VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Rede Bahia: Ato pela democratização da mídia, dia 11, às 10h
Política

Rede Bahia: Ato pela democratização da mídia, dia 11, às 10h


10/07/2013 - 15h37

NA PORTA DA REDE BAHIA: Assembléia Popular Pela Democratização da Comunicação.

Salvador, 11 de julho, às 10 horas.

“A Globo na Bahia se transformou no instrumento político no combate à oposição. Sempre que um oposicionista conseguiu se eleger, foi massacrado pela Rede Bahia, que o Roberto Marinho e a Rede Globo sabem perfeitamente ser um instrumento político a serviço de Antônio Carlos Magalhães” (João Carlos Teixeira Gomes, Jornalista).

“O povo não é bobo, fora Rede Globo” (grito que ecoou nas manifestações recentes em nosso país, que levaram milhões de homens e mulheres às ruas).

“Rede Bahia, Mentira Todo dia” (se ouviu nas manifestações em Salvador).

A Rede Bahia, afiliada da Rede Globo de Televisão tem a sua história marcada por escândalos e corrupção. O império consolidado por Antônio Carlos Magalhães foi construído quando o ex-senador se encastelou no Ministério das Comunicações durante o Governo de José Sarney, em 1986, com o objetivo de formar uma rede de alianças midiáticas sob a direção da sua família e grupo político, para dominar a política no estado da Bahia e perseguir a oposição.

A Rede Bahia controla os meios de comunicação de massa em nosso estado e impede que o povo trabalhador tenha acesso à informação sadia e de qualidade, inviabilizando a ampliação da democracia no país e na Bahia. Atrelada a um passado sombrio, a Empresa se beneficiou de trapaças e ilegalidades nas concessões de radio e TV, operadas pelo então Ministro ACM.

Hoje, a Rede Bahia comanda 10 grandes veículos de comunicação de massa: 7 emissoras de TV, duas rádios FM e um Jornal impresso. Esses instrumentos supostamente voltados a comunicar, estão à serviço de uma ideologia reacionária, atrelada aos interesses das elites dominantes em nosso país e no estado da Bahia. Através da Rede Bahia o povo é cotidianamente bombardeado com manipulações voltadas a criminalizar os trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade; tipifica os jovens negros e negras das periferias como “inimigos padrões”; promove a mercantilização da vida e corpo das mulheres; impedem que as pautas populares sejam veiculadas; persegue funcionários que não se adaptam às suas idéias reacionárias e estão à serviço de setores que querem destruir as conquistas democráticas dos últimos 10 anos.

A Rede Bahia integra as Organizações Globo, maior conglomerado midiático da América Latina e um dos maiores do mundo, e estão presentes em praticamente todas as formas de mídia: jornais, revistas, rádio, internet, televisão (aberta e fechada), música e cinema. Propriedade da família Marinho, o grupo controla a maior rede de televisão do País, a Rede Globo de Televisão. Em torno dela está formada uma cadeia composta por 121 emissoras de TV entre geradoras (06) e afiliadas (115), com uma cobertura que alcança 5.441 municípios brasileiros e um público estimado em 159 milhões de espectadores. À rede de televisão dos Marinho orbitam 204 veículos de comunicação, distribuídos por 89 TVs VHF e 08 UHF, 34 rádios AM e 53 FM, além de 20 jornais.

A Rede Globo e a Rede Bahia estão diretamente envolvidas no período nefasto da Ditadura Militar (1964-1985) em nosso país, que cumpriu o papel de entregar as nossas riquezas para o capital estrangeiro, perseguir, torturar e assassinar uma série de lutadores e lutadoras que queriam ver brotar a democracia em nosso país.

Nesse momento, pesa sobre a Rede Globo a revelação de que houve irregularidades na compra dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002 pela emissora, que teve que pagar R$ 270 milhões à Receita Federal, apesar de mentir, negando a sonegação fiscal. A Rede Globo e a Rede Bahia tremem de medo e ódio quando as organizações populares e movimentos sociais de comunicação afirmam a necessidade da Democratização dos Meios de Comunicação em nosso país.

No momento da Assembléia Popular pela Democratização dos Meios de Comunicação, coletaremos assinaturas para a proposta de iniciativa popular de uma nova lei geral de comunicação. O projeto trata da regulamentação da radiodifusão e pretende garantir mais pluralidade nos conteúdos, transparência nos processos de concessão e evitar os monopólios. Democratizar a comunicação no país é batalha fundamental de todos os lutadores e lutadoras do povo e se insere na disputa pelas reformas estruturais em nossa sociedade. Em torno das lutas fortaleceremos a construção de um Projeto Popular para a Bahia e o Brasil.

PELA DEMOCRATIZAÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, NÃO DESCANSAREMOS!

OUSAR LUTAR, OUSAR VENCER!

Convocam o Ato:

Ação Social Arquidiocesana de Salvador – ASA

Associação Baiana de Radiofusão Comunitária – ABRAÇO/BA.

Associação Brasileira dos Estudantes de Engenharia Florestal – ABEEF.

Associação dos Advogados de Trabalhadores Rurais no Estado da Bahia – AATR/BA.

Associação de Moradores de Jardim Cajazeiras.

Campanha Nacional Contra os Agrotóxicos e pela Vida.

Campanha Reaja ou será morto, Reaja ou será Morta.

Central Única dos Trabalhadores – CUT/Bahia.

Centro Victor Meyer – CVM

Coletivo Quilombo

Comitê da Bahia Pela Democratização da Comunicação – FNDC/BA.

Comitê Popular da Copa – CPC.

Consulta Popular

Conselho de Moradores de Novo Horizonte e Sussuarana.

Coordenação Nacional de Entidades Negras – CONEN.

Diretório Central das/dos Estudantes da UFBA – Gestão Viração

Entidade Nacional dos Estudantes de Biologia – ENEBIO

Federação Nacional dos Estudantes de Agronomia – FEAB

Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar – FETRAF/BA.

Intersindical.

Levante Popular da Juventude – LPJ.

Marcha Mundial das Mulheres – MMM.

Movimento das Mulheres Camponesas – MMC.

Movimento dos Atingidos por Barragem – MAB

Movimento dos Atingidos pela Mineração – MAM

Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA.

Movimento dos Pescadores e Pescadoras – MPP.

Movimento dos Trabalhadores Desempregados – MTD.

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST

Movimento Sem Teto de Feira de Santana.

Movimento Sem Teto de Salvador – MSTS.

Movimento Social dos Povos Brasileiros – MSPB.

Núcleo de Estudos e Práticas em Políticas Agrárias – NEPPA.

Núcleo de Organização Popular de Pau da Lima.

Pastoral Carcerária – PC

Pastoral da Juventude – PJ

Pastoral da Juventude do Meio Popular – PJMP

Pastoral da Juventude Rural – PJR

Pastoral da Saúde – PS

Quilombo X

Sindicato dos Rodoviários do Estado da Bahia – SINDIRODOVIÁRIOS.

Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos no Estado da Bahia – SINCOTELBA.

Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Água, Esgoto e Saneamento – SINDAE/BA.

Sindicato dos Jornalistas da Bahia – SINJORBA.

Sindicato dos Petroleiros da Bahia – SINDIPETRO/BA.

Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia – APUB SINDICATO.

Sindicato dos Vigilantes do Estado da Bahia – SINDIVIGILANTES.

Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Estado da Bahia. SINDILIMP/BA.

Sindicato dos Trabalhadores Químicos da Bahia – SINDIQUÍMICA/BA.

Sindicato dos Trabalhadores da Saúde – SINDSAÙDE – REDE PRIVADA.

Sindicato dos Eletricitários da Bahia – SINERGIA.

União dos Estudantes da Bahia – UEB.

União Nacional dos Estudantes – UNE.

Em São Paulo, a manifestação será às 17 h, na frente da TV Globo

Leia também:

Bancários vão parar agências na Paulista nesta quinta-feira

Antônio David: Solução brasileira ou islandesa?

Petroleiros fazem greve nacional no dia 11 e pedem lei dos meios

Metroviários param em SP no próximo dia 11

Centrais vão parar o Brasil por oito reivindicações 

 

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Francy Granjeiro

11 de julho de 2013 às 00h16

Meu ATO DE PROTESTO…Uma das principais bandeiras de campanha do presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Alves (PMDB-RN), a PEC do Orçamento Impositivo está prestes a ser colocada em votação. Na prática, com a proposta, o Executivo ficaria obrigado a liberar os recursos para parlamentares…Durante a reunião da bancada federal do Rio Grande do Norte com prefeitos do estado, na noite desta terça-feira (9), em Brasília, o senador José Agripino se comprometeu a lutar pela aprovação dos 10% da receita bruta da União. “Fiquem certos de que, até o recesso parlamentar, nós iremos votar e aprovar os 10% da receita bruta, e não líquida.Agripino também garantiu que vai trabalhar pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Orçamento Impositivo, que obriga o Executivo a liberar recursos de emendas parlamentares. “Cada deputado e senador terá uma verba em que ele vai poder alocar para aquilo que o município pede.José Agripino pediu aos prefeitos do RN que se unam, no momento, por uma única bandeira: a revisão do Pacto Federativo. “Vocês precisam se unir, ir ao Executivo e exigir a revisão do Pacto Federativo. Ou ele é revisto ou vocês vão viver de maratona em maratona sem chegar a lugar algum.Agripino pediu aos chefes do Executivo municipal que, durante o encontro com a presidente Dilma Rousseff, verbalizem suas inquietações e peçam mais recurso.Peçam aquilo que vocês têm direito”, acrescentou o senador potiguar……http://www.givva.com.br/?p=54234#respond

Responder

nona fernandes

10 de julho de 2013 às 19h24

Heureca!! Té que enfim! Eu sonhei tanto em poder participar de um protesto contra a Rede Globo, mas nunca havia tido oportunidade. Desta vez, até aqui na minha cidade – Vitória da Conquista/Ba, vai haver manifestação em frente à repetidora da TV Bahia/Rede Globo.

Responder

Bancários vão parar agências na Paulista nesta quinta-feira - Viomundo - O que você não vê na mídia

10 de julho de 2013 às 15h43

[…] Rede Bahia: Ato pela democratização da mídia, dia 11, às 10h […]

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.