às 10h31

“falsos defensores da liberdade de expressão”

de quem falam, de Nassif por exemplo ?

olha, SEM ofender e nem ferir regras ..sem aviso prévio ..depois de 5 anos colaborando com o BLOG dele (desde o tempo em que ele defendia o governo de SERRA em SP) ..depois de tudo isso, e mais precisamente por eu começar a me “INDISPOR” com as promessas/realizações do governo que hoje o patrocina, eu fui impedido de frequentar e expor meus pensamentos

PIOR, não só impedido como tive todo o acesso e conteúdo de meus escritos DELETADO (fala verdade, isso é ou não é pratica NAZISTA, a tentativa de se ANULAR e apagar a existência de um cidadão ?)

..mais precisamente sai depois de eu ter lhe dirigido uma pergunta (de quem lhe teria bancado duma viagem, palestra e hospedagem) uma após um texto seu (depois da tal viagem) em que ele EXALTAVA os agro-boys de Mato Grosso e Blairo Maggi (nota – no dia seguinte o Estado foi novamente denunciado como se sendo o MAIOR desmatador)

é a tal coisa, se pensa diferente e pode representar ameaça, desafiar versões, com “perguntas impertinentes”, melhor não vir nem aparecer, pensam

afinal, a quem querem enganar ? ..se quer do certo, dê do exemplo ..convenhamos, MUITOS dos “perseguidos” já fizeram parte da CÚPULA do PIG, leu suas cartilhas, e inclusive ajudou a escrever de seus métodos, ou não ?

Respeito é respeito, ética é ética, transparência e amor pela verdade e pelos fatos, ídem ..por isso é importante que TODOS, todos se submetam ao mesmo tipo de regulação, a um da mídia ..a um que garantisse o contraditório, o direito de defesa e de resposta, que EXIGISSE da prova, enfim

aliás, por se falar nele, o que DILMA e LULA fizeram a respeito ?

humm

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding