VIOMUNDO

Diário da Resistência


Colunista que vota em Aécio quer dividir o Brasil e se livrar de nordestinos
Denúncias

Colunista que vota em Aécio quer dividir o Brasil e se livrar de nordestinos


06/10/2014 - 16h27

colunista

do Facebook de Paulinho Navarro, colunista social do jornal mineiro O Tempo e eleitor de Aécio Neves

paulinho navarro

Leia também:

Fundador do Partido Militar vai ao Congresso na carona de Tiririca

Veja a página Esses Nordestinos, sugerida pelo Robert Serbinenko





93 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

jair

12 de agosto de 2017 às 01h25

Reduziram a ração de alfafa dele… por isso a agressividae.

Responder

Nina

28 de julho de 2017 às 14h07

Este já está com os miolos plastificados também, esqueceu rápido de quantas vezes passeou e curtiu de graça a Bahia. Não tem um pingo de noção, levar isso a sério é dar Ibope, nem o jornal merece.

Responder

Franco

26 de julho de 2017 às 14h46

Essa figura é um pseudo-Amaury Júnior que mamou durante anos com um emprego fantasma na Assembleia de MG, sendo filho de um política da zona da Mata do estado. Não sei se ainda está pendurado em alguma teta do estado. É bem provável que sim, como seu semelhante João Dória Jr.

Responder

vicente

02 de maio de 2017 às 11h47

este cara é um imbecil norte e nordeste é bem maior que o resto do país este sr tem cara de nordestino e que não gosta da terra dele ou dos pais dele

Responder

ORLANDO

24 de fevereiro de 2017 às 18h27

O PAI DESSE IDIOTA DEVERIA TER SE MASTURBADO E JOGADO O LIXO GENÉTICO NO RALO. MAS NÃO… E OLHA NO QUE DEU.

Responder

Maria Aparecida Lacerda Jubé

31 de agosto de 2016 às 13h17

Concordo com esse imbecil, a riqueza de São Paulo foi construída nas costas do nordestino, sempre deixaram o nordestino morrer de fome e sede, para explorar a mão de obra barata que um povo faminto e doente representa, o nordestino era chamado exército de reserva desses canalhas. Só que, o nome Brasil pertence ao nordeste, pela certidão de nascimento e pela árvore que lhe deu o nome. No dia que que o nordeste ficar livre da exploração dessa elite porca, burra, suburbana, se tornará um dos melhores países do mundo e será a pátria onde escolherei viver.

Responder

Sebastião

08 de agosto de 2016 às 20h12

Esse idiota não sabe que temos uma constituição que diz ser o Brasil uma república federativa. Não cabe explicação é esse analfabeto terá que voltar ao banco de uma escola que o ensine. Quanto ao Aécio, conheço-o há mais de trinta anos e em Minas, bem sabemos que trabalhar não é do gosto dele. O que ele gosta é que idiotas como esse “colonista” façam o trabalho dele, que é chegado mesmo no glamour das baladas.

Responder

José Rosa

02 de agosto de 2016 às 21h29

“Senhor perdoe este pobre coitado …”

Responder

edson

02 de agosto de 2016 às 20h03

Olha! Diante do nosso “STF”, “Policia Federal”, “MPF”, “justiça federal”, senadores e deputados federais, posso afirmar que seria o ideal a divisão do Brasil em repúblicas menores onde cada estado se torne uma república.

Acabaríamos de vez com esse judiciário, senado e câmara sugadores e corruptos de vez.

Infelizmente não vejo outra saída. Dilma não vai retornar. Nosso judiciário e legislativo está dominado pela direita retrógrada e não vamos ter reforma política de correção, pelo contrário, a reforma vai ter como objetivo perpetuar essas “espécies” no congresso e judiciário…

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

30 de julho de 2016 às 16h08

Apóio esse babaca. Mas só se for para separar São Paulo do resto do Brasil. O Rio Grande do Sul já tem seu movimento separatista e nele São Paulo não se inclui. Façam um país paulistano para vocês. Sugiro até o nome: República Tucana das Bananeiras. E passem suas férias nas lindas praias da Flórida. Só não esqueçam que lá brasileiro tem que tirar os sapatos para entrar. Bem ao caráter de vocêd, serviçais dos gringos. Mas bá che. Gente repulsiva.

Responder

Serjão

29 de julho de 2016 às 22h01

Essa mulher da foto devia meter-lhe um processo para deixá-lo com dor nos ovo.

Responder

Serjão

29 de julho de 2016 às 21h49

hahahaha Ainda livra a cara de alguns: nem todos votam na Dilma.
Puxa-saco dos ricaços ridículos do Brasil.
Um viad%&*#@ bebum bem conhecido dos mineiros.
Um lambe-botas!
Não poder falar palavrões por aqui é censura…todos os impublicáveis considerem ditos!

Responder

renato andretti

28 de julho de 2016 às 21h42

para os separatistas
a mão pesada de CHE GUEVARA..
Estão mamando de alguma organização
a entrada de dinheiro, não passam de
semelhança pura aos pastores que são
vendilhões do Templo..
São GOLPISTA, e devem ser tratados assim
pelo ESTADO, só lhes falta daqui a pouco
bombas amarradas ao corpo de algum
retardado..
Isto é da cabeça de estrangeiros brancos
do interior de Santa Catarina..
Adoram andar com os adesivos….
Estão pilhando alguma ONG..com certeza
COMEM DO DINHEIRO DO BOLSA FAMILIA
QUE JÁ LHES ALIMENTA INDIRETAMENTE
Pessoas que compram roupas em algumas
destas cidades.
São ratos de esgoto..
Filhotes da Ku Klux Klan.
ganham do bolsa familia..

Responder

jeca tatu

27 de julho de 2016 às 09h39

Esse esperma mau utilizado, vota num sujeito que com dinheiro público constrói um aeroporto na fazenda de de parente, onde só tem cabra e vaca se acha muito esperto! Vai colecionar papel de carta!

Responder

jeca tatu

27 de julho de 2016 às 08h55

Esses escravocratas,depois que os nordestinos ajudaram a construir o sudeste a troco de esmola e lavagem,que hoje moram nas periferias das grandes cidades junto com negros e a maioria dos trabalhadores brasileiros pagadores de impostos,sustentam e sempre sustentaram as mamata desse tipo de gente como esse imbecil! Oque e triste e ver trabalhadores compartilhando desse mesmo ranso

Responder

Amauri

06 de junho de 2016 às 21h41

Kkkkkk,esse Paulinho na vara ,ta precisando de uma bela aula de economia e de cultura ,cara idiota ,por favor,use esse espaço para escrever coisas inteligentes e não coisas idiotas como a que vc Paulinho navarro escreveu,seja inteligente e não preconceituoso ,pois somos um país multicultural como pessoas de td o mundo é de diversas culturas ,seja inteligente e não um asno ,Brasil acima de tudo

Responder

Edson

02 de abril de 2016 às 19h08

Paulinho Navarro tem que tomar cuidado com seus devaneios… se caso prosperasse sua ideia e englobasse uma divisão maior (Todos os Estados se tornariam países), bem isso poderia levar o “país” de São Paulo a um endividamento nunca antes visto no mundo o que o tornaria presa fácil para o FMI e cia. São Paulo poderia chegar ao empobrecimento de sua população (como ocorreu no México) em poucos anos ao contrário dos “países” situado no nordeste e norte brasileiro. Esses poderiam se tornar países como França ou Alemanha uma vez que a economia desses estados ultimamente estão mais fortes que os estados do Sul/Sudeste (Rio Grande, Paraná, Minas Gerais e São Paulo estão quebrados literalmente)
E mais, é bom lembrar que cargos a nível federal como do Juiz Sergio Moro seriam extintos, o STF seria extinto, O Senado e a Câmara Federal seriam extintas…
Pelo jeito é melhor deixar o Brasil assim… garantir a pose das economias do sul e sudeste

Responder

marco

03 de março de 2016 às 08h47

Este,é um EXEMPLO TÍPICO, de PEDERASTIA INTELECTUAL.

Responder

JOACIL DA SILVA CAMBUIM

09 de outubro de 2015 às 00h00

Como pode alguém usar um espaço tão importante ao debate político para falar tanta asneira, como esse Paulinho Navarro? Ele deveria conhecer melhor o país.

Responder

Fausto Menezes Gonçalves

08 de outubro de 2015 às 17h04

Sou um micro empreendedor no ramo de materiais de construção, depois dos comentarios desses quadrupedes sulistas, simplesmente deixei de comprar do
Sul/Sudeste e estou carregando muita gente.

Responder

Maxwell Barbosa Medeiros

06 de outubro de 2015 às 18h27

Não embarco nessa onda de “que maravilhoso seria se o nordeste se separasse do Brasil…”. Amo meu país. Cada estado, cada cantinho que temos é um tesouro, seja no Norte, Sudeste, Sul ou Centro-Oeste. País fraco é país dividido!

Responder

luiz

30 de setembro de 2015 às 17h39

Pessoal. Analisar o esgoto que sai da boca desse cara é piada. Esse sujeito vive de frequentar festas chiques e colher entrevistas. É pago para ir em festas e bajular ricos. Fica bêbado e nem sabe o que fala. É o típico eleitor de Aécio. Esse “Paulinho Navarro” é bem conhecido aqui em Minas. É da turminha do Aécio. Vale lembrar que Aécio perdeu em Minas e elegemos Pimentel (PT) no primeiro turno. Aqui PSDB e Aécio (127 viagens pagas pelo povo mineiro para a praia) não ganha nunca mais.

Responder

tiao

28 de setembro de 2015 às 08h04

Na rede fazendo “cesta”? Coitado,além de tudo é anarfa.

Responder

Djalma Vieira

21 de novembro de 2014 às 17h50

Este tal de Paulo, deverá ser preso algemado e incomunicável.
Réu confesso de preconceito e xenofobia. Anti democrata, anti patriota.
O seu desejo de transformar o BRASIL numa “COLCHA DE RETALHOS”, pensamento
de covardia e incompetência.
Infelismente o BRASIL sofre a falta de líderes políticos. Existem muitos politi-
queiros, fofoqueiros.
Vai lá Paulo; regaça as mangas e tenta pelo menos ser um vereador! O Brasil está
carente de homens dígnos, íntegros e de competência para fazer as necessárias
mudanças.
Esta sua banda da “turma de baixo”, deve ser a banda da “turma da farinha”. O aeroporto para o tráfego já existe.
Olho neste cara Polícia Federal

Responder

Curitibano

06 de novembro de 2014 às 16h20

Aqui já existe há muitos anos o movimento ‘O SUL É O MEU PAÍS’….devemos separar PARANÁ, SANTA CATARINA E RIO GRANDE DO SUL…Não temos identidade com todas as regiões desse “enorme” (no tamanho) país…..

Responder

thiago

30 de outubro de 2014 às 23h55

Vcs falam mau do nordeste mais nas férias vem pagar pau pra nós é bom que divida mesmo só assim vou ter o privilégio de não fazer parte do mesmo pais que essas pessoas vai ser uma grande felicidade kkkkk sou nordestino com muito orgulho.

Responder

Mauro Soares

27 de outubro de 2014 às 11h22

O Brasil precisa ser dividido, não entre Norte/Nordeste e Sul/Sudeste, mas sim entre as “cigarras” e as “formigas”. Vê-se claramente no mapa eleitoral que o país está dividido entre estados produtores e perdulários, com as vergonhosas exceções de MG e RJ. Assim, que fiquem o RJ e MG sustentando sozinhos o Norte e Nordeste/DF falidos e deixem o SUL/SUDESTE/CENTRO-OESTE trabalharem em paz, ficando o que produzirem por aqui mesmo, ao contrário do que acontece hoje. Que a lute COMECE AGORA! Vamos lá, trabalhadores!

Responder

    FERNANDO RODRIGUES

    27 de outubro de 2014 às 11h46

    Já que não se pode dividir o país, que tal adotarmos um parlamentarismo?
    Tenho certeza que o gabinete petista não se sustentaria nem um mês.

Karla

26 de outubro de 2014 às 21h24

Tem mais é que dividir o Brasil mesmo. Concordo com nosso amigo Paulinho Navarro em gênero, número e grau.
É inegável reconhecer que o maior colégio eleitoral de Dilma está nas regiões Norte e Nordeste, assim como é inegável reconhecer que tais são as regiões mais deficientes do Brasil.
Essas Bolsas todas, isso tem que acabar. Uma coisa é ajudar as pessoas, outra muito diferente é financiar o ócio e a ignorância.
É necessário e urgente que se implante no Brasil um controle de natalidade. Quem não tem condições financeiras de ter um filho, NAO DEVE ter um. Principalmente nos inúmeros casos em que os filhos representam meros recursos para obtenção da Bolsa Família, Bolsa Escola, etc, etc.
É um absurdo o que acontece no Brasil. Esse não é um país de pessoas sérias.

Responder

    adilson

    27 de outubro de 2014 às 10h57

    concordo com vc!temos que levar a serio nosso pais q ta ima bagunca.qro mudanca!

Josué

11 de outubro de 2014 às 16h29

Saiba esse “colonista social” que o sul-sudeste já não é assim tão autosuficiente, visto que a falta d,água deixou de ser privilégio do NORDESTE BRASILEIRO e o agronegócio do oeste da BAHIA, do PIAUI e do MARANHÃO e TOCANTINS está salvando muitos do Sul e Sudeste da falta de oportunidades em suas terras de origem. Aliás, nem merecia resposta tamanha mediocridade.

Responder

Paula Braga

10 de outubro de 2014 às 18h54

Eu quero saber se alguém lembrou a esse colunista “social”, de que boa parte do sudeste, é composta por descendentes de nordestino, o Brasil começou no nordeste e norte, além do fato mais importante, a grande contribuição dada em trabalhos que exigem habilidades, técnicas, e por isso, não podem ser desprezados por serem “braçais”, o sul, recebe bastante recursos através das importações feitas do norte e nordeste, principalmente da zona franca de Manaus, que exporta para São Paulo e região sul, sem contar nas migrações que desde a década de 80 (ciclo do garimpo) tem ocorrido para a região norte, de sulistas e sudestinos, para trabalhar em área agrícola com gado, agronegócio e pecuária, e alguns fizeram seus patrimônios com fazendas, empreiteiras, extração de madeiras, devastando mais as florestas. Eu vejo claramente que o nordestino sempre na história do Brasil, passou por carências, tendo que abdicar de coisas importantes na sua vida ou adiar alguma etapas pra conseguir sobresair-se e ganhar uma ascensão social.
A maior quantidade de recursos passou a ser mais voltada para o sudeste e sul, desde o século XVII, a partir de 1700 onde se concentrou a coroa portuguesa, e a elite tradicional, mantendo esse ciclo até hoje.
Aqueles que se consideram nordestino, nortista, ao contrário do que esse burguesinho de merda fala, são pessoas que se identificam numa unidade, não por causa de sua condição socioeconômica, mas sim pela autenticidade e resignação em reconhecer as dificuldades que passa dentro da realidade que vive, e procura sobressair-se disso, por serem aguerridos em lutar das formas mais surpreendentes possíveis, para sobreviver em meio a essa nação tão desigual, estúpida e perversa.
Mas, garanto viu Navarro, que tocaríamos a música melhor do que o coreto, passaríamos bem melhor a situação, sem pedir ajuda a vocês, pelo menos evitaríamos ouvir essa baboseira.

Responder

    Mauro Soares

    27 de outubro de 2014 às 11h30

    Ora. Dividam sim o país e que se dê um tempo para que quem quiser sair saia, quem quiser ficar fique e quem quiser entrar entre.
    O mais importante é nos livrarmos de BRASÍLIA, da administração federal, corrupta e incompetente e principalmente do pernicioso e corrompido Poder Judiciário. (Ah, advogados… eternas ratazanas que corroem a República).
    Sugiro que MG e RJ fiquem com o Norte/Nordeste e os sustentem sozinhos e nos deixem paz para trabalharmos e o que produzirmos ficar por aqui.

HELENILDE

08 de outubro de 2014 às 17h20

O que esse idiota quer? Que os nordestino de Pernambuco que votam consciente se revolte com Aécio.

Responder

Paulo

08 de outubro de 2014 às 16h45

Quem mais perderia se o Norte/Nordeste fosse dividido da região Sul/Suldeste?
Vocês realmente acham que perderia-mos?
Obs: Sou do Norte.

Responder

    Mauro Soares

    27 de outubro de 2014 às 11h36

    Não. Pelo contrário. Todos ganharíamos, principalmente se nos livrarmos de Brasília, da administração federal, corrompida e incompetente. Melhor ainda seria nos livrar desse poder judiciário, também corrompido e extremamente danoso para o país. No Judiciário brasileiro pagamos uma “mercedes” e recebemos um “fusca 68” pelos serviços oferecidos.
    O Brasil precisa, sim, urgentemente, ser DIVIDIDO, e tem que ser agora, não se pode esperar mais! Vamos lá, trabalhadores, chega de sustentar vagabundo!

Izoraide

08 de outubro de 2014 às 14h43

Prezado Sr Paulo, ainda sou dessas pessoas que se chocam com as barbaridades que alguns ditos “seres humanos” escrevem. O sr na condição de colunista deveria lavar a boca para falar mal dos nordestinos. Tanto lá, como no sul/sudeste, infelizmente, existem pessoas que se aproveitam das situações, não me refiro-me apenas ao bolsa família. O seu discurso é ultrapassado, carregado de preconceito e xenofobia. Por gentileza pense antes de escrever esses impropérios, uma vez que o sr não se julga um ignorante.
Fim da conversa no bate-papo

Responder

    carla

    04 de novembro de 2014 às 06h13

    Resposta perfeita, sem nada a acrescentar!!!!!

wendel

08 de outubro de 2014 às 09h03

Este deve ter sido agraciado no governo facista de Aécio/Anastasia, e agora fica tentando dividir o eleitorado que vota no PT. Não perde por esperar inocente – Não sabe de nada !!!!!!!!!
É nossa vez de varrer esta raça de vendilhões, entreguistas e mercenários por mais de vinte anos, e o desespero deles, é que estão fora do Planalto e quase a mingua, por não poderem vender o Brasil/privatizar como faziam antes, e mandarem o dinheiro para o exterior !!!!!!!!!!!!!!

Responder

Iris

08 de outubro de 2014 às 08h21

Se é esse o tipo de gente que vota no Aécio, mais um motivo para ter certeza que não devo votar nele!

Responder

alexandre

07 de outubro de 2014 às 21h33

paulista mediano acha que se o Brasil tivesse se retalhado em varias republiquetas,
o tal pais Sáo Paulo seria do mesmo jeito que é hoje, o idiota acha que haveria um
parque industrial instalado neste paisinho SP, do mesmo tamanho que é para o Brasil inteiro, ele esquece que só vieram fabricas para SP porque elas abasteceriam todo o Brasil, só por conta de SP elas náo viriam e o tal pais SP seria um outro Paraguay,
ou nem isto.
pensem no separatismo e SP se desindustrializa como a Europa apos o euro.

Responder

    Marcamos

    27 de outubro de 2014 às 09h33

    Ainda assim, apesar de tantas perdas que teremos por não contar com a ajuda dos nordestinos, como você esclarece, gostaríamos de tentar. Vai que conseguimos sobreviver…

Nelson

07 de outubro de 2014 às 18h07

“Trabalhadores esclarecidos” sabem muito bem o que representaram os oito anos do (des)governo dos demo-tucanos, com Fernando Henrique Cardoso à testa. FHC foi o governo mais deletério e corrupto da história nacional.

Portanto, “trabalhadores esclarecidos” não votarão no Aécio nem sob a ameaça de irem parar no “pau-de-arara”.

Responder

Eduardo

07 de outubro de 2014 às 17h17

Infelizmente, esse colunista de meia tigela é meu conterrâneo de Barbacena/MG. Já esteve envolvido em escândalo da Assembléia de Minas (funcionário fantasma incluído na folha de pagamento, pelo seu pai, o Deputado de direita, João Navarro).
Não vale a pena dar crédito para o que ele diz, pois acho que nem ele mesmo acredita !

Responder

Cassius Clay Regazzoni

07 de outubro de 2014 às 13h59

Esse idiota não é colunista na melhor acepção do termo.

Ele escreve uma coisa anacrônica denominada “coluna social”.

Um amontoado de fotos e comentários pagos para fazer os burgueses desconhecidos terem seus 15 minutos de fama, entre seus pares, porque ninguém lê essa merda, só quem aparece na tal coluna ou quer aparecer.

Eu sou de Belo Horizonte, já o encontrei em alguns eventos em que ele fazia cobertura, totalmente bêbado.

Aliás, quer vê-lo bêbado e dando vexames, é só chegar no final de algum evento em que ele esteja cobrindo, é tão certo quanto o nascimento do sol todos os dias.

Em síntese, é um alcoólatra que lambe saco de burgueses mineiros que sofrem de baixa estima.

Responder

Elias

07 de outubro de 2014 às 13h33

Sudestinos

Sudestinos só andam em carro zero…sudestinos matriculam seus filhos em escolas caríssimas para depois os formarem em universidades públicas…sudestinos quando adoecem se tratam no Albert Einstein ou no Sírio Libanês…sudestinos usam roupas de grifes internacionais…sudestinos frequentam os restaurantes mais caros de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro…sudestinos são os protagonistas das telenovelas brasileiras…todos brancos, ricos, donos de mansões, hóspedes de hotéis luxuosos…sudestinos têm iates, jet ski, fretam jatinhos, viajam a Paris, a Nova York, à ilhas paradisíacas…sudestinos são a maior renda per capta do Brasil…sudestinos detém mais da metade do PIB, a maior parcela da riqueza do país…mas estes sudestinos não passam de uma ínfima minoria abastada diante da maioria dos sudestinos que de modo geral são pobres trabalhadores mal remunerados, verdadeiros heróis da região mais rica da nação brasileira… sudestinos pendurados nos ônibus e nos trens, esmagados no metrô, esse sistema excelente de transporte coletivo, porém com décadas de atraso na expansão da rede…sudestinos mal atendidos nos hospitais públicos, onde crianças morrem por falta de atendimento…sudestinos cujas águas de março invadem suas casas em dezembro, janeiro, fevereiro, março e abril…sudestinos com água até à cintura em vários bairros da zona leste de São Paulo, na baixada fluminense, móveis e eletrodomésticos destruídos, crianças e adultos doentes devido ao esgoto misturado às enchentes, pasmem! isso é só o começo de um contraste entre sudestino rico e sudestino pobre.

Responder

Jerry Santos

07 de outubro de 2014 às 12h45

Este tipo de gente com este tipo de pensamento insulta todo povo brasileiro, pois se ele não sabe na própria terra dele existe muita gente muita mesmo que vota na Dilma. Dá nojo este tipo de comportamento beira ao ridículo.

Responder

Paulo

07 de outubro de 2014 às 12h09

Esse Paulo Navarro tem (ou tinha, sei lá) um programa independente na BAND Minas. Seu programa trata apenas de coberturas de festas da “alta sociedade mineira”. Esse cidadão não gosta de pobre. Faz parte da classe que abomina a melhor distribuição da riqueza do nosso país, feita pelos governos do PT. Os representantes dessa classe (antiga classe média e alta) acham que estão perdendo direitos, mas ao contrário, mais gente está tendo a possibilidade de usufruir dos direitos que poucos podiam usufruir no passado.

Responder

Gerson Carneiro

07 de outubro de 2014 às 11h08

Há um mês diziam que não desistiriam do Brasil.

Agora estão propondo separá-lo.

Responder

    Nelson

    07 de outubro de 2014 às 18h08

    Muito boa, Carneiro.

Edna Lula

07 de outubro de 2014 às 08h14

O Programa Bolsa Família deveria ter sido capaz de reduzir o número de participantes ao longo do tempo, e não umentá-lo. Isso sim seria desejável.

Responder

    Alberto

    07 de outubro de 2014 às 12h04

    Leia um pouquinho, 1,7milhao de familias ja abriram mão do Bolsa Familia por nao precisarem mais.

    Nelson

    07 de outubro de 2014 às 18h12

    Os grandes empresários e ricaços em geral já deveriam ter largado das tetas públicas há muito tempo, muitas décadas, para ser mais preciso, pois já têm o suficiente para viverem nesse país por uns 500 ou 1000 anos.

    Porém, eles seguem agarrados nessas tetas e não querem largá-las de jeito nenhum.

    Enquanto isso, a preocupação é com o bolsa família que destina menos de R$ 1,00 por dia para cada beneficiário do programa. Isto mesmo, menos de um real.

    Só pode ser birra ideológica mesmo.

Julio Silveira

07 de outubro de 2014 às 08h10

É o sonho de uma elite perdida em sua nacionalidade americana do norte.

Responder

FrancoAtirador

07 de outubro de 2014 às 03h35

.
.
Se separasse o Sudeste do Nordeste

AérioNéco (PSDB/ITAÚ) ficaria

Sem o Coordenador de Campanha:

O Coroné Senador Zé Agripino

do DEM do Rio Grande do Norte…

06/10/2014 11:00
iG Brasília/iG São Paulo, via GGN

O plano da campanha tucana
é montar uma frente anti-PT.

Por Luciana Lima, Marcel Frota e Vasconcelo Quadros

Nas palavras do Coordenador da Campanha de Aécio (PSDB),
José Agripino Maia (DEM-RN), é “buscar o apoio
de todos aqueles que se posicionam contra o petismo”.

(http://jornalggn.com.br/comment/460286#comment-460286)
.
.

Responder

Wildner Arcanjo de Morais

07 de outubro de 2014 às 02h38

Pois é, iam acabar correndo para tentar emprego no novo país mais ao norte que acabou de ser criado. Coisa que já vem acontecendo hoje em dia. Com a baixa taxa de crescimento nos postos de trabalho do Sul e Sudeste (São Paulo está crescendo abaixo da média do país nos últimos 6 anos),tem muita gente vindo do Sul e Sudeste trabalhar no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Imagina se o que o nobre “Colonista” escreve acontecer. Vão transformar São Paulo numa espécie de Chuiça (como diz o Paulo Henrique Amorim).

Responder

    Wildner Arcanjo de Morais

    07 de outubro de 2014 às 02h46

    Não dá nem pra chamar este “colonista” de Jumento. Afinal de contas é uma afronta ao animal que é símbolo do povo sertanejo e que melhor define as suas qualidades: tenaz, perseverante, forte, trabalhador, inteligente (isso mesmo)!

Sergio Silva

06 de outubro de 2014 às 23h41

Quero ver esse idiota publicar: Mineiros preferem Dilma e Pimentel. Os gaúchos também preferiram Dilma, dois estados que não estão no Nordeste e que estão entre os Estados mais ricos do Brasil.

Responder

    Carlos Elísio

    07 de outubro de 2014 às 12h59

    RJ também é Dilma. Mas o tal colunista é só um desarrumado com tendências corníferas

VITOR

06 de outubro de 2014 às 23h01

QUE COISA MAIS ABJETA.
SOU GAÚCHO E VOTEI NA DILMA, À EXEMPLO DA MAIORIA DA GAUCHADA.

Responder

Marat

06 de outubro de 2014 às 21h59

Engraçado essa corja falar de bolsa. Parecem fingir não saberem que a impren$$$a recebe polpudas mesadas dos consulados estadunidenses e dos tucanos!

Responder

anna

06 de outubro de 2014 às 21h11

Ele fala muita asneira, é idiota .
A coisa apresenta um programa na tv,quer imitar o Amaury Júnior, não consegui e nem tem estrutura para isto. Fica de dar dó e vergonha de existir pessoa tão
pequena, tola, um sem noção.
O imbecil além de tudo mostra seu preconceito regional contra os Nordestinos. Será que vai ficar assim?

Responder

Lukas

06 de outubro de 2014 às 21h10

Padeiro que vota em Dilma mata a mulher…

Brincadeirinha…

Responder

    abolicionista

    08 de outubro de 2014 às 17h42

    Deixa de ser moleque, violência contra mulher é coisa séria. Aliás, conheço um candidato que já bateu na mulher (em público, inclusive). Tem certeza que quer tocar nesse assunto?

Márcio Gaspar

06 de outubro de 2014 às 20h24

Não sei se é preconceito, mas parece mais ódio, pois o ódio cega. Talvez deve ter cegado tanto o sujeito que ele não viu que Dilma ganhou no RS,RJ e MG, Estados do “Sul Maravilha”. Dilma perdeu no Espirito Santo somente por 2%, mostra o equilíbrio. O melhor mapa para exemplificar os votos dos candidatos na eleição seria em forma de mosaico, aonde você veria as cores que representa os candidatos distribuída proporcionalmente `a votação de cada candidato pelo Brasil todo.

Responder

clodoaldo

06 de outubro de 2014 às 19h59

Esse indivíduo nem viu que em Minas, onde Aecioporto nasceu e no Rio de Janeiro, onde ele mora, a Dilminha ganhou e esses dois estados, como ele não sabe, ficam na região sudeste.

Responder

clodoaldo

06 de outubro de 2014 às 19h56

Além de tudo ele nem sabe escrever, o texto está cheio de erro de português.

Responder

Mário SF Alves

06 de outubro de 2014 às 19h29

Vamos resumir a coisa e dar uma ajudinha pro tal colonista pedante e semisocial.

Funciona assim:

Se você, eleitor, tem dinheiro, muito dinheiro, montante na ordem dos milhões, e pretende se associar aos gringos num hipotético novo ataque neoliberal ao patrimônio público nacional, não tenha dúvida: vote no candadato do PSDB.

Agora, se você, eleitor, não tendo esse dinheiro, não for politicamente alienado, acreditar no Brasil, e mesmo assim ainda votar no referido candidato, só há um adjetivo respeitoso pra você: asno!

Mas, não se sinta ofendido. Em nenhuma das duas hipóteses você estará só, pois junto a você existe muito mais gente. Sobretudo, os formadores de opinião e os ideólogos de direita que compõem a elite mais burra, prepotente e submissa do Planeta. Aquela que jamais terá coragem de se aliar ao povo para construir com ele uma Nação.

Responder

    Mário SF Alves

    06 de outubro de 2014 às 19h51

    Oops… Parece que rolou uma contradição aí. Eliminem-na suprimindo o “não for politicamente alienado”. Tá certo agora?

    Não. Em se tatando de Brasil, o eleitor pode ser tudo o que consta da segunda hipótese e ainda assim ser de fato um asno. Lógico, um asno, porém, não um simples asninho qualquer, mas, sim, um asno um pouquinho mais sofisticado, um super asno. Um asno reacionário. E isso, caros amigos, existe aos montes nessa cabralínica terra midiotizada por insuperáveis espelhos. Ontem, espelhinhos, hoje, um festival de falácias antipetistas, antinordestinos e antiBrasil.

    Como diria o português: navagar é priciso, viver não é priciso…

Sidney

06 de outubro de 2014 às 19h23

Deve ser a lama que o PSDB oferece aos paulistas que os fazem pensar que são melhores que o restante do Brasil.

Responder

Francisco

06 de outubro de 2014 às 19h22

A elite brasileira foi mantida pela bolsa escravidão sem nunca botar um prego num mamão.

Esse sujeito algum dia limpou a latrina da casa dele?

Co certeza quem construiu o prédio onde ele mora foram emigrantes italianos…

Ao fim e ao termo é “só” racismo.

Como nunca passou fome, ao invés de erigir um monumento ao PT ele acha acabar com a fome algo “trivial”, “propaganda de marqueteiro”.

Lhe desejo, do fundo do coração, que você precise do Bolsa Família um dia.

E que o presidente de ocasião, seja da sua “qualidade”…

Responder

Joel Miranda

06 de outubro de 2014 às 19h17

Azenha, um amigo meu, paulista, que mora aqui na Bahia, me disse que vai ficar no Brasil do Norte!

Responder

solano santiago

06 de outubro de 2014 às 18h58

Já vi muitas pessoas idiotas… mas vc superou-se com seu ato de racismo contra os NORDESTINOS… Parabéns!!! São imbecis como vc que fazem do país ser uma m……

Responder

Hélio Pereira

06 de outubro de 2014 às 18h57

Bastou Aécio pegar uns votinhos a mais,pra que os eleitores Tucanos passassem a demonstrar toda ignorância e preconceito que sentem dos Nordestinos !!!

Responder

Gersier

06 de outubro de 2014 às 18h29

Mais um boçal que se acha inteligente. Esse ameba tem dom mesmo é para o puxa saquismo de dondocas e filhinhos de papai.Também deve gostar e muito daquela mercadoria que estava no helicóptero dos perrela.

Responder

wilson

06 de outubro de 2014 às 18h25

Alguém aí, por favor, faça o levantamento de quanto os jornais, revistas, televisão, etc. levam dos governos (federal, estaduais e municipais) para propagarem essa discriminação.

Responder

abolicionista

06 de outubro de 2014 às 18h21

Mais um tucano babaca com dor-de-cotovelo. Vai perder mais uma…

Responder

FrancoAtirador

06 de outubro de 2014 às 18h02

.
.
Há milhares de Mervaizinhos, Azevedinhos, Olavinhos e Otavinhos,

como esse, espalhados pelo Brasil inteiro, escrevendo em jornaizinhos

e falando asneiras desse tipo em emissorinhas de Rádio e de Televisão.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    06 de outubro de 2014 às 18h20

    .
    .
    G.A.F.E.* conseguiu evitar que a população brasileira

    tivesse acesso à discussão e ao debate sobre propostas

    para Democratização dos Meios de Comunicação de Massa.

    Por soberba de alguns, não de todos, petistas paulistas,

    que comandam uma certa tendência interna hegemônica no PT,

    subestimaram o poder de capilarização do COMETA G.A.F.E.*.

    *COMETA = Consórcio de Mídia Empresarial Tucana Abutre
    *G.A.F.E. = Globo, Abril, Folha e Estadão.
    .
    .
    Entrevista
    06/10/2014 13:20, última modificação 06/10/2014 15:00
    Rede Brasil Atual (RBA)

    Dirigente do PT diz que falta de reformas
    política e da comunicação explicam eleições

    Para Valter Pomar**, partido tem dificuldade de angariar votos
    da juventude trabalhadora, por falta de educação política.
    São Paulo é cenário crítico que pode inviabilizar projetos.

    “Nestes últimos anos a burguesia girou para a direita,
    mas na classe trabalhadora, que é maioria,
    não houve um giro total para a esquerda.
    Se essa nova geração que entrou no mercado de trabalho agora,
    devido às políticas do PT, tivesse acesso a uma mídia
    e uma educação mais democrática teria virado para a esquerda.
    Como isso não ocorreu, o que prevalece é a ideologia dominante,
    de uma guinada conservadora”

    “O partido vai ter que fazer um esforço redobrado
    de sindicalização e de mudanças nos currículos educacionais.
    Vamos ter de fazer nos próximos quatro anos
    o que não fizemos nos últimos 12”

    Por Sarah Fernandes, na RBA:

    (http://www.redebrasilatual.com.br/eleicoes-2014/dirigente-do-pt-diz-que-falta-de-reformas-politica-e-da-comunicacao-explicam-eleicoes-7238.html)

    **Valter Pomar é da Articulação de Esquerda, tendência minoritária no PT.
    .
    .

    FrancoAtirador

    06 de outubro de 2014 às 18h44

    .
    .
    SEG, 06/10/2014 – 17:18 ATUALIZADO EM 06/10/2014 – 17:18

    Marilena Chauí diz que reeleição de Alckmin
    é digna de estudos acadêmicos

    Jornal GGN – “Estarrecida” com a reeleição de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo com quase 60% dos votos no primeiro turno, a filósofa Marilena Chauí disse, em entrevista à Rede Brasil Atual, que o tucano é digno de estudos acadêmicos – e que a sugestão já foi encaminhada a Márcio Pochman.

    Para Chauí, é incompreensível que o Estado palco das maiores manifestações de junho de 2013 dê mais quatro anos de mandato a Alckmin, que participa da gestão paulista há duas décadas. Para ela, é incompreensível também como o tucano pode ter um desempenho tão bom em número de votos mesmo enfrentando uma grande crise hídrica, denúncias de corrupção e problemas nos serviços sociais.

    Sugestão de Francisco A. de Souza:

    Marilena Chauí se diz estarrecida
    e propõe estudo de caso
    sobre reeleição de Alckmin

    Da RBA

    A filósofa Marilena Chauí propõe que acadêmicos somem esforços para tentar entender os motivos que levaram o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a conquistar um novo mandato nas eleições realizadas ontem (5). Em entrevista à Rádio Brasil Atual, a professora da USP afirmou ter proposto ao presidente da Fundação Perseu Abramo, o economista Marcio Pochmann, que estude ao longo dos próximos quatro anos os processos que explicam que o PSDB possa chegar a mais de duas décadas de comando do Palácio dos Bandeirantes.

    “O PSDB tem uma monarquia hereditária.
    Alguém precisa entender o que acontece em São Paulo.
    A reeleição do Alckmin no primeiro turno
    é uma coisa verdadeiramente espantosa”, avaliou.

    Para ela, é difícil explicar como o governador obtém seu quarto mandato em meio a racionamento de água, denúncias de corrupção e problemas sérios na gestão pública, como a perda de qualidade do Metrô paulistano, alvo de denúncias de formação de cartel e pagamento de propina a políticos do PSDB.

    “Por que fico estarrecida?
    Porque você teve milhares e milhares e milhares de jovens
    nas ruas pedindo em São Paulo mais saúde e mais educação.
    Se você pede mais saúde e mais educação,
    considera que são direitos sociais
    e que têm de ser garantidos pelo Estado.
    E aí você reelege Alckmin.
    Estou tentando entender como é possível você reivindicar
    aquilo que é negado por quem você reelege.”

    Ela avalia que o PSDB trata políticas públicas não como direitos, mas como um produto que a população deve ter recursos financeiros para adquirir.

    Nesse sentido, entende também que uma parcela da sociedade paulista enxerga os avanços que teve ao longo de 12 anos de governo federal do PT não como uma melhoria no papel do Estado, mas como um mérito individual.

    “Não há nenhuma articulação
    entre a mudança de trabalhador manual
    para trabalhador de serviços
    e as mudanças sociais no país.
    É visto como uma ideologia de classe média,
    que é a do esforço individual.”

    Marilena Chauí considera que ainda é cedo para estabelecer uma relação entre o saldo final das manifestações de junho e o alto número de abstenções e de votos brancos e nulos – 19,39% se abstiveram, 3,84% votaram em branco e 5,80% em nulo.

    De outro lado, ela avalia que o resultado geral das eleições de ontem, com crescimento de Aécio Neves (PSDB) na reta final da corrida presidencial e diminuição da representação dos trabalhadores no Congresso, tem um claro reflexo do trabalho feito pela mídia tradicional pela despolitização da sociedade.

    “Uma das coisas que mais têm acontecido no país
    é um processo realizado pela grande mídia,
    tanto impressa como falada e como televisiva,
    é um processo que vem vindo nos últimos oito anos,
    e sobretudo nos últimos quatro,
    de esvaziamento sistemático de toda
    e qualquer discussão política.
    Você tem a operação da comunicação
    por slogan e algumas imagens.
    Fora disso você não tem
    o verdadeiro debate político.
    Eu diria que os partidos políticos
    são responsáveis também pela ausência
    de um grande debate político.
    Ou porque não têm o que propor,
    ou porque não querem entrar neste debate.”

    (http://www.redebrasilatual.com.br/eleicoes-2014/marilena-se-diz-estarrecida-e-propoe-estudo-de-caso-sobre-reeleicao-de-alckmin-803.html)

    http://jornalggn.com.br/noticia/marilena-chaui-diz-que-reeleicao-de-alckmin-e-digna-de-estudos-academicos
    .
    .
    As matérias jornalísticas da RBA, acima postadas,

    são dedicadas aos BOTS, remunerados pelo PSDB

    e pelo COMETA G.A.F.E.*, que atacam o Viomundo,

    principalmente às Reinaldétes que só lêem os devaneios

    escritos pelo Raivoso Babão no Urinoldo Azevedo na Veja.
    .
    .

    FrancoAtirador

    06 de outubro de 2014 às 19h44

    .
    .
    Outra Hipótese

    Pode haver Outro Motivo
    Ao Fenômeno em São Paulo
    [E no Paraná, Talvez]:

    (http://abre.ai/fraude_intranet_tre)

    Mas aí Foge a Qualquer
    Explicação Sociológica.
    E é Difícil de Provar.
    .
    .

Urbano

06 de outubro de 2014 às 17h59

Agora digam mesmo, precisa que se chame um anencéfalo desse de cretino?

Responder

Paulo Tavares

06 de outubro de 2014 às 17h52

Meu camarada, não voto e nunca vou votar em político nenhum, pq todos são de sua laia.
Gostaria de Lembrar que foram os Nordestinos que construiram e constrói o Sudeste, pq eles sim, tem coragem de arregaçar as mangas e trabalhar.
Também gostaria de lembras que: Os políticos não investem no Nordeste, em educação, pq sabe que a arma para se defender dos políticos corruptos é a educação.
Veja você, um cara hipócrita que não conhece seu próprio pais e sua historia.

Responder

Paulo Tavares

06 de outubro de 2014 às 17h50

Meu camarada, não voto e nunca vou votar em político nenhum, pq todos são de sua laia.
Gostaria de Lembrar que foram os Nordestinos que construiram e constrói o Sudeste, pq eles sim, tem coragem de arregaçar as mangas e trabalhar.
Também gostaria de lembras que: Os políticos não investem no Nordeste, em educação, pq sabe que a arma para defender os políticos corruptos é a educação.
Veja você, um cara hipócrita que não conhece seu próprio pais e sua historia.

Responder

[email protected]!r [email protected]+e5

06 de outubro de 2014 às 17h26

Alguém avisa o figura que isso dá cadeia!
E depois de separar, o que fazemos com os “imigrantes” que estão aqui? Serão deportados?
Aliás, já tem um bom nome pro novo país: “República Federativa da Terra de Disney”

Responder

roberto

06 de outubro de 2014 às 17h17

O bonobo do Congo,possui mais inteligência que esse cara.

Responder

nilo dias cabral

06 de outubro de 2014 às 17h08

Ele segue a visão de FHC, recentemente, disse que os eleitores do PT são mal-informados.

Responder

Rogério Maestri

06 de outubro de 2014 às 17h05

Peraí, no Rio Grande do Sul a Dilma venceu, este cara não fala pelo Sul!

Responder

    Gersier

    06 de outubro de 2014 às 18h24

    E muito menos por MINAS. Como disse o Pimentel,eleito no primeiro turno. Essa eleição veio provar que em Minas quem manda é o povo e não quem posa de”dono”.

FrancoAtirador

06 de outubro de 2014 às 17h05

.
.
Não sei se alguém gravou o Merval, ontem (5), na Globo News,

babando de ódio contra o PT, o Lula e a Presidente Dilma.

Chegou até a deixar [email protected] @s comentaristas de bancada.
.
.

Responder

    Macunaíma

    07 de outubro de 2014 às 13h33

    Vc ainda assiste a GloboNews?

Léo

06 de outubro de 2014 às 16h57

Não conheço a figura mas, isso tão preconceituoso quanto chamar alguém de macaco.

Responder

    Gustavo

    06 de outubro de 2014 às 17h15

    Se não conhece a figura, evite. Trata-se de colunista social, seja lá o que isso signifique, que apresenta um programa na tv mineira mimetizando o Amaury Jr. Filho de ex deputado mineiro, é presença certa nas festinhas da hight society mineira. Escreve mal, se sente engraçado quando é tão somente medíocre.
    Se não conheceu até hoje, evite. Não hás de perder nada.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding