VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Dilma processará IstoÉ e estuda medidas contra o vazador: Colocam em risco filha e netos da presidenta
Denúncias

Dilma processará IstoÉ e estuda medidas contra o vazador: Colocam em risco filha e netos da presidenta


16/07/2016 - 17h25

20160516-etchegoyenGeneral Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe da Secretaria de Segurança Institucional. Foto: Sul21/Divulgação

NOTA À IMPRENSA

A respeito da revista IstoÉ, que veicula neste sábado, 16 de julho, a matéria “As mordomias ilegais da família de Dilma”, a Assessoria de Imprensa da Presidenta Dilma Rousseff anuncia:

1. Serão tomadas as medidas legais cabíveis na Justiça contra o repórter, a direção da revista e a Editora Três. Mais uma vez, IstoÉ comete mau jornalismo e tenta provocar comoção na opinião pública atacando a honra da Presidenta Dilma Rousseff e seus familiares.

2. Não se pode expor de maneira desonesta e vil a honra de pessoas. Ainda mais aquelas que, ao contrário da Editora Três, não travam a luta política e partidária. IstoÉ continua a praticar ficção e romper a fronteira da legalidade em nome da liberdade de imprensa. O resultado é mau jornalismo.

4. Diante disso, a Assessoria de Imprensa da Presidenta Dilma Rousseff esclarece: ao contrário do que informa IstoÉ, a segurança dos presidentes da República no Brasil, assim como de seus familiares, é assegurada por determinação legal.

5. Dilma Rousseff e família – assim como o vice-presidente e seus familiares – têm segurança fornecida pelo Estado brasileiro em obediência ao disposto no inciso VII do artigo 6º da Lei 10.683, de 28 de maio de 2003. Além disso, o artigo 5º do Decreto 6.403 regula o uso de transporte institucional por parte dos familiares da presidenta e do vice-presidente da República.

6. Portanto, não há ilegalidade alguma no uso de carros ou escolta de segurança pela família da Presidenta Dilma Rousseff.

7. Mesmo sendo alvo de um processo de impeachment – sustentado em argumento inexistente, como apontou na última semana o Ministério Público Federal –, a Presidenta Dilma Rousseff mantém prerrogativas como Chefe de Estado. Ela pode residir no Palácio da Alvorada, locomover-se em veículos oficiais e receber segurança para si e sua família. Ela é a presidenta da República, eleita em 2014 por mais de 54,5 milhões de votos.

8. É estarrecedor que nem o repórter nem a revista IstoÉ tenham ouvido as pessoas envolvidas nos fatos – requisito básico de quem faz jornalismo ético. Por má fé ou negligência, a revista omitiu o conteúdo do ato de comunicação do Senado ao Vice-Presidente Michel Temer acerca do afastamento da Presidenta Dilma Rousseff. Nenhuma referência, sequer, ao parecer jurídico da Casa Civil do governo interino que analisa as prerrogativas presidenciais que devem ser mantidas no período de afastamento.

9. A leitura de ambos deixa claro que, neste período, a segurança da Presidenta e de seus familiares deve ser mantida, observando-se “as diretrizes traçadas pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI)”. Ou seja: ao contrário do que sugere IstoÉ, não são os familiares da presidenta que definem as regras da sua segurança em relação ao transporte, mas o GSI.

9. Assim, ao divulgar a rotina da família da presidenta, tornando públicos detalhes como locais frequentados e horários das atividades habituais de sua filha e de seus netos, IstoÉ coloca em risco a segurança dos parentes da Presidenta da República. A revista terá de responder civil e criminalmente na Justiça por tal conduta. Inclusive por eventuais atos ofensivos e danosos que decorram da divulgação irresponsável de informações que possam vir a eventualmente prejudicar, a partir de agora, a segurança das pessoas mencionadas pela revista.

10. A Presidenta da República estuda medidas administrativas e judiciais cabíveis contra o Gabinete de Segurança Institucional por violação de regras de segurança e vazamento de informações sobre hábitos e rotina da família Rousseff.

11. Apesar do esforço de parte da mídia, diante da ausência de indícios ou provas apontando crime ou dolo praticado por Dilma Rousseff em toda a sua vida pública, a verdade permanece: a Presidenta da República é uma mulher honesta.

