VIOMUNDO

Diário da Resistência


Jornalista faz representação contra advogado que acusou Dilma de ‘traficante, trambiqueira’
Denúncias

Jornalista faz representação contra advogado que acusou Dilma de ‘traficante, trambiqueira’


27/07/2015 - 13h19

José Matos e Sergio Cypriano

O jornalista José Matos e o advogado Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques

por Conceição Lemes

Em 14 de julho, o Viomundo denunciou: Advogado, que acusa Dilma de traficante e trambiqueira e jornalista de receber dinheiro de quadrilha, não é professor da USP.

O advogado é Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques (OAB/SP 261.179).

O jornalista, José Matos, de Indaiatuba, interior de São Paulo, filiado ao PT desde 1991.

advogada Fabíola Marques compartilhou em seu perfil no Facebook o repúdio da senadora Gleisy Hoffmann (PT-PR) ao adesivo, que simulava estupro da presidenta Dilma e estimulava a violência contra as mulheres em geral.

Em resposta, o advogado Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques postou no mural da colega de profissão um comentário machista, difamatório e acusador. Além de colocar em dúvida a existência do adesivo misógino, criminoso, acusa Dilma de “traficante, trambiqueira, terrorista”.

O jornalista José Matos, filiado ao PT desde 1991, rechaçou.

A partir daí, os dois começaram a debater. Primeiro, em mensagens públicas. Depois, a pedido de Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques, no privado, in box.

O advogado chamou José Matos de “vagabundo”, ameaçou-o (“Te marquei e vou te achar”), disse que ele “deve receber dinheiro roubado”, “dinheiro de quadrilha”, arrematando: “A tua mãe [a de José Matos] é puta e por isso não respeito mesmo”.

O jornalista José Matos denunciou: “O advogado Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques ultrapassou todos os limites. É um disparate sem tamanho que ofende todas as brasileiras”. E advertiu: “Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques é reflexo da impunidade. Chega de sermos desrespeitados, agredidos  física e moralmente, e de deixarmos barato!”

O jornalista cumpriu o que prometeu. Na próxima semana, deve interpelar cível e criminalmente Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques.

Na quinta-feira passada, 23 de julho, José Matos entrou com representação na OAB-SP contra o advogado Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques.

A representação (na íntegra, ao final) contém 20 páginas mais 59 de documentos anexos, entre os quais a matéria do Viomundo.

Nela, Matos descreve em detalhes o que aconteceu, adverte que a internet não pode ser tratada como terra de ninguém, mostra que o advogado entrou com ações contra ex-namoradas, diz que ele cometeu várias infrações disciplinares e requer que a representação seja admitida e instaurado processo disciplinar. Alguns trechos:

OAB 1 a novo-001

Representação à OAB 1-004

OAB 2aa-001

OAB 2 a-003

OAB 3 a

A propósito. Bem no final da reportagem que publicamos em 14 de julho, Advogado, que acusa Dilma de traficante e trambiqueira e jornalista de receber dinheiro de quadrilha, não é professor da USPfizemos vários questionamentos.

Ao presidente da OAB Nacional, doutor Marcus Vinicius Furtado Coêlho:

– O que acha sobre um advogado que diz que a OAB é “laranja” e cujo comportamento em público e no privado é de absoluta baixaria?

— A OAB Nacional tomará alguma medida? Qual ou quais? E quando?

Ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo:

— Quando finalmente o senhor vai  acordar para as barbaridades sexistas, machistas, criminosas, que estão sendo cometidas contra a presidenta Dilma e outras mulheres nas redes sociais?

À ministra Eleonora Menecucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República:

— Já não está passando da hora de ser mais drástica e ágil contra os que incitam violência em geral contra as mulheres?

— A senhora concorda que a postura de Sergio Cypriano de Moura Ribeiro Marques é também um ato de violência contra as mulheres e ele como advogado sabe muito bem disso?

— Será que mais esse caso vai ficar impune?

Após a publicação da matéria, contatamos por e-mail e telefone as assessorias (várias vezes) de imprensa desses órgãos, fazendo os questionamentos acima aos seus titulares. OAB (motivos corporativos?) e Ministério da Justiça (omissão de sempre?) não se manifestaram.

Apenas a SPM, após muita insistência, limitou-se a uma nota burocrática, que cabe em qualquer circunstância e “vai sozinha” para a redação .

O governo está investindo no enfrentamento da violência contra a mulher, tanto no cumprimento da Lei Maria da Penha, quando na nova Lei do Feminicídio e em uma mudança de comportamento com o Humaniza Redes. Nossa ação é para que todos que cometem atos de violência contra as mulheres, de qualquer natureza, sejam responsabilizados. O Estado brasileiro – órgãos da justiça, Ministério Público e poderes executivos – vem travando uma luta incansável para sair da situação em que estamos no ranking mundial da violência.

Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

“É visível no comportamento desse advogado a sensação de impunidade e desrespeito às leis e aos bons costumes. Ele não respeita nem o órgão que o representa, chama seus membros e colegas de profissão de ‘laranjas'”, atenta o jornalista João Matos. “É um caluniador e difamador habitual e agressivo em relação às mulheres. Ele não mede palavras para ofender, agredir, caluniar, violar e afrontar a dignidade humana.”

“A decisão disciplinar da OAB em relação a ele será uma resposta à sociedade de como deve se portar os seus associados”, avalia José Matos. “O que está em discussão é se Estatuto do Advogado tem valor prático, de fato e de direito, e se pode ser evocado quando a sociedade é vítima de algum dos seus associados.”

Representação à OAB-SP de José Matos contra Sérgio Cypriano de Moura Ribeiro Marques.pdf by Conceição Lemes

[A produção de conteúdo exclusivo do Viomundo só é possível graças à contribuição de nossos assinantes. Torne-se um deles!]

Leia também:

Roberto Amaral: É preciso esmagar o embrião fascista agora 

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



25 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

carlos

19 de fevereiro de 2016 às 10h49

Eu gostaria de mandar um recado pra esse advogado pra saber se ele tem conhecimento do código de ética da OAB e a mesma por sua vez não puniu o advogado tudo em nome da Proba justiça e suas instituições.

Responder

Peixe Vivo

27 de julho de 2015 às 23h42

A corajosa atitude do jornalista José Matos não é um tapa de luvas, mas um soco na cara dos covardes da cúpula governamental que permitem que um agente da PF treine tiros ao alvo usando a imagem da Chefe da Nação (fossem honrados, o sujeito não seria sumariamente demitido? e ele continua na PF até hoje?), ou que um panfleto partidário chamado ‘Veja’ cometa um escancarado crime eleitoral e atentado contra a democracia (tudo comprovado, escancarado, nada inventado, nada de delação premiada), ou que inúmeras manifestações fascistas publicamente expostas por autores identificáveis sigam impunes. Todos impunes. É comovente ver a ação individual do José Matos em contraste com um governo rendido, que deseduca com atitudes masoquistas, dando dinheiro (público) para a mídia mercantil, que possui segmentos claramente sabotadores, antidemocráticos e anti-nacionais, pagando (e muito!) pra apanhar (poderia redistribuir toda essa fortuna das verbas publicitárias para fortalecer a mídia pública e outros meios que não sejam meramente mercantis). Pior é que o acovardamento moral não é apenas do governo, mas parece se estender por quase todo o campo democrático na política e na sociedade. É de doer, mas ante tudo isso é louvável a altiva e pedagógica atitude do José Matos!

Responder

Messias Franca de Macedo

27 de julho de 2015 às 23h33

EM TEMPO$$$ FASCIGOLPISTA$$$, HORA DO RECREIO!

