VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


“Nordestinos malditos votam em Dilma, espero seca pra sempre”
Denúncias

“Nordestinos malditos votam em Dilma, espero seca pra sempre”


06/10/2014 - 20h26

seca1

sugerido por Marcelo Salles, do diário carioca Extra:

Publicado em 06/10/14 11:35 Atualizado em 06/10/14 12:08

Nordestinos são alvo de racismo nas redes sociais após vitória de Dilma na região

Dilma Roussef e Aécio Neves vão disputar a Presidência da República no seguno turno das eleições 2014. Mas a vitória esmagadora do petista sobre o tucano nas regiões Norte (onde ela teve 50,52% dos votos e Aécio, 28,26%) e Nordeste (onde Dilma ganhou com 59,58% dos votos e o tucano, 15,40%), gerou uma onda de comentários preconceituosos nas redes sociais contra os moradores da região.

Um Tumblr foi criado na madrugada desta segunda-feira para reunir as mensagens ofensivas. A página “Esses nordestinos” critica e ironiza a postura dos internautas que usaram o racismo para reclamar dos resultados.

Nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, Aécio manteve-se à frente da petista. Ele venceu com margem apertada no Sudeste, onde terminou com 39,4% e Dilma com 32,43%; no Sul, com 47,21 contra 36,32 para a presidente e no Centro-Oeste, onde obteve 40,99 das intenções e a candidata do PT, 32,55% dos votos válidos.

O racismo é crime previsto na Lei nº. 7.716/89, que pune a prática e a incitação de discriminação de raça, cor, religião e também procedência nacional. A pena varia de dois a cinco anos de prisão e multa. O racismo também é crime inafiançável.

Confira as postagens preconceituosas feitas pelos internautas:

Captura de Tela 2014-10-06 às 20.22.16

Captura de Tela 2014-10-06 às 20.22.29

Captura de Tela 2014-10-06 às 20.22.55

Adendo do Rafael Campos, via Facebook, que NÃO saiu no diário Extra:

lucas

Leia também:

Colunista que vota em Aécio quer se livrar dos nordestinos

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


107 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Anderson de Paiva

10 de março de 2016 às 13h43

O nordeste é um mal, simples assim…. O problema é que o Brasil se tornou em um grande NORDESTÃO. Fazer o que… É a política do tudo igual e misturado. Ta aí: assaltos, sequestros, estupros, tudo importado do nordeste e dos bandos de cangaceiros que habitavam e ainda habitam esse lugar… Aos filósofos, sociólogos e antropólogos de mesa de bar e da esquina, por favor leiam o livro Cidade de Deus de Paulo Lins. Obrigado.

Responder

    RONALD

    14 de agosto de 2017 às 10h42

    Este verme deve ser futuro eleitor de nobolsonadalemdegrana !!!!

Dilmão

08 de março de 2016 às 13h05

o que vcs petista do brasilzinho e ‘principalmente do nordeste estão achando da crise? bom, não? espero que o bolsa miséria der para comprar um saco de arroz almenos, com a inflação de agora. kkkkkkkkk

Responder

    RONALD

    14 de agosto de 2017 às 10h40

    Dilmão, você deve estar bem para c——– com o morcegão golpista, levando o Brasil para o buraco !!!!!

ChiharuNightray

16 de janeiro de 2016 às 18h55

Eu acho isso lamentável, nós nordestinos tem sua própria escolha… Podemos votar em quem quisermos!!! Correto?. Não é porque samos nordestinos que essas pessoas racistas, preconceituosas, e um meio que imbecis possam fazer o que querem de nós.. Abra sua mente nordestinos também são gente!!!!!!. Uma região invejável * Cheia de ecoturismo, pois a Região Nordeste Existe uma biodiversidade extrema a Caatinga um bioma invejável* As praias do Nordeste? Nem me fala são lindas águas claras cristalinas e tenho como provar isso dando exemplos: Jericoacoara,Praia do camucim, luiz Correia e etc… Quixadá (CE) Pode até sem quente e possuir escassez de água mais é um lugar muito ótimo e falam que aqui sofremos escassez de água. Sim! Sofremos! Mais não samos os únicos pelo menos construimos um patrimônio cultural. Turistas vem aqui todo dia nas praias nas florestas apropriadas para ciclismo e as lagoas de água cristalina <3 só um aviso antes de falar da Região Nordeste olhe para a sua se o Rio Tietê estivesse localizado nessa Região já teriamos tomado uma providência.. Os nordestinos ajudaram a construir São Paulo (SP) :)

Responder

Tubarao branco

30 de outubro de 2015 às 21h00

Gostaria de dizer aos senhores, componentes de uma nação com imensas quantidades e variedades de recursos, que nós todos somos culpados com o que acontece no pais. Independente de PT, PSDB, PSOl, ou qualquer outro partido, as pessoas que governam é que não são patriotas, pois só pensam em si mesmas e não deixam a educação do pais avançar para buscar a real coalização popular em prol do fortalecimento da nação.

Há de se considerar, também, o que nós vemos retratado na imprensa em geral sobre o comportamento popular, já que vemos até manifestações populares com apedrejamento de ônibus, devido a morte de bandidos pela polícia, enquanto policiais são assassinados e eu nunca vi essas pessoas fazendo manifestação em prol de quem existe para proteção das pessoas honestas. Será que isso não significa que a maioria da população tem a sua honestidade questionável? Não esquecendo também que são notórios os casos de compra de votos em troca de benefícios sociais, cestas básicas e até mesmo por camisetas e santinhos.

Em suma, o que eu quis dizer, é que independente de credo, raça, local de nascimento, etc… nós todos temos que mudar o nosso pensamento no sentido de obter uma coalização justa em prol do crescimento sustentável da nossa amada nação.

Responder

Fabio Couto

03 de fevereiro de 2015 às 09h01

Eu só queria saber,pq esses babacas de São Paulo,estão falando tanta bobagem e idiotices contra nós,povo nordestino,uma grande parte de idiotas que vão assistir uma partida de futebol,parece q vão à uma guerra. Vão se matar dentro de um local destinado ao esporte. Isso só mostra o pensamento desse povo cheio de vilanias,e mesqinharias.Hoje,está aí o castigo de Deus,SECA EM São Paulo. Deus não dorme não! Isso é pra vcs q falam mal do NORSESTE,LINDO NORSESTE,sentirem na pele o q nós,povo nordestino passamos entra ano e sai ano! CHIBATA EM VCS!!!

Responder

Sérgio

07 de novembro de 2014 às 02h49

A casagrande é caridosa desde de que a senzala permaneça a mesma!

Responder

giselle

03 de novembro de 2014 às 11h35

Me pergunto porque tudo isso?

Responder

marcio

28 de outubro de 2014 às 08h16

nao tenho nada contra nordestinos, sempre passo ferias la e dou muito bem recebido, odeio o pt do fundo de minha alma mas entendo o porque do povo nordestino votar em dilma basta olhar para o nordeste hoje re compara lo com 20 anos atraz melhorou muito, pena que eu tenha que pagar a conta por essa melhora. quanto ao rapaz que ironizou ai dizendo que deu banho no cachorro e lavou o carro, bom ja que tem agua sobrando ai podia lavar meu veloster e minha ducati 900cc ?

Responder

luciene

27 de outubro de 2014 às 11h53

nossa senhora sou nordestina com orgulho …….esse povo paulista que deseja seca para o nosso nordeste já estão recebendo o que merece …..ai ta faltando água e se vocês quiserem venham para o nordeste pega um pote emprestado para guarda um pouco da água que resta nos reservatórios nosso povo são forte e não morre de sede não abestados kkkkk

Responder

Leandro Fonseca

27 de outubro de 2014 às 11h06

Vocês são de onde mesmo?
São Paulo é? kkkkkkkkkkkkkkk
Quer um pouquinho de água?
Dei banho no cachorro e lavei meu carro ontem ó…
Se eu soubesse tinha guardado a água usada pra vocês!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
IDIOTAS…
Passando seca ou não, passando fome ou não,
QUEM MANDA NESSA PORRA É O NORDESTE…
Chuuuuuuuupa.

Responder

darlei

27 de outubro de 2014 às 08h34

Esses Nordestinos tenque carpi inso o povo do sul e sudeste trabalha pra esses Nordestinos “analfabetos”

Responder

    Leandro Fonseca

    27 de outubro de 2014 às 11h31

    Quem fala “é nóis” são os nordestinos???
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Otário, quem manda nessa porra é o NORDESTE seu FDP…
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    antonio carlos

    27 de outubro de 2014 às 14h19

    O que o Sr. acha de aprender a escrever antes de fazer comentários?? seu ridículo!!!

    antonio carlos

    27 de outubro de 2014 às 14h21

    veja quantos erros gramaticais você cometeu em uma única frase.
    quem é mesmo analfabeto?? rsrs
    ridículo….

    darlei

    30 de outubro de 2014 às 01h27

    Se vcs n sabem eu n quis dizer analfabetos de n saber escrever…
    É de n saber votar (POVO BURRO)
    Antes de falar vcz n viram aspas(“”) no analfabeto…
    Então se n sabe n fala -_*

Flanio de Jesus Lessa

19 de outubro de 2014 às 15h28

Na verdade se fôssemos um país sério, que trata seu povo com dignidade e respeito essa galera preconceituosa estaria atrás das grades ou cumprindo penas alternativas. É um perigo para a sociedade. Jesus abraçava os pobres e dava de comer aos famintos (os nordestinos de hoje) e chamava de hipócritas os doutores da lei, ricos e governantes que se achavam mais importantes que os demais (todas os preconceituosos independente de região geográfica)

Responder

Flanio de Jesus Lessa

19 de outubro de 2014 às 15h16

Em especial para os preconceituosos discípulos de Hitler, quero dizer que a seca sempre vai existir,pois é um fenômeno natural, ou seja, o homem pouco ou nada pode fazer. Porém o descaso dos nos governantes é que ajuda a piorar a situação dos nossos irmão que vivem nessas regiões. Não precisa ninguém torcer para que chova no nordeste, só Deus é que tem controle sobre tudo e todos, o que precisamos é de vontade política para amenizar o sofrimento do nosso povo, outra coisa me respondam: o que ganhou todos os outros brasileiros não nordestinos que votaram na Dilma? ora, se nós ganhamos a bolsa família e os demais, hein?

Responder

olavo

18 de outubro de 2014 às 19h28

Facinho resolver isso…divide o Brasil em 2, o nordeste fica pra Dilma e Lula o restinho fica pro Aécio…pelo que to entendendo é isso que o PT quer…

Responder

Henrique

15 de outubro de 2014 às 13h26

Essa água vai acabar…novembro!

Responder

Victor

10 de outubro de 2014 às 15h28

Engraçado… O pessoal do sudeste esquece:
1)Quem foi que construiu as cidades deles…?
2)Quem é que foi a força de trabalho que deu a eles o que eles chamam de “desenvolvimento”?
3)Nas férias, pra onde querem ir?
4)Onde está o maior patrimônio cultural BRASILEIRO? na oktuberfast? no bairro da liberdade? NÃO
Sem o Nordeste, não seriam nada.

“Ah, porque são descendentes de europeus”… De que raça de europeus? Os mais pobres, fugitivos e miseráveis que vieram aqui por causa do aperto da europa. Isso é BRASIL. a grande MÃE BRASIL QUE TIROU A PAPINHA DOS BEBÊS NORTE E NORDESTE PRA ENGORDAR A BUNDA DO BEBÊ CENTRO-SUL, MIMADO E PREPOTENTE.

Somos todos iguais, braços dados ou não.

Responder

    Leandro Fonseca

    27 de outubro de 2014 às 11h35

    Parabéns Victor… PERFEITO COMENTÁRIO IRMÃO!!!

    adelino

    27 de outubro de 2014 às 19h54

    Victor Parabéns pela sua colocação não sou nordestino mas respeito muito esse povo lindo e trabalhador vejo neles pessoas batalhadoras e alegres que não fogem a luta verdadeiros brasileiros nasceram nesta terra maravilhosa construiran a cidade onde eu moro por isso agradeço de coração esses nordestinos maravilhosos e tenho orgulho deles ok.não quero e tenho nojo desses seres despreziveis que se acham alguem porque não voltam para seus paises isso e se tem um e logico.

    Leandro Fonseca

    29 de outubro de 2014 às 18h21

    Dá não colega, porque só tem água aqui…
    Aí em São Paulo não pode lavar nada não.
    Aliás, já que tens muito dinheiro, aproveita e compra um lote de perfume porque com certeza deves está precisando e muito!!! kkkkkkkkkkkkk
    E outra coisa, aproveita teu dinheiro sobrando e paga um cursinho de alfabetização, pra ver se aprende a escrever direito. Cada erro bizonho.
    Se quiser tem vários cursos desse nível que o PT disponibilizou pra pessoas como você. ;)
    Pelo “bom português bem dizido”, deve ter bem mais mesmo que um simples veloster e uma ducati 900c.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcelo Oliveira

09 de outubro de 2014 às 08h18

Vamos fazer uma campanha para que o nordeste seja 100% Dilma, sou capixaba, mais o nordeste tem que mostrar sua força contra esses paulista.

Responder

breno

08 de outubro de 2014 às 23h48

Sou carioca,e os paulistas são um pouco arrogantes.. Mas isso é normal em todo pais .. Existe essa diferença.. Pois os paulistas se acham os bons na selva de pedra.. Agora choram por falta dágua..

Responder

    Junior

    09 de outubro de 2014 às 13h56

    Não concordo que os paulistas sejam arrogantes. Sou paulista, mas sou contra esse preconceito todo de uma parte dos paulistas. A elite paulista é de doer, assim como toda a elite do Brasil, que enxerga o restante da população como uma massa a ser explorada. Quanto ao voto do povo nordestino, acho que votaram conscientemente em quem se importa com eles. Antes de Lula o nordeste era completamente abandonado. Agora decidiram por a mão na massa e o povo de lá está sentindo que está sendo beneficiado. Como são conscientes, eles votam em quem está fazendo a região deles progredir, que é o governo de Lula e agora Dilma.

    Leandro Fonseca

    27 de outubro de 2014 às 16h31

    Parabéns Junior, esse seu comentário mostra que existe sim paulista decente, alfabetizado e com consciência política!!!
    Quando vier ao Nordeste,tenha certeza que serás bem recebido, com educação, respeito. Abraço.

JSProta

08 de outubro de 2014 às 21h11

A praga de muitos estão se voltando contra os praguejadores: seca no Sul, principalmente São Paulo. Gente, como estão dando a descarga? Ah! já sei: falando as merdas que vocês estão pregando por aí.

Responder

Lourdes

08 de outubro de 2014 às 19h49

Aos intelectuais de plantão ofereço o que aprendi na infância: “Nunca verão árvores de frutos ácidos serem apedrejadas”; quando apedrejamos ou “cutucamos” alguma árvore é porque seus frutos são extremamente doces, saborosos e os irmãos do Nordeste/Norte tem um paladar apurado para esta colheita…

Responder

Elias

08 de outubro de 2014 às 19h39

Dilma recebeu 14 milhões e 300 mil votos de sudestinos e tenho certeza que os 17 milhões de sudestinos que votaram em Aécio não compactuam com essas aberrações discriminatórias. Isso é coisa de ínfima minoria. Sudestinos e nordestinos conscientes sabem que somos filhos da mesma pátria, somos irmãos e juntos estamos construindo a 7º economia do mundo que em médio prazo estará mais à frente, para o bem de todos os que vivem nessa grande nação chamada Brasil.

Elias, sudestino de São Paulo

Responder

Marina

08 de outubro de 2014 às 18h53

O monstro adormecido das classes privilegiadas acordou. O pensamento nazista está oficialmente instalado no Brasil. FHC deu o tom da largada. Os médicos já decretam o holocausto do povo nordestino. O Brasil mudou, virou a Bósnia da América Latina.

Responder

Eduardo

08 de outubro de 2014 às 16h28

FAVOR PUBLICAR ESSE COMENTÁRIO (FIZ CORREÇÕES)

É tamanha a indignação que isso daria um livro. Mas gostaria de expressar a seguinte visão: já pensou se a esses cidadãos racistas fossem coerentes ao ponto de não pronunciar as poesias e as prosas dos autores nordestinos, de não cantar as suas músicas, de não rirem das suas anedotas; deveriam também não viajar para suas praias e suas trilhas. Já pensou nisso? Mas os racistas, são na verdade hipócritas. O que é a riqueza vista apenas como dinheiro, sem cultura, sem solidariedade, sem humanidade? Nada. Eu gostaria de saber desses brasileiros, como eles eram tratados pelos norte-americanos, pelos franceses, e outros povos “ricos”. Como é que eram vistos? Como se sentiam, sendo tratados da mesma forma pelos povos “ricos”? Nossos tupiniquins sulistas precisam de mais empatia, de mais inteligência, de mais humanidade…

Responder

Eduardo

08 de outubro de 2014 às 16h25

É tamanha a indignação que isso daria um livro. Mas gostaria de expressar a seguinte visão: já pensou se a esses cidadãos racistas fossem coerentes ao ponto de não pronunciar as poesias e as prosas dos autores do nordestinos, de não cantar as suas músicas, de não rirem das suas anedotas; deveriam também não viajar para suas praias e suas trilhas. Já pensou nisso? Mas os racistas, são na verdade hipócritas. O que é a riqueza vista apenas como dinheiro, sem cultura, sem solidariedade, sem humanidade? Nada. Eu gostaria de saber desses brasileiros como eles eram tratados pelos norte-americanos, pelos franceses, e outros povos “ricos”. Como é que eram vistos? Como se sentiam, sendo tratados pelos povos “ricos”? Nossos tupiniquins sulistas precisam de mais empatia, de mais inteligência, de mais humanidade…

Responder

Jonas

08 de outubro de 2014 às 15h59

O cara deveria estar preocupado é com a seca de São Paulo.

Responder

Nelson

08 de outubro de 2014 às 15h24

Imbecilidade sem limites que intenta se travestir de boa educação, de nível intelectual mais elevado.

Responder

Maristela

08 de outubro de 2014 às 13h50

Que coisa horrível , de um mau gosto medonho. Acho que como paulista, tenho vergonha desses paulistanos sem informações e ignorantes que nem sequer sabem direito a diferença entre o nordeste e Norte, chamando a todos que vivem do meio do pais para cima de “paraíbas “. Bando de alienados ( claro que existe exceção )Moro no nordeste a 23 anos, adoro essa terra que recebeu e recebe de braços abertos, feita de pessoas fortes e gentis , diferentes desses cavalos batizados que postam essas aberrações , que desejam a seca, els tem que ter cuidado pois a seca está mudando de lugar, cuidado coma língua ! O nordestino é um povo lindo e feliz! Viva o nordeste!!! Viva nossa água!!!

Responder

    cid

    08 de outubro de 2014 às 15h50

    Você disse tudo muito bem. Você falou a verdade. Encheu-me mais de orgulho ainda de ser nordestino de SOBRAL, estado do Ceará.
    Parabéns. Você faz parte da pequena exceção de paulistanos que não
    DESCONSIDERAM OS NORDEDTINOS.

Leandro_O

08 de outubro de 2014 às 09h25

Não é surpresa vindo de paulistas que ajudaram a fabricar uma seca, não pela natureza do lugar, mas por faltas de políticas de caráter público e de interesse difuso e ainda recolocam o mesmo sujeito, que vai ficar 24 anos – o dobro do que o PT está na presidência e ainda se acham que é muito, dizendo que “tem que tirar essa gente do poder”.

Responder

Messias Franca de Macedo

08 de outubro de 2014 às 09h06

… O PIGolpista se incumbirá de blindar a “afável” jovem do discurso antissemita! “Vai dar em absolutamente nada!” “o supremo” gilmar mendes nem precisa se assanhar: será dispensado ‘o habeas corpus providencial em prol de gente [“cheirosa” e ‘Cansada’!] da Casa Grande’!…

E a torcedora do Grêmio?!… A torcedora do Grêmio foi, apenas, mais um bode expiatório de conveniência! A torcedora do Grêmio estava no palco do povo! ‘Capiche’?!…

Só falta, agora, o PIG fascigolpsita convocar o Aranha para proferir um desagravo à Auditora fiscal do Trabalho Ingrid Berger !

Ingrid Berger! Ingrid Berger ! Ó o nome da ‘coxinha’ colonizada!…

Passa a régua!

Responder

Messias Franca de Macedo

08 de outubro de 2014 às 09h05

… [Depois dos 12 anos dos governos trabalhistas do eterno presidente Lula e da Dilma Rousseff, A Magnífica] ‘O Sertão virou mar’!…

Enquanto que, na ‘Locomotiva do Atraso’, a falta d’água da ‘JESTÃO’ DEMoTucana ‘imbecializou’ ainda mais esses ‘reaças’!…

Responder

Messias Franca de Macedo

08 de outubro de 2014 às 08h59

O ENCONTRO DA REDE DA MARINA [SILVA?!] COM A “NOVA POLÍTICA – E OS HOMENS DE BEM”!

################

(…)
Fora da tranca – Eufórico com a virada de Aécio, o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) espera ser liberado nos próximos dias para trabalhar fora da prisão. Ele atuará como auxiliar do advogado Roberto Vitagliano, no Rio.
Começar de novo – Jefferson receberá R$ 1.200 mensais. “Ele merece muito mais, mas é o valor do serviço”, diz o futuro chefe. “Ele vai atualizar fichários, digitar documentos, essas coisas.”
(…)

CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://painel.blogfolha.uol.com.br/2014/10/08/pt-vai-atacar-promessa-de-aecio-de-manter-bolsa-familia-e-outros-projetos/

Coluna Painel do jornal ‘Folha de São Paulo’

08/10/14 02:00

Responder

Márcio

08 de outubro de 2014 às 08h38

Antes de comentar, vamos esperar o Lucas Scavone escrever conscientemente certo.

Responder

    Adalberto

    08 de outubro de 2014 às 16h12

    Também estou esperando meu caro amigo.

Julio Silveira

08 de outubro de 2014 às 08h36

Esse preconceito aos nordestinos é fruto de um ranço cultural criado por aqueles que sempre desprezaram o trabalhador braçal, com base na constituiçao escravista de nossa cultura. Essa que se acostumou a depreciar esse tipo de trabalhador creditando-lhes menos importancia que os pensadores intelectualoides do país. Quem conhece a historia da construção dos estados, principalmente os do sudeste, e quizerem demonstrar um minimo de coerencia e reconhecimento, devem respeitar o papel dos nordestinos nessa historia. No Brasil costumamos, por uma série de circunstancias culturais preconceituosas, onde se misturam racismo, peconceito social e até de diferenciação entre cidadãos, percebemos também que alguns que se incluiriam neste universo de discriminados tendem a aceitar e as vezes até fazer coro com esses preconceitos e preconceituosos, o que mostra a profundidade em que esta entranhada essa cultura que tranforma ignorancia em conceito cultural. Triste coisa ainda viva em nosso país que muita gente não gosta de enxergar e o PT mostra essa faceta incomoda.

Responder

patricio

08 de outubro de 2014 às 04h25

O sul nos odeia pois acham que o nordeste é a corrente deles,hum…fazer o que ner.ninguem gosta de pobre.votei em aecio e acho que o bolsa familia no nordeste ja virou negocio eu sou a favor de reforma dos progamas sociais é precizo enssinar a pescar e nao dar o peixe.concordo num ponto.tanto progamas sociais tão arrastando este pais pra cova,enquanto o governo dar o peixe de conssolacao de modo descontrolado principalmente pro nordeste. os hospitais e escolas daqui tão deploraveis.

Responder

    Lukas

    08 de outubro de 2014 às 09h10

    Acho que antes de vir aqui dizer quem precisa aprender a pescar, você deveria aprender a escrever português corretamente. Sua ortografia é de doer.

    cal

    10 de outubro de 2014 às 16h07

    MUITOS ESTAO INCOMODADOS COM O NORDESTE Porque DEIXAMOS DE SER A INDUSTRIA DA SECA E NAO CONSEGUEM COMPRAR NOSSO VOTO COM A DOACAO DE CARROS PIPAS COMO ELES FAZIAM NA EPOCA DAS ELEICOES E NAO PODEM MAIS SE ELEGER EM TROCA DE DOACOES DE REMEDIOS
    E FOI JUSTAMENTE NO GOVERNO DO PT que essa troca de favores teve fim.

Cláudio

08 de outubro de 2014 às 04h13

“Isso” é, infelizmente, um caso patológico: São SocioPatas.

Com Dilma, a verdade vai vencer a mentira assim como a esperança já venceu o medo (em 2002 e 2006) e o amor já venceu o ódio (em 2010). ****:D:D . . . . ‘Tá chegando o Dia D: Dia De votar bem, para o Brasil continuar melhorando!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D . . . . ****:L:L:D:D . . . . Lei de Mídias Já!!!! ****:L:L:D:D ****:D:D … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. ****:D:D … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …:L:L:D:D

Responder

Francisco

08 de outubro de 2014 às 03h57

Tem um que diz que a “culpa da seca é da Dilma” é que a “seca no Nordeste devia ser pra sempre”…

O que é que botaram na cabeça dessas pessoas?

O transporte público de São Paulo é ruim? culpa do governo federal! A segurança é escassa? Culpa da União!! São Paulo não declara calamidade pública por causa da ausência de água PARA BEBER? Culpa do… PT?!?

Que diabo o PT tem a ver com essas coisas? Ou o PMDB? Ou qualquer outra pessoa ou agremiação?!?

Só sei o seguinte: o santo do NE é forte. Oxalá e Padre Cícero são justos…

Responder

roberto

07 de outubro de 2014 às 22h06

Se o Nordeste se separasse do Brasil,ficaria muito bem,pois não precisaria puxar São Paulo com sua seca desgraçada, seu metrô de quarto mundo e sua economia arrasada por 20 anos de governos tucanos.

Responder

walter rodrigues

07 de outubro de 2014 às 21h59

Pois vamos citar os “inginorantes” nordestinos que ensinou e ensina os espertos a pensar. Lá vai: Tobias Barreto, Clóvis Bevilacqua, Celso Furtado, Patativa do Assaré, Rui Barbosa, Pontes de Miranda, Afrânio Peixoto, Castro Alves, José Lins do Rego, Jorge Amado, os irmãos Teixeira de Freitas, Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto, Graciliano Ramos, Rachel de Queiroz, Joao da Baiana, Dorival Caymmi, Wilson Lins, Luis Condé, Joaquim Nabuco, Visconde do Rio Branco, Francisco Mangabeira, Augusto dos Anjos, Luiz Gama, Anísio Teixeira, Paulo Freire, Zé Limeira da Paraiba, Pinto de Monteiro, Ana Néri, Joana Angélica, Gregório de Matos, Luiz Gonzaga, Padre Vieira, Antonio Conselheiro, Câmara Cascudo, James Amado, Cosme de Farias, Dom Helder Câmara, José de Alencar, Orlando Gomes, Calmon de Passos, Pedro Calmon e muito mais.
Feliz da nação que possui ícones como esses.

Responder

    Léo Medeiros

    08 de outubro de 2014 às 01h10

    Acrescento ainda outros nomes: Ferreira Gullar, Gonçalves Dias, Barbosa Lima Sobrinho, Gordurinha, Nelson Rodrigues, Manoel Bandeira, Chico Anysio, Lenine, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Josué de Castro, Assis Chateaubriand, Catulo da Paixão Cearense, Milton Santos, Carlos Ayres Britto, Artur de Azevedo, José Américo de Almeida, Zé Ramalho, Elba Ramalho, Alcione dentre outras centenas de pessoas importantes que ajudaram a desenvolver esse país intelectualmente, artisticamente e politicamente. O problema dessas pessoas racistas que carregam ódio dentro de si e se acham superiores mesmo muitas delas residindo nos piores lugares de São Paulo e passando sede por incompetência dos seus ditadores tucanos é que são ignorantes e desconhecem a História do Brasil. Mas não devemos esquentar a mente com essas pobre almas cabeças ocas escolarizadas nas cartilhas tucanas que nada fazem além de alienar sua massa de manobra.

    sebastiao salustino filho

    08 de outubro de 2014 às 08h06

    faltou o lula.

walter rodrigues

07 de outubro de 2014 às 21h48

Pois vamos citar os “inginorantes” e burros nordestinos. Lá vai: Tobias Barreto, Clóvis Bevilacqua, Celso Furtado, Patativa do Assaré, Rui Barbosa, Pontes de Miranda, Afrânio Peixoto, Castro Alves, José Lins do Rego, Jorge Amado, os irmãos Teixeira de Freitas, Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto, Graciliano Ramos, Rachel de Queiroz, Joao da Baiana, Dorival Caymmi, Wilson Lins, Luis Condé, Joaquim Nabuco, Visconde do Rio Branco, Francisco Mangabeira, Augusto dos Anjos, Luiz Gama, Anísio Teixeira, Paulo Freire, Zé Limeira da Paraiba, Pinto de Monteiro, Ana Néri, Joana Angélica, Gregório de Matos, Luiz Gonzaga, Padre Vieira, Antonio Conselheiro, Câmara Cascudo, James Amado, Cosme de Farias, Dom Helder Câmara, José de Alencar, Orlando Gomes, Calmon de Passos, Pedro Calmon e muito mais

Responder

    claudia perotti

    08 de outubro de 2014 às 16h37

    Adolfo Caminha..Antonio Sales,Rodolfo Teófilo,Fagner,Ednardo,Elba Ramalho,Zé Ramalho,Antonio bandeira,Raimundo cela,Ivete Sangalo,Carlinhos Broow,Chico Science,Melissa.(Miss Brasil)mas ódio ainda…A Padaria Espiritual.Dragão do Mar.Aldemir Martins.Farias Brito………….vou pesquisar mais..Adorei Walter Rodrigues.Abraço.boa tarde.FALTA MUITA GENTE AINDA…

    nordestina

    06 de novembro de 2014 às 00h31

    kkkkkkkkkk você e um ignorante mas a justiça de deus tarda mas não falha seu preconceito não esta nos valendo de nada , deus esta te vendo na bíblia esta escrito amai- o proximo como ama a si mesmo
    ou vc não acredita na palavra de deus também ??
    o odio se vencer com o amor e por mais que vc diga que mim odeia eu não te conheço mais te amo
    #NORDESTINA COM MUITO ORGULHO

Almir

07 de outubro de 2014 às 20h11

Nas duas vezes que FHC disputou a presidência, o PFL dominava o Nordeste inteiro, da Bahia (ACM) ao Maranhão de Sarney. Então FHC convidou Marco Maciel (PFL) para seu vice, e assim colheu os votos dos “desinformados” que ele agora insulta. Vai ter troco. Ah, se vai.

Responder

Urbano

07 de outubro de 2014 às 18h09

O xingar é livre, mas não será por isso que os Nordestinos irão seguir a manada de zumbis que vocês são, sempre a trabalhar para a própria desgraça e a dos outros seres. A mestiçagem de DNA de vocês ainda se encontra em perturbadora desarmonia, fazendo com que não consigam nem ver um palmo à frente da vista, quanto mais pensar. Se liguem, pois não há muito tempo mais não, a fim de que os panacas renitentes evoluam e venham a conseguir pegar o voo para a próxima dimensão. Perdendo esse voo de agora, milhões de anos se farão necessários esperar pelo seguinte.

Responder

Eugenio C Rebelo

07 de outubro de 2014 às 16h11

Resposta para o João Marcelo que postou: “se Dilma ganhar, vai ser no Nordeste; depois não entendemos porque os do Sul nos odeiam tanto”.
João, não se iluda, para esses Sulistas seremos sempre inferiores, votando ou não no candidato deles. Nos odeiam de qualquer maneira. Portanto, seja autêntico e vote com a sua consciência. Falo com conhecimento de causa: sou Cearense e vivo há 38 anos no Paraná. O problema deles é que não assumem a sua brasilidade; se apegam a seus sobrenomes italianos/ alemães/ poloneses, etc. Como sou um cara bonzinho, por mim, poderiam ir para a PUTA QUE OS PARIU. Sem passagem de volta!

Responder

    Rogerio Rais

    08 de outubro de 2014 às 00h42

    O enorme preconceito exalado pela “massa cheirosa”, os “mió do mió”, é expressão límpida da famosa luta de classes.
    O empoderamento acumulado pelas classes trabalhadoras a partir dos governos Lula e Dilma, além de tudo o mais que representa, fez aflorar nas elites, através de seus meios condutores, o enorme desprezo e ódio que sempre nutriram pelo povo que sempre dominaram e exploraram.
    Hoje, “Aécio do Pó” cataliza em torno de si o que há de mais atrasado em nosso país, expressão máxima na figura medíocre de FHC, o capacho do capital …
    Somos nós, classe trabalhadora, com nossas mãos calejadas e orgulhosas, que construímos a riqueza real deste país; é bom que essa elite mesquinha e fútil se lembre de que, tanto quanto somos capazes de construir, seremos capazes de defender o que conquistamos; é bom que se lembrem que são minoria; é bom que se lembrem que o gigante adormecido já acordou … e que luta de classes não é só uma teoria.

Rodrigo

07 de outubro de 2014 às 15h40

Do mesmo jeito que os racistas do facebook estão botando tudo nas costas dos nordestinos, o pessoal daqui está colocando o mesmo ódio conta a população de SP.

Vamos maneirar ai pessoal. Se a maioria dos Paulistas escolheu o PSDB, cabe a nós respeitar essa decisão, e, se criticá-la, faze-lo com ideias, não com mais ofensas.

Responder

Marcelo.S.

07 de outubro de 2014 às 15h26

Lamentável, como advogado, não me conformo o ministério público ficar passivo diante destas manifestações. Novamente digo, Lamentável. que tristeza, Ouso dizer que os sulistas e sudetistas que fazem estas declarações contra os nordestinos, tem sim inveja da força que esse pessoal tem, quem mora em São Paulo e tem um pouquinho de cérebro, vê que este povo literalmente CONSTRUIU SÃO PAULO, vide Metrô, Prédios, Viadutos, Estádios da Copa, sem contar os colegas de faculdade que tive também nordestinos, pessoas da mais alta cultura, inteligentes, pessoas amáveis, e não pedantes, e nariz empinados como alguns dos acima desrespeitaram este povo bravo e trabalhador. Sem esquecer, Ministério Público, Parquet, canetas a obra, as provas estão aqui nesta página, e toda eleição vamos ver isso acontecer?

Responder

    Francisco

    08 de outubro de 2014 às 04h00

    Juridicamente é um absurdo o Ministério Público não intervir ANTES que algum nordestino perceba que chamaram de burra a mãe dele, a irmã a avó…

    Pessoalmente? Isso é coisa de quem não tem namorada…

Elias

07 de outubro de 2014 às 12h37

Presumo que a maioria dos mentecaptos que postou tais mensagens vive na capital paulista.

E mal sabem os idiotas que São Paulo é a maior cidade nordestina do Brasil.

Portanto, mais que a metade ou a metade dos que elegeram Alckmin e Serra, são nordestinos

Responder

Eduardo Oliveira

07 de outubro de 2014 às 12h25

Chegou à hora de todo cidadão do N/NE, que tem um braço familiar em SP, mostrar mais uma vez, o amor pelo Brasil! Liga para o parente e destrinça para eles porque Dilma é a melhor opção para o Brasil e em especial para o N/NE. Digam para eles com estamos e quais são as perspectiva de estudo, trabalho e renda para um segmento representativo da nação brasileira que estava relegado ao improviso para sobreviver ( não havia morada digna,água,luz,emprego, deslocamento escolar digno,nada) e que hoje praticam o êxodo rural invertido devido agricultura mais competitiva e até orgânica, pequenas empresas e grandes negócios em vários segmentos e que tem espaço para todos , inclusive, os nossos paulistas laboriosos e para todos os brasileiros e a quem interessar possam! Nosso Brasil é largo, grande e rico e próspero! Vem SP! Vem pra Dilma você também!

Responder

Edgar Rocha

07 de outubro de 2014 às 12h17

Quando eu estudava num colégio público aqui na zona Leste (na Vila Matilde), havia um bairrismo da parte dos descendentes de estrangeiros que não chegava nem a dar nojo. Era risível, mesmo. Tinha um carinha que arrogava-se italiano. O cara era até o mais boa pinta da sala, cortejado pela mulherada. Com a sorte de poucos, era mulato. Boca grande, cabelo enrolado, pele escura demais pros padrões itálicos, nariz espalhado na cara… E olhos esverdeados de dar inveja. Ai de quem falasse de sua origem negra notória. Ganhava um inimigo. Eram tantos tipos como este (muitas vezes apoiados por educadores), de todas as descendências, mestiços de todos os jeitos… Isto num bairro que nunca admitiu ser de periferia (Cohab e Itaquera eram periferia, não a Vila Matilde. rsrsrsrs). Enfim, esta cultura esnobe só fez crescer dos anos 90 pra cá. Pretos e nordestinos sempre foram os mais discriminados. Mas, creio eu que haja sim, um jogo onde esta tendência de autodepreciação seja constantemente explorada por aqueles que sabem que quanto mais fragmentada a sociedade, quanto mais específico for o sentido (e, sobretudo, a imagem) do cidadão ‘civilizado’, mais idiotas surgirão tentando ressaltar características e comportamentos que a sociedade aceita e reconhece como superiores. Por outro lado, o discurso de afirmação demagógica da cultura popular o qual vemos difundido na mídia, enquadra e incentiva a mais estereotipada postura da parte dos que anseiam inclusão e afirmação de sua origem. O negro é, por definição, um sujeito adaptado ao ‘habtat’ favela, uma criatura orgulhosa de sua hipersexualização, bem como o nordestino é aquela figura obrigatoriamente tosca, autovitimada, desinibida ao limite do comportamento invasivo, expansivo como um carro de som com pancadão tocando ‘Vai, ordinária!!! Cadela!!!’ E, como referência cultural obrigatória, sente-se compelido a preencher os requisitos do orgulho de ser nordestino ditado pelo estereótipo montado pela mídia. Pra mim, todo este preconceito, esta discriminação sócio-cultural, este hiato que separa a todos em minorias e exagera nos tons, nada mais é que uma estratégia de incentivo à repulsa ao diferente e autoafirmação em detrimento do Outro, seja de qual lado for. A malha social tornou-se uma colcha de retalhos prestes a rasgar. Vivemos o império dos boçais, em que, o mais agressivo, o mais poderoso é quem manda e dita as regras de uma ‘civilidade’ pra lá de artificial. Amo o povo de São Paulo, tanto quanto o nordestino, o negro, o mineiro, o carioca, o nortista. São tantas contribuições que, num ambiente solidário só nos fazem sentir orgulho e vontade de ser um pouco de cada, como cada brasileiro comum, historicamente sempre gostou de ser. É uma pena, que sejamos todos tão vulneráveis a manipulações e exigências. Neste contexto, a única saída é posicionar-se a favor dos mais fracos. Não há santos, nem monstros. Tudo depende de como nos comportamos diante do outro e da realidade. Guardo meu ódio àqueles que não abrem mão de participar deste jogo de manipulação. Não gosto de racistas, preconceitouosos, nem de gente oportunista, agressiva e covarde. Vale pra qualquer dos lados. Detesto meu vizinho mal educado que insiste em colocar um forrozão depois da meia noite simplesmente por ser bandido, por gerar medo, por pagar a polícia, por ser safado a ponto de chamar de racista qualquer um que reclame. Mas, odeio quem reforça e dá munição pra que gente assim se defenda, estendendo sua raiva a uma questão de raça. Temos que parar de ser idiotas e não cair nesta esparrela. Meu vizinho pernambucano e trabalhador reclama do desrespeito tanto quanto eu. E eu, que sou paulista, gargalho diante da idiotice dos ‘europeus meia-boca’ que se acham lindos por poder lavar o carro na porta de casa no fim de semana. Mauricinho boboca tá no mesmo nível que bandido que se locupleta de sua origem nordestina, preta, marciana, etc… Todos estão no jogo de boçalidade.

Responder

    Jorge

    07 de outubro de 2014 às 12h29

    PÔ , cara , vc é bom , ein ! Parabens.

    Edgar Rocha

    07 de outubro de 2014 às 13h19

    Jorge, por que da ironia? Não estou me colocando acima da questão, não. Mas, vamos encarar a realidade dos fatos. As minorias (um termo que já deu o que tinha que dar e só presta pra reforçar estereótipos) são empurrados pro limite da caricatura! Não se investe em cultura, em autoconhecimento, em valores capazes de integrar de fato o Brasil. Quando a elite cheirosa quer cooptar a favor de seu discurso fascista, evoca justamente os estereótipos. E estes são empurrados goela abaixo da sociedade, sobretudo daqueles que se identificam com as figuras em questão, reforçando ainda mais os argumentos que justificam a discriminação. Quantas vezes ou vi nordestino dizer exatamente: “Sou nordestino, mas é uma gente que é assim, assado…” A autoimagem condicionada a estes estereótipos nubla as qualidades e impelem a todos pra uma reação agressiva de autoafirmação que julgo completamente equivocada. Ser nordestino não é ser o que dizem que são, ser negro, não é ser como pintam os estereótipos, ser gay não ser como dizem que são! É um jogo sutil. Mas é bem perceptível. Por isto que acho que a resposta é posicionar-se sempre a favor dos que são realmente vitimados nesta sociedade fragmentada. Os cheirosos não precisam lutar contra generalizações. Elas os protege. E, se te serve de consolo, estudei nesta escola e sei o quanto este jogo é envolvente, o quanto é difícil sair desta lógica. Não somos educados pra ser críticos a isto. Mas, uma coisa me causa ressentimento é ver este movimento de aglutinação em torno de estereótipos ser capaz de desfazer relações pessoais. O que reclamo é que, se o critério de aproximação social for este, se eu não puder ter um amigo nordestino porque não sou nordestino, porque não atendo a estas regras, se o negro só se relacionar com negro ou branco que assume a ‘cultura’ (entenda-se estereótipo), então, viveremos numa sociedade fascista. Estes caras que comentaram abertamente contra nordestino na internet vão ficar como pinto no lixo. Não gosto deles, mas não gosto de quem se beneficia deste jogo em qualquer setor.

    Zeca

    07 de outubro de 2014 às 15h05

    Eu não sei se o Jorge foi irônico, Edgar, mas eu também achei o seu texto muito bom. De verdade!

    Lafaiete de Souza Spínola

    07 de outubro de 2014 às 20h19

    Já morei no Rio e em São Paulo. O convívio era bom.

    Boçais existem no Brasil e lá fora! Coitados dos ciganos!

    Temos que estar atentos! Não devemos ignorá-los nem dar exagerada importância.

    Por falta de atenção os alemães caíram nas garras do psicopata Hitler.

    Com exagerada atenção, promovemos esses psicopatas.

    Acredito que o Jorge não teve a intenção de ser irônico.

Raimundo Santana Novaes

07 de outubro de 2014 às 12h07

Sou nordestino,votei em Dilma no primeiro turno vou votar no segundo.São Paulo deve muito mais ao Nordeste do que imagina.Seria bom que os que odeiam os nordestinos,fossem pensar na Cantareira e descobrir de quem é a culpa da escassez de água.
Seca é um fenômeno climático que ocorre sempre com mais intensidade no Nordeste,entretanto no governo de Lula e Dilma não houve saques a armazéns e supermercados ,justamente por causa dos benefícios sociais. O país tem uma dívida social com os pobres, e essa dívida tem que ser paga.
Os nordestinos não são burros,eles sabem quem está governando bem,pelos resultados obtidos. Se Aécio fosse tão bom para Minas Gerais,O PT não teria vencido as eleições para governador no Estado e Minas Gerais não fica no Nordeste,se é que os inimigos do Nordeste sabem disso!A campanha só está começando e atitudes como essa só ajudam a Dilma. Quem são os burros?

Responder

Sidnei Brito

07 de outubro de 2014 às 11h23

O cara que fala que a falta d’água é culpa da Dilma só pode estar brincando. Deve ser um fanfarrão. Deve estar ironizando amigos antipetistas que dizem isso.
Abramos espaço para ele explicar.

Responder

astrogildo cruz

07 de outubro de 2014 às 11h22

Se os paulistas estudassem mais um pouco de história e antropologia paravam de denegrir os nordestinos. Como mostra Darcy Ribeiro, a riqueza primeira que formou São Paulo foi “adquirida” através do apeiamento e escravização dos nossos índios. Comércio de escravos indígenas foi o primeiro grande negócio de São Paulo. Essa história de bandeirante desbravador é uma versão que, na verdade, acoberta um crime contra os nossos antepassados.
Ademais, um estado que elege Bolsonaro, Feliciano e Tiririca pode falar de quem?
Astrogildo Cruz

Responder

Saraiva

07 de outubro de 2014 às 08h42

Até hoje acredito que a política tem que ser feita com generosidade. A solidariedade no voto é o mínimo que se espera de um cidadão decente. A democracia é um dos grandes avanços que a humanidade conseguiu e com todos os seus defeitos é melhor do que qualquer ditadura. Quando vejo estas mensagens racistas e xenófobas vejo que caminhamos mais para um modelo de sociedade individualista e egoísta que uma sociedade solidária. Parece que muitos brasileiros esqueceram que nossa sociedade foi formada em um cruel sistema escravista que gerou graves desigualdades sociais e regionais. Estas mensagens é a cara de uma juventude egoísta que não se dá conta que seu emprego depende dos grande investimentos feitos pelo Estado brasileiro nos governos Lula e Dilma. Estas pessoas provavelmente estudaram em faculdades particulares (há muitas faculdades particulares boas), conseguiram um emprego no volátil mercado de trabalho ligado a tecnologia da informação (que depende muito do governo estabelecer medidas e financiar para manterem-se empregados), recebem entre 3 e 5 salários mínimos, nunca leram uma página do Machado de Assis ou Érico Veríssimo, se informam na capa da Veja, do Estadão ou da Folha (quando muito), ouvem os clássicos dos sertanejos universitários, funks e outras porcarias musicais, fazem seus churrascos quase todos os finais de semana e caem na balada, ficam horas em academias, compram seus carros (com juros subsidiados pelo BNDES obviamente e normalmente carrões para os padrões brasileiros)e acham que quem precisa do governo são os nortistas e nordestinos. Esquecem eles que o mercado de trabalho é seletivo e elitista e a lição da Espanha, Portugal, Itália e Grécia parece não estar sendo suficiente para ver o estrago que teremos aqui caos o arrocho liberal venha a ganhar as eleições. Por isso, viva o povo nordestino e nortista, pelo menos eles têm solidariedade com o povo do Sul e do Sudeste.

Responder

Gerson Carneiro

07 de outubro de 2014 às 08h12

Eu não digo nada. Não retruco quando presencio esse tipo de coisa. A minha existência basta. A minha existência é a máxima resposta.

Responder

    Laudiceia S.

    07 de outubro de 2014 às 15h13

    Boa Gerson ! Eu não acendo vela para defunto ruim !!!

Julio Silveira

07 de outubro de 2014 às 07h57

Esses idiotas que esperam seca para sempre no nordeste se preparem por que a praga promete recair em cima deles, pior ainda por incompetencia de seus gestores preferidos, mestres em apagões, seca e falsa verborragia de sucesso.
Mas é compreensivem assistem a Glogo, leem a Folha, o Estadão e assinam a Veja, esses ridiculos se consideram os bem informados do Brasil. Kkkkkkkkkk.
Talvez agora que o Alkmim ganhou no primeiro turno passem a acreditar na gravidade por que São Paulo passa em relação a seca por fatalmente a crise represada pela imprensa amigo e cumplice seráo obrigada a abrir a represa das informações.

Responder

Ligia

07 de outubro de 2014 às 07h19

Se o próprio Fernando Henrique ontem numa entrevista no estadão e na folha, afirmou que eleitores da Dilma são pessoas não esclarecidas. Em português claro chamou eleitores da Dilma de burros. Dilma 2014.

Responder

    Gersier

    07 de outubro de 2014 às 19h15

    Pois é, mas esse sociólogo de meia tigela esquece que quem é mal informado é ele e sua turma que vivem naquele mundinho virtual de merda criado pelos mafiosos que se travestem de “empresários da comunicação”. Desconhecem por exemplo que o segundo contingente de beneficiários do Bolsa Família está em São Paulo.Não leram aí o que um imbecil escreveu, que a falta de água em São Paulo é culpa da Dilma e não do picolé que esses otários reelegeram? Como sempre medem os outros pelo que eles são.

Mauro Silva

07 de outubro de 2014 às 05h56

caro azenha
teve sacanagem: pegaram os velhinhos nas ‘casas de repouso’ e carregaram-nos para votar ‘na mudança’.
na seção que voto, aguardei um senhorinha acompanhada de uma ‘dona’ que praticamente votou por ela.
talvez isso explique, pelo menos em parte, as distorções nas pesquisas de boca de urna.

Responder

FrancoAtirador

07 de outubro de 2014 às 03h51

.
.
O Coordenador de Campanha do AérioNéco (PSDBrax/ITAÚ)

é o Coroné Zé Agripino Maia, Senador do DEM (em extinção)

do Rio Grande do Norte, que se saiba, na Região Nordeste:

06/10/2014 11:00
iG Brasília/iG São Paulo, via GGN

O plano da campanha tucana
é montar uma frente anti-PT.

Por Luciana Lima, Marcel Frota e Vasconcelo Quadros

Nas palavras do Coordenador da Campanha de Aécio (PSDB),

José Agripino Maia (DEM-RN), é “buscar o apoio

de todos aqueles que se posicionam contra o petismo”.

(http://jornalggn.com.br/comment/460286#comment-460286)
.
.

Responder

sergio

07 de outubro de 2014 às 02h54

São uns direitistas babacas,preconceituosos e ignorantes querendo parecer “elite”.
A leitura mais complexa desta turma são a revista Veja, Globo e Folha SP.
Se fossem menos ao Shopping e estudassem, aprenderiam que o berço político do PT foi em SP.

Responder

Wildner Arcanjo de Morais

07 de outubro de 2014 às 02h26

Interessante que estes mesmos idiotas (vou tratá-los por Idiotas, porque estes existem em todos os estados, sem exceção) não sabem nem como funcionam o que eles intitulam de “bolsa esmola”.

mas para os que por ventura aqui vierem, dois links para desmistificar (ou seria “desbestificar”) um pouco:

http://noticias.r7.com/brasil/noticias/detalhes-20090927.html

http://www.caixa.gov.br/Voce/Social/Transferencia/bolsa_familia/saiba_mais.asp

Até o 2o. Turno!

Responder

Michele

07 de outubro de 2014 às 01h56

Parem de generalizar, tanto paulistanos quanto nordestinos!!! Vejo que o “pre-conceito” é de ambas as partes…

Responder

    [email protected]!r [email protected]+35

    07 de outubro de 2014 às 07h44

    É! “Não somos racistas”! O povo que gritou “Macaco” pro Aranha estava só respondendo porque ele chamou os descendentes de italianos de “alemão”!

    Cada uma… em que mundo você vive, Cinderela? Vai me dizer que o Paulista não se julga superior ao nordestino? Só se você viveu numa bolha pra acreditar nisso.

    Eridan

    07 de outubro de 2014 às 09h17

    Você tem razão, Michele, não se deve generalizar.
    Mas infelizmente pessoas como você paga pela imbecilidade de outros.

Seu Zé

07 de outubro de 2014 às 01h20

Isso nada mais é que o resultado de uma campanha de ódio, iniciada pelo Sr. José Serra e ecoada, ininterruptamente, pela grande mídia.

Responder

FrancoAtirador

07 de outubro de 2014 às 00h04

.
.
O ‘grande pensador’ Scavone* quer

que os habitantes de São Paulo

façam teste de DNA para saber

se são verdadeiramente paulistas.

*Scavone

Parece que esse sobrenome

não era usado aqui no Brasil,

em 1500, quando Cabral chegou

em Porto Seguro, na Bahia.
.
.

Responder

Gustavo

06 de outubro de 2014 às 22h43

Lamentável é pouco. Vergonhoso, odiento …. Hoje, aqui em Belo Horizonte, tive o desgosto de ouvir ao vivo este discursinho tosco. A primeira vez, ao entrar em uma lanchonete, no bairro Floresta: dizia um homem de não mais que 35 anos que “o nordeste que segura essa ***** por causa do bolsa b**sta”. Concordando com ele estavam outros três, afirmando que no segundo turno o pt terá o que merece. Mais tarde, ao passar em frente a uma oficina de motos, ouvi três homens e duas mulheres em acalorada discussão sobre o resultado das eleições. Tratavam a presidenta de “ela”. Era ela isso, ela aquilo. Diziam não acreditar que ela tenha vencido em Minas, que ela se valeu dos votos dos pobres do nordeste e do norte de Minas. Mais tarde foi na academia com sua tevê ligada na Globo News. A análise era a mesma, porém ornada de palavras pretensamente objetivas. Aqui e ali, ouvi comentários em que a conclusão era uma só: esses pobres, esses bolsistas conseguiram no primeiro turno, mas no segundo a coisa vai ser bem outra.
Termino o dia com um misto de estranhamento e de tristeza ao perceber que o discurso de ódio e de discriminação ganha eco e se reproduz aqui em Minas.

Responder

hc

06 de outubro de 2014 às 22h36

O pior são algumas pessoas que estão ofendendo o Padilha, aparentemente é de uma casta superior, a dos médicos. Se realmente o são, são dignos de seus pareceres, “uma virose”.

Responder

Liz Almeida

06 de outubro de 2014 às 22h19

“Nordestinos malditos votam em Dilma, espero seca pra sempre”

Espero seca pra sempre? Será que foi algum paulista que reelegeu o alckmin que escreveu isso?

Seria cômico se não fosse trágico.

Responder

Fabio Passos

06 de outubro de 2014 às 22h04

O preconceito e o ódio contra os nordestinos e os pobres é incitado pelo PiG.

aécio neve não representa apenas retrocesso econômico, mas também um retrocesso civilizatório.

Responder

Marat

06 de outubro de 2014 às 21h56

Esse racismo é ótimo para países ricos que enfiam aqui pastores evangélicos e sentimentos de maniqueísmo!

Responder

Cristina Rizzini

06 de outubro de 2014 às 21h35

Lamentável o Brasileiro! Principalmente os que tem a facilidade de se educar politica, social e geograficamente! Não conhecem o seu próprio país! Sou Paulistana de Vila Mariana, não troco o Nordeste por São Paulo, apesar da deseducação familiar burguesa que recebi, consegui buscar minhas próprias informações e conhecer meu próprio país! Eu fico feliz por não fazer parte dessa corja!

Responder

ricardo

06 de outubro de 2014 às 21h18

Republicar aqui esses comentários, ainda que para exemplificar o conteúdo da matéria, é dar voz aos preconceituosos que os escreveram. Acho desnecessário. No mais, já se sabe que muitos não aceitam o fato de que, ao menos na eleição, pobres e ricos têm o mesmo poder.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    06 de outubro de 2014 às 21h25

    Republicá-los é didático. Portanto, quem tiver um comentário destes é so mandar para [email protected] que republicaremos com o maior prazer. abs

    [email protected]!r [email protected]+35

    07 de outubro de 2014 às 07h48

    É isso aí! Tem que esconder pra mostrar que não somos racistas!

Rubensk

06 de outubro de 2014 às 21h15

Azenha, ontem o Fantástico fez uma reportagem sobre a falta de água em São Paulo. A culpa, segundo o programa, é das pessoas que lavam a calçada com mangueira! http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/10/fiscais-da-agua-registram-flagrantes-de-desperdicio-de-agua-em-sao-paulo.html

Responder

    Eduardo

    07 de outubro de 2014 às 10h54

    Hoje, no trabalho, ‘bati-boca’ com uma antipetista sobre isso… disse que é ridículo culpar a população pela falta d’água. Perguntei se ela sabe quantos % aderiram a redução de 20% no consumo que dá desconto na conta, se ela sabia quanto é o % de desperdício nos encamamentos e se sabia dizer quais investimentos o governo do estado fez durante 20 anos.

Le Ferraz

06 de outubro de 2014 às 21h04

Quem são os paulistas pra falar que o povo nordestino vota por causa do bolsa família ? … Aqui em São Paulo o PSDB só venceu a eleição porque comprou quase o estado inteiro…

Responder

Reinaldo José Mercador Dantas

06 de outubro de 2014 às 21h03

Meu velho já dizia: não se deve gastar velas com defunto barato. Que vergonha. Tantos analfabetos políticos. Em pleno século XXI. Um preconceito babaca. DE gente conservadora e reaça.

Responder

ivo miranda gomes

06 de outubro de 2014 às 20h58

Segundo me informou uma amiga que pesquisa o assunto, 48% dos paulistas, na atualidade, descendem de nordestinos… coisa que talvez o racista que enche o peito para vilipendiar os nordestinos não saiba… que ele mesmo descende dessa brava gente! “O sertanejo é antes de tudo um forte” – Euclides da Cunha – Os Sertões.
Ocorre aqui, o que ocorreu quando as pesquisas genéticas revelaram que todos nós, humanos, somos descentes de africanos…. a África é o berço da humanidade… pelo que eu sugiro a elite que escalpele-se a si mesma…. transplante uma pele branca… mas de outra espécie, porque a humana é africana!

Responder

Julio Silveira

06 de outubro de 2014 às 20h49

Esse é so um aspecto do preconceito que existe em grande parte da cidadania brasileira. Existem outras facetas como o racial, o social, que emergem fortes sempre que há disputa na hegemonia de certos grupos nacionais que acreditam serem os herdeiros naturais de todos os recursos do país, consequentemente o economico. Essa é a mentalidade do herdeiro.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.