VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

Débora Vaz: As escolas de photoshop do Ceará


15/08/2011 - 12h43

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Do lamentável estado da educação pública no Ceará

por Débora Vaz, em seu blog

Desde a mais tenra idade sempre ouvi falar que as pessoas que escolhem trabalhar com a educação de crianças e jovens são dotadas de uma vocação especial, algo similar ao que é dito sobre os homens que renunciam a uma série de prazeres materiais para abraçar o sacerdócio católico. A meu ver, por trás desse discurso meigo está escondida uma ideologia lamentável: para alguns, quem trabalha na educação pública, área historicamente desprezada em nosso País, merece um salário ínfimo, afinal, é uma pessoa vocacionada, quase mártir, que certamente terá um lugar reservado no paraíso depois de uma vida de sofrimentos e incompreensão não apenas por parte do poder público, como também pela sociedade de modo geral.

Em meio à constante desvalorização da docência pública do Brasil e, em especial, a do Estado do Ceará, professores articulam greves para alertar os governantes e a sociedade civil sobre as dificuldades vividas cotidianamente dentro e fora das salas de aula, sendo a mais grave delas a questão salarial. Por conta de uma extrema má vontade, o governador cearense Cid Gomes continua se recusando a pagar corretamente o piso salarial dos professores da rede pública estadual, além de não querer tentar qualquer acordo com tal categoria, pois, segundo ele, “Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado”.

Após essa declaração desastrada vinda de um homem que supostamente deveria governar para o povo, não pude deixar de sentir indignação, revolta e um certo sentimento de impotência, já que tanto a imprensa quanto a maioria esmagadora da Assembleia Legislativa de meu Estado dificilmente contestarão a visão torta do governador. Para eles, detentores do poder nas mais diversas esferas da sociedade cearense, é muito mais interessante voltar os holofotes para as belezas naturais desta terra, enaltecendo as possibilidades de lucro com o turismo (que só serão sentidas em seus bolsos), do que centrar esforços para melhorar a educação básica e dar melhores oportunidades às milhares de crianças pobres que jamais frequentarão uma escola privada. Afinal, quem vai querer uma massa de gente esperta e crítica para derrubar os poderosos?

Sei que o descaso com a educação pública não começou na administração de Cid Gomes nem é exclusividade do meu Estado. O Brasil inteiro padece desse problema. Em 2010, comemoramos a derrocada do tucano Tasso Jereissati, cujo mandato prejudicou bastante a educação cearense. Hoje vemos que tal derrota foi apenas simbólica, pois Cid Gomes, que hoje pertence a um partido dito “socialista”, está apenas reproduzindo os mesmos discursos e práticas de seu antigo preceptor, mesmo dizendo que os vínculos políticos entre eles estão rompidos.

Como é possível ter esperança em um futuro melhor para o nosso Ceará com uma liderança de visão torta como Cid Gomes? É terrível pensar que, com a força que ele tem, poderá eleger um sucessor com grande facilidade. E quem sabe até dizendo que seu governo “beneficiou” a educação pública, mostrando, na propaganda eleitoral, escolas fabricadas no photoshop e atores sorridentes fingindo ser professores.

Professores federais: Governo Dilma cassa direitos

Professores de Minas Gerais provam que o governo Anastasia é PSDB*

Professores do Rio de Janeiro: Sérgio Cabral é dos empreiteiros



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


27 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Altamiro Borges: A marcha da UNE em Brasília | Viomundo - O que você não vê na mídia

31 de agosto de 2011 às 01h50

[…] Débora Vaz: As escolas de photoshop no Ceará […]

Responder

WILSON SAMPAIO

25 de agosto de 2011 às 20h05

Fiz uma análise de todos os comentários e percebi o que estar faltando em nós cearenses, nordestinos, brasileiros é uma educação FORMAL +CONSCIÊNCIA CRÍTICA E POLÍTICA. O que estar acontecendo hoje, se repetirar por vários dias, meses, anos e séculos, pois enquanto não tivermos uma educação voltada para a formação verdadeira de um cidadão crítico, não teremos uma sociedade mais humana e revolucionária… Nós professores, quando em processo de formação acadêmica, nas faculdades de educação se houve" professor é formador de opinião pública" , então vamos a LUTA, sejamos instrumentos de uma REVOLUÇÃO DE CONSCIÊNCIAS . Caso contrário estaremos contribuindo para o aumento da contigência de MASSA FALIDA. Não importa quem esteja no poder, se tivermos um povo consciênte jamais eles se perpetuaram no PODER.

Responder

STF determina: Hora de pagar o piso aos professores | Viomundo - O que você não vê na mídia

24 de agosto de 2011 às 17h31

[…] Débora Vaz: As escolas de photoshop do Ceará […]

Responder

Liana

21 de agosto de 2011 às 21h22

Ciro Gomes que todos sabem é irmão de Cid, tá dando uma de pensador e filósofo em educação, disse hoje em programa de Televisão que o professor tá punido o filho do pobre com a greve e que a solução é a politica.O Senhor Ciro até fez comentários poéticos como ver o pôr do sol. Quanta falta de vergonha na cara!!! Quanto cinismo! E o pior é que um comentarista acima tem razão, Cid ainda vai ser Senador, se o povo brasileiro não aprender a votar e não valorizar o seu voto.

Responder

Maioria dos estados e municípios não paga o piso dos professores | Viomundo - O que você não vê na mídia

17 de agosto de 2011 às 20h46

[…] Débora Vaz: As escolas de photoshop do Ceará   […]

Responder

José Ruiz

16 de agosto de 2011 às 10h28

Cid Gomes nunca foi socialista e os Gomes sempre foram muito próximos dos Jereissati. É claro que é mais do mesmo… estão em lados diferentes atualmente porque o Tasso Jereissati apoiou o PSDB de Alckmin e Serra e o Ciro, para não cair no vazio político, apoiou o Lula. O candidato do PT no Ceará era o José Airton, que infelizmente foi atropelado pela intransigência da Luzianne (época em que se articulava a prefeitura para o PC do B) e o conservadorismo dos cearenses. A frase Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado é de um absurdo impressionante, incrível, mas ao mesmo tempo absolutamente sincera. É exatamente isso o que "eles" pensam. Um homem desses deveria ser banido da vida pública, mas sabemos que isso não vai acontecer. Cid Gomes será futuro senador do Ceará..

Responder

CartaCapital: No Paraná, a xepa está de volta? | Viomundo - O que você não vê na mídia

16 de agosto de 2011 às 01h57

[…] No Ceará, blogueira diz que Cid Gomes é mais do mesmo   […]

Responder

beattrice

16 de agosto de 2011 às 01h18

Maluf enquanto governador declarou reiteradas vezes que o problema das professoras não era o baixo salário, e sim que eram mal casadas, com maridos pobres.
Fez escola. Sem ser professor.

Responder

Mauro A. Silva

15 de agosto de 2011 às 23h20

[youtube xfXJFvWecus http://www.youtube.com/watch?v=xfXJFvWecus youtube]
Juiz de handebol expulsa professor que xingou aluno de burro. Escola o demitiu.
Se o professor fosse da rede pública estadual de SP, ele seria promovido a coordenador pedagógico. Perguntem ao deputado federal Gabriel Chalita… (Caso EE Octacílio de Carvalho Lopes).
http://movimentocoep.ning.com/profiles/blogs/col-

Responder

Luiz Fortaleza

15 de agosto de 2011 às 21h36

As elites dão ensino precário pro povão, pq querem mão de obra barata pra explorar. Já pensou se não tivesse a evasão escolar, qto custaria um lixeiro, uma faxineira, um pedreiro?

Responder

Jairo_Beraldo

15 de agosto de 2011 às 19h45

Em parte concordo com Cid.
Explico: Cid Gomes é tucano, foi expulso do PSDB por causa de seu gênio. Neoliberal de carteirinha. Portanto, entregou a educação aos prédios iluminados vendedores de diplomas. E estes não são pessoas, não devemos fidelidade à eles, devemos ser fiéis apenas aos nossos princípios e à nossa consciência social. Daí se revela a decadência do ensino brasileiro, transformado em oportunidades de mercado. Alheios a valores e princípios, pautam-se unicamente pela doutrina da preservação do lucro. Tratam educação como se fosse mercadoria. E educação é formação, sem viés ideológico, sem interesse econômico e político.

Responder

Gerson Carneiro

15 de agosto de 2011 às 18h14

“Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado” – Cid Gomes

Isso sim deveria acontecer com os políticos. Deveriam entrar e se manter na Política por gosto, e não pelo salário. E se quisessem ganhar melhor, que pedissem exoneração e fossem atuar na iniciativa privada. Por que não acontece? Pelo contrário, são os que têm os maiores salários e mordomias. E ainda tiram sarro, tratam com desprezo os professores.

Sou a favor de uma paralização geral e radical, no Brasil todo. Enquanto isso não ocorrer os professores continuarão sendo tratados com deboches.

Responder

    Vladimir

    15 de agosto de 2011 às 20h14

    Exatamente…e vou além:passou da hora.
    Se Dilma resolver fechar esse congresso corrupto e por nas masmorras esses políticos mafiosos e moralizar a Nação , terá meu braço e minha vida a seu serviço; se não por mim, que já sou quarentão, pelos meus netos.
    É hora de parar com os panos quentes.
    Fora Lula e seus amiguinhos judas e mensaleiros.
    Coragem, Dilma. Há muitos como eu que enxergam em sua firmeza a chance de um novo rumo ao NOSSO País.

    José Ruiz

    16 de agosto de 2011 às 10h34

    esse aí tá mais perdido do que cego em tiroteio…

    Morvan

    16 de agosto de 2011 às 20h02

    Boa noite.
    Vladimir, você é quarentão, sim? Pois eu sou cinquentão e posso asseverar a você que este papo de "fechar o Congresso" não é boa coisa. Quem o fechou, na década de sessenta, fê-lo para o benefício dos verdadeiros corrutos, os daqui e os d'além mar. Não caia nessa. O país ainda hoje tem seqüelas (sic!, eu mesmo pus ao tremas!) daqueles meninos "moralizadores".

    Este discurso moralista é extremamente perigoso. Basta ver que o PFL e o PSDB são alucinados por "faxina". Na casa dos outros…
    Vladimir, quem tem de "fechar o Congresso" somos nós, e com o poder do voto, ou seja, só entram aqueles que queremos que entrem.
    Se cada um de nós fizer a sua parte, haverá um Congresso bem menos composto de corruptos.

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Giuliano

    20 de setembro de 2011 às 22h59

    eles, políticos, já estão trabalhando na iniciativa privada e dão o sangue para que tudo se torne privado.

@lucasvazcosta

15 de agosto de 2011 às 18h13

Um povo educado significaria forte demanda por bem-estar social, tudo que certas categorias de políticos "socialistas" não querem que aconteça! Daí o descaso radiante para com a situação de professores. Vem daí o pacto difamatório estabelecido com a grande mídia para desmoralizar esta categoria de profissionais quando reinvindicam melhores condições de trabalho. Triste do país que maltrata seus mestres como o Brasil faz…

Responder

MARIA

15 de agosto de 2011 às 15h25

Os brasileiros estão ferrados de verde e amarelo porque todos os partidos, todos os politicos brasileiros fazem o MESMO quando eleitos: jogam a educacao no LIXO! Só com mobilizacao e consciencia para pressionar esses vagabundos que incutiram na mente dos brasileiros que professor é sacerdote e nao profissional, aliás o profissional mais importante na construcao de uma nacão! E é justamente essa a explicacao para o descaso e deprezo pela educacao: ela PODE MUDAR ESSE PAÍS!!

Responder

    josaphat

    15 de agosto de 2011 às 17h19

    Na França o salário inicial para o docente é de 1500 euros mensais. O planeta não se interessa por isso.

yacov

15 de agosto de 2011 às 15h21

Se você quer saber se um candidato é progressista ou não, e se deve votar nele ou não. procure saber o que ele fez, ou faz, pela educação, em seu município, estado ou país. Se ele apóia, incentiva e INVESTE em educação é um candidato que deve ser considerado, caso contrário, DESCARTE-O IMPIEDOSAMENTE!!

"O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – O que passa na gLObo é um braZil para TOLOS"

Responder

    José Ruiz

    16 de agosto de 2011 às 10h49

    Excelente critério.. aí surgiu uma idéia: poderíamos criar um "info-gráfico" para mostrar quanto cada parlamentar (estados e união) contribui para a educação.. criar conselhos nos estados formados exclusivamente por professores da rede pública (funcionários? alunos?) para avaliar esses parlamentares…

João PR

15 de agosto de 2011 às 15h15

É deprimente ter um governador que fala uma barbaridade dessas.

Caro Sr. Cid Gomes: dar aulas por gosto acho que todo Professor dá. MAS, convenhamos, é necessário que os mesmos tenham um salário, e condições de trabalho dignas, pois do contrário os Professores não terão condições de sobreviver em um país que tem um custo de vida, hoje, comparado à Europa e EUA.

Em resumo, Sr. Cid: tente viver um mês com o salário de Professor, e entenderá o que digo aqui.

Responder

anna db

15 de agosto de 2011 às 15h06

Os Ferreira Gomes são tucanos expulsos do puleiro do psdb por incompatibilidade de gênio. Dois tucanos bicudos não se beijam nem ocupam o mesmo espaço. Ideologicamente são iguais. Comungam dos mesmos ideais incuindo o neoliberalismo, pirataria que assaltou e quebrou o Brasil. O Eduardo de PE é tão ou mais predador que os seus coleguinhas de partido. Neoliberal de carteirinha. Riquezas do Estado so para os amigos da panelinha.

Responder

Rose

15 de agosto de 2011 às 14h37

Que vergonha!!

Responder

Polengo

15 de agosto de 2011 às 13h20

"Quem quer dar aula faz isso por gosto, e não pelo salário. Se quer ganhar melhor, pede demissão e vai para o ensino privado"

Ou seja, esse criminoso faz o que faz somente pelo dinheiro.
E seja o que for que ele faça, não faz por gosto.

Responder

    Jairo_Beraldo

    15 de agosto de 2011 às 16h03

    Polengo, em parte concordo com Cid. Explico: Cid Gomes é tucano expulso do PSDB por incompatibilidade de gênio. Neoliberal de carteirinha. Portanto, entregou a educação aos prédios iluminados vendedores de diplomas. Estes não são pessoas, não devemos fidelidade à eles, devemos ser fiéis apenas aos nossos princípios e à nossa consciência social. Daí se revela a decadência do ensino brasileiro, transformado em oportunidades de mercado. Alheios a valores e princípios, pautam-se unicamente pela doutrina da preservação do lucro. Tratam educação como se fosse mercadoria. E educação é formação, sem viés ideológico, sem interesse econômico e político.

    Carlos

    15 de agosto de 2011 às 20h54

    Cearense que sou, ha tempos venho escrevendo a falsidade dos irmãos GOMES, Cid e Ciro, que NUNCA deixaram de ser TUCANOS, e que continuam a mesma destruidora politica de Tasso jatinho Jereissati. Ciro é uma farsa. Cid tambem o é. Nunca deixaram de ser tucanos e continuam a destruir o Estado do Ceará, suas escolas, orgãos de fiscalização, etc, e utilizando as verbas de nossos impostos como querem, com a conivencia de uma Assembléia Legislativa cooptada com cargos.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!