VIOMUNDO

Frei Chico, irmão do ex-presidente Lula: “Jornalista da Veja agiu como bandido”

27 de fevereiro de 2015 às 09h34

Captura de Tela 2015-02-26 às 18.43.03

por Conceição Lemes

Nessa quarta-feira 25, a família de Frei Chico, irmão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, registrou um boletim de ocorrência contra o repórter Ulisses Campbell, da revista Veja, que durante três dias assediou-os.

“Foi um horror”, contou-me  a sempre serena Ivenis, esposa de José Ferreira da Silva, o Frei Chico, como é conhecido desde os tempos de metalúrgico em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, há quarenta anos.

Ulisses Campbell veio de Brasília para São Paulo especialmente para isso.

Primeiro, ele foi atrás do próprio Frei Chico, que relembrou a esta repórter:

— Na segunda-feira (23 de fevereiro), ele ligou para a minha casa, dizendo que era Pedro, do Instituto Lula. Quando a minha neta me levou o telefone, ele, de repente, começou a especular sobre a família, nomes de sobrinhos e netos de Lula, a fazer perguntas sobre o meu neto Thiago…

— Cara, o que você está querendo mesmo?

— Eu estou fazendo um mapa da família do Lula, um histórico…

— Mas para que instituto você está fazendo isso?

— Pro Instituto da USP…

— Na hora, pensei: “Acabou de mentir pela segunda vez”.

— Aí, ele acabou se identificando como Ulisses, da revista Veja. Disse que estava em busca de informações da festa de aniversário. Eu disse que não tinha festa nenhuma.

— Depois, esse cara me aparece em São Caetano… Tentou fazer com que um jornalista antigo, conhecido meu há mais de 40 anos, me convencesse a dar entrevista a ele.  O que eu vou falar para esse rapaz depois do que ele fez? Não dei entrevista, claro!

Na terça-feira, Ulisses foi atrás de Denis, um dos filhos do Frei Chico, que mora em Sorocaba:

—  Ele ligou para o celular da minha nora, se fazendo passar por Pedro, de Brasília, representante do Buffet Aeropark… Queria saber onde deveria fazer a entrega dos presentes. Minha nora disse que não tinha nada de festa, de aniversário…Meu filho ligou pro buffett, perguntou se lá trabalhava uma pessoa chamada Pedro, disseram que não tinha nenhum funcionário com o nome de Pedro.

Na quarta-feira, usando identidade falsa na portaria do condomínio, foi até a casa do filho do Frei Chico, dizendo que iria entregar um livro.

— Como ele não entregou livro nenhum e começou a fazer perguntas sobre a família, a babá fechou a porta e chamou a polícia. Aí, ele fugiu.

— O Denis conversou com ele por telefone. Ele disse duas vezes : “Se você não me der as informações que eu quero, vou publicar o eu que quiser”.

— Para intimidar ainda mais, mandou uma mensagem para o celular do meu filho com a foto da minha nora e do meu neto… Disse que iria publicar na próxima edição da revista Veja

Lá atrás Frei Chico foi do Partido Comunista Brasileiro (PCB), o Partidão. É  sangue bom. Tranquilo. Conciliador. Sempre rindo. Sua risada é reconhecida de longe.Só que essa história deixou-o preocupado.

Viomundo —  O que acha do comportamento  desse jornalista?

Frei Chico — A pessoa que age dessa forma é tão  baixa… Ele agiu como um bandido. A ética jornalística está indo para o ralo. Isso é caso de polícia. Ele cometeu vários crimes ao mesmo tempo.

Viomundo – Na época da ditadura, você foi preso, torturado, teve companheiros  mortos. Lembra de  ter tido contato com um jornalista que teve a postura do Ulisses Campbell?

Frei Chico – Não, porque quem fazia isso era a polícia. Esse momento político que nós estamos passando me lembra muito a perseguição aos comunistas, à esquerda em geral na época da ditadura.

Sinceramente estou muito angustiado.  A grande mídia julga e condena a pessoa ao mesmo tempo.  Ela estampa a tua foto no jornal, na revista, na TV, como se você fosse bandido, [como se] tivesse culpa por algum malfeito. Depois, vai se investigar e não aconteceu nada daquilo.  Só que com aquela matéria a pessoa já foi condenada. E  Justiça brasileira ainda é muito lenta, para punir esse tipo de jornalismo que também desinforma,deseduca, fere a dignidade humana.

