VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Wadih: “Ministério Público virou abrigo da extrema-direita, de uma Gestapo; Raquel Dodge é a chefe”

12 de julho de 2018 às 01h58

PT na Câmara e Agência Brasil

“Ministério público virou abrigo da extrema-direita, uma verdadeira Gestapo”, critica Wadih Damous

 PT na Câmara 

O deputado Wadih Damous (PT-RJ) usou a tribuna da Câmara para denunciar e confrontar mais uma vez “a escalada de fascistização em curso” no sistema de Justiça brasileiro.

O parlamentar criticou duramente a investigação aberta contra o desembargador federal Rogério Favreto pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, anunciada nesta quarta-feira (11).

“O Ministério Público, que já foi uma instituição gloriosa em nosso País, hoje está se tornando abrigo de rapazes de extrema-direita, de uma verdadeira Gestapo. E a chefe dessa Gestapo é a senhora procuradora-geral da República Raquel Dodge. É a Gestapo. E a Gestapo tem que ser enfrentada com as armas da democracia”, denunciou Damous.

De acordo com o deputado do Rio de Janeiro, a investigação aberta pela PGR é “uma tentativa de intimidação contra todos juízes que ousarem se levantar contra a República de Curitiba”.

No domingo, Favreto acatou o pedido de habeas corpus protocolado por Damous e os deputados Paulo Teixeira (PT-SP) e Paulo Pimenta (PT-RS), líder do PT na Câmara, mas a ordem judicial não foi cumprida graças a um conluio envolvendo o juiz Sérgio Moro, a Polícia Federal e os desembargadores Gebran Neto e Thompson Flores, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

“Obviamente, se a decisão de Favreto fosse desfavorável ao ex-presidente Lula, ela [Raquel Dodge] não estaria representando contra ele”, destacou Damous.

Para o petista, a medida contra Favreto “é a subjetividade fascista do Ministério Público levada às últimas consequências” e nenhuma autoridade no Judiciário pode decidir a favor do presidente Lula.

“Essa é a ordem do Estado fascista. Essa é a ordem do Estado policial. Isso é inaceitável”, protestou.

Segundo Damous, Lula é “o único homem capaz de enfrentar o Estado policial, enfrentar o Estado fascista e revogar todas essas medidas de exceção que o governo quadrilheiro de Michel Temer adotou ao longo desses dois anos” após o golpe que tirou do governo a presidenta Dilma Rousseff.

“Contra esse homem foi construído um ordenamento jurídico à parte. A favor dele não vale a Constituição. A favor dele não valem as leis. A favor dele não vale isenção e imparcialidade do poder Judiciário. Contra ele vale tudo. Contra ele vale a exceção. Contra ele vale a perseguição, vale a ilegalidade. Só o povo brasileiro para dar um basta nisso”, concluiu Damous.

Rogério Tomaz Jr.

Leia também:

Jeferson Miola: A assombrosa decisão da ministra Laurita Vaz

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

7 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sebastião Farias

16/07/2018 - 15h12

Bom tarde, meus irmãos, rezemos para que Deus nos livre de todos os males e nos inspire e nos fortaleça na fé em Jesus Cristo para vencermos as tentações. Que Ele também, não nos deixe esqueçer as maldades que afetam negativamente, a nação brasileira que é real e, como recomenda o Santo Padre que a Igreja de Cristo se ponha em saída, é nosso dever como cristãos, não nos acomodarmos e aceitarmos a injustiça crescer e vermos nossos irmãos sofrendo, sem ajuda fraterna. Para glória de Nosso Senhor e por inspiração do Espírito Santo, és aqui, abaixo, a nossa contribuição para sua informação e instrução cidadã.
“Os problemas graves de direitos do Brasil, têm origem em Pecados:
1) Dos cidadãos brasileiros, outorgantes do seu Poder Constitucional,a essas autoridades infiéis – Por não se interessarem em conhecer e a consultar a Constituição Federal, a Constituição de seu Estado e Lei Orgânica de seu Município, para se instruírem e para instruídos, saberem como, quando, onde é a quem cobrarem, responsabilidades, por infidelidades; por desrespeito aos seus direitos, à democracia e ao estado de direito; por desconformidades éticas na aplicação de seus recursos, já que o povo, é o patrão e Fiscal dos fiscais públicos; nos desvios de conduta das autoridades e agentes públicos, dos 03 Poderes da República;
2) Do Poder Legislativo, como legislador, representante e fiscal do povo, auxiliado pelos TC’s – por seu constante desrespeito aos direitos do povo e à CF, à sua infidelidade e à sua pratica aética, em relação ao dono do poder, o povo;
2) Do Poder Executivo, a quem cabe administrá às UF’s e bem executar as Políticas Públicas ara o bem-estar do povo – Por seu desrespeito aos direitos e esperanças do povo e, a Constituição
3) Do STF e instâncias do Poder Judiciário, como guardiões da CF e das leis – não respeitarem a CF e não cumprirem o Artigo 5°;
4) Do MPF e alguns desembargadores, fiscais da Constituição e das leis e promotor da harmonia institucional – Não respeitarem a CF e nem cumprirem, como deveriam, para o bem da nação, o caput do Artigo 127 da CF;
– A falta, a ausência ou a omissão da fiscalização e do controle interno e externo, é que gera a tão popular Corrupção e Sonegação e, nutrem os corruptos, corruptores e sonegadores.👆
A quem interessar possa, és aí, òtimos temas de discussão, debates e entrevistas com autoridades afins, para instrução do povo, né?
Sebastião Farias
Um cidadão brasileiro nordestinamazônida”

Responder

Tiamat

12/07/2018 - 13h18

Wadih Damous não tem senso do ridículo mesmo. Devia estudar história contemporânea antes de fazer comparações descabidas. Gostando ou não, o Brasil é uma democracia, imperfeita certamente, e um Estado de Dierito, igualmente imperfeito, mas funcionam. Caso contrário, os políticos, intelectuais, jornalistas e simpatizantes do PT e demais partidos de esquerda estariam sendo executados,nas ruas ou clandestinamente. Não há cerceamento da liberdade de expressão. Basta acompanhar as redes sociais, há ideologias para todos os gostos. Lula foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Não dá mais para negar isso. O político Lula não existe mais, é apenas uma caricatura de si mesmo; boquirroto e presunçoso. Do mesmo modo que outros políticos condenados na Operação Lava Jato, petistas ou não. Por que essa centralização no Lula? Por que esse endeusamento? Por que a esquerda deixou de investir em novas lideranças?

Responder

oseias caetano da

12/07/2018 - 10h54

TODOS TUTELADOS PELA C.I.A

Responder

maria do carmo

12/07/2018 - 10h50

Estado de Excessao!

Responder

Regina Maria de Souza

12/07/2018 - 09h34

É preciso divulgar que a PGR Dodge é casada com Bradley ? Dodge, que atua no BRasil como diretor da Escola das Nações, a serviço do deep state anglicno. Tão forte é o sr. Dodge que impediu o marquetismo de Temer de ir buscar o filho na escola, assim que a família se mudou para a capital, quando as mentiras do governo ainda gozavam de prestígio.

Responder

David

12/07/2018 - 09h10

Não resta dúvida de que há um conluio entre todas as instâncias do judiciário, MP, PF,´PIG e políticos golpistas para manterem os abusos contra Lula e contra o país.
O que me deixa indignado, é que até agora tudo ficou “muito barato” para esses malfeitores.
Está faltando uma reação a altura.

Responder

maria do carmo

12/07/2018 - 06h00

Estamos em Estado de Excessao!

Responder

Deixe uma resposta