Scavone: Explosão jovem cheira mais primavera que pólvora e gasolina

Tempo de leitura: 3 min
Foto: Marcello Camargo/ABr

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Essa explosão jovem tem cheiro de primavera mais que de pólvora e gasolina

por Artur Scavone, especial para o Viomundo

Vamos aos fatos: não há no país uma força política que represente o descontentamento enorme contra corrupção, desmando, precariedade dos serviços sociais, tarifas etc. Não surgiu um outro PT, tal como foi no seu início, no lugar do PT, em grande medida institucionalizado e cooptado ideológica e materialmente pelo poder.

Esse vácuo de representação vai acumulando forças que não têm por onde se expressar. Os meios de comunicação (o PIG, em particular) não se cansam de falar de roubalheira, políticos desonestos, etc. Fazem questão de desmoralizar a política porque querem apresentar o Aécio como sério e honesto. Ainda que o problema exista, o caminho não é a desmoralização, mas a participação, todos sabemos.

A juventude, que tem mais capacidade operacional para se manifestar, que sofre com tarifas, caos urbano, busca saídas em várias formas de protesto. Alguns vão para os partidos de pouca expressão institucional e mais radicalizados, outros para grupos ecológicos ou para outras formas de organização.

Essa mesma juventude vê pela mídia a vitalidade das manifestações pelo mundo. Nós víamos maio de 68 na França, Che Guevara na Bolívia, Ho Chi Min no Vietnã. Isso contamina e vitamina, como já nos contaminou e nos vitaminou.

Um estopim detona a explosão: o Movimento Passe Livre (MPL), que tem história, já se fez presente nas reuniões do Fórum Social Mundial e se diz apartidário, chama as manifestações. A repressão violenta é gasolina pura.

Os partidos de esquerda com posições políticas doutrinárias – e daí sectárias – articulam sua participação já visualizando a insurreição das massas à frente. São eles que buscam a radicalização: tomar os palácios – no RJ, em SP, em BH e em POA. O PT fica atônito. O PSOL tenta se inserir no movimento. O movimento sente-se em sintonia com a primavera árabe. Ou das revoltas na Síria.

O MPL – por uma posição ideológica – se recusa dar direção ao movimento. Ontem, no Largo da Batata, eles se recusaram usar carro de som, “porque cada um sabe o que faz e políticos querem se apropriar do movimento”.

O que acontece? Quem tem capacidade de mobilização e de dar direção conduz parte da manifestação. Se o MPL é despolitizado, a direção dada a esta outra parte da manifestação caminha para outro tipo de despolitização: o distanciamento do movimento real em razão da radicalização sectarizada.

A essa altura do campeonato os articuladores do PIG, Jorge Bornhausen, Merval Pereira e outros, estão com as barbas de molho, preocupados porque a manifestação, que deveria pedir a prisão dos condenados do mensalão, ser contra a Dilma, contra Haddad, foi contra os símbolos maiores do poder, as casas legislativas. Ou seja, o tiro do PIG está saindo pela culatra.

É óbvio, afinal, que ninguém está com as barbas de molho mais que o PT. O discurso da Bolsa Família, do Fim da Miséria, da Copa, do desenvolvimento, está se esgotando.

Essa explosão jovem tem mais cheiro de primavera que de pólvora (das balas de borracha) e gasolina (dos coquetéis molotov). É preciso que a juventude mostre a cara e sonhe mais alto. Aliás, mostre a cara, e não tenha que cobri-la para quebrar e detonar, porque esse é o caminho, nas atuais circunstâncias, da despolitização.

 Artur Scavone é jornalista e estudante de filosofia na USP.

Leia também:

Dilma: “O Brasil acordou mais forte”

Os integrantes do Movimento Passe Livre no Roda Viva

Carlos Zarattini: Hora de voltar aos bairros e debater com a população

Fátima Oliveira: É burrice política não sentir o pulsar das ruas

Lincoln Secco: Manifestantes serão enjaulados no discurso dos donos da Grande Imprensa?

Repórteres da Globo não usam cubo; JN noticia palavras de ordem

Vinicius Wu: Não, não é uma conspiração das elites

Caio Martins: Haddad tem mais disposição para o diálogo

Jorge Souto Maior: Um basta à brutalidade

Repórter de jornal que pregou repressão agora é musa dos globais

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Maria Lúcia

Acho prematuro dizer que “o tiro saiu pela culatra”
O sentimento é esse: que a Política e os políticos são inúteis (na atual conjuntura, é claro – pisados e repisados pelo PIG).

Jose Mario HRP

No Rio , a turma quer fechar a ponte Rio -Niterói.

Jose Mario HRP

Até isso aqui muita gente como eu não estava com muita vontade de aderir, mas depois:

Jose Mario HRP

Se o PT não puder ou não quiser, não será a direita ou a esquerda radical que irá ser a panacéia para esse “URRO” dos jovens e da periferia!
Mas que lá no planalto central e nas capitais estaduais a turma está de barba de molho está!

Luiz Moreira

Em vários aspectos, o movimento lembra as mobilizações de 64. A MARCHA por DEUS e pela LIBERDADE foi muito parecido. Em 54 faltava liberdade? O que veio depois foi a LIBERDADE? Choques elétricos, execuções nas delegacias do DOPS foi uma LIBERDADE conquistada? Olhem os artigos de vários blogs da INTERNET. Colocam as mentiras que a VEJA e a FOLHA não colocam por saberem que, podem ter de pagar por MENTIR descaradamente. Logo, existe sim uma intenção de promover uma volta da DITABRANDA. Artigos falando sobre o TERRORISMO de esquerda e seus terroristas (DILMA, DIRCEU, TARSO, e outros são alvos bem identificados e os reais). Ou seja, a esquerda. O PSTU e outros idiotas de PLANTÃO não pensem que escapam porque levaram a DILMA a pedir asilo. Eles participarão do processo, como torturados e mortos também. O pessoal de esquerda nos governos poderia, agora, propor o que liquidaria com os SAUDOSISTAS DA DITABRANDA! Propor, imediatamente, uma redução de 50% dos salários em todos os cargos de cunho político (públicos) e com esta economia, formar um fundo destinado aos vários segmentos e teses em rebelião. E, de cambulhada, propor um limite aos salários de todos os cargos públicos, condizente com o nível econômico da população brasileira. E um freio aos lucros das empresas, junto com uma devassa sobre atividades destas na compra de políticos e agentes públicos. Ou fazem isto, ou os Novos Mentores da “NOVA DITABRANDA” O FARÃO. Isto tem de ser já!!!

Valdeci Elias

Como tem jovem alienado no país. Dilma veio pra acabar com a miséria, infelizmente o país está precisando de alguém que traga a Liberdade de Imprensa.

    Luís

    A essa juventude a gente dá o nome de pelegada governista.

denis dias ferreira

Acho que essa molecada está agindo de modo irresponsável. Neste momento a direita está, ao contrário do que afirma o dono do artigo, tirando proveito da situação. O povo, ao atacar o Congresso, as Assembleias Legislativas, fez o que a direita calculou e esperava. Desmoralizando e atacando as instituições políticas representativas da democracia o povo prepara o caminho para uma nova ofensiva da direita. Pode ser o impeachment da presidenta por corrupção, pode ser o desgaste total do PT e de seus líderes preparando vitoriosamente a candidatura do palatável Aécio Neves e pode ser a estigmatização negativa de todos os discursos da esquerda. Neste momento corremos o risco de assistirmos a uma forte e duradoura guinada à direita da política brasileira. Há poucos instantes, lojas foram saqueadas. Isso é péssimo. Tudo está acontecendo do jeitinho que eles, os conservadores, adoram. Há algo de podre em nosso reino.

Evo

Belo texto!

O povo brasileiro tem ido às ruas e se descoberto cada vez mais forte!

Messias Franca de Macedo

… E A ABIN?!…

# é composta por amadores? Ingenuidade?!…
# não conseguiu monitorar “as mãos invisíveis”, que apostaram na entrega dos estádios de futebol somente em 2026, e que, portanto, perderam novamente?!… A ABIN não suspeitou que “o PIBinho do PIG” tem que ser assegurado?! [PIG antinacionalista e rentista] A ABIN não identificou, ao menos rumores, de que a DIREITONA “não deixaria barato” a realização de uma exitosa Copa do Mundo, no Brasil, em ano de eleição?!…
# afinal, o time da ABIN veste mesmo a camisa do time da Dilma?! A camisa do verdadeiro, sapiente e honesto povo trabalhador brasileiro?!…
# ou será que a ABIN teria iniciado “os protestos antes dos protestos”?!…

… Com a palavra a ABIN!…

EM TEMPO: para os de boa-fé que ainda enxergam nesses protestos a expressão da espontaneidade e da natureza apolítica dos movimentos sociais , recomendo ler os adjetivos referenciados em relação ao Lula e à presidente Dilma Rousseff – adjetivos usados – na internete – pelos xiitas da direitona! Muitos e muitas dos(as) mesmos(as) “a engrossar essa revolta popular”! Ah! queiram ver, também, os discursos – e os sorrisos matreiros [e reveladores!] – dos políticos do famigerado e nefasto conluio/consórcio PSDB/DEMo!…

E que país é esse?! República de ‘Nois’ Bananas

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

João Guilherme

Muito bom. Enxerga bem. Lula e Dilma vão retirar Haddad das cordas. E quem vai tirar o Alckmin?

Messias Franca de Macedo

… AINDA SOBRE PÓLVORA E GASOLINA! “Nos olhos dos outros é refresco!”… ENTENDA

… Nesse exato momento [20h19], o Marcelo Rezende da Record está proferindo uma espécie de, digamos, editorial da emissora. Com um tom híbrido de solene e funesto, o apresentador se refere às imagens que mostram um carro de transmissões da emissora em chamas! Segundo o Marcelo Rezende, o fogo foi ateado por delinquentes e criminosos que participam das manifestações! O Marcelo Rezende – até há pucos minutos (sic) – favorável aos protestos, agora é só revolta! E tome-lhe achincalhe – na “turba de mascarados”(!), segundo o jornalista da Record!…

É A TAL DA COISA: e a liberdade de expressão?! “Nos olhos dos outros é refresco!”…

… E “vamo” protestar! Em Pindorama, motivos não faltam! Contrariamente!…

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Messias Franca de Macedo

EXCELENTE COMENTÁRIO:

Leo 18.06.2013 às 19:37

“Acorda, governo lerdo do PT. É hora de tirar proveito disso tudo, levem à votação o projeto de lei que tributa grandes heranças. Criem um imposto, nos moldes da CPMF, sobre movimentações financeiras acima de 10 mil reais, para financiar transporte público de qualidade.”

Parabéns! E vamos constatar, pelos próprios “manifestantes”, o grau de hipocrisia que caracteriza parte da nossa sociedade!

E MAIS: pela legítima [e LEGAL!] instituição da Lei dos Meios! Considerar como hediondo os crimes de corrupção, os crimes do “colarinho branco”!… Enfim, “vamo” protestar! Em Pindorama, motivos não faltam! Contrariamente! E a liberdade de expressão?! “Nos olhos dos outros é refresco!”…

Felicidades!

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Vlad

Querem gasolina?
A gasolina é dada todo dia.
Hoje foram dois tanques:

1. Feliciano aprova a “cura” gay.
http://odia.ig.com.br/noticia/brasil/2013-06-18/comissao-de-direitos-humanos-aprova-cura-gay.html

2. Ministro afirma que gastos da Copa subiram mais 10%
http://esportes.terra.com.br/futebol/gastos-para-a-copa-2014-aumentam-em-r-25-bilhoes,8b8b3d49d455f310VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html

anderson

Porque Aécio não conta a verdade sobre as tarifas de ônibus
Senador critica mas não informa que comanda o lobby nacional das tarifas das empresas de ônibus municipal, intermunicipal e interestadual
O Senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, utilizou uma rede social para afirmar: “São brasileiros de diversas partes do país se mobilizando, entre outras questões, contra o aumento de passagens, contra a baixa qualidade dos serviços públicos, de transporte”.

Evidente que é precisa e louvável a análise de Aécio esquecendo-se apenas de informar que sua carreira política sempre foi financiada pelos concessionários de ônibus, patrimônio herdado de seu pai que igualmente foi desde a década de 60, defensor dos interesses dos concessionários de ônibus.

No congresso nacional Aécio sempre defendeu os interesses das empresas de ônibus mantendo paralisado quando presidente da Câmara dos Deputados todos os projetos que visavam modernizar e moralizar o setor. Sendo inclusive sua a iniciativa para prorrogação sem licitação das concessões de linhas interestaduais e internacionais.

Foram durante os oito anos que Aécio governou Minas e os três de seu sucessor Anastasia que os concessionários de transporte de passageiros metropolitanos e interestadual conseguiram as maiores tarifas de sua história sem que fosse feito qualquer investimento que a justifica-se. A frota da região metropolitana de BH está ai para atestar tal descaso.

O senador também não informou que por sua orientação as linhas metropolitanas e intermunicipais permanecem entregues a seis famílias através de uma simulada e fraudada licitação que já poderia ter sido anulada pelo MP se o processo não estivesse dormindo no TJMG, assim como o sindicato dos concessionários ganhou o direito de explorar e operar a bilhetagem eletrônica da RMBH sem que igualmente qualquer certame licitatório ocorresse.

Com certeza apostando no esquecimento da população esconde que seu financiador e vice-governador em 2002 foi Clesio Andrade, concessionário de ônibus, hoje senador e presidente da CNT Confederação Nacional do Transporte, envolvido nos maiores escândalos de corrupção do País.

A participação do senador Aécio Neves na defesa dos concessionários de ônibus é tão grande que na aliança celebrada entre o PSDB e PSB para eleger Marcio Lacerda ficou reservado para seu grupo a gestão da BHtrans, empresa municipal que sabidamente defende e representa os interesses dos concessionários de ônibus da capital mineira.

Quem fixa a tarifa, regulamenta e fiscaliza a qualidade do transporte de passageiros em Minas Gerais e o DER-MG autarquia do governo de Minas e na capital mineira o BHtrans, ambos administrados por integrantes do PSDB, escolhidos a dedo por Aécio Neves.

Se o senador quer contribuir para melhoria da qualidade assim como uma menor tarifa porque seu prefeito Marcio Lacerda e seu governador Antonio Anastasia não fazem o que o prefeito de São Paulo Fernando Haddad fez;

“Abrir a caixa preta da planilha que calcula a tarifa do transporte de passageiros. Haddad lembrou que, no custo da tarifa paulistana, o empresário entra com 10%, o poder público com 20% e o passageiro com 70%”.

E agora Senador?

Eunice

Excelente e responsável artigo.

Luiz Felipe Albuquerque: Novo estilo de golpe da direita – Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Scavone: Explosão jovem cheira mais primavera que pólvora e gasolina […]

Ernesto Pilotto

Olá,

faltou dizer sobre a segurança.

Que nós brasileiros não precisamos apenas de dinheiro, comida, bens, mas também segurança, como vamos usufruir algo mortos?

Demissão imediata do ministro zé da (in)justiça.

Um novo PLANO NACIONAL DE PROTEÇÃO AO CIDADÃO. Onde se pré define novas questãos sobre a segurança, policia, rearmamento do cidadão honesto, policia moderna.

    H. Back™

    O Zé da (in)justiça já foi demitido hoje. Até que enfim.

Deixe seu comentário

Leia também