VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Humberto Costa: Sobre Jefferson, Rubnei e José Dirceu


19/09/2011 - 16h35

Humberto Costa: Meios de comunicação não querem que a verdade sobre eles seja debatida

por Conceição Lemes

Na semana passada, três fatos  tinham tudo para ser notícia na mídia. Porém, foram praticamente ignorados.

Roberto Jefferson nega ao STF a existência do mensalão

“Empresário” pede desculpas ao PT por mentiras no Jornal Nacional

Repórter da Veja realmente tentou violar o quarto de José Dirceu em hotel

Hoje, mais cedo entrevistei o senador Humberto Costa (PT-PE) sobre esses fatos.

Viomundo —  O ex-deputado Roberto Jefferson, presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), afirmou em sua defesa ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não houve o mensalão, denunciado, em 2005,  por ele à Folha de S. Paulo e que o restante da mídia corporativa embarcou.  Foi só “pura retórica”, “modo de dizer”. O que o senhor acha dessa posição dele agora?

Humberto Costa — Na verdade, é uma estratégia da defesa do ex-deputado.  Naquele momento, muito marcado pela raiva que estava destilando contra o PT, contra o presidente Lula, ele apresentou aquela versão dos fatos, acabou produzindo muitos desgastes, inclusive a criação de uma CPI, que quase leva à derrubada do governo Lula.

Agora, seis anos depois, ele retira o que disse. Tudo isso como uma estratégia de defesa, mesmo porque ele precisaria provar à Justiça a defesa do que ele havia formulado.

Então, perde força a própria denúncia. E perde força ele como pessoa dotada de credibilidade, para se manifestar em relação a temas semelhantes.

Viomundo — Rubnei Quícoli pediu desculpas ao PT nos processos que a direção nacional move contra ele em Brasília. Quicoli é aquele “empresário”, todo vestido de preto que, durante a campanha eleitoral de 2010, apareceu no Jornal Nacional fazendo graves denúncias à então candidata Dilma Rousseff e ao PT. Na época, apesar da razoável ficha corrida – já havia sido preso por receptação de carga roubada, entre outros crimes –, foi levado às instalações da TV Globo, onde gravou seu “depoimento”. Qual a sua opinião sobre esse “pedido de desculpas”?

Humberto Costa – Do ponto de vista de comunicação esse caso é ainda mais grave, pois uma emissora de TV deu ares de credibilidade a alguém que reconhecidamente não tinha credibilidade.

Houve manipulação, uma utilização desse cidadão, que, sem ter provas, acusou o PT. Isso gerou prejuízo eleitoral na campanha da presidenta Dilma.

Eu defendo que o simples pedido de desculpas não deva encerrar esse processo, porque  os prejuízos, os danos à imagem do partido, à própria candidatura e à própria presidenta foram flagrantes. Esse processo tem de continuar.

Viomundo – O terceiro fato que foi notícia, mas a mídia ignorou foi a conclusão da Polícia Civil do Distrito Federal  sobre a tentativa de invasão do quarto de José Dirceu. O delegado confirmou que o jornalista Gustavo Ribeiro, da revista Veja, realmente tentou violar o apartamento José Dirceu, no Hotel Naoum, em Brasília, no dia 24 de agosto.  O que pensa sobre esse caso?

Humberto Costa – Para mim, é um episódio também da maior gravidade. Quem quer que tenha sido espionado dessa forma, que tenha tido a sua privacidade invadida, sofreu um prejuízo expressivo. As próprias pessoas que ali estiveram — não cabe a ninguém fazer qualquer tipo de prejulgamento — também tiveram a suas imagens associadas a algum tipo de delito, que não aconteceu. Na verdade, ali, o delito foi praticado pelo jornalista e pela revista.

A conclusão de que realmente  houve essa tentativa de invasão denota uma atividade ilegal.  Isso macula muito a credibilidade de revista e coloca em debate a necessidade de a sociedade ter instrumentos para se defender em situações como essa, assim como das duas anteriores.

Viomundo – Senador, quem vai pagar a conta pelos prejuízos que o PT alega ter sofrido?

Humberto Costa — Esse é um dos grandes problemas que nós temos em relação às leis brasileiras, especialmente as leis que dizem respeito ao funcionamento das empresas de comunicação.

Na verdade, quando se fala em democratização dos meios de comunicação muita gente quer passar a leitura de que se está falando em cerceamento da liberdade de imprensa, tentativa de intromissão no conteúdo das matérias jornalísticas. Quando, na verdade, não é nada disso.

Uma das razões pelas quais estamos propondo a democratização dos meios de comunicação é para que, em situações como essas, as pessoas e instituições que tenham sido caluniadas, que tenham sido vítimas de mentira, possam ter um espaço semelhante na mídia  àquele que tiveram os seus detratores, os seus acusadores.

No caso do ” mensalão”, o prejuízo que tivemos não pode ser reparado totalmente. No entanto, nós vamos tentar dar divulgação à posição do ex-deputado. O próprio Supremo Tribunal Federal receberá e analisará essa defesa.Tenho certeza de que a sociedade saberá entender o que, de fato, aconteceu.

Viomundo – E no caso da Globo que deu a palavra a uma pessoa sem a menor credibilidade, como fica?

Humberto Costa – O que acontece com uma instituição de comunicação que, sem o devido cuidado, leva aos seus estúdios dando áreas de credibilidade uma pessoa, sem provas e que se disponha a fazer acusações?

Sem dúvida, isso não dá mais para ser reparado . Por isso  acho que os processos movidos contra o tal ‘empresário’ devam ser mantidos. Fica claro  também que é preciso aperfeiçoar a legislação que trata dos órgãos de comunicação no Brasil.

Viomundo – Nos três episódios, a mídia esteve envolvida. Como levar essa discussão para a sociedade, já que mídia diz que a regulação dos meios de comunicação seria uma forma de cercear a liberdade de imprensa?

Humberto Costa – Teremos de fazer todos os esclarecimentos à sociedade. Mas já sabemos que será uma tarefa difícil. Há uma tentativa clara de impedir qualquer discussão sobre a democratização dos meios de comunicação, tachando esse debate como cerceamento à liberdade de imprensa, quando na verdade não é.

Nós temos de discutir o que fazer em situações como essas apontadas por você, quando há calúnia ou quando uma notícia mal investigada se transforma em uma denúncia, acarretando prejuízos os mais diversos.

Nós temos de discutir como fica o direito de resposta. A indenização a pessoas e instituições que tenham sido vítimas desse tipo de atividade ilegal e criminosa, como no caso da tentativa de invasão ao quarto de José Dirceu, não deve ser simbólica; a indenização deve ser expressiva.

Outra coisa que faz parte dessa discussão é questionar se é justo, correto, que uma única empresa detenha a propriedade de rádio, televisão, jornais, redes sociais. Também se isso não  representa uma concentração negativa em relação à democracia dos meios de comunicação.

É importante discutir também se é justo que políticos tenham direito a ter rádios e televisões. Eu acho que eles não deveriam ter, a legislação deveria coibir isso.

São essas questões que tem de ser discutidas e não nenhum tipo de proibição à expressão do pensamento, das ideias de quem quer que seja.

E isso não é fácil. A forma de se fazer esta discussão é por meio dos meios de comunicação e eles se fecham inteiramente à possibilidade de a verdade ser colocada  nesse debate.

Leia também:

Ecologia das novas mídias tem Casa Grande e Senzala

Alckmin paga a proba imprensa gloriosa

Ciro Gomes senta a pua no Banco Central

Miguel do Rosário: Sobre o nariz de palhaço

À espera da pílula do ‘bom consumidor’

Privatas do Caribe: Onde foi parar o dinheiro das privatizações?

Vermelho: Nova classe média ainda vive em favelas e cortiços

Altamiro Borges: FHC apoia faxina que nunca fez

Faxina: Risco e oportunidade para o governo Dilma

Delfim Netto: Um viva para a queda dos juros





100 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Azenha: “Assange, Correa e o que está em jogo na bisbilhotagem midiática do Cachoeira”, no Viomundo | Observatório de Relações Internacionais da UFOP

26 de maio de 2012 às 19h12

[…] for, usa métodos ilegais e se associa ao “empresário do ramo de jogos” Carlinhos Cachoeira ou àquele outro empresário, o Rubnei Quicoli. Simples assim. Por isso, segue cada vez mais cômica a espetacular dança dos que puxam o saco do […]

Responder

Assange, Correa e o que está em jogo na bisbilhotagem midiática do Cachoeira « Viomundo – O que você não vê na mídia

25 de maio de 2012 às 21h25

[…] e se associa, se preciso for, ao “empresário do ramo de jogos” Carlinhos Cachoeira ou àquele outro empresário, o Rubnei Quicoli. Simples assim. Por isso, segue cada vez mais cômica a espetacular dança dos que puxam o saco do […]

Responder

JOSE DANTAS

25 de setembro de 2011 às 12h18

Antes de mais nada existe uma tremenda contradição nesse movimento.
Afinal, quem promove a zoeira por acaso não votou? Se não votou qual foi o motivo, já que o voto é o único instrumento legal capaz de combater a corrupção? Por acaso não são brasileiros ou brasileiras? Se não são, qual a legitimidade que emprestam ao movimento? Se votaram e elegeram corruptos, pois acusam de maneira unânime, fica provado que não merecem um título de eleitor por pura incompetência. Quem banca essa ONG?

Responder

“Eles perderam”, com polvo e tudo | Viomundo - O que você não vê na mídia

21 de setembro de 2011 às 01h30

[…] Humberto Costa: Sobre Jefferson, Rubnei e José Dirceu […]

Responder

SILOÉ-RJ

21 de setembro de 2011 às 00h55

MUITO ESTRANHA essa manifestação da mídia contra a corrupção!!!
"O ROTO FALANDO DO ESFARRAPADO"
Primeiro na Esplanada quando o tiro saiu pela culatra. Agora com as vassouras nas praias, (A globo tem fixação por praia. Vide ARRASTÃO forjado por ela para desestabilizar o governo BRIZOLA), e depois na Cinelandia, outra manifestação MONTADA com de ingenuos, que acham que ficando ao lado deles poderão acabar com essa corrupção secular. LEDO ENGANO!!!
De certo que não são santos, mas… só contra os políticos, como se todo resto fossem CORDEIRINHOS, aí é MUITA APELAÇÃO!!!
Acredito piamente que essa foi a maneira curta, grossa, e objetiva do "PORCO", sem sequer ter o trabalho de separar o JOIO DO TRIGO, de dar o seu "RECADINHO". Pressionando todos os parlamentares que eles têm no bolso PARA A VOTAÇÃO DA LEI DE MÍDIA.
Era hora dos parlamentares ofendidos pedirem retratação!!!
MAS, QUEM SE ATREVE???

Responder

    Pedro Brasileiro

    21 de setembro de 2011 às 10h34

    Mais um defensor de corruptos. Esses esquerdistas perderam totalmente o senso do ridiculo.

    SILOÉ-RJ

    21 de setembro de 2011 às 22h28

    Não sou defensora de corruptos, muito pelo contrário. O meu recado são para os ingênuos que se conformam em ser marionetes dessa mídia pelega disfarçada agora de PALADINA DA JUSTIÇA.
    Devemos a essa mesma mídia que hoje convoca o povo contra a corrupção em que ela tanto atuou e incentivou, todo o atraso de mais de 40 anos em que o país estava mergulhado. Sem que ela dedicasse uma linha sequer que não fosse em defesa de seus interesses e ou de seus pares.

beattrice

20 de setembro de 2011 às 23h23

Conceição
quero mais é saber quem vai pagar a cotna dos prejuízos que a sociedade brasileira vem sofrendo há décadas, com essa mídia corporativa sem caráter algum?
Porque os principais atingidos são os cidadãos brasileiros desinformados
que não têm acesso à mínima realidade dos fatos
e os eleitores desrespeitados
que não têm acesso a um governo que respeite o compromisso das urnas
e honre seus votos, defendendo o marco regulatório das comunicações.

Responder

Gui Milani, SP

20 de setembro de 2011 às 21h46

Enquanto isso, eu, que sou da classe média, estava todo animado pra trocar de carro no fim do ano quando fui TRAÍDO pela presidenta que ajudei a eleger. Dilma preferiu sucumbir ao protecionismo da ANFAVEA a ouvir a indignação generalizada que se deu após esse absurdo aumento do IPI pros carros importados. Eu, que nunca tinha comprado um desses, estava paquerando um chinês, mas agora já era. Quem é rico não se importa tanto com isso, já quem acabou de chegar à classe média… Dar o doce na boca da criança pobre e depois o tirar sem dó nem piedade é de uma sensibilidade ímpar. Obrigado, Dilma, a ANFAVEA bate palmas pra você!

Responder

Maria Fulô

20 de setembro de 2011 às 18h56

Grande Wagner Moura (entrevista à revista "Caros Amigos"): "Eu não falo com a revista Veja"

“A linha editorial da revista Veja, uma revista de extrema direita brasileira. Eu me lembro claramente de uma capa da revista Veja que me indignou profundamente, sobre o desarmamento, que dizia assim: “Dez motivos para você votar ‘Não’ “. Eu me lembro claramente da revista Veja elogiando Tropa de Elite pelos motivos mais equivocados do mundo. E semana sim, semana não está sacaneando colega nosso: Fábio Assunção, Reynaldo Gianecchini, de uma forma escrota, arrogante, violenta. Outro motivo é que na revista Veja escreve Diogo Mainardi! Eu não posso compactuar com uma revista dessas, entendeu? Conservadora, elitista. Então, não falo com a revista Veja, assim como não falo para a revista Caras"

Responder

Adilson

20 de setembro de 2011 às 18h43

Eu acho que a Lei de Medios vem aí. O sinal disso é o desespero da Globo, estão loucos atirando pra tudo quanto é lado..

Hoje, na CBN, a rádio que troca a notícia, a dupla de dois Merval e Sardemberg convocava o amigo ouvinte do Rio de Janeiro a – pasmem! – participar da manifestação contra o PT e o PMDB na Cinelândia!!!

Contra os princípios globais só mesmo a Lei dos meios.

Tá chegando a hora..

Responder

Flavio Schuch

20 de setembro de 2011 às 17h45

Vassouras, corrupção, me lembra o Jânio Quadros e a UDN de porre! No Brasil tem corrupção até na padaria da esquina, focar somente no políticos serve mais para desviar a atenção das outras corrupções do que para corrigir esta. Político a gente põe ou tira de 4 em 4 anos, só depende de nós. E os corruptos empresários, juizes, promotores, jornalistas, advogados, economistas e tantos outros, quem cuida destes? A vassourinha?

Responder

FrancoAtirador

20 de setembro de 2011 às 16h37

.
.
O CRIME CONTRA A HONRA

“Quem furta a minha bolsa

me desfalca de um pouco de dinheiro.

É alguma coisa e é nada.

Assim como era meu, passa a ser de outro,

após ter sido de mil outros.

Mas o que me subtrai o meu bom nome,

rouba-me de um bem que não pode enriquecê-lo

e a mim me deixa na miséria.”

(Shakespeare, Otelo, ato III, cena 3)
.
.

Responder

alexmabreu

20 de setembro de 2011 às 15h47

Azenha, viu essa?

"Indícios de calote nas metas da Fundação Roberto Marinho com o Ministério do turismo"
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2011…

Responder

augusto

20 de setembro de 2011 às 15h42

Outro exemplo, este de agora mesmo do PIG. o Portal IG numa manchete de 20/9/11: " Projeto do governo enviado (ao congresso) expõe divergencias entre governo e FIFA. Organizadores falam em arrogancia do governo".
Faltou dizer que a palavra "organizadores" signfica exatamente Mr. Ricardo Bribe Teixeira.
Mr Bribe teixeira, aquele do '' to fazendo um montão" falando em arrogancia do governo

Responder

Operante Livre

20 de setembro de 2011 às 15h07

O senador diz que a coisa precisa ser debatida, diz que não é tarefa fácil e justifica a dificuldade na necessidade de se utilizar os atuais veículos de comunicação dominantes para discutir o que não interessa a eles. Será que entendi bem?

Será que ele está dizendo que quem legisla no país é esta mídia hegemônica? Se for isto, acabou-se a esperança. É claro que esta mídia não vai colaborar. Seria como confessar um crime.

Minha ingenuidade diz que não se pode depender desta mídia para estabelecer uma lei de responsabilidade na imprensa.

Senador Humberto Costa, mostre uma luz que não dependa do PIG, em que eles sejam uma parte e não o todo.

Responder

Luiz Rogerio

20 de setembro de 2011 às 12h18

Nesses tró ló ló de vocês, no meu modo de ver só tem um problema que coloco no final.

O Bob Jeferson é um mentiroso e todo mundo sabe disso;
A Veja e seu reporterzinho terão que ir à justiça, mas…
A Globo é um canal de TV em que o governo dá a concessão, ora, além de mentir e jogar o governo na lama, teria também que receber algum tipo de represália da justiça, seja perder a concessão (o que nunca ocorrerá), mas poderia ficar algumas horas do horário nobre fora do ar por alguns dias… Aí sim seria feito justiça…

Responder

Péricles Prado

20 de setembro de 2011 às 12h03

O governo Lula foi acusado de pagar mensalidades a parlamentares para estes votarem com ele. Precisava pra isso comprar um montão de deputados. Se os comprou mesmo, como é que esse mesmo parlamento comprado aprovaria a abertura e o desenrolar de CPIs? O pessoal que acredita nessa bobagem é o mesmo que acredita em Adão e Eva. E tem gente à beça que acredita nisso, mano. Essa turma, quando crescer, vai ser comentarista dos blogs da Veja, Folha, Estadão …

Responder

Sobre Jefferson, Rubnei e José Dirceu « Blog do EASON

20 de setembro de 2011 às 10h31

[…] Blog Vi O Mundo de Luiz Carlos Azenha […]

Responder

Carlos

20 de setembro de 2011 às 10h19

Eu gostaria de em ver outdoor, nas mídias sociais e nas “correntes”: “Você acha que uma revista, um jornal, uma tv te caluniar é liberdade de imprensa ou de expressão?” “Uma revista, um jornal, uma tv tem o DIREITO de te caluniar como se isso fosse liberdade de imprensa ou de expressão?” “Uma revista, um jornal, uma tv mentir deliberadamente a seu respeito é liberdade de imprensa ou de expressão?”Comecemos já esse jogo e vamos por quanto tempo o combalido Golias aguenta.

Responder

alexmabreu

20 de setembro de 2011 às 10h02

Azenha, fora do assunto, mas também importante:
http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/n…

COMO o governo da Dilma caiu numa dessas???

Responder

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h32

    Como se fosse a única em que caiu nos últimos meses.

nadiê

20 de setembro de 2011 às 09h21

Vale dizer que Roberto Jefferson, uma canalhinha de primeira, livrou a cara de Lula até os últimos momentos daquela CPI. E só abriu o bico porque viu seus interesses contrariados, talvez por Dirceu, e talvez por isso tomou-o como seu maior inimigo. No final foi que pôs Lula como conhecedor do episódio. Dizer agora que mensalão não existiu, por estratégias ou seilá o quê, é mais uma prova de sua falta de caráter. Mas, há quem o tenha na cota de um heroi pelo que fez, embora ele mesmo tenha declarado ter ficado com quatro milhões da roubalheira, que deve ter sido muito maior o seu lucro. E teve a cara de pau de não se mover pra devolver a grana.

Responder

Três mentiras capitais do PiG. Cadê o mensalão ? | Conversa Afiada

20 de setembro de 2011 às 09h11

[…] O Conversa Afiada reproduz a entrevista de Conceição Lemes com o senador Humberto Costa sobre as mais recentes mentiras do PiG, publicada no Viomundo: […]

Responder

Klaus

20 de setembro de 2011 às 09h09

P.S. Alguém notou que o empresário Rubnei Quícole é a cara do Dennis Hopper? Pelo menos na foto da página principal do site.

Responder

José Ruiz

20 de setembro de 2011 às 09h03

A falta de honestidade da mídia é um câncer para este país. Abortou um projeto de desenvolvimento social extremamente importante para o povo brasileiro e ainda criou um ambiente propício para o crescimento dos "fungo-políticos" (tipo PMDB, PP, etc.). Ao invés de um "salto qualitativo", o Brasil deu um pulinho, obrigado a carregar peso morto. Ruim para todos, inclusive a própria mídia..

Responder

    Maria Ferreira

    20 de setembro de 2011 às 09h57

    Mas, tudo isto gerou graves consequência, pois de acordo com um certo alguém ligadoa Imprensa escrita que disse: Não dá mais pra viver somente de anuncios nos jornais. Isto quer dizer o seguinte; De tanto mentirem, perderam a credibilidade,isto é! Não tem mais leitores e se não tem mais leitores, então não interessa para os anunciantes.
    Deu pra entenderem amigos!

fatima Mattos

20 de setembro de 2011 às 08h37

Acho que deveriam fazer os meios de comunicação (principalmente a Globo),divulgar a verdade,por pelo menos seis meses.
Lei de Médios já.

Responder

Rafael

20 de setembro de 2011 às 03h10

Esse pedido do jefferson é só para dar tempo, nada mais.

Responder

maxz

20 de setembro de 2011 às 00h23

É o poder das trevas do Serra , Daniel Dantas , Veja ,Globo e Folha !

Responder

CLAUDIOS

19 de setembro de 2011 às 23h27

graças aos blogueiros progressistas ficamos melhor informados sobre essa tentativa golpista do pig, VIDA LONGA AO AZENHA , PAULO H. AMORIM E TANTOS OUTROS QUE TEM COMO MISSÃO NOS INFORMAMOS MELHOR.

Responder

LUCAS

19 de setembro de 2011 às 23h17

COPA 2014: CIDADES-SEDE PODERÃO DECRATAR FERIADO… http://desatualidadescronicas.blogspot.com/2011/0…

Responder

Roberto Locatelli

19 de setembro de 2011 às 23h06

Foi impressão minha ou o nobre senador mostra um certo incômodo quando O VioMundo fala de regulação das comunicações? Acorda, PT!!

Responder

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h29

    Não foi só sua não.

Gerson Carneiro

19 de setembro de 2011 às 22h42

Que eu seja o mais reles dos soldados, mas quero ter meu nome gravado na lista dos que lutaram.

[youtube NNmVyAeHAZM&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=NNmVyAeHAZM&feature=related youtube]

Responder

Marcio H Silva

19 de setembro de 2011 às 22h23

O Governo poderia fazer o que Brizola fez, no caso do empresário Zorro sem máscara, pedir direito de resposta a emissora. E desmascará-la.
No caso do mensalão, após o termino do julgamento, Dilma poderia vir a TV por 5 minutos, explicar o esquema, dizer que o deputado mentiu e a imprensa apoiou a mentira.
Vai faltar é coragem para fazer isto.
Não há mais Brizolas como antigamente.

Responder

    luiz pinheiro

    19 de setembro de 2011 às 23h59

    Proposta absurda, Marcio. O governo não é acusado, não é réu. Dilma não é acusada, não é ré. Voce quer que ela se defenda do que? Quem tem que se defender são os 36 acusados no processo.

Fabio_Passos

19 de setembro de 2011 às 22h03

Imperdível.
A ditadura do PIG: Intervozes – Levante sua voz parte 2

[youtube gr6qFODxkAA http://www.youtube.com/watch?v=gr6qFODxkAA youtube]

Responder

Fabio_Passos

19 de setembro de 2011 às 22h00

Imperdível.
Todo brasileiro precisa assistir: Intervozes – Levante sua voz parte 1

[youtube gf3Votr52QQ http://www.youtube.com/watch?v=gf3Votr52QQ youtube]

Responder

Fabio_Passos

19 de setembro de 2011 às 21h36

Coletivo Lutarmada – Abalando as estruturas globais

[youtube Y-S5yBj4r-8 http://www.youtube.com/watch?v=Y-S5yBj4r-8 youtube]

Responder

Hildermes Medeiros

19 de setembro de 2011 às 20h51

É difícil, quando não impossível, pensar em se chegar a uma legislação que imponha aos meios de comunicação como um todo, até mesmo um arremedo de legislação, quando a Presidenta Dilma presta-se ao papel de homenagear a Folha de São Paulo e elogiar Roberto Marinho nas homenagens pela passagem dos cem anos de nascimento deste que foi um dos principais articuladores do golpe de 1964, órgãos sabidamente ligados a tudo de ruim que a oposição possa ter. Não dá. Lula pelo menos ignorava o Partido da Imprensa Golpista-PIG e praticamente comunicava-se diretamente com a população, mesmo através do PIG. Com a Dilma essa prática é impossível, por isso não tem jeito: os apoiadores de seu governo hão de continuar do modo que der, onde destaca-se a internete, quebrando as arestas do que o PIG tenta comunicar, como de costume com análises e dados destorcidos, notícias censuradas como as apontadas, falsa isenção. Mesmo a internete tendo um alcance limitado, mais atingindo as classes médias, já sabemos, foi observado durante o período de Lula, que as análises do PIG, dados que comunica ou escamoteia e notícias que censura não chegam a influir de modo acentuado no povão, mais preocupado em sobreviver, e que vem sendo positivamente impactado pelas políticas que se iniciaram em 2003 com Lula, e tem continuidade com Dilma. Para fins eleitorais e atingimento do poder, é o que interessa. A atuação destranbelhada do PIG ao tratar a notícia e fazer a comunicação sempre com dados desfavoráveis ao governo, mostra a todos, até aos mais politicamente ingênuos do povão, frente à realidade observada, que não há isenção alguma na divulgação realizada, e, sim, uma partidarização em favor de tudo que foi rejeitado pelo povo e que deu na eleição de Lula por dois mandatos e elegeu Dilma, até então uma desconhecida. O abandono do povo, o desemprego, o não atendimento de suas necessidades básicas, a retirada de direitos do trabalhador, o afastamento do Estado de suas responsabilidades na educação, na segurança, na defesa, na previdência, além da entrega do patrimônio público e do genocício dos mais pobres a que essa política econômica (o neoliberalismo) conduzia, com a preocupação única com os aspectos financeiros da economia, certamente foram marcadas na carne da maioria dos brasileiros, que se tornaram de difícil manipulação. Não está dando mais para enganar. O PIG e os partidos de oposição PSDB, PFL/DEMOS e PPS só atuam no sentido do golpe, na criação de dificuldades para o governo, na procura de uma brecha para empichar, agora, a Presidenta Dilma, objetivos estes de difícil concretização, com quase, pode-se dizer, impossibilidade de acontecerem. Cada dia ficará mais claro a todos que só restará o caminho do voto para chegar ao poder, inclusive para os golpistas de sempre. E é aí, que a porca torce o rabo: o PIG e a oposição não vão bem. Agora, que chateiam os que conseguem vê-los nus em plena praça pública, chateiam. A maior parte do povão não está nem aí, não ligam para o que comunicam e dizem em suas suas análises. Preferem as novelas, que os alienam como é o seu objetivo destas, mas não os impede de ver a realidade, que influe, melhorando suas vidas.

Responder

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h28

    A maior parte do povão não está nem aí, até a hora em que eles encontrarem o seu Berlusconi-Piñera, aí a nossa Bachelet vai se ver em maus lençóis.

Francisco

19 de setembro de 2011 às 20h41

A meu ver, o governo federal poderia propor que as concessões de TV deveriam caducar, mesmo que tudo fosse feito direitinho, em X anos. Propunha em plebiscito. As familias que têm concessões de rádio e TV não são faveladas, não passam fome e já juntaram tudo que deveriam de dinheiro. manda abrir outro negócio!

Chama outro e muda o disco!!!

Responder

Humberto Costa: Meios de comunicação não querem que a verdade sobre eles seja debatida | Viva Marabá Pará Brasil

19 de setembro de 2011 às 20h39

[…] s1.parentNode.insertBefore(s, s1); })(); 0 comments Site Viomundo, por Conceição […]

Responder

Fabio_Passos

19 de setembro de 2011 às 20h15

Até quando vamos assistir o PIG sabotando a democracia no Brasil?

<img src=http://4.bp.blogspot.com/_d0XQoihgLPY/S20m4r1uztI/AAAAAAAAAp8/7PXn0fmMj28/s400/GloboPig.jpg>

Responder

Michel

19 de setembro de 2011 às 20h13

Só no Brasil mesmo. Em plena campanha eleitoral, usar um picareta condenado como testemunha e no final dizer que "não há motivação política para suas denúncias". Se contar lá fora ninguém acredita. Eis a reportagem (por assim dizer) exibida no JN na época, naquele sórdido jogo midático: o esgoto solta a titica, o jornal Falha engrossa o bolo fecal e a Fox brasileira joga no ventilador.

No link:
http://g1.globo.com/videos/jornal-nacional/t/edic…

Responder

    Fabio_Passos

    19 de setembro de 2011 às 21h20

    <img src=http://1.bp.blogspot.com/-MwSYMYOf_7E/TdWn6EI84pI/AAAAAAAAAIQ/xx4NLmK3ews/s320/Perigo_Rede_Globo_by_Latuff2.jpg>

Fabio_Passos

19 de setembro de 2011 às 20h06

A mídia-lixo-corporativa – rede globo / veja / estadão / fsp – não é apenas uma máquina de propaganda a serviço dos interesses da "elite" rica. Os oligarcas da mídia – inimigos do povo – receberam privilégios indecorosos dos donos do poder para construir oligopólios da informação.

Democratizar a mídia é questão capital para o Brasil.
Não é possível que a informação continue manipulada por meia dúzia de oligarcas medíocres.

Responder

Luciano Baía

19 de setembro de 2011 às 19h40

Parabéns! Muito boa a entrevista.

Responder

Diogo

19 de setembro de 2011 às 19h34

Não cabe direito de resposta nos dois últimos casos? Cid Moreira lendo a carta de Brizola no Jornal Nacional!

Imagina só, uma capa da Veja com José Dirceu falando que a Veja tá errada. Seria épico. Dilma, mesmo que tivesse direito de resposta iria falar: "Olha, Fatiminha, no que se refere a essa questão da mentira do jornal…"

Responder

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h25

    BRIZOLA o Brasil só teve um, isso é parte do problema.

Humberto Costa: Meios de comunicação não querem que a verdade sobre eles seja debatida

19 de setembro de 2011 às 19h28

[…] Clique na imagem e leia no Viomundo – O que você não vê na mídia […]

Responder

baixadacarioca

19 de setembro de 2011 às 19h28

Esse Klaus é maluco? Não sabe ler ou é um dos astutos que só entende o que quer entender? Como o cara pediu pra incluir Lula no tal "mensalão" se ele próprio diz que o mensalão não existiu Klaus? Q p… de cérebro é esse que não pensa?

Responder

    Klaus

    19 de setembro de 2011 às 21h10

    O link da notícia é do R7, portanto, da casa. A data da notícia é 02/09/11. Eu não tô maluco, você é que tá mal informado.

    http://noticias.r7.com/brasil/noticias/roberto-je…

    M.S. Romares

    20 de setembro de 2011 às 02h04

    Nem perca seu tempo contra argumentando com gente assim. Ele não é astuto, mas apenas um trollzinho que de vez em quando aparece pra dizer bobagens. Quanto ao cérebro, está em perfeito estado, novinho em folha. Nunca foi usado.

    Diego Rafael - DF

    20 de setembro de 2011 às 04h41

    Quem pediu pra incluir o Lula no processo foi Marcos Valério, não?

    Klaus

    20 de setembro de 2011 às 10h46

    Não.

    Lucas

    20 de setembro de 2011 às 22h26

    Faça-se um favor e leia a notícia que o Klaus linkou. Eu tenho minha próprias dúvidas quanto à natureza do "mensalão", se de fato existiu, mas opinião é opinião e fato é fato.

    O exlmo. sr. dr. Robbie Jefferson, na tentativa de salvar a própria pele, atira pra todos os lados.

    Klaus

    20 de setembro de 2011 às 09h01

    Abaixo o link da notícia. Não viu? E seu cérebro, como vai? O link da notícia é do R7, portanto "da casa".
    http://noticias.r7.com/brasil/noticias/roberto-je…

    cronopio

    20 de setembro de 2011 às 20h28

    Nossa, tá até utilizando o Google! Se até os Trolls aprendem técnicas rudimentares, o futuro não está de todo perdido.

leo

19 de setembro de 2011 às 19h16 Responder

eunice

19 de setembro de 2011 às 19h01

Isso aí internauta, camos repetir e repetir e repetir os 9 milhoes.

Responder

Julio Silveira

19 de setembro de 2011 às 18h46

Não adianta não querer, de uma forma ou de outra esse desmascaramento está sendo feito, e muito graças aos blogs. Nada como o tempo para fazer surgirem os instrumentos. O que antes era restrito aos donos do capital, das palavras, qualquer palavra, principalmente aquelas que eles julgavam convenientes para o cidadão. O controle hoje está dificil e as palavras livres saem de muitas frentes, está muito mais plural. Para mim é o Brasil ingressando num periodo de verdadeira democracia. A comunicação se espalha, está saindo do poder e do coronelismo dasm poucas familias detentoras dos grandes grupos midiaticos para ocorrer a multiplicação das vozes e isso é inexoravel, ainda são poucos a se darem conta mas a algum tempo atrás seriam nenhum a se dar conta. Vamos em frente.

Responder

Rogério Floripa

19 de setembro de 2011 às 18h20

Regulamentação dessa mídia golpista já!!

Documentário – A Guerra Que Você Não Vê
Indicado particularmente para quem ainda acha que “criticar a mídia” é coisa
de esquerdistas paranóicos e retardados http://fwd4.me/0AMT

Responder

Rafael

19 de setembro de 2011 às 18h12

Enquanto isso eles tentam dar fôlego ao psdb com a tentativa do voto distrital, não perceberam que com isso quem mais ganha é o PMDB. O tiro vai sair pel culatra.

Responder

Pedro Brasileiro

19 de setembro de 2011 às 17h55

Integrantes da ONG Rio de Paz realizam um protesto contra a corrupção no país. Eles fixaram 594 vassouras verdes e amarelas nas areias da praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, durante a madrugada desta segunda-feira.

Segundo os organizadores, elas representam os 513 deputados federais e 81 senadores. Para os manifestantes, a corrupção é responsável pela morte de muitos brasileiros.

Azenha, os protestos contra a corrupção continuaram, mesmo alguns petistas preferirem o silencio.

Responder

    luiz pinheiro

    20 de setembro de 2011 às 00h06

    Qual é a proposta, fechar o Congresso e retornar à ditadura? Lutar contra a corrupção é fundamental, mas querer "varrer" todos os parlamentares significa negar a política, demonizar a democracia.

    Aline C Pavia

    20 de setembro de 2011 às 00h11

    Nos tempos de FHC, nada…
    Marcha contra a "corrupção" (sic)?
    Num país onde 52% da população compra produto pirata? Me provoca frouxos de riso. Comem mortadela e arrotam peito de peru. Os rotos falando dos rasgados. E a maioria que compra pirataria é da classe A e B. >risos<
    O único problema dos "protestos" contra a "corrupção" (sic) é que estão uns 10 anos atrasados.
    Tipo marmita requentada, aquela que ao abrir contém comida azeda, mas vc esquenta mesmo assim, sempre vai ter alguém que come, nem que sejam as ratazanas do lixo.

    Diego Rafael - DF

    20 de setembro de 2011 às 04h51

    Vi que todas as vassouras eram novinhas e iguais, ninguém trouxe a sua de casa. Perfeitamente alinhadas, um serviço profissional. Tire suas conclusões.

    Maria Ferreira

    20 de setembro de 2011 às 10h06

    Alguém das massas cheirosas entrou com o dinheiro pra comprar e pagou alguém pra fincá-las na areia da Praia. Este tipo de bobagem não agrega nada, pois sabemos que o que se gastou com as vassouras representa somente o dinheiro, não gerou não qualquer ideia positiva para o povo.
    Se fosse o povo que as tivessem fincadas (cada um que levasse uma de cada casa, ai sim, poderíamos tirar conclusões, mas o que se gastou com as vassouras e preço pra fincá-las na praia não dá nem pra pagar um cafezinho no Instituto Milleniun! Pra eles é troco.!

    mello

    20 de setembro de 2011 às 16h00

    o Rio da pa$ deve estar cheio da grana….De quem? Essa passeata tá muito mais propagandeada do que o Rock em Rio…..Com dinheiro de quem? Eh vida de gado…..A "espontaneidade" da manifestação é gritante! Até convocação pela tv tem!!!

    Flavio Schuch

    20 de setembro de 2011 às 17h51

    COMEÇA ASSIM:
    "Varre, varre, varre, varre, varre vassourinha
    Varre, varre a bandalheira
    Que o povo já está cansado
    De sofrer desta maneira
    Jânio Quadros é a esperança
    Desse povo abandonado

    Jânio Quadros é a certeza
    De um Brasil moralizado
    Alerta, meu irmão
    Vassoura, conterrâneo
    Vamos vencer com Jânio"

    TERMINA COMO?

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h35

    Termina com a CAMPANHA da LEGALIDADE, a resistência do Jango e do Brizola e um golpe militar que implantou a DITADURA no país. DITADURA, não DITABRANDA.

    Adalberto

    20 de setembro de 2011 às 22h00

    Odeio estas manisfestações moralistas. Pior são as pessoas que participam deste tipo de sandice, muito hipocritas.

    SILOÉ-RJ

    21 de setembro de 2011 às 22h37

    Ou você é muito ingênuo, ou pensa que somos idiotas.
    Essas vassouras que eles tentaram colar na Dilma vão percorrer o BRASIL todo, no típico movimento de; SE COLAR, COLOU!!!

Gustavo Pamplona

19 de setembro de 2011 às 17h54

E digo para vocês que não vai acontecer nada… bom… leiam a navalha do Conversa Afiada neste artigo:
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/09…

Esta parte:

"(Por falar nisso, quando é que a Policia Federal conclui o inquérito sobre a invasão do Hotel Naoum em Brasília ? Ou vai esperar achar o áudio do grampo ?) Paulo Henrique Amorim"

Falo do seguinte: Um governo PTIsta que não toma atitudes contra o PORCO que já bateu, bate e ainda vai bater muito e vocês ainda acham que vai acontecer alguma coisa.

Aliás… eu ultimamente ando vendo que vocês estão tão desconectados da realidade.. que eu nem estou comentando maiis… este último final de semana nem comentei.

Talvez eu deva deixar vocês muito em breve… Já são 4 anos, 3 meses e alguns dias lendo este blog e até hoje não vi um arquivo/histórico decente e organizado, sugestão esta que dei por volta de Ago/2008 e olha que isto estava "prometido" para este ano por volta de Julho e até dei sugestões para melhorar o blog.

—-
Gustavo Eduardo Paim Pamplona – Belo Horizonte – MG
Desde Jun/2007 desconectando a realidade no "Vi o Mundo"!
Fundador do PORCO – Partido de Oligarcas Representantes de Capitalistas Opressores (PIG) (*)

(*) Outra decepção minha… nunca vi ninguém divulgando meu PORCO… o PIG aportuguesado, diria até mais… abrasileirado e até é bem mais "pomposo" do que o simples Partido da Imprensa Golpista.

Responder

    SILOÉ-RJ

    20 de setembro de 2011 às 04h40

    Eu até fiquei preocupada, com a sua ausência, mas vejo que está tudo como dantes…
    Nem tudo é do jeito que a gente quer, Gustavo. Você leva as coisas muito a sério e pro lado pessoal.
    Sua opinião, minha opinião, qualquer opinião aqui, ou em outro lugar, não passa disso, discordante ou não, é apenas uma opinão. Uma manifestação direta dos nossos sentimentos com relação ao exposto.
    Estamos todos, mesmo com visão diferentes, conectados aos fatos e as postagens que sempre nos acrecentam alguma coisa, não é não???
    Para que não fique decepicionado divulgarei à partir de hoje o "PORCO" em todos os meus comentários, que se fizerem necessários, OK???
    Abraços solidários.

Amélia

19 de setembro de 2011 às 17h53

Claus, você está equivocado. Veja o que você escreveu "Agora, sobre notícias que o PIG não dá, o ilustre deputado pediu ao STF que incluísse Lula como réu no processo do mensalão. Sabiam?

Sim, eu sabia. Isto foi noticiado pelo PIG (Folha, Uol, Estadão) com muito estardalhaço. Você acha que o PIG ia deixar uma notícia desta de lado, e logo envolvendo Lula? Uma dessa não passa batido de maneira nenhuma.

Responder

    Klaus

    20 de setembro de 2011 às 09h05

    Você não entendeu a ironia desta parte do meu comentário, né?

ricardo silveira

19 de setembro de 2011 às 17h51

O Senador fala em aperfeiçoar a legislação? Mas como? Alguém precisa avisá-lo que não há legislação e que é por isso que esse jornalismo safado faz o que quer e o país que se lasque. Esse Senador parece o Paulo Bernardo, eles tem medo da Globo e do resto da gangue da mídia? Está claro, trata-se de um bando criminoso e tem que ter lei para alcançar essa gente. Mais, o Senador não sabe como fazer chegar a discussão na sociedade? Alguém precisa avisá-lo, também, que televisão é concessão pública. Acorda, Senador, é o povo brasileiro que paga o seu salário.

Responder

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h24

    Essa gente esquece que é FUNCIONÁRIO da República.
    Ou seja, da coisa pública.

Frederico

19 de setembro de 2011 às 17h47

O que fazer? A mídia dominante é insurpotável. O direito de resposta liminarmente concedido, talvez possa diminuir o impacto arrasador de uma notícia irresponsável.

Responder

Klaus

19 de setembro de 2011 às 17h40

Do jeito que o nobre deputado explicou porque usou o termo mensalão nesta sua súbita mudança de opinião, fica parecendo que o termo foi usado uma única vez como figura de retórica, modo de dizer. Mas ele usou o termo repetidas vezes, durante meses, anos, e só agora vem com esta história de "modo de dizer". Quem procurar verá que ele usou e explciou o termo mensalão. Acho que a reportagem que tem que ser feita é porque o "ilustre" deputado (que pela ficha corrida tem tanta credibilidade quanto o empresário) voltou atrás no seu depoimento.

Agora, sobre notícias que o PIG não dá, o ilustre deputado pediu ao STF que incluísse Lula como réu no processo do mensalão. Sabiam?

Responder

    Aline C Pavia

    19 de setembro de 2011 às 18h23

    Esse pedido já tem vários meses e já foi negado.
    O pior do "denuncismo" é quando ele, além de ilações, também contém lapsos de tempo.

    Klaus

    20 de setembro de 2011 às 09h00

    Aline, o link abaixo é da notícia, datada de 02/09/2011, portanto há duas semanas. O pior do "adesismo" e quando ele, além de desinformado, também contém convenientes lapsos de memória. E aí, quem tá certo e quem tá errado?

    http://noticias.r7.com/brasil/noticias/roberto-je…

    Maurício

    20 de setembro de 2011 às 15h00

    Klaus, levou 3 minutos no Google para achar que essa não foi a primeira vez que ele pediu portanto você está errado. Isso vem pelo menos desde Abril de 2011.
    http://www.sidneyrezende.com/noticia/81214+stf+ne…

    Maurício

    20 de setembro de 2011 às 15h02

    Aliás, corrigindo, desde Abril de 2010 e não 2011!

    Robson Porto

    19 de setembro de 2011 às 19h17

    Mas segundo ele o mensalão nunca existiu… como arrolar Lula em um processo que nunca existiu? Para o PIG abordar isso teria que explicitar que o pai da criança agora diz que não existe criança; e o mensalão ainda é o grande mote da imprensa golpista contra o PT. Mas você não vai entender isso nunca, Klaus…

    Klaus

    20 de setembro de 2011 às 09h03

    O que eu não entendo é porque um nobre deputado que jogou m* no ventilador durante anos, afirmando uma coisa, muda de ideia de repente. Bela reportagem seria esta, não?

    Robson Porto

    20 de setembro de 2011 às 12h43

    Ora, bolas… Porque para ele, agora, o mensalão deixou de ter serventia; o que ele queria era apenas distrair a atenção do público para o fato de que foi pego em filmagem (através de seu representante lá nos Correios), em flagrante delito. Deixou-se seduzir pela imprensa golpista (Renata Lo Prete, da Folha, ou algo que o valha…) que, na verdade, usou-o para tentar implementar um golpe que, pelo visto nas últimas eleições, tinha o DNA completo de José Serra. Quanto à sua afirmativa, "Bela reportagem seria esta, não?" tente encontrar algum representante do PIG que se interese por esta "bela reportagem"…

    El Cid

    19 de setembro de 2011 às 23h40

    quer dizer Herr Troll, você adorou ver o envenenamento um país inteiro, a destruição de reputações e carreiras, que colocaram o país à beira de um impeachment de brincadeirinha…

    O Baixada Carioca tem razão: essa p… de cérebro é esse que não pensa !!!

    Klaus

    20 de setembro de 2011 às 10h49

    Existe um programa na TV, comandado pelo Alberto Dines, chamado "Observatório da Impresa". El Cid comanda um chamado "Observatório do Klaus". Larga do meu pé, sô. Vai encher o saco do Kalil.

    El Cid

    20 de setembro de 2011 às 18h09

    relaxa Herr Troll… não é só você !! tem um também que é conhecido como "Luz dos Trolls", que tem o mesmo sentimento em relação a mim !!!

    P.S.: joguei a isca… vamos ver se ele vai fisgar…

    luiz pinheiro

    20 de setembro de 2011 às 00h15

    Klaus, voce simplesmente não leu a entrevista do senador Costa. "Acho que a reportagem que tem que ser feita é porque o deputado voltou atrás no seu depoimento", diz voce. A razão é muito simples, e o senador a explica bem: agora chegou a hora do Roberto Jeferson ajustar sua estratégia de defesa junto ao STF, é momento de interromper a longa fase – mais de seis anos – de espalhar denúncias e adjetivos pelos ventiladores.

    luiz reis

    20 de setembro de 2011 às 08h37

    Robson e Aline, vocês vão querer que o Klaus pense? Não percam o tempo de vocês…

Luiz Teixeira

19 de setembro de 2011 às 17h40

Quando do episódio da bomba no Rio Centro, estava eu commeus 18 anos assistindo a um filme, quando entra a chamada da Globo para noticiar o atentado trazendo como repórter a Gloria Maria, dizendo que uma bomba explodira no colo de militares num carro estacionado. Passado uns quinze minutos, lá vem novamente a Glória Maria dizendo que n]ao se tratara de uma bomba mas de um extintor que explodira etc, etc. Quase vinte anos depois, lendo uma entrevista do Armando Nogueira, à revista isto é, este dizia que assim que aquele noticiario fora ao ar, veio um coronel do quartel da Urca dizendo que se a Globo não desmentisse o ocorrido, perderiam a concessão do canal. Assim sendo, ficou claro pra mim na ocasião o porquê de duas chamadas na TV para o mesmo assunto, ou seja, a primeira dava a notícia do fato, a segunda desmentia o fato. E assim senador, faça o governo a mesma coisa! Vá lá na Globo, ou chame um de seus proprietários e os ameasse com a perda da concessão, e o senhor verá como eles abaixam a crista rapidinho. Aí sim, o senhor terá o tão esperado debate sobre democratização da midia.

Responder

    Kane

    20 de setembro de 2011 às 07h37

    Desde quando a globo precisa da visita de um general ? o robertão andava de braço dado com todos esses tiranos, escondeu o golpe de estado na venezuela, tentou esconder o de honduras, faria o mesmo aqui já que o "dotô roberto" pediu o golpe de 64 em seu jornal, por isso ganhou seu canalzinho, do que pode reclamar ? a censura na globo é interna, pra não falar no bolinhagate, chega de monopólio merecemos mais que esse sistema herdado da ditadura. LEY DE MEDIOS JÁ

emerson57

19 de setembro de 2011 às 17h08

barbaridades contra o pt !
e no caso de são paulo, como fica a compra de pig?
9 milhões, sem concorrência? http://namarianews.blogspot.com/2011/09/alckmin-9…

Responder

    Felipe.k

    19 de setembro de 2011 às 19h56

    Um ex-diretor do Estadao, o sandro vaia, falou que esses 9 milhões são dinheiro para picolé. Bom, vindo de um ex-diretor do estadão, não é de se esperar outra reposta, né?
    Caso esse senhor queira direito de resposta, afinal, esse PIG tá morrendo de medo da liberdade de expressão na internet, eu salvei a msg que ele enviou. Esse é o jeito do PIG agir, 9 milhões é dinheiro para picolé…

    beattrice

    20 de setembro de 2011 às 23h26

    E isso é só parte, a pontinha do iceberg.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding