VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

Mensalão no JN: Acusação vence defesa por 1151 a 8


01/08/2012 - 23h48

JN dá 19 minutos à acusação do mensalão e 8 segundos à defesa

por Eduardo Guimarães, em seu blog 

O colunista da Folha de São Paulo Janio de Freitas usou em artigo de sua lavra publicado na Folha de São Paulo na terça-feira (31.07) uma alegoria da qual este blog tem se valido à exaustão. Os leitores desta página identificarão a semelhança de trecho daquele artigo – trecho que reproduzo abaixo – com o que aqui tem sido dito.

—–
“O julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal é desnecessário. Entre a insinuação mal disfarçada e a condenação explícita, a massa de reportagens e comentários lançados agora, sobre o mensalão, contém uma evidência condenatória que equivale à dispensa dos magistrados e das leis a que devem servir os seus saberes (…)”
Jânio de Freitas, O julgamento na imprensa, Folha de São Paulo, 31.07.12
—–
Os pistoleiros pagos a peso de ouro pela mídia oligopolista para assassinarem reputações de desafetos políticos dos patrões nem poderão dizer que esse jornalista é “mensaleiro”, pois é membro do conselho editorial do jornal Folha de S. Paulo.
Frase de Freitas sobre a imprensa, imortalizada na Wikipedia, resume a razão pela qual essa imprensa está promovendo legítimo linchamento de todos os réus do mensalão indistintamente, de forma que, como bem disse o jornalista, subentende-se que o julgamento será mera formalidade para uma condenação já decidida.
—–
“Os meios de comunicação brasileiros nunca deixaram de ser parte ativa nos esforços de conduzir o eleitorado. Sua origem e sua tradição são de ligações políticas, como agentes de facções ou partidos”
Janio de Freitas
—–
A comprovar a opinião do eminente jornalista de que a imprensa corporativa e oligopolista atua como agente de facções e partidos está o massacre que o principal telejornal da Globo, o Jornal Nacional, está promovendo contra os réus do mensalão desde segunda-feira, quando anunciou e principiou a ocupar imenso espaço com o julgamento que começa nesta quinta-feira.

Nos primeiros dois dias desta semana, o Jornal Nacional vem entrando no ar com extensas matérias sobre o mensalão. Na segunda-feira, rememorou o caso ao longo de 11 minutos e 30 segundos; na terça, a matéria ocupou 7 minutos e 41 segundos.

Desses quase vinte minutos de acusações, o telejornal contrapôs inacreditáveis 8 segundos – e só na terça-feira – à defesa de um dos réus, José Dirceu, exibindo frase de seu advogado.

À primeira vista, fica difícil afastar a sensação de que essa meia dúzia de grandes órgãos de imprensa conseguirá que o Supremo Tribunal Federal se submeta aos seus ditames e condene, sem mais delongas, todos os 38 réus por todas as acusações que lhes foram assacadas. Todavia, já surgem indícios de que a Justiça pode não compactuar com a farsa.

O indício de que assim será vem do ministro do STF José Antonio Dias Toffoli, que vem sendo questionado pela mídia por ter servido ao governo Lula e advogado para petistas assim como o ministro Gilmar Mendes serviu ao governo Fernando Henrique Cardoso e advogou para tucanos.

O caso de Gilmar é mais sério, pois, há pouco, envolveu-se em polêmica com o ex-presidente Lula ao denunciar tardiamente, após longo período da ocorrência do fato, que se encontrou com ele e que, naquele encontro, teria sofrido pressão para absolver réus do mensalão. Além disso, a atuação de Gilmar ao longo do governo Lula foi marcada por reiteradas acusações a ele.

O indício de que o STF poderá dar nos autos a resposta à pressão injusta, ilegal e antidemocrática que vem sofrendo da mídia para condenar os réus como ela quer se encontra na decisão de Toffoli de participar do julgamento do mensalão à revelia do que pregam esses órgãos de imprensa.

Aliás, vale relatar que a Folha de São Paulo questionou Toffoli e este nem lhe deu resposta. Ainda assim, é pouco. Esse é só um indício, pois outros juízes podem ceder.

O cerceamento do direito de defesa dos réus do mensalão é flagrante. A mídia tenta criar um clima de fato consumado como o que estabeleceu em outros julgamentos que não passaram de mera formalidade, mas que, ao menos, tinham contra os réus daqueles processos não politizados, como por exemplo o casal Nardoni, provas inquestionáveis, o que inexiste contra parte dos acusados pelo mensalão.

Um blogueiro da Globo chegou a escrever que o STF “apressou” o julgamento do mensalão porque o ex-presidente Lula teria criado a CPI do Cachoeira. E asseverou que não se apressa um julgamento para absolver réus. Ou seja, acusou a Corte de ter agido por motivações políticas quando seu dever é o de atuar de maneira estritamente técnica.

Como se não bastasse, a Globo e seus satélites na grande imprensa vêm tratando o ex-presidente Lula em suas reportagens como se fosse um dos indiciados. O Jornal Nacional chegou a fazer uma montagem gráfica em que uma ficha do ex-presidente sai de um arquivo de onde estavam saindo fichas dos réus de fato no inquérito do mensalão.

A mera hipótese de a Suprema Corte de Justiça do país ser encurralada para decidir como querem grupos empresariais de comunicação constitui grave ameaça à democracia. Como aceitar que empresários, por mais poderosos que sejam, possam obrigar um dos três Poderes a tirar a liberdade e a destruir a honra de cidadãos que, até prova em contrário, são inocentes?

Para continuar lendo, clique aqui.

Leia também:

Santayana: Tentando segurar o sol com as mãos

Leandro Fortes: Sobre o calcanhar de Aquiles de José Serra

A crença míope nos superpoderes de blogueiros

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Mariah

03 de agosto de 2012 às 10h42

Receio que os ministros do STF estejam muito assustados com o poder do PIG. Espero sinceramente que eles não sucumbam e mantenham sua independência, coragem e integridade, pois caso contrário isso será um péssimo sinal para o país, então dominado por uma camarilha de meios de comunicação oligopólicos. Nesse momento, se poderá decretar que somos qualquer outra coisa, que não uma Democracia. Pior ainda se passar pelo ego de algum deles obter seus 15 minutos de fama ou uma capa elogiosa de alguma revista ligada ao crime organizado, que logo se apagará nas páginas da História. O que chama a atenção é que Gurgel foi escolhido por Lula. Veja-se a diferença da época de FHC, a evidenciar uma conduta ética do nosso ex-presidente. Naquela época, o PGR era chamado pela mídia de engavetador-geral da república. Essa é somente uma diferença entre as posturas de ambos.

Responder

Mineirim

02 de agosto de 2012 às 13h06

Será que o STF irá sucumbir à pressão do PIG, em contraste ao Juiz que enfrentou a mulher do tal Cachoeira? Sincera e tristemente, acho que não, porque nos tribunais superiores os bandidos sempre tem “facilidades”, como já declarou um banqueiro anteriormente condenado em primeira instância.

Responder

O_Brasileiro

02 de agosto de 2012 às 09h44

O Ali Kamel e o Roberto Civita não engoliram a derrota de 2006! Querem revanche!

Responder

lulipe

02 de agosto de 2012 às 09h41

Esse chororô contra o famoso “PIG” tá ficando hilário.Logo logo estarão analisando até as roupas dos apresentadores dos telejornais na tentativa de encontrar alguma mensagem subliminar…

Responder

    Luiz Moreira

    02 de agosto de 2012 às 12h23

    LULIPE!
    Vai para Floripa e ve a ZERO HORA, representante do pig GLOBO no sul. Seu filho estupra e faz outras coisas do genero e nada acontece. PORQUE?

    lulipe

    02 de agosto de 2012 às 13h16

    Isso é problema da polícia, Ministério Público e Justiça.O que é que o “PIG” tem a ver com isso, Luiz???

FrancoAtirador

02 de agosto de 2012 às 09h26

.
.
O FACTÓIDE DO SÉCULO

Hoje (02/8/2012), inicia-se o julgamento DO Supremo Tribunal Federal

pela ainda poderosa Oligarquia Famigliar Máfio-Midiática Apátrida.

Qualquer Ministro do STF que votar pela absolvição de Jose Dirceu

estará sumariamente condenado à execração pública, sem direito de defesa.

Assim como já foram antecipadamente condenados todos os réus do processo.

NANHDP se viu tamanho conluio midiático para propagação de uma infâmia.
.
.

Responder

    Bonifa

    02 de agosto de 2012 às 10h57

    Prezado Franco Atirador, a execreção pública fica apenas em veladas ameaças feitas antes do julgamento. Depois do julgamento, a Globo vai meter o rabo entre as pernas e contar os trocados de saldo que lhe sobraram, quase nada. A Globo estará sangrando mais que nunca. Não poderá sequer pensar em execrar nenhum ministro do Supremo, mesmo que conte com algum outro ministro boquirroto. Este julgamento vai dar a medida exata que tem hoje o outrora incontrastável poder da Rede Globo e da Veja: Um pífio traque, um desprezível fóton que não consegue mais atingir os olhos do povo.

    Mário SF Alves

    02 de agosto de 2012 às 16h21

    Você tem razão Bonifa. Parece que é isso mesmo. No Jornal da Globo de ontem, 01/08, ficou nítida a impressão de que partiram para o tudo ou nada. Até à CNN recorreram.

    José Ruiz

    02 de agosto de 2012 às 11h08

    Será que eu estou tão enganado assim? Tô achando que os ministros do STF não vão aceitar a pressão do PIG.. o tiro vai acabar saindo pela culatra.. talvez o julgamento do mensalão inaugure uma nova fase de relacionamento entre a sociedade brasileira e a mídia..

Uélintom

02 de agosto de 2012 às 08h48

E a denúncia de que Gilmar Mendes recebeu dinheiro do valerioduto? Mesmo que a informação tenha sido absolutamente ignorada pelo PiG, não vai acontecer nada? Não houve nenhum desdobramento? O próprio STF vai ignorar a capa da Carta Capital? E o PT, não vai dizer nada? Nem o advogado dos réus? Mesmo que a vinculação de Gilmar Mendes com Valério seja por meio de PSDBistas, que é outro processo no STF, o valerioduto é o mesmo! Mino Carta será jogado aos tubarões?

Responder

Uélintom

02 de agosto de 2012 às 08h38

A velha mídia pode até não conseguir influenciar os ministros do STF, mas continuam tentando. A Folha/UOL de hoje (02/08) usa o nome da namorada de Dias Toffoli da mesma forma que Collor usou Miriam Cordeiro contra Lula. Será que o PiG usa desse expediente por desespero, pois não ter acesso direto aos Ministros do STF (exceto Gilmar Mendes)? Ou a realidade é pior? Pois se eles têm coragem de partir para ações tão baixas às nossas vistas, o que não devem estar fazendo na calada da noite?

Responder

Willian

02 de agosto de 2012 às 08h31

O fato de Janio de Freitas fazer parte do conselho editorial da Folha mostra que ela não é tão “tucana” quanto vocês tentam fazer crer. Basta ler os textos dele. Seria como o PHA fazer parte do conselho da Veja…

Responder

    J Fernando

    02 de agosto de 2012 às 12h30

    Faz-me rir…
    Faz parte do Conselho Editorial, mas quem manda é o Frias.
    Eles deixam passar as colunas do Jânio para mostrar uma falsa imparcialidade (assim como a globo deixa passar as colunas do Paulo M Leite). Mas, Jânio ou Paulo que experimentem confrontar seu jornal. Será censurado no ato.

    MARCELO

    02 de agosto de 2012 às 12h55

    Que nada.Sabe onde é impressa a Carta Capital?Na gráfica da
    Folha.Quando Collor mandou a PF invadir a Folha em 90,quem foi
    prestar solidariedade?O PT,claro.

    Willian

    02 de agosto de 2012 às 15h02

    Marcelo, na época, Veja e PT estavam juntos contra Collor. O PT sempre ataca o inimigo do momento. Hoje, o PT e a blogosfera, seriam solidários ao Collor.

Fabio Passos

02 de agosto de 2012 às 07h20

É o PIG.
Nós é que toleramos estes golpistas bandidos que pensam ser os donos do Brasil.

Responder

Gerson Carneiro

02 de agosto de 2012 às 02h58

E a revista Veja põe foto do Zé Dirceu e a inscrição “RÉU”.

Oras, a revista Veja acabou de ser condenada a indenizar o petista Marcelo Déda em R$ 200 mil.

Responder

    Willian

    02 de agosto de 2012 às 16h27

    Gérson, você tem a mais pálida ideia do que significa a palavra RÉU??????

    Azuir Ferreira Tavares Filho

    02 de agosto de 2012 às 16h53

    Azuir Disse:

    Fica a nossa Poesia e Canção do Mensalão em homenagem ao Companheiro Guerreiro Zé Dirceu.

    Com o Escândalo Demóstenes e Cachoeira, de Pirillo e Siqueira Campos, de Lereia e de Paulo Preto com SERRA da Bolinha de papel com a DELTA e o aumento de 264 Milhões nas Obras do Rodoanel em SP, o Mensalão ficou desmoralizado. O Procurador e o Juiz falou contudo pegou muito mal e não vai dar pra ser usado porque não prova nada. As provas que tem são contra Demóstenes, Cachoeira, Pirillo, Soqueira Campos, Leréia, Paulo Preto, Serra e Outros.
    O Mensalão é com Azeredo e Arruda, Dirceu é pra ser absolvido.

    DEMÓSTENES E CACHOEIRA
    ASSIM FIZERAM O MENSALÃO.

    Contra Dirceu uma vingança, e nisso puseram-se a agir.
    Tremenda lambança, e Ministério da Justiça conseguir.
    Uma Mina Verdadeira, dali conseguiriam a imensidão.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Demóstenes do DEM sairia, para bom cargo conseguir
    Para o PMDB ele entraria, na Justiça é melhor pra agir.
    Oportunista de Primeira, grande mestre na enganação.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Foi uma crise criada, e foi Policarpo quem publicou.
    Na Veja infâmia danada, que ao PT tanto prejudicou.
    Uma Quadrilha tranqueira, da calúnia e da insinuação.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    E toda Mídia colaborou, e fez-se a notícia espetacular.
    Grande Teatro se montou, Conseguiram a Dirceu cassar.
    Foi Política ratoeira, contra quem enfrentou a repressão
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Querem é faturamento, sem nenhuma responsabilidade.
    Ignoram espaço e tempo, perdem o tino na maldade.
    Ficam sem eira nem beira, e trocam o pé pela mão.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Contam que ninguém esta vendo, só pensam no lucrar.
    Mais o Povo esta aprendendo, sem a fome faz estudar.
    Realidade é coisa verdadeira, não é revista ou televisão.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    O Brasil vive uma beleza, o mundo esta reconhecendo
    As cartas estão na mesa, e o povo esta tudo sabendo.
    Chegada a Hora derradeira, será mostrada na eleição.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Tem perna curta a mentira, e vai em frente a História.
    A Vida na verdade se inspira, o povo tem sua memória.
    Enganar é fazer besteira, sempre vem a hora da razão.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Não vai reescrever o passado, nem nosso Futuro mudar.
    O fato imundo desmoralizado, faz a essa Mídia condenar.
    Coisa de gente traiçoeira, à ocultar nossa transformação.
    Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

    Azuir e Turmas: do Social da Unicamp, Campinas, SP, Amigos de Rocha Miranda,
    Rio de Janeiro, RJ e de Amigos de Mosqueiro, Belém , PA.

Paciente

02 de agosto de 2012 às 02h43

A votação da Lei da Mídia Livre

Fico me perguntando o que dirão se somente um ou dois ou nenhum dos acusados for condenado…

Vão dizer que foi pizza? O STF faz pizza? Será que vão dizer isso?

Vão dizer que o STF recebeu “mensalão” para não condenar este ou aquele?

(Não sei se já observaram, mas quem vota na esquerda, vota “por que recebeu alguma coisa”. Sempre. O povo vota “porque recebeu mensalão” – bolsa família; o deputado vota na proposta do governo “porque recebeu propina – o “mensalão”. Ser socialista é uma coisa tão ruim, que só recebendo dinheiro – suborno, assinando pacto com o diabo se opta por ser. Ser abolicionista no Brasil é insuportável, comungar da senzala então…)…

E se condenar muitos, mas não condenar José Dirceu? Vão dizer que foi um “mensalão do STF” seletivo? Vão dizer que o Ministro Toffoli “tem apresentado um padrão de vida acima de suas posses”?

Mas principalmente, o que vão dizer daqui a três meses, quando começar a CPI da Privataria?

Vão dizer que este governo é uma “ditadura bolivariana mal-disfarçada” que usa a “mídia massiva” dos “blogueiros sujos” para “induzir compulsoriamente”, via internet, o povo a não respeitar o principio da inocência dos réus?

Dirão? Dirão. Claro que dirão. Quem edita o debate Lula-Collor edita qualquer coisa. O problema é se o resto de credibilidade jornalistica deles resistirá ao fim do mensalão – com condenação ou não.

Assim como a Lei Áurea foi promulgada depois que o povo brasileiro já havia fugido em massa das senzalas, é bem capaz que a Lei de Mídia seja efetivada pela fuga em massa do povo brasileiro desses currais eletrônicos.

Os quilombos regurgitam de gente.

Responder

    Mário SF Alves

    02 de agosto de 2012 às 16h37

    Gostei.

Mateus

02 de agosto de 2012 às 00h34

NEM O PARTIDÃO, MEU FILHO!

Meu pai tem 84 anos, uma excelente memória e se interessa por política desde 1956. E me dizia esta semana que nunca tinha visto uma farsa tão grotesca como essa do “mensalão”. E me dizia ainda que quem deveria estar preso por conta da compra de votos para a reeleição seria FHC.

E me perguntava também de onde tem vindo o dinheiro gasto por todos os políticos e seus Partidos em todas as eleições ocorridas no Brasil, desde Dom Pedro Cipopau (desde tempos imemoriais).
E ele mesmo responde: “dos fazendeiros, das obras superfaturadas, da coca-cola, das construtoras, , das empresas que recolhem o lixo e fazem o transporte coletivo nas pequenas e grandes cidades brasileiras e, hoje, também dos fiéis.

E costuma perguntar ainda: “que partido, na história de todas as eleições desse país, declarou à justiça eleitoral exatamente o que gastou numa dessas eleições?”

E ele mesmo responde, rindo à toa: “nem o partidão, meu filho, nem o partidão”. Partidão é a maneira como ele se refere ao Partido Comunista.

Responder

    MARCELO

    02 de agosto de 2012 às 12h57

    É,mas o PT sempre foi a UDN de macacão,até o Lula chegar ao poder.
    Sempre foi “o partido mais ético do universo”.Agora aguenta,Mateus.

    Azuir Ferreira Tavares Filho

    02 de agosto de 2012 às 16h58

    Azuir Disse:

    Enquanto caluniam, humilham e mentem acusando valorosos Patriotas como Zé Dirceu e tantos, cometem os Crimes mais terríveis contra nosso Povo e nossa Nação, são os Vendilhões do Templo e estão fadados a mais terrível condenação, não adianta ao Cristo Crucificarem, pois em cada eleição há um arrebol e o Brasil já é outro.
    Quanto mais o tempo passa mais tem de explicar de verdadeiras ilegalidades.
    Azuir Disse:

    -Aqui a Defesa de José Dirceu entregue ao STF desmonta acusações

    http://novobloglimpinhoecheiroso.wordpress.com/2012/07/27/defesa-de-jose-dirceu-entregue-ao-stf-desmonta-acusacoes/

    -Aqui Marcos Valério Mostra o Mensalão do Azeredo.(Isso que era Mensalão)

    http://novobloglimpinhoecheiroso.wordpress.com/2012/07/27/marcos-valerio-firma-em-cartorio-documento-em-que-passou-r45-milhoes-para-o-tucano-eduardo-azeredo/

    – Aqui para você conhecer o Mensalão da Lista de Furnas. Em Poesia para Você se Sensibilizar e ajudar a Inocentar os Patriotas como José Dirceu que enfrentou a Ditadura e a Privataria TUCANA.

    .
    LISTA FURNAS MENSALÃO, PRA JUDICIÁRIO E MÍDIA FALAR.

    Muita gente participando, fazendo mal a nosso Brasil.
    Dos recursos se apropriando, coisa igual nunca se viu.
    Verdadeiramente Campeão, 156 ninguém vai superar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Sem Vergonha na cara, Querem é julgar os inimigos.
    Um fracasso que não para, cada vez mais perdidos.
    É o Mensalão Imensidão, a Arruda e Azeredo ganhar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Gente da Alta Sociedade, Desde Paulista à Mineira.
    São de todas localidades, da nossa Nação Brasileira.
    Uma Verdadeira Seleção, nessa modalidade a ganhar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Fingem não estar vendo, nem nada estão ouvindo.
    No momento nada lendo, como estivesse omitindo.
    De muito difícil superação, sem gangue pra suplantar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    É do Amaury Ribeiro, que mostrou o crime Privataria.
    Um Escritor Guerreiro, de Consciência e Cidadania.
    Um Patriota de dedicação, prova que estão a roubar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Vamos tudo acompanhar, senão fazem confundir.
    São capazes de engavetar, e algum documento sumir.
    Tem os que dão absolvição, no final vão se estrepar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Se pensa tudo dominado, de o que quiser poder fazer.
    Mais estão é enganados, tem Eleições e vão é sofrer.
    Mais crime contra a Nação, vão tentar outros culpar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Uma Gente Criminosa, que topam imunda parada.
    Gente vil e mentirosa, que já se mostra desesperada.
    Vão tentar fazer proibição, ou todas provas anular.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    É uma coisa muito fula, é uma vergonha sem fim.
    Não tem Dilma nem Lula, tem Serra, Aécio e Alckmin.
    Não representam a Nação, não são pelo povo a Lutar.
    Lista Furnas Mensalão, pra Judiciário e Mídia falar.

    Azuir Filho e Turma de Amigos: do Social da Unicamp, Campinas, SP,de Rocha Miranda, Rio de janeiro, RJ, e de Mosqueiro, Belém do Pará.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!