VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Ibope, Datafolha e o debate no SBT


24/10/2012 - 18h59

24/10/2012 18h49 – Atualizado em 24/10/2012 18h56

Em SP, Haddad tem 49%, e Serra, 36%, diz Ibope

Pesquisa com 1.204 pessoas foi realizada entre 22 e 24 de outubro.

Margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Do G1 São Paulo

O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (24), a terceira pesquisa de intenção de voto sobre o segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Paulo neste ano.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”.

Em relação à pesquisa anterior, Haddad manteve 49%, e Serra foi de 33% para 36%.

Segundo o Ibope, “a quatro dias do segundo turno, Haddad fica estável e mantém a liderança e Serra oscila positivamente 3 pontos, na disputa pela Prefeitura de São Paulo”.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:

Fernando Haddad (PT) – 49% das intenções de voto
José Serra (PSDB) – 36%
Em branco/nulo – 10%
Não sabe – 5%

A pesquisa foi realizada de 22 a 24 de outubro. Foram entrevistadas 1.204 pessoas na cidade de São Paulo. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), sob o número SP-01912/ 2012.

Pesquisa anterior

A primeira pesquisa do Ibope do segundo turno foi divulgada em 11 de outubro e registrou os seguintes resultados: Fernando Haddad, 48%; José Serra, 37%; branco/nulo, 9%; e não sabe, 6%.

A segunda pesquisa do Ibope do segundo turno foi divulgada na quarta-feira (17) e registrou os seguintes resultados: Haddad, 49%; Serra, 33%; em branco/nulo, 13%; e não sabe, 5%.

Veja os números do Ibope, considerando os votos válidos:

Fernando Haddad (PT) – 57%
José Serra (PSDB) – 43%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

No primeiro turno, Serra teve 30,75% dos votos válidos, e Haddad, 28,98%.

*****

24/10/2012 – 19h08

Haddad tem 15 pontos de vantagem sobre Serra, mostra Datafolha

DE SÃO PAULO, na Folha

A quatro dias da eleição municipal, o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, segue liderando a disputa com 49% das intenções totais de voto. Ele tem 15 pontos vantagem em relação a José Serra (PSDB).

Na pesquisa Datafolha finalizada hoje, o cenário é praticamente idêntico ao do levantamento da semana passada. Em 17 e 18 de outubro, Haddad já tinha os mesmos 49% de agora. Serra, que antes aparecia com 32%, oscilou dois pontos para cima e agora aparece com 34%.

Na conta dos votos válidos (que exclui brancos e nulos), Haddad alcança 60%; Serra, 40%. São exatamente os mesmo índices da semana passada.

O Datafolha também investigou as taxas de rejeição dos dois candidatos. Assim como no levantamento anterior, 52% dos entrevistados disseram que não votam em Serra de jeito nenhum. Já a rejeição ao nome de Haddad oscilou dois pontos para cima, de 34% para 36%.

O Datafolha ouviu 2.084 eleitores entre ontem e hoje. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos. Encomendado pela Folha em parceria com a TV Globo, o levantamento foi registrado no TRE com o código SP-01910/212.

PS do Viomundo: Não pudemos ver o debate entre Fernando Haddad e José Serra no SBT. Como foi?

Leia também:

Comparato: Pretos, pobres, prostitutas e petistas

Dalmo Dallari critica vazamento de votos e diz que mídia cobre STF “como se fosse um comício”

Rubens Casara: “Risco da tentação populista é produzir decisões casuísticas”

Gurgel pede arquivamento de denúncia contra deputado que recebeu de Cachoeira

Luiz Flávio Gomes: “Um mesmo ministro do Supremo investigar e julgar é do tempo da Inquisição”

Paulo Moreira Leite: Denunciar golpe imaginário é recurso “quando se pretende promover ruptura”

Marcos Coimbra: STF invade atribuições dos demais Poderes





31 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Ferdnan

25 de outubro de 2012 às 11h54

No domingo confirmará a Vitória do Haddad, quero ver as Manchetes dos Jornalões na Segunda e tbm o que vai dizer os Calunistas. Entendo que o Ódio deles ao Lula aumentará por tamanha Decepção que o Lula impôs a eles.

Responder

acmsouza

25 de outubro de 2012 às 11h02

Resultado do mensalão do PT: mês à mês, cai o desemprego; mês à mês, aumenta a renda do trabalhador brasileiro; mês à mês, cai a pobreza e mais brasileiros são integrantes da sociedade, tornando-se participes positivos do viver em sociedade. Isso é mensalão petista na mais alta terminologia.

Responder

    Willian

    25 de outubro de 2012 às 11h27

    Outro resultado:40 anos de prisão para Marcos Valério.

    Valdeci Elias

    25 de outubro de 2012 às 12h41

    Enquanto que no mensalão tucano, o desemprego aumentou mês à mês, a renda diminuiu mês à mês, a miséria aumentou mês à mês, e até hoje Ninguem foi julgado nem condenado.

hc

25 de outubro de 2012 às 10h37

BARBOSA o NEW YORK TIMES SORRI PARA OU DE?

Responder

francisco niterói

25 de outubro de 2012 às 08h52

VIOMUNDO, posso pautá-los? Este chamamento da Carta Maior é de suma importancia. Poderiamos ajudar na divulgacao?

” ÚLTIMA ELEIÇÃO SOB A TUTELA DA GLOBOA sólida dianteira de Haddad em SP, reafirmada pelo Ibope e o Datafolha desta 5ª feira, deixa ao conservadorismo pouca margem para reverter  uma vitória histórica do PT e — talvez–  a derradeira  derrota na biografia política de José Serra. Ainda assim há riscos. E não são pequenos. Há alguma coisa de profundamente errado com a liberdade de expressão num país em que, a cada escrutínio eleitoral, a maior preocupação de uma parte da opinião pública e dos partidos, nos estertores de uma campanha como agora, não seja propriamente com o embate de idéias, mas com a ’emboscada da véspera”. Não se argui se ela virá; apenas como e quando a maior emissora de televisão agirá na tentativa de raptar o discernimento soberano da população, sobrepondo-lhe suas preferências, seus candidatos e seus interditos.Tornou-se uma aflita tradição nacional acompanhar a contagem regressiva dessa fatalidade que desgraçadamente instalou-se no calendário eleitoral para corroe-lo por dentro. Após 10 anos no governo, as forças progressistas não tem mais o direito de contemporizar com uma doença maligna que pode invalidar a democracia e desfibrar a sociedade. Que a votação deste domingo seja a última tendo as urnas como refém da Globo,seus anexos e aliados. “

Responder

Mario

25 de outubro de 2012 às 07h26

MANCHETE DA FOLHA SOBRE O DEBATE NO SBT:

“Haddad e Serra se anulam e audiência perde para a de “Chaves”.

Traduzindo: O Haddad se saiu MUITO BEM.

Responder

Fabio Passos

25 de outubro de 2012 às 07h22

Nem globope e datafrias conseguem sustentar o candidato-cadáver do PiG…

Responder

Antônio

25 de outubro de 2012 às 06h49

ALGUÉM PODE CONFIRMAR?

O Jornal Nacional escondeu a pesquisa do Datafolha e a pesquisa do Ibope. Ou será que eu estava fazendo xixi na hora que saiu o resultado da pesquisa?

E olhem o que a Rede Globo está aprontando:

No Terra Magazine:

O último debate entre Haddad e Serra na Globo, na próxima sexta-feira, 26, será depois do último capítulo da novela Gabriela. Na quinta-feira (18), a novela terminou às 0h15.

Comentário do internauta Roberto Weber sobre o debate começar tão tarde.

20/10/2012, 10h15
Depois da novela GABRIELA a maioria dos eleitores já estará dormindo, ficando fácil então para o Ali Kamelo fazer a edição do debate: é certo que vai mostrar somente os melhores momentos de Serra e os piores do Haddad, como a própria Rede Goebels já fez quando do embate Lula x Collor. Alguém ainda duvida?

Link da matéria: http://terramagazine.terra.com.br/bobfernandes/blog/2012/10/19/debate-entre-serra-e-haddad-na-globo-sera-apos-ultimo-capitulo-de-gabriela/

Responder

Beatriz

25 de outubro de 2012 às 06h16

Gente, faço um apelo para não confiar tanto nessas pesquisas. No primeiro turno elas erraram muito. 3% dos brancos e nulos foram pro Serra. Acho que no momento é necessario redobrar os esforços para conquistar mais votos dos indecisos e dos brancos/nulos, pq até domingo a mídia vai botar pesado contra Haddad. Não podemos baixar a guarda. Essa turma golpista é capaz de tudo. É hora da onda vermelha! Nós temos a militância mais aguerrida do Brasil. Vamos lá, continuar lutando por votos para consolidar a vitória, dia 28 é 13 na cabeça!

Responder

Sérgio

25 de outubro de 2012 às 03h00

Nem com apoio do STF, via julgamento cronometrado pela Globo, funcionou.
ET: Uns nascem para Nelson Mandela outros para Idi Amin Dada.

Responder

Messias Franca de Macedo

25 de outubro de 2012 às 00h48

O MATUTO SÓ QUERIA ENTENDER!

A cada última pesquisa a rejeição do eleitorado paulistano ao candidato [derrotado] José (S)erra supera o recorde anterior (sic)… E, inopinadamente, ‘o candidato do Guiness em matéria de rejeição’ (idem sic) oscila três pontos para cima, enquanto o candidato adversário – em curva ascendente – “empaca”, “com [subliminar!] viés de queda”!…

RESCALDO: ou o Ibope “quer segurar a vela do (S)erra” ou o DataFolha ficou com a incumbência de “fazer a cobertura(!) do velório anunciado!”… Das duas, uma! Na verdade é mais ‘plausível’, é mais ‘crível’ que seja o somatório das duas!…

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

ricardo silveira

25 de outubro de 2012 às 00h25

Quando fica evidente a picaretagem de um determinado instituto de pesquisa, este deveria ser proibido de divulgar os “resultados” de suas pesquisas. Para ser bem educado: não é razoável que a justiça eleitoral seja conivente com picaretagem.

Responder

FrancoAtirador

25 de outubro de 2012 às 00h12

.
.
Os principais cabos eleitorais do Coiso Ruim

estão abandonando a canoa furada do PSDemB.

O pastor Malafaia já foi para a Inglaterra

deixando os ‘fieis’ demotucanos a ver navios.

Agora, Joaquim Barbosa vai para a Alemanha,

abandonando as mervaletes e as reinaldetes.

Só falta mesmo o próprio Serra sumir do mapa

ou pedir asilo no Consulado dos EUA em SP.
.
.

Responder

    Fabio Passos

    25 de outubro de 2012 às 00h34

    Então malafaia e joaquim barbosa fazem campanha pro serra mas fogem na hora da derrota?

    Que covardes… deveríam assumir o fracasso que protagonizaram.

    Apavorado por Vírus e Bactérias

    25 de outubro de 2012 às 00h56

    Barbosa já traiu os seus. Trair Se-erra não é nada. Já o malacafento não sabe o que fala. Tem um discurso bonito mas peca em Deus, que há de esperá-lo na esquina, pela confusão política e ideológica.

Ivonildo Dourado

24 de outubro de 2012 às 23h53

Posto abaixo link do site amigos do presidente Lula com os vídeos do betate do SBT.
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

Responder

Álvares de Souza

24 de outubro de 2012 às 23h46

Quem assistiu o debate de hoje no SBT, pode constatar a absoluta superioridade de Haddad sobre Serra. Não sou petista, não voto em São Paulo, mas não consigo entender como um cara como Serra chegou onde chegou. Além de toda a manipulação política e midiática que é a marca da ação dos tucanos e que os favorece, não é possível deixar de considerar que uma parcela significativa do eleitorado paulista é alienadíssima ou ruim de cabeça mesmo!

Responder

Marat

24 de outubro de 2012 às 23h20

É hora da militância do Haddad triplicar seus esforços, para combater a militância do Serra, espalhada nas redações da Folha, Globo, Estadão etc., e nas TVs aliadas: Globo, Bandeirantes e SBT.

Responder

    Fabio Passos

    24 de outubro de 2012 às 23h31

    militância do serra espalhada no PiG… e também no stf.

    nilcemar

    25 de outubro de 2012 às 00h43

    Essa foi a militância que mais militou. Somando os anos de prisão de Valério deve dar muito mais que os do assassino da missionária Doroty, que, por sinal, está usufruindo de liberdade. Matar a missionária é banal, mas Valério perpetrou o crime mais hediondo possível: promover financiamento de campanha petista.

J Souza

24 de outubro de 2012 às 20h41

É verdade ou boato que o Ali Kamel vai pessoalmente às ruas pedir votos para o Serra no fim-de-semana?
E sobre a carreata que vai sair da Chucri Zaidan e vai até a duplicação da marginal Tietê, com bandeiras da Globo e do PSDB? O Roberto I. Marinho vai?
Faturando alto com novelas e futebol, qual o interesse da Globo na política local? Hein, Serra? É por causa do terreno? Ou por causa da verba publicitária? Será que ele responde isso no debate?

Responder

JULIO/Contagem-MG

24 de outubro de 2012 às 20h30

Aqui em Minas, a rádio Itatiaia, fala de mensalão, de hora em hora, nos
noticiários, com a correspondente em Brasilia, aparecida ferreira, essa
jornalista foi denunciada como funcionaria fantasma do gabinete do entao
senador e atual deputado federal, eduardo azeredo, pai do verdadeiro men
salão. A Itatiaia, tem interesse nesse assunto, porque na eleição do 2o
turno em Contagem, o petista Durval Angelo, disputa contra o deputado Car
lim Moura, caso este vença, o radialista mario henrique¨caixa¨, assumiria
como 1o suplente de Moura, o cargo de deputado estadual.

Responder

    Arlete

    24 de outubro de 2012 às 23h19

    Amo Minas, mas tenho vergonha de alguns meios de comunicação daqui. E dos políticos TENHO NOOOOOJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Jair de Souza

24 de outubro de 2012 às 19h58

Tratando de aproveitar a dica de nosso colega Donizeti, é bom a gente não tripudiar muito a figura de José Serra se (como esperamos e desejamos) ele vier a ser fragorosamente derrotado no próximo domingo. Nós precisamos continuar tendo José Serra como o canditado da tucanalhada e (principalmente) das máfias midiáticas. Com Serra na disputa como o canditado preferido do grande capital, as possibilidades de vitória para o campo popular tendem a ser muito maiores. Vai que eles encontram um cara menos troglodita, menos cavernário, menos psicopático, menos atraidor de repulsa, menos megalomaníaco, menos sabotador dos próprios companheiros, menos ávido de poder pessoal e, por outro lado, mais simpático. Diante de tal hipótese, a gente teria de suar muito mais a camisa para obter as vitórias necessárias para o campo popular. Creio que por aqui todo mundo sabe que tanto Serra como seu partido, assim como os demais nomes a eles associados, não passam de instrumentos de uso do verdadeiro partido das oligarquias (as máfias midiáticas) e podem, portanto, ser descartados a qualquer momento. Eu estou quase que seguro de que Serra vai ser imediatamente descartado depois de sua derrota, por isso, vamos ter de lançar um movimento para tentar ressuscitá-lo e mantê-lo na disputa o máximo possível. Nada de deixar que enviem a estaca de prata em seu coração.

Responder

    Álvares de Souza

    24 de outubro de 2012 às 23h31

    Esses caras não têm quadros. Quando Lula indicou e apoiou os “postes”, ele contava sobretudo com a competência que os “postes” revelaram no desempenho de seus cargos. Como êles, outros inúmeros postes em potencial, nas diversas administrações do PT pelo Brasil afora, puderam revelar suas capacidades como gestores e parlamentares. São muitos milhares, preparados para disputar e assumir cargos, Brasil afora. Além de tudo, o modelo de participação popular que as gestões petistas incorporaram, resulta em práticas cada vez mais transparentes, inibindo, por outro lado, a ação dos aloprados que conseguem se infiltrar aqui e acolá, o que resulta em uma qualificação cada vez maior dos quadros petistas. Não é, absolutamente, o que acontece com os demais partidos.

    nilcemar

    25 de outubro de 2012 às 00h49

    Postes é coisa do Lula, eles devem ter velas ou lanternas. Sim, este será um lanterninha.

Carlos Ribeiro

24 de outubro de 2012 às 19h38

Haddad tem 15 pontos de vantagem sobre Serra, mostra Datafolha

A quatro dias da eleição municipal, o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, segue liderando a disputa com 49% das intenções totais de voto. Ele tem 15 pontos vantagem em relação a José Serra (PSDB).

Na pesquisa Datafolha finalizada hoje, o cenário é praticamente idêntico ao do levantamento da semana passada. Em 17 e 18 de outubro, Haddad já tinha os mesmos 49% de agora. Serra, que antes aparecia com 32%, oscilou dois pontos para cima e agora aparece com 34%.

Na conta dos votos válidos (que exclui brancos e nulos), Haddad alcança 60%; Serra, 40%. São exatamente os mesmo índices da semana passada.

O Datafolha também investigou as taxas de rejeição dos dois candidatos. Assim como no levantamento anterior, 52% dos entrevistados disseram que não votam em Serra de jeito nenhum. Já a rejeição ao nome de Haddad oscilou dois pontos para cima, de 34% para 36%.

O Datafolha ouviu 2.084 eleitores entre ontem e hoje. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos. Encomendado pela Folha em parceria com a TV Globo, o levantamento foi registrado no TRE com o código SP-01910/212. Da Folha

Responder

FrancoAtirador

24 de outubro de 2012 às 19h23

.
.
O INUSITADO

O Globope conseguiu tirar 3%

“dos brancos e dos nulos”

para dar ‘ânimo’ ao Serra.
.
.
Daqui a pouco, vem o DataFrias

para ‘estimular’ o Coiso Ruim.

O Otavinho adora valore$ do $erra.
.
.
Desespero total na mídia tucana !!!
.
.
Só o Graeff pode salvar o Coiso

na urna eletrônica do TRE-SP.

Afora isso, tá morta a Cobra!
.
.
Haddad-13 deu uma paulada

na cabeça da $erpente!

As víboras se retorcem !
.
.

Responder

Carlos Ribeiro

24 de outubro de 2012 às 19h23

O tréquim das 18 horas desta quarta-feira mantém o mesmo resultado da véspera: Haddad 62 x 38 Zezinho.

Fonte:CAf.

Responder

Donizeti - SP

24 de outubro de 2012 às 19h15

Agora é Serra já, ERA.

Nem com mensalão 24 horas no dar, JN virando propaganda partidária contra o PT, STF fazendo “boca de urna judicial” para o Serra deu, vai ser de lavada.

Já vai tarde, e Serra para candidato tucano a presidente em 2014, kkkkk.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding