Minas Sem Censura: E agora Anastasia?

Tempo de leitura: 2 min

do Bloco Minas Sem Censura

Anastasia, seus secretários e a base aecista na ALMG agora ensaiam a mudança de discurso.

Antes, a desculpa para não aplicar o piso nacional dos professores era a ausência do Acórdão. Isso está registrado até na imprensa aecista, nos anais da ALMG e nas reuniões com o governo do estado. Agora, dizendo que reconhecem “um erro” na tabela do subsídio, os tucanos ensaiam mais um estelionato político: mudam um pouquinho para deixar tudo como dantes, no essencial.

Mas o Acórdão está publicado e diz outra coisa. Veja trecho abaixo:

“1. Perda parcial do objeto desta ação direta de inconstitucionalidade, na medida em que o cronograma de aplicação escalonada do piso de vencimento dos professores da educação básica se exauriu (arts. 3º e 8º da Lei 11.738/2008).

2. É constitucional a norma geral federal que fixou o piso salarial dos professores do ensino médio com base no vencimento, e não na remuneração global. Competência da União para dispor sobre normas gerais relativas ao piso de vencimento dos professores da educação básica, de modo a utilizá-lo como mecanismo de fomento ao sistema educacional e de valorização profissional, e não apenas como instrumento de proteção mínima ao trabalhador.

3. É constitucional a norma geral federal que reserva o percentual mínimo de 1/3 da carga horária dos docentes da educação básica para dedicação às atividades extraclasse.
Ação direta de inconstitucionalidade julgada improcedente. Perda de objeto declarada em relação aos arts. 3º e 8º da Lei 11.738/2008.”

Ou seja, se Anastasia insistir em dizer que o piso salarial dos professores é a remuneração global (salário base mais vantagens) estará descumprindo consciente e deliberadamente uma determinação do STF.

Isso é desobediência de um agente público. É crime!

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Professora

Caro Azenha, faz tempo que vicê não aborda o tema da greve em Minas. Anastasia não cumpre a Lei do piso. MP fica do lado dele… Enfim, pot favor, dê uma olhada no que está acontecendo em Minas. Não abandone os professores na luta justa pelo cumprimento da Lei.
Obrigada

Laranjas ou vendidos da mídia « LIBERDADE AQUI!

[…] Minas Sem Censura: E agora, Anastasia? […]

Flávio

Se os movimentos no RN/SC/RJ sucumbiram, cabe a nós, mineiros, fazermos o LEVANTE. Aqui em Minas o Estado somos nós! Anastazista e seus lacaios sofrerão o primeiro revés em 2012. Aguardem!
Esse choque de Gestão não serve para Minas e nem para o Brasil. Vamos desconstruir suas certezas e mostrar para todo Brasil o desmantelamento feito no serviço público do Estado. Quero ver você chegar de pires nas mãos pedindo para que o Governo Federal salve sua pele. Será chacota nacional!!

Flávio Martins

E agora Anastazista?
O Choque de Gestão apresentado como modelo de gestão exitoso foi posto em dúvida. Vocês regurgitaram páis afora que o modelo de gestão pública implantado aqui em Minas é solução para o país e agora a vaca tá indo pro brejo. Vocês, empreiteiros, mineradoras e financeiras fizeram a maior farra e quebraram o erário público. Uma horda de prefeitos estão no seu encalço cobrando-lhe aquelas verbas prometidas durante as eleições a troco de voto. Já forneceu as senhas para o TRE-MG? E aqueles cargos preenchidos com ex-prefeito da região centro-oeste, ex-senador criados pelo Craquécio para aumentar o rebanho de votos vísando à presidência? E a COMIG? E a suspeita de desvios de recursos nas obras do mineirão? E o aumento da dívida do Estado? Será que o magistério estadual é quem tem que pagar o pato?

LuisCPPrudente

Não é só o tal do Anastasia que não pretende cumprir a lei e o que determinou o STF, o governo tucano de São Paulo também deseja não cumprir tal lei.

Altamiro Borges: Grileiro da Cutrale e laranjas da mídia | Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Minas Sem Censura: E agora, Anastasia?   […]

Marcio H Silva

É crime e prevaricação.

Se a PEc 300 sair, vai ser outra luta. Só que Os PMs e Bombeiros são homens com armas, professores seguram o giz.

João PR

Mas, vai argumentar o Anastasia, pagar o piso vai prejudicar o "xoque de jestão" do Governo da tucanaiada em Minas.

Anastasia só tem que explicar porque, após todo alarde, a dívida de Minas ainda beira os R$ 60 bi…..

STF determina: Hora de pagar o piso aos professores | Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Minas Sem Censura: Cumpra a lei, Anastasia! […]

Deixe seu comentário

Leia também