VIOMUNDO

Diário da Resistência


Nelson Marcondes: Sobre a queda dos juros
Falatório

Nelson Marcondes: Sobre a queda dos juros


03/05/2012 - 10h58

do Nelson Marcondes, enviado por ele e publicado no blog O Brasil Desnudo

A opinião pública, não a que Merval e o PIG consideram de sua propriedade, esta eufórica porque sempre viu nos bancos um segmento de nossa sociedade econômica que não tinha freios, cobrava o que queria gananciosamente, o que provocou até a vinda para o Brasil de órgãos financeiros multinacionais.

Iniciamos carreira bancária na época em que o setor pagava juros nas contas de livre movimentação, faziamos o cálculo de seis em seis mêses e creditávamos aos clientes, não se cobrava talão de cheques, manutenção de conta, extrato de contas e os bancos faziam parte de um dos setores mais rentáveis do País, o que cresceu mais ainda com o aumento da população, com o progresso.

Uma das iniciativas mais importantes da Presidente Dilma é promover a queda dos juros, uma medida que começa a atacar um dos problemas mais sentidos por todos os brasileiros que é a diferença entre as camadas mais ricas e aqueles que vivem abaixo da linha de pobreza, a distribuição de renda.

PS do Viomundo: Você pode deixar nos comentários sugestões para o próximo Falatório.

Leia também:

Vladimir Safatle: Esquerda sem medo de dizer seu nome

 





4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Cibele

03 de maio de 2012 às 23h16

Queria saber direito como funciona esse falatório. A gente manda textos nossos, mesmo se não tiver um blog? Tô adorando isso, hein? Cuidado, eu posso mandar um, vocês vão aceitar? Acho que estou precisando de análise intensiva (já faço, tá, gente), estou com síndrome de Gustavo Pamplona! Agora que ele foi finalmente atendido, passou pra mim!
Brincadeirinha…

Responder

Fabio Passos

03 de maio de 2012 às 18h44

É nosso dever apoiar o governo nesta disputa.

É uma luta de toda a sociedade que deseja um Brasil mais desenvolvido e justo contra uma minoria diminuta de especuladores inescrupulosos que só querem manter seus lucros pornográficos.

E adivinhem de que lado está a mídia-corrupta?
rede globo, quadrilha vej, estadão e fsp…

Não há dúvida. O PIG vai continuar fazendo um terrorismo enorme contra a iniciativa do governo de civilizar os ganhos dos banqueiros e especuladores.

Responder

    Cibele

    03 de maio de 2012 às 23h22

    Fábio, você e outros leitores que sempre questionaram mais o governo por não enfrentar os bancos, aliás, com muita razão, devem mesmo reconhecer o mérito da Dilma nessa queda dos juros. E apoiar, sem dúvida. Eu sempre achei que era isso que ela queria e, quando deu, ela fez. Cadê a Beatrice? Ela também tem que apoiar agora, hein? Tô errada? Vamos todos nessa luta tão necessária contra os bancos, pois eles são os grandes vampiros, os grandes psicopatas, predadores da humanidade. Força, Dilma! Força, Brasil!

Mardones Ferreira

03 de maio de 2012 às 11h22

Quando é que o Bernardinho, ministro das telecomunicações do PIG, vai sair de cima do projeto do franklin Martins?

R- Quando a digníssima esposa for Governadora do Paraná?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding