VIOMUNDO

Diário da Resistência


Participe do Viomundo


 

São Paulo, abril de 2018

Caros leitores,

Estamos juntos há mais de 15 anos! Alguns nos conhecem desde os primórdios. Outros, se tornaram nossos leitores recentemente.

O episódio-chave de nossa história aconteceu na campanha eleitoral de 2006, quando o Viomundo  denunciou o conluio entre um delegado da Polícia Federal e jornalistas para vazar fotos de dinheiro que teria sido usado para comprar um dossiê.

O vazamento aconteceu na antevéspera do primeiro turno da eleição presidencial, com o objetivo de influenciar o resultado e prejudicar um dos candidatos, o que, afinal, aconteceu: o pleito foi para o segundo turno.

Colocamos a denúncia no ar apesar de nosso hospedeiro na época ser a Globo.com, com risco para nossa própria sobrevivência financeira, já que Luiz Carlos Azenha era, à época, repórter da Globo e a denúncia de certa forma se voltava contra a própria emissora.

Nunca fomos um site comercial, o que é provado pelo fato de que continuamos a adotar o copyleft, ou seja, a liberdade de reprodução de nosso conteúdo desde que citada a fonte, sem objetivo de lucro.

Temos centenas de colaboradores que trabalham com a mesma perspectiva: disseminar informação bloqueada pelos interesses políticos e econômicos dos barões da mídia.

Como exemplo: muito antes de Aécio Neves se tornar réu na Lava Jato, publicamos de forma documentada a mais ampla série de reportagens sobre os negócios suspeitos do tucano em Minas Gerais, quase todas assinadas pela Conceição Lemes.

A mesma Conceição denunciou o lobby do amianto, o que nos custou um pesado processo judicial, que conseguimos empatar.

Nossa sobrevivência sempre dependeu e continua dependendo, essencialmente, de nossos leitores: seja dos assinantes, seja dos que podem contribuir de alguma forma com os custos de hospedagem e da produção de conteúdo exclusivo.

Todos nós vivemos tempos bicudos, com o avanço do fascismo de maneira aberta no Brasil. Não temos medo. Pelo contrário, sempre estivemos na vanguarda do enfrentamento aos que não aceitam um País menos desigual, mais plural, que inclua mulheres, negros, indígenas e LGBTs nos centros de decisão e coloque o interesse público acima do lucro de poucos.

Mais do que nunca precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, para encarar o que vem por aí.

Por isso, o apelo: ajude-nos a garantir nossa sobrevivência.

Nosso contato:

VIOMUNDO
Rua Maranhão, 654 – 34
Higienópolis – São Paulo – SP
01240-000 – [email protected]

Muito obrigado e boa leitura.


Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

Últimas matérias
Abrasco: Democracia e SUS, sim! Ditadura e privatização, não!

Associação científica representativa da saúde coletiva

Ler matéria