VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Dilma: A promessa e o pito que sumiu na edição


12/09/2011 - 11h57

Dilma promete 30 mil km de fibra ótica (e o vídeo do toma-lá, dá-cá) era o título original deste post, que ganhou mais um PS.

Segunda-feira, 12 de setembro de 2011 às 10:54

“Se queremos fazer do Brasil um país rico, sem miséria, temos que garantir o mais amplo acesso à internet”

do blog do Planalto

A partir de 1º de outubro, o acesso à internet começa a ser oferecido a R$ 35,00 por mês. A afirmação é da presidenta Dilma Rousseff, que no programa de rádio Café com a Presidenta desta segunda-feira (12/9) falou sobre a política de expansão da rede de internet no país. Segundo a presidenta, há um acordo entre o governo e as operadoras de telefonia para que a internet popular chegue a todos os municípios brasileiros, no máximo, até 2014.

Como alternativa para quem não pode pagar o acesso, a presidenta informou que há uma política de ampliação das opções de acesso à internet gratuita. Ela frisou que em mais de 59 mil escolas públicas de Ensino Fundamental e Médio há conexão gratuita, além dos Telecentros, que estão localizados principalmente em comunidades pobres.

“A internet está presente em tudo: na economia, na educação, nas compras, nas relações pessoais, nos serviços públicos. É por isso que vamos facilitar o acesso a esta nova ferramenta de comunicação e de conhecimento a todas as pessoas.”

Durante o programa, a presidenta lembrou que para expandir a rede de internet no país é preciso que se invista em infraestrutura, razão pela qual o governo reativou a Telebrás. “Já estamos construindo as condições para que os 30 mil quilômetros de rede de fibra ótica funcionem, assegurando a transmissão de internet em alta velocidade para todas as regiões do Brasil”, informou. Ela lembrou ainda que essa infraestrutura ajudará na realização de grandes eventos, como a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. A Telebrás já está autorizada a investir R$ 200 milhões na infraestrutura das 12 cidades-sede da Copa.

“Nós queremos garantir que haja uma transmissão de voz e de imagens de alta qualidade do Brasil para o mundo. Outra coisa, Luciano [Seixas, apresentador]: vamos implantar no Brasil o celular de quarta geração, antes da Copa do Mundo. Significa que os brasileiros, e quem vier para o Brasil acompanhar os jogos, vão ter acesso à internet pelo celular com uma velocidade altíssima. Este é um legado que ficará para toda a população brasileira depois da Copa e das Olimpíadas”, afirmou.

Outro ponto abordado pela presidenta Dilma foi a expansão da rede de telefonia e internet para o campo, nos moldes do programa Luz para Todos. Ela disse que o governo está preparando licitações para contratar a oferta de telefonia e de internet para as áreas rurais, de forma a alcançar a meta do governo de ter 70% das residências do país conectadas à internet.

“Se queremos fazer do Brasil um país rico, sem miséria e, principalmente, capaz de oferecer oportunidades para todos os brasileiros e brasileiras, temos que garantir o mais amplo acesso à internet”, concluiu.

PS do Viomundo: Este é o assunto mais importante do governo Dilma, por todos os motivos. Educação à distância, trabalho em casa, desenvolvimento de software e videogames, disseminação de conteúdo regional, dar voz a quem não tem. A pergunta é: 30 mil km de fibra ótica bastam para garantir isso? O vídeo abaixo é sugestão do Gerson Carneiro.

PS2 do Viomundo:

12/09/2011

Globo edita ‘pito’ de Dilma em Poeta

da Folha

O “pito” que a presidente Dilma Rousseff deu na apresentadora Patrícia Poeta em entrevista veiculada no “Fantástico” de domingo sumiu na edição que a Globo exibiu da reportagem no “Bom Dia Brasil” na manhã de segunda-feira.

Leia também:

Dilma: varrer ou voar?, pergunta o UOL

Gilberto Maringoni e os limites da campanha contra a corrupção

Ciro acusa a mídia de tentar enfraquecer o governo. Novidade!

Lungaretti, Battisti e a Folha

À espera da pílula do amor

Bernardo Kucinski e a tradução do Vila Vudu

O seminário da Carta Maior sobre o neoliberalismo

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



112 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

beattrice

14 de setembro de 2011 às 16h22

"Eu não dei anda que eu não quisesse"
A Senhora Dilma deixa claro que "deu" de livre e espontanea vontade ministerios a Palocci e Cardozo.
Lamentável.

Responder

Andre

14 de setembro de 2011 às 12h42

Tomou! Quer mais? Êta!

Responder

FrancoAtirador

14 de setembro de 2011 às 11h01

.
.
A patricinha "tomou lá".

Uma palmadinha bem dada.
.
.

Responder

Feministas perguntam: Seria possível melhorar o nível? | Viomundo - O que você não vê na mídia

14 de setembro de 2011 às 02h25

[…] Veja o diálogo que sumiu na edição […]

Responder

Cici

13 de setembro de 2011 às 16h45

Entendo pouco desta área, mas sei que o grande problema não é a rede de acesso, mas sim, os backbones, isto é, o "miolo" da rede net, não há banda suficiente para trafegar tantos usuários a esta velocidade e é por isso que se contrata 1M e só trafega a no máximo 1/4 disso, apesar da rede de acesso suportar muito mais. 30mil Km de fibra não dá nem para começar, por outro lado é impossível, considerando os meios de produção a instalação de muito mais neste prazo, não há mão de obra disponível no mercado, achar um técnico que conheça fusão de fibra, desempregado, é quase impossível.

Responder

    fernandoeudonatelo

    14 de setembro de 2011 às 12h30

    É aí que penso também estar o atual problema, conseguir expandir nos prazos e nas quantidades previstas de municípios, a rede de back bone seguida de todo o entroncamento necessário, já que a última milha incorre em custos de instalação elevados pelas próprias operadoras.

    Esse trabalho de capilarização da rede, para garantir maior penetração nas partes mais difíceis de um país continental como o Brasil, já exige uma disponibilidade monstruosa de mão-de-obra e recursos.

    Com a Telebras hoje, subfinanciada e sem muitos profissionais qualificados em seu quadro, é quase impossível imaginar o cumprimento à risca da expansão além dos cabos costeiros (que já são de empresas públicas).

    Poderiam surgir parcerias público-privadas de investimento na infra-estrutura, mas com um problema.
    Quem seria o operador ? e caso seja a Tele privada, não haveria obrigação a cumprir metas públicas de universalização, dado o regime de prestação de serviço e os termos de uso do FUST pela nova lei.

    rodrigo.aft

    15 de setembro de 2011 às 18h30

    Cici,

    bem lembrado!

    e não só isso, dos backbones no bRAZIL estarem no limite da capacidade (literalmente, ENTUPIDOS), então não adianta capilarizar sem aumentar, simultaneamente, o tráfego de dados entre continentes.

    tem o problema do nosso tráfego físico passar, quase q todo, pelos eua… se algum maluco reacionário não gostar de alguma coisa q o bRAZIL fez, ou pode fazer, vai lá e desconecta "nóis"… e "nóis pode" berrar e bater o pé q eles não vão nem ligar pro escândalo…

    saiba mais (em inglês): http://kelsocartography.com/blog/?tag=topology
    ou só o mapa em pdf :http://image.guardian.co.uk/sys-files/Guardian/documents/2008/02/01/SEA_CABLES_010208.pdf

    se o bRAZIL se unisse a outros países da Am. Latina, o ideal seria um novo E POTENTE cabo ótico com a Europa e OUTRO, com a África, para chegar à Ásia tbém… (eventualmente, mais um, saindo do bRAZIL, pelo Chile, em direção à Austrália, mas o caminho é bem longo… talvez inviável)

    aí teríamos 3 rotas alternativas para o tráfego de internet… MASSSSS…

    ah, SIM, TAMBÉM, tirar o monopólio dos eua, q faz a trasformação de endereços escritos em IPs, a tal da Icann, com sede na california.
    (curiosidade: http://www.via6.com/topico/474/relatorio-da-onu-e… )

    RESUMINDO, ESTAMOS NAS MÃOS DOS EUA EM DUAS VARIÁVEIS RESTRITIVAS… DANOU-SE!!!

    (eles podem filtrar TODO NOSSO TRÁFEGO (enviado e recebido) E SABER O QUE LHES CONVÉM, SEM PEDIR PERMISSÃO PARA NINGUÉM… legaw, né?)

    se mais alguém conhecer detalhes, por favor, nos esclareça!

    peixoto

    14 de setembro de 2011 às 12h37

    Se entende pouco, pra que dá palpite? Deixe as opiniões técnicas para quem sabe pelo menos sobre o que está falando…

    rodrigo.aft

    15 de setembro de 2011 às 18h36

    peixoto,

    não seja deselegante com a cici… ela está tentando colaborar… se ela escreveu algo errado, por favor, corrija e adicione novos fatos ao comentário dela! rsrs
    (sei lá… A cici ou O cici?)

    ótima leitura para quem quer saber mais sobre telecom em geral, http://www.teletime.com.br

    inté!

    Cici

    16 de setembro de 2011 às 16h51

    ObrigadA pela defesa.

    Já conheço o site do teletime, tem uma leitura agradável principalmente para quem quer saber como se movimenta o mercado de telecom. Realmente é uma boa dica.

    Cici.

    Cici

    16 de setembro de 2011 às 16h40

    Peixoto,
    Trabalhei 22 anos em uma empresa de telecom (inicialmente estatal, é claro), passando pela área comercial no segmento corporativo, pela engenharia, atuando em projetos de redes Wan (wide area network) dos clientes deste mesmo segmento, também atuei na área técnico/operacional e como PMO.
    Resumindo: comercializei, projetei, gerenciei e implantei redes de dados, mesmo assim entendo muito pouco desta área, se vc puder me ajudar, ficaria imensamente grata.
    Cici

    dbacellar

    14 de setembro de 2011 às 13h26

    Se não houver técnicos em número suficiente, importamos. Acho que há muitos técnicos desempregados por aí, nos Estados Unidos e na Europa.

    Cici

    16 de setembro de 2011 às 17h18

    Você tem razão quando diz que não é impossível conseguir estes técnicos, mas no formato que as empresas atuam hoje no mercado, quarterizando os serviços, a probabilidade de importação dentro do prazo não acredito ser fácil. Com certeza vão optar em treiná-los, como já estou vendo acontecer, o único problema é a qualidade deste treinamento (em tempo record).
    Vamos lembrar que a proposta é expandir o serviço e reduzir o preço final, isso significa que para manter os lucros só terão duas opções:
    1 – Aumentam a receita através do aumento exponencial de clientes, mesmo assim temos que lembrar da “teoria da produção”, não é possível aumentar a produção indiscriminadamente.
    2 – Ou reduzir os custos, neste caso, o custo com mão-de-obra é um dos primeiros a serem considerados, inviabilizando a importação, pois em qualquer lugar do planeta ela não é barata, até mesmo pq não é em qualquer lugar que ela existe.

Eduardo Guimarães: Atos contra a corrupção da mídia, levem suas faixas | Viomundo - O que você não vê na mídia

13 de setembro de 2011 às 15h57

[…] Dilma: A promessa e o pito que sumiu na edição   […]

Responder

Nerismar

13 de setembro de 2011 às 15h50

Esta é uma empresa séria, a GVT. Preocupa-se com a qualidade dos serviços prestados, mas peca pela penetração. Para ter qualidade, ela avança lentamente. As grandes operadoras tem uma taxa de penetração muito maior, mas peca pela qualidade. É muito caro compatibilar o binomio qualidade x penetracão.

Esse é um post sobre o que???!!! A GVT penetra lentamente com qualidade; as outras penetram mais por isso a qualidade cai. Parece papo de sexo na terceira idade!!!

Responder

ricardo silveira

13 de setembro de 2011 às 14h51

Quem faz a infraestrutura é o governo e quem vende a internet é a empresa privada e, quem garante que esta cumprirá o acordo com o governo. E, se não cumprir, o que é o mais provável, o que acontece? Nada.

Responder

spin

13 de setembro de 2011 às 09h16

Precisamos divulgar ao máximo o link da página Facebok criada para a realização dos atos contra a corrupção da mídia. Precisamos contactar em nossos Estados pessoas para a participação neste importante evento. Além do mais, estaremos experimentando o uso das redes sociais em mobilizações, segue link http://www.facebook.com/event.php?eid=17213332286

Responder

A,S, Braga

13 de setembro de 2011 às 08h59

Azenha, já estou com o saco cheia com a insistênia da grobo a respeito da avaliação das escolas!!! Eles não tem outro assunto? Alem do mais eles são tremendamente tendenciosos!!! Outra coisa, como lançam manual de ética, sem nem jornalismo sabem fazer? Sou jornalista da velha guarda (tenho 70 anos), a primeira coisa que o velho Padre Firmo, Editor do Jornal do Comércio de Campo Grande MT, me ensinou foram as cinco perguntas: quem, como et. Pois bem, esses embecis(todos) da grobo nunca seguem e fazer questão de ignorar!!! Soltam, placidamente, uma notícia de um acidente em São Paulo, com morte e não cumprem o preceito básico do jornalismo!!! Como ficam os telespectadores que moram fora da capital e tem parentes por lá? Que se danem, não é!? Braga.

Responder

    Renato Lira

    13 de setembro de 2011 às 21h50

    Hoje no tal "Jornal Hoje", de novo a dupla de jornalistas afirmou que as "melhores escolas são particulares".

    É a desinformação e a desonestidade da mídia a serviço dos interesses da direita tupiniquim.

Maria Ferreira

13 de setembro de 2011 às 08h54

Presidenta Dilma, este Paulo Bernardo pensa devagar. Vamos colocá-lo num outro setor e colocar no lugar dele um Ciro Gomes por exemplo. Cabra macho e boquirroto e bom de briga.

Responder

Antonio Silva

13 de setembro de 2011 às 08h29

Prezado Azenha, peço encarecidamente, que você a convocação para um ato contra esta mesma mídia ordinariamente vagabunda .
O ato será na Cinelândia nesta sexta-feira (16/09) .

Mais uma vez lhe peço encarecidamente que exponha esta convocação :
Ato no RJ contra a corrupção da mídia
Do RioBlogProg:
Nesta sexta-feira, 16/09, a partir das 17 horas, o movimento pela democratização dos meios de comunicação no Rio de Janeiro fará um ato contra a corrupção da velha mídia na Cinelândia.
O ato, que está sendo convocado pelo RioBlogProg, pretende reunir estudantes, jornalistas e militantes insatisfeitos com o monopólio da mídia no Brasil.

Responder

    EUNAOSABIA

    13 de setembro de 2011 às 08h45

    Além de você rapaz, quem mais estará nessa treta?

    Renato Lira

    13 de setembro de 2011 às 21h47

    Cê certamente vai estar no ato que pretende criar um novo Reich de mil anos, né, Richard Leporino Smith?

ZePovinho

13 de setembro de 2011 às 07h37

Vocês não repararam na risada jocosa(gaitada,como chamam no nordeste) que as assessoras da Presidenta deram lá no fundo??????Eu reparei………..

Responder

eliana azevedo

13 de setembro de 2011 às 04h27

Apesar da reação, Dilma tem deixado muito a desejar. Sinto muita decepção, esperava muito mais. Mas, como já disse um sábio: "Dilma é Dilma, Lula é Lula". E Lula é realmente o Cara. Dilma é a substituta fraquinha que temos que suportar para não ter que suportar a besta do Serra. Por enquanto vamos levando, mas para o futuro tem que haver alguém com mais garra. E sou totalmente feminista, hein!

Responder

    Aline C Pavia

    13 de setembro de 2011 às 14h08

    Fala em substituta fraquinha lá em MG e vão mostrar pra vc o que é tomar choque elétrico na vagina, pau-de-arara, "manicure", telefone. 3 anos disso OK?

    Fala em substituta fraquinha lá no RS e vão te mostrar um levantamento feito por ela contendo fraudes das cias elétricas no governo gaúcho no valor total de 800 milhões de reais. Pena que Yeda Crusius foi eleita e engavetou o relatório de Dilma.

    Fala em substituta fraquinha e um dos médicos pessoais dela vão te mostrar o que é uma sessão de quimioterapia.

    SILOÉ-RJ

    14 de setembro de 2011 às 03h21

    Espero que esteja sentada porque esse futuro vai ser um pouquinho demorado.
    Aprovita para ler bastante, pois considerar quem fala o óbvio, sábio, aí já é demais!!!
    E GRAÇAS TAMBÉM A ESSA FRAQUINHA, podemos escrever agora TUDO que se quer.

gustavo

13 de setembro de 2011 às 02h51

achei engraçado, mas a pergunta tem sentido. Todo mundo sabe o apetite da base governista pelo dá cá.

Responder

Sérgio

13 de setembro de 2011 às 01h54

Um exemplo do "toma lá- dá cá" foi a compra de votos no Congresso para a releição de FHC.

Responder

gregorio de matos

13 de setembro de 2011 às 01h08

Tem um tal de um Pedro ai tão esperto que chega dói ,a mídia não rouba ? Entao me apresente um ,um mísero político que já embolsou tanto dinheiro publico quanto os donos das maiores redes de televisão do brasil.Os políticos mais ricos e que de algumas forma mais desviam dinheiro publico são exatamente os que antes de ser políticos ,também são empresários e conseguem de uma forma (direta ou indireta beneficiar suas empresas ou as da família ou amigos. Então não são ladrões por pertencerem à classe política ,mas por pertencerem a uma outra classe ,a classe "A" que não raro é composta por empresários ,e você ouve por ai na tv ou no radio algum jornalista dizer que todo empresário é ladrão? Que donos de empresas de comunicação estão participando cada vez mais intensamente de um toma lá ,da cá. Quem é , que corrompe os políticos ?Os sindicatos ou o MST ?A Globo tem também os políticos que defendem os interesses dela ,e vc não vai ver os jornalistas da globo falarem mau sobre estes políticos.Ai Pedro se vc não é da família "marinho" ou outra com o patrimônio semelhante ,acho que vc tá do lado errado.

Responder

Luc

13 de setembro de 2011 às 00h18

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

"…Em julho de 2001, Patrícia casou-se com Amauri Soares, diretor da Globo Internacional…"

Responder

Morvan

12 de setembro de 2011 às 23h08

Boa noite.
É a Presidente Parmalat:
"Bateu, Tomou".

Quem era mesmo o poste, na entrevista?
Patrícia Poet<a|isa>. Ainda tentando se recobrar… 45 minutos do segundo tempo.

:-)

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

Maria Hein

12 de setembro de 2011 às 22h46

Goooooooooooool da Dilma! Bravo, minha presidenta!!!!!!!!!

Responder

Ana Giulia Zortea

12 de setembro de 2011 às 22h32

Na hora eu postei no face, foi muito engraçado a cara da Patricia depois da resposta da Presiddenta, rsrsrs!!
Acho que ela aprendeu, quem pergunta o que quer ouve a resposta que não quer,rsrsrsrs.

Responder

Gerson

12 de setembro de 2011 às 22h27

A Patricia, calada é uma poeta.

Responder

Gerson Carneiro

12 de setembro de 2011 às 21h17

Cara que a Presidenta jogou pra cima da Patty Poet: "Senta lá, Cláudia!"

<img src=http://desmond.yfrog.com/Himg857/scaled.php?tn=0&server=857&filename=6mnn.jpg&xsize=640&ysize=640>

Responder

edv

12 de setembro de 2011 às 21h15

Essa Dilma é mesmo um "poste", né PIG?
Que "mírdia"!

Responder

Roberto Locatelli

12 de setembro de 2011 às 20h54

Senti firmeza. A jornalista tremeu.

E a Globo que se prepare. Vem aí o livro do Amaury (até que enfim!!). Gostei do título: Privatas do Caribe.

Responder

    Eli

    12 de setembro de 2011 às 21h56

    Também gostei Roberto. Acho que esse livro vai causar ( espero!)

Rafael

12 de setembro de 2011 às 19h47

Nesse toma-lá da-cá quem tomou um e ficou muda foi a Patrícia Poeta. Ficou completamente sem reação.

Responder

Leonardo

12 de setembro de 2011 às 19h24

Quem tem que deixar ou não deixar é a Presidenta. O Bernardo é só um empregado.

Responder

    beattrice

    14 de setembro de 2011 às 16h26

    O Cardozo também?

jõao

12 de setembro de 2011 às 19h18

Bomba: Os Roberto Marinho sócios de Kadafi
Em primeira mão no blog Os Amigos do Presidente Lula em 12/09/2011 às 05:00hs

João Roberto Marinho, o falecido patriarca, Roberto Irineu Marinho e José Roberto Marinho: sócios de Kadafi no Banco ABC-Roma

Uma bomba, como aquelas da OTAN jogadas nas cabeças dos líbios, acaba de atingir em cheio o QG da TV Globo.

É a notícia de que Roberto Marinho e seus filhos foram sócios de Muamar Kadafi nos anos 80/90, no banco ABC-ROMA (RO-MA são iniciais de Roberto Marinho, e ABC as iniciais do Arab Banking Corporation).

O Arab Banking Corporation tinha e tem o Banco Central da Líbia (estatal, sob comando do governo Kadafi) como principal acionista desde sua criação em 1980.

Tradução do texto marcado: CBL (Banco Central da Líbia) tem sido principal acionista do Banco (ABC) desde sua criação em 1980.

A sociedade entre os Marinho e o governo de Kadafi foi criada em 1989, como expansão dos negócios financeiros da família Marinho, que já detinha a Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários ROMA desde os anos 70, e durou até o ano de 1997.

