VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Ao vivo, ato contra Marconi Perillo


13/04/2012 - 17h17

a pedido de Jairo Falcucci Beraldo, via e-mail


Streaming Live by Ustream

Leia também:

Charles Carmo: Por que Ministério da Justiça, OAB e ABI silenciam?

O estranho sumiço de CartaCapital em Goiânia e Anápolis





45 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

jOSÉ DO cARMO

15 de abril de 2012 às 22h00

iSTO O PIG NÃO MOSTRA. é VERDADEIRO, NÃO INTERESSA AOS PATRÕES DA GRNDE IMPRENSA.

Responder

Marcio H Silva

15 de abril de 2012 às 17h31

Gilmar Mendes volta a pedir pressa no julgamento do mensalão, mas não será atendido..
Carlos Newton – tribuna da imprensa – RJ

Com impressionante frequência, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, tem defendido que o julgamento do mensalão aconteça ainda neste semestre. Para quem entende mensagens cifradas, isso significa que no STF o processo está sendo mesmo conduzido para um atraso cada vez maior, de forma a propiciar a prescrição dos crimes.

Segundo o ministro, as aposentadorias de Cezar Peluso e Carlos Ayres Britto, no semestre que vem, podem atrapalhar o caso e admitiu que não analisar o tema ainda neste ano pode ser ruim para a imagem da Justiça.

Mendes ressalta, no entanto, que os ministros precisariam limpar a pauta ou suspender as votações de outros assuntos polêmicos. “Este é um assunto complexo, com muitos envolvidos, por isso temos que ter a disposição e organizar algo especial”, afirmou.

Em sua opinião, esse excesso de assuntos importantes pode levar a erros, como o que aconteceu com a decisão que determinou a instalação de comissões mistas para a análise de medidas provisórias. O episódio gerou uma polêmica e repercutiu negativamente no Congresso.

“O que vocês falaram de pane, que pode ter sido uma pane efetiva nossa na questão das medidas provisórias. Quem está submetido a julgamentos dessa relevância pode acabar incorrendo nesse tipo de coisa”, diz ele.

O ministro admite ainda uma pressão enorme dos dois lados no caso do mensalão: aqueles que querem o julgamento rápido e os que não querem. Segundo ele, uma novidade sobre o assunto deve acontecer nos próximos dias. O que será? Boa coisa não é…

###
LEWANDOWSKI SE ESTRESSA

O mensalão causa estresse entre ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), informa a coluna “Mônica Bergamo”, publicada na Folha. Motivo: Luiz Fux sugeriu a Gilmar Mendes e Carlos Ayres Britto que realizassem sessão administrativa para discutir o andamento do caso. Mendes disse que primeiro Ricardo Lewandowski, que revisa o processo, precisaria liberar o relatório.

Lewandowski não gostou. Disse que, se Mendes se metesse em assuntos de seu gabinete, também se meteria em assuntos dele. Mendes respondeu afirmando que até agradeceria, se isso o ajudasse. Mendes disse ainda que continuará falando sobre o mensalão, sim, sempre que entender que isso é necessário.

###
AYRES BRITO QUER PRESSA

O novo presidente do Supremo, Ayres Brito, promete julgar antes do primeiro semestre, vejam só, para não atrapalhar a campanha eleitoral. Ou seja, submete a Justiça a circunstâncias externas.

Pode prometer à vontade, mas a questão só entra em pauta quando o relator (Joaquim Barbosa) e o revisor (Lewandowski) quiserem. Na verdade, até as paredes do Supremo sabem que o caso do mensalão será empurrado com a barriga rumo à prescrição, que inclusive já começou. As penas mais leves estão prescritas, os réus cada vez mais tranquilos, conscientes da impunidade.

A desmoralização da Justiça vai aumentar, é claro. Mas quem se importa com isso?

Fonte: http://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=35612

Responder

Jairo_Beraldo

14 de abril de 2012 às 23h27

Realeza M.Perigo foi esperto…colocou o Corpo de Bombeiros à simular atuações na praça Civica no dia do manifesto…ele é esperto…mas seu rabo uma hora fica de fora =NÃO HÁ BEM QUE SEJA ETERNO E NEM HÁ MAL QUE PERDURE!

Responder

Antoniel

14 de abril de 2012 às 20h19

a manifestação foi um sucesso! milhares de pessoas pararam o centro da cidade pra dizer Fora aos atos de coronelismo do bixeiro Marconi Perilo

Responder

    Ronald

    14 de abril de 2012 às 21h09

    Milhares? Saiu em outro vídeo então, não é mesmo?

    luiz pinheiro

    14 de abril de 2012 às 22h14

    Sabe de quem era a casa no Rio Grande do Norte onde a PF prendeu o Cachoeira? Do Marconi Perilo. Alguém vê a mídia destacando isso? Perilo tinha linha direta com Cachoeira, atraves da sua ex-chefe de gabinete. O governo de Goiás está repleto de criminosos da organização do Cachoeira- secretários estaduais, delegados de polícia, diretor do DNER (o que significa controle sobre tráfico rodoviário de mercadorias), o escambau, todos indicados pelo Cachoeira. Já o Agnelo é linchado pela mídia por conversas entre terceiros, capangas do Cachoeira, com citações cifradas, duvidosas, gravadas pela PF. E por ter estado, quando diretor da Anvisa, em encontro público com um grupo de empresário de setor farmaceuitico de Goiás, entre os quais o Cachoeira.

zezinho

14 de abril de 2012 às 18h24

Nao vai ter ato contro o Agnelo?

Responder

Hélio Pereira

14 de abril de 2012 às 17h11

Marconi Bicheiro,devolve meu dinheiro,
Marconi Bicheiro,devolve meu dinheiro,
Marconi….
Estou com este pessoal no pensamento,parábens a todos que ai estão.

Responder

renato

14 de abril de 2012 às 16h47

Não vi ninguem falar sobre o ato aí em cima.
Vou falar, não vou falar.
Vou falar, este é o começo ou é o final do ato.
Não vi o durante, onde está. Para eu ver o todo.
Obrigado. e Parabéns.

Responder

FrancoAtirador

14 de abril de 2012 às 14h44

.
.
A pedido do Senador Demóstenes Torres e do Governador Marconi Perillo (PSDB-GO)

O Presidente da FIFA, Joseph Blatter, autorizou a realização de um jogo de futebol,

entre 2 clubes do campeonato italiano, no Estádio Estadual Serra Dourada, em Goiânia.

A partida será o clássico CATANIA x PALERMO, chamado na Itália por "DERBY DI SICILIA".

O empresário do ramo de jogos Carlos Augusto Cachoeira Ramos está tão vibrante

que antecipadamente já atribuiu ao evento o epíteto de "O JOGO DO MILLENIUM".

O jogo será transmitido on line, via internet, pelo site brasilbingos, do empresário.
.
.

Responder

    Leider_Lincoln

    14 de abril de 2012 às 18h29

    O Clássico N'dungretta x Cosa nostra?

    FrancoAtirador

    15 de abril de 2012 às 12h45

    .
    .
    Civita, Rinaldi, Policarpi, Euripide, Carlino Cascata, Demostene, Perillo,

    tutti i giocatori della squadra Cosa Nostra, tutti buona gente,

    è come una famiglia: tutti si vogliono bene, tutti si danno forza!
    .
    .

    Benito

    15 de abril de 2012 às 15h57

    Questa è la pura verità nuda e cruda.

Jairo_Beraldo

14 de abril de 2012 às 14h34

Não poderia deixar de parabenizar ao JORNAL DO MEIO DIA,da TV SERRA DOURADA (SBT) em ter mostrado em seu programa de hoje a manifestação. São parciais, mas são daqueles que ainda prezam pela ética. Agora, o pronunciamento via assessoria de imprensa da realeza M.Perigo, foi de doer!!! Acho que eles deveriam pegar a realeza e dar uma volta no estado, ou seja, fazer como o tucano Mario Covas dizia, sentir o cheiro do povo! Ele não o faz, e não faz por saber a reação do povo goiano!

Responder

Pafúncio Brasileiro

14 de abril de 2012 às 13h05

Azenha,
Este Marconi Perillo está envergonhando o povo goiano. Com este sujeito na chefia do poder estadual, o estado fica ridicularizado no cenário nacional.

Responder

    Jairo_Beraldo

    14 de abril de 2012 às 14h28

    Mas em suas propagandas nos faz imaginar estarmos na SUIÇA!

    Marcio H Silva

    15 de abril de 2012 às 12h39

    O povo sabe separar o joio do trigo.
    Este pensamento só reforça a idéia de que todos os estados deveriam se envergonhar, porque nenhum deles prestam.
    lembre-se que tem pessoas boas também, em todos os estados deste país…..

FrancoAtirador

14 de abril de 2012 às 12h36

.
.
Entrevista: Deputado Federal CARLOS ALBERTO LERÉIA (PSDB-GO)
.
.
Deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), que diz que continuará amigo de Cachoeira

Amigo de Carlos Cachoeira há 25 anos, o deputado federal Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) disse que tinha conhecimento do envolvimento do empresário com contravenção.

"Se eu falar para você que não tinha conhecimento de que ele mexia com jogo seria hipócrita", disse.

Leréia é um dos três deputados que serão investigados por envolvimento com o empresário, o que pode levar à cassação. A aliados, admite a possibilidade de renunciar.

Cachoeira, apelido de Carlos Augusto Ramos, é apontado pela PF como líder de um esquema de corrupção baseado em seu grupo, cuja atividade primária é o jogo ilegal -que é uma contravenção penal, que difere de crime por ter penas mais leves em caso de condenação.

Trechos de diálogos gravados pela PF mostram que Leréia cobrou de Wladimir Garcez, um dos principais operadores de Cachoeira, depósito de dinheiro em uma conta.

O senhor tinha conhecimento do envolvimento de Cachoeira com contravenção ou foi surpreendido?
Leréia (PSDB-GO): Ah, se eu falar para você que não tinha conhecimento de que ele mexia com jogo é hipócrita, eu não posso nem falar. Ele mexia com jogo. Agora, como é o meandro desse jogo aí não sei te falar.
Eu nunca joguei em cassino. Eu gosto é de baralho. O Fernando Henrique gosta [de baralho, no caso, pôquer], o Ronaldinho. Nunca joguei bingo, jogo do bicho, agora baralho eu gosto.

O fato de o senhor ser um homem público e saber que ele tinha negócios ilegais não era motivo para romper a relação?
Leréia (PSDB-GO): De maneira nenhuma, pelo contrário. Mesmo quando ele sair da cadeia eu continuarei amigo dele. Tenho pessoas da minha família que já erraram, não deixaram de ser parentes meus. Amigo que já errou não deixa de ser amigo.

De onde vinha o dinheiro do Cachoeira?
Leréia (PSDB-GO): Esse negócio de dizer que o Carlinhos só mexeu com dinheiro ilegal, isso é uma grande aberração. Pode até ter uma parte ai, mas tinha também muito dinheiro legal -e dinheiro grande.

Não era do jogo que vinha a maior parte do dinheiro?
Leréia (PSDB-GO): Tem esses contratos com empreiteiras. Tem que fazer um levantamento.

Cachoeira tinha máquinas caça-níquel…
Leréia (PSDB-GO): Essas maquininhas no Brasil são para roubar mesmo. Agora, se tiver o controle do governo, bota o chip da Receita, ai a aposta é aleatória.

Defende que ele seja solto?
Leréia (PSDB-GO): A vida dele foi grampeada nos últimos anos, tá tudo lá. Eles [PF] já sabem quem é quem. Não prejudicaria nada soltá-lo. É uma pessoa boa. Não tem envolvimento com tráfico de droga, com assassinato, essa parte não tem. O que tem aí é contravenção.

O senhor tem um avião em sociedade com Cachoeira?
Leréia (PSDB-GO): Eu tenho uma parte de um avião pequeno que era em sociedade com o irmão dele. Não é jato, não. Se fosse jato eu não daria conta, aí você poderia saber que era rolo.

Acha que o governo tem que se preocupar com essa CPI?
Leréia (PSDB-GO): Eu não vou dizer quem fez coisa errada. A investigação já sabe quem é quem. E vai ter desdobramento.

O senhor sabia da relação do senador Demóstenes Torres (ex-DEM) com Cachoeira?
Leréia (PSDB-GO): Eu sabia que ele e o Demóstenes tinham amizade, mas não sabia que tinha algum tipo de negócio. O Carlinhos adora política. Por isso ele conseguiu fazer tantas relações com tantas pessoas.

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/lereia-e

Responder

    Jairo_Beraldo

    14 de abril de 2012 às 23h28

    ESTE lereia GOSTA DE USAR DA VIOLENCIA contra as pessoas….ele se acha macho…COM SEGURANÇAS A TIRA COLO!

Vlad

13 de abril de 2012 às 20h46

Mas isso é uma afronta contra o pai do Bolsa Família!!!

Levem o Sarney e o Calheiros junto no protesto.

Bandido protestando contra bandido…êta País-Piada.

º,..,º

Responder

    Marcio H Silva

    14 de abril de 2012 às 00h43

    estás na folha do perillo?

    Vlad

    14 de abril de 2012 às 14h47

    Não.
    Estás na folha corrida do Dirceu?

    Leider_Lincoln

    14 de abril de 2012 às 18h28

    Que folha corrida? A montada pela Veja/Demóstenes e Cachoeira? Cara, acabou, a farsa do mensalão foi desmascarada!

    dukrai

    14 de abril de 2012 às 22h44

    a tucanada diz que a ideia foi do FgagaC, o Cristóvam Buarque criou a bolsa-escola em Brasília e o Marconi Perigo deve ter roubado a ideia, mas quem implementou uma política social extensiva, ousada pra quem sempre desprezou pobre, foi o Lulinha, que botou pra girar a roda do consumo nas rocinha lá no caixa prego, criando emprego local, gerando renda e arrecadando imposto local, num círculo virtuoso que ninguém previa e provado por estudo do IPEA ou sei lá de quem.

    Antônio Cândido

    15 de abril de 2012 às 11h59

    Apesar de ser conservador, sempre leio os comentários desse grande intelectual, que iluminam o nosso caminho.

    Marcio H Silva

    15 de abril de 2012 às 12h36

    Eles nunca vão admitir que o Mensalão foi fabricado. Odeiam Governo que trata e ajuda o povão. São cãezinhos amestrados pela mídia, e seus pensamentos talvez mudem quando as provas de uma CPI vier a conhecimento público. Bob jefferson já afirmou, em juízo, que o mensalão é caixa dois de campanha, que todos os partidos praticam, mas eles jamais ouvirão, porque não interessa, o ódio pela esquerda é mais forte……eles gostam é de se abaixar para interesses do exterior……

    Jorge Nunes

    15 de abril de 2012 às 08h00

    Defender Marconi Perilo é meio esquisito. Por muito menos querem a cabeça do governador do Rio de Janeiro.

    Quer dizer que para você envolvimento com crime organizado é válido?
    Qual o seu limite?

    Marcio H Silva

    15 de abril de 2012 às 12h32

    Por muito menos não. São iguais e Cabral está apavorado com esta CPI, porque está chafurdado até a alma com a Delta aqui no RJ. Não sei qual é pior, pois os dois compactuam com o crime organizado em seus estados….
    texto do Blog do garotinho, que não é nenhum santo, mas é um dos poucos que mostra as mazelas deste governo no RJ: http://www.blogdogarotinho.com.br/lartigo.aspx?id… ( Cabral em pânico queria impedir a CPI do Cachoeira).

    Marcio H Silva

    15 de abril de 2012 às 17h24

    Pra quem acha que o governo do RJ não tem culpa no cartório:
    Luis Nassif

    Na condição de réu, o senador Demóstenes Torres teve acesso às peças do inquérito Monte Carlo.

    Agora, está selecionando informações para, em conluio com jornalistas do esquema Cachoeira, jogar o foco das investigações na Construtora Delta.
    Sabendo-se das ligações de Cachoeira com a Delta, é até risível matéria informando sobre as tratativas do bicheiro para conseguir acesso a altos executivos da empresa – como se fosse uma figura menor aproximando-se da toda poderosa Delta.

    A lógica da estratégia Cachoeira-Demóstenes-aliados é simples. A Delta é parte do universo a ser investigado; Cachoeira é o todo. Focando na Delta, tenta-se tirar do foco o chefe da quadrilha, Cachoeira, seu principal lugar-tenente, Demóstenes, assim como as ligações midiáticas da estrutura criminosa.

    De quebra, desestimulam-se peemedebistas – já que a Delta tem relações com o governador Sérgio Cabral Filho – e petistas – relações com o governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz.

    Nos próximos dias, haverá um aumento da chantagem de alguns veículos sobre políticos. É um jogo intimidatório pesado. Parlamentares escolhidos para a CPI serão alvo de represálias do esquema criminoso. Haverá também a estratégia de misturar factóides com fatos objetivos, visando embolar o entendimento da opinião pública.

    A CPI de Cachoeira mostrará se o país poderá aspirar a um lugar no mundo moderno, se dispõe de instituições capazes de enfrentar toda sorte de poderes – do Executivo, Judiciário, Legislativo ao até agora intocado poder midiático.

    Se se quiser, de fato, passar o país a limpo, o Congresso terá que pagar para ver, assim como parece estar sendo a posição do Executivo.

    Seria medida de prudência jornais e jornalistas se darem conta de que rompeu-se a muralha do silêncio e do medo. Veículos e jornalistas que entrarem no esquema correrão o risco de serem indiciados pela Justiça.
    Está chegando ao fim a era da plena impunidade para o mau jornalismo e para o uso de dossiês criminosos.

    Jorge Nunes

    15 de abril de 2012 às 22h08

    Marconi Perilo se envolveu diretamente Cachoeira: a contravenção . A Delta até onde se sabe é uma empreiteira e faz o que as empreitaras fazem: construção.

    Há uma diferença bem clara.
    Sergio Cabral não é o governador que eu queria a frente do estado do Rio (as alternativas também não eram boas), mas é o que está funcionando, no entanto há uma diferença bem grande nas relações que exige um Cachoeira e a Delta.

    Marcio H Silva

    15 de abril de 2012 às 23h04

    Caro Jorge Nunes, esqueceste a estória mal explicada da prisão de NEM pelo BPChoque com auxílio primordial da Polícia Federal, bem como a mudança de discurso, na imprensa PIG, de seu secretário de segurança quanto a eficiência das UPPs.
    Na prisão de NEM, quem estava com o mesmo era assessor pessoal do governador.

    Jairo_Beraldo

    14 de abril de 2012 às 12h04

    Em tese, o Vlad está certo…dentre os vários crimes de Perillo, junte-se aos autos, crimes de PLÁGIO.

    zezinho

    14 de abril de 2012 às 18h22

    [youtube 4vCeoPLLUn8 http://www.youtube.com/watch?v=4vCeoPLLUn8 youtube]

    esse?

    João-PR

    15 de abril de 2012 às 03h58

    Tem notícias do Huguinho e do Luizinho???

    Jairo_Beraldo

    14 de abril de 2012 às 23h24

    Bem falado…realeza M.Perigo USOU do bolsa familia, UNUFICANDO seu PLAGIO, com o que foi criado pelos ex-governadores Maguito Vilela e Iris Rezende, que eram entregues em forma de cesta basica, e M.Perigo, fez passar para doação digital.

pperez

13 de abril de 2012 às 19h27

Maravilha!
Nao se esqueçam de levar as gaiolas para prender os tucanos!

Responder

marcio_cr

13 de abril de 2012 às 17h57

Cadê o fora Agnelo?

Responder

    José Ivan Aquino

    14 de abril de 2012 às 11h58

    O Agnelo é mais dos prisioneiros da globo e outras mídias criminosas. Precisa do Habeas mídia proposto pelo desembargador do TRF3.
    Márcio CR, vá levar cigarros para o Cachoeira e o Dadá em Natal.

    José Ivan Mayer de Aquino
    Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida

    Jairo_Beraldo

    14 de abril de 2012 às 14h27

    Errata – "Márcio CR, vá levar cigarros para o Cachoeira e o Dadá em Natal."

    Correção – "Márcio CR, vá levar cigarros para o Cachoeira e o Dadá em Mossoró".

    Senão ele vai dizer que a Cachoeira não está engaiolada.

    Willian

    14 de abril de 2012 às 19h09

    Isto mesmo, petista nunca rouba, é tudo invenção da imprensa.

    dukrai

    14 de abril de 2012 às 22h30

    boa contribuição, volte sempre.

    Luiz Eduardo

    15 de abril de 2012 às 02h07

    Bill, essa coisa, esse lixo que infelicita o nosso país não é imprensa, é um partido fascista, golpista, vassalo principalmente dos interesses dos Estados Unidos, que TENTA se passar por imprensa. Só os tolos, alienados ou simpatizantes desse partido de m… ainda acreditam que Grobo, Falha, Estadinho, Óia, entre outras porcarias, são imprensa.

    João-PR

    15 de abril de 2012 às 03h57

    São "pessoas esclarecidas" como o Willian que tornam o viomundo um dos melhores lugares para se informar do Brasil.
    As matérias do viomundo, aliadas às análises de navegantes como o Willian fazem-me vir, ao menos uma vez por dia aqui.

    renato

    15 de abril de 2012 às 21h00

    Willian,Willian,Willian.
    Vamos filosofar –
    Petista rouba- verdade.
    Imprensa inventa – verdade.
    Duas verdades, porém, como sabemos uma delas é mentirosa.
    Petista ou Imprensa eis a questão?

    Jairo_Beraldo

    14 de abril de 2012 às 12h03

    Agnelo é com os candangos, Perillo é com nós goianos…


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura