VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Dr. Rosinha defende o banimento do amianto no Brasil

17 de fevereiro de 2012 às 18h20

do Blog do Dr. Rosinha, via site da Liderança do PT na Câmara

O deputado Dr. Rosinha (PT-PR) cobrou, no plenário da Câmara, a proibição do uso do amianto no país. Ao justificar a necessidade da medida, o parlamentar citou a recente decisão da justiça italiana que condenou a 16 anos de prisão os fundadores e proprietários da empresa italiana Eternit, e os responsabilizou pela morte de cerca de três mil pessoas contaminadas por causa do amianto.

“Essa condenação do Tribunal de Turim – sobre os proprietários da Eternit- é extremamente importante porque ajuda na tramitação de projetos de lei no parlamento brasileiro que proíbem o uso de amianto no país”, destacou Dr. Rosinha. O parlamentar também observou que, desde 1999, primeiro ano de seu mandato na Câmara, tem conhecimento de propostas que tramitam no Congresso sobre este tema. Mas, até hoje, segundo ele, nenhuma ainda foi aprovada.

Segundo o estudo Vigilância do Câncer Ocupacional, publicado em 2005 pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), a exposição ao amianto está relacionada à ocorrência da  asbestose, enfermidade que causa inflamação pulmonar seguida de fibrose, além de estar associada ao aparecimento de câncer no intestino, pulmão e ovário. Além desses problemas, a publicação afirma que pessoas expostas ao produto também podem desenvolver a mesotelioma, espécie de tumor raro e de difícil diagnóstico.

De acordo com o deputado Dr. Rosinha, além de proibir o uso do amianto, também deve haver uma reforma na legislação trabalhista para proteger os trabalhadores expostos a esse minério. “Na última reforma do Código Civil, reduziu-se para cinco anos o tempo para entrar com recurso ou ação judicial por doença do trabalho. Nós sabemos que a asbestose e o mesotelioma, que é o câncer causado pelo amianto, às vezes aparece 20 anos após o contato. Por isso, apresentei um projeto para prorrogar para 20 anos esse prazo, como era no antigo Código Civil. Infelizmente, o Senado rejeitou a proposta”, lamentou. O deputado lembrou que o projeto foi aprovado na Câmara.

O deputado Dr. Rosinha disse ainda que o Senado, nesse caso, “defendeu as indústrias, a Eternit, e os péssimos empresários que prejudicam a saúde dos trabalhadores brasileiros”. Para reparar esse mal, segundo ele, “o país precisa de uma legislação voltada para a defesa dos trabalhadores e não uma legislação que defenda o capital”.

Condenação

Na sentença histórica da justiça italiana, o Tribunal de Turim condenou os donos da empresa Eternit, o magnata suíço Stephan Schmidheiny, 65 anos e o barão belga Louis de Cartier de Marchienne, 92 anos, a pena de 16 anos de reclusão por crimes causados pela omissão intencional (dolosa) de cautelas e desastre ambiental doloso. Além da condenação criminal, a Eternit terá de pagar 95 milhões de euros em indenizações a vítimas do amianto.

Amianto no Brasil

O uso do amianto é proibido em 52 países. No Brasil, apesar das restrições ao uso de alguns tipos, o amianto ainda é usado, principalmente, em produtos destinados a construção civil. Segundo informações do INCA, o Brasil está entre os cinco maiores produtores, consumidores e exportadores mundiais de amianto crisotila (amianto branco). A única mina de amianto ainda em atividade no Brasil situa-se no município de Minaçu, no Estado de Goiás.

Leia também:

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

7 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Tribunal condena barão do amianto a 18 anos de prisão: "Um hino à vida" - Viomundo - O que você não vê na mídia

06/06/2013 - 23h22

[…] Dr. Rosinha defende o banimento do amianto no Brasil […]

Responder

Abrea: Presidenta, apoie a inclusão do amianto na lista de Roterdã! - Viomundo - O que você não vê na mídia

04/05/2013 - 11h04

[…] Dr. Rosinha defende o banimento do amianto no Brasil […]

Responder

Vitória contra o amianto: Justiça decide a favor da vida e do meio ambiente - Viomundo - O que você não vê na mídia

01/05/2013 - 15h03

[…] Dr. Rosinha defende o banimento do amianto no Brasil […]

Responder

Paulo

24/02/2012 - 14h16

Crisotila Brasil não funciona, é pago pelos empresários do setor, realizam auditorias com a Dr. Soraya sem fundamento com um selo sem validade legal. Mais uma artimanha para manter esse veneno nas empresas.

Responder

Paulo

24/02/2012 - 14h14

As industrias de fibrocimento não possuem controle sobre o uso do amianto. É visivel nas fabricas vazamentos em molassas e alimentadores (jepões), o CNTA interno não possui poder de paralisação ou pedido de melhoria o CNTA externo e IBC camuflam as ações que ocorrerm nas empresas. Algumas empresas compram amianto de origem Russa que chegam em sacos rasgados causando grande mau ao trabalhador. Essa briga não é de hoje, porem existe o interesse de poderes publicos e empresários em manter um produto que é muito mais barato e facil de produzie, enquanto isso temos colaboradores literalmente (comendo amianto dentro das fabricas).

Responder

Romilda

18/02/2012 - 21h21

Duvido que o Dr. Rosinha consiga seu intento, pois aos responsáveis pelo uso do amianto não interessa a doença e a morte das pessoas, interessa o quanto eles vão perder em dinheiro. Essa gente deveria estar na cadeia.

Responder

FrancoAtirador

18/02/2012 - 18h48

.
.
QUADRILHA INTERNACIONAL DO AMIANTO

http://www.crisotilabrasil.org.br/site/quemSomos/

Responder

Deixe uma resposta