VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Fernanda Giannasi: “O dinheiro não falou mais alto”


04/02/2012 - 00h11

por Conceição Lemes

Vítimas do amianto e seus familiares  estão exultantes em todo o mundo.

Atendendo à reivindicação dos seus cidadãos, a Prefeitura e o Conselho Comunal da cidade de Casale Monferrato, Itália, rejeitaram a oferta de pouco mais de 18 milhões de euros dos ex-proprietários da Eternit para que se retirassem como parte civil do  processo do século, cuja decisão final será anunciada no próximo dia 13, em Turim.

O processo diz respeito à morte de 2.500 trabalhadores, assassinados pelo cancerígeno amianto. Os ex-donos da Eternit, o barão belga Louis de Cartier de Marchienne e o magnata suíço Stephan Schmidheiny, são acusados de desastre ambiental doloso permanente e omissão de medidas de segurança no trabalho. Os procuradores de Justiça italianos pleiteiam  a condenação a 20 anos de prisão para ambos.

Se a Prefeitura e Conselho Comunal de Casale Monferrato tivessem aceito a oferta, fortaleceriam os acusados, facilitando-lhes a defesa no processo criminal.

“O dinheiro não falou mais alto”, comemora a engenheira Fernanda Giannasi, auditora fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em São Paulo. “Pressionados em casa e internacionalmente, os políticos italianos não se renderam à troca de migalhas em detrimento da dignidade das vítimas do amianto e seus familiares. Sem dúvida alguma, um exemplo para nossas ações futuras.”

Leia também:

Decisão de processo contra Eternit na Itália será anunciada em 13 de fevereiro

Fernanda Giannasi: Juiz foi induzido a erro por fabricante de amianto

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Lei do uso controlado do amianto viola o direito constitucional à saúde? « Viomundo – O que você não vê na mídia

31 de outubro de 2012 às 08h17

[…] Fernanda Giannasi: “O dinheiro não falou mais alto” […]

Responder

SBPT repudia ordem judicial contra médico que pesquisa malefícios do amianto | Viomundo - O que você não vê na mídia

17 de fevereiro de 2012 às 18h29

[…] Fernanda Giannasi: “O dinheiro não falou mais alto”   […]

Responder

Hagá

05 de fevereiro de 2012 às 20h35

Bom, ainda não saiu o resultado do julgamento. O título da matéria portanto é precoce. E mesmo que saia a decisão, deve ter recurso. Importante é saber o que se tem feito no Brasil contra esse material venenoso. Parabéns à Dra. Giannasi, que enfrentou essa poderosa empresa estrangeira. EU BOICOTO AMIANTO. E VOCÊ?

Responder

João-PR

05 de fevereiro de 2012 às 02h34

Ainda há gente decente no mundo

Responder

Douglas

04 de fevereiro de 2012 às 16h29

Isso foi onde mesmo? Na Itália. Ah, assim não vale. Sei que sacanagem política deve ter em todo lugar. Mas aqui no Brasil (com a corja de políticos e juízes) as coisas já passaram do deboche. Uma vergonha. Fosse aqui os mortos e descendentes estariam … Sabem como é. E viva o Brasil.

Responder

Eduardo

04 de fevereiro de 2012 às 14h51

Pessoal,está no blog do Brizola Neto, EUA, Israel e OTAN, marcam data para atacar o Irã. Depois do Oriente Médio será a vez da América Latina.
Acessem o Link abaixo para ver como agem os que mandam no mundo.
http://www.youtube.com/embed/dFtijO8qM6A

Responder

Paulo Marconi

04 de fevereiro de 2012 às 14h22

Se fosse a nossa justiça já teria se vendido.

Responder

Ary

04 de fevereiro de 2012 às 11h56

No dia em que algum "cuiudo" fizer um levantamento sobre as mortes que a indústria da carne e dos embutidos fizeram ao longo das décadas, vai ser um Deus-nos-acuda.

Responder

    Porco Rosso

    04 de fevereiro de 2012 às 13h40

    Num país cada vez mais tomado por agroboys (inclusive no Governo e em sua base) esse seu cenário apocalíptico é bem improvável.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.