Curioso observar que a sociedade Marinho-Kadafi começou logo após o governo Líbio ser acusado de envolvimento no atentado terrorista que derrubou um avião na Escócia (dezembro/1988). Durante todo o tempo em que durou a sociedade com os donos da TV Globo, a Líbia foi alvo de sanções da ONU, embargos e congelamento de dinheiro no exterior. Kadafi só começou a se reaproximar dos países da Europa Ocidental em 1999 e só reconciliou com a Europa e EUA em 2004.
37
Por: Zé Augusto 1 Comentários

Responder

    SILOÉ-RJ

    14 de setembro de 2011 às 02h58

    Kadafi, o Roberto tá te chamando lá em baixo!!!
    Viu no que dá se meter com quem não presta?
    Agora você vai ter que ir rapidinho!!!

Franco Ahmad

12 de setembro de 2011 às 18h59

Essa é minha Presidenta!

kkkkkkkkkkkkk

Responder

Rasec

12 de setembro de 2011 às 18h53

A garota do Fantástico ficou sem ação e os técnicos rindo!
Tudo de bom!

Responder

El Cid

12 de setembro de 2011 às 18h53

A globo adora um “toma lá, da cá”; principalmente, se for com o Ricardo Teixeira…

Responder

PEDRO

12 de setembro de 2011 às 18h52

Toma lá dá cá? Foi o Mensalão, por exemplo, pois o Delúbio disse que é melhor um mercenário do que dar um cargo no governo na base aliada. E quem não sabe como funciona a coisa no Congresso? Quem vibrou com essa asneira foi a turma do Paulo Henrique Amorim, ou platéia que recebe por aplausos.

Responder

    Orellano Paz

    12 de setembro de 2011 às 21h56

    Vou repetir pra ver se vc entende:
    A função da mídia, na operação da quadrilha que assalta o país, não é roubar.
    A função da mídia é distrair os ingenuos e os ignorantes, enquanto os outros membros da quadrilha roubam.
    E combater a corrupção não é meta de governo. É meta do "Estado", e tem de ser feita pelos três poderes em conjunto e de forma sincronizada.
    Tá na hora de aprendermos a cobrar do "Estado".
    Tarefa para a sociedade civil organizada.
    Daí o medo do PNBL.

    Hola Hakanssen

    12 de setembro de 2011 às 22h34

    Se você lesse em outras fontes além da inVeja, perceberia que mensalão foi só pirotecnia do pig.

    Elza

    13 de setembro de 2011 às 00h34

    Pedro, a presidente Dilma foi tão inteligente na sua resposta, que a repórter paralizou, ela ñ fez uma pergunta direta objetiva fez generalizada, eu estava assistindo a reportaagem achei o máximo, a melhor forma de se neutralizar uma pergunta maliciosa é vc devolver a mesma p/ quem a fez. Se vc fala que o "Toma lá dá cá foi o Mensalão", então pq a repórter ñ o abordou? A presidente ficou até com dó, que na sua bondade tirou a repórter da saia justa em q a mesma se meteu, dizendo q/ tava brincando c ela…… kkkkkkkkkk, ameeiiiiiii

    El Gordo

    13 de setembro de 2011 às 00h43

    E quem espumou foi a turma do Homem de Dois Corgo.

    Meu caro amigo troll sem face, essa história de imprensalão petralha é mais velha que o Quadrado Mágico. Bota a equipe de criação pra fazer coisa nova, pelo amor de Deus.

    Leonardo Câmara

    13 de setembro de 2011 às 23h14

    Mensalão, mas que mensalão, o que é isso, do que você está falando?
    http://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/09

    Mentira tem perna curta!

Rossi

12 de setembro de 2011 às 18h44

A patricinha esqueceu-se da resposta que calou o Agripino.Foi cotucar no lado errado e tomou.E o pessoal da edição não lhe livrou a cara.

Responder

Gerson Carneiro

12 de setembro de 2011 às 18h42

Sobre o PS2, como diz o blogueiro "sujo" e "primário" Eduardo Guimarães: "Ninguém precisa bater na direita (e no PIG); ela se espanca sozinha".

Responder

Marcio H Silva

12 de setembro de 2011 às 18h10

Este assunto de PNBL como todos desejam vai se arrastar por muito tempo. Não foi detalhado a declaração do Governo. 30.000 km de fibra instalado onde? em todas as regiões. Só de Municípios temos mais de 5.000. Olha o tamanho deste País. Estes 30.000 km de fibra vai se juntar aos já instalados pela Petrobrás, Eletronet, Eletrobrás? acho que sim, porque senão a grana não dá.
Pergunto: quanto custa o km de fibra óptica instalado a preço de mercado atual? se for enterrado é mais caro, se for aéreo tem que pagar posteamento ou alugar poste das concessionárias de energia. Não menos que R$ 25.000,00/km. Pois bem 30.000 Km x (vezes) R$25.000,00 = R$ 750.000.000,00, e isto só para a infra das 12 cidades sede da copa.
Mais uma vez lembro aqui: É Caríssimo construir as condições de infra para o PNBL. Não adianta comparar o Brasil, de dimensão continental, com países da europa, japão, coreia, onde 30.000Km de F.O. daria várias voltas nestes países.

Responder

    Marcio H Silva

    12 de setembro de 2011 às 18h22

    Quanto a Dilma, fiz questão de ver a entrevista, não deu mole para a globo. Mostrou a que veio. Como disse a Ines nassif, Dilma é dilma e Lula é Lula.

    E acrescento Globo é veja, veja é folha, folha é estadão e estadão é globo.

    SILOÉ-RJ

    14 de setembro de 2011 às 02h50

    E todas são lixo.

carmen silvia

12 de setembro de 2011 às 17h56

A patricinha ficou paralisada e os assessores presentes gargalhando,ô dó.

