VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Pivetta: “Apeoesp deveria ir à Justiça exigir de Serra informação sobre policiais infiltrados”

03 de abril de 2010 às 10h31

 

Maria Izabel Noronha: "Estranhei o atirador de ovos; nas assembleias anteriores não tivemos qualquer incidente"

 

por Conceição Lemes

Sexta-feira à tarde, 26 de março, professores em greve da rede estadual se reúnem na frente do estádio do Morumbi. Objetivo é chegar à sede do governo do Estado de São Paulo, para fazer o então governador José Serra  abrir negociação.

A tropa de choque bloqueia todos os acessos ao Palácio dos Bandeirantes. Caminhões atravessados nas ruas, barreiras de concreto, policiais armados.  O conselho de representantes da Apeoesp – 700 professores da capital, Grande São Paulo e interior – está em atenção máxima, para que não haja qualquer incidente.

“Antes da assembleia, deu para eu ver um homem atirando ovos no caminhão de som, um resvalou em mim”, conta Maria Izabel Noronha, presidente do Sindicato dos Professores em Estabelecimentos de Ensino da Rede Pública do Estado de São Paulo (Apeoesp). “Estranhei. Nesta campanha, fizemos várias passeatas com milhares de pessoas sem nenhum incidente. A oposição está com a situação nesta campanha.”

“Comecei então assembleia, dizendo que íamos fazer de tudo para que fosse pacífica”, continua Maria Izabel. “Que cada um seria o guardião dela. Pedi que se vissem qualquer movimento estranho, alguém com alguma coisa na mão para atirar, que segurasse a pessoa para que isso não ocorresse. Em segundos, alguns professores conseguiram pegar o atirador de ovos, que corria em direção à base da PM. Não era professor…”

César Pimentel, advogado da Apeoesp, foi atrás para evitar que alguém se ferisse: “No ato, apareceram seis PMs para tirar o rapaz da da confusão. Ele saiu andando tranquilamente com os policiais”.

Seria um agente infiltrado? Não dá para afirmar. Porém, nos dias seguintes, à medida que ia se revelando a verdade sobre a foto do homem carregando a policial ferida, aumentou a suspeita na Apeoesp de que o atirador de ovos possa ser um agente infiltrado.

Vale a pena relembrar da famosa foto. Na sexta-feira, 26 de março, o homem carregando a policial  foi identificado pela Agência Estado como professor.  A foto emocionou a rede (por exemplo, aqui e aqui). Porém, nota da PM no sábado  à tarde esclareceu que se tratava de policial militar à paisana.

Questionada, a PM disse  ao Viomundo no sábado que ainda não sabia o nome dele nem o que fazia na manifestação. Mas que havia sido identificado como sendo da corporação.

Na segunda à tarde, a assessoria de imprensa informou ao Viomundo que a PM não iria divulgar o nome do policial militar à paisana: “Ele estava no local, não disse o que estava fazendo”.

Na própria segunda à noite, 29 de março, a Apeoesp descobriu que o policial militar à paisana era infiltrado, um P2 (policial do serviço reservado da PM paulista) e embarcou em Osasco no ônibus dos professores, como se fosse um deles. A descoberta da Apeoesp derrubou três versões oficiais da PM.

“Estou chocado, perplexo”, afirma Idibal Pivetta, advogado de presos políticos, defensor dos Direitos Humanos e ex-conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).  “A se confirmar que o atirador de ovos e o rapaz que socorreu a soldado são agentes infiltrados, é ação típica da época da ditadura.”

Pivetta: "Estou chocado com esse expediente típico da ditadura"

“Quem paga as despesas de uma polícia estadual? Quem paga o salário desses dois supostos policiais infiltrados?”, questiona Pivetta. “Somos nós, cidadãos, contribuintes, através dos impostos. O dinheiro dos impostos deve ser usado em benefício da sociedade geral – escolas, hospitais, transporte, saúde e educação pública. Não é para espionar, acompanhar manifestações dos professores que são absolutamente legais, legítimas. É inadmissível que em 2010, depois de tantos anos da queda da ditadura, o governo do Estado de São Paulo utilize esses expedientes.”

“Uma coisa é a polícia fardada, declarada”, aprova Pivetta. “Outra coisa é a infiltrada. A infiltração é para ver problemas de drogas, contrabando, segurança e não para espionar o cidadão comum sei lá para o quê. A própria mudança de versões da PM em relação ao policial carregando a soldado torna mais suspeita a operação.”

“Essas duas pessoas estavam ali pagas por nós, contribuintes”, reforça o advogado. “Isso exige, portanto, que o governo do Estado explique a infiltração delas.”

Para Pivetta, esse fato tem de ser levado à Assembleia Legislativa e respondidas as seguintes questões: qual a verba destinada à infiltração de policiais nos movimentos sociais? Quem determina? De onde sai essa verba? O que deve e o que não deve ser feito pelos agentes infiltrados?

“Como na Assembleia Legislativa não passa nada que contrarie o governo do Estado, a Apeoesp deveria entrar com uma ação na Justiça para pedir informações concretas ao Serra sobre a infiltração de agentes nas assembleias dos professores”, defende Pivetta. “Pela Constituição,  os órgãos públicos têm obrigação de fornecer informes de suas atividades à sociedade.”

Idibal Pivetta é também o dramaturgo César Vieira, criador do grupo Teatro Popular e União Olho Vivo. No dia 25 de maio, Pivetta receberá o prêmio Franz  de Castro de Direitos Humanos. É o prêmio mais importante da OAB. Franz de Castro era advogado e foi assassinado em 1981 pela polícia por ter-se prontificado a intermediar uma rebelião de presos na cidade de Jacareí, interior de São Paulo.

*****

Nota do Viomundo: Segundo o esclarecimento divulgado pela PM no dia 27 de março, a soldado Erika Cristina Moraes de Souza Canavezi  foi ferida com uma paulada no rosto. O Viomundo apurou que ela ficou apenas alguns minutos na emergência do Hospital Israelita Albert Einstein.

Um médico que já trabalhou no setor nos disse ainda: “Se ela tivesse levado uma paulada forte, como sugere a nota da PM, provavelmente teria feito tomografia da cabeça e ficado pelo menos algumas horas em observação. O pouquíssimo tempo na emergência é sinal de que certamente não houve trauma encefálico e a contusão foi leve, sem gravidade”.

Quanto à origem da “paulada” no rosto, a nota da Polícia Militar não diz que ela foi dada por um professor. Mas foi a dedução geral. Não está descartada a hipótese de ter sido atingida por um “cassetete amigo”.

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

83 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

sara M. da LUZ

18/05/2010 - 16h26

'Ogovernador Serra e um Ditador

Responder

Clair

05/04/2010 - 20h27

Hahaha…Latorre, eu gosto muito de vc, mas às vezes parece criança pequena: tem sempre que retrucar; mesmo que não tenha o que dizer.

Mas, vá lá; Viomundo também é terapia, em um mundo onde todos querem falar e ninguém ouvir..

;)

Responder

    francisco.latorre

    06/04/2010 - 17h08

    vou dizer então… citando…

    "Dar título de eleitor para essa gente… "

    "essa gente"…

    fascismo. desprezível.

francisco.latorre

05/04/2010 - 13h10

a civil debrasília… aquela do arruda…

tá armando pra cima dopt…

os caras não tem jeito…

ou melhor… tem.

surra de votos. isso ou isso.

Responder

    Clair

    05/04/2010 - 14h31

    Pode tirar o cavalo da chuva.
    Em Brasília vai dar Roriz, o probo, com vários e vários corpos de vantagem (a não ser que alguma manobra ou providencial descoberta da polícia+MP+judiciário o tornem inelegível). Aliás, estranho que alguém ainda não saiba disso.
    O povão não sabe o que faz. Dar título de eleitor para essa gente é como por uma arma na mão de uma criança. Estão aí, a ilustrar o que afirmo, os sempre reeleitos Roriz, Sarney, Arruda, Jader, Quércia, ACM (in memoriam), Maluf, etc., etc., etc., etc., etc…

    francisco.latorre

    05/04/2010 - 17h50

    clair?…

    será a janete?…

    tão ressuscitando ficcionista…

    tá ruim pros lados da reação.

    Fabiana

    06/04/2010 - 21h02

    Respondendo a uma parte dos comentários postados, o problema não é o povo votar, a grande questão são os pseudo intelectuais que se arvoram em conceitos loucos e confundem a opinião, ai sim popular: serra e dilma são doferentes, representam porpostas diferentes para o país, o pt e o psdb representam interesses distintos sim e é claro que onde há homens pode haver corrupção e desrespeito mas isso é um problema do homem.
    Outra questão é a policia e o seu patrão serra, devem ser denunciados sim, providências devem ser tomadas e , é claro, o fato do sindicato ter militantes petistas na direção não impede esta atitude.
    Por fim e com todo respeito a uma parte importante de paulistas e paulistanos, um dos maiores problemas do brasil não é o povão votar é o estado de são paulo votar, pois estão aí o que existe de mais atrasado, de mais corrupto e de mais liberal….acorda sp

Fátima

05/04/2010 - 12h40

Muitos posts reclamam do pt, do sindicato, mas o governador, que decide o salário de vocês, é o serra!! Que mania de focar o alvo errado! É por isso que não conseguem nada! Tem sempre um mané para atrapalhar1

Responder

Piá

05/04/2010 - 11h14

"Os Felícios dominaram o sindicato por muito tempo,…"
Foram eleitos pela maioria dos mais de 200 mil professores, ou seja: tem uma palvra sobrando no que você disse.
Vocês, tucanos enrustidos, precisam entrar em acordo quanto ao que dizem.

