VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Sérgio Guerra: “No governo do PT, tudo é propaganda, tudo é partidarizado”


24/01/2013 - 17h46

24/ 01/ 2013 às 14:14

Nota à Imprensa – PT ultrapassa limite perigoso à democracia

do site do PSDB, sugerido pelo Tiago Tobias

O governo do PT acaba de ultrapassar um limite perigoso para a sobrevivência da jovem democracia brasileira.

Na noite desta quarta-feira, o país assistiu à mais agressiva utilização do poder público em favor de uma candidatura e de um partido político: o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff, em rede nacional de rádio e TV, sob o pretexto de anunciar, mais uma vez, a redução do valor das contas de luz, já prometida em rede nacional há quatro meses e alardeada em milionária campanha televisiva paga pelos contribuintes.

O caráter político-partidário do pronunciamento oficial da presidente pode ser constatado inclusive pela substituição do brasão da República pela marca publicitária do atual governo na vinheta de abertura da “peça publicitária” veiculada em cadeia nacional.

Durante os oito minutos de divulgação obrigatória por parte das emissoras de rádio e TV brasileiras, a presidente Dilma faltou com a verdade, fez ataques a seus adversários, criticou a imprensa e desqualificou os brasileiros que ousam discordar de seu governo.

O conceito de República foi abandonado. A chefe da Nação, que deveria ser a primeira a reconhecer-se como presidente de todos os brasileiros, agora os divide em dois grupos: o “nós” e o “eles”. O dos vencedores e o dos derrotados. Os do contra e os a favor. É como se estivesse fazendo um discurso numa reunião interna do PT, em meio ao agitar das bandeiras e ao som da charanga do partido.

O PSDB denuncia o uso indevido feito de um instrumento reservado ao interesse público para promoção pessoal e política da presidente, e alerta os brasileiros para a gravidade desse ato que fere frontalmente os fundamentos do Estado democrático.

No governo do PT, tudo é propaganda, tudo é partidarizado. Nada aponta para o equacionamento verdadeiro dos problemas do país ou para uma solução efetiva.

Em vez de assumir suas responsabilidades de gestora, fazendo o governo produzir, o que se vê é o lançamento prematuro de uma campanha à reeleição, às custas do uso da máquina federal e das prerrogativas do cargo presidencial.

Brasília, 24 de janeiro de 2013

Deputado Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB

Leia também:

A íntegra do discurso de Dilma





123 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

kalifa

29 de janeiro de 2013 às 10h51

Então o sergio guerra não assiste a tv cultura de são paulo que faz política partidária né????É melhor não ver mesmo não vale a pena!Até os criadores enojam ao vê-la!

Responder

MataTrolls

25 de janeiro de 2013 às 16h52

Sérgio Guerra não é aquele que tava na CPI do orçamento, nuns lances com o extinto DNER? Ah, bom….

Responder

james

25 de janeiro de 2013 às 16h17

PSDB diz: “O governo do PT acaba de ultrapassar um limite perigoso para a sobrevivência da jovem democracia brasileira”, o que dizer então do que estava acontecendo antes deste pronunciamento da DILMA: os meios de comunicação globo, folha, estadão e veja vinham a semanas martelando no apagão e profetizando apagão nos estádios de futebol na copa do mundo,
Primeiro: não teve apagão e nem vai ter, Segundo: ainda por cima diminuição nas tarifas não 2 ou 4% estamos falando desconto acima de 18%,
Então o que foi falado e escrito durante dias prevendo só desgraça para o BRASIL não ultrapassa limites nenhum, senhores do PSDB??????
Não diminui nosso BRASIL no mundo, não afugenta investimento e turistas????
E isso e bom para o BRASIL afirmar problemas como fosse acontecer e não acontece,
Ninguém e punido por estas previsões que não acontece,
Quem paga os prejuízos com certeza não e o Guerra nem o PSBB e o povo que perde oportunidades EU ACHO QUE AI QUE ESTA O PRAZER DESTA CAMBADA…

Responder

Vieira

25 de janeiro de 2013 às 14h07

É o velho anão do orçamento enfurecido.Baixa mais Dilma!!!!!!!!!

Responder

Luciana Pires

25 de janeiro de 2013 às 14h04

kkk Tá tendo eleições no Brasil em janeiro? Ou vestiram a carapuça??

Responder

Mário SF Alves

25 de janeiro de 2013 às 13h55

É… pelo visto os intectuais orgânicos e os políticos ANTI-POLÍTICA do PSDB andam por demais envolvidos com o BBB e o Bial. Cuidado, tucanos: a dialética do Bial até admite a controvérsia, mas, a síntese, meus caros, essa é pedrobialmente e categoricamente negada. O outro Pedro, o genial Cardoso, que o diga.
______________________________________
E aí, PSDB, qual a estratégia? Estratégia política, tá claro?
_______________________________________________
Uma dica: em lugar de vir a público pagar mico tão homérico, em crítica tão impertinente à querida presidenta Dilma, por que não esquecer um pouco a mídia corporativa e os respectivos [e escusos] interesses defendidos por ela e tratar de usar a cabeça e fazer a boa e próspera política? O Kassab tá tentando. E aí…? É pegar ou largar! Só não dedo no olho.

Responder

Isidoro Guedes

25 de janeiro de 2013 às 13h09

Pobre Sérgio Guerra! (quer dizer, pobre nem tanto, pois seu haras na zona rural de Carpina, município da Zona da Mata Norte de Pernambuco, não é propriamente o que possamos chamar de propriedade de pobre…). Tadinho do presidente da oposição sem rumo! O que é que ele quer, que a presidente continue a apanhar da mídia reacionária e direitista e sequer use a sua prerrogativa de falar para a Nação? Francamente né!?

Responder

Aline C Pavia

25 de janeiro de 2013 às 13h08

Tucanalhas vão chorar (DE NOVO) na cama, que é lugar quentinho.

Responder

José X.

25 de janeiro de 2013 às 12h58

O que me surpreende é alquém se dar ao trabalho de responder essa nulidade chamada Sérgio Guerra…

Responder

Mário SF Alves

25 de janeiro de 2013 às 12h01

É… vestiram a carapuça. A direta surtou. E agora?

Responder

kalifa

25 de janeiro de 2013 às 11h31

O sergio guerra não representa nem mesmo o aecio e o çerra ao mesmo tempo!Alias ele não passa de um bufão ventríloco!

Responder

Narr

25 de janeiro de 2013 às 11h20

“Ás custas”? De qual processo? Eu sou do tempo em que tucano-udenista dizia que petista é que escreve com desrespeito à norma culta.

