Economist: Os gols contra do Senhor Futebol

Tempo de leitura: 6 min

Football in Brazil

Gols contra do Senhor Futebol

O Brasil espera que a Copa do Mundo de 2014 promova sua imagem, mas a federação de futebol do país está envolta em sujeira

Oct 1st 2011 | SÃO PAULO AND ZURICH, na revista britânica Economist

É o único país que jogou todas as fases finais da Copa do Mundo e ganhou cinco vezes, mais que qualquer outro. E assim o Brasil se sente meio dono do torneio, que vai sediar em 2014. Outra vitória, bom futebol e uma atmosfera de festa satisfariam as demandas dos fãs locais, assim como de muitos dos esperados 600 mil turistas de fora. Mas, para o governo brasileiro, o período que antecede o torneio não está indo bem.

Está ficando claro que as melhorias prometidas nos precários sistemas de transporte não vão significar muito. Dos 49 planejados sistemas de transporte urbano nas cidades-sede o trabalho começou em apenas nove. As reformas dos aeroportos também estão fora do prazo e mais da metade será de ajustes temporários. O governo está tentando reduzir as expectativas. Numa entrevista a CartaCapital, uma revista semanal, a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, disse que as melhorias do sistema de transporte urbano não eram essenciais para o sucesso do campeonato. Miriam Belchior, a ministra do Planejamento, sugeriu que o governo poderia decretar feriado nos dias de jogos para evitar congestionamentos.

Sepp Blatter, o presidente da FIFA, o órgão que governa o futebol mundial, escreveu para a sra. Rousseff demonstrando preocupação. Mas a sra. Rousseff é que tem motivo para se preocupar com a FIFA. Justamente quando ela está fazendo o melhor que pode para limpar a política do país — demitiu quatro ministros sob acusação de corrupção — a Copa do Mundo está sendo administrada por uma das figuras mais manchadas. E as alegações de sujeira continuam surgindo.

Ricardo Teixeira, que é presidente do Comitê Organizador Local e membro do comitê executivo da FIFA, tem sido o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde 1989. Ele é protegido de João Havelange, que comandou a FIFA por quase um quarto de século, até 1998. O sr. Teixeira tem enfrentado acusações de corrupção por anos. Em 2001 investigações do Congresso brasileiro sobre corrupção no futebol encontraram irregularidades num acordo arranjado pelo sr. Teixeira pelo qual a Nike, uma empresa de material esportivo norte-americana, patrocina a seleção nacional. A CPI do Congresso sugeriu ao promotor público o indiciamento dele sob 13 acusações, inclusive desfalque, lavagem de dinheiro e sonegação de impostos. Todas foram subsequentemente abandonadas. (A Nike diz que o contrato “era totalmente legal em essência e espírito”).

O Panorama, um programa de TV da BBC, acusou o sr. Teixeira e o sr. Havelange de terem recebido propinas nos anos 90 relacionadas a direitos de marketing em jogos. No início deste ano Lord (David) Triesman, o homem que comandou a candidatura fracassada da Inglaterra para sediar a Copa do Mundo de 2018, disse que o sr. Teixeira pediu dinheiro em troca de voto.

Numa entrevista à revista Piauí, uma publicação mensal brasileira, o sr. Teixeira negou as acusações da BBC. Ele disse que os ingleses estavam “putos porque perderam” e que ele teria sua vingança contra a BBC: enquanto estiver na CBF e na FIFA, “eles não vão passar da porta”. Ele se gabou que em 2014 faria “as coisas mais escorregadias, impensáveis, maquiavélicas, como negar credenciais de imprensa, barrar o acesso, mudar o horário de jogos”. O ministro dos Esportes, Orlando Silva, prometeu aos jornalistas que todos serão tratados com justiça e terão permissão para fazer seu trabalho.

Uma investigação da FIFA absolveu o sr. Teixeira das alegações feitas pelo Lord Triesman. O sr. Havelange não respondeu às alegações da BBC. Mas o Comitê Olímpico Internacional, do qual o sr. Havelange é membro e que tem padrões éticos mais estritos que a FIFA, está investigando. Nesta semana um promotor brasileiro declarou que vai pedir à polícia para verificar se o sr. Teixeira é culpado de lavagem de dinheiro e crimes fiscais.

Vendendo jogos

Outro escândalo em andamento se refere a um jogo amistoso entre Brasil e Portugal em Brasília em novembro de 2008. Associados do sr. Teixeira receberam milhões pelo evento. Na mesma época alguns deles assinaram contratos se comprometendo a pagar grandes somas ao sr. Teixeira por motivos que permanecem obscuros. Seis meses antes da partida Sandro Rosell, que agora é presidente do Barcelona, o campeão da Europa, se tornou diretor da Ailanto, uma firma de marketing esportivo fundada no Rio de Janeiro pouco antes.

O sr. Rosell tem feito negócios com o sr. Teixeira por muitos anos: ele se mudou para o Brasil como diretor de marketing esportivo da Nike em 1999 para gerenciar as relações da empresa com a CBF. Uma semana antes do jogo de Brasília, o governo do Distrito Federal assinou um contrato para pagar à Ailanto cerca de 9 milhões de reais (4 milhões de dólares, na época) pelos direitos de marketing e outros serviços não muito bem definidos, inclusive transporte e acomodação dos jogadores dos dois times. (O então governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, foi mais tarde preso e acusado pela Polícia Federal de corrupção relacionada a outras questões).

O negócio agora está sendo investigado por superfaturamento e corrupção. O promotor público de Brasília disse que recebeu relatórios de gastos para o jogo de cerca de 1 milhão de reais — e que de qualquer forma tinha sido a Federação Brasiliense de Futebol (FBF), uma afiliada da CBF, que tinha feito os gastos. Também diz que apesar do governo do Distrito Federal ter comprado os direitos do jogo, o dinheiro da venda de ingressos foi para a FBF. A força policial de Brasília foi aos endereços da Ailanto no Rio de Janeiro e apreendeu documentos.

Além destes negócios foram feitos outros três cujos objetivos não são imediatamente óbvios. A Economist tem cópias do que parecem ser os contratos dos três negócios. Um datado de março de 2009 é o compromisso de Vanessa Precht, uma brasileira que já trabalhou no Barcelona FC e que era sócia do sr. Rosell na Ailanto, de alugar uma fazenda do sr. Teixeira no Rio de Janeiro por 10 mil reais mensais por cinco anos. A Rede Record, uma rede de TV do Brasil, visitou a fazenda em junho e não conseguiu encontrar ninguém que tinha ouvido falar da srta. Precht. Dois congressistas brasileiros pediram uma investigação para estabelecer se o negócio foi uma forma da srta. Precht devolver ao sr. Teixeira parte do dinheiro que a Ailanto ganhou no amistoso Brasil-Portugal.

Os outros dois contratos foram assinados separadamente em julho de 2008 pelo srs. Teixeira e Rosell com Cláudio Honigman, um financista que é sócio do sr. Rosell numa outra empresa de marketing esportivo brasileira, Brasil 100% Marketing. O sr. Honigman se comprometia a pagar 22,5 milhões de reais a cada parceiro para comprar de volta opções de 10% das ações da Alpes Corretora, uma empresa de São Paulo, que de acordo com os contratos teria vendido as opções anteriormente aos dois. Um porta-voz da Alpes Corretora disse à Economist que o sr. Honigman nunca teve qualquer direito sobre qualquer ação da companhia. Os srs. Rosell e Teixeira se negaram a responder a este artigo. O advogado do sr. Honigman disse que não tinha conseguido contatar o cliente. A srta. Precht não respondeu ao nosso pedido de entrevista.

Os pomposos líderes do futebol internacional tradicionalmente são intocáveis: a FIFA é a própria lei. O sr. Teixeira manteve sua posição no topo de futebol brasileiro apesar de alegações anteriores de corrupção. Mas desta vez pode ser diferente.

Os advogados da FIFA estão tentando bloquear a publicação de um relatório do promotor público do cantão suiço de Zug sobre uma investigação criminal a respeito de pagamentos recebidos por autoridades do alto escalão da FIFA nos anos 90. A defesa oficial é de que receber comissões então não era ilegal sob a lei suiça. Mas uma vez que o dinheiro era da FIFA, o promotor investigou indivíduos que o embolsaram por má administração e apropriação indébita. A investigação foi suspensa quando dois acusados pagaram de volta 5,5 milhões de francos suiços (6,2 milhões de dólares) ao cantão, que repassou o dinheiro à FIFA e a instituições de caridade. Os dois acusados negaram que tenham cometido crimes.

O relatório foi arquivado a pedido dos advogados dos acusados. Assim, a identidade deles não foi revelada, embora o advogado de um deles tenha dito que seu cliente é um homem velho de saúde frágil que não tem mais cargo oficial. Isso parece descrever o sr. Havelange, que tem 95 anos de idade e é o presidente honorário da FIFA. A suprema corte de Zug vai decidir nas próximas semanas sobre petições de jornalistas que querem a divulgação do relatório. A Economist entrou em contato com o escritório do sr. Havelange no Rio de Janeiro para tratar destas questões, mas ele se negou a conversar conosco.

Também dentro do Brasil o solo está se movendo sob o sr. Teixeira. A sra. Rousseff nomeou Pelé, o jogador mais famoso do Brasil, como embaixador honorário do governo para a Copa do Mundo e está tentando congelar o sr. Teixeira. O comitê organizador deixou Pelé de fora da lista de convidados para o sorteio da Copa do Mundo em julho. A sra. Rousseff trouxe Pelé com ela e também fez muito da cerimônia de 16 de setembro que marcou 1000 dias antes do pontapé inicial. “Com todo respeito à FIFA e à CBF”, a sra. Rousseff disse à CartaCapital, “o rosto [do torneio] no Exterior será o de Pelé”.

Tradução: Luiz Carlos Azenha

Leia também:

Caixa tira do ar anúncio que retrata Machado de Assis como branco

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Altamiro Borges: As mutretas do EC Bahia com radialistas – Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Economist: Os gols contra do senhor futebol […]

Folha embalou em manchete bebê de sete meses | Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Economist: Os negócios do Senhor Futebol   […]

Sanud vai enterrar Ricardo Teixeira (na Suiça) « Ficha Corrida

[…] Teixeira e de João Havelange, que buscam suprimir a divulgação dos documentos. Tanda escreveu um artigo importantíssimo sobre o caso na revista Economist. Jennings, além de um livro, fez o documentário para a rede BBC acusando Teixeira e João […]

Sanud vai enterrar Ricardo Teixeira (na Suiça) | Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Teixeira e de João Havelange, que buscam suprimir a divulgação dos documentos. Tanda escreveu um artigo importantíssimo sobre o caso na revista Economist. Jennings, além de um livro, fez o documentário para a rede BBC acusando Teixeira e João […]

marcos

A midia esta muito milindrada com a auto-afirmação dos poderes de RT e esta contra golpeando pra ver se o cara cai, acho dificil, um acordão vai rolar,,,claro!

Fernando

Ao que parece, os procuradores se recusam a dar o braço a torcer, e reconhecer que Arruda foi, na verdade, vítima de uma grande arapuca armada contra ele exatamente porque pôs fim, em seu governo, àquele esquema de corrupção.

Economist: Os Gols Contra do Senhor Futebol « Blog do Lina

[…] Via Viomundo […]

Julio Silveira

A principal questão é por que o Teixeira chegou a ser esse homem?. Por que como ele, muitos outros Teixeiras fazem carreira com a complacencia corrupta? em varios de nossos meios de afirmação da soberania e da cidadania, gerando uma coisa culturalmente vil para as novas gerações?. O Brasil não é módico em exemplos, pelo contrário é repleto, verifiquem-se suas parcerias e vão encontrar "distintos" politicos, "salutares" empresários e uma midia familiar, diga-se de passagem, portanto sujeitas aos interesses da Clã, "critica" quando se trata de perder recursos financeiros. Por isso, os casos ficam ao sabor do interesse momentaneo. Com a facilidade que surgem crises fazem-se herois e culpados, que geralmente passam ao largo de quem realmente é sujeito das criaturas. Meu país, eu já me acostumei, costuma depredar o trem por causa de atrazos na estação, nunca sequer procuraram identificar os que 'responsaveis ou irresponsaveis pelo atrazo. No caso do Teixeira é mais um trem atrazado que os responsaveis pela via ferrea permitiram partir e chegar da forma que chegou. Onde estarão os responsaveis pela fiscalização, pela lei, pela justiça, deveriam pagar ou mesmo junto, antes de se ter que depredar o trem.

Jairo_Beraldo

Se tivessemos um HOMEM, ao inves de um Zé Caridozo Dantas na pasta da justiça, não estaríamos passando tamanha vergonha. FIFA desacreditada, CBF enojada, OEA cobrando punição aos algozes(leia-se Dilma Roussef). Que se pode esperar? Se o Zé Caridozo ir se juntar ao Tony Malocci e se agrupar com o time do DANDAN ( Daniel Dantas)…..ficaria menos ruim, pelo menos disfarçava, né presidenta?

Polengo

A Economist falando bem do Blatter parece a veja falando bem do fhc.

aurica_sp

Voltei……………………….

Foi só falar em investigação via PF o dito cujo ficou doente, interessante não???

Marcio H Silva

ilma está cozinhando o Teixeira em banho maria. Em 2012 ele cai, com certeza.
A FIFA quer muito poder e passar por cima das leis dos países onde sediam a copa. Tem interesses próprios com empresas patrocinadoras. Temos que dar um basta nisto como fez a alemanha, dito em varios midias. Pergunto o que fez a Alemanha na copa de 2006, procurei na internet e não achei.

Rogério Floripa

Assistam este documentário que vai ao encontro deste texto.

Documentário – Os Segredos Sujos da FIFA – http://fwd4.me/0Aav

pperez

Diria que no atual estagio em que está a vida do Sr Teixeira por conta das suas peripecias, diria que o solo pode abrir a qualquer momento para recebe-lo!

Rubens

Há mais ou menos um ano, ANDREW JENNINGS, em entrevista ao Estadão, denunciou a tática da FIFA para pressionar o governo brasileiro:

“Há algumas semanas, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, deu um piti público cobrando o governo brasileiro para que acelerasse as construções para a Copa. Estranhei muito, porque não imagino que o governo brasileiro se recusaria a financiar uma Copa. Vocês são loucos por futebol, estão desenvolvendo sua economia, têm recursos e podem achar dinheiro para isso. Uma fonte havia me dito que Valcke e Ricardo Teixeira tinham tirado férias juntos, estavam de bem. Então, o que está por trás dessa gritaria? É pressão para o governo brasileiro colocar mais dinheiro público nas mãos da CBF.”

A tática é conhecida porque já foi empregada na África do Sul, inclusive com a ameaça de retirar a Copa do país sul-africano.

Mas acho muito curioso como a imprensa brasileira faz bem o jogo da máfia da FIFA, repetindo insistentemente a chantagem.

M. S. Romares

O ricardo teixeira é o gilmar dantas do futebol.

ZePovinho

Uma das coisas que mais me irritam,na esquerda universitária e de barzinhos um banquinho-e-um-violão,é criticar Lula e o PT por estarem fazendo uma política "de centro",que eles não são de esquerda e outras bobagens.
Pra quê fazer política de esquerda e não melhorar a vida do povo AGORA????????Até o Chico Oliveira andou dizendo ,por aí, que estávamos anestesiados por crédito fácil.Assim é mole,meu!!Sentar a bundona numa cadeira,dentro de uma sala na universidade,e ficar ditando regras para os políticos é fácil.
Outra dia eu discutia com o povo do PSOL e PSTU sobre isso.Eles diziam que o PT estava preso no jogo da democracia parlamentar,ao calendário eleitoral.Aí eu perguntei:

-Peraí,negada.Se vocês não querem fazer parte do jogo,por que criaram esses dois partidos?Por que não criam um exército para derrubar o governo e acabar com a "democracia burguesa"???

Como eu já disse aqui,trabalhei com a direitona depois que abndonei o PV.Lá,com a direitona,me convenci de que eles só querem arrebentar o Brasil.A melhor saída que nós temos é o PT,o PCdoB e as esquerdas que não se deixam levar pelo purismo ideológico ingênuo e/ou esperto demais.Tão esperto que acaba fazendo o jogo da direitona carnívora.

    Elton

    Essas pessoas e partidos são "a esquerda que a direita gosta"…….

    CLAUDIO LUIZ PESSUTI

    Sr Ze Povinho:.Nao e o PT que esta fazendo uma politica de centro.Falamos PT, pois e o partido no poder.E o governo do PT que esta no poder!Alias, bom seria se o que fosse decidido no Congresso do PT fosse aplicado no GOVERNO do PT.Seria uma maravilha!Ah, já conheço o tatibitati:"estar no poder não e ter o poder" e a tal "correlação de forcas" . Fácil jogar fora o programa do Partido , criticar os outros que criticam e dizer que ta tudo bem.Os amiguinhos positivam…O PIG também faz isso.Se chama "spinning job"…

Carlos J. Ribeiro

Interessante. Em 1969/70, quando o técnico João Saldanha foi afastado e a comissão técnica dissolvida, falou-se e escreveu-se sobre a possibilidade de uma investigação/intervenção na então CBD, dirigida por João Havelange. O então Min. da Educação, Jarbas Passarinho alegou que isso era inaceitável pois como iríamos disputar uma Copa(do México) estando a CBD sob investigação? Parece que a História se repete. Intervir na CBF? Ora, vamos sediar uma Copa do Mundo, gente… calma…

frederico

A Fifa trata o Brasil como se fosse o quintal da casa dela. O presidente Sepp Blatter e seus cupinchas tem tratamento que nem mesmo chefes de Estado recebem quando vem pra cá. Preocupa-me, principalmente, a posição do ministro do Esporte Orlando Silva. É da turma do Ricardo Teixeira, mas agora finge que não é com medo de perder o cargo. Orlando prega que a Fifa não ameaça a soberania do país, mas acha normalíssimo que ela se intrometa em tudo, como exigir fim da meia-entrada para idosos e estudantes nos jogos da Copa. Para Orlando, o Brasil é que tem de se adequar às exigências da Fifa, já que foi ele que quis a Copa.

Fernando

O que eu acho estranho é que ninguém denuncia o Nuzman e o Comite Olímpico Brasileiro.

Sei lá, a Record é a detentora dos direitos do Pan 2011 e Olimpíada 2012…

Robert

Os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo da Fifa não beneficiam os moradores das cidades e países que os sediam, mas sim as grandes empresas que os patrocinam. A opinião é da socióloga americana Kimberly Schimmel, convidada pelo Centro de Estudos Avançados (CEAv) da Unicamp a ministrar uma série de palestras na Universidade entre os dias 12 e 19 de setembro

por isso q quero copa longe da minha cidade o RJ,
o RJ esta moralmente falido!
no RJ prevalece pao e circo
RJ apresenta um dos PIORES resultados na educação basica publica do país
saude publica no rj uma lastima
segurança publica esse lixo q vemos ai, inclusive inumeros arrastoes no rockinrio
capital fluminense com diversas favelas esgoto a céu aberto
mas viva copa olimpiada e mp inoperante p/ investigações sérias

a midia diz q o MP-RJ esta investigando a torcida do fluminense pela perseguição a jogadores bebuns

Pq o MP-RJ nao investiga (RESULTANDO EM PUNIÇÃO POR FAVOR!) a fundo esta situação de calamidade da segurança no RJ, a tragedia do roubo do $$$$ publico na obra do maracanã, assassinato da juiza, a tragedia do bonde de sta teresa e demais maracutaias dos governos do rj?

"inteligente é quem aprende com seus erros. o sábio aprende com o erro dos outros"
ocorre q o imbecil é aquele q nao aprende nunca
sediar olimpiadas tambem é um saco sem fundo
qual o legado das olimpiadas 2004 p/ grecia?
dividas?
brasil abra seu olho
povo manso é povo otário
Brasil, esse definitivamente nao e um pais sério

trombeta

Ricardo Teixeira é sócio secreto da globo, ele é o responsável pelos privilégios da globo no futebol brasileiro.

Para uma faxina completa e bem feita além de RT e globo não se pode esquecer de alguns dirigentes como Perrela e Sanches, sem falar de alguns presidentes de federações estaduais…

É uma quadrilha bem organizada que detém o comando do futebol.

Dimas

O que me interessa são as relações umbilicais e extremamente nebulosas deste senhor com a castíssima rede glóbulo. Isto resolvido, pode-se ir ao resto.

ZePovinho

Me parece que The Economist está infestada pelos comunistas do Brasil.Agora atacam a livre-iniciativa do grande empresário Ricardo Teixeira e,PASMEM,vejam esse acinte ao capitalismo:
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-palest

A palestra de Lula no The Economist
Enviado por luisnassif, sab, 01/10/2011 – 09:49

Por Marco Antonio L

Em Londres, Lula não poupa críticas aos líderes europeus

30/9/2011 11:20, Por Redação, com agências internacionais – de Londres

SALVE-NOS,NA LEGIÃO DO ALÉM,PLÍNIO SALGADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

"Morte ao Comunismo! Viva ao Integralismo!!

ANAUÊ!!"

[youtube SPnEUZoRsQo http://www.youtube.com/watch?v=SPnEUZoRsQo youtube]

    ZePovinho

    Aposto que vai ter gente acreditando em mim………………

    M. S. Romares

    Só se for o Hariovaldo e seus seguidores….kkkkkk

CLAUDIO LUIZ PESSUTI

Pois e, mas saiu na Economist, revista conservadora inglesa.Fazendo um contraponto, todas essas acusações dos ingleses só saíram depois que eles perderam a Copa de 2018.So por causa disso.Nao tira a validade das acusações.Assim como , nesta mesma matéria, a revista diz que as obras prometidas por Lula e Dilma, em grande parte, não estarão prontas, ou não sairão do papel, ou mesmo serão insuficientes.Assim como consideramos as acusações contra o Teixeira corretas, espero que todos consideremos estas criticas também validas e corretas, e não frutos do "PIG"…

Fora Ricardo Teixeira! | ESTADO ANARQUISTA

[…] Teixeira/Havelange: réus ou criminosos?  […]

Murdok

E por essas do sr. Teixeira que deixei de ser sócio do Figueirense. Meu dinheiro não é capim. A hora que o cara cair fora, voltarei a ser sócio. Vamos aguardar.

O_Brasileiro

O futebol brasileiro é uma mistura de talento e trambique.

FrancoAtirador

.
.
Mas esse "Sr. Teixeira" é tri-falcatrua mesmo, hein?
.
.

Economist: Os gols contra do Senhor Futebol | Viomundo – O que … | ZiiPe

[…] Leia mais: Economist: Os gols contra do Senhor Futebol | Viomundo – O que … […]

Glecio_Tavares

Me parece que uma intervenção estatal na cbf poderia ser punida pela fifa com exclusão do país de competições oficiais, tanto da seleção quanto dos clubes. Como pode o esporte, que deveria servir para coisas boas, ficar na mão de gente pronta a fazer tal chantagem? São uma verdadeira máfia.

    Operante Livre

    Que poder, hein!!!
    Parece igual ou pior que a OTAN.

    Glecio_Tavares

    Eu sei que se disseres para os torcedores do Santos que o Ricardo Teixeira roda e o Santos não poderá disputar o mundial no final do ano, eles (a grande maioria) com certeza vão balançar sobre qual seria sua escolha. Futebol não deveria ser tão importante, mas é.

    José Silva

    Por esse e outros motivos é que eu acho que a Dilma ainda atura esse crápula do RT, mas ela vai encontrar um jeitinho bem mineirinho de coloca-lo no freezer (geladeira não dá conta da podridão).

    Glecio_Tavares

    Sibéria nele. hahahaha. Acho que nem a Sibéria merece isso!!!

    Celso

    Seria o desmoronamento da FIFA. O que seria do futebol sem o Brasil nas competições? Uma entidade de 2ª classe.

Celso

O comentarista do The Economist fez um bom retrato acerca do que ocorre na CBF e seu presidente, Ricardo Teixeira. Só esqueceu de levar ao conhecimento de seus leitores que o futebol e sua entidade máxima , FIFA, tem hoje a mesma credibilidade que os conselhos de boxe. É uma Máfia institucionalizada, onde seus dirigentes, também ingleses, corrompem dirigentes do futebol mundo afora. Essa mazela não é só brasileira, e Ricardo Teixeira é criatura, não criador. Basta ver a mafia russa controlando o futebol inglês. Veremos o que ocorrerá na Copa em Inglaterra.

    Elton

    Concordo! Como dizia minha avó: "Não dá um pra falar do outro"…….o que não nos exime de cobrar punição INCESSANTEMENTE!!!

Deixe seu comentário

Leia também