Responder

12 de setembro de 2011 às 17h49

Uma da mulheres mais poderosas do planeta e Patrícia (quem?)…
A garota deveria , talvez se não fosse da globo, aprender a lição de humildade.
Tenho comigo que Dilma , por mais que as vezes pareça vacilar nesses meses de governo, jamais será "mais uma". Nem poderia. E ela sabe disso. Como Lula, orgulho dessa nação, ela vai encarar o desafio.
Posso estar enganaddo, mas ao final desses quatro anos, com tudo "contra" , ela ficará na história, e não será do jeito que a mídia quer.

Responder

Zuza Tupinambá

12 de setembro de 2011 às 17h38

Alguém percebeu o corte dessa parte da entrevista no Bom Dia Brasil??? Será que essa a edição seguiu o
Manual da Globo????

Responder

Gerson Carneiro

12 de setembro de 2011 às 17h29

Primeiro a lapada, depois o afago "tô brincando com você".

" Hay Que Endurecer, Pero Sin Perder La Ternura Jamás! "

Responder

    Evaristo Solimões

    12 de setembro de 2011 às 21h57

    A Presidenta ficou brava com a pergunta. Tanto que ficou olhando pro lado como que exigindo uma resposta imediata de Patrícia. Percebendo o titubeio da repórter emendou o "tô brincando com você", que revelou a tensão da entrevista entre os produtores.
    Da próxima vez deve ir todo o 'staff' da Globo. Iniciantes jamais.

    Gerson Carneiro

    13 de setembro de 2011 às 08h49

    A menina Maísa do SBT faria melhor.

    multiplus

    13 de setembro de 2011 às 15h19

    achar q o "desafio" de Dilma foi uma "lapada" é mesmo coisa de torcida organizada…

    Patricia Poeta foi elegante e respeitou o cargo de Presidente da Republica!

    ou alguem teria dificuldade de dar exemplos de "toma-la" pra ver se a Dilma explicaria o "dá-ca"?

    Aline C Pavia

    13 de setembro de 2011 às 22h51

    Cite um exemplo do "dá-cá" envolvendo o nome de Dilma Rousseff, por gentileza.
    Provado e julgado nos termos da lei num estado democrático de direito.

    multiplus

    14 de setembro de 2011 às 11h51

    Cite um exemplo de alguma coisa contra Collor, Sarney, Renan, Maluf, Jader Barbalho, Lula, Palocci, FHC, Huguinho, Zezinho e Luizinho, por gentileza.

    Provado e julgado nos termos da lei num estado democrático de direito.

    provado e julgado nem o Cunha Lima (PSDB) q tentou matar um adversario politico num restaurante e tá solto até hj!

    Hélio Pereira

    14 de setembro de 2011 às 08h00

    Parabéns pelo Vídeo Gerson.
    Não adianta a Globo esconder,pois tem sempre um Gerson atento pra gravar as imagens.
    Cara você foi 10!

    multiplus

    14 de setembro de 2011 às 10h50

    deixa eu ver se eu entendi…

    a Globo escondeu mas passou no Fantastico!?

    ahhhhhhhhhhhhh táááááááá

    o Gerson é atento mesmo… e vê o Fantastico, na Globo!

    rsrsrsrsrsrs

Guilherme Souto

12 de setembro de 2011 às 17h21

A presidente não brincou coisa nenhuma. Mas, é aquele negócio, teve que fazer o social…

Toma lá, distraída!!!!

Responder

Vlad

12 de setembro de 2011 às 17h13

1MB (e ainda nominal) era algo razoável há 5 anos atrás. Vai carregar uma página hoje com esse monte de imagens, fotos, videos, janelinhas saltitantes, flash, java, plugins, cookies, firewall ativo e o escambau com conexão bichada e depois me conta.
Tem até operadora desdenhando a velocidade da conexão prevista no PNLB:

"Em relação a adesão da GVT ao PNBL, com oferta do acesso à internet pelos R$ 35, o presidente da GVT disse que a empresa pode até lançar uma oferta, de 5 Mbps, por essa mensalidade, quando passar a cobrar, em 2012, R$ 49 pelo pacote de 10 Mbps. Hoje, o pacote de 5 Mbps da operadora custa R$ 49,90. Ele destacou que a tendência mundial, e que será adotada também no Brasil, é de oferta de mais velocidade e preços menores. A GVT trabalha com a possibilidade de vender, em 2012-2013, pacotes de 50 Mbps a R$ 99".
http://www.tvmagazine.com.br/talktv/read.asp?ID=7

E acho que se isso já não tiver sido previsto, o que tem que exigir é que não cobrem assinatura do telefone fixo do pessoal de baixa renda. Senão não é fácil para a maioria pagar (os pobres eu tô falando…não vocês, abAstados que ganham mais de milão por mês…limpo ainda…hehe).

Responder

    Marcio H Silva

    12 de setembro de 2011 às 18h13

    Esta é uma empresa séria, a GVT. Preocupa-se com a qualidade dos serviços prestados, mas peca pela penetração. Para ter qualidade, ela avança lentamente. As grandes operadoras tem uma taxa de penetração muito maior, mas peca pela qualidade. É muito caro compatibilar o binomio qualidade x penetracão.

    Eduardo Mendes

    12 de setembro de 2011 às 23h35

    Exato. A GVT oferece bons preços porque só fornece o serviço nos grandes centros.

    O grande diferencial do PBNL é oferecer aos municípios do interior preços tão acessíveis como já é oferecido nas grandes capitais.

    No interior além de um alto valor da conexão, a qualidade é sofrível comparada com a qualidade oferecida nos grandes centros (que já não é grande coisa).

    @Evieiramiranda

    13 de setembro de 2011 às 00h39

    Deixei a Brasil Telecom (contra a vontade deles) há quatro anos. E não sinto nehuma saudade.
    Pago um preço justo na GVT, que sempre me entregou a velocidade que prometeu. Ela só tem pecado no call center, que tornou-se mais lento, mas ainda mais rápido que o da concorrência.

Gerson Carneiro

12 de setembro de 2011 às 17h02

O PIG não aprendeu com a lapada que Dilmona deu no José Agripino.

Hehehe… vai subestimar Dilmona Guerrilheira!

Foi interrogada nos porões da dita e não se entregou, iria tremer com a Patricinha. Marminino!

Deu-lhe uma que a Patricinha ficou tonta. Dilmona percebendo a mardade ainda deu um afagozinho, o tapinha no cotovelo "ah, tô brincando com você, criança".

Foi o melhor Fantástico que eu já assisti na minha vida hehehehe.

Levei anos tentando entender porque o Zequinha Camargo bocejou ao lado da Patricinha. Começa a fazer sentido.

Em tempo: o "criança" é adendo meu.

Responder

Klaus

12 de setembro de 2011 às 16h32

A Patrícia de boca fechada é poeta.

Responder

    Franco Ahmad

    12 de setembro de 2011 às 18h59

    kkkkkkkkkk

    Boa!

O_Brasileiro

12 de setembro de 2011 às 15h20

Tão preparada para a entrevista estava a apresentadora…
Ela também é jornalista? Ou só é apresentadora?
Agora eu entendi o nível do jornal nacional…

Responder

El Gordo

12 de setembro de 2011 às 13h20

Imagine o que o Outro Cara diria no lugar da Dilma.

"Eu não vou responder essa pergunta porque é trololó essa coisa de toma-lá, dá-cá. Tá pensando que isso é programa de humor?"

Responder

    Daniel

    12 de setembro de 2011 às 20h50

    Ri dilmais, nessa. Cabloco El Gordo.
    Pessoal do pt continua aparecendo na gg Lobo, eu não vejo aquilo a muito tempo.

    beattrice

    14 de setembro de 2011 às 16h27

    O PT-SP comanda claramente essas pontes entre o Planalto e o PiG e a Presidência vira hostess da Globo.

CLAUDIO LUIZ PESSUTI

12 de setembro de 2011 às 13h10

Ora, o Paulo Bernardo falou que troca tudo isso por um programa de saneamento "presidenta"!Ta deixando o trabalho na mão de um cara desmotivado para o serviço , melhor trocar enquanto e tempo.No caso da menininha do Fantástico, só algo a dizer:quer receber o pessoal da Globo e espera o que?A "presidenta"(coloco em aspas porque as pessoas que ela convida para o Palácio são justamente as que não a chamam de "presidenta"mas sim fazem questão de contraria-la e chama-la de "a presidente") perdeu a oportunidade de NÃO ser antipática, uma vez que vai esperar o que deste pessoal?Perguntas sobre como o Brasil esta melhor que a Europa e os EUA?Este pessoal do PT já encheu, com este negocio de querer aparecer "bunitinho" na Globo!

Responder

    beattrice

    14 de setembro de 2011 às 16h24

    Pode até dar o nome técnico de "síndrome de Estocolmo", pode chamar explicitamente de subserviente, mas de todo modo rebaixar os votos recebidos nas urnas fazendo sala para o Fantástico é patético.

Marat

12 de setembro de 2011 às 12h55

Coitada da Fantastiquete… – rsrsrsrs

Responder

Aline C Pavia

12 de setembro de 2011 às 12h53

A paulada da Dilma na Patricia Poeta NÃO TEM PREÇO. Direto no queixo.
E a ironia do "tô brincando contigo" foi o tiro de misericórdia.

Responder

Polengo

12 de setembro de 2011 às 12h28

Só fiquei pensando numa coisa: será que a grobo não plantou alguma câmera no palácio do planalto, que nem a veja no hotel?

Deixar essas coisas entrarem lá é um perigo.

Responder

Polengo

12 de setembro de 2011 às 12h24

A resposta não podia ser melhor….
Nem a pergunta!
Eu acho que tinha que colocar essa mocinha pra entrevistar todo mundo, sempre!
A diversão fica garantida.

Responder

walterthe

12 de setembro de 2011 às 12h15

o povo brasileiro banca 30 mil km de fibra otica
em troca as operadoras boazinhas dao internet de 1 Mb com franquia de 300 Mb de trafego a 35 reais.
fala sério né ?

Responder

    Silvio I

    12 de setembro de 2011 às 12h36

    walterthe:
    Parabéns por receber 300 Kbs. Pago por 1Mb e recebo 120 Kbs

    @walterthe

    13 de setembro de 2011 às 07h01

    voces entenderam errado
    1Mbit que a operadora soh tem obrigacao de fornecer 10% e franquia de trafego de 300 Mb por mes, que da 10 Mb por dia, ou seja todo dia vc pode navegar uma meia hora e ler seus emails.
    plano da banda podre do Paulo Bernardo

    fernandoeudonatelo

    12 de setembro de 2011 às 12h44

    Ainda creio, e espero estar errado, que a grande incógnita do atual PNBL com as Teles não está no serviço de banda-larga a ser oferecido na última milha, mas quem será o operador de infra-estrutura no Back Bone e no Back haul.

    E quando vão ser interiorizados, expandindo além das malhas costeiras da Eletronet, Eletrobras, Dataserver e Petrobras, com a atual dotação orçamentária da Telebras, que é menos da metade prevista originalmente pelo PNBL.

    Davi Neves

    12 de setembro de 2011 às 13h49

    O mínimo é 600 kb …
    Agora resta uma dúvida … alguém tem alguma idéia factível melhor?

    Quem sabe espalhar a internet a rádio né?

    Na minha cidade natal (Cristais-MG) tem 4 empresas de internet a rádio … nunca consegui conversar com meus pais pelo skype direito com esse tipo de net … agora com a Oi as coisas mudaram … isso é um fato real! E não utopias … acordem galera … 35 por 1 Mb ou 600 kb já está bom, se as pessoas não tem condições de pagar isso o caso é outro, precisamos lutar por melhores salários …

    E aquela conversa de que na Europa é diferente é demagogia demais … é lógico que é diferente, olha o nível educacional de lá … as empresas de TI lá tem mão de obra, aqui não … o que torna o serviço mais caro, então novamente a discussão deve ser outra … Precisamos melhorar de verdade a EDUCAÇÃO!

    []s

    dukrai

    12 de setembro de 2011 às 16h44

    o governo tá com a faca, o queijo e a goiabada na mão, vai sair do jeito que a Dilma diz.

Anônimo

12 de setembro de 2011 às 12h08

Por coincidência, a Copel está hoje mesmo na frente da minha casa (em Curitiba/PR) instalando um cabo de FIBRA ÓTICA para oferecer internet banda larga aos moradores. Até agora, minha região era servida apenas pelos cabos de cobre das telefônicas e pelo cabo coaxial da Net. :-)

Responder

    Klauss

    12 de setembro de 2011 às 17h32

    Pena que o Paraná só vota no PSDB!

    Renato Lira

    14 de setembro de 2011 às 00h35

    Por isso o nordeste e o Rio tão bombando.

    SILOÉ-RJ

    14 de setembro de 2011 às 03h29

    Voto de cabresto né klauss???

Luciano Prado

12 de setembro de 2011 às 12h05

Isso, se o Paulo Bernardo deixar.

Responder

Ronaldo Braga

12 de setembro de 2011 às 12h03

Pessoal,
O Eduardo Guimarães (através do Movimento dos Sem Mídia) está convocando (http://www.blogcidadania.com.br/2011/09/ato-contra-corrupcao-da-midia/) um ato contra a corrupção da mídia.
Local: no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp).
Dia e hora: às 14 horas de 17 de setembro próximo.
Para aderir ao evento no Facebook, vá ao endereço http://www.facebook.com/event.php?eid=17213332286
Vamos divulgar e participar.

Responder

    Pedro

    12 de setembro de 2011 às 16h43

    Temos de convocar é um protesto contra a corrupção. Não é midia que rouba.

    Orellano Paz

    12 de setembro de 2011 às 17h13

    A função da mídia, na operação da quadrilha que assalta o país, não é roubar.
    A função da mídia é distrair os ingenuos e os ignorantes, enquanto os outros membros da quadrilha roubam.
    E combater a corrupção não é meta de governo. É meta do "Estado", e tem de ser feita pelos três poderes em conjunto e de forma sincronizada.
    Tá na hora de aprendermos a cobrar do "Estado".
    Tarefa para a sociedade civil organizada.
    Daí o medo do PNBL.

    Franco Ahmad

    12 de setembro de 2011 às 18h57

    Estarei presente….

    Zuza Tupinambá

    12 de setembro de 2011 às 17h20

    É sim!!

    Orlando Bernardes

    12 de setembro de 2011 às 17h37

    Tolinho!!!!! Ou é daqueles tolos inocentes ou é mau intencionado.

    Renato Lira

    13 de setembro de 2011 às 21h43

    É reaça. E reaça é mezzo uma coisa, mezzo outra.

    Leider_Lincoln

    12 de setembro de 2011 às 18h43

    Mas ela recebe para esconder os corruptores…

    Klaus

    13 de setembro de 2011 às 11h52

    Leider, alguém do PT, denunciou algum corruptor?

    Renato Lira

    13 de setembro de 2011 às 21h43

    Daniel Dantas foi preso… e solto pelo Gilmar do FHC duas vezes em menos de 48 horas.

    Pela PF num governo do PT.

    Aliás só em uma, umazinha, entre as milhares operações da PF nos governos do PT, se prendeu mais gente que em tudas as cerca de 30 operações de fachada feitas pela PF nos tempos demotucanos (quando o engavetador deixava, claro).

    Marcos Valério só foi "denunciado" depoisde suas ligações com o caixa 2 do PT.

    Quando aprontava pro PSDB e pro DEM, como sempre o início de toda corrupção no Brasil, ninguém dava um pio na mídia.

    Satisfeitinho, Klaus?

    cronopio

    14 de setembro de 2011 às 02h19

    Acho que ele vai preferir não responder essa… ai, isso é que é surra ilustrativa!

    Marcelo Fraga

    12 de setembro de 2011 às 19h14

    Por que não um protesto contra a sonegação de impostos?

    Aí já seria hipocrisia demais, não é?

    Fernando

    12 de setembro de 2011 às 23h11

    Mas protege os corruptores, não utilizando a mesma enfase que faz com os corruptos.
    O motivo é a propaganda que esses corruptores mantem na grande mídia,
    A mídia é seletiva, condena só um lado

    Renato Lira

    13 de setembro de 2011 às 21h37

    É…

    A mídia "não rouba".

    A mídia só se vende.

    E quem a compra, demotucanos desde sempre, usa dinheiro público.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.