VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no livro”

08 de dezembro de 2011 às 21h37

da Carta Capital

Não, não era uma invenção ou uma desculpa esfarrapada. O jornalista Amaury Ribeiro Jr. realmente preparava um livro sobre as falcatruas das privatizações do governo Fernando Henrique Cardoso. Neste fim de semana chega às livrarias “A Privataria Tucana”, resultado de 12 anos de trabalho do premiado repórter que durante a campanha eleitoral do ano passado foi acusado de participar de um grupo cujo objetivo era quebrar o sigilo fiscal e bancário de políticos tucanos. Ribeiro Jr. acabou indiciado pela Polícia Federal e tornou-se involuntariamente personagem da disputa presidencial

Na edição que chega às bancas nesta sexta-feira 9, CartaCapital traz um relato exclusivo e minucioso do conteúdo do livro de 343 páginas, publicado pela Geração Editorial e uma entrevista com autor (reproduzida abaixo). A obra apresenta documentos inéditos de lavagem de dinheiro e pagamento de propina, todos recolhidos em fontes públicas, entre elas os arquivos da CPI do Banestado. José Serra é o personagem central dessa história. Amigos e parentes do ex-governador paulista operaram um complexo sistema de maracutaias financeiras que prosperou no auge do processo de privatização.

Ribeiro Jr. elenca uma série de personagens envolvidas com a “privataria” dos anos 1990, todos ligados a Serra, aí incluídos a filha, Verônica Serra, o genro, Alexandre Bourgeois, e um sócio e marido de uma prima, Gregório Marín Preciado. Mas quem brilha mesmo é o ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil, o economista Ricardo Sérgio de Oliveira. Ex-tesoureiro de Serra e FHC, Oliveira, ou Mister Big, é o cérebro por trás da complexa engenharia de contas, doleiros e offshores criadas em paraísos fiscais para esconder os recursos desviados da privatização.

O livro traz, por exemplo, documentos nunca antes revelados que provam depósitos de uma empresa de Carlos Jereissati, participante do consórcio que arrematou a Tele Norte Leste, antiga Telemar, hoje OI, na conta de uma companhia de Oliveira nas Ilhas Virgens Britânicas. Também revela que Preciado movimentou 2,5 bilhões de dólares por meio de outra conta do mesmo Oliveira. Segundo o livro, o ex-tesoureiro de Serra tirou ou internou  no Brasil, em seu nome, cerca de 20 milhões de dólares em três anos.

A Decidir.com, sociedade de Verônica Serra e Verônica Dantas, irmã do banqueiro Daniel Dantas, também se valeu do esquema. Outra revelação: a filha do ex-governador acabou indiciada pela Polícia Federal por causa da quebra de sigilo de 60 milhões de brasileiros. Por meio de um contrato da Decidir com o Banco do Brasil, cuja existência foi revelada por CartaCapital em 2010, Verônica teve acesso de forma ilegal a cadastros bancários e fiscais em poder da instituição financeira.

Na entrevista a seguir, Ribeiro Jr. explica como reuniu os documentos para produzir o livro, refaz o caminho das disputas no PSDB e no PT que o colocaram no centro da campanha eleitoral de 2010 e afirma: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no livro”.

CartaCapital: Por que você decidiu investigar o processo de privatização no governo Fernando Henrique Cardoso?

Amaury Ribeiro Jr.: Em 2000, quando eu era repórter de O Globo, tomei gosto pelo tema. Antes, minha área da atuação era a de reportagens sobre direitos humanos e crimes da ditadura militar. Mas, no início do século, começaram a estourar os escândalos a envolver Ricardo Sérgio de Oliveira (ex-tesoureiro de campanha do PSDB e ex-diretor do Banco do Brasil). Então, comecei a investigar essa coisa de lavagem de dinheiro. Nunca mais abandonei esse tema. Minha vida profissional passou a ser sinônimo disso.

CC: Quem lhe pediu para investigar o envolvimento de José Serra nesse esquema de lavagem de dinheiro?

ARJ: Quando comecei, não tinha esse foco. Em 2007, depois de ter sido baleado em Brasília, voltei a trabalhar em Belo Horizonte, como repórter do Estado de Minas. Então, me pediram para investigar como Serra estava colocando espiões para bisbilhotar Aécio Neves, que era o governador do estado. Era uma informação que vinha de cima, do governo de Minas. Hoje, sabemos que isso era feito por uma empresa (a Fence, contratada por Serra), conforme eu explico no livro, que traz documentação mostrando que foi usado dinheiro público para isso.

CC: Ficou surpreso com o resultado da investigação?

ARJ: A apuração demonstrou aquilo que todo mundo sempre soube que Serra fazia. Na verdade, são duas coisas que o PSDB sempre fez: investigação dos adversários e esquemas de contrainformação. Isso ficou bem evidenciado em muitas ocasiões, como no caso da Lunus (que derrubou a candidatura de Roseana Sarney, então do PFL, em 2002) e o núcleo de inteligência da Anvisa (montado por Serra no Ministério da Saúde), com os personagens de sempre, Marcelo Itagiba (ex-delegado da PF e ex-deputado federal tucano) à frente. Uma coisa que não está no livro é que esse mesmo pessoal trabalhou na campanha de Fernando Henrique Cardoso, em 1994, mas sob o comando de um jornalista de Brasília, Mino Pedrosa. Era uma turma que tinha também Dadá (Idalísio dos Santos, araponga da Aeronáutica) e Onézimo Souza (ex-delegado da PF).

CC: O que você foi fazer na campanha de Dilma Rousseff, em 2010?

ARJ: Um amigo, o jornalista Luiz Lanzetta, era o responsável pela assessoria de imprensa da campanha da Dilma. Ele me chamou porque estava preocupado com o vazamento geral de informações na casa onde se discutia a estratégia de campanha do PT, no Lago Sul de Brasília. Parecia claro que o pessoal do PSDB havia colocado gente para roubar informações. Mesmo em reuniões onde só estavam duas ou três pessoas, tudo aparecia na mídia no dia seguinte. Era uma situação totalmente complicada.

CC: Você foi chamado para acabar com os vazamentos?

ARJ: Eu fui chamado para dar uma orientação sobre o que fazer, intermediar um contrato com gente capaz de resolver o problema, o que acabou não acontecendo. Eu busquei ajuda com o Dadá, que me trouxe, em seguida, o ex-delegado Onézimo Souza. Não tinha nada de grampear ou investigar a vida de outros candidatos. Esse “núcleo de inteligência” que até Prêmio Esso deu nunca existiu, é uma mentira deliberada. Houve uma única reunião para se discutir o assunto, no restaurante Fritz (na Asa Sul de Brasília), mas logo depois eu percebi que tinha caído numa armadilha.

CC: Mas o que, exatamente, vocês pensavam em fazer com relação aos vazamentos?

ARJ: Havia dentro do grupo de Serra um agente da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) que tinha se desentendido com Marcelo Itagiba. O nome dele é Luiz Fernando Barcellos, conhecido na comunidade de informações como “agente Jardim”. A gente pensou em usá-lo como infiltrado, dentro do esquema de Serra, para chegar a quem, na campanha de Dilma, estava vazando informações. Mas essa ideia nunca foi posta em prática.

CC: Você é o responsável pela quebra de sigilo de tucanos e da filha de Serra, Verônica, na agência da Receita Federal de Mauá?

ARJ: Aquilo foi uma armação, pagaram para um despachante para me incriminar. Não conheço ninguém em Mauá, nunca estive lá. Aquilo faz parte do conhecido esquema de contrainformação, uma especialidade do PSDB.

CC: E por que o PSDB teria interesse em incriminá-lo?

ARJ: Ficou bem claro durante as eleições passadas que Serra tinha medo de esse meu livro vir à tona. Quando se descobriu o que eu tinha em mãos, uma fonte do PSDB veio me contar que Serra ficou atormentado, começou a tratar mal todo mundo, até jornalistas que o apoiavam. Entrou em pânico. Aí partiram para cima de mim, primeiro com a história de Eduardo Jorge Caldeira (vice-presidente do PSDB), depois, da filha do Serra, o que é uma piada, porque ela já estava incriminada, justamente por crime de quebra de sigilo. Eu acho, inclusive, que Eduardo Jorge estimulou essa coisa porque, no fundo, queria apavorar Serra. Ele nunca perdoou Serra por ter sido colocado de lado na campanha de 2010.

CC: Mas o fato é que José Serra conseguiu que sua matéria não fosse publicada no Estado de Minas.

ARJ: É verdade, a matéria não saiu. Ele ligou para o próprio Aécio para intervir no Estado de Minas e, de quebra, conseguiu um convite para ir à festa de 80 anos do jornal. Nenhuma novidade, porque todo mundo sabe que Serra tem mania de interferir em redações, que é um cara vingativo.

PS do Viomundo: Conceição Lemes e eu, Azenha, recomendamos firmemente  a todos que comprem a CartaCapital desta semana. A excelente reportagem de capa O escândalo Serra, do jornalista Leandro Fortes, traz informações exclusivas sobre a investigação realizada por Amaury Ribeiro Jr. para o livro A Privataria Tucana. É uma edição histórica, que vale a pena ler e guardar. CartaCapital estará nas bancas de São Paulo a partir de hoje à tarde.

Leia aqui um dos capítulos do livro de Amaury Ribeiro Jr.

Na campanha: “Os amigos são mais perigosos que os adversários”

Leilões + arapongas: Explicando o poder de Serra no PSDB

A bomba que vai estourar no colo de Teixeira

Assista aqui a série de reportagens sobre Ricardo Teixeira mencionada no livro

Leia O Brasil Privatizado, de Aloysio Biondi

 

157 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

mauricio

04/02/2012 - 17h10

a globo é capacho do psdb, e os telespectadores que acreditam no jornal nacional, um bando de otarios…

Responder

Por que os pernambucanos não compraram o Bandepe para o Estado de Pernambuco? « DE OLHO NOS BANCOS

24/12/2011 - 20h10

[…] CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no livro” Share and Enjoy: […]

Responder

A mídia não sabe o que fazer com “A privataria tucana” « LIBERDADE AQUI!

14/12/2011 - 11h03

[…] CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no livro Rate this: Like this:LikeBe the first to like this post. […]

Responder

Cássio

12/12/2011 - 11h11

Quero ver se a UNESP de FRANCA vai atender a minha solicitação de compra deste livro.. Rummm! ¬¬'

Responder

ex-bancário » Blog Archive » Conexão corrupção tucana: PSDB,Cerra,PHC,Bancos,Citco

12/12/2011 - 09h02

[…] CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no livro” […]

Responder

Margarida Hellmuth

11/12/2011 - 22h09

patifaria do PT !!!! Margarida

Responder

RicardãoCarioca

11/12/2011 - 10h48

Às vezes, o PiG é desconcertante: http://livraria.folha.com.br/catalogo/1174618/a-p

Responder

maria_do_carmo

10/12/2011 - 18h27

aos desavergonhados politicos do psdb, familia serra, familia dantas e todos participantes dessa abjeta quadrilha, verdadeira mafia, essa gang sem carater que liquidou a preco vil o patrimonio publico de 190 milhoes de brasileiros, a maioria de trabalhadores que vivem com salario minimo. a ultima esperanca e uma resposta do ministerio publico.
parabens ao jornalista amaury pelo belo trabalho e pela coragem, orgulho para os brasileiros. ficara na historia.

Responder

Morvan

10/12/2011 - 17h21

Boa tarde.

Esperei, ansiosamente, o manifesto do Prof. Hari Prado sobre este trololó petista! Enfim; o summus magister não nos iria deixar em dúvida sobre esta caluniosa obra. O mestre Hari desvendou tudo. É um libelo petista, deste povo comunista, perturbador da santa paz tucana (como eu disse no sítio-blog daquele santo homem (refiro-me ao mestre Hari), tem o dedo daquele barbudo ilustre, sabemos disso…
No bogue do mestre Hari, tudo é desvendado. Visite-o em: http://www.hariovaldo.com.br/site/2011/12/09/jornalista-comunista-publica-livro-calunioso.
Como eu deixei registrado lá, não sei porque perseguem tanto aquele santo homem (refiro-me agora ao José Serra).

Serra é um homem de bens. Serra é é um homem descente.

Abraços TFPistas,

:-)

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no … | iComentários

10/12/2011 - 05h40

[…] mais: CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado no … Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag cartacapital, medo, publicado, […]

Responder

Regina Braga

09/12/2011 - 23h09

Puxa,até o Al Capone parece mais digno…Adorei a música Gerson!

Responder

Mandacaru

09/12/2011 - 20h59

Eita gota serena!!!

Vai sê um fuá na casa das alma penada, visse?

Bixiga lixa.

Responder

Exclusivo: Leilões, arapongas e o poder de Serra. « OPINIÃO

09/12/2011 - 20h22

[…] CartaCapital: “Serra sempre teve do que seria publicado” […]

Responder

Arnaldo Costa

09/12/2011 - 20h15

Vou comprar logo o meu antes que a censura demotucana e do PIG pensem em tirá-lo de circulação. Esses coronéis ainda mandam no país. Têm capatazes por todo lado.

Responder

Armando S Marangoni

09/12/2011 - 20h13

Eis o link para a entrvista do Amaury: http://twitcam.livestream.com/7je5p

Responder

Armando S Marangoni

09/12/2011 - 20h09

O Amaury vai dar uma entrevista sobre o livro dele. Está marcada para 20hs de hoje.
Tem uma janela no Tijolaço.

Responder

JOSE Antonio Batata

09/12/2011 - 17h29

A Carta Capital está demais!!! esta revista é séria.

Responder

FrancoAtirador

09/12/2011 - 17h12

.
.
ATÉ O GOOGLE,
QUE ANUNCIA QUALQUER MERDA,
ESTÁ BOICOTANDO O LIVRO:

Google "privataria tucana"

Pesquisar
Livros

Procurar livros

Nenhum resultado encontrado para "privataria tucana".

Responder

    Morvan

    09/12/2011 - 19h55

    Boa noite.

    Digníssimo FrancoAtirador, procurando com a "string" de texto que vós indicastes, vede só o resultado:

    privataria tucana
    Aproximadamente 271.000 resultados (0,25 segundos) …

    Observação: horários diferentes. "Instant Search" habilitado na minha máquina (apenas "prediz" digitação, em tese).

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Renato Lira

    09/12/2011 - 20h49

    Franco, se procurares agora (20h48), encontrará va´rios resultados.

    FrancoAtirador

    09/12/2011 - 21h40

    .
    .
    Caros Morvan e Renato Lira

    Eu me referi à opção de pesquisa oferecida pelo próprio Google, na coluna que aparece à esquerda, no tópico específico "Livros".

    Pesquisar
    Tudo
    Imagens
    Mapas
    Vídeos
    Notícias
    Shopping
    Livros
    Places
    Blogs
    Discussões
    Menos

    Digitei entre aspas: "privataria tucana". Não aparece o livro do Amauri. Sem aspas, o Google identifica apenas 3 livros onde constam cada uma das palavras separadamente, mas nada a ver com o objeto da pesquisa.

    Tentem e verão.
    .
    .

    Lu_Witovisk

    10/12/2011 - 00h05

    procurei no livros, apareceu a opção para comprar na livraria da Folha kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    No google normal, já está com aspas em 18.700 registros :D

    FrancoAtirador

    10/12/2011 - 10h09

    .
    .
    PQP, é mesmo!

    Agora aparece um anúncio.

    Mas é propaganda, isto é, foi pago pelo Otavinho.
    .
    .

    Lu_Witovisk

    10/12/2011 - 12h00

    Isso não me cheira bem…. a troco do que o Otavinho paga para fazer uma propaganda deste livro?

    ai ai ai acho que é Huck 2014 mesmo. Já jogaram a toalha como diz vc.

    FrancoAtirador

    10/12/2011 - 18h15

    .
    .
    Tudo leva a crer que eles vão tentar lançar o aético

    articulado com PSD, DEM, PMDB e PSB.
    .
    .

    Lu_Witovisk

    10/12/2011 - 20h17

    Sei não… tenho cá pra mim que o Aébrio não resistira ate 2014.

Neco

09/12/2011 - 16h31

Existem duas medidas de verdades e justiça neste país.
1ª: a direita nunca é condenada a nada, seus malfeitos sempre são aliviados.
2ª: a esquerda sempre é condenada pela suspeita, seus malfeitos nunca são aliviados.
PORTANTO, o veredicto todo mundo já sabe.

Responder

    Klaus

    09/12/2011 - 16h40

    Quem da esquerda está na cadeia por corrupção?

misaki

09/12/2011 - 12h41

E por que não publicam também o livro "O Chefe", de Ivo Patarra?

Responder

    José Carlos

    09/12/2011 - 17h36

    Ué, o livro já tá na praça faz tempo.

Gersier

09/12/2011 - 11h42

Eu fico cá confabulando com os botões: será como é o intimo desses calhordas?Cínicos,dissimulados,acusadores da pior espécie que despejam milhões nos confrades que se dizem empresários da comunicação,(mas que na realidade são uns mafiosos)para prejudicar o Brasil e seu povo simplesmente para satisfazer seus egos escrotos.Acusavam o Lula de não ter descido do palanque,de fazer política o tempo todo e outras babaquices,mas quem anda o tempo todo fazendo politicagem rasteira e tentando sempre "levar vantagens" e mais alguns de troco,são esses entreguistas de M…..

Responder

Maria Libia

09/12/2011 - 11h37

Esse Amary deve ter muito mais coisa para contar. Para que não haja queima de arquivo, ele, seguramente, mantem em absoluto sigilo.

Responder

    Tobias Reis O. LLory

    11/12/2011 - 14h23

    a Sra tem toda a razão…

    basta ver o caso de Celso Daniel!

    ele resolveu "contar o esquema" e olha só o q aconteceu!?

    esses partidos políticos são piores q a mafia russa!

    né?

Maria José

09/12/2011 - 11h37

Pergunta: Quanto custa a liberdade de imprensa ?
Resposta: Em Minas Gerais, R$ 1,278 bilhão!!!

De 2003 a 2010, as despesas de publicidade do governo de Minas somaram R$ 1,278 bilhão!!!
http://www.mercadocomum.com/site/artigo/detalhar/

Responder

Vlad

09/12/2011 - 11h20

Estão vendendo nesta livraria subversiva:
http://livraria.folha.com.br/catalogo/1174618/a-p

º,..,º

Responder

EUJASABIA

09/12/2011 - 10h51

O EUNAOSABIA agora vai saber….

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Cadê os trolls???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Responder

    Klaus

    09/12/2011 - 11h24

    Não sei se você estava se referindo a mim, mas se estiver vou dar minha posição aqui. Caso o que se divulga no livro agora lançado for verdade, o que tem que ocorrer com José Serra é o seguinte:
    1. Ser preso, pois lugar de corrupto é na cadeia;
    2. Ser condenado a devolver todo dinheiro aos cofres públicos;
    3.Ficar inelegível pelo tempo que a lei determina (muitos no PSDB vão agradecer por isto).

    Pronto é isto. Agora, procure neste blog ou em outros da blogosfera progressista alguma opinião parecida com a minha em relação ao que deve ser feito aos corruptos do PT. Geralmente se diz que é tudo invenção do PIG e o assunto tá resolvido. Mas isto VOCÊJASABIA, né verdade?

    Norberto

    09/12/2011 - 13h03

    perfeito!

    Se Serra for corrupto deve ir pra cadeia!

    de preferencia na mesma cela de José Dirceu, Palocci, Genuino e os outros 40 ladrões do mensalão!

    lugar de corrupto, QUALQUER CORRUPTO, é na cadeia!

    EUJASABIA

    09/12/2011 - 20h53

    Você se "esqueceu" dos ladrões da lista de Furnas (uns 50 demotucanos), do mensalão do DEM (e do PPS, PSDB…) do DF, etc.

    Lugar de corrupto, QUALQUER CORRUPTO, é na cadeia.

    Inclusive de corrupto da imprensa.

