VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

O depoimento de Vitor, que perdeu a visão por estilhaço de granada

09 de setembro de 2013 às 16h11

Enviado por Igor Felippe, por e-mail

Vitinho, o manifestante de 19 anos atingido por um estilhaço de granada de efeito moral perdeu mesmo a visão do olho direito. Acompanhamos ele no hospital sábado e também ontem durante a vigília pelas vítimas do 7 de setembro na frente do Hospital das Clínias, e ele deixou um depoimento para todo o Brasil.

O rapaz é simplesmente um exemplo de coragem e dedicação. Quando eu perguntei se ele precisava de alguma coisa, ele pediu pra eu levar pra ele um nariz de palhaço, pois ala pediátrica fica ali pertinho do quarto dele e os choros são constantes, ele quer animar a criançada no hospital.Sábado duraante o “Setembro Negro”, como ficou conhecido o 7 de Setembro aqui em São Paulo nós socorremos mais de 8 pessoas, minhas calças estavam manchadas de sangue dos outros no qual eu ajoalhei, mas NADA me abalou mais do que ver um rapaz de 19 anos mostrar o nível de coragem que eu vi. Se eu tivesse recebido a notícia da perda da minha visão como ele, eu teria caído no chão e chorado.Ele simplesmente disse: “Ta tudo bem. A luta continua”Coragem que não se vê todo dia.

Obrigado, Vitor, por lutar por nós. Você é um heroi.

Leia também:

Julie Feinsilver estudou a diplomacia médica cubana: mortalidade infantil caiu 50%; FBI vigiou-a

Médica brasileira, formada em Cuba: Brasil é um país “medicalocêntrico”

Médico de Goiás acha que foi demitido por causa de cubanos; chefe diz que não

Médico brasileiro: Que os médicos cubanos ajudem no “resgate do raciocínio clínico”

Presidente do CRM/MG vai denunciar médicos cubanos na delegacia, mas nega que sugeriu omissão de socorro

Médico que duvida de estrangeiros tem filhos “importados” de Cuba

Mílton de Arruda Martins: “Elitização brutal” ajudou a concentrar médicos

O mau jornalismo da Folha no caso dos médicos “desistentes”

Juan Carlos Raxach: Carta de um médico cubano

Cebes: O SUS precisa de mais médicos. E muito mais!

Dr. Rosinha: Médicos estrangeiros são bem-vindos

Fátima Oliveira: Quem deve lavar as louças sujas são os governos

O livro da blogosfera em defesa da democracia - Golpe 16

Golpe 16 é a versão da blogosfera de uma história de ruptura democrática que ainda está em curso. É um livro feito a quente, mas imprescindível para entender o atual momento político brasileiro

Organizado por Renato Rovai, o livro oferece textos de Adriana Delorenzo, Altamiro Borges, Beatriz Barbosa, Conceição Oliveira, Cynara Menezes, Dennis de Oliveira, Eduardo Guimarães, Fernando Brito, Gilberto Maringoni, Glauco Faria, Ivana Bentes, Lola Aronovich, Luiz Carlos Azenha, Maíra Streit, Marco Aurélio Weissheimer, Miguel do Rosário, Paulo Henrique Amorim, Paulo Nogueira, Paulo Salvador, Renata Mielli, Rodrigo Vianna, Sérgio Amadeu da Silveira e Tarso Cabral Violin. Com prefácio de Luiz Inácio Lula de Silva e entrevista de Dilma Rousseff.

Compre agora online e receba na sua casa!

 

22 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Alves Reis

11/09/2013 - 00h17

Vitor, meus sentimentos; mas ir pra linha de frente com os black- blocks, você ainda saiu no lucro de não perder as duas visões. Também sou brasileiro e defendo tudo que você defende, mas participar desses manifestos ditos “pacíficos” não vou. Já dizia o grande poeta conterrâneo baiano, “Não preciso ler jornais mentir sozinho eu sou capaz”………

Responder

assalariado.

10/09/2013 - 18h37

Vitor, você tem que processar o Estado, pedir uma indenização. A minha culta ignorância sobre esse assunto e, sobre esta situação a qual você está (perda de visão), porque foi agredido pelos braços armados do Estado burguês, tenho até a impressão que isso lhe dará um salário para o resto da vida. Espera baixar a poeira, em seguida, corra atrás.

Abraços Fraternos.

Responder

Leo V

10/09/2013 - 16h43

No meu Word não tem Negrito, só Afrobrasileirito. É uma versão politicamente correta.
(gente estou ironizando essa doideira de politicamente correto quando chega nesse ponto do Setembro Negro não poder ser dito como Setembro Negro, apesar de ser o Setembro do que se vestem de preto.

Responder

Eduardo Albuquerque

10/09/2013 - 16h23

Uma coisa é interessante neste debate. Aumentou o número de pessoas que entendem aparentemente de capitalismo e posicionam-se contra. Espero que isso se traduza em cadeiras nos parlamentos estaduais e federal em 2014. Pois são nesses espaços que o presente e o futuro do país se define.
Por outro lado enquanto as manifestações continuarem com o caráter atual, mais se parecerão com duelos entre “jovens corajosos” e “exercício de capacitação” para policiais. E o número de participantes tende a cair mais ainda.
Pena que disso não emerjam soluções contra traficantes, milicianos, os
criminosos que desestabilizam a vida de milhares de famílias na nossa sociedade cotidianamente.

Responder

Matheus

10/09/2013 - 07h21

Fascistinha armado ameaçando manifestantes que foram convivados a entrar por uma moradora. Se alguém conhece esse filho da p***, provavel leitor da Revista Veja ou comissionado no governo Cabral, favor divulgar:
http://www.youtube.com/watch?v=KwfRN_YY5DM&fb_source=message

Tropa de Choque do Espírito Santo ataca sem motivo, encurrala manifestantes no campus universitário e passa a bombardeá-lo com tiros e bombas, além de prender e ameaçar duas jornalista:
http://vimeo.com/74182286

Senhor atropelado por viatura da PM-RJ: http://www.youtube.com/watch?v=pxdbDirQhxk&feature=c4-overview&list=UU7G7saR0vFSMh-SdEyF3Utg

PM-RJ reprime o Grito dos Excluídos com o costumeiro terrorismo: http://www.youtube.com/watch?v=zBs1LwHMVt8

Jornalista preso: http://www.youtube.com/watch?v=g2Jg-p7tblo&feature=youtu.be

PM reprime manifestação, se recusa a ajudar um manifestante atropelado e ainda por cima atropela mais manifestantes: http://www.youtube.com/watch?v=379ju6-cwlA

56 presos por bunda-lelê em BH: http://www.youtube.com/watch?v=BZg3-AQFY0w

Capitão Bruno do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Distrito Federal diz porque atacou manifestações pacíficas: “porque eu quis, pode denunciar lá”: http://www.youtube.com/watch?v=qKMEej-ptoE

Isso são apenas alguns dos casos de brutalidade e selvageria contra manifestantes em 7 de setembro. Violação do direito de livre-manifestação foi sistemática em todo o país. Conduta criminosa e violenta de governadores e suas Polícias Militares, com apoio da mídia.

Desmilitarização da polícia e regulamentação da mídia é pauta para ontem!

Responder

edir

10/09/2013 - 04h14

Engracado, quero entender.
Comecaram as manifestacöes em junho, contra a corrupcäo, e por melhoria nos sevicos públicos: saúde , educacäo, transporte etc….
Até aí eu entendo e apoio.
Agora pergunto: é possível melhorar esses servicos em dois meses ? é possível acabar com a corrupcäo em dois meses ?
A Presidenta está fazendo a parte dela. Os 100% dos royalties está já aprovado e já neste ano comecará o investimento na educacäo. Na saúde já comecaram as primeiras atitudes do Governo com o programa Mais Médicos e a partir do próximo ano os investimentos entraräo com forca mais, pois 25% do Pré-Sal fará essa diferenca. Agora os coxinhas, radicais da direita e radicais da esquerda, anönimus ,Black… näo saem mais das ruas. Será que os “meninos” näo tem paciencia de esperar ? Será que é por mudancas e melhorias que eles väo para as ruas ? eu näo acredito, o que eles querem mesmo é outra coisa, no meu ver os “movimentos” com vandalismo que estäo ocorrendo no Brasil, tem outro sentido. O Jair Bolsonaro e os militares de pijama e fraldas agradecem seus seguidores malucos que se dizem querer um Brazil melhor. Pobre desse rapaz que por sua teimosia e radicalismo, perdeu um olho, que nunca mais recuperará. Fique quietinho, dê um tempo. Os coxinhas que agora se deram conta que a educacäo vai mal, nunca foram às ruas apoiar os professores nas greves, e nem defende-los dos cassetetes dos policiais. Há 20 anos o PSDB bate sem piedade nos nossos mestres e os coxinhas nunca se importaram com isso. Os coxinhas nunca fizeram manifestacöes nas pracas dos pedágios.

Responder

    Fernando

    10/09/2013 - 09h34

    haha paciencia de esperar.

    eu rio demais com os chapinhas brancas daqui.

    vamos esperar então… eu já estou sentado aqui OK.

    é muita besteira junta.

    Fernando

    10/09/2013 - 09h35

    você viu quantos coxinhas você falou na mesma frase?

    não tem vergonha não?

    edir

    12/09/2013 - 04h12

    A repeticäo coxinha, coxinha, coxinha, é para voce entender que coxinha é mesmo coxinha.

    anti

    10/09/2013 - 13h07

    Vou te fazer uma única pergunta: Mudaram ou vão mudar IMEDIATAMENTE o padrão MEC-USAID da educação nacional? Não? Então xiu.

Urbano

09/09/2013 - 20h39

O que um dia foi bomba de efeito moral (mas normalmente de causa imoral), atualmente é bomba de feito mortal ou muito próximo disso.

Responder

    Matheus

    10/09/2013 - 07h29

    Se a bomba tivesse efeito moral, deveriam usá-la no Congresso, FIESP ou FENABAN.

    Mardones

    10/09/2013 - 09h41

    Muito bom.

    Mardones

    10/09/2013 - 09h42

    … no MP, no STF…

    Urbano

    10/09/2013 - 13h38

    Matheus e Mardones, concordo plenamente com vocês dois.

Marat

09/09/2013 - 19h18

Vitinho, meu respeito e admiração!

Responder

CRB

09/09/2013 - 19h17

Esse Vitor é Coxinha!

Opa, mandei essa só pra aumentar a contagem da palavra Coxinha na mesma página.

Agora já são dois.

Responder

Gerson Carneiro

09/09/2013 - 17h59

“Porque eu quis. Pode ir lá e denunciar”, diz capitão da PM de Brasília após agredir manifestantes.

Vídeo aqui => http://www.youtube.com/watch?v=qKMEej-ptoE

Responder

Eunice

09/09/2013 - 16h48

Só pra enviar um beijinho ao Vitor.

Responder

Luiz Fortaleza

09/09/2013 - 16h29

Ele ainda vai sentir o baque com o tempo. O discurso ainda é muito emocional. Mas a questão é q os governantes e a polícia tem que repensar as suas formas de repressão. Uma vitrine quebrada pode ser reconstruída,mas um olho perdido, jamais.

Responder

    Leo V

    09/09/2013 - 17h32

    Bem colocado. Mas acho que a questão não é a forma da repressão, mas o objeto da repressão.

    O capitalismo só pode existir reduzindo as pessoas a objetos. E alguns objetos valem mais que outros, da perspectiva de quem tem poder.

    LUIZ FORTALEZA

    09/09/2013 - 19h02

    Com certeza… mas toda polícia em qualquer parte do mundo é para proteger a propriedade privada, a classe hegemônica econômica e política. Maquiavel nos dá uma lição sobre as forças militares que são forças mercenárias porque estão lá pelos soldos e pior, baixos soldos. Há uma certa lavagem cerebral nestes seres humanos soldados que acham q estão defendendo a pátria e a ordem, qdo na verdade estão defendendo interesses de uma única classe, a dominante.

Deixe uma resposta