VIOMUNDO

Diário da Resistência


Guru de Bolsonaro, idolatrado por homem que vai organizar o Enem, duvida que a Terra gire em torno do Sol; veja vídeo
Denúncias

Guru de Bolsonaro, idolatrado por homem que vai organizar o Enem, duvida que a Terra gire em torno do Sol; veja vídeo


07/01/2019 - 09h54

Vídeo disseminado por Rafael Martelo no twitter

Da Redação

Os estudantes que vão prestar o Enem em 2019 que se cuidem.

Em primeiro lugar, por conta do sigilo, já que o neofascista Jair Bolsonaro quer conhecer a prova antes de ser aplicada.

Depois, por conta de “pegadinhas” ideológicas.

Por exemplo: há alguma dúvida de a Terra faça órbita em torno do Sol?

Se o estudante responder que sim, pode acabar surpreso com o resultado, já que o intelectual idolatrado por Bolsonaro e pelo organizador da próxima prova duvida disso.

Veja o vídeo acima e depois leia sobre o homem que vai cuidar do Enem, que já acusou professores de pregarem o aborto, o incesto e a pedofilia, de acordo com o diário Zero Hora (reprodução parcial):

Quem é Murilo Resende, o escolhido de Bolsonaro para comandar o Enem

Depois de criticar as questões de 2018 e afirmar que vai examinar as perguntas previamente, presidente da República indica para cuidar do exame economista que fez ataque duro aos professores brasileiros

Recém-indicado e já sob ataque, o futuro coordenador do Exame Nacional do Ensino Médio(Enem), Murilo Resende Ferreira, foi defendido neste sábado (5) em um tuíte de Jair Bolsonaro. O presidente da República registrou que o economista vai focar na “medição da formação acadêmica e não somente (n)o quanto ele (o aluno) foi doutrinado em salas de aula”  —  “seus estudos deixam claro a priorização do ensino ignorando a atual promoção da ‘lacração'”.

Em vídeo transmitido em novembro, logo depois de ser eleito, Bolsonaro atacou as questões do último Enem e disse que, sob sua gestão, o governo vai interferir na prova:

—  Podem ter certeza e ficar tranquilos. Não vai ter questão desta forma ano que vem, porque nós vamos tomar conhecimento da prova antes. Não vai ter isso daí.

Encarregado de comandar essa empreitada, Resende é um economista e blogueiro de 36 anos que idolatra o filósofo Olavo de Carvalho e milita nos extremos da direita conservadora, como muitos dos novos integrantes do governo.

No final da semana passada, quando veio a público que ele seria o novo  diretor de avaliação da Educação Básica do Instituto de Estudos e Pesquisa Educacionais (Inep), seu blog e suas redes sociais começaram a ser escrutinados, trazendo à tona afirmações controversas.

Na tarde deste domingo, as páginas de Resende na internet e nas redes sociais estavam fechadas ou apagadas.

Um dos episódios lembrados nos últimos dias foi a participação do economista em uma audiência sobre “Doutrinação Político-Partidária no Sistema de Ensino”, realizada em 2016 pelo Ministério Público Federal. Na ocasião, Resende disse que professores brasileiros são desqualificados e manipuladores, que tentam roubar o poder da família praticando a ideologia de gênero e que pregam aborto, incesto e pedofilia:

—  Precisa de uma reforma absurda, completa, para limpar toda essa contaminação ideológica até o ponto em que os professores voltem a se preocupar com a sala de aula, e não só com filosofia da educação, ficar discutindo Paulo Freire e a criança do futuro que será um jovem socialista.

Resende teria sido expulso do MBL

Originário de Goiás, onde leciona, Resende fez cursos online de Olavo de Carvalho e integrou o Movimento Brasil Livre (MBL), de caráter conservador. No fim de semana, Renan Santos, um dos fundadores e coordenadores nacionais do movimento, afirmou no Twitter que Resende foi expulso do MBL, por ser um “maluco completo”, um “lunático, conspiratório, fora da realidade”.

No sábado, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República, usou as redes sociais para se pronunciar. Afirmou que, com Resende, o Enem vai ser diferente.

“Atenção professores: seu aluno que inicia agora o 1º ano do Ensino Médio não precisa saber sobre feminismo, linguagens outras que não a língua portuguesa ou História conforme a esquerda, pois o vestibular dele será em 2021 ainda sob a égide de pessoas da estirpe de Murilo Resende”.

Eduardo referia-se a algumas das questões do último Enem que foram alvo dos ataques de Bolsonaro, como uma pergunta sobre dialetos que apresentava como exemplo um dialeto da comunidade LGBT+. Em entrevista antes de assumir o cargo, o  ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, já antecipou que dará aval para a consulta prévia das provas do Enem pelo presidente.

—  Se o presidente se interessar, ninguém vai impedir. Ótimo que o presidente se interesse pela qualidade das nossas provas.

Para que isso aconteça, Bolsonaro terá que mudar normas administrativas que regem o Enem. E, se quiser evitar eventuais questionamentos judiciais, deverá fazer até mesmo ajustes na legislação.

A intenção presidencial provocou reação de educadores, para quem há risco para a credibilidade técnica e o sigilo do Enem.

Leia também:

Dilma dispara petardo contra general Heleno

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

LUIZ HORTENCIO FERREIRA

10 de janeiro de 2019 às 15h40

Os brasileiros ainda nao entenderam a estrategia deste governo… desde as eleicoes ja praticavam a farsa de alguns falarem um monte de barbaridades, para que a midia ficasse batendo em cima disso, distraindo o povo e eles la aprovando, alterando e criando normas e leis para f….. com o povo brasileiro. Estrategia que deu certo e eles ganharam as eleicoes… vai sempre ter uns no meio deles que serao os bobs da corte… de proposito e intencionalmente… estrategia para ludibriar o povo!

Responder

robertoAP

07 de janeiro de 2019 às 18h54

Com referência ao que fala o “palestrante” no final do vídeo, ele próprio já esteve internado em hospício, pois só cursou até a 4a.série incompleta e resolveu estudar por conta própria, daí acabou lendo coisas muito além de seu intelecto primal e pirou.
Esse filósofo e professor virtual dos Bolsa e dos Coxa, na verdade é astrólogo formado em casa, um colega da Zora Ionara.
Ele dá cursos e palestras pelo YouTube, muito mais ridículas que essa, e foi o responsável pela “instrução” de toda a “família presidente” e 99% de todos os coxinhas Faceboqueteiros, Tuiteiros, Uatsapeiros, e por isso estamos vivendo em plena IDIOCRACY (filme de 2006), já que 57% da população acreditou nessa turba.

Responder

L'Amie

07 de janeiro de 2019 às 18h38

A primeira coisa a ser feita é entrarmos no hospicio, fechar a porta para os ” (a)normais ” e aguardarmos ” 40 anos no deserto ” até que São Moses ” faça chover goma.

Responder

Zé Maria

07 de janeiro de 2019 às 18h12

Interpretação de Texto dos Eleitores
e Cabos Eleitorais da FamíGlia Bolsonaro:
https://pbs.twimg.com/media/DwTp-5TXQAAf2R2.jpg

Responder

Zé Maria

07 de janeiro de 2019 às 17h17

Novo coordenador do Enem falsificou Nietzsche e Dostoiévski
para atacar ‘professores esquerdistas’ e ‘abortistas’

Por Clayton Netz, no DCM

https://t.co/d2lHPun7yh
https://twitter.com/DCM_online/status/1081856838025531393

Responder

Zé Maria

07 de janeiro de 2019 às 17h07 Responder

Zé Maria

07 de janeiro de 2019 às 15h47

O Mundo Paralelo dos Bolsopatas
ou a ilusão de termos sido mais

Por Armando Rodrigues Coelho Neto*, no GGN

Há uma lenda no Direito, de que um povo que vivia à beira de uma montanha
era periodicamente atacado pelos que viviam no topo da montanha.
Os atacantes tinham cavalos e desenvolveram as lanças.
Ao chegarem, saqueavam as plantações e violentavam as mulheres.
Um belo dia, resolveram entrar num acordo para criar direitos.
O primeiro artigo da lei dizia: quem tem cavalos e lanças têm direito
às mulheres e plantações.

Criou-se no Brasil uma usina de loucos que tentam impor seu mundo paralelo.
Uma parte de fabricantes de fantasmas como as mamadeiras de piroca,
outra de predispostos a crer e temer (n)os tais fantasmas.
Eclodiram os juízes, procuradores e delegados federais fanáticos
e fundamentalistas religiosos.
Da terra plana ao Jesus na goiabeira, uma legião de loucos
explodiu no país, inclusive um que, por pretensas razões religiosas,
supostamente teria tentado esfaquear o presidente Coiso sangue de barata.
Até hoje se espalham lendas sobre ameaças que a PF diz
investigar em sigilo, que pelo histórico, se forem reais,
só podem ser deles contra eles, pois têm perfis doentios e violentos.

Conclusão: jogaram um mufumbu sobre o País, hoje gerido por loucos.
Como disse um amigo da PF, há uma loucura com visíveis patologias:
da bipolaridade do Coiso à paranoia de seu filho pit bull,
vige um espectro doentio em Ernesto Araújo, Olavo de Carvalho,
Damaris, Janaina, Joice, Onyx, Queiroz, Alexandre Frota…
São dependentes químicos de desprezo e apalpos ao mesmo tempo.
Movidos a ódio, sentimento de vingança e de retaliação,
eles têm um quê de delírio, de terra prometida, de povo escolhido,
providência divina, de compulsividade.

Tudo isso talvez explique o medo do peão da piscina e a cena surreal do hotel em Brasília.
Nós humanistas, que circunstancialmente nos imaginávamos
sermos quantitativamente mais, nos demos conta tardiamente
de que, quem tem as lanças, os cavalos…
ou melhor, quem tem a mídia, a polícia, a justiça, o dinheiro
e as armas têm direito a tudo o quanto mais…

*Armando Rodrigues Coelho Neto – jornalista e advogado,
delegado aposentado da Polícia Federal e ex-representante
da Interpol em São Paulo

íntegra em: https://t.co/2wVP0s1cbu
https://twitter.com/luisnassif/status/1082226693450932224
https://jornalggn.com.br/noticia/o-mundo-paralelo-dos-bolsopatas-ou-a-ilusao-de-termos-sido-mais-por-armando-coelho-neto

Responder

Zé Maria

07 de janeiro de 2019 às 12h53

O Estudioso da Cabala Olavo de Carvalho,
renomado Astrólogo da Virgínia, nos EUA,
faz retroceder o Debate ao Século 16.

Nicolau Copérnico, Giordano Bruno,
Galileu Galilei, Johannes Kepler seriam
Doutrinadores Marxistas Globalistas?

A Resposta está escrita nas Estrelas…
Mas, preliminarmente, é preciso entender
a Diferença entre Circunferência e Elipse.

https://youtu.be/qc1rzryczdw

https://vimeo.com/251001666
https://pt.fulltv.tv/giordano-bruno.html
https://www.dailymotion.com/video/x163gnd

Responder

Roque Jones

07 de janeiro de 2019 às 12h15

Não gosto do Olavo. Todavia, de vez em quando tem uns insights interessantes. De qualquer forma é mais relevante do que mistificadores como Paulo Freire, Marcos Bagno e assemelhados que levaram a educação e a vida intelectual do Brasil para o buraco.

Responder

Julio Silveira

07 de janeiro de 2019 às 11h05

O atual Brazil, com Z, provavelmente devido a “profecia” biblica do apocalipse para esses tempos tão acalentada por seus atuais interpretes do fundamentalismo cristão, que infestam o atual governo, resolveu através deles se antecipar e já mergulhar nele, quem sabe para deixar o povo alem de mais ignorante, também mais cascudo que para aguentar a dor do apocalipse mundial se este vier. Rsrsrs.

Responder

maria do carmo

07 de janeiro de 2019 às 10h11

Presidente Bolsonaro bronco totalmente sem nocao so para citar uma das varias absurdas indicacoes para os ministerios ( fora essa do maluco do Murilo Rezende para o Enem ) Ricardo Salles para o meio ambiente e o mesmo que amarrar cachorro com linguica vejam o historico do fulano. Acorda Brasil estamos num aviao sem piloto!

Responder

maria do carmo

07 de janeiro de 2019 às 10h09

Presidente Bolsonaro bronco totalmente sem nocao so para citar uma das varias absurdas indicacoes para os ministerio ( fora essa do maluco do Murilo Rezende para o Enem ) Ricardo Salles para o meio ambiente e o mesmo que amarrar cachorro com linguica vejam o historico do fulano. Acorda Brasil estamos num aviao sem piloto!

Responder

    LUIZ HORTENCIO FERREIRA

    10 de janeiro de 2019 às 15h43

    Isso e estrategico… funcionou nas eleicoes e eles ganharam… agora vao aplicar no governo… uns poucos sao escolhidos para falarem barbaridades e a midia e o povo prestam atencao nos bobos… e la em cima as coisas estao sendo alteradas para beneficiar os mais ricos… estrategia… e os bobos somos nos!!!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!