VIOMUNDO

Diário da Resistência


Abrasco: Democracia e SUS, sim! Ditadura e privatização, não!
Peter Ilicciev/Fiocruz
Blog da Saúde

Abrasco: Democracia e SUS, sim! Ditadura e privatização, não!


21/10/2018 - 01h16

Porque defendemos a Democracia e lutamos pelo SUS

Da Abrasco, via -email

Na tarde de 16 de outubro, uma reunião extraordinária da Diretoria da Associação Brasileira de Saúde Coletiva ouviu representantes de todos os Grupos Temáticos, Comissões e Comitês da associação, a fim de avaliar os resultados do primeiro turno eleitoral e discutir o posicionamento da Abrasco diante do segundo turno.

Presidentes de anteriores gestões abrasquianas e ainda a Secretaria Executiva da associação também participaram do encontro que culminou com a aprovação da seguinte Nota Abrasco:

No contexto das eleições presidenciais no primeiro turno, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva – Abrasco – apresentou aos candidatos e candidata, aos/às profissionais de saúde e à população um conjunto de pontos essenciais para a melhoria da saúde no Brasil.

Reafirmamos o SUS – Sistema Único de Saúde como conquista histórica da sociedade brasileira em conjunto com outros programas de promoção e proteção da saúde de alcance universal, indicamos a Estratégia Saúde da Família como prioritária para a equidade da atenção à saúde no país.

Políticas nacionais de saúde exigem participação ativa e central do Estado, por isso nos posicionamos contrários a qualquer movimento de desestabilização ou privatização do SUS.

Essa posição sustenta-se na experiência de dezenas de países, em ambos os hemisférios do planeta.

Da mesma forma, é inegável que o sucesso dessas políticas reside, prioritariamente, em seu caráter democrático e redistributivo. Mais e melhores serviços aos que mais deles necessitam.

Sem dúvida, boas políticas de saúde são um importante componente da cultura de paz.

O resultado do primeiro turno das eleições deve alertar para a possibilidade de que o Brasil venha a trilhar um caminho radicalmente oposto.

Uma das propostas apresentada durante a campanha postula redução e mesmo supressão de políticas públicas, especialmente no campo da saúde.

Essa proposta, representando segmentos ultraconservadores da sociedade, prega privatização radical, não se compromete com a diminuição das desigualdades e, mais grave, admite o exercício da violência como componente central da política.

Em particular, aponta para o desmonte do SUS e do complexo de instituições e políticas públicas que têm produzido importantes avanços à saúde da população brasileira.

A Abrasco, associação científica representativa da grande comunidade da saúde coletiva, alerta a população brasileira para a tragédia política e social que ocorrerá na eventualidade desse discurso e dessa prática ocuparem o poder executivo do país.

Por isso, conclamamos todas e todos a resistir e a combater essa ideologia antidemocrática, privatista, elitista e violenta, posicionando-se a favor da democracia, da ética e do cuidado, repudiando as covardes agressões a pessoas e grupos vulneráveis da sociedade.

#SaúdeSIM #ViolênciaNÃO

#DemocraciaSIM #DitaduraNÃO

#RespeitoSIM #PreconceitoNÃO

#CuidadosSIM #ArmasNÃO

#SUS-SIM #PrivatizaçãoNÃO

Veja também:

O recado do psicanalista Joel Birman aos judeus brasileiros democratas

Conceição Lemes: A política de extermínio de Bolsonaro

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.