Responder

dvorak

04/04/2010 - 23h00

"Apeoesp deveria ir à Justiça exigir de Serra informação sobre policiais infiltrados"

Acho que não!Teria mais a perder..Teria que explicar a relação com o PT e mostrar que o intuito da greve seria apenas eleitoreira…

ehehehehehehe

Responder

    Piá

    05/04/2010 - 11h00

    A quem interessa confrontos?

WAL

04/04/2010 - 22h42

Nao fiz greve por causa de PT e nem por causa de PSDB, pra mim nem Dilma ,nem Serra servem…fiz greve por falta de dinheiroa.

Onde estava o PT e o Lula que não nos deu apoio e nos ignorou tbm? Porém agora já está usando a greve para fazer campanha de ataque ao Serra. Ambos, PT e PSDB tudo farinha do mesmo saco!

Professores…vamos fazer campanha pra qualquer outro..menos pra PT e PSDB…o q recebemos dele foi sermos usados pelo PT, como tbm tratados como marginais pela polícia e pelo Serra!

Policial tem filho em escola Pública…eles não lembraram disso.

MAS NÃO APERTO O BOTÃO PRA PT E PSDB NUNCA MAIS NA MINHA VIDA…

Responder

    Piá

    05/04/2010 - 11h02

    "Onde estava o PT e o Lula que não nos deu apoio e nos ignorou tbm?"
    Favor esclarecer que apoio você gostaria de receber?

    beatrice_

    05/04/2010 - 23h38

    Piá,
    o problema é que as categorias em greve se ressentem e com razão porque SP tem dois senadores do PT que não servem nem para espantalho, e um deles ainda quer ser governador.
    Eles nãos e posicionam nunca.

    Glecio_Tavares

    07/04/2010 - 02h19

    beatrice, voce faz muita falta, por favor volte.
    O tijolaco perde a graça sem seus comentarios inteligentes.
    Procure meu email preciso conversar com voce.
    Vamos programar alguma coisa?
    Eu estou no orkut.

    francisco.latorre

    05/04/2010 - 12h36

    farinha do mesmo saco?…

    saco… haja… pra aguentar conversê de trolhinho sem rumo….

    farinha?… isso é lá com o aércio.

Gerson Carneiro

04/04/2010 - 21h08

"Pela Constituição, os órgãos públicos têm obrigação de fornecer informes de suas atividades à sociedade"

Eles não têm coragem de informar ao menos o nome do araponga; que vá lá "fornecer informes de suas atividades"!
Faz me rir.

Responder

Luiz

04/04/2010 - 15h59

Parem de sonhar. O sindicato é do PT. E o PT tem rabo preso. Ninguém vai fazer nada.Sindicato/ PT e PSDB sempre fizeram acordo. Cadê o PT dos trabalhadores? Virou PT dos bancos, das empresas, das maracutaias. O pior é que usam o dinheiro nosso (dos professores) para eleger essa gente. É o fim da picada.

Responder

Klaus

04/04/2010 - 15h50

Me segura, me segura se não eu entro na justiça, me segura! Pô, por que não entra logo e só fica ameaçando? Medo de que?

Responder

    Rodrigo

    04/04/2010 - 21h06

    Medo de se escancarar de uma vez por todas o sistema político vigente…

    Piá

    05/04/2010 - 13h01

    APEOESP tem estatuto, existe um Conselho com representantes de todo o Estado (700 pessoas, pelo que consta), ou seja: nem a presidenta nem a diretoria executiva podem decidir isoladamente.
    Além disso, é necessário que decisões sejam tomadas a partir de orientações jurídicas seguras.

Carlos

04/04/2010 - 11h42

Isto tem que ser investigado profundamente e os responsáveis punidos. Estes policiais ou agentes infiltrados terão que ter seus nomes divulgados. Talvez o agente que carregou a policial já tenha cortado a barba, mas, não é difícil encontrá-lo. O cara que foi "prezo" jogando ovos, não foi ouvido pela polícia? O sindicato não pode deixar isto passar em branco. E os jornais que publicaram a foto bem como os jornalistas que atacaram o PT, não deveriam recontar a história?

Responder

    Janice Costa Machado

    05/04/2010 - 00h44

    É isso mesmo, quero tambem os nomes dos agentes da PF e do SNI que estão se metendo nos meus negócios aqui na favela…

    Piá

    05/04/2010 - 13h03

    E o que revindicações trabalhistas têm a ver com tráfico de drogas?

Luiz

04/04/2010 - 14h12

A verdade é uma só: quem está fazendo a greve são os professores. O sindicato não está nem aí (tem conselheiro, R.E. , a maioria de licença saúde, conselheiro e R.E. dando aulas (que povinho sem vergonha). O sindicato está nessa porque não deixamos a greve acabar (Já perdi R$ 2.000,00). Esse pessoal (do sindicato) ou é do PT ou do PSTU. O nosso objetivo não é apoiar partido político. Os Felícios dominaram o sindicato por muito tempo, depois veio o Carlão, depois a Bebel. Todos do PT. Acham que somos otários? Se a gente resolver tiramos todos eles do sindicato. E vamos resolver. Já pensou se tivessemos …?

Responder

Hélio Jacinto

04/04/2010 - 14h05

Serra é especialista em infiltrar agentes em movimentos sociais e reivindicatórios, afinal experiência ele tem de sobra, ele própio já foi agente infiltrado na esquerda brasileira pelos militares que deram o golpe de 1964.
Este e o motivo da midia ser contra a abertura dos arquivos do regime Militar. O passado de Serra pode vir a tona, passado de delator e de agente infiltrado da Ditadura Militar, seus companheiros de AP, foram perseguidos, torturados e muitos foram mortos, enquanto Serra recebia salvo-conduto para se juntar a FHC no Chile.
Serra seu passado o condena e seu presente não o recomenda.

Responder

Nascimento

04/04/2010 - 13h02

Se hoje eles infiltram agentes para sabotar uma passeata pacífica. Imagino o que eles vão fazer daqui até outubro.

Responder

    Janice Costa Machado

    05/04/2010 - 00h42

    Ou o oposto, se hoje usam até pacíficos professores para "quebrar a espinha do Serra", imagine o que não faraão até outubro, para não perder as tetas e mamatas…

    Piá

    05/04/2010 - 11h11

    Serristas estão desorientados…
    Vejam o que escreveu o Luiz: "A verdade é uma só: quem está fazendo a greve são os professores. O sindicato não está nem aí … Esse pessoal (do sindicato) ou é do PT ou do PSTU."
    Afinal, professores estão fazendo a greve à revelia do sindicato ou estão sendo "usados" pela entidade?
    Diretoria da APEOESP foi eleita ou está lá por um golpe?

João

04/04/2010 - 05h32

Tem que levar este caso à justiça sim!!!
Em tempo: o Príncipe dos sociólogos, o FHC, publicou mais um artigo no Estadão. Acusa o Governo de promover um capitalismo chinês no Brasil!

FHC, vai para casa!

Responder

Charles Carmo

04/04/2010 - 05h02

Para o inestimável Azenha e meus caros professores,

acabei de descobrir. O Serra cresceu do Datafolha pois o eleitor adora ver professor apanhando.

Descobri também que o Estadão agora recorre à “rede neural” para desqualificar Vox Populi

http://www.oreconcavo.com.br/2010/04/04/estadao-r

Um abraço

Charles Carmo

Responder

jose carlos

04/04/2010 - 02h55

E a TV Record e a REcord News, não vão falar nada sobre esse episodio? No Domingo Espetacular não iria bem? Vamos lá Paulo Henrique Amorim.

Responder

professor pardal

04/04/2010 - 00h47

Na Revista Veja desta semana saiu uma matéria super legal sobre o ensino de filosofia e sociologia na escolas brasileiras. Os professores de humanas não podem perder. O autor da reportagem analisa o viés ideológico dos idealizadores dos curriculos dessas disciplinas e também dos professores. Os professores de filosofia e sociologia são doutrinados já no berço – na universidade – e amamentados com leite marxista. Isso explica porque grande parte dos mestres de filosofia, sociologia e história sai por aí tagarelando como boneco de ventríloquo em defesa de da ideologia petista.

Responder

    João

    04/04/2010 - 05h30

    Caro Pardal: sugiro se informar! Primeiro, quando se vai estudar história ou sociologia, busca-se contextualizar aquilo que ocorreu. Logo, busca-se entender como eram as relações entre os membros daquela sociedade, sob pena de ficarmos apenas no mundo das idéias de Platão e Hegel.

    Logo, o materialismo histórico não é questão de ideologia: é questão de método!!

    Só alguém desinformado como você pode afirmar que o materialismo histórico é a ideologia petista. O PT há muito abandonou grande parte de seu programa inicial. Virou uma social-democracia.

    Pardal, o espaço aqui é curto, mas sugiro que você se informe mais, para não sair por aí escrevendo sandices sobre o que não sabe (ou o que sabe e quer desqualificar).

    Leider_Lincoln

    04/04/2010 - 11h16

    "Na Revista Veja desta semana saiu uma matéria super legal". Nossa, que profundo, hein? Citando a Revista Veja e adjetivando-a como "super legal"…
    Cara, na boa, se toca. Aqui não costuma ter playboyzinho não, meu caro. Cidadãos lêem isto. A maioria bastante cônscia, de operários a professores. Com este seu "papinho" de "super legal" e "Revista [em maíusculo, vejam só, como um sinal de respeito que a revista deixou de ter há eras] Veja" citando uma reportagem porca e tão oca quanto sua cabeça, vou te falar, deveria no máximo entrar no sítio eletrônica de uma revista tão "legal" quanto a Veja, a horrível, mal escrita, fraca e inexata "Superinteressante". Lá seu papinho "super legal" cola.
    Se você for um dos trols pagos pela campanha do PSDB para poluir o debate, e quiser manter seu emprego, aconselho pelo menos a não zombar de nossas inteligências, por que citar a Veja por si só hoje já é sinal de filisteísmo. Além disso ao colocar um "revista" com letra maíuscula e sucedida por um "super legal" e recheando o seu texto com bobagens auto-evidentes você apenas ganha deboche, nem piedade você merece…

    beatrice_

    05/04/2010 - 23h41

    "Uma matéria superlegal na VEJA"
    Nunca vi nenhuma, preciso saber se a miss goldman, nova primeira-dama, especialista em VEJA, VOGUE e CASA CLAUDIA viu isso!!!

    Glecio_Tavares

    07/04/2010 - 02h31

    beatrice nao abandone o tijolaço.

    Ramalho

    04/04/2010 - 14h23

    Os seguidores do hebdomadário do mal saem por aí a repetir, como bonecos de ventríloquo, bordões surrados recuperados de um mundo bipolar que acabou. Alegam haver ameaça de um comunismo ressurrecto e demonizado – ressuscitado por eles, ao lado de dizerem, também, que não existe mais – para tentar justificar a irresignação com os resultados da escolha democrática dos governantes feita pelo povo, coisa de maus perdedores e inimigos da democracia. Tentam promover comoção nacional para, com base em pretensa ameaça comunista, derrubar o governo – contra o comunismo, valeria tudo, até golpe contra a democracia.

    No afã de derrubar o governo, revelam a esquizofrenia persecutória que os acomete. A tese de complô nacional para cooptar professores de filosofia e sociologia – por que não antropologia, direito – para a causa causa comunista não passa de delírio esquizofrênico assentado em mania de perseguição. O perseguidor, coisa vaga, porém terrível, demoníaca, o falecido comunismo, sob o qual come-se criancinhas com batatas – o que faz lembrar que a pedofilia grassa como epidemia no âmago imoral da ideologia anticomunista, no cerne do conservadorismo – estaria a minar, segundo plano cuidadosamente feito em Moscou, o pensamento límpido e cristalino dos futuros professores. Logo, “vade retro”, comunistas!, é o grito.

    E já que se falou em tara, amamentar com leite comunista é ótimo, que “figuraça” retórica! Mas é ato falho, revela associação inusitada entre mal demoníaco, o comunismo, e o leite, a mãe, a mulher (este cara tem problemas sérios de gênero). A misoginia é evidente, e mereceria investigação psicológica aprofundada. Misoginia é traço de personalidade frequente entre essa gente.

    Engraçado também é que Roberto Freire, presidente do PPS, aliado da turma que o hebdomadário do mal defende, é ex-comunista (ou será ainda comunista?). Bem, alerto eu, Freire é ainda comunista e é ponta de lança de ação insidiosa dos comunistas demoníacos que visa a derrubada do nobre conservadorismo por dentro (esta ilação, pela implausibilidade e intuito deletério lembra o estilo da revistinha, não é mesmo?). Assim, “delenda” Freire! Epa, Cartago (ora, já que é para “esquizofrenizar”, então, vamos lá).

    O hebdomadário do mal e seus seguidores são risíveis, embora perigosos.

    francisco.latorre

    05/04/2010 - 12h44

    a invasão das antas.

    outro quadrúpede de vinte oito patas.

    leite comunista… superlegal.

    Ana

    07/04/2010 - 19h02

    Na Veja não sai nada que preste.
    Não Veja, é mais inteligente.

Maria Dirce

03/04/2010 - 23h38

Tucano aparece com 34% das intenções de voto enquanto ex-ministra tem 31% Vox Populi

Responder

Corisco

03/04/2010 - 23h15

…serviço de "inteligência" é uma coisa; colocar agentes infiltrados para provocar baderna e dar munição aos nossos gloriosos meios de (des)comunicação é outra bem diferente. É uma canalhice das grandes, no mínimo…

Responder

professor pardal

03/04/2010 - 20h08

Chocado ficamos nós diante de tanta cara de pau dos companheiros beatos de Lula. Os professores também não ficam chocados com as malandragens do governo federal? Existem jornalistas e blogueiros que possuem contratos milionários com o governo federal só para alimentar o ódio dos professores contra José Serra. Como esses professores são cegos.

Responder

    claudinei

    03/04/2010 - 23h42

    Que eu saiba quem recebe salarios milionarios sao jornalistas ligados ao psdb, e só ver o caso do jornalista Gilberto Dimenstein recebeu milhoes com um contrato com o governo de sao paulo. Outra que paga os salários dos professores de sao paulo é governo do estado, que aumenta as verbas para as propagandas, enquanto os salarios dos professores continua abaixo do piso nacional.

    Rodrigo

    04/04/2010 - 00h09

    Aham, eu sou um deles, veja o meu blog…

    patinhas

    04/04/2010 - 02h36

    Professor Pardal, você precisa inventar fatos novos, a tua lâmpada deve estar com a pilha fraca, se você continuar com essas invenções você vai perder a credibilidade, nem as criancinhas do pré-primário vão te dar atenção, se liga.!

    Piá

    05/04/2010 - 11h22

    "Existem jornalistas e blogueiros que possuem contratos milionários com o governo federal…."
    Cite um caso.
    Tucanalhas estão birutas, perdidos, atirando pra todo lado.

Maria Dirce

03/04/2010 - 21h53

Cada povo tem o governo que merece, conheço muitos professores que votam e votarão no Serra!!!!

Responder

Fabio_Passos

03/04/2010 - 20h53

Polícia política?
Policiais promovendo baderna?

Gravíssimo.
Confirmado deveria cair toda a cúpula.

A polícia é constantemente usada pela "elite" para reprimir manifestações de demandas das organizações sociais.
Agora descobrimos que a "elite" usa o aparato de segurança do Estado para promover a baderna.

São criminosos!
Estes safados envergonham toda a polícia.

Quem é o mandante?

Responder

    francisco.latorre

    05/04/2010 - 12h53

    o mandante?…

    dica…

    começa com esse e termina com erra.

    crooner da banda 'sobrinhos de sam'.

Alcino

03/04/2010 - 19h21

Poderia? Ora poderia…Vocês em São Paulo parece que estão pisando em ovos.

Responder

Marco Cardoso

03/04/2010 - 15h06

Precisa pedir aos professores nas manifestações para usar o celular e tirar fotos desse pessoal. Daí divulga-se na Internet pois talvez alguém consiga identificar.

Responder

Ana

03/04/2010 - 17h19

Lembre-me do episódio do show dos Racionais durante Virada Cultural na Praça da Sé .

Responder

sergio

03/04/2010 - 17h05

e o pig silencia diante dessa covardia do serra, em são paulo toda invasão do mst tem policial infiltrado, esse ditador disfarçado não pode de jeito nenhum ganhar as eleições

Responder

Luciano Prado

03/04/2010 - 17h01

E lamentavelmente tudo isso é visto como normal pela velha e carcomida imprensa brasileira. Imagine se o caso se desse num governo petista. É o fundo do poço.

Responder

Geurgetown F. Araujo

03/04/2010 - 16h46

A Policia irá dizer que este elemento é um enfermeiro voluntário, que de repente estava passando no local da manifestação e resolveu ajudar a policial, mas só os tucanos vão acreditar nisso.

Responder

emanuel rego lima

03/04/2010 - 15h57

Estranho o espanto do Dr. Pivetta…
Ele deve saber que essa pratica, certa ou errada, legítima ou não é espraida por todas as policias militares estaduais que tem até mesmo divisões que cuidam da "inteligencia".
Um parentesis: Pessoalmente sou contrario até mesmo a existencia desse tipo de serviço dentro das PMs. Mas daí a se espantar porque "a policia do Serra" (aí meu jesuscristinho…. ) tem e usa vai uma diferença muito grande. Todos tem, todos usam. Nenhum estado deveria ter. Nenhum Estado deveria usar! Ponto.
E o que fazem os agentes da ABIN, ex-SNI ( desta sigla o advogado deve estar bem lembrado, imagino…)?
Alguns poderiam argumentar: "Ah.. mas agora na democracia estão todos enquadrados. Só agem às claras, dentro da Lei…."

Então tá….

Quer dizer que os "espantados" imaginam que todos os Sem Terra são REALMENTE "sem Terra"?????

Então tá… mais uma vez!

Responder

    Ramalho

    03/04/2010 - 18h00

    Está bem, não vamos nos espantar, mas vamos nos indignar, se é que você permite. Passeata reivindicatória é legal e legítima, como já foi dito, enquanto infiltração de sabotadores, quer sejam policiais, quer não, é crime.

    Ademais disto, como é possível que o comando da PM não saiba o que seu policial estaria fazendo em passeata de professores? Que comando é este?

    Como espanto, ou não, com indignação, ou não, os professores têm de recorrer à Justiça, pois há indícios de cometimento de crime.

    Leider_Lincoln

    03/04/2010 - 20h21

    Você deve ser um dos tais "comentaristas" pagos pela campanha do PSDB através da Accenda ou é só um tolo? Alguém tem aí 30 modas de prata, para fazer o teste?
    http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2010/04/03

    emanuel rego lima

    03/04/2010 - 23h03

    Prezado Leider,
    Não sei o que levou vc a concluir que eu seja um comentarista pago.
    Ou que não sendo pago, seria um tolo.

    Pago sei que não sou ( salvo se me contrataram, não me avisaram e até agora nada me pagaram…).

    Agora quanto ao tolo, já não posso responder tão objetivamente.
    Sei lá…
    Talvez eu seja, quem sabe….

    Tem uns dias que me acho mesmo muito tolo…
    E invejo muito quem nunca se sentiu assim. Normalmente são pessoas muito seguras. Com muitas certezas e poucas dúvidas. Invejo-as….
    E invejo mais ainda aqueles que tem a perspicacia de concluir rapidamente acerca da tolice alheia. Certamente quem tem esse dom é bem esperto.

    Em todo caso, grato pela atenção as minhas mal-traçadas linhas…,

    daniel

    03/04/2010 - 23h16

    Não há nada de errado em policial investigar qualquer coisa à paisana. O que está errado é usar crachá falso de imprensa para tal:
    http://www.rodrigovianna.com.br/plenos-poderes/es

    Isto é crime de falsidade ideológica meu caro.

    emanuel rego lima

    04/04/2010 - 02h29

    Mas Daniel, não há discordancia entre nós…
    A unica diferença é que talvez eu tenha sido um pouco mais realista (ou até mesmo cínico, vá lá…) ao reconhecer que "todos fazem" ( Epa!!!! Já ouvi essa frase não lembro aonde…).
    Na propria materia que vc indicou consta a seguinte manifestação do editor da carta maior:
    "Imaginem o estardalhaço que causaria um agente disfarçado da Abin ou da Polícia Federal “cobrindo” uma reunião do PSDB com um crachá falso da Folha de São Paulo…"
    Pois é, amigo…. a comparação só é pertinente porque o jornalista sabe ( todos sabemos…. espero que saibamos!) que a ABIN ( ex SNI), ardorosamente defendida pelos governistas em nebuloso episodio de grampos, também faz seus "disfarces"… ( dentro ou fora da lei….hehehe). E a PF também faz suas investigações "heterodoxas"….
    O que lamento amigo, verdadeiramente, é esse campeonato pra ver que faz, ou fez, mais caca, quem fede mais…
    Essa disputa só interessa a quem não gosta de andar limpo!

    Piá

    05/04/2010 - 11h33

    A que "nebuloso episodio de grampos" você se refere?
    Gilmar Mendes / Demóstenes?
    Cadê o áudio?

Milton

03/04/2010 - 15h51

Segunda-feira estava ouvindo uma conversa entre Merval Pereira e C A Sardemberg sobre a greve do professores e os caras pareciam estar falando de uma greve que estava acontecendo no Irã ou na China. Falavam toda hora em videos roalando youtube como se fossem mensagens postadas iguais aquelas durante as eleiçoes do pais islamico. Os caras trabalham num dos maiores grupos de midia do mundo, numa das maiores democracias do mundo e a fonte de imagens sobre uma greve em territorio nacional é o youtube. Sou jornalisticamente leigo, mas como disse Lula eles são de um "ma vontade" flagrante, ou é canalhice mesmo?

Responder

Midionauta

03/04/2010 - 15h48

Azenha, e esta entrevista do chefe do Doi-Codi no Jornal da Globo:

http://g1.globo.com/jornaldaglobo/0,,MUL1555638-1…

Responder

    beatrice_

    05/04/2010 - 23h45

    Midionauta, assisti e emudeci.
    Um espanto.
    A GLOBO é revisionista, quer reescrever a história do brasil como lhe convém.

O Brasileiro

03/04/2010 - 15h45

Quando os paulistanos da periferia de São Paulo pararem de seguir (ou imitar, como queiram) seus patrões (coronéis, como queiram) da região central, os tucano-demos terão dificuldades de obter votos em SP.

Responder

    Tenorio

    03/04/2010 - 17h00

    Com certeza o prefeito seria outro, mas e o governo? Não devemos nos esquecer dos votos do interior, aonde tem muito conservadorismo, e também aonde não existem muitos dos problemas que temos aqui na capital.

maconheiro

03/04/2010 - 15h26

é a polícia do “Vote num careca e leve dois” !

Responder

    Ramalho

    03/04/2010 - 18h02

    Não é vote, é COMPRE. É assim: "COMPRE um careca, e leve dois"

Jair Orichio Junior

03/04/2010 - 15h16

São Paulo é um país, não é um estado, não é uma cidade… Ver este Estado / Pais, ser ridicularizado por um governador escroto como este Zé Alagão … é terrível.
O uso de agente infiltrado em passeatas é algo horrendo, nojento e asqueiroso… Como este cara pode se colocar para a população como candidato a presidente, secompactua com as práticas mais adversas de uma sociedade democrática.
Não consigo imaginar a APOESP ou a OAB ou ainda o Promotor Blat não abrindo uma sindicância ou um inquérito contra este falso moralista.
O Promotor que consegue descobrir coisas absurdamente complexas, não consegue saber o nome e o que faziam o "Ovador" e o "Carregador" ?
Esse promotor Blat é na verdade um "Blast"

Responder

Glecio_Tavares

03/04/2010 - 15h09

Eu havia postado um comentário justamente dizendo que a justiça poderia atuar caso alguém entrasse com a ação.

Talvez de para aproveitar esta brecha e entrar com processo na justiça comum contra o governador que não governa, e em vez de receber os professores para dizer a eles que torrou o dinheiro do aumento deles em comerciais de empresa que não tem concorrencia, a sabesp, prefere receber a madona e conversar sobre ensinar a cabala a jovens carentes de São Paulo. Viaja para pernambuco para participar de carnaval de rua e vive assustando criancinha na rua.
Foi neste post:
https://www.viomundo.com.br/voce-escreve/cut-repud
A justiça fará a democracia ser cumprida? Fica a duvida de quem cada vez menos acredita nos orgãos publicos de São Paulo. Viramos um feudo e tenho um Senhor Feudal que atira pedras em seus vassalos.

Responder

    beatrice_

    05/04/2010 - 23h50

    O episódio com o Pimentel que ganhou direito de resposta mostra que estas situações devem ser cobradas judicialmente sempre, o volume de ações será disciplinador a longo prazo.

    Glecio_Tavares

    07/04/2010 - 02h34

    Vai caber até danos morais em especie, pois no bolso é que eles sentiram mais. Serão desmoralizados e ainda terão que pagar por isso. beatrice e o premio? e a carona?

Glecio_Tavares

03/04/2010 - 15h09

Eu havia postado um comentário justamente dizendo que a justiça poderia atuar caso alguém entrasse com a ação.

Talvez de para aproveitar esta brecha e entrar com processo na justiça comum contra o governador que não governa, e em vez de receber os professores para dizer a eles que torrou o dinheiro do aumento deles em comerciais de empresa que não tem concorrencia, a sabesp, prefere receber a madona e conversar sobre ensinar a cabala a jovens carentes de São Paulo. Viaja para pernambuco para participar de carnaval de rua e vive assustando criancinha na rua.
Foi neste post:
https://www.viomundo.com.br/voce-escreve/cut-repud
A justiça fará a democracia ser cumprida? Fica a duvida de quem cada vez menos acredita nos orgãos publicos de São Paulo. Viramos um feudo e tenho um Senhor Feudal que atira pedras em seus vassalos.

Responder

Urbano

03/04/2010 - 15h05

Infiltração de arapongas é a coisa mais inocente que os escroques da facção nazi-fascista demo/tucanalha/pig/pillenium pode se utilizar.

Responder

Leider_Lincoln

03/04/2010 - 14h41

Engraçado, os trols sumiram. Inclusive aqueles que sempre se manifestaram "preocupados com a democracia", com "o direito de ir e vir". Há uma semana nenhum deles dá um pio sequer. Gostaria tanto de ver o Klaus e o Dvorak participando deste debate, já que são ardorosos defensores da prática democrática e adoram dar umas boas risadas…

Responder

Marat

03/04/2010 - 14h29

"Cacetada amiga" é ótimo… do que jeito que a PM está, é bem provável. Inspetor Clouseau perderá o emprego em breve…
Acho que essa turma reacionária levará uma cacetada amiga do Vox Populi, logo mais – rsrsrs

Responder

Oswaldo

03/04/2010 - 14h09

Azenha, seu post e cheio de verdades, nossas manifestacoes sao pacificas mas sao infiltradas de elementos opressores da direita. Nos sindicalistas queremos apenas que nossa voz seja ouvida pela burguesia dominante, queremos dignidade salarial e condicoes pra cuidar bem das nossas criancas, queremos paz com a policia cuja missao e proteger a sociedade. Quando pela primeira vez vi a foto publicada aqui, achei que o policial era gay, depois soube que era uma mulher. Senti muito orgulho ao ver um dos nossos professores defendendo seu proprio agressor. Depois da policia identificar a farsa, muito bem planejada para manipular a opiniao publica, fiquei mais orgulhoso, agora por saber que nossa classe continuara na luta apesar de enganada pelas forcas da direita. Isso foi um absourdo que fizeram conosco.

Responder

Francisco E. Guerra

03/04/2010 - 14h07

Conceição,

Quando se tratas de tucanos, principalmente Serra, devemos imaginar todas as possibilidades. E se Serra queria um cadáver de policial?

Responder

Adriano

03/04/2010 - 14h06

No segundo parágrafo foi dito que havia caminhões nas ruas para bloquear a passagem dos professores. Quer dizer então que esses caminhões não foram multados pela PM, mas o caminhão de som dos professores foi ameaçado com dezessete multas, apreensão e outras penalidades ao motorista e ao dono do caminhão? Em 2007 foi possibilitado à polícia militar de São Paulo a aplicação de multas de trânsito. Logo, a ameaça de multas e a apreensão de veículos está sendo usado de forma arbitrária e seletiva para a repressão e o contrangimento aos movimentos sociais legítimos?

Responder

Leider_Lincoln

03/04/2010 - 14h01

Engraçado, os trols sumiram. Inclusive aqueles que sempre se manifestaram "preocupados com a democracia", com "o direito de ir e vir". Há uma semana nenhum deles dá um pio sequer. Gostaria tanto de ver o Klaus e o Dvorak participando deste debate, já que são ardorosos defensores da prática democrática e adoram dar umas boas risadas…

Responder

Remindo Sauim

03/04/2010 - 13h45

No Rio Grande do Sul, o governo e a cachorrda da polícia da Yeda do PSDB se comportam do mesmo modo. A militar dá pau nos professores e a civil acoberta o assassinato do secretário do prefeito Fogaça (aliado da Yeda) envolvido em altas corrupções.

Responder

Deixe uma resposta