VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Nassif: Deu tilt no tradutor do Estadão


09/09/2011 - 13h26

Sobre o texto “Carta de Embaixador dos EUA mostra preocupação com corrupção no governo Lula”, publicada pelo Estadão:

Por Andre Borges Lopes

no blog do Nassif

Nassif, usando a velha terminologia tipográfica, o texto da embaixada tem 8057 toques. O Estadão garimpou até achar o que lhe interessava. Ignorou quase todo o resto e fez o resumo do conteúdo com base nessa frase, de 77 toques:

Persistent and widespread corruption affects all three branches of government. Ao pé da letra: Corrupção persistente e generalizada afeta (ou atinge) todos os três poderes do governo.

Na sua “tradução”, o Estadão arranjou um jeitinho de colocar a expressão “governo Lula” na boca da diplomacia americana, para que o resultado ficasse assim:

A diplomacia americana considera que a corrupção durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva era “generalizada e persistente” e atingia todos os Três Poderes.

Na manchete, adiciona-se um pouco mais de veneno: há uma sutil substituição de “corrupção durante o governo” por “corrupção no governo Lula” e uma troca do neutro “considera” para uma ilação negativa de “mostra preocupação”. O resultado fica assim:

Carta de embaixador dos EUA mostra preocupação com corrupção no governo Lula

Curiosamente, na própria carta diplomática, o nome de Lula só aparece uma única vez, e dentro da seguinte frase:

While continuing to pursue stability among Brazil’s ten South American neighbors, President  Luiz Inacio Lula da Silva and Foreign Minister Celso Amorim have  spent seven years aggressively reaching out to Africa, the Middle  East, and Asia, as well as taking a prominent role in global trade,  climate change, nuclear non-proliferation, and economic  discussions.

Em tradução livre: “Ao mesmo tempo em que continuam a incentivar a estabilidade entre os dez vizinhos sul americanos do Brasil, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o chanceler Celso Amorim passaram os últimos sete anos atuando de forma agressiva em direção a África, Oriente Médio e Ásia, bem como tendo um papel de destaque no comércio mundial, nas alterações climáticas, na não-proliferação nuclear, e nas discussões econômicas.”

Por motivos mais que óbvios, tal frase foi solenemente ignorada pelo jornal.

Essa matéria do Estadão merece ser emoldurada e pendurada ao lado do telegrama original na galeria dos “Anais do PIG”. É uma verdadeira aula de como funcionam os jornalões tupiniquins.

Para ler o documento, em inglês, conforme vazado pelo WikiLeaks, clique aqui.

Leia também:

Hildegard Angel e o alpinismo social

Alckmin cancela contrato. Eram “orelhudos”?

Leandro Fortes: #jornalistas interditados

Mike Whitney: Outro ataque da cleptocracia

Zé Dirceu e a câmera no corredor do hotel

Miguel do Rosário: Ética e jogo político





39 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Dorian Carvalho

15 de setembro de 2011 às 23h14

E se não era ao governo Lula, a qual governo se referia o texto?

Responder

@Lacerda_LMM

11 de setembro de 2011 às 00h51

Alguém já esteve na sede do Estadão em Brasilia? A sede esta totalmente decorada com manchetes contra o governo Lula! Isso diz tudo.

Responder

Moacir Moreira

10 de setembro de 2011 às 20h48

Se o (des)governo fantoche do PT é corrupto isso se deve aos interesses dos imperialistas que compram seus aliados sempre que possível.

O embaixador ianque deveria se preocupar com o que acontece na sua própria casa.

Nem o Lula é capaz de salvar o capitalismo.

Responder

Julio Silveira

10 de setembro de 2011 às 14h16

É que esses caras são mais americanos que os americanos, eles conseguem ler a intenção, se é que isto e possivel,por tras das palavras dos Yankes, são seus porta vozes juramentados.

Responder

marcelo siano lima

10 de setembro de 2011 às 12h57

a mídia corporativa brasileira em sua sanha golpista e em sua cruzada moralista agora apela para fontes internacionais. será que o estadão se retratará ? será que um pobre de um tradutor arcará com as consequências? até onde irá tudo isso ?
eles atacam e os blogs revidam.

Responder

Marat

09 de setembro de 2011 às 22h44

Quando o caudatário quer aparecer mais que o patrão, leva uma tremenda de uma bronca e só sai do castigo quando promete melhorar. Ai, ganha até passagens para a Disney ou para Miami, com direito a comprinhas até US$ 200,00 e a ganhar bandeirinhas de lapela da bandeira daquele país!

Responder

Marat

09 de setembro de 2011 às 22h42

Os anais do PIG estão repletos de pérolas, aliás, pérolas aos porcos…

Responder

Marat

09 de setembro de 2011 às 22h41

Quer dizer que o vetusto jornal que mantém sua mentalidade no século XIX, resolveu dar um "passeio" pelo século XXI e usou dos artifícios da veja e da folha? – rsrsrsrs

Responder

Sebastião Medeiros

09 de setembro de 2011 às 21h21

OS Proprietários deste jornal ,O Estado de São Paulo,são descendentes de Degredados Portugueses que aqui,na então Capitania de São Vicente,devido a pobreza da Região se aventuraram pelos Sertões,que mais tarde seriam incorporados a Colônia Portuguesa da América graças ao Tratado de Madrid de 1750,CAÇANDO ÍNDIOS PARA USÁ-LOS COMO ESCRAVOS,além de procurar ouro e as "chamadas Drogas do Sertão",mais tarde este jornal tornou-se porta voz dos grandes Proprietários de Terras e Escravos da Província de São Paulo os FAMOSOS BARÔES DO CAFÉ,daí por diante sempre defenderam a volta do Domínio Político da Elite Paulista sobre o Brasil.

Responder

Marcio H Silva

09 de setembro de 2011 às 21h08

O que da raiva é o Assange e o pessoal do wikileaks escolher estes PIgs para divulgação em nosso país. O pessoal do wiki tem que ser informado. Será que não tem nada contra os PIGs no wikileaks?

Responder

JotaCe

09 de setembro de 2011 às 20h28

Parabéns ao Nassif e ao Vi o Mundo por exibirem a qualidade do ‘jornalismo’ do Estadão… JotaCe

Responder

Jair de Souza

09 de setembro de 2011 às 19h17

Estimados amigos, já está disponível em português o maravilhoso livro Desinformação: Como os meios de comunicação ocultam o mundo, do jornalista espanhol Pascual Serrano. Trata-se de uma ferramenta valiosíssima para entender como os grandes grupos midiáticos que dominam o fluxo de informações pelo planeta exercem seu controle e impõem sua visão. O link para baixar o livro da Internet é:
http://www.sengerj.org.br/extras/desinformacaocon…

Posso assegurar que ficará muito mais fácil entender o comportamento da Rede Globo, da Abril e sua nefasta Veja, da Folha, etc., depois da leitura deste precioso trabalho. Por favor, akudem a divulgá-lo.

Responder

Bonifa

09 de setembro de 2011 às 17h57

Seria uma obra prima da manipulação jornalística se não fosse tão grosseira. Mas é uma peça que não poderá faltar em todas as faculdades de jornalismo e comunicação do país, porque se trata de perfeita aula de como um órgão da nossa imprensa tido como grande e respeitável, na verdade navega em águas turvas e adota sem cerimônia expedientes tão chulos que causam vergonha até ao redator de um jornalzinho de grêmio. E o que mais envergonha a todos os leitores conscientes é que a frase da manchete em sí traz claras interpretações de como funciona a cabeça atrofiada dos "redatores" do Estadão: Primeiro, porque evitam qualquer forma de desenvolver crítica que possa ser vista como coisa séria, sobre qualquer assunto ou a mais comezinha notícia. Segundo, porque supõem ou/e querem fazer supor que os Estados Unidos se preocupam muitissimo com a boa governança do Brasil, desejam ardentemente que sejamos altamente desenvolvidos e livres do pecado da corrupção que caracteriza os pobres países inferiores. Isto pressupõe que os Estados Unidos são, para o Estadão, o modelo máximo de honestidade e fraternidade desinteressada entre as nações , modelo que nós, vira-latas subdesenvolvidos, devemos, genuflexamente, adorar e procurar imitar sem exitação.

Responder

    Bonifa

    10 de setembro de 2011 às 09h02

    Hesitação. Quase não acredito que escreví exitação.

    JotaCe

    10 de setembro de 2011 às 19h16

    Como usual, Bonifa, seu comentário é claro e preciso. E excelente a sugestão que de uma certa forma contém para que o material, manipulado criminosamente pelo Estadão, sirva aos estudos nos cursos de jornalismo. Assim, os futuros profissionais poderão inferir da necessidade de que, comportamentos como o da editoria daquele jornal, sejam evitados em respeito às leis e aos princípios éticos que devem reger o jornalismo. Um abraço, do

    JotaCe

Mariza Silva

09 de setembro de 2011 às 17h43

Será que Lula fez retornar o Poder Moderador e eu não fiquei sabendo? Lula sempre terá o reconhecimento de todos que andam com a verdade. Problemas existem e existiram, porém, o governo dele foi o melhor, desde a chegada dos europeus, a este continente. Lula é amado, respeitado, quando fala, parece que estamos ouvindo nossa própria voz. Uma alegria imensa, bate em nossos corações. Sabemos que é a voz e o desejo de quem deseja um Brasil justo, onde todos tenham oportunidades. A nossa vida está melhor e vai melhorar muito mais com Dilma, ela é a sucessora que fará deste imenso Brasil, o país onde a pobreza findará. O PiG, não sabe o que é isso, pois a desonestidade pelo teor de suas notícias, sempre os acompanhou. Mas não tem nada não! Em cada recanto desta nação, existem homens e mulheres de bem, que reconhecem os valores e mudanças deixadas e operadas pelo ex-presidente LULA. Em 2014 e 2018, daremos a resposta que eles merecem. Dilma de novo e Lula outra vez.. Salve Dilma!!!! Salve Lula!!!!!!!!!!!

Responder

kaccira

09 de setembro de 2011 às 15h53

Corrupção em governos do PT?

Deve ter sido só um problema de tradução…rsrsrsrsr

Responder

    Bonifa

    09 de setembro de 2011 às 18h00

    Escreva mais, troll. Que preguiça mental é essa? Se fosse seu chefe, não pagaria nada por tão pouca inspiração.

Fabio_Passos

09 de setembro de 2011 às 15h50

As mutretas e as mentiras do PIG são expostas e ridicularizadas cotidianamente na rede.
Um dia sim… e noutro dia também.

E os paspalhões da globo, veja, estadão e fsp ainda acham que ninguém percebe?

Tem de ser muito lesado prá defender publicamente este lixo de mídia-corrupta.

Responder

Júnior

09 de setembro de 2011 às 15h43

Peraí, decha vê se entendi, no Brasil o presidente da republica é o chefe do executivo, legislativo e judiciário. É, o Estado de São PiG é um jornal para analfabetos funcionais mesmo ein.

Responder

ADILSON SANTOS

09 de setembro de 2011 às 15h36

Novamente gostaria , por motivos estritamente humanitários , voltar a perguntar :

Os Membros da Famiglia Mesquita já descobriram que é (ou foi) seu pai biológico ?

Sugestão : Perguntem á uma das "Matronas de ilibada Reputação " da Trupe Mesquitinhas qual foi a criatura mais abjeta com quem elas se refastelaram entre quatro paredes , e então : Voilá , a caridade será praticada .

A Clã Mesquita finalmente sairá desta infinita agonia e saberá que foi seu Papi .

Só quero ajudar….

Responder

@anabellbar

09 de setembro de 2011 às 14h57

Que vergonha!

Responder

Augusto

09 de setembro de 2011 às 14h42

Ley de Medios ya!

Responder

Luis Queiroz

09 de setembro de 2011 às 14h42

Ola Azenha.

O Estadão dá suas Gaffs, isso é fato. Agora achar que o governo lula é totalmente isento. é a mesma coisa achar que não houve corrupção no governo FHC. Sejamos realista. Erros acontece. Agora defender um governo só por causa destes erros é descalabro. O Estadão, leiam, puxa a sardinha para a direita liberalista. Isso é fato. Está contaminado. Cumpre a nós lermos e separarmos o joio do trigo em todas as mídias, será que temos educação para isso?

Responder

Sergio

09 de setembro de 2011 às 14h31

O governo Lula é tão, tão poderoso que comanda todos os três poderes sabidamente infestados pela corrupção, não é mesmo, Estadão? Então ele não era chefe só do executivo, um dos poderes e independente dos outros…. Vão distorcer assim lá na China.

Responder

    JotaCe

    09 de setembro de 2011 às 20h23

    Esses lambe-botas e vende-pátrias do PIG, Estadão à frente, adorariam chegar lá. Seria só uma questão de quanto ganhariam…JotaCe

    Marat

    09 de setembro de 2011 às 23h25

    Eles se vendem por pouco: umas passagens aéreas para Miami ou para a Disney… é tragicômico, mas, se levarmos em conta que eles não valem nada, está bom demais. É capaz até de voltarem de lá vestidos com a camiseto do Mickey e até com as orelhinhas do rato hipócrita!

Panino Manino

09 de setembro de 2011 às 14h29

Por curiosidade, eu gostaria de saber.
Isso é algo que se ensina no curso de jornalismo?
Manipular e moldar um texto dessas formas não é algo assim tão simples pelo que percebo, exige toda uma técnica, método e prática para dominar tal arte.

Responder

    Marat

    09 de setembro de 2011 às 22h45

    Caro amigo, no curso de jornalismo há vários mauricinhos e patricinhas que julgam que devem "fazer qualquer coisa" para manter seu "emprego". Mas, o triste é que em minha graduação de História, convivo com muitos neo-direitistas/liberais obtusos e delirantes… Trágico!

Maria Fulô

09 de setembro de 2011 às 14h13

Até quando esses infames bastardos continuarão manipulando a informação e fabricando factóides? Qualquer pessoa que conheça de forma razoável o idioma inglês, verá que o texto do Embaixador americano, na verdade, é um enorme reconhecimento do ótimo governo feito por Lula. O parágrafo em que se baseou o Estadão para fabricar sua manchete, apenas enfatiza que apesar de todo progresso havido, persistem problemas… ora, alguém aqui discorda disso? Mas a tática do Estadão e seus comparsas midiáticos é clara… é alimentar a investida atual contra Lula via esta corrupção seletiva. É uma clara tentativa de fazer com a corrupção o que fizeram com o Caixa 2 de campanha (que virou Mensalão), uma prática secular no Brasil, assim como a corrupção, e tentar convencer a população de que é algo novo e localizado. Não conseguirão…

Responder

Roberto Locatelli

09 de setembro de 2011 às 14h06

Se na época de Getúlio houvesse internet, ele não teria se suicidado.

Responder

    Maria Fulô

    09 de setembro de 2011 às 15h29

    Hoje ninguém mais duvida de que o "atentado" contra Lacerda foi uma grande armação midiática desses mesmos criminosos que continuam tentando promover golpes. Bando de vigaristas…

El Cid

09 de setembro de 2011 às 14h03

matérias assim levam o PiG ao delírio! que discaramento ordinário!! não suporta uma segunda leitura !! e a máfia midiática já estão propagando……e tudo isso devido ao medo que sentem do retorno de Lula !! observem que nem mais presidente ele é, mas a necessidade de desconstrução é tamanha que não param de falar dele !!

… é a safadeza midiática pra variar !!

Responder

Carlos J. R. Araújo

09 de setembro de 2011 às 14h01

O Estadão morreu há mais cinquenta anos, quando surgiu o papel higiênico. Perdeu sua função original.

Responder

Leider_Lincoln

09 de setembro de 2011 às 13h53

Aquilo é escrito por trolls, para trolls e pelos trolls. Virou papel higiênico não recomendável, só isso.

Responder

Leo

09 de setembro de 2011 às 13h41

O Que seria de nós brasileiros sem a internet em casos como esses em que o PIG manipulam tudo.

Responder

trombeta

09 de setembro de 2011 às 13h39

E tem gente que paga para ler esse lixo.

Responder

    Aline C Pavia

    09 de setembro de 2011 às 14h11

    Quanta arvorinha morrendo à toa pra servir de veículo para esses detritos impressos.

    Bonifa

    09 de setembro de 2011 às 17h58

    E o papel é subsidiado pelo governo federal.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding