VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Altamiro Borges: A torcida pelo câncer de Chávez
Você escreve

Altamiro Borges: A torcida pelo câncer de Chávez


07/01/2013 - 21h50

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Noblat e os golpistas da Venezuela

Por Altamiro Borges, em seu blog

A mídia colonizada torceu pela morte de Hugo Chávez antes das eleições presidenciais de outubro passado. Frustrada, ela apostou na vitória do ricaço Henrique Capriles, mas também se deu mal. Na sequência, ela previu que o chavismo seria derrotado nas eleições locais de dezembro, mas os partidários da “revolução bolivariana” venceram em 20 dos 23 estados. Agora, ela volta a torcer pela morte de Chávez, que se trata de um câncer em Cuba. Um dos mais histéricos neste coro macabro é Ricardo Noblat, do jornal O Globo.

Em seu blog hoje, ele afirma que “tem golpe em marcha na Venezuela”. Noblat garante que Hugo Chávez já era! “São aparelhos que ainda o mantém vivo. A hipótese de sua recuperação é remota. Só cogitam dela os que acreditam em milagres”, afirma o colunista, talvez com base em informes do serviço secreto dos EUA. Metido a constitucionalista desde o julgamento do “mensalão petista”, Noblat prega, então, que sejam convocadas novas eleições presidenciais no país vizinho. “É o que manda a Constituição”, esbraveja.

A Constituição da Venezuela, uma das mais democráticas do mundo – que prevê até referendo revogatório do mandato presidencial –, afirma que na “impossibilidade” de posse do mandatário, novas eleições deverão ser convocadas num prazo de 30 dias pelo Congresso Nacional. Os chavistas informam que o líder bolivariano está em recuperação e que nada impede que a sua posse seja adiada por alguns dias. A própria oposição direitista já admite o adiamento. Noblat, porém, não concorda. É mais realista do que o rei.

Para o serviçal da família Marinho, Chávez é um “presidente que governa como ditador” e um “ditador que governa como presidente”. Daí sua torcida macabra. “Chávez estaria destinado a se eternizar na presidência se não fosse o câncer descoberto em meados do ano passado”. Por isto ele exige que a posse deve ocorrer na próxima quinta-feira, dia 10. Caso contrário, garante, estará em marcha “um golpe na Venezuela”, que “nada tem a ver com a oposição. Que é fraca, fraquinha, e sem imaginação. Como a nossa”.

A “revolução bolivariana” já enfrentou e derrotou vários “golpes midiáticos” – como o de abril de 2002 e o locaute patronal de 2003. Hugo Chávez foi eleito e reeleito com consagradoras votações. Mesmo assim, Ricardo Noblat e outros “calunistas” amestrados da mídia colonizada insistem em chamá-lo de “ditador” e “caudilho”. Agora, o serviçal da famiglia Marinho acusa os chavistas de golpistas. Haja “imaginação”. Na falta de votos para as suas teses elitistas, a mídia golpista torce pelo câncer.

Leia também:

Notícias quentes da guerra que apavora a periferia de SP

André Caramante: “Policiais à paisana fotografaram minha família durante passeio”

Basta de horror e extermínio em São Paulo!

Quando o genocídio popular em São Paulo vai acabar?

Maria Rita Kehl: Alckmin usa a mesma retórica dos matadores da ditadura

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


60 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Evo Morales: Chávez representa a luta anti-imperialista do mundo « Viomundo – O que você não vê na mídia

11 de janeiro de 2013 às 18h30

[…] Altamiro Borges: A torcida pelo câncer de Chávez […]

Responder

Prego

09 de janeiro de 2013 às 10h50

Ainda veremos muitos destes urubus midiáticos com o “coco pelado” (parafraseando o próprio Chavez). Essa turma faz por merecer.

Responder

Nelson

09 de janeiro de 2013 às 00h06

Os lambe-cus, bajuladores, sabujos, lambe-botas, lambe-esporas, baba-ovos, pelegos, aduladores, capachos, e outros quetais, do império estadunidense, já não têm onde guardar tanta baba que salivaram à espera da morte de Chávez.
Mas, se o Patrão Velho lá de cima quiser, eles vão ter que engolir toda a baba que seus instintos de urubu produziu.

Vida longa a Hugo Chávez!
Viva o povo venezuelano!
Viva àqueles que lutam por uma América Latina livre, autônoma, independente!

Responder

Teco

08 de janeiro de 2013 às 16h35

Aos Noblats,Mervais e assemelhados, aconselho ouvir um antigo adágio:
Praga de urubú, quem roga, pego no c…

Responder

Julio Silveira

08 de janeiro de 2013 às 16h22

Hehehehehehe, perfeita avaliação, tanto do individuo quanto do coletivo.
Ser mais realista que o rei é rizivel mas uma avaliação perspicaz, que reflete uma caracteristica de muitos dos nossos criticos investidos, por efeito de sua patronagem, na genialidade do Da Vinci. Uma causa da alucinogina droga do poder midiatico consentido e estimulado (com que interesses?) que retira de muitos desses elementos a capacidade auto critica elevando seus egos a patamares inimaginaveis em suas ato avaliações. Enquanto que lhes assiste se diverte.

Responder

Nelson

08 de janeiro de 2013 às 15h17

Para resolver o imbroglio da forma mais transparente e democrática possível, basta uma consulta ao povo venezuelano, que concedeu a Chávez mais sete anos na presidência. O povo, soberanamente, vai dizer se quer esperar um pouco mais pela recuperação de seu escolhido ou se quer uma nova eleição para logo.

Simples. O resto é “conversa prá boi dormir” da direita.

Responder

Rafael

08 de janeiro de 2013 às 14h42

É claro que ele vai morrer, afinal todo mundo faz essa jornada.

Típico prognóstico do relógio quebrado – uma vez ao dia ele acerta a hora!

Essa direita…


Rafael

Responder

    Leandro

    08 de janeiro de 2013 às 17h45

    Simples. Porque os médicos nao divulgam um boletim com a real situacao do chaves.? Acabava com toda especulação. Ou o povo que o elegeu nao tem direito de saber a verdade sobre a saúde do presidente?

    Abel

    08 de janeiro de 2013 às 23h32

    O bolivarianismo não morre com Chávez. Não se iluda, meu caro.

    Nelson

    08 de janeiro de 2013 às 23h47

    Conta prá nós, Leandro, não seja egoísta. Qual é a tua fonte, que te faz duvidar com tanta veemência assim das informações que os médicos de Chávez têm repassado à imprensa?

BACAMARTE

08 de janeiro de 2013 às 14h18

Quero ver a cara do PIG com Chávez acenando dia 10 para a multidão em Caracas do balcão do Palacio de Miraflores!

Responder

    Willian

    08 de janeiro de 2013 às 22h55

    Quero ver a sua cara.

    LEANDRO

    09 de janeiro de 2013 às 09h18

    Já to vendo a sua cara….e rindo..

    “Chávez não tomará posse no dia 10, diz governo”

Guanabara

08 de janeiro de 2013 às 13h54

Estava eu agora ouvindo a versão global do PIG em que o porta-voz do mesmo dizia, em tom de raivinha, que “alterar a constituição para fins políticos não era permitido na Venezuela”. E quando FHC fez de TUDO (alô, alô, mensalão? CPI da Corrupção em 99 engavetada com todo o PIG fazendo campanha pelo esquecimento, com operação abafa) para alterar a nossa constituição e tentar mais 4 anos de mandato?

Responder

    Abel

    08 de janeiro de 2013 às 23h33

    Ah, mas aí “pode” :)

anac

08 de janeiro de 2013 às 13h38

O interesse do USA pela Venezuela: é o Petroleo, estupido. Defesa da democracia é estoria para boi dormir.
Comovente como os rola bostas do PiG são solidarios com o imperio USA.
Por isso o povo brasileiro mais do que nunca tem que colocar as barbas de molho. Os rola bostas aliados dos USA estão de olho no pre-sal e demais riquezas do Brasil.

Responder

anac

08 de janeiro de 2013 às 13h33

Que Deus livre Noblat do mal que atinge Chavez.
Muito dificil, pois aqui se faz aqui se paga. O mal que tu desejas a Chavez retornará em dobro para ti, seu Noblat. Depois não reclama.

Responder

Rodrigo

08 de janeiro de 2013 às 12h45

O Noblat deve ser mais um assinante dos serviços da Stratfor (Google it). Parece ser a novidade entre os colunistas do Globo.

Responder

João Grillo

08 de janeiro de 2013 às 11h39

O que será que o Chávez escreveu, em algum documento, antes de mais esta operação, para o amestrado Noblá está tão eufórico? Já não existes problemas demais para ele no caso de um apagão no Pig et Caterva Tungana? …OU O CHÁVEZ ESTÁ SABENDO MAIS DO QUE NINGUÉM SOBRE UM ROMBO DE 45 MILHÕES NO INCRA?!

Responder

Jair de Souza

08 de janeiro de 2013 às 10h17

A presença por aqui dos cachorrinhos lambe-botas das oligarquias e do império do norte não deve nos preocupar. Todos esses lambe-botas (que, em geral, vivem como classe média sofrida) estão para servir os amos portentosos. Sempre foi assim na história da humanidade. Há sempre os serviçais que não se envergonham de trair os interesses do povo do qual eles deveriam fazer parte e colocar-se à disposição dos exploradores para fazer o trabalho sujo, aquele trabalho que os próprios oligarcas consideram ser indignos para eles.

A gente precisa entender todo o ódio contra Hugo Chávez e a Revolução Bolivariana. As oligarquias mundiais, os imperialistas e colonialistas já acreditavam que tinham vencido de vez a batalha contra o socialismo depois da queda do muro de Berlim e do fim da União Soviética. Os seus cachorrinhos lambe-botas viviam abanando o rabinho para demonstrar aos patrões sua satisfação.

Mas, eis que, de repente, surge na Venezuela um carinha, meio mulato, meio cafuzo, sem nenhuma vinculação com as tradicionais oligarquias venezuelanas, e começa a mostrar ao mundo que há outro caminho para a humanidade. E, pior de tudo para nossos cachorrinhos lambe-botas, Hugo Chávez conseguiu provar que é necessário e possível conduzir uma revolução popular por meios totalmente democráticos e sem depender para nada de políticos e ideólogos eurocêntricos.

Não é à toa que pessoas que costumam falar dos valores da civilização “cristã” são atualmente cultuadores da morte, torcendo e desejando que o câncer consiga fazer o que as oligarquias, o império e eles não foram capazes de fazer: derrotar Hugo Chávez.

Mas, para aumentar a raiva do império, dos oligarcas e de seus cachorrinhos lambe-botas, Hugo Chávez foi capaz de forjar uma consciência política na Venezuela que é capaz de sobreviver a sua própria morte física. Sendo assim, fica fácil entender o porquê de toda essa raiva incontrolada.

Responder

Moacir Moreira

08 de janeiro de 2013 às 10h13

Golpe na Venezuela só mesmo com a invasão estrangeira direta.

Curiosa a defesa da “Constituição” por parte de um capacho do crime organizado internacional.

Chega a ser ridícula.

Responder

fabio nogueira

08 de janeiro de 2013 às 10h09

Para voces quem foram os Rola-bostas de 2012 ? Eu,tenho sugestões:

Ricardo Noblat,”Merdal” Pereira,Demetrio Magnoli,Rodrigo Constatino e Reinaldo Azevedo. Alguem tem outros nomes?

Esses e outros são todo golpistas!

Responder

    Prof. José Carlos

    08 de janeiro de 2013 às 17h09

    Esqueceu do mais importante deles: Olavo de Carvalho. Hehe

    Nelson

    09 de janeiro de 2013 às 00h08

    A lista é grande, muito grande Nogueira.

fabio nogueira

08 de janeiro de 2013 às 10h01

Vida longa a CHAVEZ!!!!

Responder

Mardones

08 de janeiro de 2013 às 08h52

Sem a contribuição do PT ao poder da Globo, nós não teríamos que suportar os Noblat da vida.

Tivesse a Dilma a coragem e a decência da Cristina, teríamos um controle social e democrático da mídia no Brasil para garantir vozes plurais a informar a população.

Passei uma semana de férias em Salvador e meu pai e meu irmão repetem a toda hora que Lula é o maior bandido do país. Detalhe: a tv deles parece que ‘quebrou’ e só assistem a Globo. Então, fiquei ‘mais’ sossegado. O problema é a Dilma que permite à Globo mentir descaradamente.

Responder

    Moacir Moreira

    08 de janeiro de 2013 às 10h24

    O sr. Lula não passa de um oportunista fanfarrão que estudou na escola de sindicalistas da CIA, mas não é de forma alguma o único ou maior ladrão do Brasil. Mesmo porque os grandes chefões do crime organizado internacional nem moram aqui.

    Aliás, o Sistema Veja-Globo é controlado diretamente por criminosos de alta periculosidade a partir do estrangeiro.

    Será que a dona Dilma vai ter coragem de mexer nesse vespeiro?

    Helmut Stalin

    08 de janeiro de 2013 às 17h14

    Primeiro, cumpanhêro, a camarada Dilma terá que se cuidar contra os golpistas aqui mesmo do Brasil, que estão dentro do seu próprio partido.

    anac

    08 de janeiro de 2013 às 13h51

    Se é o maior ladrão do Brasil(duvido muito) no minimo temos que parabeniza-lo pela enorme competencia. Pois o CARA sem “vender” empresas estatais do porte da Vale do Rio Doce e outras empresas como as companhias de energia eletrica, telefonicas etc., deixou para sua sucessora DILMA nos cofres 300 BILHÕES.
    Já o santinho FHC que na vida sempre ocupou cargo publico na privataria arrecadou 100 BI que desapareceram.
    FHC reconheceu como seu a propriedade de um apto no bairro nobre de Paris, Quartier Latin, além de possuir apto no bairro nobre de Higienopolis, SP e Fazenda em Minas Gerais.
    Já Lula so tem apto no ABC paulista.

    Helmut Stalin

    08 de janeiro de 2013 às 17h12

    A presidenta Dilma deveria encampar logo a Globo e a Veja. Não podemos permitir que esses dois membros do PIG continuem a publicar mentiras sobre o PT e o nosso querido presidento Lula – o melhor presidento que houve na estória republicana com limão desse paiz.

spin

08 de janeiro de 2013 às 08h40

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/01/bovespa-registra-queda-nas-acoes-de-empresas-eletricas-brasileiras.html

A Globo e cia conseguiu derrubar as bolsas, a Bovespa inclusive, o ar de satisfação de seus jornalistas foi visível, é o pig destruindo o Brasil, as notícias do cotidiano foram substituidas por mentiras sobre a economia e os prejuizos por causa desta campanha são enormes, trazem desemprego, prejudicam a todos nós, ainda mais diante de uma conjuntura internacional desfavorável, com paises em crise. Para se ter uma idéia desta campanha, o Fantástico demorou algo em torno de meia hora com notícias mentirosas sobre Petrobrás, PAC, Eletrobrás, sendo que uma das obras mostradas como desgoverno de Dilma se tratava de um parque gerador de energia de há 20 anos atrás, parado por causa da inviabildade de sua realização e não foi parado por Lula/Dilma, como deu a entender o Fantástico. Somente ontem, no JN, em poucas linhas, o governo pode contestar o Fanntástico. O pig vai destruir o Brasil, anotem

Responder

Jose Mario HRP

08 de janeiro de 2013 às 07h58

Muita força a Chavez!

Responder

Pedro luiz

08 de janeiro de 2013 às 07h57

Urubus de plantão.

Responder

CADERNETA DE POUPANÇA BATE RECORDE DE CAPTAÇÃO EM 2012 « FATOS & FOTOS

08 de janeiro de 2013 às 07h04

[…] Altamiro Borges: A torcida pelo câncer de Chávez   de Luiz Carlos Azenha     […]

Responder

Jose Mario HRP

08 de janeiro de 2013 às 06h51

Se podemos conceber “gente” torcendo pelo cancer em Chavez, coisa ultrajante, veja só o que os EUA, tentando nos “acabrestar” faz para que não consigamos ter nosso programa espacial:

http://www.aereo.jor.br/2013/01/07/atraso-emperra-projeto-espacial/

Coisa de puros FDPs!
Logo eles que roubaram a tecnologia alemã de lançamento de foguetes no pós guerra!

Responder

    Moacir Moreira

    08 de janeiro de 2013 às 10h27

    roubaram ou herdaram?

    Valdeci Elias

    08 de janeiro de 2013 às 14h05

    Se a tecnologia fosse inglesa, até que os EUA poderiam ter herdado. Infelismente ela foi alemã, e foi roubada mesmo.

Francisco

08 de janeiro de 2013 às 04h20

Quero ver essa matilha descer na rua e informar aos venezuelanos:

“- Pessoal, é o seguinte: o cara que vocês elegeram votando massivamente presidente pela quarta vez, não vai ser presidente…”.

Responder

denis dias ferreira

08 de janeiro de 2013 às 01h01

“Chávez estaria destinado a se eternizar na presidência se não fosse o câncer descoberto em meados do ano passado”. Isso quer dizer que se não fosse o providencial câncer, o Ricardinho acreditava, mesmo, que o Chávez viveria para sempre?

Responder

Pedro Octavio Marin

08 de janeiro de 2013 às 00h56

Lamento a atitude deste puglia Ricardo Noblat, a respeito dos problemas de saúde do Presidente Hugo Chaves da Venezuela.Fica esperto colonista do Globo, não lhe desejo, mas você tem vida,e o futuro é incerto.Amanhã você pode ser contemplado com o mesmo problema, tem muita gente que vai adorar.
Alegria,alegria, dentro de algumas horas vai começar o BBB13, o “Bordel” da famiglia “Marinho”, sempre rendosa,apresentada pelo “Gigolô” da casa.

Responder

souza

08 de janeiro de 2013 às 00h40

chávez presidente.

Responder

ZePovinho

08 de janeiro de 2013 às 00h16

http://www.voltairenet.org/article177037.html

Nicolas Sarkozy ordenó asesinar al presidente de Venezuela Hugo Chávez

<img src=””>

La ministra de Servicios Penitenciarios de Venezuela, Iris Varela, anunció en su cuenta en Twitter la expulsión de un ciudadano francés identificado como Frederic Laurent Bouquet, el 29 de diciembre de 2012.

El señor Bouquet (en la foto) había sido arrestado en Caracas el 18 de junio de 2009 junto a 3 ciudadanos dominicanos y en posesión de un verdadero arsenal. En el apartamento comprado por Bouquet, la Policía Científica Venezolana encontró 500 gramos de explosivo plástico C4 (de uso militar), 14 fusiles de asalto –5 de ellos dotados de miras telescópicas, 5 con sistemas de puntería laser y 1 con silenciador– así como cables especiales, 11 detonadores electrónicos, 19 721 cartuchos de diversos calibres, 3 metralletas, 4 pistolas de diferentes calibres, 11 equipos de comunicación por radio, 3 walkie-talkie y una base de radio, 5 fusiles de caza calibre 12, 2 chalecos blindados, 7 uniformes militares, 8 granadas, 1 máscara antigás, 1 cuchillo de combate y 9 recipientes de pólvora de cañón.

Al ser juzgado, Bouquet admitió haber recibido entrenamiento en Israel y ser un agente de los servicios secretos franceses (DGSE). Reconoció además que estaba preparando un atentado para asesinar al presidente constitucional de Venezuela, Hugo Chávez.

Al término del proceso, Bouquet fue condenado a 4 años de cárcel por «ocultamiento de armas de guerra». Al expirar su condena fue extraído de su celda, en cumplimiento de la orden N° 096-12 de la jueza Yulismar Jaime, y expulsado de Venezuela por «amenaza a la seguridad nacional», en virtud del artículo 39 acápite 4 de la Ley de Extranjería y Migración de Venezuela.

<img src=””>

Las autoridades venezolanas se habían abstenido hasta el momento de mencionar este tema. Los hechos fueron confirmados por el vocero del ministerio francés de Relaciones Exteriores, Philippe Lalliot. La embajada de Francia en Caracas se negó comentar la información.

Nuestra investigación nos permite llegar a las siguientes conclusiones:

1) El presidente francés Nicolas Sarkozy ordenó asesinar a su homólogo venezolano Hugo Chávez.

2) La operación resultó un fiasco.

3) Francia tuvo que conceder importantes compensaciones para evitar que el caso saliese a la luz durante el mandato presidencial de Nicolas Sarkozy.

Responder

    Nelson

    08 de janeiro de 2013 às 23h45

    É assim que procede boa parte dos governos, ditos democráticos, do 1º mundo, meu caro Zé. E eles ainda têm o desplante de vir cobrar democracia na Venezuela, no Iran, em Cuba, etc…

rudi

07 de janeiro de 2013 às 23h31

Um dia, como todas pessoas, Chavez estará nas últimas para tristeza das pessoas bem formadas. Chavez deu cidadania e condições de vida aos quichuas e aimarás que são a esmagadora maioria étnica na Venezuela. Por isto se reelegeu várias vêzes. Por ser um governante que favorece seu povo. Aqueles que, com alarido torcem por sua morte, dão uma eloquente demonstração de caráter. E contribuem para o sentimento crescente de que a direita abriga pessoas de quem se deve manter distância.

Responder

Urbano

07 de janeiro de 2013 às 23h13

A única coisa que se desenvolve no nobláblá é o seu reacionarismo.

Responder

Fabio SP

07 de janeiro de 2013 às 23h05

Vamos ver se o Mercosul suspende a Venezuela se o tal de Maduro der o golpe como o Paraguai.

Responder

Ary

07 de janeiro de 2013 às 23h05

O presidente Hugo Chávez foi eleito, reeleito, referendado, plebiscitado e reeleito novamente. Detalhe: sem precisar comprar parlamentares. Noblat deveria se preocupar com a defesa de sua mulher, uma verdadeira “gata”.

Responder

Willian

07 de janeiro de 2013 às 23h00

Não há como vocês negarem que as informações do “PIG” sobre a saúde Chavez estavam certas. Muito provavelmente, Chávez está sendo mantido vivo por aparelhos até que o dia 10/01 passe. Após, poderá descansar. Mas mesmo na morte conseguiu dar um golpezinho para seu grupo marter-se no poder.

Aliás, que interpretação criativa da Constituição venezuelana, hein?rs

Responder

Guto Sanches

07 de janeiro de 2013 às 22h23

O Noblat deve ter torcido pro Tancredo morrer e os militares ficarem no poder ou quem sabe ele queria o Sarney mesmo .

Responder

renato

07 de janeiro de 2013 às 22h17

É VERDADE!
A Globo é sacana, trabalha realmente para os EUA.
Como um sistema de informação como este esta no Brasil!
A Igreja Católica envolvida com a constituição da Venezuela,
para decidir que fica no Governo.
Eu sou católico, e não achei certo, a mídia envolver a Igreja!
A unica diferença do Tancredo é que ele aguentou a comemoração
da posse! Depois Sarney assumiu!
E naquela época o cancêr não era tão famoso entre os presidentes
do America Latina, então foi divertículos.
A Globo deveria apresentar outra coisa, no horário,como por exemplo
O esquecido caso do Pinheirinho. Onde estão os Sem Terras…

Responder

Edno Lima

07 de janeiro de 2013 às 22h12

Até agora, as previsões da Grande mídia respeito da (má) saúde de Chaves vêm sendo confirmandas. Chaves está nas últimas, para desesperto dos esquerdistas. O diabo, empunhando um enorme tridente, está a espera do populista venezuelano.

Responder

    Ary

    07 de janeiro de 2013 às 23h10

    Rola-Bosta.

    Emerson Sousa

    08 de janeiro de 2013 às 02h09

    POR QUE POPULISTAS VÃO PARA O INFERNO, SENHOR LIMA?

    R Godinho

    08 de janeiro de 2013 às 08h24

    É, a mídia acertou mesmo sobre a saúde do Chaves: disse que ele ia morrer no começo de 2012, ele não morreu.
    Disse que ele não ia voltar de Cuba, errou na primeira, na segunda e na terceira vez.
    Disse que ele ia morrer de câncer antes de outubro, ele não morreu.
    Disse que a saúde dele ia impedí-lo de fazer campanha, ele fez a campanha normalmente.
    Disse que esta última operação ia matá-lo, e ele sobreviveu a ela.
    Agora diz que ele está moribundo, respirando por aparelhos, blá, blá, blá.
    Qualquer palerma que já teve ao menos um parente numa UTI por causa de problemas respiratórios severos sabe que uma das providências imediatas é por o doente no respirador (na verdade, ventilador, já que o aparelho apenas ventila os pulmões, não respira pelo paciente). Qualquer infecção respiratória reduz a capacidade de absorção de oxigênio dos pulmões. Se ela for grave, a redução é grave também. Além disso, a maioria das infecções é acompanha de edema (inchaço), o que atrapalha o sistema muscular que infla e desinfla os pulmões, causando sobrecarga (que pode levar à falência), e diminuindo o volume de ar que entra e sai, reduzindo a oxigenação do sangue. O ventilador ajuda o sistema a funcionar, inflando os pulmões e descansando a musculatura. Não é preciso estar à beira da morte para ir para o ventilador. Basta que a infecção seja suficientemente severa. É como estar com uma tuberculose: se você se tratar adequadamente, o risco de morrer é mínimo, mas o tratamento é chato e longo. Se não tratar, a possibilidade de vir a morrer cresce desmesuradamente.

    Por último, o inferno, se é que ele existe, está cheio é de gente que deseja a morte do próximo…

    Ary

    08 de janeiro de 2013 às 12h40

    “O inferno está cheio de gente que deseja a morte do próximo”.Parabéns! No cravo! Se o Edno não se mexer, a próxima será na ferradura.

    Lu Witovisk

    08 de janeiro de 2013 às 23h14

    Vi num desses jornalões: médico venezuelano radicado em Miami tem acesso a prontuario de Chavez.

    É o eterno diz-que-me-diz-que, o jornalismo de esgoto

lulipe

07 de janeiro de 2013 às 22h02

“(…)…A Constituição da Venezuela, uma das mais democráticas do mundo – que prevê até referendo revogatório do mandato presidencial –, afirma que na “impossibilidade” de posse do mandatário, novas eleições deverão ser convocadas num prazo de 30 dias pelo Congresso Nacional. Os chavistas informam que o líder bolivariano está em recuperação e que nada impede que a sua posse seja adiada por alguns dias (…) ”

O texto constitucional é cristalino, diferentemente do que pensa o autor, que faz um malabarismo hilário para justificar o injustificável, diz que, na impossibilidade do presidente tomar posse, deve-se convocar novas eleições, não prevê nem um minuto de adiamento, quanto mais dias…O resto é golpe!!!Simples assim.

Responder

    RicardãoCarioca

    08 de janeiro de 2013 às 08h42

    Vai dormir.

    Willian

    08 de janeiro de 2013 às 11h00

    Realmente Ricardão, não há como discutir com texto, resta-nos dormir. Bons sonhos.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!