Responder

Marinho

25 de janeiro de 2013 às 11h17

Não esqueçamos os soldados na refinaria; as plataformas de petróleo afundando;vazamentos em refinarias dia sim, dia também; não esqueçamos as romarias ao FMI para pedirmos” uma esmolinha pelo amor de Deus”; não esqueçamos o tratado neocolonial da base de Alcântara; não esqueçamos a compra de voto pela reeleição; não esqueçamos o senhor Lafer sem sapatos num aeroporto yankee…

Responder

Jose Mario HRP

25 de janeiro de 2013 às 10h39

É muito gostoso ver esse bando esperneando e nesse eterno chororô!
Parabens Dilma!
Mandou bem!
Queria ver a cara do Roberto Freire, outro chorão rancoroso!

Responder

Gerson Carneiro

25 de janeiro de 2013 às 10h22

“No governo do PT … Nada aponta para o equacionamento verdadeiro dos problemas do país…”

É um completo imbecil. Mete um “equacionamento” na frase e acha que virou Eric Hobsbawm.

Responder

Mardones Ferreira

25 de janeiro de 2013 às 10h03

“Em vez de assumir suas responsabilidades de gestora, fazendo o governo produzir,”

Acho que o tucano confundiu o país e seu povo com uma fazenda de gado ou de café.

Na constituição do PSDB a função do presidente de um país (não estamos falando de uma fazenda) é gerir e produzir. Similar a uma bíblia de administração privada. k k k

Responder

monge scéptico

25 de janeiro de 2013 às 10h00

Está errado esse idiota. Não se trata de propaganda: trata-se de prestação de contas ao povo; transparência ; algo que nunca houve no governo do farol apagado e seu irmão
siamês o jênio zéserrote(junto mesmo).
O governo não pode nem deve deixar de prestar contas, embora saibamos que muita coisa
ainda ocorre sob os pano.
A tendência, é isso mude, a medida em a noção de cidadania cresce na consciência das
massas. Nuncas mais piratas no governo.
Dilma; acirre a questão da transparência, porque aqui, procura-se deixar de lado o que
é um dever para com o povo, este ainda sonolento.

Responder

RicardãoCarioca

25 de janeiro de 2013 às 08h26

Ele não é um ex-anão do orçamento? Então tá. Que os opositores que batem ponto aqui pague 20% a mais na conta de luz.

Responder

roberto almeida

25 de janeiro de 2013 às 03h24

Esse discurso do boneco das elites financeiras – Sérgio Guerra – é velho, já vem de décadas. Foi o mesmo discurso golpista lançado pela UDN de Carlos Lacerda contra as reformas de base do governo de Jango. À época, sem voto como agora, a direitona buscava no golpe de estado a única forma de chegar ao poder. O proselitismo é idêntico. Se baixar o preço da energia, baixar os juros, investir na infra estrutura do país significa fazer política, podemos dizer: santa política. Quanto ao PT estar no poder, nada é mais legítimo; afinal, está lá pelo voto. Estranho seria o PSDB estar no poder: carece de votos.

Responder

Marco

25 de janeiro de 2013 às 01h55

Chora, Sergio Guerra, chora!!! E tem motivo, afinal, a oposição saiu deste discurso da Presidenta Dilma duplamente derrotado, primeiro pelo governo federal ter abaixado as tarifas de energia elétrica e depois por ter ficado claro que os governadores do psdb foram ferozmente contra a redução da tarifa de energia. Chora, Sergio Guerra, chora!!!

Responder

Eduardo Guimarães: Oposição age como kamikaze da conta de luz « Viomundo – O que você não vê na mídia

25 de janeiro de 2013 às 00h35

[…] Sérgio Guerra: Dilma avançou o sinal […]

Responder

    Cacá Oliveira

    25 de janeiro de 2013 às 10h24

    Pura dor de cotovelo… Não sei se fico indignada (é cada coisa que vem da “oposição”) ou caio no riso. O PSDB é assim, sempre desmerece os feitos dos outros, em quem projeta seus próprios deméritos.
    O “jeitinho” de fazer política dos demotucanos prenuncia o futuro que os aguarda (e chega a passos largos), tão decadente…
    Se nem os grandes impérios da mídia conseguem alavancar esses partidos, só resta ficarem rosnando e babando diante do inevitável e certeiro fim.
    Morro de dó!

    Raimundo Pedroza

    25 de janeiro de 2013 às 11h54

    Uma mentira dita insistentemente acaba virando verdade, não é assim que dizem? Pois os Tucanos, a UDN, o PIG e Roberto freire (com f menúsculo)nem para isso têm competência: Quanto mais mentem, mais mentirosos parescem! Sugestão: Mandem fazer uma pesquisa que não seja pelo IBOP nem DATA FOLHA para ver o real tamanho de vocês.

Angela Liuti

25 de janeiro de 2013 às 00h21

A batata do guerra assou ou serviu a carapuça!?

Responder

Angela Liuti

25 de janeiro de 2013 às 00h20

Dá-lhe Dilma! era o que deveria ter sido feito desde o primeio mandato do Lula – usar mais a rede nacional – faltou convocar o povo – fica para a próxima – esperamos muito por este pronunciamento, lvou a alma. Antes mesmo de ser petista sempre pensei que o Lula em seu governo deveria ter se pronunciado mais vezes e até ter convocado o povo às ruas antes de fazer conchavos com partidos tortos em nome da dita governabildiade. Governar ao lado do do povo, vide Chaves, vide Morales, vide Dilma – Pronunciamentos em rede,única forma de enfrentar e desmentir a velha midia , esta sim partidarizada.Dá-lhe garota!Dorme com esta seu guerra!

Responder

Roberto Locatelli

25 de janeiro de 2013 às 00h05

A mídia tucana e os partidos a ela subordinados (PSDB, PPS, Dem e PSOL) criaram uma realidade paralela.

Os que acreditam na velha mídia (conhecida como PIG) vivem nessa realidade, na qual o Brasil está em grave crise, o desemprego é galopante, multidões vagam famintas pelas ruas e só José Serra poderá nos salvar.

O problema dos demotucanos é que as eleições não ocorrem nessa realidade paralela, e sim no Brasil real.

Responder

    Rodrigo Leme

    25 de janeiro de 2013 às 09h20

    Então o governo não está gastando 8 bilhões do nosso dinheiro por ano para reduzir a conta de luz? Eu sou muito mal informado mesmo…realmente há redução da conta, e isso esta saindo somente das operadoras de energia, sem mexer no Tesouro.