    Klaus

    09/12/2011 - 21h15

    E você nem tentou lembrar de alguém… Talvez não saiba tanto quanto aparenta…

    Arnaldo Costa

    09/12/2011 - 19h46

    Se eles, com a conivência dessa nossa imprensa picareta, conseguiram esconder tamanho escândalo, imagina o que mais foi encoberto. Por isso, que a partir do governo Lula começou a sobrar dinheiro para o país se tornar mais autônomo economicamente e para a sociedade e as classes menos favorecidas progredirem. Ao contrário dos desgovernos FHC e anteriores, onde uma minoria construia grandes fortunas, agora podemos presenciar muitos evoluirem. Agora, vai precisar de décadas para concertar tamanho estrago deixado por esses picaretas demotucanos. Agora passo a acreditar um pouco mais que a verdade sempre aparece. A casa caiu para esses picaretas.
    P.S.: Corruptos atualmente estão é nas assembleias demotucanas de SP e MG. E bem protegidos, acobertados por essa imprensa vigarista.

    Klaus

    09/12/2011 - 21h17

    Foi isto não Arnaldo. Se fosse isto, só o Brasil cresceria neste período, não é verdade? Pesquise para ver como foi o crescimento dos outros países em todo o mundo. Talvez se surpreenda. O Brasil não foi neste período uma ilha de bonança, ok?

beattrice

09/12/2011 - 10h43

E como alguns de nós como o Gerson gozamos do privilégio de sermos bloqueados pelo Zé da Bolinha, vamos acompanhando diretamente à fonte a reação do dito cujo ao livro em sua homenagem.
O Nassif reune alguns dos twitters confusos do Serra.

"Invertendo a máxima de Lord Acton,
não é o poder que corrompe os indivíduos: são estes que corrompem o poder. " http://bit.ly/uNlylK
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/os-twitt

Responder

Rafael

09/12/2011 - 10h20

Não podemos considerar que serra está sozinho nisso. Todo o psdb está até o pescoço nisso. Quero ver o que aécio vai dizer agora por que a pouco tempo aécio falou que o psdb tinha que defender as privatizações. VAmos ver agora se o aécio é tão cabeça oca quanto parece.

Responder

Armando S Marangoni

09/12/2011 - 10h03

He he.
A livraria da Bolha de S.P está anunciando o livro! Está à venda lá! Juro!

Responder

    Armando S Marangoni

    09/12/2011 - 11h04

    Eis a sinopse d'A Privataria na livraria da dita cuja (posto para livrá-los da experiência):

    "Prepare-se, leitor, porque este, infelizmente, não é um livro qualquer. Ele nos traz, de maneira chocante e até decepcionante, a dura realidade dos bastidores da política e do empresariado brasileiro, em conluio para roubar dinheiro público. Faz uma denúncia vigorosa do que foi a chamada Era das Privatizações, instaurada pelo governo de Fernando Henrique Cardoso e por alguns de seus ministros e altos funcionários. Nomes imprevistos, até agora blindados pela aura da honestidade, surgirão manchados pela imprevista descoberta de seus malfeitos.

    O autor, famoso jornalista investigativo, que trabalhou em varios grandes jornais e revistas, faz um trabalho investigativo que começa de maneira assustadora, quando leva um tiro ao fazer reportagem sobre o narcotráfico e assassinato de adolescentes, na periferia de Brasília. Depois do trauma sofrido, refugia-se em Minas e começa a investigar uma rede de espionagem que tinha o objetivo de desacreditar um possível candidato do PSDB, o ex-governador mineiro Aécio Neves. Ao puxar o fio da meada, mergulha num novelo de proporções espantosas. livro tem 160 páginas de documentos irrefutáveis, contas no exterior, copias de cheques e contratos, fotos dos locais onde os políticos guardaram dinheiro para enriquecerem e financiarem campanhas eleitorais."

    Junto com a novidade a Bolha já começa a promover o retorno do Farol…

    Klaus

    09/12/2011 - 11h10

    Business, as usual.

m cruz

09/12/2011 - 09h52

Pessoal, não se iludam! A velha mídia vai abafar este livro, do mesmo jeito que vem abafando casos da ALESP, Controlar, Chevron e centenas de outros onde governa o PIG-oposição. Se não dermos publicidade com estardalhaço ao livro, usando os mecanismos das redes sociais e blogosferas, e até cobrarmos das autoridades públicas apuração e punição (se for o caso), inclusive exigindo manifestação dos políticos aliados ou não, tudo o que o Amaury Jr. revelou vai passar incólume. Contudo, o autor merece ser parabenizado pela coragem e pelos riscos que corre.

Responder

Marat

09/12/2011 - 09h25

Será um silêncio ensurdecedor nas hostes pigueanas!

Responder

Robson Porto

09/12/2011 - 09h22

Vocês devem estar loucos… Esse livro não existe. O PIG não o reconhece como algo real e não faz uma menção sequer à sua disponibilidade. Engraçado que tento encontra-lo na Cultura, Saraiva e na própria Fnac e o resultado vem como "não localizado". Será que as grandes livrarias também boicotarão? Azenha, algum endereço onde podemos encomendar o livro pela Internet? Obrigado.

Responder

    Conceição Lemes

    09/12/2011 - 09h23

    Robson, as grandes livrarias começam a vender hoje o livro. Provavelmente elas vão vender também pela internet. Minha sugestão: compre também a CartaCapital, que trará belíssima reportagem sobre as propinas da privataria do sempre excelente Leandro Fortes — jornalista, blogueiro sujo e amigo querido. abs

    Robson Porto

    09/12/2011 - 09h33

    Muito obrigado, Conceição… espero que meu texto original, acima, seja lido na "caixa" correta, ou seja, de profunda ironia… Bjs.

    Conceição Lemes

    09/12/2011 - 10h21

    Robson, as grandes livrarias começam a vender hoje o livro. Provavelmente elas vão vender pela internet. Minha sugestão: compre também a CartaCapital, que trará belíssima reportagem sobre as propinas da privataria do sempre excelente Leandro Fortes — jornalista, blogueiro sujo e amigo querido. abs

    Estanislau

    09/12/2011 - 11h01

    O livro JÁ está disponível para venda via Internet. Quem quiser, acesse:
    http://www.fnac.com.br/pesquisa/1/fnac.html?q=%20… .

    paulo

    09/12/2011 - 11h51

    preço 34,90

    Renato Lira

    09/12/2011 - 21h01

    Paguei 27,90 na FNAC.

    Morvan

    09/12/2011 - 10h33

    Bom dia.

    Robson Porto, o fato de o PIG não o reconhecer é um alento. Prova de que o livro é contundente.
    Como eu moro em Fortaleza, também terei que adquiri-lo via Internet.
    Valeu a espera. Agora é divulgar.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Estanislau

    09/12/2011 - 12h02

    Para comprar via Internet, acesse http://www.fnac.com.br/pesquisa/1/fnac.html?q=%20… .

    Frankn

    09/12/2011 - 14h10

    Trabalho no Rio e acabo de comprar 2 (1 vai de presente de Natal para um célebre amigo tucano) na libraria Saraiva do Rio Sul. Tem pelo menos outros 10 na pilha de livros por lá.

    O engraçado é que o atendente da seção não estava por lá e perguntei para uma outra atendente sobre o livro, ela era de outra seção, e ela disse que sabia qual era o livro mas que não sabia onde estava. Achamos rapidamente. Perguntei e ela me disse que algumas já haviam procurado pelo livro. Já li as primeiras 20 página, é coisa de primeira. Prá virar filme, não custa nada. hehehe

    José Carlos

    09/12/2011 - 19h05

    temos de comemorar o livro, mas o boicote será nos comentários (na ausência deles…)
    As livrarias vão vender porque interessa vender.

Exclusivo: Leilões, arapongas e o poder de Serra | Viomundo - O que você não vê na mídia

09/12/2011 - 09h20

[…] CartaCapital: “Serra sempre teve do que seria publicado” […]

Responder

“Os amigos são mais perigosos que os adversários” | Viomundo - O que você não vê na mídia

09/12/2011 - 09h19

[…] CartaCapital: “Serra sempre teve medo do que seria publicado” […]

Responder

Alessandro

09/12/2011 - 09h19

O" Cerra" vai ter um trabalhão agora: ligar pra cada um dos leitores ameaçando-os,e se já leram, ameaçando-os novamente pra não espalhar a história.O cara não vai dormir mais!!!
Logo agora que a candidatura dele iria decolar???rsrsrs

Responder

henrique de oliveira

09/12/2011 - 09h17

O PIG irá salva-lo , ou pelo menos tentar

Responder

Gerson Carneiro

09/12/2011 - 09h12

"É preciso eliminar a existência de duas morais, de duas éticas, de dois códigos de conduta distintos—o das pessoas comuns e o dos poderosos." @joseserra_ , em 08/12/11, no twitter.

O livro do Amaury Jr chegou para isso.

Responder

eunice

09/12/2011 - 09h08

Põe nas barracas do metrô, aquelas poluentes barracas sirvam a uma causa do bem. Quem não comprar lerá a capa e me vingarei.

Responder

Alexandre Santos

09/12/2011 - 08h59

Azenha, temos que achar uma explicação para o poder do Serra e do DD sobre a mídia, eu tenho uma teoria. Vc sabe que o DD ficou tambem com parte da telefonia do centro-oeste, onde fica Brasilia!? agora imagine o que ele pode ter ficado sabendo grampeando as sucurçais do PIG em Brasilia???? todos podem ter ficado nas mãos dele, e vc sabe tambem que Serra tinha mania de granpo, a filha do Serra foi sócia da irmã do DD. Esta é a minha teoria sobre a origem do poder desses 02 personagens.

Responder

Gerson Carneiro

09/12/2011 - 08h05

Para José Serra, Roberto Freire, Aécio Neves, FHC e amigos: "Castigo / Fim de Caso" – Maysa.

[youtube rHT8x4vo6qY&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=rHT8x4vo6qY&feature=related youtube]

Responder

trombeta

09/12/2011 - 07h57

Se o Brindeiro Gurgel não começar a trabalhar com este farto material, só resta pedir seu impeachment.

Responder

Gerson Carneiro

09/12/2011 - 07h29

Chamaram tanto o Zé Dirceu de "quadrilheiro", agora taí o verdadeiro quadrilheiro: José Serra.

Responder

Romanelli

09/12/2011 - 07h27

ouço falar deste livro acho que desde 2008/09

claro que é uma arma política, e não propriamente uma obra literata que visa arrumar a casa

macaco velho e machucado pela realidade, dou-me ao direito de dizer que "só acredito vendo" ..e mais

acho que todo este barulho só terá sido válido se houver conseqüência ..CADEIA, mais precisamente pra quem roubou, manipulou, mentiu, USOU e iludiu

se não, desculpe, mas estou cansado de ser usado e ser chamado pra fazer parte da guerra de TORCIDA que invariavelmente trata dum campeonato em que o principal beneficiário nunca é o torcedor ou a sociedade, mas sim os dirigente e jogador

abrá

BRASIL, depois de tanto, afinal, o que mudou ?

Responder

    Romanelli

    09/12/2011 - 10h19

    me admira eu estar recebendo tanta notinha negativa e nenhum argumento

    pra começar, Amauri fala por exemplo da lavagem de dinheiro que empresas de fachada em paraísos fiscais fazem por aqui aqui (tipo as do MALUF, um cara hoje da BASE e assim com o PT, e seus milhões de dólares ainda não repatriados) ..e isso é novidade? ..claro que não

    ..lembro por exemplo do Armírio Fraga DIMINUIR a divida do país só na caneta, diminuição feita por encontro de contas (empréstimo x aumento de capital x divida das multis para consigo mesmas), aquilo fez o risco e custo BR cair, mas NINGUÉM na época (e nem depois) cobrou a devolução do custo pago a mais pelo Brasil por décadas a fio para a banca ..fora as crises plantadas que nos colocavam de joelhos e que depois descambavam em paralisia do Estado em desinvestimento, pobreza, desemprego, desespero, desconstrução, tudo visando desde REAGAN a privatização na primeira chance e momento que surgiria com Collor e THC por exemplo

    Amauri fala da privataria (embora não cite o BRADESCO e a VALE – a mais grave e polêmica de todas -, nem Mendonça de Barros e o seu limite da irresponsabilidade por exemplo ..e isso lá é novidade? uai, BILHÕES foram desviados e a divida do país à época só aumentou, o JUROS (nem com Dilma e LULA) caiu a nível de 1o mundo

    e no que deu ?? ..em nada ..nem com a ABIN e PF democrativamente colocada a serviço de outros síndicos

    o livro fala de Ricardo, Preciato, DANTAS ( o mesmo que acaba de HOMENAGEAR Dilma em jantar que ela compareceu) …e no que deu? em nada ..fala até de Jorgina, esta que foi noticiado que já se encontra devidamente livre e EMPREGADA em novo cargo publico "de confiança" no Rio ..ou seja, aqui o crime parece que tb valeu

    Quem não sabe que a privatização da CVRD foi sob determinados aspectos INCONSTITUICIONAL ? (por ex na venda do urânio), subavaliada e aética (até interessada avaliou ela – Merryl Lynch) ..e aí? o que disse o governo que veio depois, e a justiça ? nada !!!

    oras ..e agora querem que eu bote fé que esta estória vai dar em alguma coisa? ..vai nada, vai virar só caso de campanha tipo a Daslu e Geraldo ..por acaso a BOLINHA deu em que ? ..deu em nada

    ..aqui no país é isso, quem acusa hoje, se defende amanhã ..e todos ficam com a bunda suja, letárgicos e paralisados quando no poder ..e vc já se perguntou do porque? ..garanto que por ideologia é que não é

    são anos e anos, quase década que esta história vai e volta, e nada, NADICA de consequência ..pior que a "obra" pode até ser usada pela turma que esta a DEZ anos no poder e até agora NÃO mexeu UMA PALHA pra passar esta parte do Brasil a limpo

    e porque? pq eu perguntou?

    então, se assim, na falta de respostas eu arrisco uma ..é pq estão TODOS sujos, e a todos interessa mesmo tentar manter DEFUNTO político vivo pra poder ficar mais uns anos enrolando todo mundo

    agora ..se eu estiver errado em minha cisma e desesperança ..por favor colegas, ao invés de nota me apresentem argumentos de que agora a coisa vai ter CONSEQUÊNCIA

    abrá

    edv

    09/12/2011 - 11h20

    Então vamos dar-lhe UM argumento:
    Maluf tem reputação de honesto?
    Pois agora, os "preparados" demotucanos terão, publicamente, reputação semelhante.
    Condenações, prisões (torço por elas), dependem do mesmo sistema que os protege.
    Nos meus tempos de garoto, havia um ditado popular que dizia: "Quem quer muito, traz de casa"…

    Romanelli

    09/12/2011 - 11h34

    oras ..desculpe ..mas viver de faz de conta não é comigo

    o descaso com a saúde é real, a fome, a falta de infra estrutura, de cidadania, segurança, de respeito, de presídio, de JUSTIÇA.

    esta de "fama", então te dou outros argumentos que nos impregnam há séculos, e que por falta de CONSEQUÊNCIA, não saem da nossa cultura, contribuindo pra aumentarem ou manterem os nosso passivos:

    – isso é política

    -com gente poderosa nada acontece

    -é tudo farinha

    -se eles, imagina os outros …duvido que os peguem

    consequência, transparência, seriedade ..MUDANÇA de atitude, é isso que cobro, CORAGEM pra enfrentar nosso vícios ..penso que se assim é que serremos capazes de mudar a nossa realidade ..se não, o resto, mesmo que um livro honesto, só servirá pra continua a nos usar e manipular de forma oportunista, só isso

    e reitero, NADA do que ele disse é novidade ..porque, porque até hoje nenhum líder e/ou Instituição tomou providências ?

    abrá

    José Carlos

    09/12/2011 - 17h51

    O caso é o seguinte.
    A privataria foi descarada, e todos os que se puseram contra foram massacrados. Nenhum deles tinha liberdade de EMPRESA para argumentar.
    Eu tenho esta pequena liberdade.
    Você, a de ajuntar um monte de coisas como "é pq estão TODOS sujos", "aqui no país é isso", que eu estou ouvindo há 47 anos das mesmas pessoas que, na primeira oportunidade, usam esses motes apenas para escamotear a própria vilania e desfaçatez.
    A imprensa brasileira que apoiou 64 está me dizendo isso há 47 anos.
    O que faziam os liberais brasileiros em 64?
    Isto, meu caro:
    Vestindo as fardas emprestadas dos pracinhas da FEB para descer o pau na negrada, e dizendo "é pq estão TODOS sujos", "aqui no país é isso", etc etc
    Como dizia meu pai, em catalão:
    Má a verda!

    Arnaldo Costa

    09/12/2011 - 19h40

    Por isso sempre digo: demotucanos não é uma coligação e sim uma máfia com ramificações em diversos setores. Para passar o país a limpo temos que ir atrás dos verdadeiros corruptos. Foram eles os mentores de todo tipo de politicagem e falcatrua existente no Brasil. Cansamos de ser enganados pelo PIG. Temos que ir atrás dessas pessoas que sempre foram acobertadas por essa imprensa suja e tendenciosa: Serra, FHC, Maluf, ACMs, Alvaro Dias, Agripino, Demóstenes, Jeressati, Sergio Guerra, Sarney, Alckimim, Aécio, e por aí vai.
    P.S.: Ainda tem pedágios, rodanel, cidade administrativa-mg e vários outros. Em um dos episódios, Aécio sumiu com 4 bilhões.

Gerson Carneiro

09/12/2011 - 05h12

FHC ratifica o livro "A Privataria Tucana" e confirma: José Serra era o mentor.

[youtube 35K5Mp4Qzos http://www.youtube.com/watch?v=35K5Mp4Qzos youtube]

Responder

ellen

09/12/2011 - 03h29

Finalmente!!! Amei!
Vocês querem o serra assado, frito ou na braza?//////

Responder

    Radivair Ferreira

    10/12/2011 - 18h34

    Bem passado, quase que torrado.

FrancoAtirador

09/12/2011 - 03h04

.
.
PAU QUE NASCE TORTO, APODRECE TORTO
.
.
09/12/2011 | 00:00

Editor revela que José Serra tentou intimidá-lo

O editor Luiz Fernando Emediato, da Geração Editorial, sentiu-se intimidado ao ser chamado para “uma conversa” com o ex-governador José Serra, que tomou conhecimento do iminente lançamento do livro A Privataria Tucana, de Amaury Ribeiro.

Emediato contou à coluna que ofereceu seu cartão de visitas ao emissário tucano, sugerindo que, se Serra quisesse falar com ele, que o procurasse na sede da editora.

http://www.claudiohumberto.com.br/principal/

Responder

    Morvan

    09/12/2011 - 08h56

    Bom dia.

    Camarada FrancoAtirador, surpresa seria o "menino da CIA" não ter tentado "dissuadir" o editor. É uma questão de métodos. A CIA não brinca. A família Kennedy sabe disso…
    José SSerra tem tentáculos em todas as redações. E vive acusando os outros de aparelhamento.
    #Edit É –> E.
    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    beattrice

    09/12/2011 - 10h36

    Concordo com o Morvan, e bem faz o editor em noticiar a tentativa espúria de contato, todo tipo de "seguro" público contra esta gente é útil e precioso, vale vidas, ou vale-vida.

    Morvan

    09/12/2011 - 11h23

    Bom dia.

    Perfeito, Beattrice. A única coisa boa que você pode obter do "menino da CIA" é a distância. E bem segura…

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

ZePovinho

09/12/2011 - 01h48

Digite o texto aqui![youtube t1O4Zo7w0aY http://www.youtube.com/watch?v=t1O4Zo7w0aY youtube]

Responder

    Guilherme Souto

    09/12/2011 - 08h27

    Tem que se lembrar também quem era o interlocutor do Ricardo Sérgio…

    Salvo engano, foi com o Luis Carlos Mendonça de Barros? Outro homem forte dos anos de entreguismo irresponsável do FHC.

    Fernando

    09/12/2011 - 08h34

    E o silencio sepulcral nos portais sobre o livro continua, inclusive no R7

Nelson

09/12/2011 - 01h33

O patrimônio do país e do povo brasileiro foi severamente, talvez de forma irreversível, depreciado com as privatizações.
Enquanto isso, o patrimônio de muitos que fizeram parte do governo e de outros que tiveram a grande felicidade de adquirirem as empresas privatizadas foi, monumentalmente, aPreciado.

Responder

FrancoAtirador

09/12/2011 - 01h14

.
.
ÍÍÍÍÍÍÍÍ… AGORA SIM NÓS VAMOS VER A "PAULISTÉIA DESVAIRADA"
.
.

Responder

José BSB

09/12/2011 - 00h21

A imprensa paulista e a globo certamente tentarão desqualificar as revelações contidas neste livro. É absurda a promiscuidade que nutre as relações entre a dupla PSDB/DEM e os maiores setores da imprensa.

Para o pessoal que ainda se pendura no mensalão para atacar o governo, a casa caiu.

Responder

grampola

09/12/2011 - 00h14

pra quem quiser comprar: http://www.travessa.com.br/Busca.aspx?d=1&cta

Responder

Jonas Resende

09/12/2011 - 00h07

Finalmente!, dá-lhe, Amaury!

Responder

Almir

08/12/2011 - 23h54

De agora em diante, quem acreditar com o discursozinho neo-ético será suspeito de conivência.

Responder

El Cid

08/12/2011 - 23h48

com esse livro, os "tucanos" vão ficar numa dúvida: "descasco esse abacaxi" ou "chupo essa manga" ?

Responder

Fabiano

08/12/2011 - 23h42

O pior é que o PT vai ficar quietinho (e o PIG tb é claro). O partido passou a ter medo do conflito nos ultimos tempos; e quem tem rabo preso em algum lugar acaba ficando mais calado mesmo…

Responder

Francisco

08/12/2011 - 23h35

Agora sim eu participo de passeata contra corrupção!!!

Responder

    joni

    10/12/2011 - 11h34

    Com o livro do Amaury Jr. na mão.

Amaury Ribeiro Jr.: Quem é o Doutor Escuta | Viomundo - O que você não vê na mídia

08/12/2011 - 23h14

[…] “Serra sempre teve medo do que seria publicado no livro” […]

Responder

Pancho Villa

08/12/2011 - 23h08

Isso dá roteiro pra um filme de James Bond.

Responder

Hiro

08/12/2011 - 22h57

Importante relembrar tb o trabalho esclarecedor de Aloísio Biondi sobre as privatizações.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    08/12/2011 - 23h43

    Já incluímos o link. Obrigado, abs

    Morvan

    09/12/2011 - 10h16

    Bom dia.

    Bem lembrado, Hiro.
    Aloísio foi um pioneiro no desbravamento dos privatistas.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Romanelli

    09/12/2011 - 11h17

    e um malufista convicto ..ou seja ..SE verdade, não era lá de confiança tb

    José Carlos

    09/12/2011 - 17h56

    E daí?
    In vino veritas.
    "A verdade não escolhe a taça da qual transborda, nem a boca que a recebe"
    Cícero (106 a.C. – 43 a.C.)

    Renato Lira

    09/12/2011 - 20h54

    Bem lembrado.

    Tenho o livro dele também.

Leonardo

08/12/2011 - 22h47

Muitos políticos criticando as privatizações, mas apoiaram as privatizações nesse ano: Correios, entrega dos hospitais p/ OS, a EBSERH, aeroportos
Privatização é uma forma de acabar com o patrimônio público, partido que apoia isso não merece voto nenhum.
Que sirva de alerta para o governo federal, não entre nessa furada que está entrando e na qual nosferatu está a naufragar!

Responder

    beattrice

    08/12/2011 - 23h12

    Concordo,a privatização dos aeroportos
    num país continental como o Brasil é inaceitável.
    INACEITÁVEL dona Dilma.

    Almir

    08/12/2011 - 23h52

    Ô amigo,
    Os correios NÃO foram vendidos. Passaram de empres pública para Sociedade de Economia Mista, e continua estatal. Aeroportos NÃO foram vendidos, porque concessão não é venda, e concessionário não é dono, além de a concessão poder ser revist a qualquer momento (o que não acontece com a venda). Estude primeiro, antes de falar besteira, tá?

marcio gaúcho

08/12/2011 - 22h43

Calma, muita calma… É bem possível que esse livro não seja distribuido tão cedo à patuléia!

Responder

    Fernando

    08/12/2011 - 23h53

    Não esquenta que já é, já tem gente falando na rede que esse não tem justiça que o tire, pode até tirar das livrarias mas da rede nunca mais

CC.Brega.mim

08/12/2011 - 22h39

é divertido!
nós matamos o cara na eleição
sem o esperado livro

e a estaca final vem agora..
morto o morto vivo
morto
.

Responder

Helder

08/12/2011 - 22h36

Então prevejo pitis, chiliques e um arrancar de penas do tucano Padim, eita safadeza hein!

Agora tudo virá a tona, o golpe das privatizações tucana, um mal cheiro só…

Responder

David R. Silva

08/12/2011 - 22h35

Comprarei 100 exemplares no mínimo pra presentear neste Natal. Vou lê-lo. Estava ancioso. Depois provocarei o Ministério Público Federal. E Você? de Belo Horizonte.

Responder

RdoCosta

08/12/2011 - 22h23

Onde compramos??

Responder

    beattrice

    08/12/2011 - 22h41

    As Fnacs distribuem em SP e RJ, já estão vendendo desde ontem.

    EUJASABIA

    09/12/2011 - 21h04

    Na Fnac Brasília também.

Marcio H Silva

08/12/2011 - 22h21

Finalmente vamos conhecer o senhor Charles Montgomery Burns, apelidado de José serra, no Brasil.

Responder

    beattrice

    08/12/2011 - 22h42

    Vamos não, que nós já conhecemos faz tempo.
    Quem vai ter um presente de natal daqueles são os tucanos incautos, os adeptos que nem imaginam o tamanho da encrenca.
    FELIZ NATAL!!!!!!!!!

    Geysa Guimarães

    09/12/2011 - 19h12

    Márcio:

    Esse mr. Burns é apelidado de José Serra mas seu nome verdadeiro é José CHIRICO Serra.
    E o livro eu vou chamar de CHIRIQUINHO.

Morvan

08/12/2011 - 22h19

Boa noite.

Eu disse, inúmeras vezes, que o livro do Amauri era lenda urbana (fi-lo, vezeiramente, no Conversa Afiada, sempre que alguém falava sobre o dito livro). Como é boa a sensação de "queimar a língua"…

O Nosferatu, coisa-ruim, Zé Torquemada, "Padim Cerra", SSerra, o infiltrado, o "minino da CIA" está, como sempre, no centro do furacão.
Quem diria, especialista em dossiês, agora é o investigado. A casa caiu, Torquemada.

Já vou fazer a lista dos presenteáveis com este livro-bomba…

:-)

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

    beattrice

    08/12/2011 - 22h43

    Morvan
    também comemoro com vc!
    QUEIMEI a língua de tanto que disse que o livro nunca viria!
    Muito bom um engano deste.
    A minha lista já está pronta
    e os livros comprados.

    Morvan

    09/12/2011 - 01h01

    Boa noite.

    Pois é, Beattrice. Desta vez, o SSerra não vai poder alegar que é trololó.

    É privataria da braba, ou, nas palavras do próprio coisa-ruim, "este é um país que privatiza com velocidade".

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Fábio

    09/12/2011 - 10h53

    Bom dia!
    Aonde Você conseguiu comprar?
    Ninguém conhece, ninguém ouviu falar!

    Morvan

    09/12/2011 - 19h59

    Boa noite.

    Comprei-o via Internet, na FNac:
    http://www.fnac.com.br/pesquisa/1/fnac.html?q=%20privataria&c=Livro

    Agradeço ao Estanilau, que m'o indicou.

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    EUJASABIA

    09/12/2011 - 20h47

    Eu comprei, colega.

    Comprei na loja da FNAC.

    Se procurar nas livrarias ou nos sites, você acha.

    Luiz

    09/12/2011 - 08h47

    MAS EU NÃO VI O LIVRO AINDA! SÓ VI UMA CAPA.

    Fernando

    09/12/2011 - 10h39

    Toma um capitulo http://www.claudiohumberto.tecnologia.ws/OlalaCMS

Gerson Carneiro

08/12/2011 - 22h14

Presente de Natal ideal para o José Serra: livro "A Privataria Tucana" + o CD "Meu Mundo Caiu", da Maysa.

[youtube f_2MtwlnLg0 http://www.youtube.com/watch?v=f_2MtwlnLg0 youtube]

Responder

    El Cid

    09/12/2011 - 00h05

    KKKKKK !! vem com uma cesta de abacaxis e mangas, Gersão ??

    Antônio Carlos

    09/12/2011 - 08h44

    O que você tem contra os abacaxis e as mangas????

    El Cid

    09/12/2011 - 00h06

    KKKKKK !! também vem com uma cesta de natal, cheia de abacaxis e mangas !!

    Morvan

    09/12/2011 - 01h09

    Boa noite.

    E de pepinos (sem se o Di Capri)!

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Gerson Carneiro

    09/12/2011 - 07h15

    …e Laranjas.

    Morvan

    09/12/2011 - 08h51

    … Sem Ser o Di Capri…

    Desculpe o "tipo".

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    Ani

    09/12/2011 - 02h32

    Ri muito disto.

    Prix

    09/12/2011 - 07h40

    e bolinhas de natal…de papel…rs

    José Carlos

    09/12/2011 - 17h58

    Um brinde à Maysa, ao Biondi e à verdade.
    (hic)

VIÇOSO

08/12/2011 - 22h05

Até que enfim!!!

Responder

    Aliomar Pereira

    10/12/2011 - 18h40

    É! A Justiça só anda se for provocada. Material explosivo é que não falta. Bomba em cima de bomba. Cadê será aquele advogado porreta o Piovanni (o tal do caso do Gilmar Dantas).
    Hum , hum!
    Sei não!

Palmas

08/12/2011 - 21h59

Tucanada leiam o livro do Amaury prá conhecerem a verdadeira face do partido que vcs acham que conhecem.

Responder

    Norberto

    12/12/2011 - 18h39

    será q o Sr precisa de livro pra saber a verdadeira face do PT?

    espero q não!

Gerson Carneiro

08/12/2011 - 21h59

Serra terá mais um péssimo Natal.

É por isso que ultimamente o Serra partiu para o ataque direto à Dilma.

E os marchadeiros das "marchas contra a corrupção", trocarão as vassouras pelo livro "A Privataria Tucana"?

E o Álvaro Dias vai convocar o Amaury Jr para depor no Senado?

Responder

    beattrice

    08/12/2011 - 23h13

    Atualize-se!
    Das vasssouras já passaram às bóias: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2011/12

    Próxima etapa:
    DESINTUPIDORES de PIA.

    Gerson Carneiro

    08/12/2011 - 23h20

    Desentupidores de Pia + Diabo Verde.

    <img src=http://www.sejaditaverdade.net/blog2/wp-content/uploads/2010/09/psdbmarina.jpg>

    Marcelo

    09/12/2011 - 11h28

    Parece mais uma briguinha de tucanos para ver quem vai ser candidato em 2014.O Aécio é
    igual ao Serra.Tem grandes amigos na imprensa.Já mandou a Band demitir o Kajuru.Acho
    que vou ter que esperar um livro sobre as relações de Aécio com a imprensa.E eu vou perder
    tempo com esta briguinha Serra/Aécio?Tenho mais o que fazer!

    grampola

    08/12/2011 - 23h20

    Será que foram os donos do PSD jogando boias aos tucanos e demo?

    Morvan

    09/12/2011 - 01h10

    Boa noite.

    Gerson Carneiro, se o locutor de quermesse (é o novo!) vai convocar o Amaury ou não, eu não sei. Acho improvável.
    A não ser que o livro descesse a pua no PT ou alguém ameaçasse majorar o preço do botox. Só assim…

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    José BSB

    09/12/2011 - 01h12

    Ouso afirmar que o Serra vai se candidatar para prefeito, governador, presidente ou papa mas não sairá uma vírgula sobre o livro na gloriosa imprensa paulista e na globo.

    Acreditem, é bastante provável.

    Depois da prisão do ex-assessor, chega agora essa cassetada.
    Assim o Beato Salu nao aguenta é sofrimento demais.

    SILOÉ-RJ

    09/12/2011 - 13h19

    TOMARA!!!!

    Maria

    10/12/2011 - 01h03

    As marchas contra a corrupção tem que ter é tapa-olho (o direito, é claro) que faz mais o gênero de Piratas do Caribe. E assim, um recadinho a mais para a mídia com seus ataques seletivos. Não vai ser o máximo? Aliás, se houver uma dessas em São Paulo, até eu vou.

    Lu_Witovisk

    10/12/2011 - 12h02

    Caraca, o Alvaro Dias é o pior cancro que já saiu lá do PR. Não sei como pode!!! canalhice pura na veia.

ricardo silveira

08/12/2011 - 21h55

Alguns crimes cometidos por tucanos, durante as privatizações no governo FHC, foram tirados debaixo do tapete e vieram a público. Os operadores da justiça já os conheciam, pois tais revelações têm por base documentos produzidos por órgãos competentes, mas, ao que parece, não fizeram nada. Espera-se, agora, que se faça justiça.

Responder

CLÁUDIO LUIZ PESSUTI

08/12/2011 - 21h53

Finalmente, vou comprar.

Responder

Roberto Ribeiro

08/12/2011 - 21h46

É possível comprar pela internet?

Responder

    Alexandre

    08/12/2011 - 22h22

    Eu estou tentando achar, mas não consegui encontrar aonde venda pela internet. Quero comprar rápido, vai que interditam ou algo assim.

    @ricmbc

    09/12/2011 - 01h14

    http://www.travessa.com.br/Busca.aspx?d=1&cta

    aproveite que está barato !

    Zoro

    09/12/2011 - 01h53

    Será q a Livraria da Folha já está vendendo??? Ou estará na lista dos mais vendidos da Veja???E será que o autor será entrevistado pelo Ali Kamel no Fantástico???? kkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta