Flash ad ID:10

PATROCINE O VIOMUNDO

SOMOS 31.817 FAÇA PARTE !

Emir Sader: A grotesca caravana dos derrotados

publicado em 13 de março de 2012 às 14:27

12/03/2012

Os fantasmas do passado visitam a Venezuela

por Emir Sader, em seu blog

A América Latina foi a região do mundo que teve mais governos neoliberais e nas suas modalidades mais radicais. Praticamente nenhum país foi poupado desses governos – com exceção de Cuba – que devastaram os direitos sociais, o potencial de desenvolvimento econômico, a soberania nacional, os Estados latino-americanos.

O neoliberalismo começou pela extrema direita – com Pinochet e sua ditadura -, mas depois se alastrou para correntes originariamente nacionalistas – como o PRI mexicano e o peronismo de Carlos Menem. Para posteriormente ser incorporado por partidos social democratas – como o Partido Socialista do Chile, a Ação Democrática da Venezuela, o PSDB do Brasil.

Todos foram ao governo e colocaram em prática políticas neoliberais muito similares: privatização do patrimônio publico, abertura das economias ao mercado externo, desarticulação dos Estados em favor da centralidade dos mercados, alienação das soberanias nacionais, expropriação dos direitos sociais, precarização das relações de trabalho. Todos tem em comum outro traço: todos fracassaram estrepitosamente, saíram do governo expulsos pelo povo, não puderam eleger seus sucessores e vários deles foram processados, condenados e presos; alguns outros fugiram dos seus países.

Entre tantas consequências negativas, promoveram a degeneração das democracias, mediante o poder do dinheiro, que corrompeu os sistemas políticos. São uma geração de políticos fracassados, que buscaram seu exemplo nos socialistas espanhóis.

A direita latino-americana, tendo fracassado, não tem hoje o que propor. Fizeram o que se haviam proposto e levaram nossos países à ruina. À falta de propostas, a direita retoma bandeiras da guerra fria, se articula em torno dos monopólios privados da mídia, lança mão de personagens fracassados como os únicos apoios que lhes restam.

Convidados por um banco privado, três desses personagens foram a Venezuela, não se sabe bem fazer o quê. Quem sabe, sentindo falta do seu amigo Carlos Andres Perez, vão transmitir as experiências frustradas que tiveram e que os levaram à derrota e à debacle dos seus países. Basta que Felipe Gonzalez conte como na Espanha eles aplicaram brutal pacote econômico antipopular e entregaram o governo à direita, com uma economia desfeita, desemprego juvenil de 49%, com um retrocesso recorde da economia. Gonzalez pode recordar como, há 10 anos, apoiou o golpe militar contra Hugo Chavez.

Ricardo Lagos pode contar como os governos socialistas chilenos não saíram do modelo herdado de Pinochet e finalmente foram derrotados e entregaram a presidencia a um mandatário neo-pinochetista.

FHC teria que convencer o candidato da direita venezuelana, que deveria reivindicar sua figura e não a de Lula. Deveria explicar por que Lula é o presidente mais popular da história do Brasil, enquanto que ele é o político com maior rejeição. Deveria explicar ao candidato da direita de lá que seu partido e seu governo são os parentes mais próximos deles e que Lula certamente apoia a Hugo Chavez.

Grotesca a imagem dessa caravana dos derrotados, de um passado que não volta mais, viajando para levar uma palavra de desesperança ao candidato da direita venezuelana. Não é um bom augúrio para a oposição a Hugo Chavez.

Leia também:

Marcelo Branco: Lobby das teles quer fim da neutralidade na rede

 

58 Comentários para “Emir Sader: A grotesca caravana dos derrotados”

  1. canalhas oportunistas. [2]

    ..

  2. qua, 14/03/2012 - 16:08
    pedro

    O mérito do fhc foi mostrar para o Lula o que ele não poderia fazer, ou seja, seguir rezando na cartilha dos yankes, ainda bem que o povo brasileiro tinha um lula, depois de tres derrotas eleitorais, pronto para tomar as rédeas e dar a linha da política brasileira, que pela primeira vez disse não aos estados unidos e disse sim quando interessava ao brasil: a China e a outros paises de forma independente, enterrando assim o ciclo de espoliação do FMI sobre as nossas costas, como se fossemos ainda colônia. Venezuelanos, não precisam se preocupar porque se o psdb tivesse por cima não teria perdido para uma mulher que nunca tinha disputado qualquer eleição e que só não venceu no 1º turno devido o PIG. Precisa dizer mais alguma coisa?

  3. qua, 14/03/2012 - 12:30
    Antonio C.

    Um dado digno de nota do artigo de Sader: a citação da "social-democracia" espanhola, a mesma que levou à bancarrota o próprio país. Subestima-se o "peso ideológico" dessa turma no viés ideológico do PSDB. Merece uma análise à parte.

  4. qua, 14/03/2012 - 11:13
    FrancoAtirador

    Comentarios

    0 #6 Re: A selvageria na política — mauricio augusto mar 12-03-2012 13:27
    Perdoem, irmãos Da Republica Bolivariana da Venezuela, pois este cidadão, o Senhor Fernando Henrique Cardoso, aqui conhecido como fhc, e/ou boca de sovaco, nunca representou o Brasil de fato e de direito, está sim as voltas, com nossa justiça, devido ao Livro "Privataria Tucana", de um grande escritor brasileiro, o Sr. Amaury Jr., imperdível, contudo, parabenizo ao Povo, que tem em seu Representante Maior, um exemplo a ser seguido, por toda a América Latina, Gracias a todos e ao seu Grande Presidente, que por nós brasileiros é admirado, Salute a todos…Mauricio Augusto Martins
    Citar

    0 #5 criminales de sus paises — José Safrany Filho 11-03-2012 10:19
    Todos los tres invitados por el oligarca venezolano, incluyendo al propio, son criminales de sus pueblos y de la decencia, pues no tienen ninguna dignidad ni como personas ni como politicos, entreguistas y con inclinacion fascista! Cardoso, de triste memoria para Brasil, destruyo, con sus sequases, la base economica y de dignidad nacional, con las privatizaciones , mas bien, entrega de la riqueza construida con el sudor y sangre de nuestro pueblo en decadas de esfuerzo. Tiene como complices al poder legislativo y judiciario comprados con el dinero de nuestro sofrido pueblo. Deverian de estar encarcelados e jusgados por estos crimenes. Al reves, siguen desfilando por las pasarelas neoliberales que les prepara la clase burguesa, sobretodo respadados por la midia y el patrocinio del imperio yankee.
    En nombre de mi pueblo dejo consignado, aqui, el repúdio total a estes crapulas y sus acompliciados!! !
    Citar

    0 #4 Barrios Jesús 11-03-2012 08:48
    DIOS!!!
    COMO EN ESTA TIERRA BENDITA; PERMITIMOS QUE HOMBRES QUE HAN MALTRATADO Y VENDIDO A SU RESPECTIVAS PATRIAS VENGAN A DARNOS "PALABRAS PARA VENEZUELA" Y QUE JUNTO CON LA OPOSICIÓN NOS DIGAN A TODAS LUCES QUE EN NUESTRO SOCIALISMO NO HAY DEMOCRACIA!!!
    "EXTRAÑA DICTADURA LA DE MI PATRIA"
    Citar

    0 #3 Propaganda Bancaria — Jose Mohmod 11-03-2012 04:27
    Sin ánimo de ofender pero, primera vez que yo veo por televisión, dos horas y media de propaganda comercial solo para un banco, la gente tiene que darse cuenta que ese montaje, no es más que un estilo de hacer propaganda comercial de gratis para no pagar impuesto.
    Citar

    0 #2 Sin duda — Jose Ricardo 10-03-2012 19:02
    Es cierto, eso es una estrategia de la derecha para decir que es posible avanzar en la "economía social". Pura mentira! quieren darle argumentos al mudo o descerebrado que no demuestra nada, no tiene nada en la bola…..
    Citar

    0 #1 trio de villanos — vergatari 10-03-2012 16:03
    son 3 angelitos que nos estan presentado
    como lo maximo en politicas neoliberales
    y lo presentan como lo maximo?

  5. qua, 14/03/2012 - 10:58
    dukrai

    está completo o funeral, a trinca de valetes e a oposição â Chavez segurando as quatro alças do caixão, que a terra lhes seja leve e que o capeta os suportem.

  6. qua, 14/03/2012 - 9:59
    ratusnatus

    Mais um anúncio da souza Cruz na CBN ao fim do programa chamado Liberdade de Expressão.
    Hoje foi às 09:18 e era um pouco diferente. Era a Souza Cruz defendendo sua liberdade de escolha.

  7. qua, 14/03/2012 - 9:09
    Marat

    Toc toc toc – tal foto atrai desgraças… vade retro até os EEUU, e fiquem por ali. Há vagas de serviços gerais…

  8. qua, 14/03/2012 - 8:53
    Marat

    Pena que o "companheiro" Fujimori, por conta de uma questão paralela, não pôde acompanhar tão vetusta caravana!

  9. qua, 14/03/2012 - 0:06
    FrancoAtirador

    .
    .
    A TERCEIRIZAÇÃO NA ALEMANHA
    .
    .
    SERVOS EM VEZ DE DESEMPREGADOS?

    Por Robert Kurz*, em obeco.planetaclix.pt

    A Alemanha, após a queda da conjuntura económica global, não se apresenta como uma ilha de bem-aventurados, mas ainda assim como o país industrializado que melhor absorveu a ameaça de mais desemprego em massa.

    Embora as empresas estejam a reduzir o pessoal há meses, o número de desempregados aumentou apenas moderadamente.
    A solução do enigma: este país, graças ao enquadramento legal, tem o maior sector de salários baixos da Europa Ocidental, que na crise ainda se expandiu mais.

    A cadeia de drogarias Schlecker acaba de mostrar como se mantém o emprego: a maioria dos trabalhadores foi transferida para uma empresa de trabalho temporário e readmitida em condições muito piores.

    A recém-nomeada ministra do Trabalho mostrou-se apreensiva por saber se tudo isso se teria passado correctamente. O que é tanto menos credível quanto se anunciou poucos dias antes uma maior pressão sobre os beneficiários do plano Hartz IV.

    Foi dada a orientação do Conselho Consultivo do Governo Federal, o chamado Conselho Económico, que já havia sido proposta pontualmente em Dezembro, no período de Natal, para uma redução da tabela em 30 por cento, para 251,30 € por mês. Essa era a tabela anterior para crianças de 6 a 13 anos. Em consequência, os limites de renda adicional têm de ser aumentados.

    Os beneficiários do plano Hartz IV talvez possam então, com trabalho forçado mal pago, conseguir novamente um rendimento de fome ao nível da velha tabela.

    Na semana passada o conselheiro económico Wolfgang Franz pôs mais achas na fogueira, ao promover um trabalho forçado municipal complementar para os chatos dos supérfluos.

    A sabedoria do conselho, pelo visto, está em que a divisa "salário e pão" seja entendida com o objectivo de criar uma casta de servos da administração do trabalho e das pequenas empresas de oportunistas.

    Espera-se poder sair "fortalecido da crise" – caso o mercado mundial não estrague esses sábios planos – quando há melhor comida na prisão do que a conseguida por milhões de "pobres trabalhadores".

    http://o-beco.planetaclix.pt/rkurz353.htm

    Original LEIBEIGEN STATT ARBEITSLOS? in (http://www.exit-online.org).
    Publicado na edição impressa do semanário Freitag, Berlim, 14.01.2010

    *Robert Kurz: Nascido em 1943, estudou Filosofia, História e Pedagogia. Vive em Nurenberg como publicista autónomo, autor e jornalista. É co-fundador e redator da revista teórica EXIT! – Kritik und Krise der Warengesellschaft (EXIT! – Critica e Crise da Sociedade da Mercadoria). A área dos seus trabalhos abrange a teoria da crise e da modernização, a análise crítica do sistema mundial capitalista, a critica do iluminismo e a relação entre cultura e economia. Publica regularmente ensaios em jornais e revistas na Alemanha, Áustria, Suiça e Brasil.

    http://obeco.planetaclix.pt/

  10. ter, 13/03/2012 - 23:41
    JNascimento

    Vivi na Venezuela,vi uma eleição presidencial,um tsunami de absurdos.
    Pararam as atividades na hidrelétrica de Guri provocando uma paralização geral ,
    pelo simples fato de André Velasquez ser de esquerda e estar de braçadas a frente
    de Osvaldo Alvarez e Rafael Caldeira.
    Nada comparado ao apagão de soberania onde em rede nacional o Embaixador americano disse:
    "Já conversei com todos os candidatos, conversarei ainda mais,para encontrarmos a melhor opção para a Venezuela".
    Deu Rafael Caldeira.Simplesmente o último colocado nas pesquisas, porém ;o mais alinhado com os interesses Americanos.
    Talvez por isso estes distintos cavalheiros foram convidados.

  11. ter, 13/03/2012 - 22:19
    beattrice

    Quem conheceu a Venezuela pre-Chavez, uma espécie de CUBA do Batista embalada em petróleo, sabe que com todos os seus defeitos, Chavez é um avanço incomensurável.
    Quanto ao trio calafrio, qual é o banco que patrocinou essa aventura dantesca?

  12. ter, 13/03/2012 - 22:09
    Armando do Prado

    Canalhas oportunistas.

  13. ter, 13/03/2012 - 21:58
    EUNAOSABIA

    Cara, saca essa do Emir Sader, um auto proclamado "não colonizado"… vocês estão vendo qual é a marca da camisa que o patriota está usando???? … olha o jacarezinho do lado esquerdo da camisa desse patriota….

    LACOSTE – United States Of America
    The LACOSTE legend is born in 1933, when René Lacoste revolutionizes mens' fashion replacing the classical woven fabric, long-sleeved and starched shirts …

    O cara usa uma Lacoste, velho… kkkkkkkkkkkkkk…………….. precisa dizer mais sobre a demagogia desse patriota??? kkkkkkkkkkkkkkk Lacoste mano….

    Se fosse uma Hering ainda vá lá…. mais uma camisa de gringão, e ainda por cima que foi concebida para uso do esporte mais elitista que sem tem notícia…ou seja o Golfe… aí velho… você não quer que eu volte…

    Só papo furado e demagogia… deve estar usando um tênis Nike e uma calça Yves San Lorrant….tudo papo mesmo….

    Por isso que ninguem leva esses tipos a sério…. seu carro deve ser uma SUV 4×4 Ford Explorer traçado…

    aaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh… assim não dá mesmo…. não colonizado…

    Fui.

    • ter, 13/03/2012 - 23:35
      dukrai

      smith, seu abestalhado, a Lacoste é de origem francesa e a sede mundial é Paris. pelamordideus, o nome do cara é YVES SAINT LAURENT e o SUV 4×4 Ford Explorer não é importado desde 2006. Isto é que dá ficar só aqui no Azenha, sai de casa, vai comer um méquidonald no xópin, quem sabe arruma até namorada.

      • qua, 14/03/2012 - 2:10
        P Pereira

        Ele prefere comer coturnos.

      • qua, 14/03/2012 - 8:14
        EUNAOSABIA

        Velho, vou te falar uma coisa séria, todas as vezes que eu olho esse seu oclinho de soldador eu acho que ele está colocado ao contrário.

        Eu só vou no xopim no final do ano, quando então poderei lhe ver fazendo bico de santa claus.

        Quanto custa o metro quadrado do portão de ferro trabalhado?

      • qua, 14/03/2012 - 10:47
        dukrai

        hahahah ô smith, vc mata a gente de rir, eu faço bico pra ter umas coisas básicas, mas não aguento pirralhos nem aquela barulheira de serralheria. E a ralação, dando um baile na RF?

      • qua, 14/03/2012 - 17:28
        Miguel

        que genio e' voce. invejavel.

    • qua, 14/03/2012 - 1:23
      Miguel

      escolher empresa pra boicotar e' coisa de geracao seattle. tanto faz de onde vem, o capital nao tem patria. qualquer que seja a mercadoria, ela e' mercadoria. Demagogia e' selecionar qual mercadoria criticar no sistema capitalista, e achar que boicotar meia duzia delas interfere em alguma coisa na estrutura.

    • Tem gente acha que para ser socialista ou comunista, tem que viver no mato, caçar, tomar banho frio, viver no escuro e manter distância da "civilização corrompida"…

  14. ter, 13/03/2012 - 21:52
    Fabio_Passos

    Deus do céu!
    Jesus-Maria-José!

    Quem foi que levou este trio-urucubaca prá lá?
    Após a passagem destes senhores a Venezuela precisa é de um banho de descarrego!

  15. ter, 13/03/2012 - 21:35
    pperez

    Não foi à toa que Hollywood endeusou tatcher no filme "A Dama de Ferro" com Meryl Streep.
    Querem glamourizar uma das responsaveis que globalizou a miseria, o desmonte do Estado e a banalização da força do trabalho em boa parte do mundo como os BRICS que, agora, assiste de camarote a pop star e seus miquinhos amestrados sorverem do seu proprio veneno!

  16. ter, 13/03/2012 - 21:09
    Willian

    Olhando a política econômica, as privatizações, a reforma agrária do governo Dilma, custa a acreditar que FHC seja um derrotado. Suas ideias estão aí… TEm gente que ganha até quando perde.

  17. ter, 13/03/2012 - 20:52
    VERA

    Não posso crer que esses INCOMPETENTES e ASSALTANTES do ERÁRIO PÚBLICO tiveram a desfaçatez de, aproveitando a ausência de Chavez, ir dar seus pitacos na Venezuela!!! Gentalha imunda, sô!!!

  18. ter, 13/03/2012 - 20:48
    sergio

    Que trio, vida longa ao camarada Hugo Chávez.

  19. ter, 13/03/2012 - 19:35
    FrancoAtirador

    .
    .
    OS ABUTRES RONDAM A VENEZUELA
    .
    .
    Pérez Pirela: Vergonzoso que Banesco trajera a Venezuela a ex presidentes de Brasil, Chile y España

    Sábado, 10 de Marzo de 2012 11:56

    Nacionales

    “Vergonzoso que @jescotet y Banesco trajeran a ese Felipe González que quebró a VIASA" / “Vergonzoso que @jescotet y Banesco trajeran a Lagos que siendo Pdte. de Chile reconoció dictadura de Carmona”, escribió @maperezpirela

    De “vergonzoso” calificó Miguel Ángel Pérez Pirela, conductor del programa Cayendo y Corriendo, que transmite Venezolana de Televisión, la invitación que hiciera el presidente de Banesco, Juan Carlos Scotet, a los ex mandatarios de Brasil, Henrique Cardoso; de Chile, Ricardo Lagos; y de España, Felipe González, quienes son los panelistas de un foro denominado “Palabras para Venezuela”, que se realizó este sábado en Caracas, Venezuela.

    “Vergonzoso que @jescotet y Banesco trajeran a ese Felipe González que quebró a VIASA para darle hoy ‘Palabras a Venezuela’”, escribió en su cuenta Twitter @maperezpirela.

    “Vergonzoso que @jescotet y Banesco trajeran a Lagos que siendo Pdte. de Chile reconoció dictadura de Carmona para darle ‘Palabras a Venezuela’”, escribió en otro twitt.

    A continuación, un análisis de la visita de los ex gobernantes que este viernes hizo Miguel Ángel Pérez Pirela durante su programa Cayendo y Corriendo.

    <img src="http://www.vtv.gov.ve/images/vtv/LagosCardosoGonzalezForo.jpg"&gt;
    <a href="http://www.vtv.gov.ve/index.php/nacionales/78557” target=”_blank”>http://www.vtv.gov.ve/index.php/nacionales/78557

  20. ter, 13/03/2012 - 19:17
    Fabio

    O Lula , é bem inteligente colocou a Dilma para proseguir o seu trabalho mas o Chaves não indicou ninguem e vai virar martir ,pois esta com a saude debilitada e não deixou a militancia crescer para seguir o seu caminho.
    Agora quem toma este espaço é a direita Venezuelana. As esquerdas latinas dependem muito de nomes solitários enquanto a direita "neo-liberal" tem um monte de urubu pronto para comer carniça.

    • qua, 14/03/2012 - 10:35
      MARCELO

      Neo liberal,Fabinho?O FHC foi o presidente que mais aumentou impostos na história do
      Brasil…..A Dilma é de esquerda,é?Com Sarney,Renan e José Maria Marin no poder?Como
      dizia o Bussunda:FALA SÉRIO!!!

      • qua, 14/03/2012 - 17:31
        Miguel

        concedamos que ele tenha sido "quam mais aumentou impostos"; e os demais aspectos, como entrega do patrimonio publico sob o nome de privatizacao? e a desindustrializacao nacional por causa do escancaramento da economia? e o corte dos gastos publicos? e o desmonte da parca estrutura de protecao social? e as mudancas constitucionais de orientacao neoliberal para permitir tudo isso?

  21. ter, 13/03/2012 - 18:57
    Julio Silveira

    Esses caras estão se agarrando até a convite para falar na lua, para se manterem sendo comentados.
    São como as mumias egipcias tiveram um apogeu em vida, viraram mausoleus que pesquisadores descobrem, lhes dão luzes para ficarem em exposição, enquanto as pessoas observam o trabalho que dão para não apodrecerem.

  22. ter, 13/03/2012 - 18:20
    Jorge Nunes

    Aqui no Brasil as pessoas fogem de colar a imagem a FHC, não traz boas lembranças como todo o passado neoliberal da América Latina. Aqui no Brasil a leve lembrança levou a quase extinção política do PSDB nacional, que foi incapaz de reformular suas bandeiras ou propor algo novo ou ainda de mostrar alguma coisa como modelo de gestão (aqui no Rio traumático).

    Assim nasceu no Brasil pólos de Centro-Esquerda e de Centro. Ninguém quer mais ser ligado a direita… ou fala isso precedido de "centro" ou fina na nova onda do "apolítico" que parece nazista.

    • qua, 14/03/2012 - 10:56
      Fabio_Passos

      fhc, se for a uma periferia de grande cidade no Brasil, corre o risco de ser apedrejado.

      • qua, 14/03/2012 - 13:44
        leandro

        Não se esqueça que o Lula em 2007 foi estrondosamente vaiado no Maracanã por 90.000 brasileiros.

      • qua, 14/03/2012 - 15:08
        Bertold

        Você é mentiroso. Nem foi toda a maioria que estava no Maracanã que vaiou. Depois, seu mané, foi publicado pela própria imprensa que foi o partido DEM e Cesar Maia, o aloprado e direitista prefeito do Rio, que organizaram, pagaram e liberaram funcionários públicos do Estado e da prefeitura para fazer aquilo.

      • qua, 14/03/2012 - 17:27
        Miguel

        isso sem contar que nao entra mais de 80 mil no maracana… e que no rio ele e dilma ganharam.

      • qua, 14/03/2012 - 15:42
        Fabio_Passos

        é… o povo não gosta do Lula, não é?
        rs rs rs

        Reafirmo que fhc corre o risco de morrer apedrejado.
        Se ele aparecer sem apoio policial… é linchado.

  23. ter, 13/03/2012 - 18:10
    HCantanhede

    Interessante observar que os EUA, que sempre investiram pesado, financiando golpes, movimentos de "oposição" armada, esquadrões da morte, ações terroristas, etc., e que estão em um mar revolto de puro excremento, por conta de seus trilionários problemas financeiros e gastando muito mais do que podem bombardeando gente que não pode se defender, talvez tenham deixado de dar os mesmos milhões à estas viúvas entreguistas, que tanto nos espoliaram; seria um enorme prazer vê-los na cadeia, pelos muitos crimes que cometeram contra os povos.

  24. Acho que o modus operandi foi e continua sendo o mesmo em todos os países. A velha mídia fez tudo aquilo que foi possível para não permitir que os seus asseclas fossem derrotados(sempre com o medo como fator principal. Uma vez derrotada, "reconheceu" a sua derrota imediatamente após os resultados serem anunciados e tornou-se "amiga" dos governos vencedores, sendo que esta amizade sempre durou o tempo da primeira oportunidade real da tentativa de golpe, mascarado de escândalo de corrupção quase sempre, tudo sempre à bem da informação do povo. Se este golpe falha, vêm em seguida as táticas de guerrilha, tentando sempre minar a confiança do povo no governo. Creio que a única exceção seja a Argentina, onde a Ley de Medios é usada e o governo percebeu que a verdadeira oposição é o "4º poder".

  25. ter, 13/03/2012 - 17:47
    Wladimir

    "Caravana dos Derrotados" é ótima! Grande Professo Emir. Estes senhores não são exemplos nos seus países de origem, muito menos serão lá! Hugo Chaves pode ficar tranquilo que, com a visita dos "distintos senhores" a reeleição está garantida!

  26. ter, 13/03/2012 - 16:40
    RicardãoCarioca

    O candidato venezuelano de direita é outro 'jênio' mesmo. Até um pin do FHC na lapela já o faria perder milhares, dezenas de milhares, centenas de milhares de votos, mesmo na Venezuela.

  27. ter, 13/03/2012 - 15:49
    Valdeci Elias

    Serra tambem Lulou, na eleição passada.

  28. ter, 13/03/2012 - 15:23
    Fernando

    De qualquer forma é significativo quando o candidato da direita venezuelana se apresente como uma espécie de Lula.

Comentar