    Fico até aliviado…

    Aline C Pavia

    25 de janeiro de 2013 às 13h05

    Isso graças às três concessionárias tucanas que não aderiram ao plano. O aporte do Tesouro teve de compensar os “do contra”.

    Ozeias Laurentino(pai) Aparecida de GO

    26 de janeiro de 2013 às 21h32

    Legal! dinheiro do BNDES pra privatria tucana pode! Para a conta de energia de toda a população não pode, aaaaaaah o que é isso companheiro.

    Mário SF Alves

    25 de janeiro de 2013 às 11h03

    Essa foi direto ao cerne/centro nervoso da desconstrução da realidade/tábua de salvação da oposição demo-tucana. Política que é bom mesmo, nada. Nisso é que dá rifar até a própria inteligência em nome do deus-mercado-banco-rentista. Eis aí o resultado da anti-política preconizada e condição fundamental do neoliberalismo; eis aí a rebordosa das mega-priva-entregatizações demo-tucanas. Agora, fazer o quê? Chorem que é de graça! Só na base da realidade PiG-paralela e de silomalafaísmos de todo gênero, senão… adeus elite Casa Grande-Brasil-Eterna-Senzala.

Leandro

24 de janeiro de 2013 às 23h58

Creio que o comprometimento do PSDB e a mídia golpista com os gringos deve ser muiiiiito grande. À quem servem de fato ?????? Hora de dar nomes aos bois.

Responder

Francisco

24 de janeiro de 2013 às 23h56

Essa nota do Partido da Social Democracia não foi nem propaganda e nem partidarizada.

Foi… “neutra”.

Responder

Marcelo S.

24 de janeiro de 2013 às 23h53

Esse cara deu uma entrevista semana passado ao Sul21 que expos a falta de idéias do PSDB. Eles realmente nao tem mais o que falar.

Responder

Marat

24 de janeiro de 2013 às 23h10

Eu só espero comentários rasteiros de um dos anões do orçamento! E, ao contrário daquelo do conto de fadas, este pode ser chamado de “Infeliz”!

Responder

Eduardo Vieira Miranda

24 de janeiro de 2013 às 22h47

Ainda não tinha assistido.

Vi, e como o espaço é para comentário, digo:

que paulada hein?!

Desde aquela no Agripino Maia que eu não via uma dessas…

Gostei.

Responder

    Roberto Locatelli

    24 de janeiro de 2013 às 23h48

    Por falar nele, Agripino disse que Dilma “insultou a oposição” com esse pronunciamento. De novo, perdeu uma boa chance de ficar calado.

    Caso alguém não conheça o famoso episódio em que Agripino acusou Dilma de mentir para seus torturadores (!!), o vídeo é este:

    https://www.youtube.com/watch?v=Tiyezo1fLRs

Helio

24 de janeiro de 2013 às 22h38

“No governo do PT, tudo é propaganda, tudo é partidarizado”

E nos governos DEMotucanos, tudo é policialesco, judicialesco, STFealesco, engavetado, assassinatos…de P.P.P., claro…os THOR’s da vida, são imunes nesta gente.

Responder

    Mário SF Alves

    25 de janeiro de 2013 às 11h53

    Os Thor’s parece-me que nem tanto, mas o resto é puro “ipisis literis”; a mais pura verdade, sem tirar nem por uma vírgula sequer. Valeu, Hélio!

Lindivaldo

24 de janeiro de 2013 às 22h32

O Sérgio Guerra, que representa a vontade PSDB, em âmbito nacional, bem que deveria buscar junto ao Poder Judiciário a anulação dos descontos.
O povo ia adorar…
Afinal, os governadores tucanos de MG, SP, PR e GO, em conluio com as concessionárias, quase que conseguiram impedir. Apenas, a Dilma, de teimosa que é, não se conformou e decidiu bancar a conta.
Avante, Sérgio Guerra!

Responder

Oswaldo

24 de janeiro de 2013 às 22h25

É o sonho da tucanada: que a Dilma se restrinja ao papel de gerentona e que não demonstre nenhum gesto de posicionamento político. Que nunca se dirigisse à nação como fez neste pronunciamento:
FRACASSARAM!

Responder

Jotace

24 de janeiro de 2013 às 22h23

Rejeitado pelo povo pernambucano, desacreditado na oposição por todo o país, o Sr. Sérgio Guerra teima em aparecer como um líder mesmo sem que seus próprios companheiros de partido acreditem no que afirma. Sua insistência é tão notória que faz lembrar aquele provérbio de países latinos de língua espanhola: “Perro huevero, aunque le quemen el hocico, sigue comiendo huevo…” Jotace

Responder

Mário SF Alves

24 de janeiro de 2013 às 22h12

“O PSDB denuncia o uso indevido feito de um instrumento reservado ao interesse público para promoção pessoal e política da presidente, e alerta os brasileiros para a gravidade desse ato que fere frontalmente os fundamentos do Estado democrático.”

________________________________________________
Suponhamos, ainda que por breve instante, que o “rasgador de cartaz instalado nas dependências do Congresso Nacional visando a convocação de CPI para investigar a privataria tucana” estivesse sendo sincero. Suponhamos que, de fato, o pronunciamento da Presidenta fira frontalmente os fundamentos blá, blá e blá…
________________________________________________________
Ainda assim restaria saber:

1- A que Estado democrático sua excelência, o deputado, defensor até às entranhas e catedrático em neoliberalismo terra-arrasada se refere? Será que é o Estado Democrático [ainda precário em termos] de Direito que temos?
2- Se assim for, quem realmente teria e tem ameaçado frontalmente o referido Estado? E mais, quem fez e faz tremer as bases da democracia ao apoiar, agir ou omitir-se ante a intolerância, dissimulação e propaganda panfletária de extrema direita que vem corroendo esta mesma democracia desde as últimas eleições presidenciais? Quem faz tremer as bases dessa mesma democracia ao apoiar, agir ou omitir-se ante o show de autoritarismo e campanha odiosa que permeou o julgamento da AP 470?
________________________________________________
Ora, deputado, deixe de firulas; assuma de frente e de vez o fato de o PSDB estar condenado a mais outra longa década às escuras em relação ao poder, prestígio e do dinheiro administrados pelo Governo Federal.
__________________________________________________________
Assuma de vez, deputado, assuma de vez que a culpa por tal desígnio é toda sua, toda do seu querido PSDB e sua aversão à democracia verdadeira.

Responder

    Mário SF Alves

    24 de janeiro de 2013 às 22h27

    Quer saber? Interessa entender essa charada guerreada? Pega o dicionário de antônimos e traduza tudo ao contrário. Só assim vamos saber exatamente do que trata a chiadeira do PSDB.
    _____________________________________
    Exemplo: onde ele fala em ameaça à democracia, entenda o contrário, ou seja, o medo dele é o risco de quebra de privilégios seculares pela perspectiva de consolidação dessa mesma democracia.

Maria Izabel L Silva

24 de janeiro de 2013 às 22h12

A única coisa que ameaça a jovem democracia brasileira é o PIG.

Responder

José Mendes

24 de janeiro de 2013 às 22h07

Dilma não falou quem eram os agourentos, não falou nome de partido,não falou que era a oposição e nem falou que era a imprensa, mas os caras vestiram a carapuça e reagiram. Assumiram o delito… kkkkkkkkkkkkkk

Responder

emerson57

24 de janeiro de 2013 às 22h07

calma gente!
sem tripudiar, por favor.
tenham um pouquinho de dó.
é apenas o “jus esperniandis” do psdb e do pig assinado pelo sergio guerra.

Responder

Abelardo

24 de janeiro de 2013 às 22h02

É bom ver que os recalcados, invejosos, derrotados e sem prestígio, estão muito mais raivosos e peçonhentos por terem chegado a terrível conclusão de que o Brasil está crescendo como nunca se viu nos tempos modernos e que o Brasil ganha o reconhecimento mundial e ganha também a maior aprovação que se tem história, sem depender, absolutamente, de uma linha escrita ou uma frase proferida por eles, ou seja, a mídia, serviçal e fantoche da elite despudorada e golpista. Essa elite despudorada e golpista e a sua servil, derrotada e bajuladora mídia, ainda terão que suportar muitas lições, derrotas e humilhações pelo governo atual. Serão lições, em forma vitórias, sobre competência econômica, inclusão e igualdade social, sobre o verdadeiro exemplo de democracia, de distribuição de renda e de como respeitar e admirar o Brasil, os brasileiros e as brasileiras. Este senhor deveria saber que o Brasil precisa cada vez mais é de patriotas e não de pessoas nefastas que pelos porões obscuros, tramam traiçoeiras e recalcadas estratégias para tentarem jogar a população contra o governo, que é o seu maior bem feitor, querendo que tudo dê errado. Podem ser pessoas doenças e/ou insanas que se julgam donas do país e se julgam, também, as únicas que podem determinar os seus passos, mesmo que seja em direção ao abismo.

Responder

    Mário SF Alves

    25 de janeiro de 2013 às 12h00

    Simples assim, caro Abelardo.

João Vargas

24 de janeiro de 2013 às 21h55

Pois é né Sérgio, onde já se viu a Dilma tirar oito minutos da programação altamente cultural da tv e do rádio para dar boas notícias ao povo brasileiro? isto é uma verdadeira ameaça a democracia do PIG.

Responder

Regina Braga

24 de janeiro de 2013 às 21h52

Adorei a propaganda da Dilma e a band tbém.Guerra perde a guerra e tbém o pig.

Responder

Marisa Cantão

24 de janeiro de 2013 às 21h40

Não é só propaganda não, tem também muita corrupção, roubalheira, demagogia e completa incompetência, aliás, incompetência tem de sobra.

Responder

marta

24 de janeiro de 2013 às 21h36

Pasmem! Eles vivem utilizando a imprensa que já virou oposição descaradamente, para destilar ódio contra o PT e governo. Usam o JN que é um meio de informação para condenar o PT e o governo, acusando e afirmando coisas que nunca foram provadas,sem limite de tempo. Agora, quando o governo num regime democrático, vai aos meios de comunicação para se dirigir aos cidadãos, eles se enfurecem. Mais uma vez detonando o governo, vêm com essa conversa de crianças mimadas. Tipo assim: Só nós podemos brincar e jogar aqui. Afinal, somos donos do campo e da bola. Gente hipócrita!

Responder

Bruce Guimarães

24 de janeiro de 2013 às 21h08

Dilma falou que não fala do aumento da gasolina. Parece piada, mas não é:

“Meu querido, eu não falo sobre aumento de gasolina. Eu falo sobre redução de tarifa de energia: 18 e 32”, disse a presidente, referindo-se à redução de 18% da conta de luz para residências e de 32% para o setor produtivo que começou a valer nesta quinta.

Responder

    Luiz (o outro)

    25 de janeiro de 2013 às 11h13

    Piada é a oposição e os que ainda acham que a demotucanalha tem algo de sério…

Abel

24 de janeiro de 2013 às 21h01

Sérgio Guerra era aquele que em 2010 não via Dilma nem pelo retrovisor…
Guerra: “não vejo Dilma nem pelo retrovisor”

Responder

Juarez Marques

24 de janeiro de 2013 às 20h52

O PT está comprando a imprensa em MG ou é a quadrilha a qual este Sr. pertence?

Responder

Ronaldo Braga

24 de janeiro de 2013 às 20h46

Ver a oposição derrotista estrebuchando não tem preço…
Dá-lhe Dilma!

Responder

Roberto Ribeiro

24 de janeiro de 2013 às 20h43

Dilma deve estar com torcicolo por ficar lendo a nota tucana pelo retrovisor.

Responder

Julio

24 de janeiro de 2013 às 20h42

CONFRONTAR OS INTERESSES DE POUCOS EM BENEFICIOS DE MUITOS…..esse é o final do editorial do jornal da Band

VIVA LUIS INÁCIO LULA DA SILVA

VIVA DILMA ROUSSEF

Responder

tori

24 de janeiro de 2013 às 20h31

Este é o velho Sergio de Guerra, que calado passa por poeta e falando prova que é pateta.

Responder

Ricléo

24 de janeiro de 2013 às 20h26

Quem é Sergio Guerra?
É aquele que quando deputado federal só fazia dormir?
Ou é aquele que bateu recorde de faltas no plenário?
Ou será aquele que não apresentou nenhum projeto durante seu mandato?
Ou é um anão do orçamento?
Quem é ele afinal?

Responder

Bruce Guimarães

24 de janeiro de 2013 às 20h25

Falou tudo o Aécio Neves

“O Brasil assistiu ontem a mais um exemplo inaceitável de como o PT usa, sem constrangimentos, estruturas de Estado para alcançar seus objetivos políticos. Sem razão que justificasse a formação de uma rede nacional obrigatória, vimos a apropriação de um instrumento de Estado para fins político-partidários. Falou à Nação não a presidente da República, mas um partido político, evidenciando, como nunca antes neste país, a mistura entre o público e o particular; o institucional e o partidário.”

Responder

    abolicionista

    25 de janeiro de 2013 às 08h17

    Deve ser por isso que ele votou contra a redução da tarifa…

    Ozeias Laurentino(pai) Aparecida de GO

    26 de janeiro de 2013 às 21h49

    Aécio não fala podeja pelo PIG, ele quer a DILMA também faça sua campanha a governador de minas? porque é isso que ele vai ser, só ta evidencia pra isto.

Diniz Lima

24 de janeiro de 2013 às 20h21

Sistema Elétrico no Brasil: Lula instala os “postes”, Dilma baixa as tarifas, e a oposição “dá a luz” !!

Responder

FrancoAtirador

24 de janeiro de 2013 às 20h18

.
.
Sim, sim, sim…

Como Dilma Vana Rousseff, Presidente da República Federativa do Brasil,

se comunica com a população brasileira, por rede de rádio e televisão,

e atrasa a propaganda do Bradesco no Jornal Nacional da Rede Globo?

Onde se viu o governo governando? Assim não pode! Assim não dá! …
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    24 de janeiro de 2013 às 20h43

    .
    .
    PRESIDENTE DO BRADESCO OMITE DEMISSÕES EM ENCONTRO COM A PRESIDENTA DILMA

    23/01/2013
    Banqueiro fala em contribuição do setor financeiro para o desenvolvimento do país, mas demitiu, em um mês, mais de 50 trabalhadores no RJ

    Por: Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro, via CUT NACIONAL

    Num encontro com o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, no Palácio do Planalto, em Brasília, no último dia 11, a presidenta Dilma Rousseff defendeu “a ampliação do financiamento ao setor privado”, a “necessidade de manutenção dos empregos”, além de “uma redução maior dos juros”.

    A reunião com o presidente do banco ocorreu um dia após a visita feita pelo banqueiro à Contraf-CUT, em São Paulo.

    No encontro com Dilma, Trabuco disse que a economia do país vive um bom momento, apesar da crise europeia, e destacou que “os bancos têm um papel importante no desenvolvimento econômico”.

    O Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro critica o fato de o banco esconder da presidenta da República a política de demissões da empresa. Somente no Rio de Janeiro já são mais de 50 bancários dispensados, desde dezembro de 2012.

    “Numa reunião em que o emprego é o tema central é estranho que o presidente do segundo maior banco privado do país omita a sua política de demissões, causada pela alta rotatividade, além da exploração dos funcionários que continuam trabalhando”, critica o diretor do Sindicato, Geraldo Ferraz. O sindicalista ressaltou ainda que os bancários não vão se calar diante das dispensas.

    O presidente Almir Aguiar disse que o Sindicato vai enviar uma carta à Presidência da República denunciando as dispensas no Rio, fato omitido por Trabuco no encontro com Dilma.

    “Se a economia vai bem e os bancos continuam faturando como nunca, por que demitir? A presidenta precisa saber disso”, afirma.

    No encontro com o presidente do Bradesco, na sede da Contraf-CUT, no último dia 10, em São Paulo, o presidente da entidade, Carlos Cordeiro, também cobrou de Trabuco a manutenção dos empregos no setor.

    http://www.cut.org.br/destaque-central/51115/presidente-do-bradesco-omite-demissoes-em-encontro-com-a-presidenta-dilma

    FrancoAtirador

    24 de janeiro de 2013 às 21h23

    .
    .
    TAGs: MÍDIA BANDIDA; ESPOLIADORES & TUCANALHAS

    GLOBO; BRADESCO & PSDB: TUDO A VER!
    .
    .

    Mário SF Alves

    25 de janeiro de 2013 às 13h23

    Franco, prezado Franco. Admiro sua determinação. Você e essa inesgotável atenção e respeito à dinâmica de todo o processo. Obrigado, companheiro, por sempre nos lembrar que mais do que síntese, é necessário que estejamos atentos ao inevitável choque e acirrada luta acirrada entre contrários. Afinal, a dialética é feita disso, não é? Ela não é apenas síntese. Ainda que a percepção e a advinhação dos processos sejam por si só de relativa importância, são, porém, frágeis, deixando seus detentores sujeitos a ficarem inertes no meio do caminho.
    Atenciosamente,

    Mário SF Alves

Gilson Raslan

24 de janeiro de 2013 às 20h10

Sérgio Guerra, propaganda eleitoral antecipada é crime eleitoral. Se você acha que ela fez propaganda eleitoral porquê você não faz uma representação do TSE contra a Presidenta?

Responder

    Fabio Passos

    24 de janeiro de 2013 às 20h54

    Se o PiG mandar… sergio guerra balança o rabinho e faz a representação. rsrs

Lucas do PSDB

24 de janeiro de 2013 às 20h02

Sérgio Gerra está corretíssimo!!! Não se pode utilizar um instrumento do Estado Brasileiro para fins eleitoreiro de um partido!!!

Responder

    francisco niterói

    24 de janeiro de 2013 às 20h53

    Lucas “DO PSDB”

    “PRAZER” em conhecê-lo. Eu sempre achei que a militancia do PSDB fosse como o PAPAI NOEL. Todo mundo fala nele mas ninguem nunca viu.

    Abel

    24 de janeiro de 2013 às 21h06

    Só se esse partido for o PSDB ;)

    Paulo Gonçalves

    24 de janeiro de 2013 às 21h22

    Você deve estar falando das propagandas da SABESP pelo Brasil afora, né?

luiz pinheiro

24 de janeiro de 2013 às 19h57

Vejam nesse endereço o que diz a Fiesp sobre a coragem da presidenta Dilma e a completa nulidade do governador Alckmin e do secretário Aníbal: https://www.youtube.com/watch?v=Vsvdm6KdIkU

Responder

luiz pinheiro

24 de janeiro de 2013 às 19h54

Está no video aí em cima, mas sempre é bom colocar também no escrito: DILMA EM CADEIA NACIONAL: “ELES ERRARAM FEIO” ” Surpreende que, desde o mês passado, algumas pessoas, por precipitação, desinformação ou algum outro motivo, tenham feito previsões sem fundamento, quando os níveis dos reservatórios baixaram e as térmicas foram normalmente acionadas. Como era de se esperar, essas previsões fracassaram. O Brasil não deixou de produzir um único kilowatt que precisava(…). Cometeram o mesmo erro de previsão os que diziam, primeiro, que o governo não conseguiria baixar a conta de luz. Depois, passaram a dizer que a redução iria tardar. Por último, que ela seria menor do que o índice que havíamos anuciado. Hoje, além de garantir a redução, estamos ampliando seu alcance –e antecipando sua vigência. Isso significa menos despesas para cada um de vocês e para toda a economia do país (…)Todos, sem exceção, vão sair ganhando(…) Espero que, em breve, até mesmo aqueles que foram contrários à redução da tarifa venham a concordar com o que eu estou dizendo.Aliás, neste novo Brasil, aqueles que são sempre do contra estão ficando para trás, pois nosso país avança sem retrocessos, em meio a um mundo cheio de dificuldades.Hoje, podemos ver como erraram feio, no passado, os que não acreditavam que era possível crescer e distribuir renda. Os que pensavam ser impossível que dezenas de milhões de pessoas saíssem da miséria. Os que não acreditavam que o Brasil virasse um país de classe média. Estamos vendo como erraram os que diziam, meses atrás, que não iríamos conseguir baixar os juros”. (Presidenta Dilma; 23-01-2013)

Responder

Maria Rita

24 de janeiro de 2013 às 19h50

‘O PSDB denuncia o uso indevido feito de um instrumento reservado ao interesse público para promoção pessoal e política da presidente, e alerta os brasileiros para a gravidade desse ato que fere frontalmente os fundamentos do Estado democrático.’!?!Acuma!?! Detalhe importante: ‘…o uso indevido feito de um instrumento reservado ao interesse público para…’ Ah, mas isso quem faz é o pig e a oposição. Sérgio Guerra, essa sua bravata deu o mote para a regulamentação dos meios de comunicação. E não foi por conta do discurso presidencial. Você chamou a atenção para o uso indevido de um instrumento de interesse público usado indevidamente pelos barões da mídia nacional!Ops!

Responder

MariaC

24 de janeiro de 2013 às 19h44

Substituiu à altura o cara…………….Artur virgílio, o elegante.
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.

Responder

ISBEL

24 de janeiro de 2013 às 19h44

quanto mais eles abrem a boca mais … sai kkkkkkkk

Responder

Bonifa

24 de janeiro de 2013 às 19h43

Infelizmente para o PSDB, o Sérgio Guerra não goza de muita credibilidade. Tem fama de falastrão e exagerado.

Responder

Luiz

24 de janeiro de 2013 às 19h39

O cara é sem noção mesmo.

Responder

Julio Silveira

24 de janeiro de 2013 às 19h27

É o famoso choro protocolar. Para que se acredite em oposição politica no Brasil, fora da já reconhecida midia corporativa.

Responder

lulipe

24 de janeiro de 2013 às 19h27

Não nos esqueçamos da estrela do PT no jardim do Alvorada!!!

Responder

    Abel

    24 de janeiro de 2013 às 21h08

    Não nos esqueçamos é da Privataria Tucana!

Tomudjin

24 de janeiro de 2013 às 19h25

É a famosa “inversão de valores”. Na verdade, quem governa a partidarização da propaganda é a nossa “apartidária” imprensa.

Responder

Cibele

24 de janeiro de 2013 às 19h21

Vejam este vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=Vsvdm6KdIkU

Responder

Luiz Orozimbo

24 de janeiro de 2013 às 19h13

É, seria engraçado se não viesse de quem veio. Esse psdb, é minúsculo mesmo, não olha pro próprio rabo. Vejam o caso daqui de Minas Gerais, é propagado para todo o país o “choque de gestão”, o “déficit zero”, a “melhor energia do país”, mas o real não pode ser mostrado e muito menos é questionado. Como a dívida de Minas já chegou a 70 bilhões de reais se existe o déficit zero? Porque o governo mineiro foi contra a redução das tarifas de energia e em Minas se tem a energia mais cara do Brasil? Toda a mídia mineira não publica uma linha que não seja a favor do governadorzinho e do senador carioca por Minas. Vá lamber sabão, “sérgio guerra”.

Responder

João Luiz

24 de janeiro de 2013 às 19h09

Eu sou contra esse governo peto-clepto-chavo-bolivariano-populista!!
Como resposta a esse populismo todo que assola nossa pátria, notifiquei os bancos nos quais detenho contas e aplicações para que, em hipótese alguma, diminuam suas mais do que merecidas taxas de juros!! Nego-me à rendição!
Também vou notificar a COPEL para dizer que NÃO ACEITO o desconto de 18% em minha conta de luz! Que esse nobre lucro seja enviado ao seu acionista privado, o grupo Dominó, do qual faz parte (sempre ele!) o “brilhante” (sic FFHHCC) orelhudo!
O lucro é sagrado, ainda mais dos especuladores financeiros e energéticos! Mexeu com eles, mexeu comigo!
Ass: assinante da Veja

Responder

João Luiz

24 de janeiro de 2013 às 19h04

Isso é o melhor que eles conseguem fazer?
Quanto mimimi.

Responder

PEDRO HOLANDA

24 de janeiro de 2013 às 18h57

Dona Conceição e Sr. Azenha, Se vivo fosse Wando estaria cantando para o PSBD. ´´Doeu ai doeu ai´´
Pois é quem planta chuva… Colhe tempestade. Pau demais na cabeça endoida, como dizemos por aqui em Pernambuco.

Responder

Urbano

24 de janeiro de 2013 às 18h54

O biu war é um zé contra-rampa com chapéu de couro… somente. Até o fato de nunca falar coisa com coisa…

Responder

Ramalho

24 de janeiro de 2013 às 18h37

Não, não é choradeira, não! Trata-se de declaração que encerra reflexão de peso! Com ela, preveniram-se descaminhos nos quais nossa jovem democracia, se por eles enveredasse, ruiria. Foi mais uma decisiva contribuição ao país dessa oposição que sempre trabalhou pelo bem todos nós.

Realmente, é muita desfaçatez da Dilma anunciar redução de tarifa de energia elétrica, e pela segunda vez! Deveria ter sido presa pela exorbitância.

Sérgio Guerra, que de guerrear só tem o nome, pois trata-se de pacifista notório da gloriosa direita, tem razão em indignar-se com a redução do chamado custo Brasil. Primeiro os juros, agora a energia elétrica, onde é que gentalha quer chegar? Já não bastam as desonerações para manter a economia em andamento?

Como diria FHC, assim, não dá; assim, não pode.

Responder

Marcio H Silva

24 de janeiro de 2013 às 18h37

São uns idiotas. Em desespero esquecem que Dilma é a Presidenta desta Nação e tem procuparação da maioria do povo para vir na TV, uma concessão pública, esclarecer as mentiras divulgadas pelos aliados do PSDB, sempre que for necessário e conveniente. Este partido neoliberal não tem candidatos decentes, não tem propostas decentes e só sabem atacar os que estão no poder. Depois não entendem porque encolhem eleição após eleição.

Responder

João Da Silva

24 de janeiro de 2013 às 18h31

PSDB prefere briga a baixar conta de luz

http://www.youtube.com/watch?v=Vsvdm6KdIkU

ou

http://www.youtube.com/watch?v=JG-8D_Dc_z4

Responder

Ricardo Lima Vieira

24 de janeiro de 2013 às 18h31

Já dá pra imaginar a cena futura: Álvaro, R. Freire, Agripino Maia (aliás, essa família Maia não larga o osso potiguar), talvez o novo queridinho da Falha – o Randolfe, indo protocolar na PGR mais uma denúncia contra os “petralhas” que agora se atrevem em horário nobre a defender o governo das denúncias “honestas” da grande mídia patriota.

Responder

Ricardo Lima Vieira

24 de janeiro de 2013 às 18h25

Meu Deus, com esse Sérgio Guerra como linha de frente, esse partidozinho que se diz social-democrata vai continuar na mediocridade mesmo…

A presidente não pode fazer pronunciamento, tem de apanhar quieta de uma mídia de esgoto… Esse Guerra está com saudade dos tempos em que o (des)governo de seu partido não precisava ir à tv, pois a tinha se oferencendo tal qual as polacas o faziam, próximo aos cais…

Responder

José Américo

24 de janeiro de 2013 às 18h24

Sérgio Guerra e o PSDB continuam a alimentar a política do ódio e da falta de idéias.

Uma nota vazia dessas talvez só convença a militância mais obtusa do partido e uns poucos incautos. A agressividade bem demonstra o desespero da oposição, por conta de uma notícia claramente impactante para o conjunto da população brasileira, especialmente os mais desfavorecidos e a indústria que está cambaleando.

Poderia o nobre Deputado usar seu mandato para denunciar a falta de políticas públicas efetivas para estimular a indústria, micro e pequenos empresários, agricultores rurais, inovação, entre outras demandas necessárias ao melhor desenvolvimento do país e distribuição de renda, no entanto, isso deve ir contra os anseios dos eleitores dele.

Nessa hora, nada como lembrar Romário: Sérgio Guerra e o PSDB calados são uns poetas…

Responder

Wilson

24 de janeiro de 2013 às 18h21

Esses medíocres tucanos alardeam que os avanços do governo Lula é devido ao governo do THC. Parece que só ele que podem fazer e falar. Quer saber de uma coisa vão pros quintos…imundos!!!

Responder

Marcio Leandro

24 de janeiro de 2013 às 18h18

É, acho que dessa vez o golpe doeu fundo na caterva tucanalha e em seu braço midiático.

Responder

Bruce Guimarães

24 de janeiro de 2013 às 18h17

Boa PSDB!!! Pronunciamento oficial não é palanque!!!

Responder

    Abel

    24 de janeiro de 2013 às 21h10

    Palanque é o Partido da Imprensa Golpista; esses podem fazer campanha 24 horas por dia…

abolicionista

24 de janeiro de 2013 às 18h16

Gostaria de ver o velho de Guerra explicar isso:

“Estados do PSDB impedem redução na tarifa de energia elétrica

A diminuição no valor da conta de luz a partir de janeiro de 2013 para alguns brasileiros não será a esperada pelo governo federal. Isso porque a Companhia Energética de São Paulo (Cesp), a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e a Companhia Paranaense de Energia (Copel), todas pertencentes a estados governados pelo PSDB, rejeitaram a proposta de renovação de suas concessões na área de geração.

As empresas alegam que as novas regras não garantem o equilíbrio financeiro das empresas. Os três governos tucanos ameaçam transformar a questão em uma guerra judicial. O secretário de Energia de São Paulo, José Anibal, disse que vai recorrer à Justiça contra a decisão de Brasília de levar a leilão no ano que vem a usina de Três Irmãos, cujo prazo de concessão esgotou-se no ano passado.

Na terça-feira (4), o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, disse que esses Estados que se negam a renovar as concessões estão tratando as elétricas como “capitanias hereditárias”.

O valor da conta de luz dos brasileiros pode ficar até 16,7% menor a partir de 2013, disse na terça o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Zimmermann. O percentual é inferior aos 20,2% anunciados pela presidenta Dilma Rousseff, em setembro. Ontem foi o prazo final para a renovação antecipada de contrato.

A decisão dessas empresas estaduais, que decidiram pela não prorrogação, está causando diretamente, o impacto de não atingir a meta de 20,2%. Estranhamos que essas empresas preferiram priorizar os acionistas do que a população”, disse o secretário executivo.

Segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hübner, a redução no valor da conta de energia elétrica, de 16,7%, poderá ser sentida pelos consumidores em março do ano que vem.

Do montante de 25.452 megawatts (MW) de capacidade instaladas das hidrelétricas, apenas 15.311 MW foram renovados antecipadamente, ou seja, apenas 60% das companhias de geração aceitaram os termos do governo. Com isso, a expectativa de conseguir diminuir em 8,5% o percentual da geração caiu para 5,1%. Em contrapartida, todas as empresas de transmissão aderiram ao plano.

Uma das usinas da Cesp, a Hidrelétrica Três Irmãos, entre os municípios de Andradina e Pereira Barreto, em São Paulo, terá que ser devolvida à União, por causa da não renovação da concessão, no começo de janeiro. Segundo Zimmermann, a expectativa do governo é fazer o leilão ainda no primeiro semestre do ano que vem. No segundo semestre, o mesmo deverá ocorrer com a Usina Hidrelétrica de Jaguará, em Minas Gerais, pertencente à Cemig. As duas companhias têm capacidade de 1.300 MW.

Mesmo sem a meta de redução atingida, o secretário executivo do MME acredita que houve “uma grande vitória” por parte do governo, que conseguiu adesão de 100% das transmissoras e 60% das usinas de geração. Com os termos assinados, haverá discussões internas no governo para avaliar a possibilidade de um aporte do Tesouro Nacional a fim de atingir os 20,2%, anunciados anteriormente.

Novas regras aprovadas

O plenário da Câmara aprovou na terça a Medida Provisória (MP) 577, que regulamenta a extinção e a intervenção – em casos de caducidade, falência ou má qualidade do serviço – nas concessões e permissões de energia elétrica. O parecer do senador Romero Jucá (PMDB-RR) passou sem alterações. O texto segue para o Senado, onde precisará ser aprovado até 27 dezembro para que não perca a validade.”

Com Agência Brasil

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2012/10/psdb-faz-emenda-contra-reducao-de-162.html

Responder

    Mário SF Alves

    25 de janeiro de 2013 às 14h15

    Então, DESATINO neoliberal dá nisso. Um recurso estratégico e oriundo de um bem público sendo tratado dessa forma; tudo na perspectiva de atender insaciável [e kamikase] fome de lucros das concessionárias; tudo pela ideia fixa de retorno à Administração Federal dos pra lá de desacreditados tucornos.

    _________________________
    Então… fazer o quê, né?
    ___________________________________________
    Brasil neles; consolidação de democracia [movida a população brasileira] pra cima deles.

    abolicionista

    25 de janeiro de 2013 às 19h15

    Sim, democracia neles. Pois dessa vez o PSDB deu um tiro no pé. A intervenção da presidenta foi cirúrgica e fundamental, fez os tucanos espernearem. Aquela fala do Carlos Cavalcanti também foi porreta e precisa ser divulgada. Entre outras coisas ela pôs a nu a aliança do PSDB com o mercado financeiro. Assim fica muito mais fácil entender, por exemplo, como a barbárie do Pinheirinho pôde acontecer. É a mesma corja rentista, no mundo inteiro…

anac

24 de janeiro de 2013 às 18h13

O anão do orçamento não tem moral.
Ainda não aprendeu que Dilma não tem vocação para mulher de malandro. Apanhar do PiG calada tem limites.
Aliás ainda bem que a paciencia de Dilma teve limites. O que não tem limites é a sanha golpista do PiG e da oposição de mierda. Desde 1954 eles insistem em sabotar o Brasil.

Responder

Márcio Carneiro

24 de janeiro de 2013 às 18h10

O que isto?
Viomundo postando texto do PSDB? Próximo passo é dar voz ao PIG?

Responder

    anac

    24 de janeiro de 2013 às 23h27

    Viomundo dá corda pros rola bostas se enforcarem.

renato arthur

24 de janeiro de 2013 às 18h07

Nada é tão propagandeado e tão partidarizado como os 20 anos de governo do PSDB em SP, onde a mídia jamais faz críticas porque recebe em Cash, também não há CPI na assembléia porque tudo é perfeito. Amigos dos partidos aliados recebem jeton (como conselheiros) das estatais mesmo tendo domicílio fora de SP. Onde a polícia é racista e o Ministério Público é aliado do governo. Esse é o modelo que querem implantar.

Responder

Fabio Passos

24 de janeiro de 2013 às 18h03

Imaginem o figura escrevendo isso… soluçando e fazendo beicinho. rsrs
Falta hombridade a este sergio guerra. Um bebê chorão. Nem homem é.

Os golpistas do psdb-PiG-dem estão há 10 anos, ininterruptamente, utilizando-se de um bem público para mentir e difamar o governo.
É isso mesmo. Utilizam concessões públicas de radio e TV para fazer propaganda partidaria descarada todo o santo dia a favor de psdb-dem-pps.

No momento em que o governo toma atitude histórica de redução do preço da energia, querem impedir que o governo divulgue a conquista para todo o povo brasileiro?

Os golpistas do psdb-PiG-dem deveríam contra-atacar… por que não divulgam o apagão e racionamento de energia que promoveram em seu (des)governo? rsrs

Responder

abolicionista

24 de janeiro de 2013 às 18h02

Quer dizer que o PT está usando os meios de comunicação para fazer propaganda. Nossa, o PSDB tem que denunciar isso à Veja, à Folha, ao Estadão às organizações Globo e a todos aqueles que prezam pela democracia, pela imparcialidade e pela ética jornalística. Isso é uma ignomínia!! ;)

Responder

    Rodrigo Leme

    25 de janeiro de 2013 às 09h18

    O PSDB pode denunciar isso a estes veículos, pois estes continuam PESADAMENTE financiados por propaganda do governo federal. Até colocam a Dilma na capa da Veja pra se valorizar! Se os “inimigos” são assim, imagine os amigos.

    abolicionista

    25 de janeiro de 2013 às 19h07

    Claro, todos nós somos testemunhas do apoio amplo e irrestrito que a Veja, a Folha, a Globo e o Estadão têm conferido ao PT e a seus quadros.

    É como diz o bode velho Olavo de Carvalho, sempre antenado na realidade da guerra fria: a mídia brasileira é toda comuniiiiista!

    Quanto à bolsa-pig, o próprio Viomundo a denunciou reiteradas vezes, não é novidade nenhuma, não vejo porque tanto alarde.

abolicionista

24 de janeiro de 2013 às 18h00

KKKKKKKKK!!!!! Genial!!!

Responder

heber rodrigues pinheiro

24 de janeiro de 2013 às 17h57

Essa choradeira do PSDB é previsivel, porque eles não gostam de nada que melhora a vida do povo, pois além do impacto direto tem a geração de emprego pois os empresários com espirito desenvolvimentista vão aumentar a produção

Responder

    Fabio Passos

    24 de janeiro de 2013 às 18h11

    Impressionante o péssimo nível da nota deste sergio guerra.
    presidente do psdb? Assustador.

    A nota é infantil. Com textos deste naipe sergio guerra deveria ir trabalhar na revista veja.
    Os leitores de veja, acostumados a ser tratados como imbecis, iriam adorar. rsrs

    Roberto Locatelli

    24 de janeiro de 2013 às 23h50

    O Nassif já tinha detectado um fato: a mídia protege tanto os tucanos, que eles se infantilizaram. Só pode ser essa a explicação para a “nota” lamurienta do PSDB.

    Fabio Passos

    25 de janeiro de 2013 às 00h42

    Além das fronteiras do PiG, tudo o que o psdb consegue é ser motivo de chacota. rsrs

Rodrigo Leme

24 de janeiro de 2013 às 17h51

De vez em quando, a oposição tem espasmos de oposição. Mas só de vez em quando…de resto, é a pasmaceira.

Responder

    altemar

    24 de janeiro de 2013 às 20h20

    Rodrigo eu te amo.

    Aline C Pavia

    25 de janeiro de 2013 às 13h07

    Melhor comentário do post.

    kalifa

    29 de janeiro de 2013 às 10h53

    Na cara dura……rsrsrsrsrs


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding