VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Marcos Coimbra: Presidente da Índia coloca Lula ao lado de Indira e Mahatma Gandhi


25/11/2012 - 09h57

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira, na Índia, o prêmio Indira Gandhi pela Paz, Desarmamento e Desenvolvimento 2010

por Marcos Coimbra, no Correio Braziliense

É comum haver discrepância entre a imagem de uma liderança em seu país e no resto do mundo.

Nos regimes autoritários, os governantes tendem a ser mais bem quistos em casa, pois não permitem que seus compatriotas desgostem deles. Nas democracias, acontece o inverso, e é normal que sejam mais bem avaliados fora.

Isso costuma decorrer dos alinhamentos partidários internos, que, para um estrangeiro, são pouco relevantes. Ou vem do sentimento traduzido pelo aforismo “Ninguém é profeta em sua terra”.

É mais fácil condescender com quem conhecemos menos.

No Brasil, são raríssimos os políticos que adquiriram notoriedade fora de nossas fronteiras. Só os brasilianistas conhecem a vasta maioria, que chegou, no máximo, à América do Sul e aos países de expressão portuguesa.

Lideranças brasileiras de fato conhecidas internacionalmente são duas: Fernando Henrique e Lula. Dilma está a caminho de ser a terceira.

O tucano é um exemplo daqueles cuja imagem interna e externa é marcadamente distinta.

Fora do Brasil, FHC é visto com olhos muito mais favoráveis que pela maior parte dos brasileiros. É evidente que tem admiradores no País, mas em proporção substancialmente menor que o daqueles que não gostam dele.

Tem, no entanto, reconhecimento internacional, que se traduz em homenagens, prêmios e convites para integrar colegiados de notáveis.

Sempre que é saudado no exterior, nossa mídia e os “formadores de opinião” de plantão registram com destaque o acontecimento, considerando-o natural e como a compreensível celebração de suas virtudes.

Acham injusta a implicância da maioria dos brasileiros para com ele.

Lula é um caso à parte. A começar por ser admirado dentro e fora do país.

Como mostram as pesquisas, os números de sua popularidade são únicos em nossa história. Foi um governante com aprovação recorde em todos os segmentos relevantes da sociedade, em termos regionais e socioeconômicos.

Acaba de colher uma vitória eleitoral importante, com a eleição de Fernando Haddad, a quem indicou pessoalmente e por quem trabalhou. Feito só inferior ao desafio que era eleger Dilma em 2010.

No resto do mundo, é figura amplamente respeitada, à esquerda e à direita, por gregos e troianos. Já recebeu uma impressionante quantidade de honrarias.

Esta semana, foi-lhe entregue o prêmio Indira Gandhi, o mais importante da Índia, por sua contribuição à paz, ao desarmamento e ao desenvolvimento. Na cerimônia, o presidente do país ressaltou que Lula o merecia por defender os mesmos princípios que Indira e Mahatma Gandhi. O que representa, para eles, associá-lo à mais ilustre companhia possível.

Quem conhece a imagem que Lula tem quase consensualmente no Brasil e no estrangeiro deve ficar perplexo.

Será que todo mundo – literalmente – está errado e a direita brasileira certa? Só sua imprensa, seus porta-vozes e representantes sabem “quem é o verdadeiro Lula”? O resto do planeta foi ludibriado pelas artimanhas do petista?

É até engraçado ouvir o que dizem alguns expoentes da direita tupiniquim, quantos adjetivos grosseiros são capazes de encontrar para qualificar uma pessoa que o presidente da Índia (que, supõe-se, nada tem de “lulopetista”) coloca ao lado do Mahatma.

Só pode ser porque não conhece o que pensa aquele fulaninho, um dos tais que sabem “a verdade sobre Lula”.

 

Leia também:

Paulo Moreira Leite: O risco de brincar com a Constituição

Joaquim Barbosa é empossado como presidente do STF

Luiz Fux: “Nós, juízes, não tememos nada nem a ninguém’

Alunos denunciam câmeras espiãs no bandejão; USP diz que são para ‘monitorar fluxo das refeições

Janio de Freitas: O poder de cassar deputados federais condenados pelo Supremo é da Câmara

Saul Leblon: Policarpo & Gurgel, ruídos na sinfonia dos contentes

Luiz Moreira: Ação Penal 470, sem provas nem teoria

Consulta Popular: O julgamento da AP 470 foi “um golpe contra o Estado constitucional”

Pedro Serrano: Só o Congresso pode cassar o mandato de deputados envolvidos no mensalão