Viomundo – O que a sociedade tem de fazer?

Frei Chico – Um grande esforço para manter a dignidade humana. Como eu já disse antes, eu estou muito angustiado. Parece, por exemplo, que piorou o tratamento da mídia às causas nacionais. A gente não vê a grande imprensa defender as empresas nacionais, mesmo que sejam grupos privados.

Em outros países, até onde sei, se acontece algo errado numa empresa, você pune os responsáveis e salva a empresa. Aqui é o contrário. A gente vai destruindo tudo o que é nacional como se fosse algo banal, beneficiando as empresas estrangeiras, o capital internacional.

Viomundo – Entreguismo?

Frei Chico — Entreguismo, sim. Faz parte de um projeto geopolítico muito mais amplo. O que eu vejo é uma política de desgaste das indústrias e dos projetos nacionais. E a grande mídia tem imensa responsabilidade nisso. Nós temos de reagir!

O Viomundo depende de você para sobreviver e produzir conteúdo exclusivo como este. Torne-se um assinante!

Leia também:

Família do ex-presidente Lula registra boletim de ocorrência contra repórter da revista Veja

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
20 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

abolicionista

28/02/2015 - 23h59

A Veja vejando…

Responder

FrancoAtirador

28/02/2015 - 20h27

.
.
Jornalista Caco Barcelos explica para a Cheirosa Cantareira o que é Jornalismo
.
https://www.youtube.com/watch?v=o79VPhf_2UE

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    01/03/2015 - 09h12

    Essa jornalista expoente do “jornalismo declaratório” (cafajeste, eu diria!) ganhou merecidamente o codinome de Eliane Tucanhêde por essa expressão que ela cunhou quando fazia a cobertura da Convenção do seu partido deixando escapar um encantamento e entusiasmo típico de uma menina que aguarda ansiosa o início do Show da banda do seu ídolo preferido.

    Ela também notabilizou-se pelo seu trabalho que poderia lhe valer o título de “Musa do Apagão” no período que dedicou-se de corpo e alma para INVENTAR factoides para desacreditar o Sistema Elétrico nacional gerido pelo Governo Federal, aparentemente em busca desesperada por um paradigma confortável para o desastroso episódio do APAGAO de 2001, esse sim ESTRUTURAL, consequente de desequilíbrio entre CAPACIDADE GERADORA e DEMANDA (por isso ESTRUTURAL), decorrente, esse sim, de falta de gestão, planejamento e investimentos. Ou seja: FALTA DE GOVERNANÇA!!
    Culminou essa busca desesperada numa INACREDITÁVEL BARRIGA publicada em janeiro de 2013, anunciando de forma DECLARATÓRIA, sua característica principal, a realização de uma REUNIÃO DE EMERGENCIA no MME para tratar de uma suposta “crise de energia”, quando tratava-se, a tal reunião, de reunião ordinária realizada mensalmente, conforme agenda do MME publicada e cumprida durante todo o ano anterior, de 2012.
    JORNALISMO DECLARATÓRIO E PARTIDÁRIO da pior espécie:
    http://limpinhoecheiroso.com/2013/01/11/para-atacar-o-governo-federal-eliane-cantanhede-joga-ainda-mais-a-folha-no-fundo-do-poco/

Sandra portal

28/02/2015 - 03h17

Só quero pedir uma coisa que está me deixando indignada é o governo não colocar em pratica a LEI DE MÉDIOS . QUEREMOS JÁ….

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    28/02/2015 - 21h44

    Cara Sandra Portal. Quem tem atribuições legais para fazer as LEIS, inclusive a regulamentação do Artigo 220 da Constituição Federal que trata dessa matéria, Comunicações, é o Congresso Nacional, onde o partido líder da Coalisão Politica do Governo perdeu, nessa legislatura, 18 (dezoito) deputados. O mesmo Congresso Nacional onde agora a Camara dos Deputados é presidida pelo Eduardo Cunha, conhecido lobista dos Grupos de Mídia e Telecomunicações, entre outros interesses empresariais. Só para vc ter uma ideia do poder do PT para mexer com esse “vespeiro”, a regulação democrática da mídia constava no Programa Eleitoral da então candidata à Reeleição, Dilma Roussef, e teve que ser retirada do programa por pressões dos partidos da tal base aliada.
    Todo o arranjo dos Poderes do Estado e o propalado “Equilíbrio” entre eles residente na independência de cada um nas suas respectivas esferas de atuação, consistente na atuação dos Três Poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário, no Brasil, é uma fantasia porque, um olhar atento, vai perceber que todos esses “três poderes” são submetidos a um QUARTO PODER. Que o Saul Leblon chama de PODER PERMANENTE representado no Brasil pelos grandes bancos nacionais e estrangeiros, cuja voz emana das emissões do Sistema Midiático controlado pela GLOBO, ancorada nos poderes políticos dos EUA e Europa que, por sua vez, também estão submetidos ao poder das instituições financeira internacionais. Todo esse sistema de Poder no Brasil depende do controle dos meios de Comunicação que controla o que a população deve e o que ela não deve saber (veja o caso da lista do HSBC, apenas um exemplo de como ele atua). Portanto, o domínio dos meios de comunicação, controlado pelo oligopólio midiático liderado pela GLOBO é o centro nervoso onde se baseia a hegemonia do PODER PERMANENTE que, por conseguinte, será defendido com todas as forças, inclusive MILITARES, se necessário. Um exemplo dos dias de hoje. Os EUA querem o petróleo do Pré-Sal de qualquer maneira. O meio de consegui-lo por meios pacíficos é desacreditar e enfraquecer quem o opera, a Petrobras e, por trás dela o Governo. O Moro, o MPF e a PF fazem o trabalho sujo e a grande mídia a propagação da ideia de que a empresa, que vem apresentando os resultados mais extraordinários nos últimos anos, é um ANTRO DE CORRUPÇÃO e exemplo da má administração. Com a campanha midiática ensurdecedora, a população acredita e se convence que se deve fazer o que disse, há poucas horas, o Jose Serra, que já tentou vender a empresa lá nos anos 90. Dessa forma os EUA poderão assumir o controle do nosso petróleo sem disparar um míssil, como fazem e fizeram sempre no Oriente Médio.

Daniel

27/02/2015 - 23h48

Peguem esse “repórter”, surrem ele até não sobrar nada mais do que um trapo ensanguentado e depois mandem o que sobrar pra o prédio da Abril. É o que MERECE um filho da puta desses que têm a ARROGÂNCIA de dizer “ou me diz o que eu quero ou eu vou publicar o que eu quiser”. CADEIA NO CRÁPULA!!!

Responder

Cláudio

27/02/2015 - 19h13

:

Ouvindo A Voz do BraSil e postando:
.
**** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ **** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ **** ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ****
.
************* Abaixo o PIG brasileiro — Partido da Imprensa Golpista no Brasil, na feliz definição do deputado Fernando Ferro; pig que é a míRdia que se acredita dona de mandato divino para governar.
.
Lei de Mídias Já!!!! **** … “Com o tempo, uma imprensa [mídia] cínica, mercenária, demagógica e corruta formará um público tão vil como ela mesma” *** * Joseph Pulitzer. **** … … “Se você não for cuidadoso(a), os jornais [mídias] farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo” *** * Malcolm X. … … … Ley de Medios Já ! ! ! . . . … … … …
.
“O propósito da mídia não é de informar o que acontece, mas sim de moldar a opinião pública de acordo com a vontade do poder corporativo dominante.”. Noam Chomsky.

Responder

Fulvo Costa

27/02/2015 - 18h48

Bomba (só que não): Rodrigo Constantino está de mudança para Miami!

http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/democracia/direita-miami-rumo-aos-estados-unidos-por-longa-temporada/

Vazaaaaaaa!

Responder

FrancoAtirador

27/02/2015 - 16h41

.
.
É mais uma prova de que a Mídia-Empresa,
com Ideologia de Direita, não tem Escrúpulo.
.
Na primeira oportunidade, afronta a Constituição,
e, se puder, atentará contra o Estado Democrático.
.
.

Responder

Ruy Travassos Sarinho

27/02/2015 - 16h39

Isto aí nunca foi jornalismo, é um prostituto dos patrões a serviço das famílias mafiosas que comandam as empresas de comunicação do País. Mas eu acho bem feito, porque os Governos Lula e Dilma deviam ter feito, há muito tempo, o que foi feito na Argentina e Venezuela. Regulamentação da Mídia, já!!! Mas era para ter sido para anteontem. Como jornalista, tenho vergonha de um escroto desse aí da Revista “Óia”.

Responder

Jeferson

27/02/2015 - 14h54

Veja e Jornalismo, na mesma frase? Paradoxo?

Responder

Donizeti - SP

27/02/2015 - 14h42

Mas é o próprio PT que incentiva esse tipo de jornalismo-bandido.

Primeiro foi quando pegaram a Veja e seu editor mancomunado com o bicheiro Carlinhos Cachoeira e aliviaram na conclusão daquela CPI, o PT tinha a faca e o queijo na mão para acabar com a Veja e não fez nada, ficou fazendo cara de paisagem.

O segundo momento foi na véspera do segundo turno da eleição presidencial do ano passado, com a matéria mentirosa de capa da Veja, com a Dilma e o Lula usados como material de campanha pelos tucanos em boca de urna.

Afinal onde está correndo processo criminal que a Presidenta Dilma disse que ia mover contra a revista Veja pela reportagem mentirosa 3 dias antes do segundo turno, dizendo que a Dilma e o Lula sabiam dos desvios na Petrobrás e que quase derrotam a candidata do PT ?

É por isso que a mídia golpista deita e rola em cima do PT e do governo federal, não sei o que estão esperando para enfrentar essa corja golpista e entreguista.

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    28/02/2015 - 20h11

    Donizeti. Vc tem razão. Em muitos casos o PT coonestou com a bandidagem da mídia chantagista e corrupta para não abalar relações com a base aliada como ocorreu no caso da CPI do Cachoeira que De. Miro Teixeira e toda a bancada do PMDB do Rio de Janeiro liderada pelo Sergio Cabral, exigiram do Relator Odair Cunha – PT – MG que reescrevesse o relatório da comissão retirando indiciamento do “Caneta” o Bob Civita, conforme estava registrado na minuta do relator. Ai temos que registrar duas coisas. A primeira é que o PT não é a doença da politica brasileira. Ele apresenta os sintomas dessa doença que afeta a todos os brasileiros e poucos sabem que dela sofrem. A grande doença da politica se chama PMDB, totalmente submetido ao partido mais poderoso. O Partido da GLOBO que, por sua vez, é embaixador no Brasil dos interesses do EUA.
    Sobre todos esses PROBLEMAS, paira ileso e absoluto, a inutilidade, o autismo, a incúria, quando não, a CORRUPÇÃO, do JUDICIÁRIO.
    Eu lhe pergunto: A quem recorrer em defesa de direitos lesados sistemática e reiteradamente pelos empresários bandidos DONOS dos meios de comunicação? Qualquer um responderá, à JUSTIÇA, evidentemente!!! Quem detém no Brasil a competência e exclusiva atribuição legal de oferecer ao cidadão o acesso à assistência que requeira a atividade JUDICANTE? É a mesma instituição que abriga “…bandidos escondidos atrás das togas!!” Como disse a Dra. Eliana Calmon e os próprios membros do judiciário demonstram a verossimilhança dessa afirmação todos os dias diante de nossos olhos!! Só para citar alguns exemplos dessa confirmação continuada e sistemática por parte dos próprios integrantes membros do Poder Judiciário, o mais corrupto da República.
    1º) Quem cala consente. A Dra. Eliana afirmou isso publicamente e não foi interpelada por ninguém por isso!
    2º) O mesmo sujeito PUSILANIME que acabou com o direito de resposta, o tal de Ayres Britto foi, dias depois de prestar esse serviço aos empresários bandidos da grande mídia, receber homenagens desses empresários, num dos Institutos representativos da bandidagem grã fina. Esse mesmo cidadão, em mais uma demonstração de falta de ética, moral e caráter, até para ser office boy de cabaret, foi assinar dedicatória do livro do Merval Pereira que versava sobre o julgamento da AP 470 que ele acabara de presidir nas estritas diretrizes estabelecidas pelos Barões da Midia que a encomendaram.
    3º) Para não alongar (porque são milhares os exemplos comprobatórios), temos o exemplo mais recente do Juiz do Rio de Janeiro que APROPRIOU-SE dos bens sequestrados por decisão judicial DELE MESMO, para USO PESSOAL. Outra prova da CORRUPÇÃO que grassa no poder judiciário virá em seguida, embora, certamente, não deverá ser claramente percebida, por conta da proteção dos seus comparsas da grande Midia, na forma absolutamente da apuração e abafamento desse desvio. Quem julga o judiciário CORRUPTO é o próprio judiciário CORRUPTO.

    Então, ressalvadas as nossas insatisfações com os desafios que o PT não foi capaz de enfrentar e vencer, temos que reconhecer que alguns bravos guerreiros tiveram que realizar desmesurado esforço para caminhar alguns passos sobre os obstáculos diversos do PANTANAL de imundícies INSTITUCIONAIS em que vivemos.

FrancoAtirador

27/02/2015 - 14h12

.
.
Se um dia houve Ética Jornalística na Mídia-Empresa,
.
ela já escorreu para o Ralo do Esgoto há muito tempo.
.
.

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    27/02/2015 - 18h20

    Escorreu pelo esgoto e foi sedimentar-se em formato de “detrito sólido de maré baixa” (PHA) na sede das revistas dos bandidos da famiglia Civita!!

Manoel Teixeira - exPeTralha

27/02/2015 - 13h03

Lula não processou a Veja antes em várias oportunidades. Teve o caso do ‘grampo’ Demóstenes/Gilma/Cachoeira que ficou por isso mesmo. Foram punidos Lacerda, da ABIN, e Protógenes, da PF.
Lula não processou Gilmar quando o mesmo afirmou que Lula o assediou para ‘ajudar’ o PT na AP 470.
Teve a CPI de Cachoeira e Lula e o PT apequenaram-se, deixaram a Veja sair incólume.
A Veja fez campanha terrorista contra o PT no segundo turno das últimas eleições, quase derrotando Dilma.
Agora é mais do mesmo. Continuam dando dinheiro para a Veja.
Lula e o PT não têm do que reclamar.

Responder

wanildo alves

27/02/2015 - 12h41

Caro Azenha, pelo que observo, as lições do “CANETA”, com uma ajudinha de alguns pseudos- jornalistas , está fazendo história no jornalismo de esgoto da Revista Veja. Tenho pena (dó) dos assinantes desse periódico (alguns amigos próximos) que sustentam a industria das notícias falsas (se recusando a identificar a fonte), como foi o caso da “CAPA FALSA DA VEJA NA ÉPOCA DAS ELEIÇÕES” , visando prejudicar o PT e beneficiar o “MENINO DO AEROPORTO DE CLÁUDIO” (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais. Com atitudes como essa, a regulação da mídia se torna urgente. Leis de Médios, já!…

Responder

    Bonobo, Severino de Oliveira

    27/02/2015 - 18h26

    No caso da “capa falsa” da Revista Detrito, o abafamento teve uma ajudinha providencial do…. o que ele é mesmo? Bem… um tal de Zé Cardozo. Um sujeito inepto, traíra que a Dilma insiste em manter ocupando um cargo num ministério estratégico como o Ministério da Justiça, ao mesmo tempo em que engorda o caixa dos empresários bandidos DONOS de concessões de serviços públicos com verbas da publicidade oficial do Governo.

Sertão/PE

27/02/2015 - 12h31

Há muitos anos que ética em jornalismo do Brasil, é igual a pé de cobra quem ver morre. Esse bandido da revista inveja não se pode chamar de jornalista.

Responder

Arnaldo Costa

27/02/2015 - 11h53

Que grande picareta! Em que esse panfleto semanal tucano se transformou? Essa turma é uma quadrilha do crime organizado. Já negociaram com doleiros, bicheiros e todo tipo de picaretas, fazem parte deles. Isso é uma máfia. Defendem corruptos, implantam boatos e utilizam de práticas sujas para defenderem seus interesses obscuros. Cadeia para essa corja!

Responder

Deixe uma resposta