Ó que engraçado:
‘as penas amestradas’ dos Marín(nhos) da GloboNews das organizações criminosas Globo do FIFALÃO &$ da sonegação bilionária especulam e se arvoram a desvendar o significado “de tudo que é sigla vazada da Lava Jato”!
Exceto, sobretudo, “umazinha”!
A sigla JS!
Incrível!
A mesma sigla providencialmente (sic) ocultada por uma “indecifrável” tarja preta!
RESCALDO: o perigo é se ‘as penas amestradas’ a $oldo dos Marín(nhos) passarem a especular que JS é a abreviatura de Jô Soares!
Pausa para rir!
Ademais, a caixa registradora não pode parar: plim plim!
Jornalismo ou entretenimento delinquente?!…

Responder

Fabio

27 de julho de 2015 às 20h29

Então, só não acho certo expor as pessoas que fizeram comentários, anexando seus nomes (inclusive com fotos) à representação. Pediram autorização? Pra mim ninguém pediu. Fiz comentário com minha conta do facebbok, na matéria original, para este site e que ficasse restrito aos leitores do Viomundo. Não autorizei ninguém a juntar meu nome, com foto de familia, a uma representação na OAB, contra uma pessoa nitidamente desequilibrada, que vai ter acesso a tal documento. Tenho sobrenome nada comum, e lá consta inclusive meu local de trabalho. Quem garante que esse lunático não pode “atacar” individualmente aqueles que se manifestaram contra sua atitude? Atenção VIOMUNDO!

Responder

    Conceição Lemes

    27 de julho de 2015 às 20h35

    Fabio, eu vou contatar já o José Matos e levar a tua preocupação. Volto a falar contigo. Obrigada. abs

    Rita

    27 de julho de 2015 às 21h54

    Fabio, sua preocupação só mostra que este homem precisa enfrentar a lei. Você está apreensivo. É o que estas pessoas têm feito conosco.
    Não tiro seu direito, muito pelo contrário. Só escrevi, para mostrar que não é coisinha à toa o que temos presenciado por aí. E nas redes sociais ainda é pior.
    Liberdade de expressão? Infelizmente, a grande maioria dos brasileiros (vide este advogado) não sabe diferenciar liberdade de expressão de calúnia, injúria, difamação.
    E continuam fazendo, porque a maioria se cala. E continuam fazendo, porque geralmente o judiciário diz que “não é nada”…
    É um absurdo!
    Boa sorte.

Cláudio

27 de julho de 2015 às 19h13

.:.
19:13
… .
Ouvindo A Voz do Bra♥S♥il e postando:
A vida é bela ! ! ! !
Como é bom poder ter tido a honra de ter votado em Lula (cinco vezes, desde 89!!!!!) e Dilma (duas vezes ! ! ) ! ! ! ! É um prazer inenarrável, que não tem preço, de tão valioso ! ! ! ! Só quem teve tal prazer, só quem viveu essa epifania sabe como foi e é bom ter votado pra ser feliz.
Valeu a pena ! ! ! ! Dá gosto ser o cantor do seu povo ! ! ! !
* 1 * 2 * 13 * 4 .:. Uns poemas (acrósticos) de autoria de Cláudio Carvalho Fernandes (poeta anarcoexistencialista) para Dilma Rousseff, a depenadora de tucanus, e Lula, o comedor de tucanus :
.:.
D uas vezes contra o espectro atro
I nscreveu já seu nome na história
L utando contra mídia venal & Cia e seu teatro
M ulher forte de mais uma vitória
A deixar tucanus na ó-posição de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! de quatro ! ! ! ! DE QUATRO ! ! ! !
.:.
D ilma, coração valente,
I magem de todo o bem em que se sente
L ivre o amor maior pela brasileira gente
M uito humana e inteligente
A PresidentA do nosso Lula 2018 de novo Presidente
.:.
D ignidade
I ntegridade
L iberdade
M aturidade
A mabilidade
.:.
D ilma, de uma nação vitoriosa
I lustre brasileira lutadora
L uz de dedicação esplendorosa
M otivando a pátria gloriosa
A uma luta digna, vencedora.
::
L uz do povo brasileiro
U m digno e fiel lutador
L astreando com real valor
A honra do Brasil inteiro.
.:.
D ilma, os conscientes te agradecem
I nfinitamente por tua digna história
L utando por todos que reconhecem
M ais a vida no bem comum de fazer na glória
A grande pátria-nação que os brasileiros merecem
.:.
D ilma, coração valente,
I sso que a gente sente
L ibertar o ser plenamente
M antendo sempre presente
A humanidade inteligente
.:.
D ilma deu mais uma surra na ó-posição
I gual ao que Lula também já fez
L ivrando o povo brasileiro da infelicitação
M ostrando que o Brasil tem voz e vez
A o mundo todo dignificando sua população
.:.
L ula livrou 40 milhões da pobreza
U m feito memorável sem precedentes
L utando contra a mídia venal, teve a certeza
A bsoluta de estar ao lado dos brasileiros conscientes
.:.
D ilmais deu mais uma surra na ó-posição
I nstalada na grande mídia venal
L ula teve a sua participação
M andando o pig & Cia ao
A bismo na quarta eleição
.:.
D oar-se a seu povo é exemplo dignificante
I luminando a vida de outros seres lhanos
L ouve-se quem bem merece que se cante
M aravilhas de se acreditar nos humanos
A promover em cada ser o mais do ser em ser interessante
.:.
L ivrando da pobreza absoluta 40 milhões de brasileiros
U m feito sem igual que por si só já bastaria
L ula segue sendo no mundo um dos primeiros
A fazer de seu povo a eterna rima rica de sua poesia
… .
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
Ley de Medios Já ! ! ! !
.:.
Lula 2018 ! ! ! !
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
:
Valeu a pena ! ! ! ! Dá gosto ser o cantor do seu povo ! ! ! !

Responder

italo

27 de julho de 2015 às 17h56

Agora ele para de falar palavrão para se expressar. Pegue seus livros de direito e vai substituindo palavrão, logo estará nas barras da justiça, e vai precisar se expressar melhor. Sei lá, tenta ler dicionário, lista telefônica ou qualquer droga que melhore sua capacidade de se expressar.

Responder

Urbano

27 de julho de 2015 às 17h45

Contra hienas, só mesmo leões…

Responder

Julio Silveira

27 de julho de 2015 às 17h44

A pergunta que fica para mim é, será que o jornalista está tendo a solidariedade das principais vitimas da acusação, no caso a presidenta e seu partido? ou isso é mais um ato de voluntarismo individual motivado pelo inconformismo da agressão desmedida e desnecessária, tendo como interesse seu individual respeito a um dos simbolos da pátria?

Responder

Fernando Moreno

27 de julho de 2015 às 17h41

Parabéns ao jornalista José Matos. Acho que o grande problema do PT foi não enfrentar a imprensa, o Judiciário e o Ministério Público, que difundiram a ideia de que o partido é corrupto. As decisões proferidas pelos Ministros do STF que condenaram membros do PT não precisam de interpretação. Falam por si só. Condenar sem provas, inverter a teoria do domínio do fato, tudo isso para cravar no partido a pecha de corrupto, fez com que as pessoas se arvorassem, sem medo de punição, a deitar toda ordem de acusações contra o partido, seus filiados, militantes e políticos. Não houve o combate. Era preciso dizer sobre a grande armação que foi esse processo, como está sendo agora no caso da Lava Jato. Parte do Judiciário e do Ministério Público, além da Polícia Federal, juntamente com uma imprensa reconhecidamente golpista, tramam diuturnamente a queda da Presidenta e do Partido dos Trabalhadores. A direita, representada por uma classe média preconceituosa, medíocre e egoísta, que não aceita a ascensão das classes menos favorecidas, não tem qualquer pudor ao acusar o Governo de corrupto, pois sabe que não vai ser punida. A revista Veja não foi até hoje quando mentiu sobre Dilma e Lula na véspera das eleições. Urge que as pessoas sensatas deste país parem para pensar no que será dele se as forças antidemocráticas voltarem ao poder. A reação ao golpismo deve vir de todos os setores. Alguém deve começar a se mobilizar rapidamente, independentemente do Governo. Que os líderes dos vários segmentos da sociedade se mobilizem, agendem reuniões, conversem, vão a público noticiar a trama golpista e afastar os verdadeiros corruptos que sempre sugaram o país, desde sua descoberta. Os corruptos são outros, nós sabemos. Chega de manipulação por parte da imprensa. Chega de Judiciário e Ministério Público parciais. São órgãos de extrema importância para distribuírem a verdadeira justiça, aquela que é imparcial. Que os próprios membros dessas instituições se levantem contra a partidarização de seus pares. Um Procurador da República que engaveta por três anos documento revelador de propina nos trens de São Paulo e continua impune; um político do PSDB que tem seu nome mencionado várias vezes no caso da Lava Jato e simplesmente não é denunciado. Que Ministério Público é esse? Queremos justiça, mas justiça de verdade. Chega.

Responder

ADNAN EL KADRI

27 de julho de 2015 às 17h14

Esse Sérgio Cypriano de Moura Ribeiro Marques envergonha e mancha, indelevelmente, a nobre profissão do advogado. Esse sujeito é lamentável. Esse comportamento covarde, truculento e odioso só depõe contra esse indivíduo. O bravo jornalista José Matos tem que interpelar e processar esse calhorda, por calúnia, infâmia e difamação da figura da Presidenta da República e das mulheres. Além disso ele tem que pedir desculpar pelos insultos covardes assacados contra o jornalista, que também foi atingido em sua honra. Só punindo os sabem conviver civilizadamente em sociedade é que melhoraremos o nossa Democracia.

Responder

    Rita

    27 de julho de 2015 às 21h57

    Inclusive, o “advogado” colocou a mãe do jornalista no meio. “Não o respeito, porque sua mãe é uma puta”. Ele a conhece? Ele tem provas?
    Ele é, como você bem disse, uma vergonha para a classe à qual pertence.

Donizeti - SP

27 de julho de 2015 às 17h11

Palmas para a iniciativa cidadã do jornalista, ao não se combaterem claros crimes praticados via internet como o deste caso, é que se estimulam outros comportamentos ilegais, preconceituosos e de incentivo ao ódio entre os brasileiros.

Além de ter que responder na esfera criminal, o agressor neste caso também responderá ao Conselho de Ética da OAB/SP, pois claramente infringiu o código de conduta dos Advogados, primeiro pelo descontrole total demonstrado nas ofensas, e em segundo lugar por alegar exercer cargo na OAB que se revelou não corresponder a verdade dos fatos.

A melhor maneira de colocar responsabilidade nesse tipo de pessoa é faze-la correr atrás do judiciário para se defender, gastando tempo e dinheiro para se livrar de uma condenação criminal ou de uma suspensão via Conselho de Ética da OAB.

A esta iniciativa, se juntam as dos ex-Ministros do Governo Dilma, Padilha e Mantega, que também levaram seus ofensores as barras dos tribunais.

É por ai mesmo o caminho de colocar um pouco de juízo ou freios nesses sujeitos.

Responder

mineiro

27 de julho de 2015 às 16h35

quem tem que se defender é essa b……………………….,m………………….desgraçada de pres. que nao tem coragem nenhuma. nao jornalista, é preciso um jornalista para defender essa angela merkel , e ainda tem jornalista para defender esse desgoverno traidor? o proprio desgoverno dessa maldita nao se defende , para que alguem defende-la? esse desgoverno maldito traidor parece que quer ser derrubado. tem a santa paciencia , nao tem governo esse pais.

Responder

    Maria

    28 de julho de 2015 às 17h06

    Fico impressionada com tanta gente sem noção tentando ser de direita, sem no entanto ultrapassar o limite da burrice. Usam ofensas e ataques pessoais em nome da liberdade de expressão. Coitado deste país.Ainda vamos demorar muito para melhorar porque estes mesmos frequentaram escolas. Ou seja, não é educação que resolverá o problema.

Leo

27 de julho de 2015 às 16h27

Perda de tempo, hein!? Até parece que a Dilma está preocupada com isso!
.
Azenha, “tá” ficando difícil ler os artigos do seu espaço.
.
Vamos discutir sobre pedaladas fiscais, a Lava-Jato, empreiteiras, Petrolão, Eletrolão, etc.
.
Por exemplo: Adams disse que outros presidentes lançaram mão do mesmo artifício empregado nas pedaladas, a fim de alterar a contabilidade pública. Contudo, podemos dizer que depois de 99 e durante toda era Lula, não houve pedaladas. Por quê? Porque as pedaladas foram proibidas pela LRF, a qual proibiu tais heterodoxias hoje ressuscitadas na era Dilma, sob a orientação técnica de um senhor chamado Arno Augustin.
.
Estão vendo!? Isto sim é uma boa discussão para o Viomundo, e não essa de entrar na justiça contra um jornalista por conta do que ele falou sobre um terceiro. Lembrem-se do fiasco que foi o HC preventivo em favor do Lula!
.
Abraços!

Responder

    wilson Resende

    27 de julho de 2015 às 17h13

    Para o Leo…vamos discutir o trensalao em SP ? o Acordo do Governo de SP com oPCC? o Mensalao tucano…a prisao de parentes do Beto Richa?…a Reuniao da Odebreth com serra na Sorveteria da filha (100milhoes de reais numa sorveteria , de onde veio o dinheiro??) os 100 mil por mes de furnas para o Aecio?? nossa mas temos muita coisa pra discutir…

    italo

    27 de julho de 2015 às 18h09

    Lei de responsabilidade fiscal não vale até hoje, já tem brechas, o Aécio desviou 14 bi da saúde de Minas, sem consequência nenhuma. A maioria dos governadores e prefeitos ainda afrontam a lei de responsabilidade fiscal, que como tudo no PSDB é lindo na teoria dos tele jornais ‘amigos’. O seu partido que criou a lei é quem menos cumpre, e a globo só acha genial o que não se pratica. Vai pesquisar moço, fora do PIG, senão fica de cabresto mesmo e comentando no lugar errado.

    Nathan

    27 de julho de 2015 às 18h25

    Sim Léo,vamos discutir corrupção.

    Começando pelo Trensalao,o desvio bilionário da saúde em MG(Aecio)os 500 kg de pasta base de cocaína,os 70 mil do Geraldo ao tal blogueiro pra descer a lenha no PT,entre muitos outras traquinagens tucanos e de seus aliados…

    Ah,me esqueci,os cinco milhões do Cunha! Mas creio que nada disso lhe interessa,afinal essa corrupção.voce tolera de boa.

    Léo e assim,um leão feroz com a corrupção petista,mas um gatinho manso com a corrupção tucana e de seus aliados.

    Moralismo seletivo é isso ai.

    Rábula 37

    27 de julho de 2015 às 19h40

    Discordo.
    Há espaço para todas as discussões e não apenas para as que interessam para os oposicionistas. Aliás, para estas a grande mídia já se dedica integralmente, não é mesmo?!
    Além disso, o combate ao fascismo emergente é muito mais importante do que essas discussões travestidas de técnicas mas que, no fundo, são apenas movimentos políticos partidários e ideológicos dos perdedores nas urnas.

    Rita

    27 de julho de 2015 às 22h02

    Não acho perda de tempo, Leo. Não é somente disto que o Viomundo fala. Mas os que responderam a você já deram um bom indicativo do que penso.
    Um abraço a você também.

FrancoAtirador

27 de julho de 2015 às 15h08

.
.
O Governo Menospreza e Subestima o Potencial de Letalidade das Redes Sociais.
.
Não fosse pelo Feicibuquistão, e Crápulas como esse não teriam repercussão alguma.
.
.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Últimas matérias
Em memória de Paulo Henrique Amorim: PHA, presente, sempre!

Ricardo Melo e Olga Fernández falam do amigo e profissional

Ler matéria