VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Diminui número de prefeitos tucanos em MG


10/10/2012 - 02h11

Diminui número de prefeitos tucanos em MG

Por Marcos de Moura e Souza

Valor Econômico – 09/10/2012, no clipping do Planejamento

O PSDB foi o partido que mais elegeu prefeitos em Minas Gerais nas eleições de domingo. O número de cidades governadas pelos tucanos, no entanto, será o menor desde pelo menos o início da década. O partido, que tem sido o campeão de votos no Estado, elegeu 142 prefeitos em Minas e não disputa nenhuma cidade no segundo turno. Em 2008, conquistou 158 cidades; em 2004, 150; e em 2000, 232.

O presidente do PSDB de Minas, o deputado federal, Marcus Pestana, disse que o partido reforçou a liderança que tem no Estado e que o bloco de partidos aliados ao PSDB obteve quase 85% das prefeituras do Estado.

Nas 55 cidades com mais de 40 mil habitantes, descontadas mais quatro onde haverá segundo turno sem a presença do PSDB, tucanos e aliadas ganharam em 35, destaca Pestana. “É um desempenho muito importante, principalmente para as eleições para o governo do Estado em 2014, dada a importância da capilaridade partidária numa campanha a governador e a senador”, disse o deputado.

O recuo em termos de prefeituras se explica, diz Pestana, por uma “cultura aliancista”. “Abrimos mão de várias cidades em favor de outros partidos aliados, como para o PSB, por exemplo.”

O PSB, do prefeito reeleito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, foi o partido que mais ganhou nessas eleições. Saiu de 13 prefeitos para 31 eleitos no primeiro turno. E disputa o segundo turno em Uberaba. O partido está na base do governador Antonio Anastasia (PSDB). Para o secretário-geral do PSB em Minas, Mário Assad Júnior, o bom desempenho de seu partido foi influenciado pelo que chama de “modelo de governar exitoso de Lacerda em Belo Horizonte” e que fortaleceu a imagem do partido no interior.

O PSDB e PSB tem presidenciáveis em seus quadros: Aécio e o governador do Pernambuco, Eduardo Campos, respectivamente. O PT, que tem hoje a presidente Dilma Rousseff como o nome mais forte para as eleições de 2014, também festejou seu resultados em Minas Gerais.

O PT perdeu a disputa em Belo Horizonte — cidade natal de Dilma –, mas o petista Patrus Ananias obteve 40% dos votos e fortaleceu a legenda. O partido venceu em 114 cidades no primeiro turno e disputa, no segundo, Montes Claros, Contagem e Juiz de Fora. Em 2008, o partido havia eleito 110 prefeitos.

No domingo, o PT saiu vitorioso em cidades importantes, como as da região do Vale do Aço [onde se concentram siderúrgicas]; Pouso Alegre e Poços de Caldas, no sul do Estado; Uberlândia, no Triângulo Mineiro; Ribeirão das Neves, na região metropolitana e no leste, Governador Valadares.

“Nossa meta não era numérica, era mais uma meta qualitativa e sob esse aspecto, tivemos um desempenho até acima do esperado”, disse André Quintão, deputado estadual do PT e vice-presidente da legenda no Estado.

Leia também:

Zé Dirceu: ‘Não me calarei, não abandonarei a luta’

Dirceu, Genoino e Delúbio são condenados pelo STF

Lewandowski: Genoino será condenado apenas por ter sido presidente do PT

Saul Leblon: Engrenagem se move para esmagar referência de luta

Rubens Casara: “Risco da tentação populista é produzir decisões casuísticas”

Paulo Moreira Leite: O lugar de Genoino

Genoino: “Vocês são urubus e torturadores da alma humana”

Leonardo Boff: Justiça ou preconceito jurídico?

Lewandowski: Cabe qualquer um no “figurino genérico”

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Paulo Moreira Leite: Quem tem medo da mensagem das ruas e das urnas « Viomundo – O que você não vê na mídia

10 de outubro de 2012 às 20h33

[…] Diminui número de prefeitos tucanos em MG […]

Responder

Braw

10 de outubro de 2012 às 18h17

“Para o secretário-geral do PSB em Minas, Mário Assad Júnior, o bom desempenho de seu partido foi influenciado pelo que chama de “modelo de governar exitoso de Lacerda em Belo Horizonte” e que fortaleceu a imagem do partido no interior.”

Esquece o nobre Mário Assad Jr que nas maiorias destas cidads são candidato egressos da direita em um movimento oportunista, veja o caso de Uberaba onde o PSB foi a 2 turno, seu candidato foi impulsionado pe cacique do DEM local, Marcos Montes; ou seja, são vitórias fantasiosas e que migrarão para outros partidos ao decorrer do mandato se o PSB deixar de ser atrativo.

Simples assim.

Responder

Hélio Pereira

10 de outubro de 2012 às 15h13

Aécio esta sendo apontado como vencedor nestas eleições,mas a realidade das Urnas mostram algo bem diferente.
Em 2000 o PSDB mineiro tinha 232 cidades,depois de oito anos de Aécio no Governo de MG e mais dois de seu Poste Anastasia este mesmo PSDB que dizem ser vitorioso tem 142 Cidades,não vai disputar nenhum segundo turno em Minas e perdeu as principais cidades do estado.
A midia diz que BH foi uma vitória de eduardo Campos e é verdade,pois Márcio Lacerda é do PSB,fêz campanha se dizendo “aliado” de Dilma e seu vice é do PV.
Aécio fêz incursões no RS e seu candidato em Porto Alegre ficou com 3% dos votos,foi ao RJ apoiar o candidato do PSDB Otávio Leite e ele obteve menos de 5 % dos votos válidos,foi a S José dos Campos e viu o PSDB perder no Primeiro turno para o PT,foi a Curitiba várias vezes e viu Luciano Ducci perder no Primeiro turno,então fica a Pergunta se Aécio Neves com tudo isto é considerado VENCEDOR,como seria se fosse considerado PERDEDOR?

Responder

Marcelo

10 de outubro de 2012 às 11h55

E o psdb agora anda terceirizanfo vitórias, já que é um partido em franca decadência. Pra se ter um idéia, elegeu apenas 2 vereadores em BH que sāo o Léo Burguês (aquele mesmo da marchinha da coxinha) e o Bispo Fernando (da Igreja quadrangular). Olha só o nível. O PT elegeu 5 vereadores em BH além de Patrus ter tido uma votaçāo execelente (40% dos votos válidos), contra a máquina municipal, estadual e midiática, além dos stfs da vida.
Fora as vitórias em diversas cidades que em outros tempos era inimaginável, como Uberlândia, por exemplo,
O Psdb se ferrou e eles sabem disso.

Responder

    Braw

    10 de outubro de 2012 às 18h18

    Mas Marcelo..terceirizar é com PSDB mesmo !! rsrsrsrs..

Jairo Beraldo

10 de outubro de 2012 às 11h33

Será que o PSB de Eduardo Campos e Marcio Lacerda são realmente aliados de tucanos? Eu tenho minhas duvidas!

Responder

J Fernando

10 de outubro de 2012 às 11h09

E a gente tira o chapéu para o Aécio (PSDB) que não tendo nenhum candidato do partido para comemorar junto, comemorou a vitória de Lacerda, QUE ATÉ O INÍCIO DO ANO TINHA COMO VICE UM NOME DO PT (ROBERTO CARVALHO).

E também tiro o chapéu para quem lê só os subtítulos das notícias. O PT disse que venceu EM MG e não em Belo Horizonte, pois AUMENTOU a quantidade de prefeitos eleitos.

Responder

Luís Carlos

10 de outubro de 2012 às 10h41

Há nítido crescimento do PT em tradicional ninho tucano que é MG. Cresce em número de prefeituras e ainda pode crescer mais, se vencer no segundo turno onde disputa. Assim se avança, mantendo a frente onde já se está na frente, virando em localidades onde se está atrás e diminuindo vantagens onde estava em desvantagem.
E isso, apesar de todos os ataques feitos pela mídia oposicionista.

Responder

Doleontina Gramacho

10 de outubro de 2012 às 08h54

Uberlândia quase 700 mil habitantes. Elegeu Gilmar Machado com mais de 70% foi uma vitória e tanto, O PT fez cabelo , barba e bigode. Massacrou de vez o PSDB e ainda por cima elegeu numa coalisão a maior bancada de vereadores.
Chora cambada de TucanoDemos.
Ai , que dor de Corno.

Responder

Sagarana

10 de outubro de 2012 às 08h47

Tenho que tirar o chapéu para o Pt. Eh o único partido que se declara vitorioso com uma derrota. Em primeiro turno.

Responder

    JULIO/Contagem-MG

    10 de outubro de 2012 às 11h08

    Nas maiores cidades de Minas, Uberlandia, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Go
    vernador Valadares,Ribeirão das Neves, vale do aço inteiro (Ipatinga, Timo
    teo,Cel. Fabriciano), no segundo turno, a minha Contagem e Juiz de Fora, vo
    tação expressiva na capital (40%) com apenas 40 dias de campanha, (o prefei
    reeleito pelo PSB, está em campanha a 4 anos), vitoria petista importante
    em São João Del Rey, reduto do aócio, em suma o senador cambaleante foi fra
    garosamnte derrotado nas Minas Gerais. O PT, mais uma vez, venceu o medo,e
    o consorcio golpista, PIG/DemoTucanos/$TFede…

    M. S. Romares

    10 de outubro de 2012 às 13h02

    Em geral quem tira o chapéu, é alguem que tem cabeça.

J Souza

10 de outubro de 2012 às 08h34

Vencer o Aécio é fácil.
Quero ver o PT conseguir vencer a coligação Globo-Veja-Estadão-Folha. Todos servem a ela: Ministério Público, STF, Forças Armadas, o “segundo escalão” da mídia (rádios, TVs e jornais locais).
E ela não tem ideologia, tem “ambição”, tem ganância, e ódio, muito ódio para despejar nos lares brasileiros!

Responder

Willian

10 de outubro de 2012 às 08h22

E em Pernambuco, como foi o PSB?

Responder

JULIO/Contagem-MG

10 de outubro de 2012 às 03h09

Como disse o bravo deputado estadual, Rogério Correia, em discurso na tribu
na da assembleia de Minas, na tarde desta terça feira, o partido do senador
cambaleante do baixo Leblon, tomou uma surra em Minas Gerais.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.