VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

David, ex-morador do Pinheirinho: “Eu consigo identificar o guarda civil que atirou em mim”

01 de fevereiro de 2012 às 13h55

por Conceição Lemes

David Washington Furtado,  30 anos, casado, pai de um bebê de colo, ex-morador do Pinheirinho, foi baleado nas costas pela Guarda Civil Municipal de São José dos Campos, no dia da reintegração de posse. Ele estava na área externa ao acampamento, se dirigindo a um posto da Prefeitura para se cadastrar, quando foi alvejado.

Na última segunda-feira, ele foi ouvido no leito do Hospital Municipal de São José dos Campos  por uma comissão integrada por:  Adriano Diogo (deputado estadual do PT e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de São Paulo), Carlinhos Almeida (deputado federal PT-SP),  Ivan Seixas (presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana,  Condepe-SP),  Antonio Donizete (advogado dos moradores do Pinheirinho) e Renato Simões (conselheiro do Condepe e ex-deputado estadual pelo PT).  Laura, esposa de David, acompanhou tudo.

Renato Simões gravou este depoimento com David. Ouça-o:

entrevista-pinheirinho

Leia também:

“Parecendo um porco para abater amanhã”

 

36 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Ativista faz greve de fome na porta da Globo, JN fugiu para Cuba.Rede Brasil Atual. « PSOL Osasco

07/02/2012 - 19h23

[…] o blog Viomundo fez entrevista com a vítima baleada pela Guarda Municipal durante a ação policial…. O ocorrência não é negada nem pela Polícia Militar de São Paulo. No entanto a velha mídia, […]

Responder

Ativista faz greve de fome na porta da Globo, JN fugiu para Cuba.Rede Brasil Atual. « Psol Osasco Núcleo Solidariedade Socialista's

07/02/2012 - 19h20

[…] o blog Viomundo fez entrevista com a vítima baleada pela Guarda Municipal durante a ação policial…. O ocorrência não é negada nem pela Polícia Militar de São Paulo. No entanto a velha mídia, […]

Responder

Ativista faz greve de fome na porta da Globo, JN fugiu para Cuba.Rede Brasil Atual. « Liberdade de Expressão e Comunicação

07/02/2012 - 19h18

[…] o blog Viomundo fez entrevista com a vítima baleada pela Guarda Municipal durante a ação policial…. O ocorrência não é negada nem pela Polícia Militar de São Paulo. No entanto a velha mídia, […]

Responder

Ativista faz greve de fome na porta da Globo, JN fugiu para Cuba.Rede Brasil Atual. « Instituto Zequinha Barreto

07/02/2012 - 19h13

[…] o blog Viomundo fez entrevista com a vítima baleada pela Guarda Municipal durante a ação policial…. O ocorrência não é negada nem pela Polícia Militar de São Paulo. No entanto a velha mídia, […]

Responder

Ativista faz greve de fome na porta da Globo, JN fugiu para Cuba.Rede Brasil Atual. « PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE

07/02/2012 - 19h11

[…] o blog Viomundo fez entrevista com a vítima baleada pela Guarda Municipal durante a ação policial…. O ocorrência não é negada nem pela Polícia Militar de São Paulo. No entanto a velha mídia, […]

Responder

Abolicionista

03/02/2012 - 19h55

Se um PM fizesse isso com alguém da minha família, eu juro que saía para a rua e atirava na cabeça do primeiro PM que aparecesse na minha frente. Essa corporação suja o nome de minha pátria! Esses crimes contra o povo têm que ser pagos com o sangue desses desgraçados!

Responder

Com greve de fome na porta da Globo, JN fugiu para Cuba. | Viva Marabá Carajás Brasil

03/02/2012 - 00h36

[…] médica e garantia de matrícula escolar para crianças? Só blog entrevista vítima baleada Só o blog Viomundo fez entrevista com a vítima baleada pela Guarda Municipal durante a ação policial…. O ocorrência não é negada nem pela Polícia Militar de São Paulo. No entanto a velha mídia, […]

Responder

Cleverton_Silva

02/02/2012 - 11h01

Enquanto isso, nas assessorias de comunicação das otoridades paulistas: "É a Gestapo paulista trabalhando pra você da massa cheirosa, que não é gente diferenciada!"

Responder

Luciano Prado

02/02/2012 - 10h47

Policiais e Guardas Municipais invadiram Pinheirinho sem identificação nos uniformes.

O fizeram para que não pudessem ser identificados pelos abusos e arbitrariedades.

Tanto o Estado de São Paulo, a Prefeitura de São José dos Campos e a Justiça sabiam disso e nada fizeram.

Responder

Yarus

02/02/2012 - 08h37

"Mataram os cães das crianças diante delas e foram elogiados"

Eduardo Guimarães diretamente de Pinheirinhos
http://www.blogcidadania.com.br/2012/02/mataram-o

Quando a gente pensa que já conhece todo o horror, surgem mais detalhes escabrosos.

Responder

Gerson Carneiro

02/02/2012 - 07h28

Apagando provas dos crimes.

"Incêndio de grandes proporções atinge área do acampamento Pinheirinho

Estrada velha foi interditada no sentido Jacareí. Bombeiros tiveram dificuldade em controlar as chamas, que se espalharam rapidamente por uma área de 1.000 metros quadrados por causa da grande quantidade de material de fácil combustão

Um incêndio de grandes proporções na área em que existia o acampamento sem-teto do Pinheirinho se espalhou por pelo menos 1.000 metros quadrados, atingindo várias árvores.

Ninguém ficou ferido. A causa do incêndio ainda é desconhecida. Para prevenir acidentes com a possível queda das árvores queimadas, o trânsito ficou interrompido na Estrada Velha Rio-SP no sentido Jacareí-São José.
As duas pistas da Estrada do Imperador também foram fechadas ao tráfego por pelo menos uma hora.

As chamas puderam ser vistas de várias regiões da cidade. Viaturas da Polícia Militar e agentes de trânsito também foram chamados para monitorar os arredores do Pinheirinho, que ficaram repletos de curiosos.
até às 20h30 desta quarta-feira, ainda haviam focos do incêndio no terreno.

O principal foco das chamas se concentrou onde havia um depósito de produtos reciclados. O fogo se alastrou rapidamente e chegou às árvores que existem no local.

Três caminhões do Corpo de Bombeiros foram acionados e os homens tiveram dificuldades de apagar o fogo, que começou por volta das 17h30. Os Bombeiros informaram que foi um trabalho difícil por conta da grande quantidade de entulho, madeira e restos de móveis –material de fácil combustão.

Ainda não se sabe como o fogo teria começado."

<img src=http://www.ovale.com.br/polopoly_fs/1.214242.1328130210!/image/2213818466.jpg_gen/derivatives/fixed_668_410/2213818466.jpg>

Fonte: http://www.ovale.com.br/incendio-de-grandes-propo

Esse incêndio deve ter sido provocado pelos mesmos que tacam fogo em favela. Têm Know-how.

Responder

Gerson Carneiro

02/02/2012 - 07h08

E o tal "Augusto" não apareceu para dizer que esse post é blefe.

A verdade aparece e os ratos somem.

Responder

Yarus

02/02/2012 - 06h46

DIVULGUE:

“Greve de fome em frente à TV Globo completa 48 horas e segue adiante por vítimas do Pinheirinho
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embed

O jornalista Pedro Rios Leão está em greve de fome, acampado em frente a sede da Rede Globo, no bairro do Jardim Botânico no Rio de Janeiro. Seu protesto é contra o pacto de silêncio entre a mídia e o governo(SP) quando o governo e os empresários agem juntos e ilegalmente em interesse próprio e contra a população, seja utilizando o judiciário ou polícia militar. Ele esteve em São José dos Campos em São Paulo e acompanhou o processo de desocupação do bairro do Pinheirinho. Pedro, que além de documentar os fatos, foi testemunha da barabárie, seu protesto é trazer a barbárie para perto de todos os brasileiros. Este é o seu depoimento.”

Responder

Neuza

02/02/2012 - 00h08

Há um vídeo no You Tube onde aos 4m11s a esposa de David dá uma entrevista sobre o que ocorreu com seu marido David. A entrevista foi dada no dia do massacre,ao que parece: http://www.youtube.com/watch?v=NBjjtc9BXXY
Nesse outro vídeo a mãe de David dá o seu depoimento,aos 2min e 4seg: http://www.youtube.com/watch?v=_ANqPpWsYBY
Em ambos vídeos há várias referências a espancamentos,ferimentos e desaparecimentos.

Responder

Queiroz

01/02/2012 - 20h39

Azenha,
A Record fara uma reportagem sobre David que foi baleado em Pinheirinho?

Responder

    Ricardo

    02/02/2012 - 10h23

    Boa pergunta, Queiroz.

Zé Carlos

01/02/2012 - 20h10

Não é possível que não aconteça NADA com os responsáveis por essa tragédia. Malditos sejam. Não bastava fazer inocentes perderem toda a fé em tudo ainda precisava isso ?

Não falo SÓ DESSE GUARDA mas dos que fizeram isso acontecer.

Eram SETE MIL PESSOAS e não me venham com essa história de que TODOS ERAM marginais e traficantes. Se UM inocente – havia bem mais ,óbvio- foi INJUSTIÇADO , O CRIME FOI COMETIDO.

MALDITOS SEJAM. Quero ver se a denúncia do governo federal vai implicar em punição a quem INTERESSA. OS PODEROSOS QUE MOVERAM TUDO ISSO.

Vamos lá DILMA. Vamos. Se emocione mulher. Lembre-se das crianças que ali viviam ao menos.

ELES TEM QUE PAGAR POR ISSO.

MALDITOS.

Ouçam o depoimento desse aí. É TRAFICANTE? É MARGINAL ?

MALDITOS que semeiam o ÓDIO. MALDITOS SEJAM.

É PRECISO DE UMA VEZ POR TODAS : PINHEIRINHO NUNCA MAIS.

Chega de polícia para inocentes. Polícia é para outra finalidade, nunca para isso aí.

Eu jamais vou me esquecer dessa história. E vou lembrar até quando eu viver onde quer que eu possa comentar. A não ser que ALGUÉM seja realmente responsabilizado por essa tragádia na vida de tatos inocentes.

PAÏS MALDITO. Até que alguém seja punida é sim, um PAÏS MALDITO.

Responder

    Fabio_Passos

    01/02/2012 - 21h55

    Vamos dar nome aos malditos.

    É preciso punir os carniceiros fascistas que mandaram a polícia atacar trabalhadores pobres para roubar e dar ao naji nahas:

    – governador geraldo alkmin
    – juíza marcia loureiro
    – prefeito eduardo cury

    Estes facínoras não podem ficar impunes.

Márcio

01/02/2012 - 19h51

Gostaria de chamar a atencao para um documentário autônomo feito em Pinheirinho, onde o David é citado várias vezes: http://www.youtube.com/watch?v=Tj_zHrx7jcU&fe

Responder

zezinho

01/02/2012 - 19h35

É realmente um absurdo o relatado. Mas o mais absurdo mesmo é querer pendurar no estado de SP/PSDB a pecha de tirano e autoritário. Porque não se abre um pio em relação ao estudante de pernambuco e à cozinheira da Bahia que perderam um olho em enfrentamento com a polícia?
<img src="http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/files/2012/02/estudante-cego.jpg&quot; alt="Pernambuco"/>
<img src="http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/files/2012/02/cozinheira-cega.jpg&quot; alt="Bahia"/>
Claro, não é de interesse dos manipuladores de opinião…

Responder

    Neuza

    02/02/2012 - 00h38

    ZEzinho
    É preciso denunciar todas as violências e abusos. E procurar os responsáveis por esses crimes para que sejam processados.
    No caso de Pinheirinho o que chocou toda a opinião pública foi o fato de que moradia é um direito garantido na Constituição Federal, é uma necessidade básica e fundamental de todo ser humano.
    Como um órgão público, uma prefeitura ou um Estado pode violentamente expulsar 6000 pessoas de suas casas, sem qualquer planejamento de como elas passariam a viver? Foi coisa de ensandecidos perversos.

    Abolicionista

    02/02/2012 - 06h16

    É isso mesmo, Zezinho, a polícia é fascista no Brasil inteiro. A maioria da população, inclusive, apoia essa barbárie. E a Dilma vai lá, dá um abraço no Alckmin, elogia o Governador, e fica tudo em casa. Quem se diverte é o Naji Nahas, que nunca teve empresa, nunca comprou a terra e faturou milhões na jogada! Vou pesquisar sobre o estudante de Pernambuco, mas tenha certeza de que nem o PT, nem o PSDB, nem qualquer outro partido farão nada.

    Gerson Carneiro

    02/02/2012 - 07h06

    Você viu isso na Globo, na Veja? Aonde você viu isso?

    E por que você tenta desviar o assunto, por que você não fala de Pinheirinho?
    Isso é tentativa de manipular opinião.

    zezinho

    02/02/2012 - 13h49

    Essa retórica não funciona comigo.

    Por acaso deixa de ser verdadeira a notícia porque ela foi veiculada na VEJA? Vc pode lê-la
    aqui: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia
    se quiser.

    Não estou desviando do assunto, o assunto é o mesmo: a truculência da Polícia. De toda polícia e não somente da militar como já tentaram isolar aqui. Afinal foi a Guarda Civil que almejou a vítima.

    E falando em Pinheirinho, vc leu no Correio Braziliense o que o PT tem feito com pobres miseráveis que invadem áreas da União? Vc pode ler tb aqui:http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2012/02/01/interna_cidadesdf,288513/df-derruba-mais-de-1-1-mil-construcoes-irregulares-em-apenas-um-mes.shtml

    O que se quer aqui é em pleno ano eleitoral tentar denegrir de todas as formas SP e PSDB.

    O que muitos de vcs não percebem é que são atitudes de gente como o Marrom do Pinheirinho que devem ser combatidas. Aonde já se viu usar essa gente sofrida como massa de manobra? Os fins não justificam os meios.

    Gerson Carneiro

    02/02/2012 - 17h57

    O post é sobre um determinado fato. Sobre uma verdade. E você vem aqui tentando desqualificar o post! Oras, você me recomenda ler o Correio Braziliense. Existe alguma matéria denunciando a truculência do PSDB no Pinheirinho, no Correio Braziliense? E você vem insinuar que esse blog é manipulador de opinião?

    Ninguém precisa denegrir o PSDB, o PSDB faz isso sozinho. Está aí a briguinha vagabunda entre FHC e Serra (além da eterna briga de comandres entre Serra e Aécio) para comprovar. E o Aluysio Nunes tentando jogar a barbárie do Pinheirinho no colo do PT.

    Você quer o quê, abafar o autoritarismo do PSDB, a truculência como trata os que protestam contra as loucuras do PSDB? O PIG já faz isso. E vem você querer impor isso aqui. Oras, continue lendo o Correio Brasiliense e seja feliz. Ou, continue lendo os "blogues sujos" (*denominação dada pelo Serra) e suporte a voz da dissidência.

    * O Serra sim, do PSDB, que sempre tentou denegrir blogues como este aqui.

    zezinho

    03/02/2012 - 07h49

    Em primeiro lugar em nenhum momento disse que a matéria era mentirosa. Leia:

    "É realmente um absurdo o relatado".

    Não estou desqualificando a matéria e concordo que seja um absurdo o abuso de força e poder da POLÍCIA.

    Não recomendo que vc leia o Correio Braziliense, eu apenas indiquei uma matéria em um jornal que relata que a atuação do PT não difere da do PSDB. Engraçado que vc não se indignou a respeito do site vermelho.org.br que veicula notícia sobre o estudante pernambucano que perdeu a visão. Só vale se indignar por notícias veiculadas em sites da "ultra-direita"? Se vc somente lê notícias de um lado não pode formar uma opinião a respeito do tema, o exercício de ouvir os dois lados é imprescindível mesmo quando a do outro lado o revolte. Faz parte da democracia e da liberdade de expressão. O assunto é o mesmo, trata da atuação da polícia em casos de invasão e da violência policial.

    O blog, assim como outros blogs "reacionários", republica notícias que são favoráveis à sua linha de pensamento. Este blog, apesar de algumas vezes bater muito numa tecla só ( repetindo a notícia), oferece um espaço muito democrático na área de comentários aonde o CONTRA-PONTO pode ser externado. Não estou fazendo nada mais do que exercer esse direito que o blog me deu, estou mostrando um contra-ponto.

    Ora, se ninguém precisa denegrir o PSDB ou quem quer que seja do partido porque segundo vcs dizem: já eram!, estão mortos politicamente!, então por que tanta matéria tentando de qualquer forma transformar o partido em um monstro quando na verdade os outros fazem o mesmo? As notícias que eu indique refletem exatamente isso, o que ocorre no teu quintal não difere muito do que ocorre no quintal do vizinho.

    O Aloysio Nunes não está tentando jogar a barbárie do Pinheirinho no colo do PT. Ele está se defendendo da acusação de que a barbárie do Pinheirinho é culpa do PSDB. Que é quem responde politicamente e é responsável pela PM do estado de SP. Polícia essa que estava cumprindo uma ORDEM JUDICIAL e não uma ordem do PSDB.

    Eu não abafei nada, só mostrei que sob o PT isso tb acontece.

    Gerson Carneiro

    03/02/2012 - 11h27

    "O Aloysio Nunes não está tentando jogar a barbárie do Pinheirinho no colo do PT. Ele está se defendendo da acusação de que a barbárie do Pinheirinho é culpa do PSDB. Que é quem responde politicamente e é responsável pela PM do estado de SP." – Zezinho

    KKKKKKKKKKKKKKKK

    Rapaz, tome um banho gelado, durma e quando você estiver bom a gente conversa.
    Abs.

    zezinho

    03/02/2012 - 13h18

    Excelente argumento!

    Impressionante sua capacidade de contra argumentar.

Alberto

01/02/2012 - 18h45

Sem mais palavras alémd e dizer que é preciso cuidar da vida do David

Responder

Leo V

01/02/2012 - 18h43

Se ele estava andando pra ser cadastrado e foi tratado deste jeito, muito provavelmente há realmente mortos.

Responder

liz maria

01/02/2012 - 16h59

…Azenha e equipe por favor vê se conseguem levar esse herói da vida para um hospital particular que venha ter uma tratamento digno e humano pois se cair na rede municipal e estadual vão ferrar mais com ele com certeza, torço para que ele consiga ficar bom dê noticias sempre dele para nos que estamos sempre ligados no seu blog, ele merece, desde que aconteceu esse caso em Pinheirinho, na favela do Moinho e na cracolândia tenho chorado, pois não tenho condições monetária de ajudar essa gente tão sofrida que merece todo respeito por serem cidadães honrados e trabalhadores isso mexeu muito comigo. Liz

Responder

jandui

01/02/2012 - 16h51

Enquanto isso no palácio dos bandeirantes um guarda diz para Alckmin:

– calma governador, eu tenho como identificar os caras em quem atirei.

Responder

    Morvan

    01/02/2012 - 20h53

    Boa noite.

    Ou, em outras palavras: os mortos não falam.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

Julio Silveira

01/02/2012 - 15h24

A questão é o critério. Qual o critério exigido para se ingressar nas corporações militares do País e para não sermos injustos, no mundo? para mim, a primeira, a insensibilidade. Os individuos que lá adentra com um pouco de humanidade são despidos dela, se não for por bem será por mal, ou não se estabelece. O individuo que está lá, não está para ser civilizado, humano, está para receber ordem, para morder ao primeiro comando, destruir se necessário, são treinados para isso. As vezes o controle é perdido e a hidrofobia aflora sem ordenamento, naturalmente, de tanto que está impregnada no sangue. Com certeza o David, assim como outras vitimas, não só do pinheirinho, como de tantas outras ações de violencia gratuita e até desonrosa para a cidadania, são a consequencia da necessidade de uma Aristocracia que pouco fez pela civilidade e humanização da sociedade fora dos lugares comuns, politicamente corretos, copiados de culturas impregnadas de selvageria e ausencia de direitos humanos com verniz de exportadores culturais. Essa aristocracia, detentora dos privilégios entre os cidadãos, precisa de armas e dentes, cada vez mais, para protegerem-se das injustiças seculares que emprestaram a nossa sociedade. O mais tragico disso tudo é que usam cidadãos como o próprio David, nas hierarquias mais baixas das instituições para manterem- se no topo fazendo o serviço sujo.

Responder

    Antonio

    02/02/2012 - 16h29

    Então eles são psicopatas ou sociopatas. Não é a polícia que precisamos.

Fernando

01/02/2012 - 14h40

"Isso não ocorreu, é tudo ilusão, a polícia paulista é maravilhosa, faz um trabalho de primeiro mundo, é tudo armação do PT e desses baderneiros e drogados de plantão a serviço da esquerda marxista."
Antes que os demotucanos venham ladrar contra esse pobre trabalhador, eu me adiantei e já escrevi o que eles sempre dizem quando a mer.. tá feita e não existe mais nenhuma desculpa para defender tais atrocidades, portanto nos poupem dessas asneiras e vamos nos concentrar no que interessa, os Direitos Humanos que foram , ou melhor estão sendo, negligenciados pelo poder público.

Responder

Deixe uma resposta