VIOMUNDO

Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões

21 de junho de 2011 às 12h16

por Conceição Lemes

A saúde pública no Estado de São Paulo está sendo privatizada rapidamente, a passos largos.

O símbolo desse processo são as OSs: Organizações Sociais de Saúde. Significa que o serviço de saúde é administrado por uma dessas instituições e não diretamente pelo Estado.

Curiosamente no site da Secretaria Estadual de Saúde não há sequer uma lista com todos os hospitais, ambulatórios médicos de especialidades (AMEs) e serviços de diagnóstico administrados por OSS. É preciso garimpar na internet, nome por nome, para saber se o serviço X ou Y é tocado por OSs. É desafio até para pessoas acostumadas a pesquisar em Diário Oficial. Mas quem se der a este trabalhão – às vezes é preciso telefonar ao estabelecimento para ter certeza–, vai comprovar o óbvio: a terceirização, de vento em popa, da saúde pública do Estado de São Paulo.

O artifício é a lei complementar nº 846, de 1998, alterada pela 62/2008, do ex-governador José Serra (PSDB), que autoriza transferir às OSs o gerenciamento de todos os hospitais públicos paulistas, novos e antigos.

“Os hospitais gerenciados por Organizações Sociais são exemplo de economia e eficiência”, diz o site da Secretaria Estadual de Saúde.

A justificativa para a expansão das OSs é “a experiência de sucesso dos últimos dez anos”. Essa, especificamente, foi anexada ao projeto de lei que Serra encaminhou à Assembleia Legislativa paulista, permitindo às OSs gerenciar não só os novos estabelecimentos de saúde (como permitia a legislação em vigor desde 1998) mas também os já existentes (até então era proibido).

Artigo publicado no boletim EnBreve, do Banco Mundial, também derrama elogios às OSs.

ROMBO ACUMULADO DE 18 HOSPITAIS CHEGA A R$147,18 MILHÕES

Teoricamente as OSs são entidades filantrópicas. Na prática, porém, funcionam como empresas privadas, pois o contrato é por prestação de serviços.

“As OSS recebem os hospitais absolutamente aparelhados, de mão beijada. Tudo o que gastam é pago pelo governo do estado ou prefeitura. Além disso, recebem taxa de administração”, avisa o promotor Arthur Pinto Filho, da área de Saúde Pública do Ministério Público de São Paulo. “Entregar a saúde pública para as OSs evidentemente encarece a saúde e tem prazo de validade.”

No final do ano passado, o Viomundo já havia tornado público que, em 2008 e 2009, os hospitais geridos pelas OSS custaram, em média, aos cofres do Estado de São Paulo cerca de 50% mais do que os hospitais administrados diretamente pelo poder público. A mesma tendência se manteve em 2010, revela o cruzamento de dados dos relatórios das OSs com informações do Sistema de Gerenciamento da Execução Orçamentária do Estado de São Paulo (SIGEO)

No final de 2010, o Viomundo também revelou que, de 2006 a 2009, os gastos com as OSs saltaram de R$ 910  milhões para R$ 1,96 bilhão.  Uma subida de 114%. No mesmo período, o orçamento do Estado cresceu 47%. Ou seja, as despesas do Estado de São Paulo com a terceirização da saúde cresceram mais que o dobro do aumento do orçamento público.

Mas a situação é bem mais complicada. O Estado de São Paulo tem 34 hospitais públicos geridos por OSs. Alguns são por meio de convênios, feitos normalmente com fundações de universidades públicas. A maioria é por contratos de gestão, geralmente executados por instituições privadas ou filantrópicas.

Até o início de junho, 22 dos 34 hospitais públicos do estado de São Paulo geridos por OSs haviam publicado balanço referente a 2010.

Desses 22, apenas quatro ainda têm patrimônio positivo. Um deles é o Hospital Brigadeiro, na capital paulista, privatizado em janeiro de 2010 e gerido pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, conhecida pela sigla SPDM. Os demais são os hospitais Regional Porto Primavera (Rosana), Estadual João Paulo II (José do Rio Preto) e Regional de Presidente Prudente (antigo Hospital Universitário). Todos novos e administrados pela Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus.

Os outros 18 hospitais apresentaram patrimônio negativo, ou seja, passivo maior do que o ativo. Portanto, dos que já divulgaram o balanço de 2010, 80% estão “quebrados”.

Atente bem à tabela abaixo. Ela foi elaborada com base em pesquisa feita nos balanços publicados no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Resultado: Em 2010, o déficit desses hospitais foi de R$ 71,98 milhões. Mas o rombo acumulado dos 18 chega a R$ 147,18 milhões.

70% DOS EQUIPAMENTOS GERIDOS POR OSS TIVERAM DÉFICIT EM 2010

O sinal vermelho foi dado nos próprios balanços. Sobre o do Hospital Estadual do Itaim Paulista, gerido pela Casa de Saúde Santa Marcelina, a Cokinos & Associados Auditores Independentes S/S adverte:

Conforme descrito na Nota Explicativa n.º 14, a Entidade apresentou déficit de R$ 3.227.700 durante o exercício findo em 31 de dezembro de2010 e, naquela data, o seu passivo total, excedia o seu ativo total em R$ 3.804.984. A Organização dependerá do repasse de verbas complementares futuras afim de obter o reequilíbrio econômico-financeiro para a manutenção normal de suas operações.”

A situação dos ambulatórios médicos de especialidades (AMEs) também é muito grave. Dos 27 existentes, 17 tiveram déficit em 2010.  Entre eles, o AME Heliópolis (antigo Hospital Heliópolis), administrado pelo Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo).

Em 2009, esse AME, que ironicamente se chama Dr. Luiz Roberto Barradas Barata, tinha patrimônio de R$ 3,8 milhões. Porém, devido ao déficit de R$ 6 milhões em 2010, seu passivo já atinge R$ 2,2 milhões. Barradas, ex-secretário da Saúde do Estado de São Paulo e falecido em 2010, foi o autor da justificativa anexada por Serra à mensagem enviada, em novembro de 2008, à Assembleia para mudar a lei das OSs.

Resumo do buraco: dos 58 hospitais, AMEs e serviços de diagnóstico do estado de São Paulo geridos OSS por contrato de gestão, 41 tiveram déficit em 2010, segundo o relatório das OSs publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, publicado em abril de 2011. O que representa 70%.

SECONCI, SPDM E FUNDAÇÃO ABC NÃO RESPONDEM

Esta repórter contatou as OSs responsáveis pelos hospitais com déficit para saber o motivo dessa situação.

O Seconci-SP não respondeu, apesar de diversos telefonemas e emails para a sua assessoria de imprensa. O Seconci administra os hospitais Geral de Itapecerica da Serra, Estadual de Vila Alpina, Regional de Cotia, Estadual de Sapobemba e AME Heliópolis. Por meio de convênios com a prefeitura de São Paulo, também cuida de cinco AMAs (unidades de Assistência Médica Ambulatorial). Abaixo resumo do balanço do Estadual de Vila Alpina.

A SPDM, ligada à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) não quis se manifestar. Por meio de sua assessora de imprensa, disse que só a Secretaria Estadual de Saúde poderia dar esclarecimentos.  A SPDM gerencia nove hospitais no estado de São Paulo, sendo quatro estaduais: Brigadeiro e Geral de Pirajussara, na capital, Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, e Estadual de Diadema.

A Casa de Saúde Santa Marcelina achou melhor que o diretor de cada hospital esclarecesse o déficit.

“Há vários motivos para o prejuízo no ano que passou, mas o principal, responsável por mais de 90% dessa situação, é o orçamento inadequado. Como aconteceu em 2010, 2009 e alguns outros anos anteriores, as partes negociavam já sabendo que o dinheiro não seria suficiente para cobrir as metas de atendimento”, explica a esta repórter Carlos Alberto Ferreira, diretor do Hospital Estadual Itaim. “Só que, geralmente lá por setembro, outubro ou novembro, se reviam os valores e um termo aditivo de contrato era assinado para cobrir a diferença. Em 2010, devido à morte do doutor Barradas e mudança de secretário, isso não aconteceu plenamente. Daí por que o dinheiro não deu.”

Já a responsável pelo Hospital Estadual de Itaquaquecetuba não quis falar. Recomendou-me contatar a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde.

A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é gestora de vários serviços de saúde estaduais, entre os quais os hospitais Geral de Guarulhos, Estadual de Francisco Morato, Estadual de Franco da Rocha “Dr. Albano da Franca Rocha Sobrinho”, Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário e o Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental de Franco da Rocha – Complexo Hospitalar do Juquery.

Resposta ao Viomundo: “No ano passado, parte dos recursos foi contingenciada. Atualmente a situação está equilibrada”.

A Associação Congregação de Santa Catarina, do qual o Hospital Santa Catarina faz parte, administra dez instituições públicas paulistas: os hospitais gerais de Pedreira, Itapevi e Grajaú, o Centro de Referência do Idoso da Zona Norte, o Pólo de Atenção Intensiva em Saúde Mental, os AME Jardim dos Prados, Itapevi e Interlagos, o Centro de Análises Clínicas de São Paulo (Ceac) e Serviço de Diagnóstico por Imagem (Sedi 1).

Resposta ao Viomundo:

“Está havendo uma negociação junto ao governo do Estado para adequação entre orçamento e metas assistenciais para 90% das casas administradas pela Associação.

Nos últimos 3 anos (2009, 2010 e 2011), o governo do Estado tem basicamente mantido as metas assistenciais e reduzido os orçamentos em 5% a cada ano, por conta de um contingenciamento. Portanto, nos últimos três anos houve uma redução de 15% no orçamento e as metas foram as mesmas.

Os Hospitais Pedreira e Itapevi apresentaram um déficit, pois os recursos não estão condizentes com as metas estipuladas. Sendo assim, a Associação Congregação de Santa Catarina, assim como outras entidades filantrópicas, está em negociação com o governo do Estado para alinhar o orçamento às metas ou as metas ao orçamento”.

Abaixo o resumo do balanço do Hospital de Pedreira.

CONTRATOS GARANTIDOS NO FIO DO BIGODE? BAIXA TRANSPARÊNCIA

Acontece que o Hospital Estadual de Pedreira, por exemplo, realizou em 2010 menos do que o foi contratado:

Ou seja, esse hospital gerido pela Associação Congregação Santa Catarina realizou quase 8% a menos das metas físicas contratadas. Porém, recebeu R$ 5,6 milhões a mais do que o valor previsto, como mostra a tabela abaixo feita com base no levantamento no Diário Oficial. Já os hospitais Itapevi e Grajaú, administrados pela mesma OSS, receberam praticamente o valor contratado.

Os hospitais Estadual de Guarulhos e de Francisco Morato, administrados pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, receberam a mais R$5.474.3815,50 e R$1.040.706,00, respectivamente.

Detalhe: Pedreira, Guarulhos e Francisco Morato não são exceção; em geral, há acréscimos nos valores contratados inicialmente.

Afinal de contas, o governo paulista realmente contingenciou recursos, como alegam algumas OSs? Tecnicamente recurso contingenciado é aquele previsto no orçamento e o governo congela. Ele pode vir ou não a ser repassado.

Ou as OSS não receberam o que desejavam pelos serviços prestados?

Ou será que, para ganhar a eleição estadual em 2010, o governo tucano teria estimulado as OSs a atender mais do que o previsto e posteriormente não cobriu os extras?

Ou será tudo isso junto?

Qual a mágica para as OSs continuarem operando, já que a maioria dos hospitais geridos está no vermelho? Teria o atendimento piorado ou elas resolveram fazer benemerência, trabalhando de graça para o governo estadual?

Os contratos seriam para “inglês ver”, considerando que, de antemão, as partes sabem que precisarão de aumento posterior nos valores?

A garantia seria mesmo na base de um “fio do bigode” de uma única pessoa?

O fato é que, apesar envolver recursos públicos de quase R$ 2 bilhões anuais, o negócio das OSS é uma caixa-preta que precisa ser escancarada à luz do sol de verão. Por uma razão simples: falta transparência.

Esta repórter solicitou à assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde São Paulo o número e os nomes dos hospitais geridos diretamente pelo Estado e por OSs, tanto por contratos de gestão, quanto por convênios. Vieram apenas os números e desta forma:

Cerca de 40?! Cerca de 30?! Como?!

Se a Secretaria Estadual de Saúde não sabe EXATAMENTE quantos hospitais são geridos pelo Estado e quantos são por OSs, quem vai saber? Ou será que não nos quis passar?

E supondo que a Secretaria Estadual de Saúde não soubesse quantos hospitais são geridos pelo Estado e quantos são por OSs – que é uma informação básica –, como vai fiscalizar os serviços e cumprimento de metas?

Insisti com a assessoria de imprensa. Precisava dos nomes dos hospitais. Em vez da resposta, foi encaminhado texto só com elogios ao modelo de OSs.  Alguns trechos:

Reforcei o pedido, solicitando os nomes dos hospitais geridos por OSs por contrato de gestão e por convênio e os administrados diretamente pelo estado diretamente. Argumentei ser informação básica, de fácil acesso, pelo menos ao pessoal da Secretaria Estadual de Saúde.  “É só ‘puxar’ no computador”, esta repórter argumentou na solicitação. Nada. Silêncio absoluto.

Só que os hospitais de Pedreira, Vila Alpina, Itaim Paulista, Mário Covas, Pirajussara e Diadema estão “quebrados”, lembram-se da tabela no início desta reportagem? O rombo acumulado de cada um é, respectivamente, de R$ 5,78 milhões, R$ 8,86 milhões, R$ 3,8 milhões, R$ 4,2 milhões, R$ 13,8 milhões e R$ 11,3 milhões.

Situação oposta à do Instituto do Câncer do Estado, o Icesp, inaugurado em 2008 e gerido pela Fundação Faculdade de Medicina.  Seu balanço de 2010 ainda não foi publicado. Mas, segundo o relatório das OSS publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, o Icesp teria recebido em 2010 R$ 369 milhões. Porém, só gastou R$ 242 milhões. Por que os R$ 127 milhões restantes não teriam sido gastos? A sua utilização não teria aumentado o número de pacientes tratados?

“Cadê o exemplo de economia, eficiência e excelência de gestão?”, muitos leitores devem estar perguntando. E com razão. Afinal, é como as OSS são “vendidas” pelo governo paulista e demais defensores desse sistema de administração.

Tais qualidades, na verdade, parecem ser mais marketing publicitário do que realidade. Pelo menos são os indícios dos números atuais.

Tem mais. A lei da transparência e de responsabilidade fiscal exige que as execuções orçamentária e financeira sejam disponibilizadas em tempo real na internet. Obriga, ainda, o estado a prestar esclarecimentos sobre os seus contratos para qualquer cidadão.

Porém, não há um site que reúna informações sobre os contratos e aditivos celebrados entre as Organizações Sociais de Saúde e o governo paulista. Muito menos que comunique o quanto e em quê estão sendo gastos os recursos.

Apesar das reiteradas solicitações, esta repórter não recebeu da Secretaria Estadual de Saúde até a postagem desta reportagem a lista com os nomes dos hospitais geridos diretamente pelo Estado e os por OSs.

Por que não divulgar? Seria por que o rombo acumulado das OSs paulistas, incluindo hospitais, AMEs e serviços de exames, é bem maior dos que os quase R$ 147, 18 milhões dos 18 hospitais citados?

A propósito. O desmantelamento, na semana passada, da quadrilha formada por médicos, enfermeiros e dentistas do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, que desviava verbas dos plantões médicos e fraudava licitações, mostrou a ausência de controle sobre os recursos financeiros e os serviços prestados pelos hospitais públicos paulistas geridos pelo Estado.

Essa mesma falta de controle existe sobre as OSs. Basta ver o crescente déficit dos hospitais estaduais gerenciados por essas entidades. Aliás, se não existe transparência plena sobre um dado tão banal como a lista dos nomes dos serviços de saúde gerenciados por OSs, o que pensar sobre as informações referentes à aplicação dos recursos e aos atendimentos prestados?

Em tempo 1: O esquema de fraude em licitações e nos pontos de plantões médicos (profissionais recebiam sem trabalhar), revelado pela polícia de São Paulo na semana passada, envolveu, além do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, funcionários de outros 11 hospitais da região de Sorocaba. Entre eles, o Hospital Geral de Itapevi, administrado por uma OSs, a Associação Congregação de Santa Catarina. O Viomundo contatou a assessoria de imprensa para saber o que a entidade tinha a dizer sobre o fato.  Não houve retorno.

Em tempo 2: O médico e ex-secretário de Esporte, Cultura e Lazer  Jorge Pagura, que teve o seu nome ligado ao esquema de fraude do Centro Hospitalar de Sorocaba, é chefe da neurocirurgia do Hospital Mário Covas, em Santo André. no ABC paulista. O serviço é gerenciado por outra OSS, a Fundação ABC. O Viomundo contatou a assessoria de imprensa para saber sobre o motivo do déficit acumulado de R$ 4, 2 milhões do hospital. Ela foi uma das entidades que não nos respondeu.

Em tempo 3: Solicitamos à Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo uma avaliação sobre a situação financeira dos hospitais estaduais geridos por OSs. A assessoria de imprensa também não nos respondeu isso.

Quaisquer que sejam as respostas dessas e demais perguntas, esta repórter e os milhões de cidadãs e cidadãos de São Paulo querem saber: quem vai pagar a conta?

 

244 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

eliemerson almeida ferreira

21/08/2016 - 17h51

estamos sofrendo essa situacão aqui no hospital municipal de parauapebas, no estado do Pará, chegou uma empresa oss, de cotia, do estado de são paulo, chamada de gamp, o qual se instalou ha duas semanas, sem melhoria alguma pro municipio sem conhecer nada sobre o municipio e suas peculiaridades, inclusive gerenciando funcionarios publicos, que até então não foi cedidos pelo municipio, sendo que eles tem que arcar com as contratações. Gostaria de saber se eu como funcionário de carreira concursado, posso ser gerenciado a uma oss, sendo que eu não sou clt, e também nao assinei nenhum contrato com tal empresa, e a empresa pode me tratar como um funcionário dela sem eu nem sequer está sabendo que fui cedido a ela, afinal não há nenhum termo que diga que fui cedido a prestar serviço a esta empresa, assim como todos os servidores concursados do hospital municipal, pq até onde sei as oss, gerenciam seus contratados. tem algum tipo de legalidade esta relação de trabalho?

Responder

Não há como defender as “Organizações Sociais” | SindServ Santos

27/06/2016 - 16h37

[…] 2) Os hospitais públicos geridos por OSs, em São Paulo, possuem um rombo equivalente a 147,18 milhões. Segundo pesquisas publicadas, de 2008 a 2010, foi comprovado que os hospitais terceirizados, geridos por OSs, custaram aos cofres públicos de SP mais de 50% do que os hospitais administrados diretamente pelo setor público. Veja aqui […]

Responder

Tarso Violin: "Ministros do STF ignoraram os problemas das OS; eles foram mal assessorados ou sofreram pressão natural dos grupos de interesse" - Viomundo - O que você não vê na mídia

07/05/2015 - 09h28

[…] promotor Arthur Pinto Filho, da área de Saúde Pública do Ministério Público de São Paulo, em reportagem publicada em 2011 pelo Viomundo. “Entregar a saúde pública para as OSs evidentemente encarece a saúde e tem prazo de […]

Responder

#Saúde – A cada dois dias, uma brasileira pobre morre por aborto inseguro. | Corpo novo, mente nova.

