VIOMUNDO

Diário da Resistência


Educadores e Sind-UTE derrotam deputados a serviço de Anastasia e Aécio; Assembleia de Minas aprova PEC do Piso em  2º turno
ALMG e Sind-UTE-MG
Denúncias

Educadores e Sind-UTE derrotam deputados a serviço de Anastasia e Aécio; Assembleia de Minas aprova PEC do Piso em 2º turno


25/07/2018 - 09h13

ALMG e Sind-UTE-MG

Atualização às 12h05

por Conceição Lemes

A serviço dos senadores Antonio Anastasia e Aécio Neves (PSDB), os deputados Bonifácio Mourão, Sargento Rodrigues, João Leite e  Arlen Santiago (veja texto mais abaixo), bem que tentaram aniquilar a PEC do Piso, com um substitutivo de última hora.

Deram um tiro no pé.

Eles foram fragorosamente derrotados pelos educadores da rede pública de Minas, coordenados pelo Sind-UTE/MG.

Explico.

Hoje, primeiro, conscientes de que iriam perder em plenário, retiraram o substitutivo.

Depois. tiveram que engolir a vitória dos educadores.

Por 68 votos a favor, a Assembleia Legislativa de Minas aprovou nesta manhã a PEC do Piso.

A votação foi em segundo turno.

************

A serviço de Anastasia e Aécio, deputados querem aprovar substitutivo da PEC do Piso; “é volta ao passado”, denuncia Beatriz Cerqueira (postado às 9h13)

por Conceição Lemes

Em 17 de julho, após muita pressão dos educadores coordenados pelo Sind-UTE, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou em 1º turno a Proposta de Emenda Constitucional 49/18,PEC do Piso

A PEC do Piso, como é conhecida, insere na Constituição estadual o piso salarial da Educação.

Porém, os fantasmas dos ex-governadores e atuais senadores Antônio Anastasia e Aécio Neves (PSDB) voltaram a assombrar os trabalhadores da Educação de Minas, através principalmente dos deputados estaduais Bonifácio Mourão (PSDB), Sargento Rodrigues (PTB), João Leite (PSDB) e  Arlen Santiago (PTB).

Nessa segunda-feira (23/07), Bonifácio Mourão apresentou um substitutivo ao projeto original da PEC, de autoria do deputado estadual Rogério Correia (PT).

Em sua página no Facebook, Beatriz Cerqueira, coordenadora-geral do Sind-UTE licenciada, comentou o substitutivo:

Em síntese, é uma volta ao passado!

Explico:

1. Nós conquistamos os reajustes do Piso Salarial para as 8 carreiras da educação. Isso está previsto no texto da PEC. O substitutivo do PSDB/DEM exclui 5 carreiras dos reajustes do Piso Salarial (exclui ASB, ATB, Analista da Educação Básica, Analista Educacional, Técnico da educação básica).

2. Retira a garantia do Piso salarial integral para jornada de 24 horas semanais;

3. Acaba com a regra pela qual lutamos de que no Estado de Minas Gerais nenhum profissional do magistério receberá menos do que o valor do Piso Salarial integral para a jornada de 24 horas. Ou seja, acaba com o objetivo da PEC.

4. Retira o termo vencimento básico podendo o Estado voltar a remunerar através de subsídio.

5. Leva para a Constituição do Estado a disputa eleitoral de 2018, desobrigando o próximo mandato de qualquer pagamento de retroativo do Piso Salarial.

6. Não respeitam a categoria. O conteúdo da PEC foi amplamente debatido.

O conteúdo do substitutivo apresentado fala por si sobre o que pensam de Piso Salarial e de como continuam tentando destruir nossos direitos. O ano de 2011 veio na memória com todas as lutas que fizemos e cicatrizes que adquirimos!

O deputado Rogério Correia, autor da PEC do Piso,  concorda plenamente com a análise de Beatriz Cerqueira.

“É retrocesso sobre o que aprovamos no 1º turno”, afirma.

“Além do mais, vincula na Constituição a necessidade de os próximos governantes remeterem leis de reajuste anualmente. Se não fizerem essas leis, não tem piso”, observa.

“Na prática, tornam nula a obrigação constitucional”, alerta Rogério Correia.

Pudera.

A serviço de Anastasia e Aécio, Bonifácio Andrade,João Leite,  Sargento Rodrigues e Arlen Santiago são antigos inimigos da Educação.

Eles votaram no subsídio do  governo Anastasia e na retirada de direitos da gestão Aécio.

Votaram também a favor da extinção do  extinção do FUNPEMG (Fundo de previdência de Minas Gerais), que retirou R$ 3,8 bilhões da aposentadoria.

Agora, os quatro lideram a derrubada da PEC do Piso.

Nessa terça-feira, eles tiveram a primeira derrota.

O substitutivo de Bonifácio Mourão foi derrotado na Comissão Especial.

Nesta quarta-feira (25/07), ele será votado em plenário, a partir das 10h.

São necessários 48 votos para derrotá-lo.

Na sequência, a PEC original será votada em 2º turno. Para aprová-la são necessários também 48 votos.

Portanto, pressão sobre os parlamentares será vital.

A direção do Sind-UTE/MG reforça a importância da mobilização.

Leia também:

Marcia Tiburi: A Lava Jato e o fascismo

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Luiz

25 de julho de 2018 às 09h59

MINEIROS, assim como eu, vamos ter vergonha na cara e derrotar, para sempre, essa quadrilha comandado por Aécio, cujo menino de recados é Anastasia. Vamos expulsá-los da vida pública para sempre. Aécio e Anastasia deixaram uma bomba relógio armada que estourou no colo do Governador Pimentel. Não deram um minuto de trégua ao Governador eleito no primeiro turno Fernando Pimentel do PT. Aliaram-se ao bandido golpista Temer e boicotaram o governo do estado em tempo integral, asfixiando as contas e não permitindo que o governador tomasse qualquer decisão para garantir o salário dos funcionários públicos. Destruíram o estado e deixaram terra arrasada, com o objeto de voltarem ao poder como salvadores da pátria e o pior é que tem muito inocente que acredita. Aécio e Anastasia são o que existem de pior em termos de caráter e honrabilidade. Minas Gerais não merece esse tipo de político. Minas hoje tem três representantes no Senado Federal: Aécio, Anastasia e Perrela (o dono do helicóptero apreendido com 500 kg de cocaína). São três representantes do atraso e do interesse espúrio. MINAS não merece gente desse nível. MINAS MERECE RESPEITO.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

Últimas matérias
Preso, Paulo Preto vai para Curitiba e “escapa” de matada no peito de Gilmar; Aloysio tinha cartão de crédito ligada a conta milionária

Paulo Vieira de Souza é preso em nova fase da Lava Jato Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil São Paulo A 60ª fase da Lava Jato, deflagrada na manhã de hoje (19) pela Polícia Federal de Curitiba, prendeu Paulo Vieira de Souza, também conhecido como Paulo Preto, apontado como operador de esquemas […]

Ler matéria