Assessoria de Imprensa

Presidenta Dilma Rousseff

Leia também:

Weisbrot: Brasil, a gorda República das Bananas

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



18 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Jorge Braga

18 de julho de 2016 às 12h37

Num país com 14% de desempregados são inconcebíveis mordomias como essas.
Todas as autorizades tem direito a segurança, porém excessos não são justificáveis.
Prisão para os corruptos do PT, PMDB, PP. TODOS SEM EXCESSÃO!!!

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

18 de julho de 2016 às 09h50

Por que esse esgoto da Veja não forneceu os dados do quanto é o gasto para fazer a segurança da bela, recatada e do lar e de seu filho já milionário aos 2 anis de idade? Poderia, também, informar os lugares que frequentam, os itinerários que costumam fazer, etc. Mas isso não pode, né? Mais um lixo de reportagem, como é do costume desse esgoto midiático. Não podem reclamar que as revistas que colocam nas bancas são devolvidas, por falta de leitores. Volta Dilma e corta a publicidade destes golpistas. Quebre esses lixos da (des)informação.

Responder

Leda

17 de julho de 2016 às 17h50

As regalias não foi ela que criou e até onde eu sei ela está afastada do mandato, não foi ainda oficializada a sua saída do cargo, Michel é presidente interino até o momento. O Cunha foi afastado do cargo de presidente da Câmara e contínuo com os mesmo direito ( segurança p sua esposa ir a academia, pago por nos) e a revista não fez nem uma matéria sobre ele, como diz o Cunha: amanhã pode ser vc no meu lugar.

Responder

Serjão

17 de julho de 2016 às 17h49

O povo nas ruas derruba golpes.
Na Turquia, milhares de juízes afastados.

Responder

Marinho

17 de julho de 2016 às 11h02

É fácil senhor Cidadão, eleja-se presidente da República que o senhor terá essas regalias escritas pela tão “séria” revista.

Responder

So5

17 de julho de 2016 às 10h57

Ainda não basta de tantas mordomias??
E os Brasileiros desempregados e com fome neste país de analfabetos..
e a senhora e toda sua família usufruindo das regalias do poder…
Isso tem que acabar é muita regalia para essas pessoas..que de nada contribui para o erário.

Responder

FrancoAtirador

17 de julho de 2016 às 01h15

.
.
“O MONOPÓLIO DA MÍDIA ATRASOU O MOVIMENTO DA SOCIEDADE”

http://www.intervozes.org.br/direitoacomunicacao/?p=24609
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    17 de julho de 2016 às 01h29

    .
    .
    braZ-ilha

    1/3 (33%) das Pessoas Indagadas pelo DataFrias

    Não Sabem Quem é o Atual Governante do País.

    https://twitter.com/ocafezinho
    .
    .

    FrancoAtirador

    17 de julho de 2016 às 01h48

    .
    .
    PNAD-IBGE 2015

    Apenas 37 Milhões (55%) de Domicílios Particulares

    possuem Algum Tipo de Acesso à Internet no Brasil.
    .
    .

Miguel Silva

16 de julho de 2016 às 23h25

É isso que a Lixoé quer: repercussão para tentar vender o seu amontoado semanal de papel higiênico impresso.

Responder

Cidadão

16 de julho de 2016 às 22h04

Uai. Eu tbem pago imposto e quero segurança e carro blindado pra levar meus filhos pra passear.
Ainda bem que temos jornalistas e revistas assim

Responder

    Eduardo

    17 de julho de 2016 às 14h21

    Pois é cidadão, se “indignar” contra eventual mordomia de autoridades é válido, topo assinar petição pública para acabar os privilégios de todos os políticos, de prefeitos a presidente da república. Agora onde no mundo, aquele que provavelmente vc deve ter como parâmetro, que os procedimentos de assistência à família do presidente ou vice ou primeiro ministro é diferente daquele da reportagem da lixo é? Esta revista e muitas outras publicações da nossa chamada grande mídia, são lixo e publicam o que for encomendado por aqueles que pagam a conta. Liberdade de impressa para eles é só retórica. Aliás, pá eles nunca levantaram algo semelhante de outros dirigentes? Portanto ser CIDADÃO é pagar os impostos em dias, participar do debate política da nossa comunidade, exigir direitos iguais para todos e aceitar o contraditório e a diferença civilizada de opinião, o que está e outras publicações brasileira da grande mídia não adotam em seus manuais de redação. Esta revista, por sua História, é um lixo. Ah, já fui assinante dela no século XX e percebi a muito tempo que ela não tinha qualidade editorial que valesse meu tempo com leitura.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.