20/04/2015 - 03h36

[…] nos postos de saúde, muitos serviços que estão nas mãos de organizações sociais religiosas (esta matéria do site Viomundo fala das relações entre as OSS e o SUS e do prejuízo que muitas causam aos cofres públicos) se […]

Responder

PPP da Saúde: Menos hospital e leitos para a população, mais dinheiro para a iniciativa privada - Viomundo - O que você não vê na mídia

21/03/2014 - 12h39

[…] “Os hospitais gerenciados por Organizações Sociais são exemplo de economia e eficiência”, dizia a Secretaria de Estado da Saúde em seu site em 2011. […]

Responder

A cada dois dias, uma brasileira pobre morre por aborto inseguro | Vivah Plus

27/10/2013 - 19h13

[…] nos postos de saúde, muitos serviços que estão nas mãos de organizações sociais religiosas (esta matéria do site Viomundo fala das relações entre as OSS e o SUS e do prejuízo que muitas causam aos cofres públicos) se […]

Responder

Clandestinas | Envolverde

19/09/2013 - 09h46

[…] nos postos de saúde, muitos serviços que estão nas mãos de organizações sociais religiosas (esta matéria do site Viomundo fala das relações entre as OSS e o SUS e do prejuízo que muitas causam aos […]

Responder

Clandestinas | Pública

17/09/2013 - 16h30

[…] nos postos de saúde, muitos serviços que estão nas mãos de organizações sociais religiosas (esta matéria do site Viomundo fala das relações entre as OSS e o SUS e do prejuízo que muitas causam aos […]

Responder

“Façamos exatamente o contrário do que a Globo e outros inimigos desejam” « Viomundo – O que você não vê na mídia

31/03/2013 - 18h15

[…] Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões […]

Responder

Conceição Lemes: “Façamos exatamente o contrário do que a Globo e outros inimigos desejam” | Maria Frô

31/03/2013 - 13h28

[…] Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões […]

Responder

PT diz ser alvo de “setores que perderam privilégios” « Viomundo – O que você não vê na mídia

12/12/2012 - 22h38

[…] Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões […]

Responder

Base governista quer CPI do Cachoeira até 22 de dezembro « Viomundo – O que você não vê na mídia

01/11/2012 - 11h38

[…] Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões […]

Responder

Vereador que fez campanha por Serra antecipa proposta de Haddad « Viomundo – O que você não vê na mídia

31/10/2012 - 17h55

[…] Hospitais públicos de SP gerenciados por OSs: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões […]

Responder

Para o bem da saúde pública dos paulistanos, Haddad precisa abrir a caixa-preta das OSs « Viomundo – O que você não vê na mídia

30/10/2012 - 21h09

[…] 11. Em levantamento que fizemos em junho de 2011, havia na época 34 hospitais públicos paulistas geridos por OSs; desses, 22 tinham  publicado balanço referente a 2010. Somente quatro (todos com contratos recentes) possuíam patrimônio positivo. Os outros 18 hospitais apresentaram passivo maior do que o ativo, ou seja,  80% estavam “quebrados”. Juntos tinham um rombo acumulado de R$147,18 milhões. […]

Responder

Promotor Arthur Pinto Filho: “A primeira grande vitória no Brasil contra a dupla porta” « Viomundo – O que você não vê na mídia

22/05/2012 - 01h28

[…] Hospitais públicos gerenciados por OSs têm rombo de R$ 147,18 milhões […]

Responder

TJ decide hoje se proíbe de vez Lei da Dupla Porta « Viomundo – O que você não vê na mídia

15/05/2012 - 01h54

[…] Levantamento feito pelo Viomundo no ano passado demonstrou que tinham os hospitais públicos de São Paulo gerenciados por OSs  tinham um rombo acumulado de R$147,18 milhõ… […]

Responder

Jordão

01/03/2012 - 17h35

Conceição , em 2011 o icesp recebeu R$349.300.000,00
mas sua produção foi de apenas R$79.086.322,26
onde esta a diferença?

Responder

    Conceição Lemes

    01/03/2012 - 17h41

    Boa pergunta, Jordão. Tentarei descobrir. abs

Saúde privatizada ou como estão destruindo o SUS | OCOMPRIMIDO.COM

14/09/2011 - 14h03

[…] O rombo acumulado dos hospitais públicos de São Paulo, administrador por entidades privadas, chega a 147 milhões de reais (clique aqui). […]

Responder

    SANDRA

    07/11/2012 - 08h38

    ESTAS ORGANIZAÇOES SOCIAIS ESTA ACABANDO COM OS POSTOS DE SAUDE E UM ROMBO DE DINHEIRO DESVIADO OS FUNCIONARIOS TODOS ENCAIXADOS POR PADRINHOS DAS OSS, NOS FUNCIONARIOS DO ESTADO E PREFEITURA ESTAMOS ENTRANDO EM DESPERO PARA QUE VOLTE COMO ERA ANTES OS POSTOS DE SAUDE SEM ESTAS SANTAS CASAS QUE GOSTAM DE PISAR EM NOS VAMOS A LUTA PARA ACABAR COM ESTAS FREIRAS

Salli

22/08/2011 - 15h05

Prezada Conceição
Parabéns pelas informações!
Venho estudando as OSs e encontro muita dificuldade em
obter informações como as dispostas por vc…
Grata

Responder

Página 13 » Blog Archive » Ministro Padilha, até quando vai dar dinheiro do SUS para SP entregar aos planos privados?

15/08/2011 - 23h19

[…] claro: o governo paulista escolheu sustentar um modelo de gestão que está fazendo água –tem um rombo de R$ 147 milhões — à custa de uma […]

Responder

Ministro Padilha, até quando vai dar dinheiro do SUS para SP entregar aos planos privados?

14/08/2011 - 19h00

[…] claro: o governo paulista escolheu sustentar um modelo de gestão que está fazendo água – tem um rombo de R$ 147 milhões — à custa de uma […]

Responder

Ministro Padilha, até quando vai dar dinheiro do SUS para SP entregar aos planos privados? « A SAÚDE que temos, o SUS que queremos.

12/08/2011 - 11h02

[…] claro: o governo paulista escolheu sustentar um modelo de gestão que está fazendo água – tem um rombo de R$ 147 milhões — à custa de uma […]

Responder

Ministro Padilha, até quando vai dar dinheiro do SUS para SP entregar aos planos privados? « Rádio da Juventude – rádio livre!

11/08/2011 - 23h15

[…] claro: o governo paulista escolheu sustentar um modelo de gestão que está fazendo água –tem um rombo de R$ 147 milhões — à custa de uma […]

Responder

Marcos-Juquitiba

11/08/2011 - 19h43

Por isso estou ja mais de 6 meses tentando marcar exame de topografia corneana bilateral não consigo esses Tucanos safados .

Responder

MP-SP vai à Justiça contra a lei para OSs: A forma mais cruel para capitalizar a saúde | Viomundo - O que você não vê na mídia

11/08/2011 - 15h06

[…] claro: o governo paulista escolheu sustentar um modelo de gestão que está fazendo água – tem um rombo de R$ 147 milhões — à custa de uma […]

Responder

deivid souza

23/07/2011 - 18h04

- http://pedagiometro.com.br/

agora, JULHO 2011, está em mais de 03 BILHÕES DE REAIS

aonde irá em benefícios de 01, 02 pessoas e em TOTAL PREJUÍZOS DOS MILHÕES E MILHÕES que preci sam trafegar de um lado para o outro, e aonde não tem jeito, tem pedágios de tudo que é lado, na ida na volta e se não tomar cuidado até mesmo para ENTRAR DENTRO DA SUA PRÓPRIA CIDADE, BAIRRO, e ou para entrar dentro da sua própria RESIDENCIA, LÁ TEM PEDÁGIOS, ali na sua porta

aonde 01, 02 ESPERTALHÕES, 171, NUMA BOA, COM ACORDOS OCULTOS COM QUEM ESTÁ NO PODER POLÍTICO.etc., os quais só foram lá e colocaram os tais e tais pedágios numa boa, e depois é só pegar os BILHÕES E BILHÕES e colocar nas suas CONTAS BILIONÁRIAS PARTICULARES e ainda depois POSAR DE EXCEPCIONAL EMPRESÁRIOS BEM SUCEDIDOS MILIONÁRIOS.etc., mas tudo feito sem GASTAR UM 01 ÚNI CO CENTAVINHO do seu próprio bolso,

mas que depois foram lá TRANQUILAMENTE depois dos POLÍTICOS LOCAIS pegarem e gastarem TRILHÕ ES E TRILHÕES DOS BOLSOS de todos o POVO BRASILEIRO e principalmente DÁQUELES MESMOS CIDA DÃOS QUE DEPOIS TERÃO QUE PAGAR PEDÁGIOS NA IDA E NA VOLTA E ÁS VEZES PARA ENTRAR DEN TRO DA SUA PRÓPRIA CASA, RESIDENCIA.etc.e assim as tais e tais RODOVIAS, ESTRADAS.etc.ESBURA CRADAS se tornarem um TAPETE AVELUDADO MACIO.etc., e então depois entregam para 01, 02 pessoas ir lá e só colocar PEDÁGIOS E PEDÁGIOS.etc.e ficar depois MILIONÁRIOS, BILIONÁRIOS.etc.

e da mesma forma que é feito com os tais e tais PEDÁGIOS é também feito com tudo que é SAÚDE PÚBLICA, gastam TRILHÕES E TRILHÕES e depois entregam numa boa numa naise tranquilamente para 01, 02 pesso as, ONGS.etc.administrar, e ainda recebem BILHÕES E BILHÕES para administrar, e o GOVERNO PAGA TU DO E TODOS LÁ DENTRO destes 01 palitinhos de fósforos e até as compras de MÁQUINAS, APARELHOS CA RISSISSIIMOS, salários, benefícios.etc.de tudo e de todos ali é tudo já pago pelo GOVERNOS ESTADUAIS, MUNICIPAIS, FEDERAL, DISTRITAL.etc., não sai 01 UM ÚNICO CENTAVINHO SEQUER de quem está ali A ADMINISTRAR

e os GOVERNADORES POR EXEMPLO DO ESTADO DE SÃO PAULO dão tudo que podem aonde as tais e tais ONGS???, OSS???, FUNDAÇÕES???, AUTARQUIAS???, FILANTROPIAS???, FUNDAÇÕES???, ENTIDA DES QUE DIZEM SEREM SEM FINS LUCRATIVOS???.etc.etc.estão administrando mas e ABANDONAM total mente aonde é administrado por algum GESTOR PÚBLICO.etc, por isso, todas elas dizem que é tudo maravi lhoso e aonde é público é tudo abandonado, e além de quê aonde é GERENCIADO, ADMINISTRADO.etc.por um GESTOR PÚBLICO, geralmente este GESTOR PÚBLICO é alguém colocado ali de forma POLÍTICA mas sem nenhum tipo de EXPERIENCIA, sem nenhum tipo de CARREIRA dentro da PRÓPRIA UNIDADE PÚBLICA. etc., ali tudo e todos POLÍTICOS USAM tudo de forma política, ás vezes colocam até mesmo as suas tais e tais LARANJAS, PAUS MANDADOS, FAMILIAR, PARENTES, AMIGAS, COLEGAS, CABOS ELEITORAIS, AMAN TES.ETC.para administrar, mandar.etc.
http://www.impostometro.com.br/

está em mais de 800 bilhões
=
o BRASIL é uma das maiores tibutações do MUNDO, e como também o é as TRIBUTAÇÕES lá nos PAÍSES DO PRI MEIRO como a NORUEGA, CANADÁ, EUA, JAPÃO. ISRAEL.etc.
http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/11086_NO

a diferença é que nos PAÍSES DO PRIMEIRO, tudo que é IMPOSTOS, TAXAS, MULTAS.etc.que advém dos bolsos de cada cidadão, produtos, serviços.etc.

e como também cada RIQUEZAS geradas pelos seus RECURSOS NATURAIS e como pelas RIQUEZAS NATURAIS. etc.,

tudo tudo mesmo vai pro bolso e ou em benefício de cada CIDADÃO, PROFISSIONAL, CRIANÇAS, ADOLES CENTES, PROFESSORAS felizes e contentes nestes tais e tais países lá do primeiro mundo

e tudo é AUDITORIADO FISCALIZADO TRANSPARENCIALMENTE ONLINE.etc.pelo POVO LOCAL, pela POPU LAÇÃO LOCAL.etc., e tudo é para saber se cada 01 UM ÚNICO CENTAVINHO sequer foi realmente ao seu DESTINO FINAL e ou para os tais e tais serviços, obras.etc., para não acontecer por exemplo, como aqui no BRASIL, como por exemplo, alguns em menos de 04 ANOS TRIPLICA A SUA FORTUNA PESSOAL EM MAIS DE 20 VEZES, OUTROS EM MAIS DE 86.500% em menos de 04, 05 anos.etc, e ou como por exemplo aonde foi parar os 07 milhões que deveria ir para o povo que sofreu com a CATÁSTROFE em TERESOPÓLIS/RJ???PARA AONDE FOI???
-

Responder

heloísa silva

22/07/2011 - 19h41

e assim acontece casos como o de FLORIANÓPOLIS/RJ, MINISTÉRIO DO TRANSPORTE,

pois tudo tudo mesmo foi DESVIADO, EXTRAVIADO, FLEXIBILIZADO, 171,.etc.

e então tudo tudo mesmo fica no MEIO DO CAMINHO,

pois tudo tudo mesmo acaba passando pela mão dos tais e tais INTERMEDIÁRIOS, ATRAVESSADORES, REPASSA DORES.etc.,

e vai quase nada e ou nada de nada mesmo vai aos seus DESTINOS FINAIS,

isto é, então, mais de 98% do POVO EM GERAL ficam com quase nada e ou nada mesmo

como por exemplo, os PROFISSIONAIS SUS SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA PÚBLICA BRASILEIROS.etc.

e foi exatamente isto que aconteceu com o antigo SUDENE, não foi quase nada ao SERTANEJO que sofria com a SECA NORDESTINA,

e com a ANTIGA CPMF, que foi criado para ser 100% para a SAÚDE, mas não foi quase nenhum 01 UM ÚNICO CENTAVINHO á SAÚDE, tanto á favor do POVO e como aos PROFISSIONAIS SUS SAÚDE

e nos países do TERCEIRO QUARTO QUNTO MUNDO como o BRASIL alguém DESVIOU, EXTRAVIOU, FLEXIBILI ZOU, 171.etc. MILHÕES E OU BILHÕES.etc., geralmente não é PRESO, e muito menos DEVOLVE 01 UM ÚNICO CENTAVINHO.etc.ao COFRE PÚBLICO

fora que é ainda CHAMADO de DOUTOR, está sempre nas PRIMEIRAS FILAS, todas as PORTAS LHE SÃO ABER TAS, e ainda é considerado um EXEMPLO, um MODELO, HERÓI.etc.A SER SEGUIDO.etc.,

e assim prejudicado de todas as FORMAS POSSÍVEIS INTERNAMENTE todas as suas CRIANÇAS, ADOLESCENTES , PROFESSORAS em ESCOLAS NORMAIS E PROFISSIONALIZANTES EM TEMPO INTEGRAL,

e enquanto isso as nossas PROFESSORAS que depois dos nossos PAIS deveriam ser mais e mais RESPEITADAS por tudo e por todos, como são lá nos países do PRIMEIRO MUNDO

não, as PROFESSORAS BRASILEIRAS são jogadas no LIXO TOTALMENTE,

pois tudo e todos UM DIA NA VIDA passou na mão de UMA PROFESSORA para ser ALFABETIZADO.etc.etc.

toda a SAÚDE PÚBLICA destes países, toda a SEGURANÇA PÚBLICA destes países, todo o POVO INTERNAMEN TE,

todas as suas POPULAÇÕES INTERNAMENTE, todas as suas CATEGORIAS PROFISSIONAIS INTERNAMENTE.etc.

isto é, realmente PREJUDICANDO as mais muito mais de 98% de toda a população local e BENEFICIANDO MILIO NARIAMENTE, BILIONARIAMENTE.etc.os menos de 02% destes mesmos países

no BRASIL a HONESTIDADE, a TRANSPARENCIA a FICHA LIMPA.etc.é algo PROIBIDISSISIMO, é um PALAVRÃO,
é uma BLASFÊMIA, voce pode ser MORTO, PERSEGUIDO.etc.se voce OUSAR ser HONESTO, TRANSPARENTE, FI CHA LIMPA.etc., principalmente em tudo que seja SETOR PÚBLICO

Responder

heloísa silva

22/07/2011 - 19h41

- http://www.impostometro.com.br/

está em mais de 800 bilhões
=
o BRASIL é uma das maiores tibutações do MUNDO, e como também o é as TRIBUTAÇÕES lá nos PAÍSES DO PRI MEIRO como a NORUEGA, CANADÁ, EUA, JAPÃO. ISRAEL.etc.
http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/11086_NO

a diferença é que nos PAÍSES DO PRIMEIRO, tudo que é IMPOSTOS, TAXAS, MULTAS.etc.que advém dos bolsos de cada cidadão, produtos, serviços.etc.

e como também cada RIQUEZAS geradas pelos seus RECURSOS NATURAIS e como pelas RIQUEZAS NATURAIS. etc.,

como por exemplo na NORUEGA é o PETROLÉO, GÁS.etc.

e no JAPÃO, ISRAEL, praticamente não possui nenhum RECURSOS NATURAIS, RIQUEZAS NATURAIS.etc.,

só tem TERRORRISMO, DESASTRES NATURAIS.etc.,

e no BRASIL os DESASTRES NATURAIS tem lá as MÃOS DOS HOMENS, como as construções em lugares indevidos

mas a DIFERENÇA é que lá na NORUEGA, JAPÃO, ISRAEL, CANADÁ, FINLANDIA, ISLANDIA, BRUNEI.etc.

as suas ELITES, LIDERANÇAS, PARLAMENTARES, JUDICIÁRIOS, SINDICATOS, EMPRESÁRIOS, RICOS.etc.

fazem com que cada 01 UM CENTAVINHO que advém de tudo que é IMPOSTOS, TAXAS, MULTAS.etc.

e como também das suas RIQUEZAS geradas pelos seus RECURSOS NATURAIS e como também das suas RIQUE ZAS NATURAIS.etc.

realmente sai da FONTE, da ORIGEM.etc.e vai DIRETO E RETO para os seus DESTINOS FINAIS,

que na verdade é o seu POVO INTERNAMENTE, a sua POPULAÇÃO INTERNAMENTE,

as suas CATEGORIAS PROFISSIONAIS, como por exemplo,

os seus SEGURANÇAS PÚBLICAS INTERNAMENTE.etc. ,

e depois ainda seja AUDITORIALMENTE FISCALIZADO TRANSPARENCIALMENTE.etc.se realmente cada 01 UM CEN TAVINHO.etc.foi aos seus DESTINOS FINAIS e ou foi realmente á tal e tal OBRAS, SERVIÇOS.etc.

e para isto ainda contam com a própria FISCALIZAÇÃO DO POVO.etc.através de por exemplos,

DENÚNCIAS ANÔNIMAS, mas sem identificar os tais DENUNCIANTES e nem daonde está sendo feito a tal e tal LI GAÇÃO.etc.,

mas, que depois ANONIMADAMENTE o tal DENUNCIANTE pode acompanhar e saber se teve a tal e tal RESPOSTA ADEQUADA.etc.

agora nos países como o BRASIL, PAÍSES LATINO AMERICANOS, AFRICANOS.etc.,

sendo o BRASIL, a NAÇÃO mais TRILIONÁRIO do mundo, do universo.etc., e como também o são a maioria dos PAÍSES AFRICANOS, LATINO AMERICANOS.etc.,

e nestes países, nestas http://xn--naes-1oa8f.etc.do TERCEIRO QUARTO QUINTO MUNDO fazem ao contrário

fazem com que tudo se CONCENTRA NA MÃO DE 01, 02 PESSOAS, menos de 02% da POPULAÇÃO EM GERAL,

ás quais se tornam depois MILIONÁRIOS, BILIONÁRIOS.etc.,

e assim acontece casos como o de FLORIANÓPOLIS/RJ, MINISTÉRIO DO TRANSPORTE,

Responder

heloísa silva

21/07/2011 - 15h30

o que está faltando é mesmo um tipo de TRANSPARENCIA FICHA LIMPA FISCALIZAÇÃO AUDITORIALMEN TE.etc., seja o que for, principalmente do SETOR PÚBLICO,

pois em muitos lugares por aí, tem gente que só ASSINAM LIVROS DE PONTOS e não váo trabalhar como alguns médicos que até mesmo teve um SECRETÁRIO DE ESTADO/SP que era MÉDICO-FANTASMA

em tudo que VERBAS, DINHEIROS, RECURSOS.etc.do SETOR PÚBLICO falta um tipo de 0800 DISQUE DENUNCIA ANONIMA, mas aonde o tal denunciante pode acompnhar anoninamadamente a tal e tal DENÚNCIA,

pois os parlamentares locais e os seus paus mandados se souberem que fez a tal e tal DENÚNCIA pode mandar até mesmo DIRETA OU INDIRETAMENTE matar, assassinar, e ou perseguir de várias e várias formas

Responder

heloísa silva

19/07/2011 - 14h04

Herança sem dono pode ser transferida para santas casas
http://saudeweb.com.br/22653/heranca-sem-dono-pod

O Projeto de Lei 259/11, em tramitação na Câmara, determina que, na falta de herdeiros, os bens da chamada herança vacante passarão a incorporar o patrimônio das santas casas de misericórdia localizadas no estado da sucessão. Conforme a proposta, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), a mesma norma será aplicada quando os herdeiros renunciarem à herança.

Responder

deivid souza

19/07/2011 - 13h53

quer dizer quanto mais os BILIONÁRIOS lá do primeiro ficam mais e mais ainda BILIONÁRIOS ainda, na mesma proporção vivem da mesma forma o seu povo INTERNAMENTE , a sua população INTERNAMENTE, as suas CRIANÇAS, ADOLESCENTES, PROFESSORAS INTERNAMENTE . etc.lá do primeiro mundo, como por exemplo acontece na NOUEGA, PÁIS PURA NEVE, PURO GELO, AURORA BOREAL.etc.
http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/11086_NO

agora ao CONTRÁRIO acontece nos PAÍSES do TERCEIRO, QUARTO, QUINTO MUNDO, os chamados PAÍSES TUPININQUINS, PAÍSES DAS BANA NAS, REPUBLIQUETIZIZIANHAS, PAÍSES LACUCARACHAS.etc., como os são os países LATINO AMERICANOS, e inclusive o BRASIL, PAÍSES A FRICANOS e alguns países ASIÁTICOS, como a CORÉIA DO NORTE, FILIPINAS.etc.,

Pois por exemplo os maiores EXPORTADORES DE PETROLÉO, GÁS DO MUNDO, como VENEZUELA, MÉXICO.etc., o que favoreceu os seus povos INTERNAMENTE, a sua população INTERNAMENTE.etc.,

e do outro lado também os maiores EXPORTADORES DE PETROLÉO. GÁS DO MUNDO, mas, lá nos países do PRIMEIRO MUNDO, como o CANADÁ, NORUEGA, pegam a maior parte das RIQUEZAS GERADAS pelo PETROLÉO, GÁS.etc ., mas, investem á favor do seu POVO INTERNAMENTE, POPULAÇÃO INTERNAMENTE.etc.

Isto é, enquanto mais de 98% de suas populações vivem na MISÉRIA ABSOLUTA os menos de 02% vivem NABASCAMENTE, TRILIONÁRIAMEN TE.etc., como por exemplo::::
http://xatoo.blogspot.com/2005/07/angola-no-pntan
http://angolalibre.e-monsite.com/rubrique,angola-
http://www.angola24horas.com/index.php?option=com
http://kinzinzi.blogspot.com/2010/11/angola-uma-p
http://www.radioculturaangolana.com/noticias/poli
http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=
=www.google.com.br” target=”_blank”>http://webcache.googleusercontent.com/search?q=ca…” target=”_blank”>=www.google.com.br

Responder

deivid souza

19/07/2011 - 13h52

quer dizer na verdade ERA PARA TODOS OS BRASILEIROS SE ORGULHAR dos tais e tais BILIONÁRIOS BRASILEIROS, mas, se caso também APARECESSE cada vez mais e mais ainda mas também na mesma PROPORÇÃO TODA A SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA e como também todo o POVO, POPULAÇÃO, todas as CATEGORIAS PROFISSIONAIS INTERNAMENTE BRASILEIRAS.etc.fosse também na mesma PROPORÇÃO cada vez mais e mais melhor ainda e não como hoje que quanto mais e mais BILIONÁRIOS aparece, mais o povo, a população, a saúde pública.etc.vai indo pro fundo do poço, como acontece nos países africanos, latino americanos.etc.

e como também cada vez mais e mais ainda todo o povo brasileiro internamente, toda a população brasileira internamente estivessem cada vez mais e mais ainda melhor, principalmente os mais e mais ainda MISERÁVEIS.etc. como os lá do PRIMEIRO MUNDO, como os dos JAPÃO, JAPÃO, um país, uma nação que quase não tem NENHUM RECURSOS ou RIQUEZAS NATURAIS e só tem quase só DESASTRES NATURAIS, e ou países PAÍSES GÉLIDOS, como os CANADÁ, PAÍSES NÓRDICOS, NORUEGA, DINAMARCA, FINLANDIA, ISLANDIA.etc., e ou como PAÍSES SE COS, DESÉRTICOS como os de ISRAEL, SULTANATO DE BRUNEI, por exemplo, o SULTÃO DE BRUNEI pega a maior parte das riquezas que advém do seu PETROLÉO e investe MACIÇAMENTE á favor do seu povo BRUNEI, população BRUNEI, crianças, adolescentes BRUNEI, e como também na PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE do país, BRUNEI.etc, como mostrou a reportagem do GLOBO REPÓRTER/ABRIL/2010.etc.,

e como também nos PAÍSES DO PRIMEIRO MUNDO as suas CRIANÇAS, ADOLESCENTES, PROFESSORAS vivem FELIZES E CONTENTES em ES COLAS NORMAIS E PROFISSIONALIZANTES EM TEMPO INTEGRAL

quer dizer quanto mais os BILIONÁRIOS lá do primeiro ficam mais e mais ainda BILIONÁRIOS ainda, na mesma proporção vivem da mesma forma o seu povo INTERNAMENTE , a sua população INTERNAMENTE, as suas CRIANÇAS, ADOLESCENTES, PROFESSORAS INTERNAMENTE . etc.lá do primeiro mundo, como por exemplo acontece na NOUEGA, PÁIS PURA NEVE, PURO GELO, AURORA BOREAL.etc.

Responder

deivid souza

19/07/2011 - 13h51

SÃO INIMIGAS DECLARADAS E OU OCULTAS DO—SUS—da—-EC–29—do CSS—-

POIS QUANTO MENOS RECURSOS, VERBAS, DINHEIROS, e ou então ÓTIMAS ADMINISTRAÇÕES.ETC.TIVER O——SUS——

MAIS E MAIS ainda—TODAS ELAS FICARÃO—FICARÃO MAIS E MAIS—TRILIONÁRIAS—

quer dizer que quanto mais o—-SUS—e tudo que for SAÚDE PÚBLICA ir pro fundo do poço

mais e mais ainda TRILIONÁRIAMENTE elas todas ficarão e também ajudarão de uma forma e ou de outra á que os DONOS PARTICULARES DE HOSPITAIS PARTICULARES, PLANOS DE SAÚDE, CONVERNIoS, CLÍNI CAS.etc.

se tornem mais e mais MILIONÁRIOS, BILIONÁRIOS ainda como os DONOS DA AMIL, SR E SRA EDSON E DULCE GODOY, como mostra a repor tagem abaixo::::
http://economia.ig.com.br/forbes+acrescenta+12+no

AQUI SE SALIENTA que quanto mais a SAÚDE PÚBLICA em todos os SENTIDOS está indo pro fundo do poço mais e mais ainda TODOS ELES FI CARAM E OU FICARÃO MAIS AINDA MILIONÁRIOS, BILIONÁRIOS

quer dizer na verdade ERA PARA TODOS OS BRASILEIROS SE ORGULHAR dos tais e tais BILIONÁRIOS BRASILEIROS, mas, se caso também APARECESSE cada vez mais e mais ainda mas também na mesma PROPORÇÃO TODA A SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA e como também todo o POVO, POPULAÇÃO, todas as CATEGORIAS PROFISSIONAIS INTERNAMENTE BRASILEIRAS.etc.fosse também na mesma PROPORÇÃO cada vez mais e mais melhor ainda e não como hoje que quanto mais e mais BILIONÁRIOS aparece, mais o povo, a população, a saúde pública.etc.vai indo pro fundo do poço, como acontece nos países africanos, latino americanos.etc.

Responder

deivid souza

19/07/2011 - 13h50

e estas tais e tais ONGS????CARIDADES????BONDADES????TUDO DE GRAÇA????FILANTROPIAS?????AUTARQUIAS????FUNDAÇÕES????as que dizem """"SEREM SEM FINS LUCRATIVOS"""?????—

Pois TODAS ELAS vivem dizendo que são CRISTÃS, são de DEUS, mas, do outro lado, tratam os HOMENS MÉDICOS COMO SEMIDEUSES e as MULHERES MÃES ENFERMAGENS que trabalham para as mesmas como ESCRAVAS COM JORNADAS DE TRABALHO TORTURANTES ESTRESSAN TES.etc.,

pagando os mais baixos e os piores salários ás enfermagens locais, e ainda obrigam ás enfermagens locais á ficarem a MADRUGADA TODA co mo se fossem URSOS PANDAS, com OLHEIRAS PROFUNDAS,

pois as mesmas enfermagens que trabalham para TODOS ELAS não podem piscar os olhos por um segundo sequer que lá já vem CHICOTADAS NAS COSTAS, e ou vão para o PELOURINHO.etc.,

enquanto os MEDICOS LOCAIS VIVEM UMA BOA PARTE DO TEMPO DORMINDO LÁ NOS SEUS DELICIOSOS CONFORTO MÉDICOS, COM CAMAS CONFORTÁVEIS, FREE BAR.etc.etc.

e ainda aonde é 30 horas semanais, TODAS ELAS obrigam as enfermagens locais á trabalharem mais muito mais de—-44—-horas semanais

como por exemplo acontece na tal e tal FUNDAÇÃO CASA e aonde é PÚBLICO e elas ADMINISTRAM, fora que ainda elas todas admitem para lá trabalhar tudo conforme a vontade de PARLAMENTARES LOCAIS E OU DOS SEUS PAUS MANDADOS, tudo com QI, e ou provinhas já pré arru madas.etc.

Quer dizer TODAS ELAS JUNTAS de um jeito e ou de outro também AJUDARAM DE UMA FORMA E OU DE OUTRA A mandar PRO FUNDO DO POÇO A SAÚDE FINANCEIRA LÁ DOS EUA

E QUEREM FAZER A MESMA COISA AQUI NO BRASIL, E ASSIM DEIXANDO OS SEUS VERDADEIROS E OCULTOS DONOS SEREM MAIS E MAIS TRILIONÁRIOS,

UM DOS SEUS DONOS É O————–VATICANO————-A TODA PODEROSA IGREJA CATÓLICA——–

SÃO INIMIGAS DECLARADAS E OU OCULTAS DO—SUS—da—-EC–29—do CSS—-

Responder

Alckmin “vende” até 25% dos leitos hospitalares do SUS para reduzir rombo de R$ 147 milhões nas OSS | Viomundo - O que você não vê na mídia

12/07/2011 - 11h08

[…] o rombo de R$ 147 milhões em 18 hospitais públicos paulistas, tal como foi denunciado pelo site Viomundo. Ou seja, para reduzir rombo nas Organizações Sociais de Saúde se ampliará à exclusão dos […]

Responder

Domingueira – Atenção Básica & Vigilância

11/07/2011 - 18h43

[…] de 18 hospitais públicos paulistas gerenciados por Organizações Sociais de Saúde (OSS). A denúncia foi feita aqui pelo Viomundo. Pedem também que, paralelamente, às investigações criminais feitas pelo Grupo de Atuação […]

Responder

luciano

07/07/2011 - 11h55

as denuncias sobre a operaçao hipocrates é só um começo da sujeira, ainda há muita corrupção no governo tucano desçam a serra para o hospital estadual guilherme alvaro aqui em santos pois haverá muito mais.

Responder

Os motivos de Amanda Gurgel para recusar prêmio | Viomundo - O que você não vê na mídia

06/07/2011 - 12h31

[…] Leia aqui sobre a privatização da saúde no Estado de São Paulo   […]

Responder

fátima mattos

01/07/2011 - 11h48

Onde tem tucano é isso aí.

Responder

Alex

28/06/2011 - 12h14

Prezados,

Se prestarem atenção as OSSs cobrem o que o governo não consegue fazer e estão tendo prejuízo e mesmo assim continuam atendendo!
O Hospital administrado por OSS possui o atendimento muito melhor que os "públicos", não faltam médicos, existe tecnologia, funcionários CLT que devem dar resultados.
Filas existem em todos, inclusive nos particulares, fiquei uma hora no PS em um grande hospital em SP, mas não queiram comparar com a administração pública, onde o médico vai qdo quer, o administrador é indicado e não competente!
O que não percebem é que a ideia de voltar esses hospitais para administração pública é liberar o cabide de empregos. Se quiserem conhecer para realmente conseguir argumentos para criticar, visitem um Hospital Público como Pedreira ou Itapevi em SP ou HTO no RJ, administrados por OSS e depois visitem um Hospital a sua escolha administrado pelo poder público e sinta a diferença.
Essa matéria é muito importante, pois mostra o qto deveria ser gasto com a saúde e o que essas OSSs estão fazendo para funcionar… ! Mas mostrou claramente que a qualidade de atendimento é muito melhor pelas pesquisas e não "achismos"!!

Agora pensem o que é melhor:

1) Atendimento público sem qualidade, cabide de empregos, diretores que não sabem o que fazem além de recolher dinheiro;
ou
2) Atendimento de OSS, com melhor qualidade, prestação de contas claras e obrigatoriedade de resultados.

Vamos analisar tudo antes de falar de PSDB ou PT, a questão não é política, mas sim de qualidade de atendimento à população. Só para cutucar… PT quer é cargo público para os amigos, não acham!?!?? Qtos diretores podemos encaixar em hospitais como esses hein!!?? Nem precisa conhecer nada, basta ser companheiro, certo Lula??? (Não voto em PT e nem em PSDB, para ficar bem claro)

Responder

    renato souza

    28/06/2011 - 13h56

    mas aonde está a tal TRANSPARENCIA DEMOCRÁTICA IMPARCIAL E TUDO ÁS CLARAS?????AONDE????

    AONDE???principalmente de um GOVERNO, PARTIDO.etc.que diz ser TRANSPARENTE, DEMOCRÁTICO???

    DIZ SER DIFERENTE DO PT????Á NÍVEL FEDERAL???MAS Á NÍVEL DE ESTADO??/FAZ IGUAL OU PIOR???

    e tem mais, pois, o GOVERNO ESTADO SÃO PAULO mandou cada 01 centavinho para tudo e para todos mas para aonde foi???ao invés de ter ido ao seu—DESTINO—FINAL????AONDE FOI?????

    Alex

    28/06/2011 - 15h00

    Renato,
    Novamente, não estou discutindo partido.Não voto no PSDB e não voto no PT.
    A transparência tem que vir em todos os níveis e é fato, apenas aponto que o que deve ser considerado aqui não é opção partidária e sim a qualidade de atendimento à população!! Me diga qual Hospital Público é bom aqui em SP?????????
    Em minha modesta opinião, tudo deveria estar nas mãos de pessoa que conhecem o negócio e termos órgãos fiscalizadores competentes, não uma ANATEL da vida… Isso é que deve ser debatido!!
    Me desculpe mas conheça Hospitais e AMAS e veja a diferença… Ai sim podemos discutir, como melhorar o controle, isso sim! Mas pelo amor de Deus, não podemos voltar à mãos de "administradores" apadrinhados, troca de gentilezas, cargos para companheiros, etc…

Deputados pedem ao MP-SP para apurar rombo de R$ 147,18 milhões nos hospitais gerenciados por OSS « A SAÚDE que temos, o SUS que queremos.

27/06/2011 - 20h14

[…] Os deputados estaduais João Paulo Rillo, Adriano Diogo e Hamilton Pereira (PT) entraram com representação no Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP), solicitando à Promotoria do Patrimônio Público e Social que apure as razões do rombo acumulado de R$ 147,18 milhões de 18 hospitais públicos paulistas gerenciados por Organizações Sociais de Saúde (OSS). A denúncia foi feita aqui pelo Viomundo. […]

Responder

renato souza

27/06/2011 - 17h42

Mesmo assim 98% de toda a POPULAÇÃO AFRICANA vivem tudo e todos numa MISÉRI A ABSOLUTA, e assim é nos países LATI NO AMERICANOS, e em alguns PAÍSES ASIÁTICOS,

ANGOLA: A MISÉRIA E A MILIONÁRIA
http://kamussel.forums-free.com/angola-a-miseria-
– <a href="http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:q63LFzq_qQAJ:pt.mondediplo.com/spip.php%3Farticle348+ANGOLA+popula%C3%A7%C3%A3o+continua+a+viver+com+menos+de+dois+d%C3%B3lares+por+dia&cd=9&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&source =www.google.com.br” target=”_blank”>http://webcache.googleusercontent.com/search?q=ca…” target=”_blank”>=www.google.com.br
http://xatoo.blogspot.com/2005/07/angola-no-pntan
http://lusotopia.no.sapo.pt/indexAngDiamantes.htm

Da mesma forma que nos PAÍSES AFRICANOS, TUDO É MONTADO para sempre ter TRABALHO ESCRAVO COM JORNADAS DE TRABALHO ESCRAVOS TORTURANTES MASSACRANTES.etc.,

e, pior ainda para sempre ter TRABALHO ESCRAVOS COM CRIANÇAS, ADOLESCENTES.etc.,

ao invés de todas as CRIANÇAS, ADOLESCENTES.etc., estarem o dia todo numa ESCOLA NORMAL E PROFISSIONALIZANTES EM TEMPO INTEGRAL.etc., e assim ficarem longe de tudo que é bandidagens, drogas, prostituições,.etc.etc.etc.etc.

Responder

renato souza

27/06/2011 - 16h53

Mesmo assim 98% de toda a POPULAÇÃO AFRICANA vivem tudo e todos numa MISÉRI A ABSOLUTA, e assim é nos países LATI NO AMERICANOS, e em alguns PAÍSES ASIÁTICOS,

ANGOLA: A MISÉRIA E A MILIONÁRIA
http://kamussel.forums-free.com/angola-a-miseria-
=www.google.com.br” target=”_blank”>http://webcache.googleusercontent.com/search?q=ca…” target=”_blank”>=www.google.com.br
http://xatoo.blogspot.com/2005/07/angola-no-pntan
http://lusotopia.no.sapo.pt/indexAngDiamantes.htm
http://www.angola24horas.com/index.php?option=com
http://kinzinzi.blogspot.com/2010/11/angola-uma-p
http://www.radioculturaangolana.com/noticias/poli
http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=
http://www.consuladosocial.com.br/?p=73180

Da mesma forma que nos PAÍSES AFRICANOS, TUDO É MONTADO para sempre ter TRABALHO ESCRAVO COM JORNADAS DE TRABALHO ESCRAVOS TORTURANTES MASSACRANTES.etc.,

e, pior ainda para sempre ter TRABALHO ESCRAVOS COM CRIANÇAS, ADOLESCENTES.etc.,

ao invés de todas as CRIANÇAS, ADOLESCENTES.etc., estarem o dia todo numa ESCOLA NORMAL E PROFISSIONALIZANTES EM TEMPO INTEGRAL.etc., e assim ficarem longe de tudo que é bandidagens, drogas, prostituições,.etc.etc.etc.etc.

Responder

renato souza

27/06/2011 - 16h51

Mas aonde tudo tudo tudo mesmo continuaria sempre na mão de 01, 02 pessoas numa ULTRA CONCENTRAÇÃO DE RENDAS, mêsmo, o BRASIL sendo o PAÍS mais TRILIONÁRIO DE TODAS AS GALÁXIAS, de todos os UNIVERSOS.etc.,

Isto é, quase o mesmo tipo de SISTEMA, ESTRUTURA, ESQUEMA, ESQUEMÃO, MÁFIA, 171,.etc., que foi foi pré implantado pré montado, pré estruturado pré estabelecido lá em toda a ÁFRICA TAMBÉM TRILIONÁRIA, e como em todos os países LATINO AMERICANOS,

Tudo tudo tudo mesmo ao contrário do que foi ANTIGAMENTE E ATÉ HOJE EM DIA, pré implantado pré montado, pré estrutura do pré estabelecido.etc.nos PAÍSES DO PRIMEIRO E DO SEGUNDO MUNDO, como no CANADÁ, NORUEGA, SUÍÇA, SUÉCIA, JÁ PÃO.etc.etc.etc.

mesmo sendo os PAÍSES AFRICANOS e como também o BRASIL sendo os maiores exportadores do mundo em PETRÓLEO, GÁS , OUROS, DIAMANTES, FLORESTAS, MATAS, ÁGUAS,.ETC.,

Mesmo assim 98% de toda a POPULAÇÃO AFRICANA vivem tudo e todos numa MISÉRIA ABSOLUTA, e assim é nos países LATI NO AMERICANOS, e em alguns PAÍSES ASIÁTICOS,

ANGOLA: A MISÉRIA E A MILIONÁRIA
http://kamussel.forums-free.com/angola-a-miseria-

Responder

renato souza

27/06/2011 - 16h44

os quais vivem dizendo aos QUATRO VENDO dizem serem TRANSPARENTES DEMOCRÁTICOS IMPARCIAIS.etc.em referencia á tudo que seja CONTAS PÚBLICAS, DINHEIROS PÚBLICOS.etc.

aonde tudo HOJE EM DIA está tudo mesmo está ON LINE, tudo INTERNET, CELULAR, TV 3D INTERNET, era das CÉLULAS TRON CO.etc.,

mas, em termos de tudo que seja GASTOS, CUSTOS.etc.do SETOR PÚBLICO,

tudo continua como no SÉCULO—XIX—tudo na base do LÁPIS, CANETA.etc.aonde podem apagar tudo depois,.ETC.,

aonde tudo e todos sabem daonde sai, mas ninguém sabe como está sendo usado no MEIO DO CAMI NHO,

pois está sendo tudo tudo mesmo DESVIADOS, EXTRAVIADOS, FLEXIBILIZADOS.etc.no MEIO DO CAMI NHO,

e quando chega no SEU DESTINO FINAL, chega tudo tudo mesmo FRAGMENTADO

e ás vezes não chega nada de nada mesmo, e ou aonde não fazem o tal e tal SERVIÇO á que foi DESTI NADO,

pois, lá no MEIO DO CAMINHO ele foi DESVIADO, EXTRAVIADO, FLEXIBILIZADO.etc.,

Mas desde o tempo do DESCOBRIMENTO DO BRASIL E É AINDA ATÉ HOJE EM DIA NO BRASIL que foi pré implantado pré montado, pré estruturado pré estabelecido um SISTEMA, uma ESTRUTURA, um ESQUEMA, um ESQUEMÃO, uma MÁFIA, 171,. etc.,

E fazem o que bem ENTENDEREM com tudo que é VERBAS, RECURSOS, DINHEIROS.etc.PÚBLICOS, usam á seu bel prazer sem nenhum tipo de TRANSPARENCIA DEMOCRÁTICA IMPARCIAL.etc.

e nada é FISCALIZADO AUDITORIALMENTE.etc.se realmente chegou ao seu DESTINO FINAL, e se realmente foi á tal e tal O BRA, SERVIÇOS.etc.etc.,

Como por exemplo, o GOVERNO FEDERAL manda DIRETO E RETO ao bolso, holleriths, extratos bancários.etc.dos APOSENTA DOS, PENSIONISTAS.etc.,

faz tudo isto sem PASSAR POR nenhum tipo de ATRAVESSADOR, REPASSADOR, INTERMEDIÁRIOS .etc.SAI DO GOVERNO FEDE RAL e vai pro bolso direto e reto dos APOSENTADOS, PENSIONISTAS.etc.

Mas aonde tudo tudo tudo mesmo continuaria sempre na mão de 01, 02 pessoas numa ULTRA CONCENTRAÇÃO DE RENDAS, mêsmo, o BRASIL sendo o PAÍS mais TRILIONÁRIO DE TODAS AS GALÁXIAS, de todos os UNIVERSOS.etc.,

Responder

renato souza

27/06/2011 - 16h42

para começo de conversa tudo tudo mêsmo que é do SETOR PÚBLICO, COFRE PÚBLICO, TESOURO NACIO NAL.etc .etc.tudo tudo mesmo tudo tudo mesmo sem nenhuma exceção vem dos nossos

IMPOSTOS, MULTAS, TAXAS.etc.que sai dos nossos BOLSOS, de nossos HOLLERITHS, e das nossas COMPRAS, nos sas VENDAS.etc.etc.e de todas as nossas MOVIMEN TAÇÕES FINANCEIRAS.etc.que cada brasileirinho(a) faz den tro ou fora do BRASIL.etc.,

e como também dos IMPOSTOS, MULTAS, TAXAS.etc.de tudo que advém das nossas EXPORTAÇÕES, IMPORTAÇÕ ES.etc.e como tudo tudo mesmo que advém de nossas RIQUEZAS BRASILEIRAS geradas pelas nossas RIQUEZAS NATURAIS BRASILEIRAS, RECURSOS NATURAIS BRASILEIRAS.etc.,

como por exemplo do nosso PETRÓLEO-PRÉ-SAL, AMAZÔNICO, OUROS, DIAMANTES, FERRO, ALUMINIO, URÂNIO, REMÉDIOS DAS NOSSAS MATAS sendo patenteados por estrangeiros até hoje em dia, das nossas ÁGUAS BRASILEI RAS, das nossas AGRICULTURAS, nossos GADOS..etc.etc.

e de MINÉRIOS AINDA TOTALMENTE DESCONHECIDOS como por exemplo a tal PEDRA AZUL.etc.,

Mas tudo tudo mesmo que advém de nossos IMPOSTOS, TAXAS, MULTAS.etc.que sai dos nossos bolsos, holleriths.etc.e é usa do no SETOR PÚBLICO ADMINISTRADO POR GESTOR PÚBLICO OU GESTOR PARTICULAR.etc.

mas, absurdamente em PLENO SÉCULO—XXI—tudo tudo continua tudo tudo mesmo sem nenhum tipo de TRANSPARENCIA DE MOCRÁTICA IMPARCIAL FISCALIZATÓRIO AUDITORIALMENTE ON LINE INTERNET ATUALIZANDO-SE instantâneamente.etc.

tudo em pleno SÉCULO XXI, mas tudo continua como no SÉCULO—XIX—mesmo e principalmente os tais e tais ADMINISTRA DORES DE TUDO QUE SEJA PÚBLICO.etc.,

os quais vivem dizendo aos QUATRO VENDO dizem serem TRANSPARENTES DEMOCRÁTICOS IMPARCIAIS.etc.em referencia á tudo que seja CONTAS PÚBLICAS, DINHEIROS PÚBLICOS.etc.

aonde tudo HOJE EM DIA está tudo mesmo está ON LINE, tudo INTERNET, CELULAR, TV 3D INTERNET, era das CÉLULAS TRON CO.etc.,

mas, em termos de tudo que seja GASTOS, CUSTOS.etc.do SETOR PÚBLICO,

tudo continua como no SÉCULO—XIX—tudo na base do LÁPIS, CANETA.etc.aonde podem apagar

Responder

Deputados pedem ao MP-SP para apurar rombo de R$ 147,18 milhões nos hospitais gerenciados por OSS | Viomundo - O que você não vê na mídia

27/06/2011 - 14h03

[…] Os deputados estaduais João Paulo Rillo, Adriano Diogo e Hamilton Pereira (PT) entraram com representação no Ministério Público do Estado de São Paulo (MPE-SP), solicitando à Promotoria do Patrimônio Público e Social que apure as razões do rombo acumulado de R$ 147,18 milhões de 18 hospitais públicos paulistas gerenciados por Organizações Sociais de Saúde (OSS). A denúncia foi feita aqui pelo Viomundo. […]

Responder

beattrice

27/06/2011 - 13h44

Conceição
excelente reportagem, excelente.
Em tempo,
"cerca de 40 hospitais" significa exatamente o quê?
40 hospitais e meio?
Nesse caso, a OSS administra… o estacionamento ou a lanchonete?

Responder

renato souza

27/06/2011 - 01h26

Mesmo que tudo tudo mesmo que é dinheiros, verbas, recursos.etc.tudo tudo mesmo ali vem de ALGUM COFRE PÚBLICO, o qual é tirado dos IMPOSTOS, MULTAS, TAXAS.etc.de todos os quase 200 milhões de brasileiros,

e como também tudo que advém das RIQUEZAS geradas por todas as RIQUEZAS NATURAIS E RECURSOS NATURAIS BRASILEI ROS.etc., mas que tudo tudo mesmo acaba só beneficiando 01, 02 PESSOAS.etc.–os verdadeiros reais e ocultos donos das tais e tais que dizem–”””SE REM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES???AUTARQUIAS??? CARIDADES???, ETC, ”””

Mas do outro lado, PREJUDICANDO de todas as formas possíveis as ENFERMAGENS que ali trabalham em termos de SALÁRIOS, BENEFÍCIOS,.etc.,

e localmente obrigam tudo que é ENFERMAGENS que ali trabalham á trabalharem com um tipo de TRABALHO ESCRAVO COM JORNADAS DE TRABALHO ESCRAVAS TORTURANTES.etc.

e LOCALMENTE só BENEFICIAM só somente só os MÉDICOS que trabalham para as tais e tais—que dizem–”””SEREM-SEM-FINS -LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES???AUTARQUIAS??? CARIDADES? ??,ETC, ”””

Mas por incrível que parece elas só dão cada vez mais e mais PREJUÍZOS aos COFRES PÚBLICOS, mesmos que ELAS LOCAL MENTE elas mesmas não PÕE um 01 CENTAVINHO SEQUER DO BOLSO destas

tais e tais que dizem–”””SEREM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES???AUTARQUIAS??? CARIDADES?? ? ,ETC, ”””

TUDO TUDO TUDO MESMO É PAGO COM DINHEIRO PÚBLICO, NADA DE NADA MESMO EM TERMOS DE DINHEIROS VERBAS RE CURSOS.etc.POR PARTE DESTAS tais e tais que dizem–”””SEREM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES ??? AUTARQUIAS??? CARIDADES??? ,ETC, ”””

Mas mesmo assim elas só dão PREJUÍZOS cada vez mais e mais ainda ano após ano, e quanto mais o COFRE PÚBLICO injeta DINHEIRO PÚBLICO nelas, mas e mais elas dão mais e mais PREJUÍZOS,

Como elas fizeram antigamente e fazem ainda com tudo que é SAÚDE lá nos EUA, lá tudo que é SAÚDE PÚBLICA E OU NÃO PÚ BLICA.etc.está nas mãos das tais e tais que dizem–”””SEREM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES???AU TARQUIAS??? CARIDADES??? ,ETC, ”””

E lá nos EUA, principalmente a SAÚDE PÚBLICA dos EUA, está indo cada vez mais e mais ainda PRO FUNDO DO POÇO, graças ás ADMINISTRAÇÕES das

tais e tais—que dizem–”””SEREM-SEM-FINS -LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES???AU TARQUIAS??? CARIDA DES ? ??,ETC, ”””

Se fizeram isto lá no PÁIS MAIS RICO E PODEROSO DO MUNDO, imagine só o que ELAS SÃO CAPAZ DE FAZER COM A SAÚDE aqui no BRASIL, sendo SAÚDE PÚBLICA OU NÃO PÚBLICA.etc.mas nas mãos das tais e tais, como mostra a REPORTAGEM ABAI XO::::

21 de junho de 2011 às 12:16

Hospitais públicos de SP gerenciados por OSS: Rombo acumulado é de R$147,18 milhões

por Conceição Lemes

A saúde pública no Estado de São Paulo está sendo privatizada rapidamente, a passos largos.

O símbolo desse processo são as OSS: Organizações Sociais de Saúde. Significa que o serviço de saúde é administrado por uma dessas instituições e não diretamente pelo Estado.
http://www.viomundo.com.br/denuncias/hospitais-pu

Responder

deivid souza

27/06/2011 - 01h26

Essas mesmas EMPRESAS LUCRATIVAS SAÚDE PÚBLICA MEIO A MEIO, sendo que o PARTICULAR SÓ entra só com a tal e tal A DMINISTRAÇÃO, mas muito bem paga por fora, mas agora do outro lado o SETOR PÚBLICO entra com tudo, com tudo local mente, entra com o local construído com dinheiro público, materias, equipamentos.etc.tudo comprado com dinheiro público. ETC,-
inclusive, o SETOR PÚBLICO paga todos os SALÁRIOS, BENEFÍCIOS.etc.de todos que ali trabalham, inclusive quem ADMINIS TRA ALGO DO SETOR PÚBLICO–ganha uma porcentagem por fora para ADMINISTRAR tudo com um pé nas costas, facilmente, tranquilamente, numa boa, numa naise.etc.etc.—assim é fácil se tornar bilionários neste país…asim é fácil…—-

Pois é só somente só IR LÁ E ADMINISTRA TUDO QUE É PÚBLICO, INCLUSIVE AS CONTRATAÇÕES DE FUNCIONÁRIOS, as qua is contratações são feitas ALEATÓRIAMENTE SÓ COM CURRÍCULOS E OU UMA PROVINHA JÁ PRÉ-MARCADA PARA QUEM OS PARLAMENTARES E OS SEUS PAUS MANDADOS—INDICAR—PARA—ENTRAR—NAS—TAIS—E—TAIS—,

CONTRATA TUDO TUDO TUDO MESMO PARA TRABALHAR NO SETOR PÚBLICO TUDO SEM NENHUM TIPO DE CONCURSO PÚBLI CO TOTALMENTE DEMOCRÁTICO IMPARCIAL TUDO ÁS CLARAS TUDO ANUNCIADOS POR UM PRAZO ABERTO Á TUDO E Á TO DOS.etc.,

E os desmandos é tão feito que cada centavinho que vai ás tais e tais ADMINISTAR TUDO QUE É PÚBLICO—ás quais dizem ””” SEREM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPICOS??? FUNDAÇÕES? ??AUTARQUIAS??? CARIDADES???,ETC, ”””

Que ninguém sabe daonde saiu e para aonde está indo e como está sendo usado, utilizado.etc.cada centavinho que foi para as tais e tais

E inclusive no SITE DO GOVERNO ESTADUAL LOCAL, O QUAL VIVE DIZENDO PARA TUDO E PARA TODOS QUE TUDO NO SEU GOVERNO, NO SEU PARTIDO.ETC.ETC.TUDO TUDO MESMO É—-TRANSPARENTE—ÁS—CLARAS—SERÁ????

Este mesmo Governo estadual local que manda tudo que é VERBAS, RECURSOS, DINHEIROS.etc.para as tais e tais.etc.—AD MINISTRAR—TUDO—QUE—É—PÚBLICO—NUMA—BOA—SEM—DAR—NENHUM—TIPO—DE—SATISFAÇÃO—, não aparece-””” QUAIS-DELAS-ESTÁ-ADMINISTRANDO-O-QUÊ-???como???.etc.”””-

E inclusive as ENFERMAGENS ou qualquer outro FUNCIONÁRIO que trabalha para as tais e tais—que dizem ”””SEREM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPI COS???FUNDAÇÕES? ??AUTARQUIAS??? CARIDADES???,ETC, ”””—maltratam, menosprezam , e ou olham com um AR DE SUPERIOR, olhar DE MELHOR.etc.para as outras ENFERMAGENS que vai lá as vezes levando um CLIENTE de algum UBS, HOSPITAL MUNICIPAL.etc.LOCAL.etc.

mas na verdade tudo e todos ali inclusive tudo e todos que trabalham nas tais e tais que dizem”””SEREM-SEM-FINS-LUCRATI VOS???FILANTRÓPI COS???FUNDAÇÕES? ??AUTARQUIAS??? CARIDADES???,ETC, ””” tudo e todos ali—RECEBEM VERBAS, RE CURSOS, DINHEI ROS.etc.TUDO TUDO MESMO DO SETOR PÚBLICO.etc.,

,
mas os verdadeiros reais e ocultos donos das tais e tais que dizem–”””SEREM-SEM-FINS-LUCRATIVOS???FILANTRÓPI COS??? FUN DAÇÕES???AUTARQUIAS??? CARIDADES???,ETC, ””” são TRILIONÁRIOS mas em cima da total MISERABILIDADE e da EX CESSIVA, ES CRAVAS, VIOLENTAS, TORTURANTES..ETC..JORNADAS DE TRABALHO .ETC.DA ENFERMAGEM–feminina-mulher-mãe-BRASILEIRA que trabalha atua para ELES,

Responder

Pedro1

26/06/2011 - 17h42

E isto vai sair em algum jornal? Necas. O que os tucanos fazem no estado mais rico do país é para o PIG assunto sem importância.

Responder

    beattrice

    27/06/2011 - 22h11

    E se alguém estiver esperando uma ação do MPE espere sentado porque de pé cansa.

LuisCPPrudente

25/06/2011 - 21h50

Essas OSS são excelentes negócios das "ações entre amigos" do PSDB.

E onde está o ministério público de São Paulo? Com certeza também usuflui dessas "ações entre amigos" do PSDB.

É necessário uma limpeza geral no ministério público de São Paulo, só assim este órgão vai passar a cumprir a sua função.

Responder

Adroaldo Bauer

25/06/2011 - 11h29

Eita gentinha diferenciada, essa!

Responder

renato souza

25/06/2011 - 11h07

são vários tipos de grupos empresariais saúde, ficaram ou ficam BILIONÁRIOS com a SAÚDE em geral, enquanto a SAÚDE do povo em geral vai pro fundo do poço,

e como também a SAÚDE FINANCEIRA FÍSICA ESPIRITUAL NÊURICA COLUNA.etc.de quem TRABALHA NA SAÚDE vai também pro fundo do poço em todos os sentidos,

do outro lado, eles todos vão ficando mais e mais BILIONÁRIOS.etc., atuando de todas as formas possíveis para que PROJETOS Á FAVOR dos TRABALHADORES-SAÚDE-

não vai prá frente de jeito nenhum lá no CONGRESSO NACIONAL, pois, a maioria dos PARLAMENTARES estão nas MÃOS destes tais e tais GRUPOS EMPRESARIAS.etc.mentira????pesquisem????

pois o que acontece é que tudo tudo tudo mesmo que é PÚBLICO, e ou

Então tudo tudo mesmo que seja—PÚBLICO—e—ou-mesclado—com–PARTICULAR—,

E é AONDE que fazem com que TUDO QUE SEJA LUCRO LIQUIDO caia na conta de 01, 02 pessoas o tal e tal–PARTICULAR—PRIVADO–.etc.

E fazem com que AONDE TUDO TUDO MESMO QUE É PREJUÍZO caia na conta do—setor–PÚBLICO—SOCIAL—de todos os COM TRIBUINTES BRASILEIROS, isto é de todo o POVO BRASILEIRO SEM EXCEÇÃO, caia na conta dos quase 200 milhões de brasi leiros.ETC.,

agora os LUCROS LIQUIDOS só vai para a conta de 01, 02 pessoas..ASSIM É FÁCIL SE TORNAR BILIONÁRIO nos países das ba nanas, países lacucaracha, países tupininquins.etc., como o são os países africanos, países latino americanos.ETC.,

mas em qual CONTEXTO se encontra o BRASIL????PRIMEIRO MUNDO OU PÁISES DO TERCEIRO QUARTO QUINTO MUN DO???mas em referencia ao seu povo brasileiro internamente, população brasileira internamente, e como também em termos de CRIANÇAS, ADOLESCENTES, PROFESSORAS tudo e todos felizes e contentes em ESCOLAS NORMAIS E PROFISSIONALIZANTES EM TEMPO INTEGRAL.etc.

mas, principalmente as tais e tais VERBAS, RECURSOS, DINHEIROS.etc.do SETOR PÚBLICO.etc., cada 01 centavinho

Que advém de tudo tudo mesmo que pagamos que advém de nossos bolsos, que são os nossos IMPOSTOS, TAXAS, MULTAS. etc.

Tanto de todo o POVO BRASILEIRO e como de todas nossas-EXPORTAÇÕES, IMPORTAÇÕES, MOVIMENTAÇÕES FINANCEIRAS. ETC.internamente e externamente.etc.,

e como também tudo tudo mesmo que advém das RIQUEZAS GERADAS pelas nossas RIQUEZAS NATURAIS, RECURSOS NATU RAIS BRASILEIROS.etc.,

os quais pertencem á cada um(a) do(a)s milhões e milhões de brasileirinho (a)s.etc.,

mas, aonde os—-LUCROS—-LIQUIDOS—TOTAIS—-acaba só favorecendo só sómente só 01, 02 pessoas.etc.

Responder

renato souza

25/06/2011 - 00h51

pois ELES administram o que for PÚBLICO mas que ENCHEM os BOLSOS deles, LUCROS para ELES,

Responder

renato souza

24/06/2011 - 22h59

pois ELES administram o que for PÚBLICO mas que ENCHEM os BOLSOS deles, LUCROS para ELES,

fazem com que os LUCROS sejam PARTICULAR, PRIVADO.etc., mas, agora, os PREJUÍZOS, CUSTOS,.
etc.sejam tudo do POVO EM GERAL, seja SOCIAL, seja PÚBLICO.etc.

É FÁCIL ADMINISTRAR AONDE TEM DINHEIRO FÁCIL E SOBRANDO

MAS AGORA VAMOS VER QUEM É QUEM ADMINISTRANDO AONDE QUASE NÃO TEM DINHEIROS, E AO MESMO SEM PREJUDICAR QUEM TRABALHA NOS TAIS E TAIS LUGARES

Responder

Vamos à Luta – Unicamp » Reportagem desmascara o sistema de gestão por OSs dos Hospitais Públicos

24/06/2011 - 22h20

[…] matéria recentemente publicada no portal viomundo analisa a situação dos hospitais públicos geridos por Organizações Sociais da Saúde. Este […]

Responder

nelson freitas

24/06/2011 - 14h19

Aqui em SP os tucanos no poder a 16 anos não construiram quase nada e privatizaram tudo que foi construído em gestões anteriores, aqui não se anda 30 km sem pagar pedágio e não se tem notícia de que tenham construido alguma estrada. Privatizam a saúde pública no que dá lucro e sucateiam onde há programas de assistência social e depois fecham. Venderam o Banespa, CPFL, ELETROPAULO, CESP, entregaram as estradas novinhas para empresas privadas cobrarem pedágios estratosféricos. Pregam veladamente a homofobia, o preconceito contra pobre, nordestino e negro, ao que chamam de gente diferenciada, tanto que proibiram estação do metrô em higienópolis bairro onde mora FHC. Por isso que sempre digo precisamos acabar com o PSDB e a Globo, senão esses vermes acabam com o Brasil, como estão fazendo com os idiotas de SP, terra de trouxas, em sua maioria.

Responder

alberto

24/06/2011 - 11h13

Esqueci de perguntar, será que isto também vai passar na rede globo de televisão (jornal nacional e fantástico)? Além de não gostar desta rede, gostaria de ver se tem lisura pra mostrar estes tipos de falcatruas do governo tucano, vamos herdeiros de Roberto Marinho, tem coragem ou é simplesmente são a favor de governos para os seus benefícios?

Responder

    Alex

    28/06/2011 - 12h18

    Quem ajudou a dívida da Globo foi o governo Lula e não do PSDB

alberto

24/06/2011 - 11h09

Bem o MP está aonde, será que ganharam muito do psdb pra não ter nenhuma investigação, veja os exemplos dos desvios do Complexo Hospitalar de Sorocaba, alguns estão com habeas corpus e outros sendo investigados, capaz que se estenderem mais irá cair até no serra e na corja do psdb., tem dar cadeia neles, chincalhar os bens patrimoniais, bloquear os bens familiares, verificar se não tem laranja no esquema, pois podem até usarem CPF/MF falsificados para saírem ilesos, tem que fazerem alguma coisa, se mexam MP, façam alguma coisa, pois ganham muito bem pra não fazerem nada e serve de alerta pra juízes e o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO que vende muito fácil.

Responder

FrancoAtirador

24/06/2011 - 02h42

.
.
Corre um boato que, no jogo Santos x Peñarol,
4ª-feira, na final da Libertadores da América,
havia no Pacaembu: um Ganso Branco em campo
e um Peru no camarote do Cisne Negro.
.
.

Responder

Gestão tucana na Saude de Sao Paulo « Simonleonidas's Blog

23/06/2011 - 17h49

[…] 21 de junho de 2011 às 12:16 Viomundo – http://www.viomundo.com.br/denuncias/hospitais-publicos-de-sp-gerenciados-por-oss-a-maioria-no-verme… […]

Responder

lia vinhas

23/06/2011 - 17h03

E como fica o Rio, que segue o mesmo caminho? Já são vários PAMs e porstos de saúde, além de escolas municipais adotando o sistema, no qual os contratados pelas tais "cooperativas" ganham quase três vezes o salário dos concursados. E nem por isso o serviço tem melhorado.

Responder

Rafael Patto

23/06/2011 - 15h33

Falta de transparência é a marca registrada dos governos tucanos.

Responder

jose carlos

23/06/2011 - 12h54

Será que as respostas que a Conceição não conseguiu, algum deputado petista acordado consegue? Será que esta matéria não deveria ir numa série de reportagens na RECORD? Será que não se pode pedir a um órgão federal investigar essa bandalheira? Será que uma denúncia grave dessas tenha de ficar só para blogueiros sujos?

Responder

    MOPSAB

    23/06/2011 - 15h44

    Movimento Popular de Saude de Barueri)
    Cidadania.
    Barueri.
    I – Portarias de 15/01/2009
    Interessados: UNIFESP, Secretaria de Saúde de Barueri e Josenilson Aragão Cerqueira
    Assunto: Apuração da ocorrência de eventual irregularidade na forma de provimento dos cargos públicos na área da Saúde do Município de Barueri
    Cidadania
    Cidadania
    Protocolo nº: 71.526/09 1 Volume(s) 1 Apenso(s)/Anexo(s)
    nº de origem: 40/08
    I – Portarias de 02/10/2009
    Barueri
    Interessados: Joenilson Aragão Cerqueira, Município de Barueri e UNIFES/SPDM
    Assunto: Apuração de eventual irregularidade na celebração de contrato de gestão para administração de hospital municipal de Barueri.
    Movimento Popular de Saude de Barueri)

    Nós, do MOPSAB (Movimento Popular de Saúde de Barueri), vimos esclarecer algo que vem ocorrendo na Saúde pelo SUS em Barueri, principalmente no Hospital Municipal, que afeta diretamente quem busca atendimento de saúde na cidade.

    Fazemos parte do sistema de saúde de uma das cidades mais importantes do Estado de São Paulo. Porém, o Governo municipal, não faz uma política clara de saúde para o município. Ele entrega patrimônio público à terceirização, fazendo mal à saúde do trabalhador e da população de Barueri.

    A terceirização da saúde em Barueri, só favorece quem vai gerenciar os recursos, no caso a SPDM/APDM. Em diversas cidades onde este modelo foi implementado, quem saiu mais prejudicado foi a população.

    O que significa, neste caso, terceirizar? Significa transferir um hospital público, construído com dinheiro público, a um grupo empresarial que só tem olhos para obter lucro com os serviços de saúde à população.

    O governo contratou uma empresa para gerenciar milhões de reais, verba pública destinada ao hospital. Ela emprega profissionais de outras cidades, enquanto a população de Barueri, fica à espera de abertura de concursos públicos.

    A SPDM/APDM é um grupo que opera em diversos hospitais do Estado de São Paulo. Por onde passa, o que sobra é o desmonte do serviço público, pois seu maior interesse é ter acesso ao montante de verba destinado à saúde. SAÚDE PARA ELES NÃO PASSA DE UM BALCÃO DE NEGÓCIOS.

    Além disso, não possui, sequer, idoneidade para gerenciar um “carrinho de cachorro quente”. Por ter mais de 3.000 títulos protestados, já não poderia entrar num processo de licitação do tamanho e da complexidade que exige o Hospital Francisco Mouram. A população de Barueri não merece tanta sujeira!

    Se você, cidadão, tiver um único protesto e seu nome constar nos cadastros do SERASA, muitas portas se fecharão. Porém, para a SPDM, ter mais de 3.000 protestos, ou seja, ter o nome sujo na praça, não lhe tirou o benefício de administrar um hospital da importância do Francisco Mouram. Uma empresa caloteira, que deve mais de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais) na praça está administrando o Hospital de Barueri! Em condições normais isto nunca poderia ocorrer. Temos que extirpar este tumor que se instalou na saúde da cidade.

    Alertamos que a cultura de entrega do patrimônio público à iniciativa privada e OS em Barueri, existentes a longa data, promovida por lei de criaçao do SAMEB (Serviço de Atendimento Medico Emergência de Barueri), autarquia criada para gerenciar a saude pública municipal, promovendo a tercerizaçao e a inércia da contrução de um hospital municipal, que depois de várias décadas, o mesmo foi entregue a uma “OS“, como relatado, além de tercerizar serviços de saúde local e de Prontos Socorros.

    Por isso, contamos com os usuários e moradores de Barueri, para lutar juntos em defesa da saúde pública, em defeza do SUS de qualidade e para todos. Contra a entrega do patrimônio público à iniciativa a.privada, sem representatividade do controle socialnesses espaços.

    Informamos também que um dos objetivos da criação do movimento popular de saude, dentre outros nessa cidade, em lutar para impedir tal retrocesso social, no acesso à saude e na democracia brasileira, que esmaga as leis sanitárias e deixam o povo refém, novamente, dos antigos e arcaicos modelos de gestão, que centralizam e ditando poderes, marginalizam a participação social e distanciando a responsabilização do estado, além de infrigir o Estado de direito democrático garantidos pela a Constituição.

    Mopsab.

    beattrice

    27/06/2011 - 22h19

    E pensar que a UNIFESP já foi modelo de administração pública na área de saúde.
    Em tempo,
    a UNIFESP é federal, CADÊ O MEC seu HADDAD???

    beattrice

    27/06/2011 - 22h18

    O PT-SP é tucano, de corpo e alma.

Samuel Leite

23/06/2011 - 12h44

Se a imprensa fosse séria, divulgaria esse escândalo e causaria indignação, pois a coisa é muito grave. Mas o que se observa é nada acontece. São Paulo é isso. Lembrando que as redações da Veja, da Folha, do Estadão, da Band, Record ficam aqui. A matéria da Conceição é muito bem fundamentada, oferece subsídios fortes e consistentes para que os orgãos competentes dos defensores da sociedade trabalhem de forma respalda. Porém o que se vê é uma inércia absurda, para não dizer outra coisa. Um belo trabalho jornalístico desse não deveria ser disperdiçado.

Responder

Aracy_

23/06/2011 - 11h42

Conceição, brilhante matéria. Sugiro saber da Secretaria da Fazenda estadual se vêm sendo feitas auditorias na execução dos contratos com as OSSs e quais foram os fatos já apurados. Cadê o TCE nessa parada?

Responder

    alberto

    26/06/2011 - 13h36

    Provavelmente, comprado pelo psdb.

Avelino

23/06/2011 - 10h33

Caro Azenha
Os aparelhos do Estado brasileiro não foram feitos para atender ao povo. A corrupção do hospitais publicos, simplesmente vazaram, logo caiu o sec de Esporte, pos é melhor cortar logo, assim eles passam a imagem de sérios, de éticos. Enquanto isso se desmonta,que já está desmontada, pois se fosse em frente, cairia mais secretários, governadores. Os tucanos em nada diferem dos escravocratas, apenas a roupagem moderna.
Os serviços publicos do Brasil é maquiagem, para dar um ar de humanidade aos predadores.
Saudações

Responder

Yv Obaca

23/06/2011 - 00h05

A privatização da saúde tem que ocorrer, MAS, não dessa forma irresponsável e escusa, modo tucano de ser. A privatização tem que ser indireta como ? Gerando emprego e renda como foi feito no governo anterior e mantido no atual. Os empregados adentram nos convênios de saúdes das empresas desafogando o SUS. Deixando-o respirar e servir com qualidade de atendimento a quem realmente deve depender do SUS.

Responder

    Nelson

    23/06/2011 - 14h13

    Meu caro Yv Obaca.
    Creio que você ainda não entendeu que, sob a domínio neoliberal, a saúde virou, definitivamente, um negócio. Um negócio a garantir gordos lucros para um restrito grupo de grandes laboratórios, hospitais e planos de saúde privados.
    Assim, meu caro Obaca, a obrigação do Estado, obedecendo regiamente à cartilha do duo FMI/Bird, é fingir que investe em saúde pública de qualidade. Até porque este Estado tem que pagar a gigantesca dívida pública, que só faz crescer, e não vai sobrar muita coisa para o investimento no social. Se realmente oferecer saúde de qualidade ao povo, o Estado estará tomando mercado da iniciativa privada.
    Me responda, Obaca. Quantos brasileiros ainda manteriam seus planos de saúde privados se o Estado lhes oferecesse a assistência à saúde a que eles têm direito? Muito poucos, é claro. E, aí, o setor saúde não seria mais atrativo; eu estou falando de lucros, não em atendimento decente para o povo, é óbvio.
    Por isso, a manter-se essa lógica de mercado na saúde, nunca veremos o SUS oferecendo "qualidade de atendimento" a todos. Sim, a todos, porque o SUS é um sistema universal.

Luiz Aguiar

22/06/2011 - 23h37

Realmente é o modelo tucano. Em Goiás o governo que é tucano quer fazer o mesmo pra justificar a sua falta de recursos!
Como se as experiências em outros estados não demonstrem que a população já sabe, é mais um recurso para o desvio de verbas.

Responder

@luisk2017

22/06/2011 - 23h09

Tô arrasado. O "modelo" de gestão privada não era o máximo?

Responder

    Lino

    23/06/2011 - 11h22

    E sobre a mafia dos plantões extras? o Ricardo Tardelli saiu, e os diretores dos hospitais, todos continuam….e aí? como fica? dá para acreditar em moralização?

    Alex

    28/06/2011 - 15h31

    Isso ocorreu onde?? Administração Pública!!!!!!

    Nelson

    23/06/2011 - 14h15

    "Era o máximo" só na propaganda, que convenceu uma legião enorme de incautos e inocentes.
    A propósito, lembrei de uma definição do genial Millôr Fernandes para propaganda:
    "Propaganda é o que você usa quando não pode enganar o outro pessoalmente".

ZePovinho

22/06/2011 - 20h20

http://pedagiometro.com.br/

Total arrecadado nos pedágios de São Paulo em 2011 até agora…

R$ 2.747.577.575,34(2 BILHÕES,747 MILHÕES, 577 MIL REAIS,575 REAIS).

Responder

Robson

22/06/2011 - 20h08

Conceição, PARABÉNS! Excelente e aterradora reportagem! Este é mais um motivo para a decadência do PIG: dificilmente se vê reportagens tão bem construídas como essa. Não se esqueça de nós…….

Responder

nelson freitas

22/06/2011 - 19h12

Esse trio composto FHC, SERRA E GERALDO ALCKIM, estaria na cadeia há muito tempo em qualquer outro país do mundo.
Esse pessoal da elite branca paulista vendeu tudo que era lucrativo aqui em SP, entregou as estradas para os apaniguados ganharem direiro facil nas costas dos paulistas otários. Fecharam ou sucatearam tudo que tinha cunho social. Perseguiram os adversários, sumiram com o dinheiro, montaram esquemas em todo lugar, rodoanel, metrô, venderam a paulipetro, acaba luz sempre em SP. Viajei pelo estado e ví só desolação por todo lado, é triste, cadeia pra esses vermes de SP. Eles controlam a PM e o MP.

Responder

Tarso Cabral Violin

22/06/2011 - 17h15

Parabéns Azenha por divulgar este texto. Aqui no Paraná o Blog do Tarso (http://blogdotarso.com) está na luta contra as Organizações Sociais. Inclusive meu livro critica essas privatizações: "Terceiro Setor e as Parcerias com a Administração Pública: uma análise crítica". Um abraço

Responder

    Conceição Lemes

    22/06/2011 - 18h19

    Tarso, o seu livro está à venda normalmente nas livrarias? abs

Dr. Israel

22/06/2011 - 16h18

Esqueçeram de mencionar o " Hospital e Maternidade Leonor Mendes de Barros " zona leste de SP, belenzinho. Lotearam tudo………..coisa de pai para filho. Os funcionarios de carreiras concursados são jogados no lixo, outrossim, sofrem assédio moral para se aposentarem e/ou pedirem transferencia. Cadê o ministério publico ? cadê os conselhos de classe. Outra aberração é a omissão do Estado, quando eles mantem os funcionários publicos, os mesmos trabalham de graça para as oss, e os Diretores levam os milhões que as oss liberam para reciclagem dos funcionarios em geral daquela unidade. Se o ministério publico fizer uma auditoria a fundo em todos hospitais de SP que aderiaram as oss, com certeza vão encontrar um rombo 100 vezes maior que esse mencionado acima e centenas de Diretores ricos ilicitamente.

Responder

    Luciano Prado

    22/06/2011 - 17h04

    Meu caro Dr. Israel

    São Paulo não tem, de fato, Ministério Público Estadual. Só existe no papel e para inglês ver.

    Foi cooptado pelas forças diabólicas do neoliberalismo e do capitalismo selvagem.

    A imprensa paulista vem a muito mamando nas tetas (verbas publicitárias) do Estado através do PSDB, e por isso silenciam.

    Sem imprensa e Ministério Público estadual para fiscalizar sobra para os senhores deputados estaduais. Ocorre que esses são todos (ou quase todos) da base de sustentação tucana. Nada ocorre, ninguém fiscaliza.

    Resta, então, uma imensa podridão escondida pela omissão criminosa dos que preferem o "status quo".

    operantelivre

    26/06/2011 - 16h16

    Assédio moral e nepotismo com dinheiro público sustentam a atual herança maldita dos ásperos tempos da ditabranda.

Regina Braga

22/06/2011 - 15h50

Já não existe choque de gestão ,mas choque de realidade…realidade que os demotucanos venderam o Estado,como as antigas partilhas….E quanto ao povo…esqueça dele.Parabéns pela reportagem.Quanto mais aprofundar,mais vamos ver o buraco, que nos jogaram.

Responder

Luciano Prado

22/06/2011 - 14h27

Alguém tem dúvida sobre a omissão criminosa do Ministério Publico estadual de São Paulo?

Tem cabimento ocorrer tudo isso sem que o MP estadual sequer desconfie ou suspeite?

Quando as pessoas afirmam que São Paulo não tem Ministério Público estadual é porque a coisa é séria mesmo.

O "Estado" do Serra e do PSDB cooptou o MP paulista.

Vergonha e o paulista ainda mantém essa gente por vinte anos no poder.

Então, não reclama.

Responder

    Robson

    22/06/2011 - 19h37

    Luciano, de pleno acordo. Lembrando que, no meio dessa "manada de elefantes" que o MPE finge não ver, está a cratera da linha 4 do metrô. Todas as denúncias de irregularidades (de todos os tipos) encaminhadas à instituição foram solenemente arquivadas…..antes de abrir aquela cratera. Aliás, alguém pode me dizer o que deu no laudo pericial sobre essa irresponsabilidade?

Luciano Prado

22/06/2011 - 14h22

O silêncio criminoso e conveniente da velha e carcomida imprensa jogou as instituições paulistas na podridão eterna.

Basta retirar a primeira camada da "cebola" para constatar sua podridão..

Este foi o legado de Serra e do PSDB para São Paulo.

Acorda são-paulino!

______

Do G1

Escutas revelam que fraudes em plantões médicos vêm desde 2005

Grampos mostram como ex-diretor de hospital aprendeu a fraudar plantões. Denúncias levaram à prisão de 12 pessoas na semana passada em SP…"
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/06/ano

Responder

    M. S. Romares

    22/06/2011 - 16h15

    Oooo, Luciano, são-paulino está sempre acordado e estamos lider. Quem tem que acordar são os paulistas e, muito mais, os paulistanos. Saboroso e kassab são de lascar.

    Luciano Prado

    22/06/2011 - 17h07

    Ok, você venceu… Mas ainda bem que você concorda com a essência da crítica. Ou não?

    M. S. Romares

    24/06/2011 - 22h40

    Certamente que concordo. Mas tá dificil esse povo acordar.

Milton Freitas

22/06/2011 - 14h15

Parabéns pela bela reportagem .
É a blogosfera fazendo a pauta ,mostrando a real .
Espero que camara não fique na CPI da gordura trans e realmente venha a cumprir o seu papel .

Responder

Almerindo

22/06/2011 - 12h17

Azenha, fora do assunto, viste a entrevista do Rogerio Santanna sobre sua saída da Telebrás? Tá aqui:
http://www.direitoacomunicacao.org.br/content.php

Responder

ZePovinho

22/06/2011 - 12h12

http://osamigosdobrasil.com.br/2011/06/21/psdb-va

PSDB vai morder seu bolso:Pedágios vão subir no dia 1º em SP.Aumento será de até 9,77%

Terça-feira 21, junho 2011

O feriado prolongado de Corpus Christi será o último em que os motoristas de São Paulo pagarão o atual valor nas praças de pedágio do Estado de São Paulo. A tarifa sobe no dia 1.º e o reajuste, em alguns casos, deve chegar a 9,77%, segundo cálculos feitos por empresários do setor. Diferentemente do ano passado, os valores serão arredondados de R$ 0,10 em R$ 0,10.

O aumento obedece aos índices dos contratos de concessão assinados com o governo do Estado. Os mais antigos, dos anos 1990, são corrigidos pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), da Fundação Getúlio Vargas. É o caso da Castelo Branco e dos Sistemas Anchieta-Imigrantes e Anhanguera-Bandeirantes, que ligam a capital ao interior do Estado e ao litoral.

Já para as rodovias que tiveram os contratos assinados tendo como fator de correção o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), um indicador mensal de preços do varejo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o reajuste chegará a 6,55%. Nesse caso estão incluídas rodovias importantes, como a Dom Pedro, a Carvalho Pinto, a Raposo e o Rodoanel.

O cálculo final do valor do pedágio de cada praça, no entanto, não é feito apenas aplicando o índice de reajuste ao valor vigente. A Agência Reguladora dos Serviços de Transportes de São Paulo (Artesp) ainda faz as contas levando em consideração também o tipo de pista (se é duplicada ou simples, por exemplo) e a extensão percorrida. O arredondamento é definido pelo governo do Estado – no ano passado, foi de R$ 0,05 em R$ 0,05.

Unificação. Os reajustes neste ano vão na contramão do que se viu em julho do ano passado, quando o IPCA foi maior do que o IGP-M. O que o governo paulista quer é que, por meio de uma negociação, se chegue a unificar o índice para o IPCA, que é menos sujeito a fatores externos, como as commodities, que subiram muito desde o segundo semestre do ano passado.

A expectativa atual das concessionárias, porém, é de que o governo paulista publique o valor dos pedágios até o dia 27, respeitando o que está nos contratos. Mas não escondem que pode haver uma negociação futuramente, lembrando que foi uma promessa de campanha de Alckmin.

Os empresários lembram também que parte das companhias responsáveis por concessões de rodovias paulistas tem papéis em bolsa. E se algo acontecer de muito diferente, que afete o equilíbrio financeiro das empresas, acionistas poderão entrar na Justiça reclamando seus direitos.

PARA LEMBRAR

Revisão foi tema de eleição

A revisão dos pedágios foi uma das principais promessas de campanha de Geraldo Alckmin (PSDB). Em sua primeira entrevista coletiva no cargo, em janeiro, ele afirmou que as mudanças aconteceriam nos primeiros 12 meses de sua gestão e depois chegou a dizer que estava em estudo a criação de um índice próprio para os pedágios, que levasse em conta os custos de uma rodovia. Agora, ao que tudo indica, a revisão dos pedágios deve ficar para o próximo ano.

A Artesp informou que estuda a revisão e contratou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para “consultoria com vistas à eventual revisão dos índices”. Também foi criado um grupo de estudos para analisar a viabilidade de outras formas de cobrança automática – sem a necessidade dos guichês e cobrando por quilômetro rodado.Estado

Responder

Orlando

22/06/2011 - 12h04

Não faz nem cosquinha nos R$ 3 bilhões utilizados para cobrir o rombo do Banco Votorantim, nem nos R$ 10 bilhões da CEF no Panamericano-SBT-Lombardi -Bolinha de Papel.
Os desmandos na Saúde paulista são graves e devem sim ser denunciados e punidos, mas sinceramente, perto do que ocorre no sistema financeiro, a discussão parece como a dona de casa preocupada com a goteira da varanda enquanto, às suas costas, a casa está em chamas.

Responder

Miguel

22/06/2011 - 11h53

Este rombo é dinheiro de pinga em relação a Doação de 420 milhões para Corinthians e empreiteiras afins…

Responder

    O_Brasileiro

    22/06/2011 - 19h57

    Concordo com você.
    Para a saúde e a educação, só dão migalhas…

Nelson

22/06/2011 - 11h20

Lembro que, anos atrás, uma campanha publicitária do Sesi aqui do Estado mais meridional do Brasil sustentava o seguinte lema: " A iniciativa privada faz mais".
Sempre cético com relação a tal discurso, que quase nunca vemos tornar-se realidade, eu complementava a frase:
"…com o dinheiro público, é claro".

E o eminente economista canadense, liberal, John Kenneth Galbraith, não me deixa mentir. Segundo ele, "tire-se o Estado da economia e o capitalismo não dura um dia sequer".

Responder

Antonio

22/06/2011 - 11h18

O problema dessa história toda é que a sociedade civil organizada ainda não tem mecanismos para tirar os pilantras do governo e colocá-los na cadeia. Mas vamos chegar lá.

Responder

    joao

    23/06/2011 - 19h20

    Vamos chegar lá sim… pelo andar da carruagem e pela 'vontade' que o povo tem de lutar, vamos chegar no purgatório, olhar os sacanas e dizer com toda propriedade: Viu, te falei que roubar era pecado, agora vc vai pagar! Vai arder no inferno, e nós os honestos vamos para um lugar melhor, seu bobo chato e feio!

    operantelivre

    26/06/2011 - 16h19

    Precisamos aperfeiçoar as leis. Agora é o momento.

Fabio Pontes

22/06/2011 - 11h17

Bela reportagem. Faço parte de uma entidade do Rio de Janeiro que estuda o orçamento municipal da capital carioca e um estudo nosso constatou que no estado do Rio de Janeiro está acontecendo a mesma coisa: a entrega da gestão das unidades de saúde nas mãos das OSS.
Parabéns pelos dados orçamentários divulgados na reportagem. Gostaria de saber se a equipe de reportagem teve auxílio de alguma entidade que estuda o orçamento paulista.

Responder

Antonio

22/06/2011 - 11h16

É o Governo de São Paulo trabalhando por Você, eleitor e não eleitor dos caras. O Estado de São Paulo está insolvente. E a tucanada não larga o osso para não descobrirem todas as mazelas, que podem dar até prisão e impludir o PSDB (pior salário do Brasil) daqui.
Para o PT pegar o Estado de São Paulo tem que colocar tudo em pratos limpos e pedir socorro ao Governo Federal. Vai ser preciso muito trabalho para colocar a casa em ordem. Mas eu tenho a impressão que é isso que vai acontecer, pois com o papelzinho do Brizola na próxima eleição a tucanada estará fora.

Responder

monge scéptico

22/06/2011 - 11h02

Só uma cambada de burros do PT, podem querer administrar são paulo do jeito
que está. Isso aí é para uma comissão de intervenção* no estado, até a "norma-
-lização" desse estado de coisas. Enfiar o serra/fhc na cadeia e, fazer são pau-
-lo voltar a ser pelo menos um polo de desenvolvimento. (federal*)
Por falar nisso determine-se que as polícias de são paulo, usem a bandeira do
BRASIL no ombro esquerdo. Alô Dilma ponha uns quatro ou mais para fazer
uma "sinopse" dos blogs. Aqui a senhora sente o BRASIL, por que a senhora
tem a cerca-la, um monte de traíras oportunistas. Sua base é no povo……….

Responder

NELSON NISENBAUM

22/06/2011 - 10h46

Escândalo do INCOR I = R$ 250.000.000,00
Escândalo do INCOR II = R$ 50.000.000,00
Escândalo da auditoria do DENASUS na
Secretaria de Saúde do Estado de SP = R$400.000.000,00
Escândalo da HOME CARE em SBC = R$ 160.000.000,00
Escândalo dos médicos e dentistas fantasmas nos hospitais
paulistas = R$????.?????

Ver pena de tucano paulista voando para tudo o que é lado
NÃO TEM PREÇO!!!!!!!!!

Responder

riorevolta

22/06/2011 - 10h46

Azenha, é a clássica parceria público-privada neoliberal:

O Estado entra com o dinheiro e a iniciativa privada entra captando os lucros.

Socialize o prejuízo e privatize o lucro.

Máxima Capitalista.

Responder

    Nelson

    23/06/2011 - 14h21

    Eu definiria PPP de uma outra forma, riorevolta. No popular:

    O Estado (nós, a sociedade em geral) entra com a maminha, a picanha e o filé e a iniciativa privada entra com um par de beiço e a dentadura.

Luci

22/06/2011 - 10h43

O governador JUROU cumprir a Constituição! O silêncios dos que deveriam atuar para coibir causa revolta e perplexidade.

Responder

Luci

22/06/2011 - 10h31

Conceição Lemes, parabéns pela informação.Em qualquer outro país do mundo a Assembléia do Estado faria uma CPI. Saúde, educação, moradia, transporte, presídios, segurança afinal o que está funcionando com eficiência? Não é gestão é apagão da ética na adminstração pública.

Responder

operantelivre

22/06/2011 - 10h18

Linda Conceição!! Ler suas matérias é algo terapêutico para mim.

Isto é Latrocínio, assalto acompanhado de morte ou privação da vida de muitos cidadãos.
Alguns perdem a vida e honra por falta de atendimento adequado.
Outros, que não devem ser confundidos e nem esquecidos, são alguns trabalhadores dessas OSs que sofrem pressão e adoecem para produzir alguns números que justifiquem o dinheiro que outros espertalhões ganham sem trabalhar.

Não seria surpresa alguma encontramos muitas queixas de empregados de OSs, devido à pressão intimidatória para que produzam os números que justifiquem os contratos e os ganhos para os algozes mantidos com o dinheiro público. É a terceirização da tortura e constrangimento moral.

Conceição, você mostrou a ponta do iceberg. Há mais coisas sob ela do que entre o céu e a terra.
Você fez uma matéria cidadã,linda, brilhante, …sem adjetivos à altura para qualificar tamanha competência e clareza de compromisso.

Isto tudo é a ponta do iceberg.

Responder

Luis Armidoro

22/06/2011 - 08h56

Caros Azenha e amigos do blog

Muitos destes hospitais acabaram com as filas. Sabem como? Com uma mandrakaria bem ordinária: não atendem filas.

Enão nos esqueçamos de reportagem da Carta Capital do ano passado, que dizia que algumas secretarias estaduais de saúde (entre as citadas, a de São Paulo), aplicavam grana pública no mercado financeiro ao invés de investir na saúde da população.

Já chega destes tecnocratas de segunda na administração do estado. Será que nós, paulistas, não percebemos que estes caras estão destruindo nosso estado? Só vamos acordar quando virarmos um monte de ruínas?

Responder

    Gerson Carneiro

    22/06/2011 - 09h55

    Um pouco antes de virar um monte de ruínas eles vão passar a bola pra alguém do PT pra depois levantar o tapete e acusar o carregador de piano de "maior esquema de corrupção".

Antonio Carlos

22/06/2011 - 08h51

Os governos tucanos são exemplos de bandidagem! Pior, os bandidos nunca são presos! KD o MP! KD as "otoridades" impolutas do estado de São Paulo?

Responder

Gersier

22/06/2011 - 08h49

Uai Azenha e eu acreditando piamente no que o tal de PIG propala,que os tucanos e demos são os únicos possuidores da ética e a honestidade que o Brasil tanto precisa.Eu,na minha santa inocência acreditando no que o tal de PIG propala,que eles são competentes,são os únicos que sabem administrar.Eu,na minha santa inocência acreditando que a tal diminuição da "máquina" que tanto falam evita que corruptos se locupletem,e que os serviços prestados seriam uma maravilha.

Responder

Yarus

22/06/2011 - 06h06

Os amiguinhos já começaram a se bicar.

"PSDB monta operação para barrar nova sigla de Kassab

O PSDB deflagrou uma operação para impedir a criação do PSD, partido lançado pelo prefeito Gilberto Kassab, a tempo das eleições municipais do ano que vem,

A manobra consistirá na apresentação de ações pulverizadas por todo o país para a contestação do registro da nova legenda.
Para tirar o PSD do papel, Kassab precisa do apoio de 490,3 mil eleitores. As assinaturas devem ser colhidas em, pelo menos, nove Estados.
Segundo o prefeito, a nova sigla já conseguiu mais de um milhão de assinatura e cerca de 100 mil já foram certificadas.

Porém, denúncias de irregularidades na coleta dessas assinaturas podem atrapalhas os planos de Kassab. Entre as suspeitas está o uso da máquina da Prefeitura de São Paulo para recolher apoio à criação do novo partido e até a inclusão de nomes de pessoas que já morreram.

Na última quinta-feira (15), o chefe de gabinete da Subprefeitura da Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo, entregou uma lista de apoio à sigla a um repórter da Folha, que assinou o documento no gabinete do subprefeito Valdir Suzano, que estava no local.

Reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo" também mostrou que uma servidora comissionada de uma subprefeitura da zona sul enviou e-mail pedindo ajuda a amigos para coleta de assinaturas.

Ontem, vereadores de São Paulo protocolaram requerimento para a abertura de uma CPI para investigar o uso da estrutura da prefeitura na coleta das assinaturas."
http://www1.folha.uol.com.br/poder/933370-psdb-mo

Responder

    MOPSAB

    23/06/2011 - 15h36

    Movimento Popular de Saude de Barueri)

    Nós, do MOPSAB (Movimento Popular de Saúde de Barueri), vimos esclarecer algo que vem ocorrendo na Saúde pelo SUS em Barueri, principalmente no Hospital Municipal, que afeta diretamente quem busca atendimento de saúde na cidade.

    Fazemos parte do sistema de saúde de uma das cidades mais importantes do Estado de São Paulo. Porém, o Governo municipal, não faz uma política clara de saúde para o município. Ele entrega patrimônio público à terceirização, fazendo mal à saúde do trabalhador e da população de Barueri.

    A terceirização da saúde em Barueri, só favorece quem vai gerenciar os recursos, no caso a SPDM/APDM. Em diversas cidades onde este modelo foi implementado, quem saiu mais prejudicado foi a população.

    O que significa, neste caso, terceirizar? Significa transferir um hospital público, construído com dinheiro público, a um grupo empresarial que só tem olhos para obter lucro com os serviços de saúde à população.

    O governo contratou uma empresa para gerenciar milhões de reais, verba pública destinada ao hospital. Ela emprega profissionais de outras cidades, enquanto a população de Barueri, fica à espera de abertura de concursos públicos.

    A SPDM/APDM é um grupo que opera em diversos hospitais do Estado de São Paulo. Por onde passa, o que sobra é o desmonte do serviço público, pois seu maior interesse é ter acesso ao montante de verba destinado à saúde. SAÚDE PARA ELES NÃO PASSA DE UM BALCÃO DE NEGÓCIOS.

    Além disso, não possui, sequer, idoneidade para gerenciar um “carrinho de cachorro quente”. Por ter mais de 3.000 títulos protestados, já não poderia entrar num processo de licitação do tamanho e da complexidade que exige o Hospital Francisco Mouram. A população de Barueri não merece tanta sujeira!

    Se você, cidadão, tiver um único protesto e seu nome constar nos cadastros do SERASA, muitas portas se fecharão. Porém, para a SPDM, ter mais de 3.000 protestos, ou seja, ter o nome sujo na praça, não lhe tirou o benefício de administrar um hospital da importância do Francisco Mouram. Uma empresa caloteira, que deve mais de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais) na praça está administrando o Hospital de Barueri! Em condições normais isto nunca poderia ocorrer. Temos que extirpar este tumor que se instalou na saúde da cidade.

    Alertamos que a cultura de entrega do patrimônio público à iniciativa privada e OS em Barueri, existentes a longa data, promovida por lei de criaçao do SAMEB (Serviço de Atendimento Medico Emergência de Barueri), autarquia criada para gerenciar a saude pública municipal, promovendo a tercerizaçao e a inércia da contrução de um hospital municipal, que depois de várias décadas, o mesmo foi entregue a uma “OS“, como relatado, além de tercerizar serviços de saúde local e de Prontos Socorros.

    Por isso, contamos com os usuários e moradores de Barueri, para lutar juntos em defesa da saúde pública, em defeza do SUS de qualidade e para todos. Contra a entrega do patrimônio público à iniciativa a.privada, sem representatividade do controle socialnesses espaços.

    Informamos também que um dos objetivos da criação do movimento popular de saude, dentre outros nessa cidade, em lutar para impedir tal retrocesso social, no acesso à saude e na democracia brasileira, que esmaga as leis sanitárias e deixam o povo refém, novamente, dos antigos e arcaicos modelos de gestão, que centralizam e ditando poderes, marginalizam a participação social e distanciando a responsabilização do estado, além de infrigir o Estado de direito democrático garantidos pela a Constituição.

    Mopsab.

MAURICIO DOS PASSOS

22/06/2011 - 00h24

faltou citar o escandalo de bauru AHB o governo acaba de injetar 44 milhoes para recuperar os desvios realizados pelo antiga diretoria que acabou prejudicando 38 municipios da regiao de bauru

Responder

Kleber

21/06/2011 - 22h58

Kd o PIG para mostrar esta monstruosidade??

Responder

Maria Thereza

21/06/2011 - 22h46

Pior do quem vai pagar a conta é saber que pessoas estão sendo deixadas sem atendimento e sem ter a quem recorrer. Na época das eleições, o serra enchia a boca pra falar da maravilha do modelo da gestão de saúde em SPaulo. Saiu uma reportagem imensa na Caros Amigos mostrando a face oculta desse modelo. Até encaminhei para uma pessoa conhecida que estava na campanha da Dilma, para ver se ela mesma desmentia o serra oque, até onde sei, não aconteceu. A reportagem não teve, é lógico, nenhuma repercussão, a assembleia legislativa de São Paulo é o que sabemos e agora vamos, de novo, chorar sobre o leite derramado. A esculhambação na saúde é geral e que sofre é a poulação civil, nunca os guerreiros da saúde pública, da saúde privada ou dessa mixórdia cahamada oss.

Responder

Gerson Carneiro

21/06/2011 - 22h42

Mr. Serra, please…

<img src=http://4.bp.blogspot.com/_gVjmrNm31tg/TIkEekp-G9I/AAAAAAAAJeU/WP70wm8_lKM/s1600/16hkv0p.jpg>

Responder

    Yarus

    22/06/2011 - 02h41

    Que capa linda! O melhor ministro para os picaretas…mas o PIG faz que não sabe, hein?

    Raphael

    23/06/2011 - 13h03

    Mercadante irá CAIR por conta dessa capa. Acusação falsa e mentirosa contra Serra. Bem ao estilo petista.

Eduardo Oliveira

21/06/2011 - 22h07

Isso sem falar do nepotismo nestas OSS…

Responder

    operantelivre

    22/06/2011 - 23h20

    Nepotismo e opressão com dinheiro público.

    operantelivre

    26/06/2011 - 16h25

    Nepotismo e Despotismo.
    E muito. muito mesmo.

jose

21/06/2011 - 22h05

GRANDE Conceição! Só uma perguntinha básica: Cadê o Ministério Público?

Responder

    Rogerio

    23/06/2011 - 10h57

    Jose, voce tambem lembra do Ministerio Publico de São Paulo ? Que saudades, não ? Um MP combativo, que colocava o dedo na ferida. Faz tempo que ninguem mais vê… por onde andará ? Extinguiu-se ? Taí um bom trabalho para historiadores e arqueólogos – localizar as ruínas do MP paulista e entender os motivos de sua extinção. Talvez tenha sido a associação com uma certa ave da familia dos Ramphastideos.

    Pedro1

    26/06/2011 - 17h41

    Provavelmente atrás de um vereador do PT qualquer em uma cidade de 1000 habitantes no interior do Brasil. O que os tucanos fazem no estado mais rico do país é, aparentemente, assunto sem importância.

Luiz Fortaleza

21/06/2011 - 22h04

Dá até preguiça de ler… mas vou ler depois. Pena que a imprensa demotucana fica caladinha, quietinha, não faz o estardalhaço em cima dos tucanalhas.

Responder

ricardo silveira

21/06/2011 - 21h25

Mil vezes os governos petistas, com todos os problemas que têm, e não são poucos, do que os tucanos. O jeito neoliberal dos tucanos governarem é dilapidar o patrimônio público e justificar com mentiras: eficiência, economia aos cofres públicos, e outras mentiras. Mas a tucanada pode ficar tranqüila, ninguém vai para a cadeia, são ricos. Se não me engano, a política de privatizar os serviços públicos, como saúde e educação, começou com o Sr. Bresser Pereira na Secretaria da Administração do FHC.

Responder

    Orsola Ronzoni

    21/06/2011 - 22h44

    Para ricardo silveira
    Como o PT sempre copiou o que PSDB fez, e o faz sempre proclamando aos 4 cantos : “nunca antes nestepaiz…” irão agora copiar o programa de privatização introduzido, segundo você, com Bresser Pereira. Começarão pela área de infra-estrutura privatizando Cumbica, Viracopos, Galeão e Confins. Depois pela saúde privatizando os hospitais universitários federais. Logo em seguida pelas comunicações privatizando a banda larga da Internet. Sem contar que até os Correios entrarão na dança.
    Seria melhor você se atualizar antes de vir aqui falar besteiras.

    ricardo silveira

    22/06/2011 - 00h13

    Se o PT copiasse o PSDB o Brasil, hoje, estaria na mesma situação da Grécia. A verdade é que o PSDB é tão nocivo a São Paulo e ao Brasil que consegue avacalhar a maior conquista da cidadania brasileira que é SUS.

    Orsola Ronzoni

    22/06/2011 - 10h01

    Para ricardo Silveira
    Nossa, e como o PSB é nocivo a São Paulo!
    Em 2004 o PIB da cidade de São Paulo era R$ 225 bilhões em 2008 pulou para R$ 357 bilhões. O do estado era R$ 643 bilhões em 2004 e em 2008 passou casa do trilhão, R$ 1,003 trilhão. Ambos continuam representando respectivamente, 12 % e 33% do PIB brasileiro.
    “ … O PSDB consegue avacalhar a maior conquista da cidadania brasileira que é SUS”.
    Você me provoca frouxos de risos. Vá a qualquer hospital do SUS e comprove in loco a “grande” conquista da cidadania brasileira.

    ricardo silveira

    22/06/2011 - 17h37

    Você está certo quanto ao SUS não atender com dignidade os problemas de saúde da população. Mas, porque é assim? O que os governos do PSDB fizeram para mudar essa realidade? Acabar com a CPMF para cortar a fonte de financiamento da saúde pública? (Justamente o imposto que não era possível sonegar) Investir os recursos do SUS no sistema financeiro como se denunciou no governo do Serra, para fazer caixa, em detrimento dos serviços de saúde? Entregar a saúde pública à “iniciativa privada”? De outra parte, acho que o PT ainda está devendo aos brasileiros a melhoria dos serviços do SUS, e espero que o atual governo avance na questão da saúde pública para o bem dos brasileiros.

    operantelivre

    26/06/2011 - 16h27

    Espero que tenhamos uma comissão da verdade sobre sobre o governo demoTucano.

    Alex

    28/06/2011 - 16h03

    O que mata o PETISTA é seu fanatismo religioso!!

    Acho que poderiam levar o Maluf, como diziam os Paulista, "Rouba mas faz"… acho que essa é sua mente, não!?

Zé Fake

21/06/2011 - 21h21

Parabéns para a Conceição Lemes, por fazer um jornalismo de verdade. Infelizmente, não vai sair no JN né, então não vai ter tanta repercussão.

Responder

    pedro

    11/08/2011 - 20h23

    Mas devia sair na tv brasil que é tv publica e tem o dever de mostrar tudo de todos os estados brasileiros, nao podemos contar com nenhuma tv nenhuma radio nenhum jornal e nem revista, só os blogs, até quando os blogs conseguirão se contrapor aos milionarios recursos da velha e podre midia?

FrancoAtirador

21/06/2011 - 21h00

.
.
Quem pagará a conta?

A humana será paga pelos usuários, com a própria vida.

A financeira, pelos sobreviventes.
.
.

Responder

    operantelivre

    22/06/2011 - 23h23

    Alguns pagam se submetendo a um regime de trabalho nessas OSs debaixo do chicote para que outros fiquem com a grana dos contratos. Saúde não é para dar mais valia. E sim mais vida.

edv

21/06/2011 - 20h54

Só sei do seguinte:
Tem americano na fronteira que falsifica endereço para tratar da saúde no Canadá, onde a saúde é pública.
Já o modelo dos demotucanos fica ao sul…

Responder

pfelipecs

21/06/2011 - 20h45

Excelente reportagem.

Responder

rita

21/06/2011 - 20h42

luto.
a banda passou e eu fiquei na janela…

Responder

PAULO P,

21/06/2011 - 20h31

VEJAM ESTA-

Americano “rouba” para ser preso e ter médico

Após 17 anos trabalhando para a Coca-Cola, Verone foi demitido e "roubou" US$ 1 para ser preso e ter atenção médica
Seria cômico se não fosse trágico.

O cidadão americano Richard James Verone, que sofre de dores crônicas no peito e problemas no pé esquerdo, entrou em um banco e roubou US$ 1 com a intenção de ser preso e receber tratamento médico na cadeia.

http://www.tijolaco.com/americano-rouba-para-ser-

Responder

Samuel Leite

21/06/2011 - 20h21

Conceição,
Uma reportagem dessa merece ser lida e relida várias vezes, tal é a importância dela e da maneira como ela é apresentada.
Foi lá, buscou, detalhou, esmiuçou, mostrou… o que os orgãos competentes querem mais?
Querem que a Conceição faca um desenho? Ah, esqueci ela não é da PIG, logo não vai ter a repercussão que uma matéria séria dessa deveria ter. É o tipo de trabalho que deve ser levado para uma faculdade de jornalismo e mostrado como se faz. Parabéns, Conceição

Responder

Zé Duarte

21/06/2011 - 19h48

Bom saber disso, e saber também que em SP demitiram os caras da saúde. Se fosse o PT, além da picaretagem comum a dos tucanos, teria uma enxirrada de críticas à mídia, dizendo que era uma conspiração. E Lula novamente iria vir a público defender o pessoal acusado.

Responder

    Leider_Lincoln

    22/06/2011 - 16h41

    Nossa, "Zé Duarte", que bom, não é mesmo? Aliás, que ótimoooooo!!! Os "caras da saúde" foram demitidos e está tudo ótimo, não está? Ops, não está não, está pior do que antes. Mas há sempre um mocorongão para comemorar, não é mesmo? Qual é o nome disso? Chauvinismo! Há outro nome, mais popular, mas se eu o colocasse, a Conceição não deixaria o comentário passar…

    Raphael

    23/06/2011 - 13h04

    É por aí mesmo. O Lula estaria dizendo que é tudo uma grande conspiração da mídia e dos americanos. O PSDB demitiu imediatamente os culpados.

bissoli junior

21/06/2011 - 19h25

e o Conselho Estadual de Saúde? e os conselhos municipais? e o MP? e a polícia? que desgraça é essa?

Responder

O_Brasileiro

21/06/2011 - 19h18

Os TUCANOS se consideram INCOMPETENTES para administrar os hospitais públicos.
E os TUCANOS se mostram INCOMPETENTES em fiscalizar a aplicação dos recursos públicos.
O que causa espanto é a passividade do povo paulista, tão trabalhador e ordeiro, em relação à INCOMPETÊNCIA dos tucanos…
Esse negócio de construir com dinheiro público e depois entregar para os amigos dos TUCANOS enriquecerem facilmente depois já está virando uma palhaçada!!! Estádios, hospitais, estradas… Se o Estado tem competência para construir, por que não teria para gerir???
Não fui eu que falei em CORRUPÇÃO…

Responder

Hélio Pereira

21/06/2011 - 19h06

Zé Bolinha sempre posou de administrador eficiente,principalmente na área da saúde.
Sendo Zé Bolinha o ultimo Governador,tendo seus aliados na Secretária da Saúde,não tem como ele sair ileso desta crise.
Vale lembrar que o irmão de Vanderlei de Aquino,mandante da Morte do Prefeito de Itapevi,Braz Paschoalin,foi morto,numa autentica queima de arquivo,pois iria prestar Depoimento sobre desvio de verbas do Hospital Sorocabano no Bairro da Lapa em SP.
Poucos dias antes de prestar depoimento aos Vereadores da Capital,ocorreu este assassinato,mais que suspeito.

Responder

betinho2

21/06/2011 - 18h49

Conceição Lemes
Estaria eu certo em afirmar que esses hospitais do sistema OSS estariam livres de fiscalização federal por não estarem oficialmente no sistema SUS?

Responder

    Conceição Lemes

    21/06/2011 - 19h18

    Betinho, esses hospitais vivem TOTALMENTE de grana do SUS. POrtanto, podem ser fiscalizados tanto pelo poder federal quanto pelo estadual. A estrutura é toda do Estado. abs

    betinho2

    21/06/2011 - 19h30

    É vero…encontrei agora, no site da Secretaria de Saúde/SP:

    As Organizações Sociais de Saúde (OSS) representam um modelo de parceria adotado pelo governo do Estado de São Paulo para a gestão de unidades de saúde, finalizado entre 1998 e 2001, previsto no Programa Metropolitano de Saúde (PMS), formalizado pela lei complementar nº 846 de 04 de junho de 1998.

    A legislação estadual regulamentou a parceria com entidades filantrópicas, que passaram a ser qualificadas como Organizações Sociais de Saúde e que, em decorrência dessa qualificação, adquiriram o direito de firmar Contrato de Gestão com a Secretaria de Estado da Saúde, visando o gerenciamento de hospitais e equipamentos públicos de saúde. Este modelo de gestão introduziu novos conceitos de relacionamento com o setor filantrópico, que se mostraram eficientes.

    A experiência iniciou-se com um grupo de 15 hospitais localizados em regiões carentes de serviços, buscando melhorar o acesso da população à atenção hospitalar, principalmente na região metropolitana de São Paulo.

    Dentre os aspectos mais importantes da Lei Complementar nº 846, pode-se destacar:

    a criação de um Contrato de Gestão, caracterizado como um acordo firmado entre o poder público e a entidade qualificada como OSS, que permite a definição das metas e do tipo de assistência à saúde a ser desenvolvido pelo serviço;
    a existência de uma comissão de avaliação dos Contratos de Gestão, com representantes do Conselho Estadual de Saúde e da Comissão de Saúde e Higiene da Assembléia Legislativa e por profissionais especializados indicados pela Secretaria de Estado da Saúde, responsável por analisar os resultados obtidos com a execução do contrato;
    a determinação que os hospitais gerenciados pelas Organizações Sociais de Saúde atendam exclusivamente aos pacientes do SUS;
    a publicação do balanço e demais prestações de contas das OSS no Diário Oficial do Estado e respectivo controle destes pelo Tribunal de Contas do Estado;
    a exigência de que a entidade tenha experiência de pelo menos cinco anos na administração de serviços próprios de saúde.

    Atualmente 37 hospitais, 38 ambulatórios, 1 centro de referência, duas farmácias e três laboratórios de análises clínicas são administrados por esta forma de gerenciamento. Os novos hospitais colocaram a serviço do SUS cerca de 4.300 leitos no Estado de São Paulo.
    http://www.saude.sp.gov.br/content/geral_acoes_os

    Salli

    22/08/2011 - 15h08

    Há um conselho para o qual devem ser reportadas as prestações de contas. Contudo, segundo afirmação de sanitaristas, esses conselhos são 'formados' por pessoas de interesse do governo…

    Conceição Lemes

    22/08/2011 - 23h12

    Betinho, eu não sei te responder de pronto. Vou me informar amanhã. Só que esses hospitais recebem grana do SUS, sim. Postarei a resposta aqui mesmo. Abs e obrigada

NELSON NISENBAUM

21/06/2011 - 18h41

Conceição, PARABÉNS pela belíssima e mais que profissional reportagem. Vou divulgar ao máximo.

Responder

    operantelivre

    26/06/2011 - 16h30

    Conceição, vamos divulgar por muito tempo e aguardamos mais reportagens sobre este assunto.

Helena

21/06/2011 - 18h41

Na Prefeitura, eu sei de casos, na região Oeste de São Paulo, em que a clínica de diagnóstico, especialmente a que faz mamografia, tem convênio com o município e cobra do paciente pelos exames… Que tal?

Responder

Yarus

21/06/2011 - 18h38

È Cerra 2012 e Xuxu de novo 2014! Que felicidade!

Responder

oswaldo j. baldo

21/06/2011 - 18h21

Vai de vento em popa a corrupção, principalmente com demos tucanos, o ministério público não funciona, os jornais não virão as TVs não filmaram, enfim só dão a noticia tipo assim 1 segundo sem nomes dos bois.

Responder

Rogério

21/06/2011 - 18h12

Imaginem essa turma governando o Brasil?

Documentário – O Aborto dos Outros O longa aponta a necessidade de revisão da lei brasileira. http://twixar.com/QFFaVyMdM

Responder

yacov

21/06/2011 - 17h59

Quer dizer, os paulistas pagam uma elevada carga tributária para o Estado construir Hospitais, que depois são doados à iniciativa privada que ainda recebe os tubos do Estado para administrá-los e não atender à população. E eles continuam votando nesse bando de chupins que não prestam nem para administrar uma barraca de pastel na feira, há 20 anos?!?!? Olha, se os portugueses são burros como diz a lenda, São Paulo é o estado mais portugues do BRASIL, ó pá!!!

"O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – O que passa na glObo é um braZil para TOLOS"

Responder

    Orsola Ronzoni

    21/06/2011 - 19h08

    Para Yacov
    "O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – O que passa na glObo é um braZil para TOLOS"
    Por isso, quando o atual governo quer falar com o povão sempre recorre à Globo: Dilma na Ana Maria Braga, Palocci no JN, e por aí vai
    “Olha, se os portugueses são burros como diz a lenda, São Paulo é o estado mais portugues do BRASIL, ó pá!!!”
    Isso não é racismo? Seria interessante vê-lo preso, justamente você com esse nome que remete a um povo que é objeto do mais insano racismo que grassa no mundo inteiro.
    Paulista vota no PSDB porque foi o partido fundado por um acadêmico inovador, que concebeu um plano duradouro de saída da hiperinflação, que contribuiu decisivamente para a consolidação da estabilidade econômica e da democracia brasileira, entre outras coisas.
    Mas adoro quando petistas como você nos chamam de estúpidos e burros. Aliás, esse sempre foi o mote da campanha dos candidatos a governadores esmagados nas urnas: Zé Dirceu (1994), Marta (1998), Genoíno (2002), Mercadante (2006 e 2010). Assim, jamais o seu partido governará São Paulo. Tenho dito!

    PAULO P,

    21/06/2011 - 20h01

    Veja o seu idolo, fhc, confessando que levou o país ao caos e sendo savaneado pelo Clinton.
    http://www.youtube.com/watch?v=JhCQfsH-R9Q

    Orsola Ronzoni

    21/06/2011 - 22h44

    Para Paulo P.
    Em que a sua crítica ao meu “ídolo” FHC é fundamentada, se até a sua adorável “presidenta” reconhece que toda a bonança que hoje bafeja nosso querido Brasil é devida ao tirocínio desse homem extraordinário? Os vitupérios acintosos proferidos durante 8 anos em tom raivoso e ensandecido, por um presidente que parecia viver eternamente num palanque eleitoreiro, já não encontra mais eco nos dias de hoje, meu caro. Desenterre o que você quiser, mas a verdade cristalina que persiste é: FHC colocou o Brasil nos trilhos do desenvolvimento e da democracia. E será ela que perdurará nos livros de história. Claro se eles não forem escritos pelo atual ministro da educação Fernando Haddad, o do kit gay e da gramática diferenciada.

    Aline C Pavia

    21/06/2011 - 23h39

    Defenda o rombo de quase 180 milhões na saúde do estado e ponto final. Reduza-se à insignificância de sequer não conseguir se ater ao assunto em pauta. Por favor, gaste seu tempo de internet provando que raciocina, pensa e é capaz de produzir algo do seu intelecto além de tergiversações e balbucios de repetecos da imprensinha merdorrágica. Nós progressistas que somos obrigados a aguentar sua trollagem cotidiana agradecemos.

    Orsola Ronzoni

    22/06/2011 - 10h20

    Para Aline C Pavia
    Deleito-me quando uma balrog como você sobe nas tamancas e passa para a agressão gratuita. O meu comentário responde apenas à boçalidade dita por este tal de Yacov.
    Se existe realmente este rombo tem que ser levado a público mesmo, o que não dá para aguentar é este Yacov (será mesmo o nome dele?) que deve ser um “progressista” como você, aproveitar a deixa para chamar a todos os paulistas de “burros portugueses”.
    Por outro lado, a tal Conceição especializou-se em levantar a corrupção do estado de SP. Mas não todas, apenas aquelas que servem a seu propósito. Não a vi, por exemplo, escrevendo sobre o escândalo de Campinas. Será porque isto pode respingar em alguns tubarões do PT? Ou será, porque todos os progressistas já estão em campanha para a prefeitura e para o governo do estado de SP, e o importante é começar a desqualificar os tucanos desde já?

    Orsola Ronzoni

    22/06/2011 - 11h09

    Para Aline C Pavia
    Deleito-me quando uma balrog como você sobe nas tamancas e passa para a agressão gratuita. O meu comentário responde apenas à boçalidade dita por este tal de Yacov.
    Se existe realmente este rombo tem que ser levado a público mesmo, o que não dá para aguentar é este Yacov (será mesmo o nome dele?) que deve ser um “progressista” como você, aproveitar a deixa para chamar a todos os paulistas de “burros portugueses”.
    Aliás, você poderia explicar-me algo que sempre tive curiosidade de saber: o que significa progressista?
    Por outro lado, a tal Conceição especializou-se em levantar a corrupção do estado de SP. Mas não todas, apenas aquelas que servem a seu propósito. Não a vi, por exemplo, escrevendo sobre o escândalo de Campinas. Será porque isto pode respingar em alguns tubarões do PT? Ou será, por que todos os “progressistas” já estão em campanha aberta para a prefeitura e para o governo do estado de SP, e a pauta do momento é começar a desqualificar os tucanos desde já, e empurrar para debaixo do tapete os deslizes dos “cumpanheros”?

    Aline C Pavia

    23/06/2011 - 10h41

    Suas duas respostas apenas confirmam o que eu disse.

    Jr.

    21/06/2011 - 21h25

    Orsola Ronzoni, Carmen Leporace, e o raio o que mais, és analfabeto? Não lês o que seu querido PSDBosta lesa nosso estado? E se DEUS quiser, o PT VAI GOVERNAR AQUI SIM!!! BASTA QUE O POVO DE SP TIRE A TREVA DOS OLHOS E PASSE A ENXERGAR EM VOLTA.

    SÓ LEMBRANDO: VEM MAIS AUMENTO DE PEDÁGIO POR AÍ…

    Orsola Ronzoni

    22/06/2011 - 09h50

    Para Jr.
    Obrigado pela lembrança. O PSDB agradecerá tremendamente, e eu em particular, se o tema PEDÁGIO continuar sendo um dos nortes da campanha do PT. Paulistas e paulistanos responderam positivamente a essa crítica em 1994, 1998, 2002, 2006 e 2010. KKKKK hehehehehe!!!!

    Aline C Pavia

    23/06/2011 - 10h44

    O estado que é piada nacional justamente por isso. Adoram um congestionamento, um pedágio, um roubanel, um metrô lotado, e ainda por cima produz excrescências como Mayara Petruso, espancamento de gays e rodeio das gordas na Unesp. E continuam votando nos tucanalhas. Como é bom encher a boca pra falar do Palocci e esquecer o apartamento chique de FHC em Paris. Ou esquecer a fazenda, o apezinho no Leblon e os carros de luxo não declarados de Aécio. Ou fingir que não se lembra de nomes como Eduardo Azeredo e Preciado. E Daniel Dantas. Ah, se não fosse a imprensinha… e se não fossem os acéfalos que a replicam e endossam…

    Orsola Ronzoni

    26/06/2011 - 18h15

    Para Aline C Pavia
    Obrigado pela sua aula magna sobre “progressismo”. A sua maneira de tratar os nascidos no estado de São Paulo diz mais do que tudo o que significa ser progressista. E realmente e disso do que mais estamos precisando no Brasil: fomentar o ódio regional.

    Nelson

    23/06/2011 - 14h37

    O "acadêmico inovador", ao que parece o grande ídolo de Orsola Ronzoni, foi protagonista daquele que foi, possívelmente, o pior governo da história brasileira.
    FHC fez o mais deletério governo que se tem notícia. Doou quase 70% do patrimônio público, construído com muito suor pelo povo brasileiro durante várias décadas, a um pequeno grupo de megaempresas, afirmando que os recursos arrecadados os usaria para amortizar a dívida interna. Pois ele, e sua equipe de pós-graduados, mestres e doutores, mesmo com o que arrecadaram com as privatizações, conseguiram multiplicar a dívida interna do país por 10. Em janeiro de 1995 tal dívida era de R$ 68 bilhões e em janeiro de 2003 o montante chegava a R$ 685 bilhões.
    Grande Plano Real. O pior plano econômico impingido ao povo brasileiro em todos os tempos. O Plano Real é responsável por deixar nosso país completamente genuflexo frente ao capital internacional. Genuflexão que, se não for definitiva, levaremos décadas e mais décadas para dela escaparmos.
    O que muitos ainda não conseguiram entender é que o Plano Real não se resumiu apenas ao controle da inflação.
    Pergunta inevitável. Se tal plano fosse realmente bom para o Brasil e seu povo, teria sido aplaudido e aprovado pelo duo FMI/Banco Mundial e os países do primeiro mundo?

    Orsola Ronzoni

    26/06/2011 - 18h26

    Para Nelson
    Acho melhor você informar-se um pouco melhor. Eu apenas repeti as palavras escritas por Dilma a FHC na carta a ele endereçada pela comemoração dos 80 anos: “… um acadêmico inovador, que concebeu um plano duradouro de saída da hiperinflação, que contribuiu decisivamente para a consolidação da estabilidade econômica e da democracia brasileira”.

Almeida

21/06/2011 - 17h56

Seja sempre, Conceição Lemes. Parabéns!!!

Responder

M. S. Romares

21/06/2011 - 17h50

Isso é, certamente, a ponta do iceberg. Embora paulista, me arrepia a possibilidade de um dia o PT vir a se tornar governo de SP. Como foi dito por outros comentaristas, vai pegar uma "bagaceira" de dar pena (de tucano?). E todo o pig descendo a lenha o tempo todo. Às vezes fico pensando que seria melhor esquecermos SP, mas ele faz parte da União. Uma sinuca de bico que não vai ser pra qualquer mortal sair ileso.

Responder

Renato Lira

21/06/2011 - 17h45

O Contas Abertas denunciou este fato?

Responder

    Conceição Lemes

    21/06/2011 - 18h04

    Renato, esta matéria é exclusiva do Viomundo. Não há nada semelhante. Este levantamento foi feito por mim, pesquisando o Diário Oficial. abs

    Ricardo

    21/06/2011 - 18h07

    Bom mesmo é o PT que rouba sem precisar privatizar.

    Scan

    21/06/2011 - 18h42

    Alguns trolls são inteligentes e contundentes.
    Os mais burrinhos repetem o mantra.
    Cadê os trolls mais preparados? Não receberam esse mês?

    MARCOS

    21/06/2011 - 19h57

    Essa é a gestão da saúde que o Serra queria levar par o país inteiro!!!!

    MARCOS

    21/06/2011 - 18h43

    Eles dizem que o estado tem que ser mínimo para poder cuidar das áreas prioritárias como saúde e educação… mesmo assim eles não cuidam!!! para que o estado cobra IPVA já que concede exploração de rodovias, deveria extinto tal imposto.Tá provado pelo documento que não cuidam da saúde.

    Gersier

    21/06/2011 - 19h21

    Nos dê um exemplo.Factóide do PIG não vale.

    ANDRE

    21/06/2011 - 18h26

    Estão em dia com a mensalidade do contas abestas, cabrito bom não berra!!!

    João PR

    22/06/2011 - 11h27

    Renato, você acredita no contas abertas???

    Não creio que o contas abertas tenha interesse em divulgar as privatarias tucanas.

pereira

21/06/2011 - 17h35

Só uma pergunta porque tudo que tem tucano tem robalheira? Não tem nada sério, só desviu de recurso e mais nada. Cada dia que passa fica mais nojenta, e ainda temos que a quentar o pps na televisão.

Responder

    Gersier

    21/06/2011 - 19h24

    Não é atoa que é o partido que tem mais políticos presos e cassados.E o PIG ó,caladinho caladinho.E os aTROLeimados ficam nos blogs "sujos" escrevendo babaquices.

João PR

21/06/2011 - 17h35

Poxa vida, depois desta demonstração da Conceição Lemes será que algum parlamentar da oposição em São Paulo vai tomar alguma providência??

Tucanagem = privatização = incompetência = desvios de verbas??????????"!!!!!!

Responder

    rodrigo.aft

    22/06/2011 - 12h45

    João,

    corrigindo… Tucanagem = privatização (transferência criminosa de dinheiro do estado ou da população para mãos privadas) = competência (para…) = desvios de verbas?

    os tucanos, antes da fase demo-tucana (q ajudou a desmarcarar mais rápidamente a máscara de social-democracia… kkk), já tinham o know-how de como sucatear o estado, privatizar as empresas e serviços mais rentáveis a preço de banana e tirar o controle de preços e legislação da mão do Estado através das agências de (des)regulamentação (como já comentei antes, o lobby financeiro e idustrial estadunidense já fazia isso há décadas através dos, antes, republicanos; agora tanto democratas qto republicanos comem na mesma mão… do lobby sionista… fico pensando se os estadunidenses parasitam os sionistas ou os sionistas parasitam os estadunidenses!
    (dilema da cream-crackers, lembra? é fresquinho pq vende mais ou vende mais pq é fresquinho? rsrs)

    qdo abrirem as caixas pretas das privatizações do psdb, vai feder do alaska à patagônia, e vão também, sem surpresa nenhuma, encontrar os tentáculos do sionismo em vários partidos tbém… pois é!
    por isso não se abre e não vai se abrir (tão já, pelo menos.

    sabia q um pqueno aumento no preço do nióbio paga a banda larga estatal?

    MAS… NÃO SE TOCA NO ASSUNTO NIÓBIO… ALGO RONDA ESSE TEMA.. NENHUM, NENHUM PARTIDO FAZ CAMPANHA PARA REVER OS PREÇOS… ESTRANHO!?!?!?!?

    João PR

    26/06/2011 - 01h43

    Pois é Rodrigo. Tem coisas que não sabemos porque não são tocadas.
    Por exemplo, a CPI do Banestado evaporou!!!
    As contas CC-5 foram usadas para levar dinheiro ao exterior via Banestado.
    E até agora, "ninguém sabe, ninguém viu".
    E nós, pobres mortais, vamos vivendo a vida, nos indignando, sonhando e fazendo o que podemos para o Brasil ser mais decente.
    Às vezes acho que os chineses têm razão no trato que dão aos corruptos naquele país: julga-se, e se for condenado o corrupto pode ser executado, e a família ainda paga o custo da bala da execução para o Estado.
    Será que teremos que ter uma legislação assim por aqui???????

Rasec

21/06/2011 - 17h24

O que revolta é essa mídia tucana de SP e esse Ministério Público de SP inoperante! Isso sim é que é uma reportagem, um serviço de utilidade pública que muitos jornalistas não são capazes de fazer. Cadê o Contas Abertas que não pega isso? Cadê a Transparência Brasil, que de transparente não tem nada?
Parabéns ao site e à Conceição!

Responder

Zilda

21/06/2011 - 16h45

Alguém precisa mandar essa matéria para Bresser Pereira porque, ontem no Programa Brasilianas.Org, de Luis Nassif, na TV Brasil ele afirmou que não entende porquê médico, e outras categorias da área da saúde, têm que ser funcionários públicos. Que em S.Paulo a saúde está nas mãos de OS e que está indo muito bem. Muito bem para quem, cara pálida?

Responder

    Zé Fake

    21/06/2011 - 21h17

    O que eu não entendo é porque levantam tanto a bola do Bresser.

Orellano Paz

21/06/2011 - 16h16

Ah… isto sim é Jornalismo.
Assim dá gosto.
Valeu, Conceição!

Responder

Mateus

21/06/2011 - 15h59

É o tal choque de gestão que tanto diziam que estava acontecendo em sp…

Responder

paulo

21/06/2011 - 15h55

A POPULAÇÃO PAULISTA DEVERIA EXIGIR UMA CPI, OQUE É QUASE IMPOSSÍVEL GRAÇAS AO PIG.
SERÁ QUE UMA PARTE DESSE DINHEIRO NÃO VAI PARA MÃOS DE POLITICOS??????

Responder

    Marisa

    21/06/2011 - 19h20

    Nem precisava perguntar, né não, Paulo? Vc ainda tem dúvida?

John

21/06/2011 - 15h51

Faça uma reportagem nesses hospitais e comprove que a maioria dos médicos nao sao contratados ou e recebem por fora. Porque será?
Quando sao contratados, são por terceirizadas da terceirizada. Porque será?

O próximo governador vai cair no maior buraco sem fundo do país em todos os tempos.

Responder

Edmilson

21/06/2011 - 15h22

Está em julgamento no STF uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (nº 1923) contra a Lei Federal 9637/98 (FHC…), que regulamentou as OSs. Essa ação foi distribuída em 01/12/1998, mas o clube lítero-poético-recreativo de Gimar Mendes, Peluso, Elen & Cia. só foi julgar o pedido de liminar em 01/08/2007, indeferindo-o, sendo que um dos principais argumentos foi o tempo já transcorrido desde a edição da lei (!!!! – a liminar foi pedida 6 meses depois da publicação dela…).
Já votaram Brito e Fux, julgando parcialmente procedente o pedido. Marco Aurélio pediu vistas…

Responder

João Sérgio

21/06/2011 - 15h10

É, parece que é na Saúde que os Tucanos fazem o serviço. Lembram-se dos escândalo dos Sangue Suga, quando o "Jênio", era ministro da Saúde. Não nos esqueçamos que o governador Alckimi(co )m é médico. Coincidência ??????????? E não são eles que vivem acusando os adversários de aparelhar o Estado.

Responder

    Klaus

    21/06/2011 - 16h31

    O dos aloprados, aquele que o Mercadante está envolvido até o pescoço?

    Scan

    21/06/2011 - 18h39

    ZZZZZZZZZZZZZZZZZ…
    Sempre o mesmo…

    MARCOS

    21/06/2011 - 20h05

    Que argumento é esse:ZZZZZZZZZZ? você não se dizainteligente!!!!

    Scan

    21/06/2011 - 21h02

    Porque "argumento" tal como o apresentado pelo troll Klaus só consegue me dar sono.
    Você talvez ainda não esteja acostumado.
    Ou talvez seja o único tipo de "argumento" que você usa também.
    Enfim…

    Edmilson

    21/06/2011 - 18h54

    É. Mais um "escãndalo seletivo" da mídia, que não quis saber das provas da participação (ou, no mínimo, da proximidade) de Serra bi escândalo dos "sanguessugas". Assim como na "quebra do sigilo fiscal" da "filhinha querida" do Serra, onde a imprensa não teve o menor interesse pelo conteúdo, só dando destaque à formada obtenção. Já no vazamento dos dados fiscais de Palloci na prefeitura de SP o enfoque foi bem diferente…

    betinho2

    21/06/2011 - 19h04

    Tem gente que lé a Veja de goela escancarada e cérebro vazio…é para esses que ele existe.

    jose carlos de souza

    22/06/2011 - 09h44

    Que voces dizem que fez dossiê para ele mesmo comprar. Uma burrice neoliberal.

betinho2

21/06/2011 - 15h04

Conceição Lemes
Antes de mais nada, parabéns,parabéns e parabéns pela maravilhosa reportagem/investigativa que desnuda a falácia demotucana na "jestão" da Saúde.
Agora, "quem paga"?…primeiramente, de boa vontade os eleitores dos demotunganos, em segundo, compulsóriamente os que não votaram neles, e por fim a saúde de todos que dependem dessa arapuca demotungana.

Responder

João Bahia

21/06/2011 - 14h56

Um dia os tucanos vão sair do estado, e vão entregar só o bagaço, um arremedo de estrutura, um sem número de bombas-relógio… coitado de quem pegar… a imprensa golpista, mentirosa, enganadora – que sustenta esta bandalheira – será a primeira a jogar pedras.. não é à toa que eles acabaram com a educação no estado de São Paulo.. é uma terra de cegos.. e quem tem a imprensa é rei…

Responder

    José Alberto SSA BA

    21/06/2011 - 15h56

    João.
    O inacreditável é que o PT de SP, que almeja prefeitura e governo estadual, não dá um pio quanto a essa situação toda. O mesmo ocorreu quando das enchentes. Está esperando ser governo pra receber a metralhadora da mídia paulista?.
    Garanto se o Azenha enviar a matéria acima (levantamento excelente) para qualquer senador ou deputado paulistas eles vão retrucar: – hã, hã, saiu na Globo? – hã, hã, saiu na FSP? – hã, hã, saiu na Veja? – hã, hã, saiu no Estadão?. Ante a resposta "não", darão as costas e irão para seu compromisso social.

    Zé Fake

    21/06/2011 - 21h15

    O inacreditável é que o PT de SP, que almeja prefeitura e governo estadual, não dá um pio quanto a essa situação toda. O mesmo ocorreu quando das enchentes. Está esperando ser governo pra receber a metralhadora da mídia paulista?

    Já desisti de esperar alguma coisa do PT de São Paulo. Na verdade, do PT do Brasil, como um todo: se não fosse o Lula a carregar esse partidinho nas costas, o PT já tinha virado um PCO ou um PSOL da vida. Em SP a incompetência política deles é uma coisa que extrapola todos os limites. Com todos os abusos cometidos pelo Serra em SP eu nunca vi o PT se manifestar. Tinha que ficar fazendo barulho todo dia, na Assembleia, na Câmara, no Twitter, no Facebook, nos blogs, incomodar o MP,a OAB, fazer barulho em tudo quanto é lugar, que uma hora iriam furar a blindagem da mídia. Mas nada, nada, nunca se mexem, ficam surfando na popularidade do Lula. Eu até acho que teria sido interessante se o Ciro Gomes tivesse arriscado a concorrer em SP, apesar do medo que eu tenho dele: pelo menos é um cara combativo, ao contrário das lesmas do PT paulista. Enfim, o jeito é torcer para que Lula continue a atuar a nível nacional (e torcer pela saúde dele), porque aqui em SP já perdi as esperanças.

    Gersier

    22/06/2011 - 09h07

    Garanto que não são só os políticos do PT paulista não. Semana passada tinha um paulistano,meu conhecido, prestando serviços de manutenção para uma empresa aqui na minha cidade.Admirado ele me disse que procurou e não encontrou em várias bancas a Folha de São Paulo.Respondi pra ele na gozação que só quem gosta de ser alienado e acredita nas mentiras da veja e da folha,são os paulistas.Antigamente era até posssivel encontrar,mas de tanto virar encalhe,os distribuidores locais tomaram a decisão de não vender mais.

Avelino

21/06/2011 - 14h49

Caro Azenha
É o neoliberalismo sendo aplicado, assim também o fazem com a Educação, Segurança, etc etc etc.
O cidadão paga de duas formas, pelos impostos e pela sacanagem dos desvios desse modelo economico.
E que é pior, recai tudo sobre a Dilma, assim como recaiu sobre o Lula. E não adianta afirmar que o governo federal envia verbas.
Para o PIG, é decaso do governo federal.
Saudações

Responder

lia vinhas

21/06/2011 - 14h45

Aqui no Rio os governos estadual e muncipal já estão introduzindo há um bom tempo essas "cocoperativas" que contratam profisionais da saúde e educação com salários muito superiores aos dos concursados e mesmo assim não estão conseguindo montar as equipes. É realmente a privatização da saúde e educação com dinheiro público e sem resultados positivos seguros. E aí? O que vai acontecer?Se a população se rebelasse e deixasse de votat baseado no disse que me disse, na belesa, etccc. dis canddatos, talvez o Rio se tornasse um lugar melhor para viver.

Responder

Tânia Veiga

21/06/2011 - 14h40

Tudo isso é um escândalo. Sem contar que centenas de médicos, sérios, tentam trabalhar, não têm condições dignas, recebem mal e são destratados. Enquanto isso, essa corja lucra, desvia, acumula e espolia os cidadãos paulistas. E o eleitorado de São Paulo ainda está contente com o tucanato. É triste, muito triste!

Responder

Celso

21/06/2011 - 14h19

Pra essa tchurma saúde é mercadoria e não direito essencial. Tem prefeito de partido de direita na região de Ribeirão Preto que tem orçamento pequeno e está construindo hospital municipal. Será que se esqueceu do custeio ou a idéia é privatizá-lo depois livrando os empresários do capital principal da construção utilizando dinheiro público tal qual a história das rodovias pedagiadas em São Paulo?

Responder

    beattrice

    27/06/2011 - 13h47

    Vide o caso exemplar do que ocorreu e ainda ocorre em Sumaré.

aurica_sp

21/06/2011 - 14h01

O pior é a Secretária defender as OSS com todos esses números, simplesmente um absurdo. Esse sistema é o orgulho dos Tukanos aqui em SP.

Responder

ZePovinho

21/06/2011 - 13h56

A eficiência da iniciativa privada em amealhar(um verbo ao gosto da VEJA) dinheiro público é espantosa……

Responder

    Nelson

    22/06/2011 - 11h14

    É isso aí, Zé. E o "nosso governo" Dilma ainda inventa as tais de SPEs (Sociedades de Propósito Específico) para administrar os aeroportos. Propósito específico para quê, mesmo?
    Deve ser para engordar os lucros de quem já está balofo de tanto ganhar dinheiro.

    ZePovinho

    22/06/2011 - 16h27

    Tem o financiamento privado de campanha,Nelson.O famoso caixa 2.È ele que permite a criação de burocracias partidárias que matam os partidos e vão acabar nos tornando como os EUA:regime de partido único com duas alas de direita.

Hospitais públicos de SP gerenciados por OSS: A maioria no vermelho

21/06/2011 - 13h47

[…] Hospitais públicos de SP gerenciados por OSS: A maioria no vermelhoBy Paulo Navarro – 21/06/2011Postado em: Equipe do Blog Tweet Por Conceição Lemes, no Viomundo (http://www.viomundo.com.br/denuncias/hospitais-publicos-de-sp-gerenciados-por-oss-a-maioria-no-verme…). […]

Responder

LUCAS

21/06/2011 - 13h45

A SITUAÇÃO DA EDUCAÇÃO NO ÂMBITO FEDERAL COMEÇA A…
…dar sinais de abandono, de descaso.
Não bastasse a greve dos técnicos-admnistrativos das Universidades Federais, a UnB foi CONDENADA A IDENIZAR EM R$ 10 MIL UMA ESTUDANTE DEFICIENTE, a conferir no link: http://desatualidadescronicas.blogspot.com/2011/0

Responder

    Leider_Lincoln

    22/06/2011 - 16h43

    Meudelz! Técnicos em greve e uma estudante indenizada. Rombo de 10 mil reais!!! É a crise, nos acuda, PSDB, pelo amor de Darwin! Só os mapas com dois Paraguais e nenhum Equador podem nos salvar!

Ana

21/06/2011 - 13h43

E que São Paulo nunca se esqueça dessa 'Gestão Tucana', persistir num erro…

Responder

    GilTeixeira

    21/06/2011 - 15h02

    É antisse, ana, um bando de antas amestradas!

    Gersier

    21/06/2011 - 19h29

    Tão persistindo ha vinte anos.São uns masoquista.Lembra daquele bordão de uma humorista que levava umas bordoadas do marido no pé das orelhas que, quando peguntavam porque ela continuava com ele ela respondia: "mais eu goistio".

robledo duarte

21/06/2011 - 13h28

Tudo no Brasil morre nas idéias e projetos, quando parte para execução aí vem o crime. Primeiro no caso dos hospitais, vem o governo, depois os donos de hospitais, depois o cara que arranjou pro hospital virar um oss e aí no final vem os paciente, aliás para este tipo de marmota este é o nome adequado.

Responder

silviakochen

21/06/2011 - 13h27

Não há dúvida de que quem paga a conta é o cidadão, ou seja, todos nós. O verdadeiro problema é a espoliação dos cofres públicos já que essas verbas estão sendo transferidas sem qualquer controle para instituições privadas.

Responder

silviakochen

21/06/2011 - 13h25

Não há qualquer dúvida de que quem paga a conta é o cidadão. Mas o problema realmente é que trata-se de um assalto.

Responder

Marcelo de Matos

21/06/2011 - 12h24

E a roubalheira nos hospitais públicos? Escândalo, para a Folha, foi só o faturamento do Palocci. O fato do Pagura ter recebido sem trabalhar não é escândalo; nem os rolos do Pinto na área de Segurança. Ele deverá sobreviver a mais um escândalo: a negativa de investigação contra delegados de classe especial.

Responder

Deixe uma resposta