Mauricio Dias: Gurgel pretende ser o dono do CNMP

Marcos Coimbra: Misturar para confundir

Santayana: Julgamento da AP 470 corre o risco de ser um dos erros judiciários mais pesados da História

Janio de Freitas: Nenhum dos Poderes goza de mais conforto e maior luxo do que o Judiciário

Lewandowski, um desagravo ao Direito brasileiro





39 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Mário SF Alves

26 de novembro de 2012 às 21h21

Fascinante e justa a homenagem. E não me surpreendeu em nada, pois há tempos tenho o Lula na conta de uma grande alma (do sânscrito “Mahatma”, “A Grande Alma”), daquelas que só não põem os golpistas do PiG e STéFão antipovo no colo porque isso constitui uma impossibilidade histórica. E não obstante isso, ressalva-se o fato dele ter acatado a indicação e (dizem) o lobby autopromocional do JBB.
_______________________________________________________________
Sobre o PiG e o STéFão, não nos desesperemos, a hora do sal está próxima. Quem sabe de Mohandas Karamchand Gandhi, sabe a que evento eu me refiro.

Responder

Abelardo

26 de novembro de 2012 às 12h26

Acho admirável, que Lula seja cada vez mais admirado e premiado por suas realizações. Todas as homenagens conquistadas, ao longo de sua iluminada trajetória de vida, são provas inequívocas do reconhecimento mundial ao seu talento, que só o tolo não pode enxergar. Entre as grandes virtudes que serviram de base estrutural de seu sucesso, destacam-se: a sua habilidade para lidar com os mais adversos problemas, a sua fraternidade para com a população, a sua humildade em manter e aperfeiçoar o que era de positivo em governos anteriores, a sua coragem de enfrentar a elite e a mídia antidemocrática ao fazer a opção pelos menos assistidos, a sua firme determinação em valorizar o Brasil e o bem estar de sua população em detrimento de políticas dirigida para a elite nacional e comunidades estrangeiras, a sua simplicidade em provar que é desnecessário ser Doutor, Bacharel ou Catedrático, para fazer um país crescer, através de um desenvolvimento constante, e de ser independente economicamente de uma política mundial conservadoramente desgastada e contemporaneamente perversa. Além disso, mostrou saber fazer de uma forma brilhante e incessante, o crescimento social, cultural e financeiro da sua população e a evolução e valorização de suas empresas e do mercado de trabalho. Só isso.

Responder

Pedro

26 de novembro de 2012 às 10h00

Perfeito, Coimbra, não digo mais nada. Apenas comparar Lula com o nobel da paz, obama, tudo com minúsculas.

Responder

Ferdnan

26 de novembro de 2012 às 09h25

Não adianta o PIG tentar Demonizar o Lula, hoje o povo está mais Politizado e enxergam perfeitamente o Interesse dessa Mídia Golpista e tbm de quem estão a Serviço, DA DIREITA GOLPISTA, MEDÍOCRE E DECADENTE.

Responder

Rogerio Barros

25 de novembro de 2012 às 23h46

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

desculpe mas…

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

regina gonçalves

25 de novembro de 2012 às 23h14

Lula o maior de todos.Só a mídia nativa não enxerga ou melhor, não quer enxergar.

Responder

joao oliveira de souza

25 de novembro de 2012 às 21h10

Eu gostaria afirmar que o ex presidente Lula é tudo isto que se fala. Tirou o Brasil de uma situação e colocou numa situação muito aquem, porém, a corrupção que ele deixou campenear me deixou sem aquele voto de confiança que eu dei a ele em todas as eleições para presidente que ele passou. Perdendo e ganhando ele sempre teve o meu voto. Hoje se ele canditasse para vereador e tivesse que votar eu não votaria nele. Sobre a corrupção que o PT participa hoje no país é demais e ele sempre diz que sabe de nada. Ele é inocente e hoje é um homem rico (em dinheiro) neste país. Tanto se enrricou como deixou muita gente rico em seu governo. Inclusive um dos seus filhos que diz que o nome dele é o lulinha. Grato pela oportunidade. João.

Responder

    Rita

    26 de novembro de 2012 às 08h38

    João, para sua informação, Lula ganhou muito mais dinheiro depois que saiu da Presidência, ou vc acha que esse Prêmios que ele ganha e essas palestras não lhe rendem nada, ele melhorou o Brasil é fato e corrupção existe desde D. Pedro I, agora se vc prefere um que não faça nada pela nação e acabe mais ainda conosco, é uma escolha sua.

    Fernando

    26 de novembro de 2012 às 12h00

    João, um detalhe importante que temos de analisar.
    No governo Lula/Dilma a PF não está de folga, está trabalhando. O PGR não engaveta nada principalmente contra o PT, masc ontra tucanos~demos ele ficou 2 anos sentado e hoje é chamado de prevaricador. Esse é um tucano indicado pela Dilma.
    Me diga que ações do governo FHC que o Brindeiro enviou para a justiça contra o governo, nenhuma.
    Se Lula for indicado para o Prêmio Nobel, álguem vai cortar os pulsos.
    Se Obama sem nada de especial fazer ganhou por que Lula não!

Eduardo Raio X

25 de novembro de 2012 às 19h35

FHC no seu desgoverno afundou o Brasil 3 vezes consecutivamente e uma lição não serviu para a outra, pois, cometia mais erros atras de erros, e teve seus escândalos de desgoverno escamoteados para debaixo do tapete da história com a grande ajuda da mão invisível da imprensa “livre” braZileira. Lula no caminhar de sua história foi posto no cipoal das más intenções para a mesma imprensa “livre”, um alguém sem cultura, iletrado, bronco, ignorante e sem estrutura ou despreparado todos sabemos a dificuldade que ele encontrou e tem encontrado na sua trajetória de sua vida. Precisou de 3 tentativas para chegar ao poder e colocar tudo isso abaixo, desmentindo tudo, e seu maior credor foi o povo brasileiro que lhe confiou 2 vezes a oportunidade de provar com todas as letras de como se constrói uma nação para seu povo com desenvolvimento, progresso, crescimento e justiça social. Com a derrocada dos baluartes do faz de contas e vale tudo financeiro made in USA teve ai seu maior desafio e deu um verdadeiro olé em dribles de craque que sabe o que faz! Seu reconhecimento é mundial e interno, porém esperar dessa imprensa “livre” e de uma elite preconceituosa, racista, exclusivista, separatista e cheia de não me toque algum reconhecimento é perda de tempo, eles sim são os verdadeiros responsáveis diretos pelo nosso atraso e subdesenvolvimento, porque agrada e satisfaz a eles sermos um povo dominado por uma minoria que vive isolados em suas ilhotas de prosperidade cerca por um continente de desigualdades sociais. Na disputa fica assim, 0 FHC X 10 LULA!

Responder

Mateus Silva Ferreira

25 de novembro de 2012 às 19h11

Getúlio,Jucelino e Lula,o maior de todos.
Quanto mais tentam destruí-lo, mais ele cresce.
Esses caras do pig, a morte os levará, já Lula, este pertence à História.

Responder

Vlad

25 de novembro de 2012 às 18h28

http://en.wikipedia.org/wiki/Indira_Gandhi_Prize#cite_note-24

Perfeitamente. Poucas pessoas e organizações ganharam esse prêmio, como podem ver no link.
Além de tudo a Rosimary não vai ligar pra ele lá na Índia, que a ligação DDI está pela hora da morte.

Responder

Marat

25 de novembro de 2012 às 18h19

Achei bonitas as palavras de Eliane Cantanhêde. Ela rasgou elogios ao ex-presidente. Merval Pereira ficou embevecido e orgulhoso por Lula. Boris Casoy teceu loas, William Waack até chorou em pleno ar. A capa da Veja foi muito sensata ao mostrar o prêmio dado a Lula. Isso sim é que é imprensa isenta e imparcial – rsrsrsrsrsrrsrsrsrs – de todo modo os fabricantes de Lexotan, Rivotril etc., estes sim, ficarão contentes com o recorde de vendas – rsrsrsrs

Responder

Ary

25 de novembro de 2012 às 18h07

Viajei bastante pelo país. No nordeste, no interior, pude ver em algumas casas a tradicional foto da família (muitas vezes, um pintura feita a partir de um retrato). Pois junto a essa foto, podia-se ver uma foto do Lula – pai, mãe, filhos e… o Lula!.

Responder

André Braga

25 de novembro de 2012 às 16h43

Tenho uma amigo estoniano, nunca vi alguém adorar tanto o Lula quanto ele, que coisa, né?

Responder

Euler

25 de novembro de 2012 às 16h21

Enquanto isso…

…no Jornal Nacional da rede glob…, digo, golpista de TV, fizeram questão, na noite de ontem, dia 24/11, de colocar a imagem de Lula colada à chefe de gabinete da presidência em São Paulo, acusada pela PF e demitida pela presidente Dilma. Foi uma puta sacanagem, um descaramento, tentando envolver Lula de forma subliminar – e também direta, claro. O objetivo desta direita golpista é tentar minar a imagem de Lula, ou pelo menos associá-lo a todo tipo de prática de corrupção e crimes. Num país sério, esses caras deveriam estar na cadeia, e jamais controlariam uma rede de televisão que tem o monopólio nacional, e que funciona como um quarto poder, talvez o mais forte desta republiqueta de bananas existente no Brasil.

Responder

lulipe

25 de novembro de 2012 às 14h36

Será que ele conhece a Rosemary Novoa de Noronha, indicada pelo lula para a chefia de gabinete da Presidência, e que está sob investigação da PF???

Responder

    Bonifa

    25 de novembro de 2012 às 17h27

    Indicada por Sarney e admitida por Lula? Uma que fez exatamente o que mesmo?

Mario Silva Lima

25 de novembro de 2012 às 13h55

É por causa desse prestígio – nacional e internacional – que a pior “direita” do mundo quer “enterrar” nosso ETERNO Presidente!

Responder

Reinaldo Lopes

25 de novembro de 2012 às 13h25

Presidente da Índia coloca Lula ao lado de Indira e Mahatma Gandhi.

Aqui entre os trópicos a grande Imprensa deita e rola, santifica e demoniza qualquer adversário político ao seu bel prazer. No entanto lá fora, onde é motivo de chacota, ela assiste aos destaques internacionais, regojiza, tem dores de barriga, sua frio, tem diarreia, tremedeira e outros ataques desconexos por se sentir impotente diante da impossibilidade de manipular a opinião pública como faz aqui. Assim, para não ser atropelada pela Internet, vê-se obrigada a publicar matérias que jamais publicaria por aqui.

Vocês já imaginaram se Lula, um “analfabeto”, “grevista agitador”, que não fala inglês, “língua presa” e pior, ainda por cima, um “nordestino” retirante, ganhar o prêmio Nobel ?? Tem neguinho por aqui que irá morder a resta de raiva. kkkkkkkkkkk

Responder

jacó

25 de novembro de 2012 às 13h18

LULA é o ILUMINADO do Mundo.

Responder

BUFÃO

25 de novembro de 2012 às 12h42

Isso dá uma inveja! Um ódio! Pobre ascendendo à classe média, o país se integrando a todos os continentes, o FMI sem controle da nossa economia, mão de obra de serviçais desaparecendo… Sei não, só pedindo providencia ao STF.

Responder

Hélio Pereira

25 de novembro de 2012 às 12h35

Eu só terei duvidas sobre Lula,no dia que nossa “Imprensa Tupiniquim” passar a apoialo.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de novembro de 2012 às 21h00

    Uno-me a você. Ou, melhor, neste caso, eu iria começar a desconfiar dela, da velha mídia golpista; se bem que situação do gênero só ocorreria mesmo em situação de “crise ideológica profunda”. Ou… quem sabe, bancarrota à vista; coisa difícil de imaginar em se tratando do império dos Marinhos, diuturnamente retroalimentado pelo que há mais podre no capitalismo mundial.

Urbano

25 de novembro de 2012 às 12h24

Enquanto isso, aqui os bandidos da oposição ao Brasil, juntamente com os idiotas em mais alto grau, perseguem o Eterno Presidente Lula. Se se tirar essas duas condições de cada um deles, sobrará apenas um monte de carne, recheada de escaterina.

Responder

João Brasileiro

25 de novembro de 2012 às 12h20

Vi certo dia um rabisco aqui próximo da rua da minha casa que dizia o seguinte: “A pior prisão é uma mente fechada”.
A mídia tupiniquim acredita que pode manter o povo de mente fechada!!!
Salve, Lula!! Salve, Brasil!! Salve, Povo Brasileiro!!
Um abraço!

Responder

    Mário SF Alves

    26 de novembro de 2012 às 21h08

    Brasileiríssimo João, é isso aí. E mais, trata-se de filosofia da melhor qualidade; inteligente até na escolha da mídia; no caso, o muro. Valeu.
    _________________________________________
    Aliás, muro é uma mídia muito mais mídia do que muita mírdia por aí, no sério.
    _____________________________
    Aceite um abraço,

    MSFA

Isidoro Guedes

25 de novembro de 2012 às 12h15

Talvez não seja para tanto, mas é inegável que Lula é um dos grandes estadistas que a humanidade já conheceu. Poucos como ele conseguiriam realizar reformas sociais (como as que ele promoveu) em um país tão reacionário e em que o legado do escravismo, do autoritarismo, da exclusão social e do Estado patrimonialista deixaram marcas tão profundas. Na Índia Gandhi acabou assassinado por inimigos religiosos e ideológicos. Aqui os inimigos ideológicos tentam assassinar moralmente Lula com a velha lenga-lenga da “corrupção” e do “mar de lama” que a direita produz desde os tempos de Getúlio Vargas (passando pelos governos JK e Jango). Quando não vence nas urnas, quando está em desvantagem na popularidade e quando está diante de projetos econômicos e projetos sociais que os colocam em desvantagem (porque seus projetos de exclusão e insensibilidade social ficam mais a mostra em governos trabalhistas) nossos direitistas sacam logo esse velho recital udenista da “corrupção desenfreada” e engendram golpismos midiáticos contra os governantes trabalhistas ou de esquerda. É o samba de uma nota só que se repete a cada vez que algum nacionalista ou trabalhista ousa avançar o sinal permitido pelas elites: que é o de deixar o povo no lugar onde eles acham que o povo deve estar: no lugar da subserviência e do controle imposto por essas elites. Daí o mérito de Lula: ter criado mecanismos para, mesmo dentro da economia de mercado, criar atalhos para reduzir nossa brutal desigualdade social.

Responder

Willian

25 de novembro de 2012 às 11h51

Se Lula é, quase consensualmente, admirado no Brasil e no mundo, por que o sofrimento de vocês? Por que a necessidade de reconhecimento de seus ffeitos pelo inimigo? Por que tudo tem que ter reconhecimento do PIG? Por que ficaram tão felizes quando Obama disse que Lula era o cara, se os EUA são o Grande Satã? Ou quando Lula roçou coxa com a Rainha da Inglaterra, representante execrável do colonialismo? Juro que eu não entendo esta paixão por reconhecimento dos feitos de Lula por parte de seus inimigos.
Parece que algo que Lula faça só é grande se aparece na Globo.
Vocês viram alguma vez FHC mendingado reconhecimento de vocês?

Canonizem Lula e sejam felizes!

Responder

    Abel

    25 de novembro de 2012 às 15h01

    Eu não sabia que o prêmio havia sido dado pela Globo. Obrigado por avisar!

    Willian

    26 de novembro de 2012 às 08h29

    Responderia seu comentário se tivesse entendido.

    Mateus Silva Ferreira

    25 de novembro de 2012 às 19h15

    FHC não precisa do reconhecimento do povo, basta o o PIG.

    Helio Filho

    25 de novembro de 2012 às 20h24

    Quanto despeito, quanta amargura… Faz mal a saude, William.
    Melhor esquecer Lula e se concentrar em Dilma. Lula e outros postes que virão por ai.
    Se o sofrimento estiver muito forte, não adianta Lexotan nem Rivotril.
    Sugiro Gardenal, uns dois comprimidos – nem precisa de receita azul.

    Zé da Senzala

    25 de novembro de 2012 às 20h31

    Nos queremos tratamento repeitoso e honesto para os políticos que defendem os direitos do povo e os interesses do país. Queremos apuração e julgamento justo dos bandidos que se escondem atras da politica e “da Toga” e a mídia protege. Não queremos reconhecimento da Globo. Queremos o fim da Globo e de tudo o que ela representa de atraso para o nosso país! Queremos uma imprensa honesta que respeite o direito do povo ao acesso a informações reais e confiáveis isentas de manipulação.

    Willian

    26 de novembro de 2012 às 08h28

    Taí o porquê da Ley dos Médios, bem claro. Parabéns pela honestidade. Pelo menos você.

    Mário SF Alves

    26 de novembro de 2012 às 21h32

    Aí, Zé da Senzala, e não é que ele, o Willian, ainda tinha dúvidas. Vá entender um cara desses.

    PedroAurelioZabaleta

    26 de novembro de 2012 às 12h01

    Willian… Bonner?

    Mário SF Alves

    26 de novembro de 2012 às 21h27

    Willian você só entende até onde seu preconceito lhe permite entender. Simples assim, cara. Mas, calma, não se estresse, aos poucos vocâ ainda chega lá. E assim, quem sabe a gente ainda não toma uns goles pra comemorar.

Abel

25 de novembro de 2012 às 10h27

Como já dizia o ditado, “quem não tem competência, não se estabelece”…

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding