VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral


31/10/2012 - 15h25

Petistas batem rivais nas maiores cidades do quintal tucano

31 de outubro de 2012 | 2h 06

O Estado de S.Paulo

Análise: José Roberto de Toledo

Os prefeitos eleitos do PT vão governar mais eleitores do que o PSDB em três Estados cujos governadores são tucanos. Em São Paulo, Minas Gerais e Goiás a maior parte do eleitorado está em cidades que serão comandadas pelo PT. É sinal de que a polarização PT x PSDB se mantém firme na política brasileira – e de que as tensões entre os dois partidos vão continuar altas.

Nos próximos dois anos, 274 prefeitos petistas terão que lidar diretamente com governadores tucanos. Esse contingente aumentou em 25 prefeituras em comparação a 2008. Isso significa que um terço do crescimento do PT nestas eleições aconteceu no quintal tucano, ou seja, em Estados comandados pelo PSDB. É mais uma prova de que, nas eleições municipais, governadores e presidentes influem pouco na decisão de voto.

Ao contrário do que afirmou o presidenciável tucano Aécio Neves, o avanço petista não se deu apenas nos grotões. No Estado de Aécio os petistas comandarão cidades que, na média, são 42% maiores do que as que terão prefeitos do PSDB. Os 114 municípios onde o PT ganhou a prefeitura em Minas Gerais somam 3,4 milhões de habitantes. Seu porte médio é de 30 mil pessoas. A média das 142 cidades ganhas pelo PSDB é de 21 mil habitantes e nelas moram cerca de 3 milhões de mineiros.

As três maiores cidades mineiras a serem governadas por prefeitos petistas são Uberlândia (a 2.ª maior de Minas), Ribeirão das Neves (a 7.ª maior) e Governador Valadares (9.ª). As três maiores prefeituras conquistadas pelos tucanos são as de Betim (5.ª maior), Divinópolis (12.ª) e Barbacena (19.ª).

A renda média das cidades mineiras a serem governadas por prefeitos petistas equivale à dos municípios onde o PSDB venceu: R$ 1.375 a R$ 1.388. Tampouco há diferença significativa na cobertura do Bolsa Família: em média, 30% das famílias recebem o benefício federal nas cidades petistas, ante 29,8% nas tucanas. Isso significa que o perfil socioeconômico de umas e outras é bem parecido.

Em São Paulo, porém, há uma distinção grande entre os municípios tucanos e os petistas. Mesmo excluindo-se a capital do Estado, as cidades a serem comandas pelo PT são, em média, 144% maiores do que as que terão prefeitos do PSDB a partir de janeiro: 111 mil habitantes, ante 46 mil. Com a cidade de São Paulo, a diferença vai a 500%.

A razão é simples: os tucanos elegeram 176 prefeitos paulistas, ante apenas 67 do PT. Mas para vencer em tantas cidades o PSDB precisa, obrigatoriamente, ganhar muitas cidades pequenas, enquanto as vitórias petistas estão concentradas em municípios de grande porte e próximos à capital.

Além de São Paulo (maior cidade do Brasil), o PT elegeu os prefeitos de Guarulhos (2.ª maior cidade paulista), de São Bernardo do Campo (4.ª), Santo André (5.ª), Osasco (6.ª) e São José dos Campos (7.ª). As maiores prefeituras ganhas pelo PSDB no Estado de São Paulo foram Sorocaba (9.ª maior), Santos (10.ª) e Piracicaba (17.ª). Os prefeitos paulistas do PT governarão 10,6 milhões de pessoas mais do que os tucanos.

Em Goiás, onde o PSDB também tem o governo estadual, o PT manteve as prefeituras da capital, Goiânia, e da terceira maior cidade do Estado, Anápolis. E tomou do PSDB o comando de Valparaíso de Goiás, o 7.º município goiano.

O diagnóstico de Aécio está apenas parcialmente correto: o PT caminha célere também para os grotões – o que pode ser um problema para o candidato tucano à Presidência em 2014.

Leia também:

Promotor Arthur Filho: “A primeira grande vitória no Brasil contra a dupla porta em hospitais públicos”

Alma lavada: Entidades comemoram decisão contra lei da dupla porta

Secretaria reconhece que lei cria vagas para planos privados em hospitais públicos

Justiça derruba a lei da dupla porta nos hospitais públicos de SP

Conselho Nacional de Saúde diz não à lei da dupla porta nos hospitais públicos de São Paulo

Médicos residentes rejeitam a dupla porta no SUS paulista

Presidente do Conselho de Medicina de SP condena a lei dos fura-fila no SUS

Mário Scheffer: “Lei da Dupla Porta é o maior ataque ao SUS desde o PAS, do Maluf”

Arthur Chioro: Planos privados de saúde vão economizar e paulistas pagarão a conta

Deputados pedem ao MP-SP para apurar rombo de R$ 147,18 milhões nos hospitais gerenciados por OSS

Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões

Neder: OSs, uma praga que veio para ficar?

 

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



55 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

francisco sales filho

02 de dezembro de 2012 às 14h58

Uma coisa a esses doentes petistas: Juscelino quando candidatou a presidente em 1954,por ter sido um grande governador de minas,recebeu dos paulistas os mais INDECOROSOS comentários de um homem dançarino de gafieira,boêmio e infiel marido,os mineiros petistas devem entender isso e não COMPARTILHAR BOBAGENS.

Responder

francisco sales filho

19 de novembro de 2012 às 04h54

Os adversários do PSDB no fundo do coração desejam mais uma vez a candidatura do Serra, escrevem inclusive seu nome com C,dizem os sábios, quando pegamos no pé de alguém significa que preocupamos com ele, escolhendo o AECIO como beberrão esquecem do LULA ,ele não bebe e nem fuma,uma hipocrisia própria dos petistas.

Responder

Patrus Ananias: MG mandou dizer que não tem dono « Viomundo – O que você não vê na mídia

08 de novembro de 2012 às 22h51

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

PCdoB corre atrás dos royalties para a Educação « Viomundo – O que você não vê na mídia

08 de novembro de 2012 às 22h49

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Folha transforma cláusula pró-jornalistas em “avanço contra imprensa independente” « Viomundo – O que você não vê na mídia

07 de novembro de 2012 às 15h03

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Leitores: Privatização do Maracanã, por R$ 7 milhões anuais, sob suspeita de favorecimento « Viomundo – O que você não vê na mídia

07 de novembro de 2012 às 15h02

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

“Terrorismo” informativo foi usado contra Guarani Kaiowá em MS, diz antropólogo « Viomundo – O que você não vê na mídia

07 de novembro de 2012 às 12h16

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Britânicos choram: Thatcher entregou soberania energética aos franceses! « Viomundo – O que você não vê na mídia

05 de novembro de 2012 às 03h01

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Marcos Coimbra: Me engana que eu gosto… « Viomundo – O que você não vê na mídia

04 de novembro de 2012 às 11h42

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Emir Sader: Antes, a direita recorria aos quartéis, agora usa a mídia para apelar ao Judiciário « Viomundo – O que você não vê na mídia

03 de novembro de 2012 às 22h11

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Jorge Souto Maior: PT, saudações « Viomundo – O que você não vê na mídia

03 de novembro de 2012 às 18h55

[…] Corrigindo o diagnóstico de Aécio Neves sobre o resultado eleitoral […]

Responder

Apavorado por Vírus e Bactérias

01 de novembro de 2012 às 10h07

Se o PT continuar tratando as greves de professores como fez o Governo da Bahia e no Governo Federal, pode ser que Aécio acerte. O PT sempre foi em cima da negociação quando era oposição.
Agora, como é Governo, age igual ou pior que a oposição. Para mim age pior, porque é o PT. Seus negociadores se mostraram um bando de orelhudos.

Responder

Elvys

01 de novembro de 2012 às 09h15

Alguem acredita que o aécio tem votos em São Paulo?Duvido e não é por questões provincianas. É pela imagem de playboy, bon vivant, beberrão, etc, etc, que ele passa. Além de ficar a pecha que está à sombra do avô. Será que ele aguenta uma campanha? À ver.

Responder

augusto2

01 de novembro de 2012 às 08h54

extra pauta, um teco:sugestao dos blogonautas:
Mulheres ecompanheiras de PMs paulistas podiam se dirigir a QG n praça tiradentes ou ao palacio no morumbi, levando faixas e sentando-se o dia inteiro na frente dos predios. A hora é agora.
Uma das faixas poderia ser: Queremos intervençao federal na SSP-SP.

Responder

    Marcelo de Matos

    01 de novembro de 2012 às 09h41

    O problema da segurança pública em São Paulo é muito sério e o Ferreira Pinto está empurrando com a barriga. Até quando o Ferreira aguenta? A solução do problema requer mudanças no sistema prisional, corte da comunicação dos presos com comparsas de fora e muitas otras cositas más. Quando essa tarefa começará a ser realizada? Será um grande desafio para um possível governo da oposição em Sampa. É preciso reconhecer a existência de organizações criminosas, como o PCC e estudar e por em prática meios de solucionar o problema.

    roberto

    01 de novembro de 2012 às 09h52

    Caro Marcelo, com todo respeito, e apesar do assunto ser extremamente série, gostaria de esclarecer que esse Secretário é herança maldita imposta ao Chuchu pelo ex-desgovernador Serra. Portanto quem vem empurrando o Pinto no atual desgovernador é o “mais preparado”!

Marcelo de Matos

01 de novembro de 2012 às 08h37

O blog do Fernando Rodrigues é especializado em política. Acaba de concluir que os partidos nanicos “individualmente não valem quase nada. Somados, são uma potência”. Nanico unido, jamais será vencido, diríamos. “Neste ano os nanicos registraram expressivos 9,8%. Um crescimento estupendo”. “Como se observa, se estivessem todos juntos e fossem um partido seriam então a 4ª maior legenda do país com seus 9,8% dos votos para prefeito – perderiam só para PT (16,8%), PMDB (16,3%) e PSDB (13,6%). Essa “legenda dos nanicos unificados” estaria à frente do festejado PSB (que só teve 8,4% dos votos no Brasil). Os nanicos aqui considerados formam a seguinte sopa de letras: PSOL, PCB, PCO, PHS, PMN, PPL, PRB, PRP, PRTB, PSC, PSDC, PSL, PSTU, PT do B, PTC e PTN. O recém-criado PEN não participou da eleição de 2012”. Está aí: se Dilma não puder contar com o apoio de Eduardo Campos (PSB), vai de Kassab (PSD). Quem não pode Nova Iorque vai de Madureira. Ou forma um conglomerado liliputiano* de nanicos.

Responder

    Marcelo de Matos

    01 de novembro de 2012 às 08h38

    *Cf. Aulete digital, Lilipute é ilha imaginária do romance Viagens de Gulliver, do escritor inglês Jonathan Swift (1667-1745), onde os habitantes medem cerca de seis polegadas.

    Marcelo de Matos

    01 de novembro de 2012 às 08h49

    Por falar em Eduardo Campos (PSB) o blog do Josias de Souza informa: “Dilma, aliás, já convidou Eduardo para uma reunião em Brasília. Deseja ter com ele uma conversa do tipo olho no olho. Algo que lhe permita perscrutar que diabo de apito o pseudoaliado deseja tocar em 2014. Deve ocorrer na semana que vem, depois do encontro com a caciquia do PMDB e do PT”.

Juarez Marques

01 de novembro de 2012 às 06h49

Se o STF julgar o mensalão tucano e a lista de furnas com o mesmo rigor da AP 470, o Aécio Never ficara inelegível pela lei da ficha limpa, pois esta atolado até o pescoço junto com o Danilo de Castro.

Responder

    Marcelo de Matos

    01 de novembro de 2012 às 09h44

    O blog do Josias de Souza informa que Marcos Valério encaminhou carta à Procuradoria solicitando delação premiada. A carta foi repassada a Joaquim Barbosa. Não se sabe se ele está escondendo algo ou se é, apenas, uma tentativa de se livrar da pena.

    francisco sales filho

    01 de dezembro de 2012 às 09h29

    se o PSDB deve que pague com a mesma moeda, apesAR DE SER PELO psdb, OS PETISTA SÃO DIFERENTES PORQUE NÃO SEI.

Rodrigo Mello

01 de novembro de 2012 às 01h55

O problema dessas análises é que levam em conta a população toda, o que na minha humilde opinião, é um erro.O que se tem que analisar é a Porcentagem de voto nas determinadas cidades. Quantidade, não é qualidade, pois se fóssemos fazer uma análise levando em conta os ESTADOS, poderíamos dizer que PSDB tem mais “eleitores” que o PT, o que é um grande equívoco. Essa eleição de São Paulo e de algumas outras cidades não foram ganhas por partidos, e sim, perdidas pelo desgaste de algns candidatos qe fazem da política seu meio de vida. Deve-se analisar a transformação dos perfis dos novos prefeitos, qe em sua maioria, pelo menos nas capitais, são quadros novos e jovens.A mudança vem do eleitorado, e não dos partidos, o que pode ser uma leve vantagem para políticos “menos” conhecidos como Aécio e Eduardo Paes, mas que são queridos e reconhecidos pelos seus trabalhos a frente do Estado que governou e governa.

Responder

renato

01 de novembro de 2012 às 00h40

Acho que tem que ser o Serra, pelo menos ele é católico e gosta de Nossa Senhora!
O Aecio gosta de caipirinha, e isto não é bom para a religião.
dá mal exemplo, para os guri que estão começando a dirigir!
E depois eu não sei o que ele é, se é presidente, se é senador ou se é governador, ou vereador!
Só sei que a turma fala muito mal dele!
Prefiro o Cerra, coitadinho só perde, tem que ganhar alguma coisa, senão ele desiste!

Responder

Roberto Locatelli

01 de novembro de 2012 às 00h05

O nobre senador Aébrio Neves, também conhecido como Menino do Rio, faz uma “análise” típica de quem está no mundo imaginário criado pelos tucanos.

Responder

Sagarana

31 de outubro de 2012 às 23h00

Se o Aécio eh bom, eu nao sei. Mas que eh o melhor governador que Minas Gerai já teve, nao tenho nenhuma duvida.

Responder

    Arlete

    31 de outubro de 2012 às 23h07

    Não é só aecin quem bebe muito aqui em MG. arre…….rsrsrsrs….

    Fabio Passos

    01 de novembro de 2012 às 00h00

    rsrs
    o melhor da história de Minas… e quase tão bom quanto o serra em SP.

    Juarez Marques

    01 de novembro de 2012 às 06h42

    Bom para que cara pálida??????

    RicardãoCarioca

    01 de novembro de 2012 às 09h09

    Melhor do que Itamar Franco? Melhor do que Juscelino Kubitschek? Tá bom…

Fabio Passos

31 de outubro de 2012 às 22h40

Esta dupla enxerga longe…

Responder

Juca Diamantina

31 de outubro de 2012 às 20h31

Aécio é um bebum desorientado. Mal sai de BH cai logo na Br-040 em direção ao Rio, quando está dirigindo numa quinta-feira à tarde.

Detesta passar um final de semana longe da praia, longe do Baixo Leblon.
O negócio dele é cair na gandaia. O diabo é quem vota num sujeito desse para governar o Brasil.

Responder

Márcia

31 de outubro de 2012 às 20h16

Interessante ver o Toledo chamando o Aécio de presidenciável tucano. Não sabia que ele já havia se desincompatibilizado do Senado!

Responder

    Guilherme Souto

    31 de outubro de 2012 às 21h49

    Márcia, eu já enxerguei o artigo como desqualificante, uma vez que salienta
    que o Aécio não está com essa bola toda. O que será normal, posto que os paulistas, como é de praxe!, passam como um trator sobre o resto do país quando o assunto é a escolha do nome que sairá candidato.

    O que você acha desse ponto de vista?

    Roberto Locatelli

    01 de novembro de 2012 às 00h04

    Tucanos paulistas fazem isso, sim.

Hélio Pereira

31 de outubro de 2012 às 18h38

José Roberto Toledo,pública matérias querendo “agradar” Aécio e depois paga o “mico” tentando corrigir!
É isto que da,ficar puxando o saco do “minerin”!

Responder

Abraão Alas

31 de outubro de 2012 às 18h06

Aécio Neves chama São José dos Campos (SP), Santo André (SP), Guarulhos (SP), Uberlândia (MG), Governador Valadares (MG), Ribeirão das Neves (MG), Anápolis (GO) de grotões. Sem noção de Brasil

Responder

Rasec

31 de outubro de 2012 às 17h46

Tamo todos chocados!

Responder

Rogério Ferraz Alencar

31 de outubro de 2012 às 17h42

Corrigindo: o que Aécio Neves e José Roberto de Toledo CHAMAM de grotões?

Responder

    Darcy Brasil Rodrigues da Silva

    31 de outubro de 2012 às 18h21

    “Gorotões” são aqueles meninos que agem como se fossem adultos, em determinadas circunstâncias,e como garotos, em outras. Também existem alguns adultos que pensam que ainda são “gorotões”. Minha mãe me disse que esses adultos são particularmente ridículos. Aécio Neves é um desses adultos que se comporta como um “gorotão”. E aqueles que andam com Aécio nas noitadas cariocas são conhecidos como “gorotões” de Aécio. Espero ter sido útil.

    Arlete

    31 de outubro de 2012 às 23h02

    Concordo com você, este tal de aecin já é quase vovô aecim.E que gosta de gole né?

ITALO

31 de outubro de 2012 às 17h03

Grotões vamo lá

Responder

Bruce Guimarães

31 de outubro de 2012 às 16h58

Esse diagnóstico de pouco vale, pois o Aécio candidatando em 2014, 95% de Minas Gerais vota nele!!!

Responder

    Ricardo JC

    31 de outubro de 2012 às 17h59

    Tenho sérias dúvidas disto….mas muitas mesmo!!! Patrus Ananias teve uma votação expressiva em BH, contra Aécio Neves.

    Bruce Guimarães

    31 de outubro de 2012 às 20h56

    Mas o canditado não foi Aécio.

    Eibel

    31 de outubro de 2012 às 19h29

    Aécio Never, perdeu inclusive em seu reduto eleitoral e cidade natal de seu avô, São João Del Rey.

    Bruce Guimarães

    31 de outubro de 2012 às 20h57

    Aécio também não foi candidato em SJ del Rey !!!

    Márcio Martins

    31 de outubro de 2012 às 22h02

    O que equivaleria a aproximadamente 1/4 dos votos necessários para que ele ganhasse a disputa, o que é pouco, pois fora de MG ele não é nada. Isto se ele tiver com esta bola toda aqui em MG, o que eu duvido.

    Arlete

    31 de outubro de 2012 às 23h03

    Então nós servidores estamos entre os 5% restantes.

    Darcy Brasil Rodrigues da Silva

    01 de novembro de 2012 às 01h33

    95% de Minas vota em Aécio? Vota nada, meu caro Bruce! Essa seria uma Minas “de Bruce” para a direita. Aécio não está com essa cocaína toda! Aécio não tem votos no Rio e nem terá. No Nordeste, se tentar aparecer por lá , vai cair do cavalo ( cair do cavalo, entendeu?). Paulistano votando em Aécio? Não sei não! Se o Aécio “aceitar o sacrifício” dizendo que “para mim é uma honra poder oferecer o meu nome aos convencionais de meu partido que, se me derem essa oportunidade de servir ao meu país e ao meu povo, prometo que não os decepcionarei”, entrará pelo cano , levando uma sova histórica de Dilma .Se bobear, Aécio não ganharia da mineira de Belo Horizonte, Dilma, nem em Minas . Bastará, para tanto, os partidos da base governista federal articularem um nome de unidade e com densidade eleitoral em Minas. Um nome em condições de derrotar Anastasia, que não poderá , desta vez, frankensteinizar a campanha com o oportunista apelo ao voto “Dilmasia”. Tudo indica que 2014 será um passeio. Aécio, como bem disse o meu irmão, para a exigência política carioca, não passa de um grande “bunda mole”. Imagine: “com vocês o futuro presidente da república, Aécio Neves”. Nunquinha! Never! Seria muito mais provável supor que em 2013 Messi e Neymar irão jogar juntos no …….Flamengo….dá-lhe , dá-lhe, dá-lhe Mengo….seremos campeões!

RicardãoCarioca

31 de outubro de 2012 às 16h31

Fala sério. Basta mostrar os vídeos da boemia etílica do Aético Never nas redes sociais (no PiG não vai aparecer mesmo) para esse menino do Rio não conseguir nem ir para o segundo turno, se houver. Se falar das substâncias químicas que consome, das agressões a namoradas, da CNH vencida, do ‘shokdejestão’ que matou Minas, da lista de Furnas, dos amigos da política mineira enrolados com a Justiça… Tomara que ele venha mesmo.

Quem está preocupado com o fim da blogosfera com a aposentadoria do Cerra, o PiGSDB tem outra fonte inesgotável de humor e incompetência: Aético Never.

Responder

    Morais

    31 de outubro de 2012 às 18h40

    Acho que vc não conhece Minas, pois o Aécio teve uma grande derrota em Minas só não sai na mídia que é controlada por ele, porém em várias cidades onde ele torrou muita granna para ganhar ele teve derrotas duríssimas.

    francisco sales filho

    01 de dezembro de 2012 às 09h32

    FOI EM berlandia né, ze mane berlandense kkkkkkkkkkkkk

    Bruce Guimarães

    31 de outubro de 2012 às 21h01

    Se entrarem com esse discurso é pior. Uma vez tentaram colar no Lula esse rótulo de bebum, em que deu??? Nada.

    Arlete

    31 de outubro de 2012 às 23h06

    Concordo. Acho que o candidato do psdb deve ser cerra, porque pelo menos ele aguenta apanhar e não vai descontar nas bebidas e outras substâncias…


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.