VIOMUNDO

Diário da Resistência


Fernando Morais censurado de novo no Facebook: “Nem se deram ao trabalho de responder minha queixa; o que faço, antes de botar fogo no circo?”
Foto: André Neves Sampaio/Nocaute
Denúncias

Fernando Morais censurado de novo no Facebook: “Nem se deram ao trabalho de responder minha queixa; o que faço, antes de botar fogo no circo?”


25/09/2018 - 12h43

Fernando Morais é censurado de novo no Facebook

por Fernando Morais, no Nocaute

É a segunda vez que, num grave momento político, o Facebook me tira do ar.

E sem que eu tivesse transgredido qualquer uma das normas da rede Zuckerberg.

No 16 de abril, véspera da votação do impeachment, minha página no Facebook atuava para tentar convencer parlamentares a votarem NÃO contra o golpe.

De repente o Facebook me tirou do ar — no auge da campanha contra o impeachment — alegando que eu havia postado algo proibido pelas normas daquela rede.

E eu NÃO havia postado nada que contrariasse as regras autoritárias e draconianas do Zuckerberg.

Agora, a pouco mais de uma semana da eleição presidencial, fui CENSURADO de novo pelo Facebook pelo prazo de 30 dias.

Posso ler o que postam na minha página, mas eu mesmo não posso dar sequer um click.

De novo, como qualquer idiota alfabetizado pode ver nos arquivos, não sugeri atividade terrorista, não propaguei o ódio organizado, não propaguei assassinatos em série ou em massa, tráfico humano, violência organizada ou atividade criminosa.

E também não expressei apoio ou exaltei grupos, líderes ou indivíduos envolvidos nessas atividades.

A quem devo me dirigir?

Já mandei a mensagem de queixa ao Facebook e não se deram ao trabalho de me responder.

A quem me queixo? Ao Decon? Ao Procon? Ao bispo? Ao papa? À delegacia de crimes cibernéticos?

Afinal, censura é crime pela Constituição brasileira.

Como devo proceder, alguém sabe? Obrigado,

Fernando Morais

Leia também:

No Maranhão, cidades inteiras vão às ruas em defesa de Lula; veja vídeo



7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Morvan

27 de setembro de 2018 às 11h55

Bom dia.
Fenando Morais, ilustre jornalista e homem público, íntegro, vitorioso, consagrado. Indiferente de muitos outros atributos os quais posso vos (honestamente) tarjar, estais convidado a postar no Democracia Com Deboche; [email protected] aqui, aliás. Lá se posta com toda liberdade, sempre com um toque de ironia, sem esquecer a Política.

Saudações “#HaddadPresidente, #LulaLivre, Brasil idem (deles, dos entregões).
Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal, seja Livre, use GNU-Linux.

Responder

Eduardo

27 de setembro de 2018 às 11h51

Simples Sebastião, gostei! Fernando, se quiser tenho centenas para oferecer que serão felizes por serem censurados! Quem sabe podemos conseguir um recorde mundial se censuras! Seria histórico! Quem sabe podemos superar os recordes de Mussolini?

Responder

Milton

26 de setembro de 2018 às 20h32

Não tem o que fazer quanto ao FB. Simplesmente não presta e não uso pra nada, meu perfil fica lá só pra constar. Desista.

Responder

Julio Silveira

25 de setembro de 2018 às 14h27

Meu caro Fernando Morais, vc deveria ir as instancias do PT e lá cobrar com seu conceito, sobre os porques da busca por parceria com essa instituição americana “privada” que presta serviços ao estado yanke.
Se não acredita, olhe aqui: https://www.cartacapital.com.br/blogs/midiatico/dilma-anuncia-parceria-com-o-facebook-412.html
Parceria essa, da Dilma, citada em outras publicações, só que da midia corporativa.
Sinto muito por vc e por nós, mas o Facebook tem lado e é o lado da ideologia imperialista yanke. Minha avó sábia, já falecida, em diversas ocasiões (como essa, em que alguem procurava cooptar se rebaixando ignorando os aspectos historicos da relação yanke com os demais povos da america), citava um ditado popular que se aplica perfeitamente a seu caso, ao caso do nosso povo, vendidos, rebaixados, por quem deveria zelar por nossa representação, “quem muito se abaixa o fiofó amostra”.

Responder

Hell Back

25 de setembro de 2018 às 13h24

Tente reclamar para um avatar do STF.

Responder

Luiz Carlos

25 de setembro de 2018 às 13h24

Amigo Fernando, Poste também no VK. Estaremos lá para acompanhá-lo

Responder

Sebastião

25 de setembro de 2018 às 13h05

Comece a publicar na página de um amigo ou vários com a expressão “fulano de tal agora é Fernando Morais”

Responder

Deixe uma resposta