VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

Professores rejeitam nomeação de Cláudia Costin para o MEC


22/11/2012 - 23h40

]Aloizio Mercadante chamou Cláudia para dirigir a Secretaria de Educação Básica do MEC. Fotos: Agência Brasil

Apesar de muito criticada por sua visão neoliberal e privatizante, a atual secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro, Cláudia Costin,  foi convidada  pelo ministro Aloizio Mercadante para assumir a Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC).

Importantes setores da Pedagogia no País estão profundamente preocupados com a nomeação de Costin, que foi ministra da Administração no governo Fernando Henrique Cardoso, esteve ligada ao desmonte do Estado brasileiro, além de ter sido diretora da Fundação Victor Civita, do Grupo Abril/Veja.

Por isso, pesquisadores, professores, estudantes e suas entidades representativas lançaram o abaixo-assinado Cláudia Costim, não!  Ele é destinado ao ministro Mercadante, aos Sindicatos da Educação, Escolas Municipais, Estaduais e Federais, Universidades Públicas, Entidades Acadêmicas. Segue o texto do manifesto, que já tem mais de 3 mil assinaturas.

CLÁUDIA COSTIN, NÃO!

A privatização do ensino público, a fragmentação do trabalho docente, a perda da autonomia dos professores, a submissão estrita aos cânones neoliberais têm sido implementados por Cláudia Costin à frente da Secretaria Municipal da Educação na cidade do Rio de Janeiro.

Seu autoritarismo didático e de conteúdos, prescritos em cadernos e apostilas, emanado das orientações dos organismos internacionais ampliam o abandono da educação básica da grande maioria da população, historicamente relegada à carência de escolas e, mais recentemente, à desqualificação da educação nas escolas existentes. Além disso, no Rio de Janeiro, professores, gestores e funcionários têm sido alvo de aliciação pecuniária, os bônus financeiros, através de remuneração extraordinária pelo desempenho dos alunos, traduzido em um percentual de aprovação de alunos nas turmas e no conjunto da unidade escolar, como compensação aos baixos salários.

Não por caso, quando Ministra da Administração Federal e Reforma do Estado no governo FHC, foi uma das responsáveis pela idealização e implementação do desmonte do Estado, incluindo-se aí as privatizações ou a venda do país e a quebra da estabilidade dos servidores públicos.

Se confirmada Cláudia Costin à frente da Secretaria de Educação Básica, é esperada a descaracterização da educação fundamental e média com o apagamento do professor e do aluno como sujeitos históricos. Costin faz parte de um grupo de intelectuais que seguem a férrea doutrina do mercado, onde tudo vira capital, inclusive as pessoas. Não mais educação básica, direito social e subjetivo, mas escola fábrica de capital humano. Uma versão bastarda do ideário republicano de escola, como a define Luiz Gonzaga Belluzzo, em brilhante texto na Carta Capital de 29.08.2012. Esta visão bastarda de educação objetiva apagar qualquer senso crítico dos alunos. Trata-se de transformar, para Belluzzo, recorrendo a Marshall Berman, a ação humana em repetições rançosas de papéis pré-fabricados, reduzindo os homens a indivíduos médios, reproduções de tipos ideais que incorporam todos os traços e qualidades de que se nutrem as comunidades ilusórias.

Delegar à administradora esse setor vital da educação brasileira é declinar de todos os embates e propostas da educação, em contraponto às políticas neoliberais dos anos 1990.

Professores, pesquisadores, estudantes e suas entidades representativas vêm publicamente, protestar contra o arbítrio economicista, degradante e mutilador para a educação das gerações de jovens da educação básica que sua presença na SEB traria à educação básica, não apenas na cidade do Rio de Janeiro, mas em todo Brasil. Cláudia Costin, NÂO!

Texto coletivo dos abaixo-assinados:

Dermeval Saviani –Unicamp

Mirian Jorge Warde – PUC-SP

Roberto Leher – UFRJ

Gaudêncio Frigotto – UERJ

Virginia Fontes – UFF/Fiocruz

Maria Ciavatta – UFF

Dante Henrique Moura – IFRN

Vânia Cardoso Motta – UFRJ

Eveline Algebaile – UERJ

Domingos Leite Filho –UTPr

Sônia Maria Rummert – UFF

Marise Ramos –UERJ e FIOCRUZ

Olinda Evangelista – UFSC

Domingos Leite Filho – UTPr

Laura Fonseca – UFRGS

Carmen Sylvia Morais – USP

Sônia Kruppa – USP

 Para assinar o abaixo-assinado, clique aqui.

 Leia também:

CUT: PL da terceirização é ataque ao trabalho decente

Paulo Moreira Leite: O risco de brincar com a Constituição

Joaquim Barbosa é empossado como presidente do STF

Luiz Fux: “Nós, juízes, não tememos nada nem a ninguém”

Alunos denunciam câmeras espiãs no bandejão; USP diz que são para ‘monitorar fluxo das refeições’

CPI do Cachoeira adia leitura do relatório final

Dr. Rosinha: A ignorância continua

Janio de Freitas: O poder de cassar deputados federais condenados pelo Supremo é da Câmara

Nassif: Relatório da CPI do Cachoeira mostra ligações diretas entre jornalistas e crime organizado





69 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

wilson j.

25 de novembro de 2012 às 11h19

Esse Mercadante acha que não precisa mais da militância, porque arrumou novos amigos entre os ex empregados do Vitor Civita. Não dá pra acreditar… Talvez ele ache que a Veja vai apoiá-lo na sua candidatura ao governo de São Paulo. A bem da verdade, é mais fácil isso acontecer do que a velha militância mover alguma palha por ele depois de tanta humilhação. Lula, tome a rédea porque está tudo desandando!

Responder

Izabel Noronha: O projeto educacional defendido por Cláudia Costin não é aquele que Brasil necessita « Viomundo – O que você não vê na mídia

25 de novembro de 2012 às 09h42

[…] em petição pública, o documento dos educadores segue colhendo assinaturas em todo o Brasil (leia AQUI). Também o Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil – MIEIB, enviou carta aberta […]

Responder

Fábio

24 de novembro de 2012 às 13h15

Não há diferença entre o PT e os demais partidos. Aliás, o PT é bem pior, com um discurso hipócrita, mentiroso e um comportamento rapace.
O Mercadante está se revelando. Nas próximas eleições, se for candidato, deve ter a lição que merece.

Responder

Luciano Prado

23 de novembro de 2012 às 21h15

Loucura!

Perguntem aos professores do Rio de Janeiro.

A saída dela do Rio vai ser muito comemorada.

Responder

Valmont

23 de novembro de 2012 às 20h23

O abaixo-assinado já tem mais de 4.500 assinaturas.
Divulguem, plz. Facebook, Twitter, etc.
Vamos dizer um sonoro NÃO a este absurdo.

Responder

Urbano

23 de novembro de 2012 às 19h36

Aí seu mano… é bósnia saindo pelo ladrão… A única pessoa competente encontrada pelo mercador foi exatamente uma tungana fundamentalista? Deve haver uma explicação plausível, pois maledicência ou estreiteza de juízo, eu sei que não é.

Responder

Miguel Freitas

23 de novembro de 2012 às 18h33

Os aloprados atacam de novo, Fundação Victor Civita na educação do governo do PT, é brincadeira, aliás quando esta senhora foi do MARE os servidores públicos sofreram demais, alé de queimar os servidores falando mal mesmo.
O artigo de hoje de Mino Carta bem descreve estes absurdos aqui do Brasil.

http://www.cartacapital.com.br/sociedade/tudo-ao-contrario/

Responder

edson

23 de novembro de 2012 às 18h02

FORA MERCADANTE. Mais um neoliberal do PT. Será que a esquerda progressista não tem nome para ocupar tal cargo???

Responder

Mel

23 de novembro de 2012 às 16h58

O Mercadante nem se atreve. Tucano no governo não! Depois de tudo que esses caras fizeram, fazem e vão continuar fazendo, ainda quer uma tucana no governo? Ah! Mas ela é um excelente quadro técnico…. Mas não tem mais ninguem excelente sem ser tucana? Não tem justificativa. Esse Mercadante sempre louquinho pra pular no colo do PSDB. Por isso que o PT de São Paulo precisa mesmo de gente nova. Esses petistas antigos (não todos), de São Paulo ficaram muito chiques e tucanaram.

Responder

Pelika

23 de novembro de 2012 às 14h35

Que que é isso companheiro? ah… já sei, não é mais?

Responder

Alexandre Carlos Aguiar

23 de novembro de 2012 às 13h47

O trotskismo e o stalinismo em constante embate.

Responder

grilo

23 de novembro de 2012 às 13h32

O PT se curvou faz tempo à direita. A própria Dilma nem é petista de origem, poi migrou do PDT ainda no governo Lula. Agora, o Mercadante, filho de general, o povo paulista já se mostrou desconfiado qdo não lhe deu a governança de SP.

Responder

P Pereira

23 de novembro de 2012 às 13h31

Que dureza! Esses caras estão deixando a gente sem respostas.

Responder

Julio Silveira

23 de novembro de 2012 às 11h56

A grande sacanagem que percebo mais uma vez é que se cai de pau na tal Claudia, mas ninguem cai de pau no Mercadante, esse sim o irresponsavel por aventar a possibilidade de tê-la no governo. Ela que estava lá, no canto dela. Acho covarde bater preposto quando o mesmo faz o serviço que agrada ao chefe. Não gostaria mas tenho que dizer, apesar dos contrários, cada vez mais PT e PSDB tudo a ver. Para infelicidade não percebida dos sinceros que ainda acreditam haver diferenças, mas para alegria dos hipocritas que sabem da igualdade mas atribuem a falsidade ao jogo da podre politica nacional.

Responder

    Paulo Roberto Álvares de Souza

    23 de novembro de 2012 às 20h23

    É o típico caso de aplicação no julgamento do PTucano Mercadante, a Teoria do Domínio do Fato!

Luiz Clete

23 de novembro de 2012 às 11h38

Assim fica cada dia mais dificil de defender. E fica dificil em votar no mercadante de novo. Deve haver alguma explicação logica ou deve haver alguma alternativa, ou para o mercadante ou para a costin.

Responder

Panino Manino

23 de novembro de 2012 às 11h20

Que desgosto…

Por favor, alguém exploda logo esse país e joguem um aterro caprichado por cima e plantem umas árvores que não dá mais.

Responder

Aristharco

23 de novembro de 2012 às 11h13

Esse Mercadante…

Responder

Bernardino

23 de novembro de 2012 às 11h11

O MERCANTE ´daqueles petistas frouxos que adoram pousaar para m MIDIA,essa nomeaçao se comprovada é a pá de cal para o PT
PT por fora Bela viola por dentro Pao BOLORENTO.NO Blog do MIRO:DDILMA mandou tirar da camara o projeto que votava o fim do Fator Previdenciario.
O SR Marco Maia tinha dado a palavra as associaçoes e sindicatos que votaria o projeto agora.Frouxo quebrou a palavra.
O PMDB se queimou com o Sarney;o PSDB se queimou com FHC e a DDilma esta queimando o PT. A Gran chefe de cozinha colocou no forno: A midia corrupta, o judiciario mofado e congresso acovardado como receita o prato ficara pronto em 2014 e os comensais vao rejeitar e a gran chefe será despedida em 2014 por justa causa!!!
SÓ IRONIA pra aguentar esssa PSEUDOESQUERDA CRETINA E COVARDE!!!!!

Responder

Carlos Henrique de Freitas Azevedo

23 de novembro de 2012 às 10h39

Azenha, é bom contar com esse canal de divulgação, verdadeiro contraponto da mídia monopolista. A Cláudia Costin, sua administração na rede pública da cidade do Rio de Janeiro, tem sido a pior secretária de educação da história dessa cidade. Um verdadeiro peixe fora d’água. Porém, soube criar números, que a mídia apresenta como parâmetro único possível da qualidade do ensino, como o IDEB muito fáceis de se manipular com projetos e mais projetos entregues à empresas e OS e de duvidosa qualidade. Implantou currículo único, desprezou a escolha de livros didáticos e implantou um sistema de apostilas ao custo de dezenas de milhões, e provas únicas para toda a rede, coisas já ultrapassadas pedagogicamente falando. Um desastre real e um sucesso midiático.

Responder

Narr

23 de novembro de 2012 às 10h38

Mercadante deveria criar uma secretaria para orientação ideológica no MEC. Nomearia Ali-Kamel para o cargo.

Responder

Narr

23 de novembro de 2012 às 10h34

Ela entra na cota de quem? Do PMDB? Provavalmente, foi considerada “boa administradora”. Claro, a condução final é a do ministro e não dela. Esses burocratas costumam ter vida longa, têm bons ouvidos para a voz do dono. Mas será mesmo que esse é o caso? O mínimo que Mercadante tem que fazer é esclarecer, sem lero-lero de político, os motivos pelos quais ela foi nomeada. Seria para ampliar o uso de de verbas públicas para compra de apostilas – apesar de o MEC doar livros didáticos escolhidos pelos professores -, como já é feito por grande parte das prefeituras no país? Vamos terceirizar a educação, transferindo a gestão para alguma editora espanhola instalada no Brasil? Aliás, essa é uma boa pergunta, por que a lei autoriza que empresa jornalística tenha participação estrangeira no máximo de 30% do capital, e editoras didáticas possam ser 100% de capital estrangeiro? Hoje, a maioria das editoras didáticas, têm controle de multinacionais. Os gringos sabem qual o melhor conteúdo para os livros escolares do Brasil? O ministro Paulo Renato do PSDB saiu do governo FHC para se tornar sócio do grupo espanhol. Vamos ampliar esse programa tucano?

Responder

Ildefonso Murillo Seul

23 de novembro de 2012 às 10h30

Já assinei o manifesto. Não a conheço e não gostei dela. De pensamento retrogrado já me bastam os novos atores do novo BBB da TV Globo!! Ghega!!

Responder

    strupicio

    23 de novembro de 2012 às 15h25

    ai meu jisuis..outro radical

MariaC

23 de novembro de 2012 às 10h27

Gente! ando muito preocupada em apoiar artigos nos blogs sujos.
É cada coisa que aparece lá. O governo Dilma está guinando na última curva à direita.Fiquei pasmada em ouvir nas rádios do PIG que após a cecente privataria do aeroporto de Guarulhos o movimento cresceu 26%.Assim na maior cara de pau.Não faz meses que privatarm, nem colocaram o tapume para as construções e já aumentou assim o movimento? Façam me o favor! Escárnio! Não respeitam a nossa medioridade pois nem somos tão burros assim…

Responder

Professores rejeitam neoliberal. Claudia Costin, não! | Conversa Afiada

23 de novembro de 2012 às 10h15

[…] Professores rejeitam nomeação de Cláudia Costin para o MEC […]

Responder

Patrick

23 de novembro de 2012 às 10h00

Num país em que temos profissionais de excelência na Pedagogia, temos que colocar uma Administradora na Secretaria de Educação Básica? Pior, uma Administradora que não vai lá para exercer a Administração/Gerenciamento, mas para se imiscuir ideologicamente no exercício das atividades de professoras e professores do Brasil, trazendo todo aquelo LIXO que nós vemos na forma de PIADA nos episódios do desenho animado SIMPSONS. Remuneração de profissionais da educação vinculada ao resultado dos [email protected] nas provas. Resultado: MENOS VERBAS para escolas com as MAIORES DIFICULDADES para educar crianças.

No Rio de Janeiro, Costin implantou uma gratificação em que até mesmo o número de alunas grávidas reduz a remuneração de professoras e professores, ao mesmo tempo em que os talibãs da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal combatem e sabotam a educação sexual nas escolas.

É isso que Mercadante quer no MEC? De que partido é esse senhor? Quem ganhou as eleições em 2010?

Responder

Valmir Gôngora

23 de novembro de 2012 às 09h42

Mais uma da lista de convidados do Instituto Millenium

Responder

Willian

23 de novembro de 2012 às 09h39

Sarney: sim.
Collor: sim, sim, sim!!!!!
Maluf: sim!!!
Renan Calheiros: sim.
Kassab: sim. :(

Cláudia Costin: não.

Interessante, né?

Responder

    sandro

    23 de novembro de 2012 às 12h36

    Serra não.
    FHC não.
    Blogs sujos..sim !

    bundão.

    Almerindo

    23 de novembro de 2012 às 17h39

    KKKK!!! Na cara!!! Tomou?

    Marcos C. Campos

    23 de novembro de 2012 às 19h37

    Não é questão de sim . A sua lista sim ali são políticos como VOTOS.
    Com exceção do Collor que está se redimindo ao pedir investigação e denunciar o Gurgel , o prevaricador (com provas nada de ilações), o resto podia aposentar que prá mim não vai fazer diferença.

Evaristo Solimões

23 de novembro de 2012 às 09h30

Ela é a cara da tucanagem. A Dilma não aprovaria assim como os professores que assinam o manifesto. Esse Mercadante tem cara e bigode de tucano.

Responder

roberto gimenes

23 de novembro de 2012 às 09h25

O Mercadante está sendo coerente ao convidar a claudia costin , basta ver as medidas tomadas antes e durante as greves das universidades federais , e voltando um pouco atrás , sua pusilanimidade qd disputou o governo do Estado de s.p.com o serra e seus questionamentos sobre a armação dos arapongas pela tucanalha foi meramente protocolares . É de uma subserviência flagrante , mas que revela no que ele acredita de fato .

Responder

José Ruiz

23 de novembro de 2012 às 09h16

estaria o Mercadante pavimentando uma estrada para o governo de São Paulo em 2014? Eu acho que sim.. seja como for, concordo com quem disse aí que o PT jogou a ideologia no lixo.. é uma disputa de poder..

Responder

José X.

23 de novembro de 2012 às 09h12

Mercadante enterra de vez sua carreira.

E do jeito que tá indo, a gente ainda vai ver o Serra como Ministro da Saúde da Dilma….

Responder

    José X.

    23 de novembro de 2012 às 11h38

    Aliás, esqueci de dizer: não tem ninguém ninguém nos quadros do PT pra esse cargo ? Então pode fechar esse partidinho de m…

trombeta

23 de novembro de 2012 às 09h02

Mercadante o MEC não é sua propriedade, faça as suas bobagens na sua casa.

Lamentável!

Responder

Vlad

23 de novembro de 2012 às 08h55

A governanta do tucanato???
Madame Claudia, a Terceirizadora-Mor dos larápios do bico comprido???
Cara…quando eu penso que já vi tudo, tomo uma dessas.

E depois vem o quê? o PT vai chamar o FHC para Relações Exteriores, Caiado para a Reforma Agrária, Eike para presidente do BNDES, Bolsonaro para a Secretaria de Direitos Humanos e o Cachoeira para a Controladoria da União?

E ainda me aparecem uns chapas-brancas avestruzes (com todo respeito às penosas) relativizando e pondo a culpa nos empresários, na mídia, nas igrejas, nas torcidas organizadas e nos imperialistas norte-americanos. Como se não tivessem a caneta na mão.

Responder

    Almerindo

    23 de novembro de 2012 às 17h36

    Eike não… Dantas…

    Vlad

    23 de novembro de 2012 às 21h36

    Haha…no fígado, hein?!

strupicio

23 de novembro de 2012 às 08h49

Uai..assumiram a herança maldita? que estão esperando para convocar o Delfim Neto?? ele ta por aí de boa…e é da “base de apoio”. Ele dizia pra quem quisesse ouvir antes de Lula ser eleito que ele deveria mesmo ser eleito o mais cedo possível para que fizesse logo o estrago que fatalmente faria e o povo esquecesse essa bobagem…

Responder

Mardones Ferreira

23 de novembro de 2012 às 08h43

Dilma, minha filha, mais respeito pelo povo que derrotou o Serra em 2010. A sua falta de controle com relação aos seus ministros já passou dos limites. É um Bernardo sentado sobre a ley de médios. Outra ELiana Chagas dando dinheiro ao PIG como capim crescendo em várzea. Agora o Mercadante e a assessora-desmontadora do FHC.

Tenha paciência!!!!

Responder

Francisco de paula leite

23 de novembro de 2012 às 08h37

Esperavam alguma coisa diferente do Mercadante? Paulista. Tucano com estrela do PT! Dúbio! Dizer não e fazer!!

Responder

Willian

23 de novembro de 2012 às 08h31

Como gostam de um abaixo-assinado… É claro que aqueles que são a favor da nomeação dela não vão fazer um. Mas ia ser engraçado uma guerra de abaixo-assinados.

Creio que não dará em nada o movimento, parece que a nomeação dela é irrevogável.

Responder

Horridus Bendegó

23 de novembro de 2012 às 08h09

Socorro!!!
Ela vai provatizar o MEC!!!

Responder

Marcelo

23 de novembro de 2012 às 07h57

Que vergonha! Se continuarem assim, daqui a pouco vão querer convidar aquele tranqueira do Gustavo Ioschpe para prestar alguma consultoria ao MEC…

Responder

Claudio Almeida

23 de novembro de 2012 às 07h48

O que fazia Claudia Costin antes de aceitar o cargo de Secretária ? Estava à frente da Fundação Civita, desenvolvendo projetos educacionais para serem vendidos às redes públicas de ensino. Precisa dizer mais alguma coisa ? Na SE do Rio são inúmeros projetos, todo dia e toda hora, TODOS, TOTALMENTE, FARSA. São caríssimos ( O mais caro é o da Fundação Roberto Marinho ) e a Receita Federal não vê um tostão, pois são TODOS realizados através de Fundações. ROUBALHEIRA geral com o dinheiro da educação, e a Globo também está se locupletando. Como é que eu sei ? Sou professor da rede e vejo tal sacanagem o aano inteiro.

Responder

Claudio Almeida

23 de novembro de 2012 às 07h48

O que fazia Claudia Costin antes de aceitar o cargo de Secretária ? Estava à frente da Fundação Civita, desenvolvendo projetos educacionais para serem vendidos às redes públicas de ensino. Precisa dizer mais alguma coisa ? Na SE do Rio são inúmeros projetos, todo dia e toda hora, TODOS, TOTALMENTE, FARSA. São caríssimos ( O mais caro é o da Fundação Roberto Marinho ) e a Receita Federal não vê um tostão, pois são TODOS realizados através de Fundações. ROUBALHEIRA geral com o dinheiro da educação, e a Globo também está se locupletando. Como é que eu sei ? Sou professor da rede e vejo tal sacanagem o aano inteiro.

Responder

mariazinha

23 de novembro de 2012 às 07h19

Mas será o Benedito! Acorda, D. DILMA . Esse Mercadante é traíra, só pode. Que horror! Essa turma que acompanha a presidente é uma das piores que já vi, realmente. D. Dilma não sabe escolher boas companhias; esta cercada de gente ruim e sem competência.

Responder

    strupicio

    23 de novembro de 2012 às 12h54

    não Mariazinha..não é assim…o chefe máximo é sempre e necessariamente o responsável máximo..se vc tenta eximir a presidente faz como os camponeses russos do czarismo que achavam que os sofrimentos que padeciam era só pq o paizinho Nicolau II nada sabia das perfídias de seus ministros e prepostos…não cai nessa por favor.

Dinis

23 de novembro de 2012 às 06h59

O mercadante e o zé eduardo não são de confiança, estariam melhor no PSDB!

Responder

LEANDRO

23 de novembro de 2012 às 06h21

Que arrependimento de não ter votado na Dilma, ela tá desmontando um monte de m…que o lula fez. Diminuindo o tamanho do estado, privatizando setores onde o estado já mostrou que não sabe nada como estradas, portos e aeroportos, diminuindo a carga tributária. Parabéns pelo guinada rumo a modernidade e eficiência do estado.

Responder

Jorge Aparício Catique

23 de novembro de 2012 às 06h13

Esse mercadante (com m minúsculo mesmo) é um sem noção mesmo, onde já se viu convidar uma pessoa que integrou o governo do fhc,que defendia o ensino privado, o estado mínimo na educação. Será que não temos nenhum quadro. Onde anda o PT. mercadante antes de convidar alguém para assumir um cargo consulte a base, a militância. Essa militância que sempre lutou junto ao PT para esse PAÍS avançar.
Em amazonês, mercadante tu é leso é.

Responder

    strupicio

    23 de novembro de 2012 às 15h24

    com m minusculo??????????????????? que acabas de fazer jorge aparicio???
    não percebe a radicalidade do seu gesto???? não imaginas que assim pode até mesmo tirar a terra de seu eixo e joga-la no espaço vazio??? que o pobre marcadante pode simplesmente se chocar com seu avatar do universo paralelo e irmos todos para o limbo pela eternidade???????? valha-me minha santa piriquita do bigode louro..

Gerson Carneiro

23 de novembro de 2012 às 04h57

Ai ai ai… logo o Mercadante que era crítico ferrenho das privatizações!

Responder

Marcos Roma Santa

23 de novembro de 2012 às 02h48

Mercadante enlouqueceu?

Responder

    Gerson Carneiro

    23 de novembro de 2012 às 07h01

    Quando a oposição estava no encalço do Sarney para atingir o Lula (a oposição queria derrubar o Sarney para colocar um tucano em seu lugar para jogar areia nos planos do Lula), Lula teve que chamar o Mercadante no canto e mandá-lo calar a boca. “Você não está vendo que o alvo da oposição sou eu?!”.

    Narr

    23 de novembro de 2012 às 11h24

    O PT não tem força no senado. Para o PT, a alternativa é apoiar alguém como Sarney ou Calheiros ou engolir um tucano. Aliás, a coisa lá na Câmara dos Lordes é tão complicada que o PT já perdeu eleição pra presidência do senado (Tião Viana) que tinha apoio do PSDB!

Pedro Ribeiro

23 de novembro de 2012 às 02h37

Mercadante ou MERCANTIL ?

Ser ou não ser!

Acho que é NÃO SEI.

Se liga!!!

Responder

Marcos AC Lopes

23 de novembro de 2012 às 02h19

Realmente Dilma está dando bobeira. Não dei meu voto a ela para ver o Mercadante convidando a inimiga, ligada ao PSDB privatista, para fazer parte da sua equipe. Onde Mercadante está com a cabeça? Está pensando que com esses agrados o PSDB vai atacar menos? Já não basta o MP todo loteado por Psdebistas? Também não dei meu voto a Dilma para ela colocar essa Helena Chagas, que paga a Globo, a peso de ouro, para a emissora, junto com o esgoto a céu aberto da Veja, articular um golpe, juntamente com o STF, para derrubá-la. Aqueles que votaram e esperam mudanças devem ir às ruas mostrar que estão insatisfeitos. O PT foi bem votado, nas últimas eleições, e está muito confiante e fica agora agradando essa escória.Os governantes petistas estão me decepcionando: é Wagner na Bahia, Genro no RS, Luziane em Fortaleza, Deda em Sergipe.Não estão conseguindo governar e agradar a população.Essa equipe de Dilma está um horror: Mercadante, Helena Chagas, Zé Cardoso, Bernardo, Geisi, Ideli: todos umas topeiras.

Responder

ricardo silveira

23 de novembro de 2012 às 01h51

Por que o PT faz tanta lambança?

Responder

Alunos denunciam câmeras espiãs no bandejão; USP diz que são para ‘monitorar fluxo das refeições’ « Viomundo – O que você não vê na mídia

23 de novembro de 2012 às 01h36

[…] Professores rejeitam nomeação de Cláudia Costin para o MEC […]

Responder

CUT: PL da terceirização é ataque ao trabalho decente « Viomundo – O que você não vê na mídia

23 de novembro de 2012 às 01h32

[…] Professores rejeitam nomeação de Cláudia Costin para o MEC […]

Responder

sandro

23 de novembro de 2012 às 01h26

Que vergonha!
Se liga Mercadante, não é lugar de fazer amigos e sim olhar para frente.

Responder

Elza

23 de novembro de 2012 às 01h18

Francamente, eu ñ entendo o PT, a mulher c esse currículo neoliberal…. Qual eh sr ministro Aloizio Mercadante, tah pensando em privatizar o q na Educação?

Responder

psgd

23 de novembro de 2012 às 01h15

Eu acho que o PT gosta mesmo é apanhar. Ministro Mercadante será que não chega as indicações do STF? O Senhor achou pouco o ferro aplicado aos seus companheiros de partido? Eu, como eleitor do PT, jogo a toalha. Se querem levar bolas pelas costas que levem sozinhos. O meu voto não servirá mais de trincheira para proteger traídores. Chega…

Responder

Rose PE

23 de novembro de 2012 às 00h25

O PT ultimamente só quer fazer porcaria. Está ficando enjoativo. Só quero ver nas próximas eleições , as explicações para esse tipo de nomeação.

Responder

ZePovinho

23 de novembro de 2012 às 00h14

Isso é articulação dos empresários privados da educação,que mandam no Conselho Nacional de Educação.Aqui no estado onde vivo,tem um deputado federal do PSB que cobra propina para o sujeito que deseja abrir uma faculdade particular.Se não chover dinheiro na mão dele,necas de pitibiriba:você não ganha autorização para seu estabelecimento funcionar.
Se liga,Dilma!!!!!As rataznas do ensino privado estão mandando e desmandando no Conselho Nacional de Educação e a Globo manda na Secretaria de Comunicação(SECOM),que aliás é um desastre ferroviário.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding