VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Você escreve

STF tenta enterrar impeachment de Gilmar, Mello joga água no chopp


20/08/2011 - 12h33

Impeachment azeda clima entre ministros

por Felipe Recondo O Estado de S.Paulo

Estava tudo planejado para que passasse despercebido o arquivamento sumário do pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes pelo advogado Alberto Piovesan. O processo não estava na pauta do Supremo Tribunal Federal e o relator, Ricardo Lewandowski, fez um voto curto, sem citar o nome do colega.

O voto pelo arquivamento foi seguido sem debate por Luiz Fux e Cármen Lúcia. Mas Marco Aurélio Mello atrapalhou os planos dos colegas ao pedir vista e adiar o enterro definitivo do pedido contra Mendes.

O advogado argumenta que Mendes teria recebido benesses de advogados e coloca em dúvida a “isenção” do ministro. No Senado, o pedido foi arquivado. O advogado recorreu ao STF por meio de mandado de segurança. Lewandowski negou seguimento. Piovesan recorreu novamente, e foi este o recurso quase arquivado pelo plenário na quarta-feira.

Para evitar a sangria do Supremo, queria-se julgar esse caso com discrição. O pedido de vista chamou atenção para o caso e adiou uma conclusão do assunto. Marco Aurélio não queria, disse depois, que a decisão parecesse atender somente ao espírito de corpo da corte.

À noite, os dois se encontraram em um evento. O clima não era dos melhores. Mendes cumprimentou o colega e se afastou. Marco Aurélio fez o discurso em que disse preferir uma Polícia Federal com “excessos” a uma apática, justo diante de Mendes, crítico contumaz do que considera abusos cometidos pela instituição.

Tido pelos colegas como provocador, Marco Aurélio contemporizou ontem, prometendo devolver o processo de impeachment rapidamente para “desfazer esse mal-estar”.

Advogado pede impeachment de Gilmar Mendes

Antonio Mello: Pedido de impeachment de Gilmar Mendes traz à tona relações perigosas

Sarney manda arquivar pedido de impeachment contra Gilmar Mendes

Brasil de Fato: Sobre sonhos e pesadelos

Sabesp, sujou!

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


85 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Roberto Locatelli

22 de agosto de 2011 às 08h24

Enquanto isso, Gilmar participa de reuniões sociais com advogados de Daniel Dantas:
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/08

O Juiz confraternizando com os advogados do réu. É o Gilmar, debochando do Brasil.

Faço minhas as palavras do Franco Atirador: Juiz Fausto De Sanctis para o STF.

Uma dúvida: Dilma terá coragem para exercer seu direito de indicar um nome honrado para o STF?

Responder

    rodrigo.aft

    22 de agosto de 2011 às 19h35

    véi(o),

    acho q a Dilma, tem algumas pendências (promessas a "financiadores") a cumprir, e vai colocar outro membro da etnia eskimó no stf (a exemplo do fux) ou um banana o toffoli… um perfil DIGNO como Joaquim Barbosa não é muito conveniente, já q não se presta ao papel de marionete…

    por ex., a ana "riaa" de holanda está lá para MUDAR a lei de direito autoral e outras questões legais pertinentes, não para democratizar a cultura e liberalizar a internet…
    sabe na mão de quem está a indústria do entretenimento? da etnia eskimó!

    perceba a submissão e favorecimento explicito a lobbyes…

    vai juntando as peças da quebra-cabeças…

    (obs.: riaa = Recording Industry Association of America)

Marat

21 de agosto de 2011 às 22h50

Que vergonha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

rodrigo.aft

21 de agosto de 2011 às 19h43

<h2>Em Homenagem ao "Nosso" Gilmar Dantas</h2>
(nas sábias (SIC) palavras do jornalista(?) Noblablat)

<img src=http://www.advivo.com.br/index.php?q=sites/default/files/imagecache/imagens_blog/imagens/charge_amizade_21_02.jpg>

É UMA HOMENAGEM SINGELA AOS VERDADEIROS AMIGOS: AMIZADE DESPRETENCIOSA, VERDADEIRA, É TUDO NA VIDA!!!

Responder

Paulo Roberto

21 de agosto de 2011 às 15h35

Agora tá explicado porque até os senadores da oposição aprovaram, sem questionamentos, a indicação do Luiz Fux.

Responder

FrancoAtirador

21 de agosto de 2011 às 15h04

.
.
FAUSTO DE SANCTIS NO STF

Com a aposentadoria da ministra Ellen Gracie Northfleet,
que, por sinal, foi indicada por Fernando Henrique Cardoso,
abriu-se uma vaga para ministro do Supremo Tribunal Federal.

A maioria ainda não se conscientizou da importância de se ter,
no STF, um Juiz ou uma Juíza competente, verdadeiramente justo(a)
e descomprometido(a) com a politicagem e com o capital financeiro.
Pelo menos, não se vê mobilização alguma da população, em geral,
e sequer dos movimentos sociais organizados e partidos à esquerda.

É verdade que, no Brasil e no mundo, os que reúnem tais qualidades
são poucos, até raros, mas eles existem e, estes sim, são dignos
de serem realmente tratados respeitosamente por Vossa Excelência.

O Juiz FAUSTO DE SANCTIS, agora desembargador, é um destes.

De Sanctis foi um dos nomes constantes da última lista
elaborada pela Associação dos Juízes Federais (AJUFE)
através de um processo de escolha bastante democrático,
pelo voto direto de todos os Juízes federais brasileiros.

Esta lista foi apresentada à Presidenta Dilma, a título de sugestão,
para preencher a vaga do ministro aposentado Eros Grau.
De Sanctis e os outros juízes federais sugeridos pela AJUFE
foram preteridos pela Presidenta em favor de Luiz Fux,
que fez carreira na magistratura estadual do Rio de Janeiro,
chegando a ser ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ),
cargo que ocupava quando foi nomeado por Dilma Rousseff.

De Sanctis está no extremo oposto ao de Gilmar Mendes,
e já provou, na Satiagraha, que tem coragem para enfrentá-lo,
a ele e aos capangas dele, como afirmou Joaquim Barbosa.

Por isto, Fausto Martin De Sanctis é o único que pode fazer frente
a essa Corporação Judiciária que se encastelou no Poder Judiciário
e que, há séculos, decide em favor dos que detém o poder econômico,
em prejuízo de toda uma população que clama por Justiça!

PELA DIGNIDADE NO PODER JUDICIÁRIO,

FAUSTO MARTIN DE SANCTIS NO STF !
.
.

Responder

    SILOÉ-RJ

    22 de agosto de 2011 às 01h37

    Vamos bater tambor em favor dessa nomeação!!!

ZePovinho

21 de agosto de 2011 às 13h35

Eu acho que a Dilma nomeou o Luiz Fux porque ela gosta do Agnaldo Rayol………..

[youtube OEyQxwq4-lk http://www.youtube.com/watch?v=OEyQxwq4-lk youtube]

Responder

    rodrigo.aft

    21 de agosto de 2011 às 17h36

    ZePovinho,

    a Dilma nomeou fux pq ele é da etnia eskimó, assim como a Dilma.
    (por competência é q não foi; havia 3 apostas, outras, no meio especializado, de nomes ALTAMENTE COMPETENTES, TESTADOS e IMPARCIAIS… na lista votada pelos juizes, o fux nem constava: Fausto Martin De Sanctis; Leomar Barros Amorim de Sousa; Odilon de Oliveira; Reynaldo Soares da Fonseca; Ricardo César; Mandarino Barreto; Teori Albino Zavascki)

    assim como o Sardenberg da anatel (NADAtel), o Nuzman do COB (outro foco de corrupção e tráfico de influência ao lado da CBF) e mais montes e montes de nomes característicos e outros "camuflados" nos principais órgãos do governo.

    nada contra, apenas acho q TODOS tem o direito de saber quem é quem e a que senhor servem…
    por ex., se estima de 100 a 250 mil o número de judeus no bRAZIL, e de, aproximadamente, 1,5 milhão o número de japoneses; por que não vejo, por ex., tantos irmãos japoneses na administração pública, principalmente nos cargos-chaves? vamos comparar numericamente os cargos-chaves por etnia?
    vai me dizer q os japoneses não são competentes? eu me sentiria honrosamente muito bem representado por eles (os honrados e sérios, não os da yakuza, lógico… rsrs), sem problema algum!

    resumindo, sabe pq tem tanto eskimó nos postos-chaves da administração? pq fazem um LOBBY DESCARADO e todas as outras etnias ficam MISTERIOSAMENTE caladas)

    antes q alguém venha com conversa mole, antecipo q não tenho nada, absolutamente nada, contra eskimós ou arborígenes enquanto pessoas, cidadãos do mundo, como eu sou… só tenho contra as panelas q eles formam e qdo se unem ao sionismo internacional, prejuducando outras etnias… isso não pode passar batido!
    quanto à vida pessoal (qdo não fazem lobby em prol de sim mesmos e qdo não incentivam – inclusive financeiramente – o sionismo internacional) deles, sua fé religiosa, normal!
    tem todos os direitos, deveres e respeito q qquer outra etnia.

    não temos mais o direito de sermos ingênuos ou acomodados!
    o preço é muito, MUITO alto!!!

Maisa

21 de agosto de 2011 às 12h49

Isso é apenas jogo de cena, pra tentar valorizar o arquivamento. Nada mais, nada menos… não se iludam!!! Mas ainda uma chance de, ao menos, emparedar esse tal gilmar dantas(ooopppsss!!!). A Dilma terá que indicar o substituto da Ellen, de saída, e mais dois no ano que vem com aposentadorias compulsórias. É uma chance de diminuir a tal ativismo político daquela corte. Vamos ver o que acontecerá…

Responder

    Guanabara

    21 de agosto de 2011 às 15h10

    Do jeito que ela bajulando os DEMo/tucanos… duvido q ela leve a faxina aonde mais precisa, que é no judiciário.

EUNAOSABIA

21 de agosto de 2011 às 12h41

Venha dançar com sua rainha,Fenando Henrique Cardoso!!!!!!!!!Ui !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

[youtube G8bm6XlxuCY http://www.youtube.com/watch?v=G8bm6XlxuCY youtube]

Responder

EUNAOSABIA

21 de agosto de 2011 às 12h37

NÓS SOBREVIVEREMOS,MONA GILMAR MENDES!!!AI!!!!!!!!!UI !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

[youtube ZBR2G-iI3-I http://www.youtube.com/watch?v=ZBR2G-iI3-I youtube]

Responder

EUNAOSABIA

21 de agosto de 2011 às 11h42

Patol e Frajó já chegaram solando… esse Looneys estão assanhados hoje… pior que são caras legais…

Responder

Marcio

21 de agosto de 2011 às 11h39

Nesse, em em vários outros processos, o tribunal não se pauta pelos principios que regem a administração pública, como a transparência, impessoalidade, etc…..Como exigir dos demais cidadãos o que ele mesmo não respeita?

Responder

Gerson Carneiro

21 de agosto de 2011 às 11h26

O prefeito e o coronel
Leandro Fortes – 17 de novembro de 2010

Obcecada por destruir um adversário político, 
a família do ministro Gilmar Mendes não mede esforços. Vale até arruinar as finanças de sua terra natal.
http://www.cartacapital.com.br/politica/o-prefeit

Responder

El Cid

21 de agosto de 2011 às 11h09

Comentário de HC Paes:

Acabo de assistir ao vídeo em que o Lewandowski propõe o arquivamento.

Triste. Apenas três minutos e meio. Não é verdade que o ministro não citou o colega nominalmente: Lewandowski cita Gilmar Dantas logo no começo. Não vi a informação de que Fux e Lúcia adiantaram o voto. O que vi foi que Marco Aurélio tentou fazer um aparte, mas não entendi o que ele falou, pois Lewandowski falou por cima.

A mim pareceu que Lewandowski queria se livrar daquilo o mais rápido possível. Distribuiu o voto aos colegas com antecedência e se limitou, em plenário, a citar um MS anterior e reiterar que a mesa do senado referendara a decisão de Sarney. Piovesan argumenta que a mesa não tem competência para isso, e que a constituição determina que pedidos de impedimento constituídos devem ser forçosamente enviados à CCJ, que é quem tem poder de arquivá-los. Não sei se é verdade.

Claro que foi estrelismo de Marco Aurélio, como tudo que ele faz. Não gosto do ministro, mas esse me parece um daqueles casos em que uma pessoa faz a coisa certa pelos motivos errados. Como não vai dar em coisa alguma, mesmo, espero ao menos que Gilmar Dantas passe pelo constrangimento de ver o caso voltar ao plenário na semana que vem. Com alguma sorte, Joaquim Barbosa (que creio que volta da licença médica por estes dias) votará pelo acolhimento do mandado só para espicaçar Gilmar. Com bastante sorte, Marco Aurélio lhe fará companhia.

Depois, quando disserem que o Brasil não é um país sério, não reclamem. Num país sério, um homem como Gilmar não seria juiz nem de concurso de miss.

Responder

El Cid

21 de agosto de 2011 às 11h02

Se o Brasil fosse realmente uma democracia, Gilmar Dantas seria capa da Veja e manchete de Folha até cair. Como é a ditadura da tinta quem manda, fica tudo quietinho.

Nessa hora dá pra perceber com transparência o que é imprensa partidária.

Responder

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 15h18

    .
    .
    Imprensa partidária da imoralidade, da indignidade,
    da arrogância, da ganância e da prepotência.

    NÃO SOBREVIVERÃO !
    .
    .

zé francisco

21 de agosto de 2011 às 10h03

Mais triste é ver a OAB apática, justamente este ela que lutou pela anistia, diretas, constituinte etc.

Responder

    rodrigo.aft

    21 de agosto de 2011 às 15h42

    zé francisco,

    não seja ingênuo!

    para a OAB, qto pior (maior o caos jurídico), melhor!

    ou vc acha q advogado ganha monte$ de cau$a$ duvido$a$ (principalmente as criminais) navega pela palavra fria da lei?
    NANA NINA NÃO!!!
    navega pelas brechas de interpretação e pela redação dúbia da lei (PROPOSITALMENTE MAL REDIGIDAS NO NASCEDOURO).

    se a lei fosse bem escrita, e os juízes julgassem com a métrica pró-social em caso de dúvida, vc não veria esse $UCE$$O de ALGUNS advogados…

    além do q alguns adovgados (de $UCE$$O) almoçam, jantam e viajam com juizes….

    algumas empresas patrocinam congressos de uma semana (ou mais) para juizes, no período de férias, para viajar até com a família em confortáveis hotéis e resorts à beira mar, principalmente no nordeste…

    outros agentes públicos ainda vão a saraus dos advogados da parte acusada para tocar piano e viajam para casamentos em exótica ilha italiana (acho q a Cosa Nostra tbém frequenta aqualas paragens… deve ter algum efeito afrodisíaco por lá… rsrs)

    como costumo dizer, enquanto os agentes públicos não sentirem pressão constante nos seus traseiros, não vão manerar coisa nenhuma… se o cara não se sente vigiado, ele faz o q é bom pra ele e para o grupo q o colocou lá, DESCARADAMENTE!!!

    resumindo, POVO BOVINO, POVO FELIZ!!!

    SILOÉ-RJ

    21 de agosto de 2011 às 16h43

    É isso aí Rodrigo!!! escreveu, falou e disse!!!

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 18h14

    .
    .
    Esqueceu-se que a cúpula da OAB

    faz parte do movimento "Cansei" ?
    .
    .

monge scéptico

21 de agosto de 2011 às 07h37

Não causa surpresa o fato de sarney ter engavetado o processo de impedimento,
desse senhor. O sarney exerce seu papel. É um velho "coronè" abancado no se-
-nado.
A corrupção que hoje aponta aqui e ali, são pontas do "iceberg" gigantesco que
minou o casco desse 'titanic" gigantesco adormecido em berço "'esplêndido'".
Hoje, via métodos modernos de investigação, ficou mais fácil enxergar a corrupção,
nesse país camônico( DE CAMOÊS). Entretanto, o povo letárgico despertado apenas
pelo "urro" desvairado e amente da idolatria, não tem como por cobro a esse desmandos.
Somos uma raça miscigenada; "possivelmente bonita", mais birutas a la cerra o "jênio"
ou, seja; sem direção certa.
Quando a corrupção se escora na justiça, temos aí um país fraco, de entreguistas, que
acham mais fácil entregar que administrar o gigante tombado em berço esplêndido.
Se fôssemos vietnamitas, aí………………………………..
A quantas anda o AI5 digital?Vamos derruba-lo? A bastilha pode cair se……………….

Responder

Jairo_Beraldo

21 de agosto de 2011 às 05h13

Quero saber é da moça que ele matou lá em MT..HAVERÁ MACHO PARA COBRAR ISSO DESTE RABULA??

Responder

Francisco

21 de agosto de 2011 às 03h16

Pedir para o pessoal da boca de fumo julgar Beira-Mar não chega propriamente a ser uma ideia brilhante…

Responder

Alexei_Alves

21 de agosto de 2011 às 03h06

Ele parece o Jabba-de-Hut

Responder

M.S. Romares

21 de agosto de 2011 às 02h46

De longe, o poder mais corrupto é o judiário. Reclama-se, e com razão, do executivo e do legislativo, mas o judiciário é que torna nossas vidas um inferno. O gilmar dantas é o ricardo teixeira do supremo.
O Flux é uma total decepção e esperar que esse Collor de Melo faça alguma saudável, parece ingenuidade sem tamanho.

Responder

Guilherme Milani, SP

21 de agosto de 2011 às 01h31

Enquanto o Brasil dos poderosos faz conluio e garante a continuidade dessa pouca vergonha entre seus ilustres representantes, nós aqui embaixo pagamos impostos absurdos, somos reféns da criminalidade e ainda levamos esse Brasil nas costas! Bah! Se tem um verbo que recito com regularidade é este: Verbo CANSAR. Cansei, de verdade! Sem nenhuma alusão à reacionária OAB. O circo Brasil me contratou como palhaço e nem perguntou se eu queria!

Responder

João PR

21 de agosto de 2011 às 01h25

Caso o STF arquive o processo a quem se deve recorrer, à Corte de Haia??

Tem gente no judiciário daqui ainda achando que o brasileiro não tem informações. Depois não entendem porque o discurso moralista (da UDN) ganha fôlego. O judiciário é uma instituição democrática das mais importantes, e se cair em descrédito geral…..não quero nem pensar nesta hipótese, pois a barbárie poderia se instalar com cada um fazendo justiça com as próprias mãos.

Responder

SILOÉ-RJ

21 de agosto de 2011 às 01h09

Bem que poderia acontecer um twittaço, um panelaço, um emailsaço, um blogaço, qualquer "AÇO"que mostrasse o tamanho da nossa INDIGNIDADE e REVOLTA diante de um TRIBUNAL tão vil e corporativista como esse.
Os olhos da DEUSA DA JUSTIÇA no BRASIL, estão vedados para que ela não veja o que todo mundo vê:
O quanto de DINHEIRO que rola principalmente no STJ quando determinados JUÍZES batem o martelo.

Responder

Maria Carvalho

21 de agosto de 2011 às 01h09

Acho que, por trás de um pedido de "vistas dos autos" existam diversas intenções, portanto…

Responder

Guanabara

21 de agosto de 2011 às 00h42

O Judiciário no Brasil é o núcleo duro do câncer de corrupção nesse país. Lá, sim, é a fonte de toda impunidade. O legislativo é só a massa de manobra pra dar ferramentas ao judiciário, que de republicano não tem nada.

Responder

Gersier

21 de agosto de 2011 às 00h16

Adoram faxina,mas só no terreiro dos outros.Ah esses crápulas.

Responder

Olinda

20 de agosto de 2011 às 21h40

Uma CPI no judiciário já.

Responder

reginaldo

20 de agosto de 2011 às 20h21

Porra a Dilma indicou o Luiz Fux , mas parece que ele é direitista de carteirinha….

Responder

Beto Lima

20 de agosto de 2011 às 20h05

Creio que a leitura, deve ser esta.

Mello pediu vistas do processo para que se sirva a pizza, regada e chopp….. a menos que chova canivete.

Responder

Eudes H. Travassos

20 de agosto de 2011 às 19h53

Minha esperança é que haja mais do que a fogueira das vaidades e o Marcos Aurélio de Melo toque pra frente o pedido.
Mas, confesso a vocês, desta vez minha esperança é bem pequena.

Responder

Mersonico

20 de agosto de 2011 às 19h46

Cara,

Tá uma xance que não devemos, de forma alguma, perder. Vamos aproveitar para pedir a saída do cara!

Responder

Antonio

20 de agosto de 2011 às 19h46

Gilmar Mendes é o fim da Justiça e a cara da máfia.

Responder

edv

20 de agosto de 2011 às 19h44

Ban! Ban! Ban! Salve, salve Piovesan!
E quem dera que Mello mellasse a tentativa de acobertamento e absolvicão…
Mas futucar já é melhor que nada…

Responder

SILOÉ-RJ

20 de agosto de 2011 às 19h13

A minha esperança está no" DUELO DAS VAIDADES"!!!

Responder

assalariado.

20 de agosto de 2011 às 18h25

O STF é apenas um aplicativo, um software do Estado burgues, já sabemos o resultado final. É apenas mais um programa/ ferramenta destinado a auxiliar os burgueses em determinada atividade ilicita e, para manutenção do status quo do capital, e do seu Estado de direita quando cometem "desvios".

As leis são feitas pelo parlamento burguês, para protejer/ absolver de acordo aos interesses burgueses. Ou seja, trabalham em conluio. É evidente que o caráter classista da lei não pode ser proclamado formalmente. De fato, uma observação da realidade social, nos mostra que a afirmação da origem, função e aplicação da lei, como algo comum, serve apenas para encobrir a dominação de classe e fazer da lei um mito ou um dogma, de um grupo seleto, de privilegiados, do andar de cima, também burgueses, que vivem de mordomias, nas tetas do Estado lacaio. Quem viver verá…

Responder

Wildner Arcanjo

20 de agosto de 2011 às 16h59

Ah… se estas notícias saíssem na "grande" Imprenza!!!

Responder

Rafael

20 de agosto de 2011 às 16h40

Lendo esse tipo de coisa, vejo que não há por que culpar somente políticos pela corrupção, o interesse nessa campanha da mídia é manipular os políticos aos seus interesses. Toda corrupção no Brasil nasce aí, no STF, STJ. Quem banca todos casos de corrupção são os juizes. Podem ter certeza que no final vão arquivar esse processo, ou afinal vamos achar que o ministro do serra vai sair fora e deixar a elite sem uma das suas bases para sacanagens.

Responder

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 16h42

    Gilmar Mendes é a cara do Brasil, autoritário, indiferente, só dá atenção para os parceiros, extremamente corrupto. Será que num país sério aconteceria esse tipo de relação e sem ninguém questionar?

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h49

    Não existe país sério. Vamos aprender a pensar nossos problemas sem procurar exemplo de "país sério", que não existe.

    A,S, Braga

    21 de agosto de 2011 às 09h50

    Concordo absolutamente!!!!

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 20h49

    Não existe país sério. Talvez alguma tribo da Nova Guiné seja absolutamente séria, para ser a exceção da regra. E no entanto, todos os países são sérios.

    Lucas

    20 de agosto de 2011 às 23h20

    Isso acontece em todo país do mundo. Olha pra Europa, Estados Unidos, China, Índia, Rússia, Japão etc.. Você vai a mesma coisa. O problema não é exclusivamente brasileiro.

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 22h07

    Concordo com você. O nascedouro da corrupção está nos mais altos tribunais.

    Luiz

    20 de agosto de 2011 às 23h46

    Ainda temos muito o que aprender com a elite. Quem é governo tem que indicar os juízes, ministros superiores, de tribunais e também de agência reguladoras e não deixar chance aos adversários. Quando eles têm o poder não vacilam.

    anna db

    21 de agosto de 2011 às 09h52

    Ou vcs acham que não existe corrupção na Europa e USA. A diferença, até pouco tempo, é que lá eles puniam exemplarmente o que servia para dissuadir aqueles que pretendiam delinquir. Já aqui no Brasil são cobertados pelos ilustres Ministros do STF. Dantas alertou que se garantia com os Ministros. Uma mão lava a outra. Não é por acaso que so existem ladrões de galinha na prisão. Não é por acaso que a corrupção graça no Brasil. É a impunidade dos ricos, os verdadeiros donos dos poderes legislativo, executivo e judiciário.

Luiz

20 de agosto de 2011 às 16h34

Parte da culpa por este quadro é do Lula, que sempre respeitou as listas enviadas pelo próprio judiciário. Depois de nomear o Direito teve chance de se redimir e, piorou, nomeou o Luiz Fux. Mais um entre tantos não confiáveis, cuja indicação ele aceitou e agora o Brasi paga pelo seu bom-mocismo. Esta foi uma das poucas questões em que se equivocou durante o seu governo.

Responder

    Silvio I

    20 de agosto de 2011 às 21h19

    Luiz:
    Quisera saber de você, como o presidente pode saber e conhecer, todo o pessoal do judiciário, para selecionar alguém, para ser ministro do STJ. Por esta razão em muitos órgãos do governo se presentão listas tríplice, para que se nomeia a alguém, e quem manda essa lista, em este caso, são os integrantes do poder judiciário. Isto deixando de lado algumas exceções, e me parece que uma de elas, corresponde a Gilmar Mendes.

    Cezarley

    20 de agosto de 2011 às 21h32

    Luiz, uma correção: tenho certeza que a nomeação de Luiz Fux foi feita pela Presidenta Dilma Roussef, no lugar do aposentado Eros Grau.
    Outra coisa: no fundo, no fundo, são todos farinhas do mesmo saco, não tem para onde correr.
    É lógico que sempre tem honrosas excessões: "Ministro Benedito Barbosa".

    anna db

    21 de agosto de 2011 às 09h57

    A solução é acabar com a vitaliciedade para que os ilustres ministros cumpram mandatos de 05 anos no maximo. Retornando casa um a sua função de origem, advogado para as bancas de advocacia, membro do MP para o Ministerio Público e Juizes para o cargo de origem., sem direito de se aposentar com subsidio de Minsitro. Para isso teriamos que fazer uma reforma constitucional.

    FACESF

    20 de agosto de 2011 às 21h34

    Quem nomeou MENDES foi FHC.

    Então Luiz este vc não pode atribuir a LULA.

    Luiz

    20 de agosto de 2011 às 23h28

    Claro, o Mendes foi "selecionado" pelo FHC. Acho que o Lula e a Dilma poderiam respeitar a lista mas não nomear o 1º indicado, como sempre fazem. Também poderiam influenciar na indicação à lista, que é o que os outros governos sempre fizeram. A isto chamo de bom-mocismo.
    Também acho o Ministro Benetito Barbosa uma honrosa excessão.
    E o Luiz Fux foi mesmo nomeado pela Dilma, mas com o mesmo critério do Lula. Neste caso a lista era péssima.

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 22h03

    Lula não queria, e nem podia, enfrentar tudo de uma vez. Tinha que contemporIzar aqui e alí. Se Lula não tivesse jogo de cintura política, o Brasil hoje seria apenas um México.

    FrancoAtirador

    20 de agosto de 2011 às 22h17

    .
    .
    1) Não há obrigatoriedade de enviar listas ao Presidente, ele indica quem ele quiser.
    Se o Senado aprovar a indicação, o indicado pelo Presidente será nomeado ministro do STF.
    Foi assim que o Gilmar foi parar lá dentro, por indicação do FHC.

    2) O Poder Judiciário não envia e não deve enviar lista alguma ao Presidente da República,
    embora todo mundo saiba que os telefonemas com e sem fio e as conversas de corredores correm soltos,
    nos Tribunais.

    3) Associações de Juízes ou de membros do MP ou a própria OAB eventualmente podem enviar listas sugerindo nomes ao Presidente, como ultimamente tem sido o caso da Associação dos Juízes Federais (AJUFE).

    4) Te enganasse no nome: a pior e a mais perigosa indicação do Lula foi a do Peleosso de Bigode.
    Até hoje não se sabe bem ao certo quem estava do outro lado da linha, naquele telefonema do Serra durante a campanha eleitoral.
    .
    .

    diogojfaraujo

    21 de agosto de 2011 às 10h23

    HI HON!

O_Brasileiro

20 de agosto de 2011 às 16h18

Fora de pauta:
A mudança do jogo de maior audiência do ano, Corinthians e Flamengo de uma quarta feira para uma quinta-feira é uma vingança do Ricardo Teixeira contra a Globo porque apareceu uma das falcatruas dele no Jornal Nacional.
Parece que os sócios estão estremecidos…
É por isso que a Globo come na mão do Ricardo "Corrupto" Teixeira!

Responder

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 00h18

    .
    .
    A emissora de televisão mais corrupta do Brasil tá aflita.

    CBF ameaça divulgar áudio comprometedor de diretor de esportes da TV Globo

    A decisão de noticiar os escândalos envolvendo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Ricardo Teixeira poderá causar problemas à Rede Globo.

    É o que afirma a coluna de Ricardo Feltrin, editor do site de entretenimento F5, hospedado na Folha.

    Segundo ele, surgiram indícios de que a CBF tem em mãos gravações de diálogos que comprometeriam Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes.

    As gravações foram captadas de maneira não-autorizada, a partir de ligações telefônicas que revelariam quando e como a emissora carioca manipulou o horário de partidas e da seleção, para atender a seus interesses particulares.

    Vingança

    Em sua coluna, Feltrin comenta que o presidente da CBF Ricardo Teixeira teria gravações que revelam como Campos Pinto e seus comandados agiram nos últimos anos.

    “Fonte desta coluna, que pede anonimato, informa que as gravações teriam diálogos permeados de arrogância, prepotência e desprezo completo de Campos Pinto e seus subordinados pela concorrência. Inclusive uma das gravações mostraria emissários da Globo usando termos chulos contra Record e até contra a Band, que hoje é parceira da Globo no futebol”, escreveu o jornalista.

    Maus lençóis

    A ameaça de Teixeira de divulgar as gravações não teria como objetivo apenas vingá-lo do que ele considera “traição” por parte da Globo. O presidente da CBF pretende colocar a emissora em uma saia-justa junto à imprensa e às concorrentes.

    Contra-ataque

    Marcelo Campos Pinto também enfrenta problemas em seu ambiente de trabalho, informa o colunista da Folha. Feltrin afirma que os desafetos que o diretor da Globo Esportes conquistou dentro da Globo o culpam pelo fato de a emissora ter perdido a transmissão das Olimpíadas de Londres 2012 para a Record.

    Para esses executivos, de acordo com a Folha, a "soberba" do executivo o impediu de avaliar a situação corretamente, fazendo com que subestimasse a concorrente.

    A Globo informou por meio da CGCom (Central Globo de Comunicação) que não irá se manifestar a respeito, a não ser que a situação seja concreta.

    Procurado pelo F5, o assessor do presidente da CBF, Rodrigo Paiva, não atendeu o contato.

    Fonte: 180 Graus
    Editado por DANIEL PEARL, do Blog da Dilma13

    Jairo_Beraldo

    21 de agosto de 2011 às 05h11

    Depois falam que Mano é traíra……………..

FrancoAtirador

20 de agosto de 2011 às 16h08

.
.
Confesso que já estou até me acostumando a ser apenas uma voz a clamar no deserto.
Mas, como sou teimoso, vou continuar a insistir em lutar pela efetiva democratização do Brasil,
ainda que, para tanto, precise repetir um milhão de vezes a expressão do mesmo pensamento.

Amparado pela Constituição de 1988 e pela Lei 1079/50, QUALQUER CIDADÃO, de posse de seus direitos políticos, pode denunciar, perante o Senado Federal, um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), por crime de responsabilidade, e requerer que se instaure na Câmara Alta um processo de impeachment.

Foi com base nessa premissa legal que o audaz advogado Alberto Piovesan protocolou no Senado a denúncia contra o minúsculo gilmar mendes, requerendo a instauração de processo de impeachment.

Acontece que nas instâncias de Poder, e mesmo fora dele, existe a formação de corporações que se organizam e se compõem para se proteger de eventuais ações populares legítimas externas a esse círculo corporativo.

Dentre todas essas esferas públicas, o Poder Judiciário brasileiro é, sem sombra de dúvida, a instituição que melhor se organizou em se fechar em si mesma, passando a ser a Grande Corporação, até porque se à soma duas outras corporações que a circundam e se interligam entre si, a saber: a OAB e o Ministério Público.

Não esqueçamos que um quinto das vagas nos Tribunais (TJs, TRTs, TRFs e STJ) são reservadas a advogados indicados pela OAB e outro quinto aos membros do Ministério Público.

As vagas no STF, órgão máximo do Poder Judiciário, são preenchidas mediante o atendimento de quatro requisitos previstos no artigo 101 da Constituição Federal, que são:
1) Ser cidadão,
2) ter entre 35 e 65 anos de idade;
3) de notável saber jurídico e
4) reputação ilibada.
Uma vez atendidas essas condições constitucionais, o cidadão, com mais de 35 e menos de 65 anos de idade, de "notável saber jurídico" e "reputação ilibada", será nomeado ministro do STF pelo Presidente da República, depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal.

Assim, diante das expressões genéricas "notável saber jurídico" e "reputação ilibada", a serem interpretadas subjetivamente pelo Presidente da República e por cada um dos Senadores, e preenchidos os requisitos de cidadania e de idade, praticamente qualquer um pode ser ministro do STF, não há restrição alguma nem a exigência de diploma de bacharel em direito.

Em tese, isto é, teoricamente talvez fosse até justo que qualquer cidadão com profundo conhecimento jurídico, mesmo sem diploma, atingisse o degrau máximo judiciário brasileiro.
Mas a prática nos revela que isto não é possível, não através da indicação política e sob o domínio das corporações.
Em toda a história do Brasil, nunca houve um ministro do STF que não fosse portador do diploma do curso de Ciências Jurídicas.
E os únicos casos de indicados pelo Presidente que não possuíam bacharelado em Direito ocorreram no governo do Marechal Floriano Peixoto, que indicou um médico e três generais. Todos foram rejeitados.
É quase certo que, diante do abuso do poder político do Mal. Floriano, o déspota, esses quatro realmente não estivessem aptos a exercerem o cargo de ministro do STF, mas cabem algumas singelas indagações: fossem eles advogados haveria a rejeição? Ou será que, simplesmente por possuírem a condição formal, a Corporação Político-Judiciária trataria de selá-los com notáveis saberes jurídicos e ilibadas condutas, conduzindo-os à mais alta "Côrte" ?

É desta forma que as corporações agem até os dias de hoje:

QUEM ESTÁ FORA, NÃO ENTRA E QUEM ESTÁ DENTRO, NÃO SAI.

A não ser que haja uma enxurrada de pedidos de impeachment, no Senado.

Mas aí se precisaria de uma mobilização popular que, atualmente, não se faz notar.

Tenho dito.

Um abraço camarada e libertário a todos.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 00h01

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 12h08

    .
    .
    O LOBBY

    Na festa de aniversário de Guiomar Feitosa, mulher de Gilmar Mendes, ontem à noite, o ministro do Supremo recepcionou o colega Marco Aurélio Mello com um abraço para lá de caloroso – o que não é muito do feitio de Gilmar. Guiomar já trabalhou para Marco Aurélio.
    É o que relata Lauro Jardim, na coluna "Radar Online" (veja.com).

    Segundo o jornalista, um dia antes, também à noite, os dois nem sequer se falaram durante um evento de prêmio de comunicação do qual Marco Aurélio foi um dos jurados. Na tarde de anteontem Marco Aurélio havia pedido vista de um recurso contra a decisão de José Sarney de ter mandado para o arquivo um pedido de impeachment de Gilmar Mendes. Ele é acusado de ter recebido benesses de advogados. Não fosse Marco Aurélio, que depois disse que só soube na hora o que estava sob julgamento, o caso se encaminharia para o arquivo.

    Para todos os efeitos, Marco Aurélio levará o processo de Gilmar para casa para fazer seu voto no fim de semana.

    Midia News | FOGO AMIGO | Na Berlinda

    rodrigo.aft

    21 de agosto de 2011 às 17h41

    .
    .
    ow, Franco,
    .
    .
    .
    .
    .
    .

    não chora… rsrs
    .
    .
    .
    .
    .
    .

    eu sempre leio seus comentários, só q, às vezes, não dá tempo de "conversar", e vc sabe q não posto uma ou duas frases… rsrs
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .

    inclusive, parece q vc levou um "pito" de um cara de outra corrente do pt lá no Nassa, não foi?
    viu como sou atento?
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    (que dureza escrever desse seu jeito próprio de ser… rsrs)
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    inté!
    .
    .

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 19h28

    Nemtinhavisto.Jádeiotroco.Gratopeloaviso.

    rodrigo.aft

    21 de agosto de 2011 às 20h12

    colocou os óculos para responder assim compactamente?

    [ ] 's
    inté!

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 21h37

    ,
    ,
    Não.
    Você que precisou de óculos para ler.
    Eu só precisei fechar o polegar.
    .
    .

    rodrigo.aft

    22 de agosto de 2011 às 20h10

    uai…?!

    não uso óculos (nem fiz operação de correção do cristalino)… num intindi…

lucio

20 de agosto de 2011 às 15h23

Eis o tipo de gente que compõe o STF e o STJ. Dá pra confiar?

Responder

jaime

20 de agosto de 2011 às 15h00

Quando lembro da hipocrisia da norma que rege o emprego das algemas, da Satiagraha, e principalmente desse Ministro(?!) Gilmar Mendes, sempre digo para mim mesmo: que bom que a internet não tem cheiro.

Responder

Marcelo

20 de agosto de 2011 às 14h55

Um sujeito como esse Gilmar Mendes só deveria entrar em um tribunal como réu . Justiça no Brasil é uma piada trágica .

Responder

    FrancoAtirador

    20 de agosto de 2011 às 20h07

    .
    .
    JOAQUIM BARBOSA TEM RAZÃO

    STF-Supremo Tribunal Federal
    Sessão plenária de 22/04/2009.

    Ministro Joaquim Barbosa disse que o atual Presidente do STF, Gilmar Mendes,
    "está destruindo a Justiça"

    Joaquim Barbosa:
    "Vossa excelência está destruindo a Justiça deste país e vem agora dar lição de moral em mim.
    Saia à rua ministro Gilmar"

    Gilmar Mendes:
    "Eu estou na rua"

    Joaquim Barbosa:
    "Vossa excelência não está na rua não.
    Vossa excelência está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro.
    É isso.
    Vossa excelência quando se dirige a mim não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar.
    O senhor respeite"

    [youtube t2FDJuxU5nM http://www.youtube.com/watch?v=t2FDJuxU5nM youtube]

Edson F.

20 de agosto de 2011 às 13h49

Não vai dar em nada!

Responder

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h53

    Disso, sabemos, mister Edson. O que queremos é que falemos mais sobre tudo isso, sobre todas as implicações de tudo isso. É detalhando ao extremo que chegaremos a encontrar saídas para esta armadilha.

Silvio I

20 de agosto de 2011 às 13h31

Azenha:
Quando os povos se revoltam e atuam igual que animais, em um estampido, toda estas pessoas se assustam. Quando o povo Frances usou a guilhotina todos se assustarão.Agora o povo em Inglaterra, sai as ruas queimando e destroçando e saqueando,todos se assustam.Mais não observarão, as causas para que isso fosse motivado.Um advogado solicita uma coisa, ao senado, este nem olha o caso, e manda arquivar, ele vai a mais alta corte do pais, e parece que as intenções são as mesmas.Um dia o povo sai também em estampido,nesse momento se vão a assustar, mais vai ser tarde.Deus queira que não ocorra.

Responder

    Elton

    20 de agosto de 2011 às 18h07

    Na época da ditadura militar eu era menino mas lembro-me MUITO BEM das inúmeras vezes em que os generais que aqui mandavam vinham a público com a afirmação de que o "povo brasileiro é pacífico e ordeiro"……Isso era para noa apaziguar diante dos descalabros ocorridos em solo tupiniquim. Já está mais do que na hora de mostrar MAIS inconformismo.

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h47

    Deus queira que isto ocorra.

MARIA

20 de agosto de 2011 às 13h11

Até senti uma pontinha de esperanca mas o espirito de PORCORATIVISMO na Suprema Cortesã fala sempre mais alto, merda de injustica.

Responder

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h54

    Uma pontinha já é esperança.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!