VIOMUNDO

Na Paulista, pedido de impeachment e ataques a quem discorda

02 de novembro de 2014 às 20h10

Captura de Tela 2014-11-02 às 19.58.43

Frame do momento em que a arma do deputado federal eleito Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, foi exibida no palanque; o Viomundo só pode oferecer este conteúdo exclusivo graças a nossas assinantes, a quem agradecemos (torne-se um deles clicando aqui!)

Vídeo de Caio Castor, foto do arquivo do MST:

Abaixo, Lobão em acampamento do MST, antes de “acordar” depois de um sono profundo…

Captura de Tela 2014-10-29 às 17.24.59

Veja também:

Estadão se juntou ao golpe eleitoral do PSDB

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR

 

99 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Leon Brancaleone

18/11/2014 - 14h39

De fato, as drogas afetaram o cérebro do Lobão; que já não era dos melhores, diga-se de passagem.
E o nado dos “democratas” realmente é uma gracinha: “ou você concorda comigo ou é um canalha e ladrão” ?

Responder

José Carlos

13/11/2014 - 12h06

Voces repararam que aos 4:25 de gravação os patéticos estavam no ibirapuera falando em separação de são paulo do Brasil e aparece um cara falando: olha a água, quem quer água? Ridículo!

Responder

Antonio

06/11/2014 - 20h06

Pergunta para algum desses o que é comunismo, certamente não vai saber responder…São um bando de alienados movidos pelo ódio criado pelo PIG.

Responder

abolicionista

05/11/2014 - 13h48

Acabo de ouvir a entrevista de Miguel Rossetto para a GGN, no blog do Nassif. O ministro diz que o ódio ao PT, aos nordestinos e a tudo o que é de esquerda vai refluir com o tempo.

Ingenuidade ou má-fé?

O que faria um ódio que só tem aumentado desde a primeira eleição de Lula diminuir espontaneamente?

Respondo, nada. Para mudar uma tendência é preciso surgir uma ação contrária, é preciso luta e coragem.

Sinceramente, eu achei que Dilma iria esperar mais um pouco para trair o povo, mas parece que o negócio foi rápido.

Responder

Regina

04/11/2014 - 13h27

Está lá no artigo 5º, capítulo XVI:

“Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente”.

Como lembra um jurista ouvido pelo DCM: “A Constituição Federal de 1988 é o livro que está hierarquicamente acima de todos os outros em nível de legislação no Brasil.”

O filho de Jair Bolsonaro, portanto, estava violando uma regra constitucional. Ponto.

Terá sido a primeira vez que aparece armado num ato público? Muito provavelmente, não. Por que faz isso? Ora, porque acha que pode. Se alguém disser que infringe a lei, é coisa da ditadura bolivariana.

“Tenho o dever de proteger a sociedade e a mim mesmo, já que muitos colegas são atacados também fora de serviço”, afirmou.

Balela. Ele simplesmente não tem esse dever e nem esse direito.

O decreto número 6715, reproduzido no site da PF, estabelece o seguinte: “O titular de porte de arma de fogo para defesa pessoal não poderá conduzi-la ostensivamente ou com ela adentrar ou permanecer em locais públicos, tais como igrejas, escolas, estádios desportivos, clubes, agências bancárias ou outros locais onde haja aglomeração de pessoas em virtude de eventos de qualquer natureza”.

Vai ficar por isso mesmo?

Vai.

Responder

Arnaldo Costa

04/11/2014 - 10h23

Apoio irrestrito à Dilma! Sabemos que ela está no caminho certo!

Eu como militante de esquerda avante, apoio todas as decisões de Dilma que farão bem para a sociedade e o país. Pode chamar até dono do Bradesco, menos itau e veja golpista. É hora de arregaçarmos as mangas e trabalhar para o país que queremos. Estamos no caminho certo, o Brasil já é um sucesso e pode melhorar ainda mais. HAHAHAHAHA

Responder

Carlos Salgado

04/11/2014 - 05h50

Temos de nos comunicar melhor. Não é possível que sigamos patrocinando tamanha idiotície. Azenha, há que transformarmos o vosso jornalismo progressista em algo maior, robusto, convidativo para que a massa se informe de verdades quando for ler sobre seu time, sobre sua cidade, o horóscopo do dia…
Não podemos ficar discutindo só coisas sérias, vivemos no espaço banal, eles dominam a opinião pública porque tem o monopólio das banalidades.
E assim a estupidez tem graçado…

Responder

gesiel rodrigues

03/11/2014 - 22h48

a melhor resposta pra essa baderna ja foi dada nas urnas,DILMA!!os caras não tem nada pra se divertir,futebol agora é mineiro,não tem carnaval,não tem agua potável,inventaram um circo ao ar livre pra mostrar o que de melhor eles tem: palhaçada .

Responder

Eduardo

03/11/2014 - 19h55

Gente… o que é isso??
Será efeito de beber água do volume morto?
E o “nordestino que não vota no PT” (eu acho que o cartaz só aumenta o preconceito com os seus irmãos, mas enfim…) mostrando o bilhete único… que foi criado na gestão de quem mesmo? kkkkkk

Responder

Marat

03/11/2014 - 19h19

Fascista + Revólver = Merda!!!

Responder

Maria Dilma

03/11/2014 - 17h13

Mudar completamente o concurso para a policia federal. Foi nisso que deu o concurso exigindo correr não sei quanto, nadar não sei quanto. Até parece que o escrevente vai digitar trepado na árvore.

É uma piada pronta. Já disse o Zé Simão.

Agora aguenta a burritzencia.

Responder

Maria Dilma

03/11/2014 - 17h11

Simples:

Viram a contribuição de Aécio ao povo e ao trabalhador? 50 (cinquenta) votos contra os direitos trabalhistas em sua vida no Congresso.

Cadê a ajuda ao povo por Bolsonaro? Nada. Só bravatas.
Cadê a ajuda de Tiririca ao povo?
Cadê a ajuda de Feliciano ao povo?

quem não trabalha pelo povo tem de subir num carro de som e gritar mesmo.

mas o povo não é bobo. E percebe…. que é só marketing pessoal para trouxas.

Responder

Maria Dilma

03/11/2014 - 17h02

Essa é a qualidade da PF. Não deixou dúvidas agora.

Responder

Américo

03/11/2014 - 16h53

Eu ainda quero entender a lógica desse povo que chama o governo do PT de Ditadura e, na sequencia, pede uma intervenção militar.

Responder

    Eduardo

    03/11/2014 - 19h58

    É bem isso: NÃO TEM lógica!
    Onde o ódio é bem alimentado, nada, nada, NADA mais cresce/floresce….

Rogério Maestri

03/11/2014 - 15h27

É interessante, olhei com cuidado as fotos das manifestações contra Dilma, se fossem manifestações de suecos talvez não tivesse somente BRANCOS, procurei nas fotos dos Google e depois de muito procurar achei dois que não eram brancos. Será que isto tem um viés racista?

Responder

Eduardo

03/11/2014 - 14h03

Lobão e Bolsonaro continuem assim : Ajudando a Dilma o PT e o Povo! Os cães e os lobos ladram enquanto a caravana passa! Bolsonaro tem porte de arma! O povo tem porte de voto!

Responder

Urbano

03/11/2014 - 13h25

O fascismo baixou o lenço de vez…

Responder

Carlos Elísio

03/11/2014 - 12h19

Só bobagem de leitores da Veja; Impeachment, petrolão, volta da ditadura, está armado pq é PF… Cara só tem maluco!
O PSDB começou este movimento racista e preconceituoso com o burro do FHC ao fim do 1o turno. Tão burro que praticamente reelegeu a Dilma. Tomara que continue vivo até a a próxima eleição pois cada intervenção do mané é mais voto para o outro lado.

E quem pede a ditadura cuidado: Não chamem demais o capeta porque ele aparece.E ele é mau!

Responder

    Apires

    03/11/2014 - 20h59

    Na verdade dois fatores principais foram responsáveis pela reeleição da
    Dilma.
    1- A rejeição do eleitor mineiro e
    2- O medo que muitas pessoas tem de que os benefícios que possuem fossem
    tirados, caso Aécio vencesse as eleições.
    Não há como negar que os programas assistencialistas mantém as pessoas no
    cabresto e ninguém que é beneficiado quer correr o risco de ficar sem
    este (benefício).
    É indiscutível que isto infelizmente acontece, não só no nordeste, más em
    muita parte do Brasil. É fato, não pode ser refutado.
    Este tipo de coisa ainda vai continuar por muito tempo em nosso País, pois falta discernimento e entendimento a uma boa parcela da população e
    existem aqueles que se aproveitam da ingenuidade desta.

L@!r [email protected]+e5

03/11/2014 - 12h15

Desculpe, mas… até quando a Presidenta vai ficar em férias? O TSE também está de férias?

Estão esperando aparecer um cadáver, é isso?

Responder

    Maria Dilma

    03/11/2014 - 17h06

    A julgar pela entrevista do Mendes, ele não se importa se aparecer um cadáver. Então ele não vai ajudar.
    Esse é o Sumpremo.
    Ou ele não fala pelo Supremo, pode ser….

    A PF? Mas não foi ela que defenestrou o ínclito Protógenes?
    E prendeu pacifistas ativistas? Não vai ajudar…

    Dilma de férias. Alguém tem idéia do esgotamento que provoca uma campanha? Deixa a mulhé descansar, e depois deixa a mulhé trabalhar.

    Boechato hoje culpava Dilma pela seca. Ela não tem um plano de contingencia. Alguem em São Paulo tem pra vender pra Dilma?

    Maria Dilma

    03/11/2014 - 17h08

    digo….. é só maluco fazendo papel para ganhar sua graninha.

    Vamos ter de reformar a escola, já que a família dessa gente não deu nada certo. A escola vai ter de assumir a educação para não aparecerem novos espécimes.

tiao

03/11/2014 - 11h52

No primeiro grito que a gente der estes merdas correm pra debaixo da saia de suas respectivas progenitoras.

Responder

Cristiane Carvalho

03/11/2014 - 11h35

Jesuis… vi umas fotos lá num site do PIG e pelamor… Frases como “São Paulo é o meu país”… Capas da Veja coladas no peito… Que vergonha dessa cidade! 41 anos aqui (desde que nasci) e eu nunca, nunca pensei tanto em cair fora quanto agora.

Responder

    Eunice de Almeida Selos

    03/11/2014 - 13h03

    É. É muita poluição humana pra agüentar. Tenho 40 anos aqui.

monge

03/11/2014 - 10h28

O obama(the mad and mad man), quer destruir a ascenção do Brasil a um bloco mais
humano. O pavoroso e antipatriótico grito desse insanos, é ouvido com esgar demo-
-niáco por aquele assassino. A VI frota está as portas do Brasil e, pode ocorrer
tudo de novo!.
POBRES DE ESPÍRITO E CARATER!!!!

Responder

clerto Alves

03/11/2014 - 09h35

Meu Deus!!! que loucura! que povo maluco. Será que é a falta dágua? acho que deve ser isso… Que povo louco…

Responder

Ana Maria

03/11/2014 - 09h22

Um parlamentar, um policial… um funcionário público… defendendo golpe de Estado.

Se estivesse nos Estados Unidos, país que é a meca da direita brasileira, já teria sido enquadrado na Lei de Segurança Nacional como terrorista. Guantánamo seria o novo endereço deles.

Se o horror ocorrido na Alemanha tivesse sido no Brasil, estes defensores da “família, da moral e bons costumes” lembrariam com orgulho os tempos em que o país havia se livrado de “inimigos” como: judeus, ciganos, homossexuais, comunistas, negros, deficientes físicos, doentes mentais, etc… com faixas dizendo: “obrigado Hitler por nos livrar dos inimigos da pátria!”

Agora, imaginem se fosse o contrário… imaginem se o PSDB tivesse ganhado, o PT entrasse com pedido de recontagem dos votos no TSE, os petistas e eleitores de Dilma saíssem às ruas armados e defendendo golpe de Estado? Imaginaram? Pois é…

“Se você não cuidar, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo.” (Malcolm X)

Responder

    Julio Silveira

    03/11/2014 - 11h38

    Ana você foi perfeita em suas colocações. Nesse aspecto gostaria que fossemos como lá, que se enquadrassem esses anti nacionais na forma de alguma lei anti democrática. Por que para defender a ditadura tinha a lei de segurança nacional mas não existe nenhuma rigorosa o suficiente para enquadrar esses impatrióticos elementos.

    Carlos Elísio

    03/11/2014 - 13h08

    Como foi escrito:
    Pedir a ditadura em uma democracia é mole. Quero ver se são machos o suficiente para pedir o contrário.

    Julio Silveira

    03/11/2014 - 13h15

    Gostaria de fazer um reparo para não ficar mal entendido.
    Quando disse que gostaria que houvesse uma lei que enquadrassem esses anti nacionais na forma de alguma lei anti democrática. Não quiz me referir no sentido de que existisse uma lei ante democrática que os punisse, mas uma lei que protegesse a democracia desses elementos anti democráticos e anti nacionais.
    Essa ressalva é importante por que notei que a frase não ficou bem clara. Nada de anti democrático quero ver em meu país, mas leis rígidas que inibam os aventureiros e irresponsáveis que não se conformam com a expressão da maioria, e, que como qualquer traidor, não se envergonham de rebaixar nosso povo em nome de suas egoístas intenções, mostrando seu colonismo e lacaiagem pedindo intervenção de país estrangeiro, como se colonia fossemos. Não reconhecem a própria soberania do país, essa sub cidadania.

Zé da Venda

03/11/2014 - 09h08

Essa gente é perigosa, a insanidade e total, a raiva,o preconceito…estão totalmente aflorada,…usam crianças como terreno fértil,de uma insanidade sem limites. que tristeza!!

Responder

Vitor

03/11/2014 - 08h36

É crime sim. Ele estava ali como cidadão então não podia estar armado, é uma condição necessária para poder se manifestar. É só olhar a constituição: “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
XVI – todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;”

Responder

Gerson Carneiro

03/11/2014 - 08h20

Que seja policial federal. Qual a necessidade de estar armado naquele local, naquele momento? Ele foi disposto a matar alguém? Foi disposto a um confronto armado? Então por que levaram crianças?

Outra: a polícia militar estava presente para garantir a segurança deles. Aliás, a polícia militar foi conivente com agressores (agressores que faziam parte da manifestação).

Responder

    mineiro

    09/11/2014 - 09h12

    é isso mesmo , parabens pela observaçao , eu tambem observei isso , a policia da ditabranda de sp estava conivente com esses facistas de araque. eles estavam agredindo que estava na rua e a policia fazendo de conta que nao via nada, isso é crime. igual aconteceu em brasilia , os agressores facistas covardes calhordas quebrou o carro com as pessoas dentro , so porque estava com adesivos da dilma. e a desgraçada policia nazista facista nao fez nada , como nao esta fazendo no brasil inteiro. eles estao conivente com essa corja no brasil inteiro. eles sao pagos para proteger facistas agora? pau nessa policia nazista, eles estao ganhando para dar segurança para todo mundo , nao para uma minoria. mas tambem vamos esperar o que de uma maioria da policia que so mata gente inocente.

Paulo Rodrigues

03/11/2014 - 08h00

São Paulo me envergonha, tenho vergonha de ser paulista.

Responder

    Zé da Venda

    03/11/2014 - 09h13

    Não tenha vergonha,antes de tudo você é Brasileiro, eles que tem ter vergonha, desse ato insano, a insanidade é tamanha que levam crianças, usam este “SER” inocente para espalhar ódio, e preconceito

    Julio Silveira

    03/11/2014 - 17h56

    Meu caro, isto é uma minoria em qualquer lugar, no meio de um monte de gente boa em qualquer país se esconde uma boçalidade de lascar. Eles se disfarçam de cidadãos no meio de cidadãos por que contam com o anonimato e passam a impressão de que falam por todos os cidadãos. Covardes sempre se aproveitam da democracia para darem alterações desse tipo, fazerem presepada. São Paulo não é isso, nem paulistas podem ser considerados isto. Não se culpe pela imbecilidade alheia.

    abolicionista

    05/11/2014 - 03h09

    Caro Julio, de todo modo, nós paulistas deixamos isso acontecer. Deixamos fascistas hastearem sua bandeira e encherem de porrada quem usava algum símbolo de esquerda. Isso é uma vergonha para nós, para o país.

Neopartisan

03/11/2014 - 07h09

Manifesto Neopartisan:

Passarão?
Liderados pela família bolSSonaro, neonazis e neofascistas tomaram o centro financeiro de S. Paulo na semana que passou.
Com arma na cintura, um filhote da subversão de direita –mais notadamente identificada com feitos como o atentado do Riocentro – escancarou a intimidação.
Desafiou o povo, a lei e, agressivamente, a presidenta em exercício e reeleita.
Como o velho integralismo, os novos galinhas verdes, a vanguarda extremista do reacionarismo e do coxismo, quer falar grosso.
Sentem-se à vontade.
O fazem em nome da direita brasileira, sobretudo dos tucanos e da grande mídia, que são os maiores (mas não únicos) responsáveis por seu atrevimento.
Serra e recentemente Aécio aceitaram ativamente o seu apoio nas eleições de 2010 e 2014 respectivamente. Foi o neoliberalismo flertando com o neofascismo, uma presença marcante hoje no mundo.
O caldo de cultura oferecido aos bolSSonaristas, está aí: o tumulto tucano ocasionado pelo pedido de recontagem dos votos, os editoriais e colunas pelo impeachment, as manobras no congresso contra os conselhos populares (com a ajuda do PMDB mais direitista), etc.
Haja coração valente para deter a turba, a começar pela presidenta, mas simultaneamente pelas forças vivas democráticas e populares,
Pelos neopartisans que devem responder com grandeza avassaladora à provocação da horda dos bolSSonaristas.
A Comissão da Verdade chega para apontar crimes e criminosos hediondos em dezembro.
Os bolSSonaristas estão inquietos, querem embotar o ambiente, não podem nem devem passar!
Querem passar suas patas grandes na vitória do povo brasileiro de coração valente, não passarão!

Responder

FrancoAtirador

03/11/2014 - 05h31

.
.
Este Comentário responde à Manada de Muares

que resolveu fazer poeira aqui no Viomundo.
.
.
Doentes Lesados são os Fascistas

que desfilam armados na Avenida

como se fosse um Filme de Faroeste.

São Paulo não é o Velho Oeste, meu!

Nem o Texas, o Alabama ou o Alaska!

(http://www.comunidadesegura.org.br/pt-br/node/10551)

Notadamente o Meliante ostentava uma arma,

indevidamente de forma acintosa, para fazer

cena de exibicionismo à platéia presente

e para causar constrangimento a terceiros,

em Evento Aberto ao Público em Geral

com Aglomeração de Pessoas, inclusive,

de Ânimos Exaltados, CONDUTA QUE É VEDADA

não só pelo Inciso XVI do Artigo 5º

da Constituição* Federal de 1988

como até mesmo pelo Parágrafo 2º

do Artigo 27 da INSTRUÇÃO NORMATIVA

Nº 023/2005-DG/DPF/MJ do próprio

Departamento da Polícia Federal:
.
.
MINISTÉRIO DA JUSTIÇA
DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 023/2005-DG/DPF,
DE 1º DE SETEMBRO DE 2005

Estabelece procedimentos visando o cumprimento da Lei 10.826,
de 22 de dezembro de 2003, regulamentada pelo Decreto 5.123,
de 1º de julho de 2004, concernentes à posse, ao registro,
ao porte e à comercialização de armas de fogo
e sobre o Sistema Nacional de Armas – SINARM,
e dá outras providências.
[…]

Subseção V
Policiais Federais e Servidores do Quadro Especial do DPF
[…]

Art. 27 …

§ 2º Os policiais federais ao portarem arma de fogo
institucional ou particular, em locais
onde haja aglomeração de pessoas,
em virtude de evento de qualquer natureza,
tais como no interior de igrejas, escolas,
estádios desportivos, clubes públicos e privados,
DEVERÃO FAZÊ-LO DE FORMA DISCRETA, sempre que possível,
VISANDO EVITAR CONSTRANGIMENTO A TERCEIROS.
.
.
O alcance do direito ao porte de arma
atribuído ao policial federal

Por Yuri Amarante de Rodrigues e Miranda
Agente de polícia federal

“O Estatuto do Desarmamento restringiu bem
o rol de pessoas que podem portar arma de fogo,
concedendo esse direito, como exceção,
a poucas categorias funcionais.

O objetivo foi diminuir a violência
que se alastra pelo Brasil.

O legislador entendeu por bem que,
entre as classes merecedoras
do porte permanente, se encontram os policiais…

No entanto, nenhum direito é absoluto.

A sua existência não é um fim em si,
mas sim a realização de um valor.

A solução justa não é aquela que simplesmente
observa a literalidade do texto legal,
mas aquela que melhor realiza o valor
que deu origem ao texto legal.

Quando a lei confere ao policial federal
o direito de portar permanentemente arma de fogo,
é porque se busca resguardar a segurança
do próprio policial, agente de segurança pública,
assegurando-lhe um instrumento de defesa para si
e para a sociedade.

Esses são, então, os valores tutelados
pelo direito de portar arma de fogo:
integridade física do policial
e o dever de proteção da coletividade.

Se, no entanto, em determinada conduta,
o agente público extrapolar em seu direito –
ou utilizá-lo com outra finalidade –
não subsiste mais a razão para exercê-lo.

É o caso da arma de fogo.

Não haverá motivo para portá-la se,
manifestamente, o escopo não for
a segurança própria ou da sociedade.

Esta é a primeira exceção ao livre porte de arma
atribuído aos policiais federais.”

MIRANDA, Yuri Amarante de Rodrigues.
“O alcance do direito ao porte de arma
atribuído ao policial federal”.
Jus Navigandi, Teresina, ano 18, n. 3737, 24 set. 2013.

(http://www.juridicohightech.com.br/2014/04/o-porte-de-arma-de-fogo-por-policiais.html)
(http://jus.com.br/artigos/25385/o-alcance-do-direito-ao-porte-de-arma-atribuido-ao-policial-federal/5)
.
.
*(http://www.jusbrasil.com.br/topicos/10730455/inciso-xvi-do-artigo-5-da-constituicao-federal-de-1988)

Responder

anderson

03/11/2014 - 01h30

Essa turma precisa é de tratamento psiquiatrico…dose alta de antipsicóticos….
Acho que a Sabesp deveria dissolver sais de lítio na agua da cidade…só para estabilizar essa turma.

Responder

Mário SF Alves

03/11/2014 - 01h07

Soube que meu avô materno foi das hostes do integralismo. Sendo verdade, vergonhosamente, meu avô era um galinha verde, portanto.

Alguém sabe informar se os galinhas verdes eram igualmente golpistas?

Responder

    Maria Dilma

    03/11/2014 - 17h18

    Naquele tempo não havia tanta informação. Muita gente boa foi nessa.

    Hoje não cabe mais. Quem não pode comprar livros leia na NET.

Mila

03/11/2014 - 00h51

Que vergonha de ser paulistana… Dá vontade de me esconde no mapa. Isso não é querer um país melhor, isso é egoismo de uma ala que não soube perder. Eu fico com pena das almas cheias de ódio e rancor e fico pensando onde vamos parar. Espero que essa gente tome um tiro no próprio pé. Não sou partidária, apenas acho ignorante aqueles que pedem por mudança em um partido que a palavra nunca existiu ou querem mudanças da forma mais impossível de existir liberdade. E tal pai tal filho se encaixa nesse deputado… que deus tenho piedade de impedir pessoas como ele chegue ao poder maior. O que será das minorias?

Responder

Mário SF Alves

03/11/2014 - 00h39

Em 35 a história nos diz que ocorreu a chamada Intentona Comunista. Tá. Mas como adjetivar o movimento desses golpistas atuais?

Na falta de autoridade pra o uso de um termo mais adequado, creio que Intentona Antidemocrática e Antihumanista já esta em bom tamanho.

Sobre tudo isso o que diz mesmo a CF88?

Responder

Nilva Sader

03/11/2014 - 00h37

Vergonha!
Fascistas não passarão!

Responder

Andre

03/11/2014 - 00h11

O fascismo no Brasil hoje passou para a fase 2, de acordo com o modelo de Robert Paxton no livro “Anatomia do fascismo”. A fase 1 é a do ‘movimento'; este sempre existe, mesmo que marginal e latente. A fase 2 é quando se enraíza na sociedade. A partir daí, se as elites politicas conservadoras optam pelo fascismo está aberta a porta para eles tomarem o poder.Já inventaram um inimigo externo imaginário (Cuba) e estão tentando um interno(nordestinos, não por um acaso pois são vítimas preferenciais dos grupos neonazis que fazem parte da rede fascista).É preciso a investigação independente sobre as redes que unem esses diversos grupos e denuncia pública, sem medo, sem se esconder, mas se protegendo. Há muito caroço por cima (ligações internacionais) e ‘por baixo'(baixo mesmo, vil e criminoso) desse angu.É hora de trazer a luz a parte das redes fascistas que cresce na escuridão. Esse movimento não vai ser parado sem que a ligação de pessoas da classe ”mérdia”, das estrelas decadentes e de alguns políticos com a parte mais vil das redes fascistas seja trazida a luz.A imagem de uma arma em um palanque de uma manifestação pública é bom, mas é muito pouco perto da realidade da ‘besta’ que está solta.

Responder

    Lucy

    03/11/2014 - 01h31

    perfeito André, gostaria de compartilhar no meu face om créditos para você, é claro. O que acha?

    Roberto L.

    03/11/2014 - 06h39

    O fascismo no Brasil hoje passou para a fase 2, de acordo com o modelo de Robert Paxton no livro “Anatomia do fascismo”. A fase 1 é a do ‘movimento’; este sempre existe, mesmo que marginal e latente. A fase 2 é quando se enraíza na sociedade. A partir daí, se as elites politicas conservadoras optam pelo fascismo está aberta a porta para eles tomarem o poder.Já inventaram um inimigo externo imaginário (Cuba) e estão tentando um interno(nordestinos, não por um acaso pois são vítimas preferenciais dos grupos neonazis que fazem parte da rede fascista).É preciso a investigação independente sobre as redes que unem esses diversos grupos e denuncia pública, sem medo, sem se esconder, mas se protegendo. Há muito caroço por cima (ligações internacionais) e ‘por baixo’(baixo mesmo, vil e criminoso) desse angu.É hora de trazer a luz a parte das redes fascistas que cresce na escuridão. Esse movimento não vai ser parado sem que a ligação de pessoas da classe ”mérdia”, das estrelas decadentes e de alguns políticos com a parte mais vil das redes fascistas seja trazida a luz.A imagem de uma arma em um palanque de uma manifestação pública é bom, mas é muito pouco perto da realidade da ‘besta’ que está solta.

    Se há uma coisa que alimenta o discurso de ódio dessa direitalha fascistoide é o discurso distorcido de gente de esquerda, por mais bem intencionado que seja.

    Você tem ideia do que é “nordestinos”? Ou do perigo que é transformar isso em “inimigo interno”?

    Nordeste é região, não “Estado”, região formada por Estados históricos com suas bandeiras e identidades e alguns bem briguentos e violentos quando são confrontados. Se a elite de SP (é esta a elite central que alimenta o secessionismo paulista) quiser guerra contra o Nordeste, só haverá um derrotado nesta história: a elite paulista.

    Teu comentário é perigoso porque é distorcido. “Nordestinos” é uma figura retórica que faz sentido no Rio e em São Paulo principalmente, mas é uma identidade forjada e imposta a estados históricos do país como Pernambuco que tem sua própria identidade e não se coloca à parte do país até porque o Brasil, ou ideia de nação, nasceu na Batalha de Guararapes contra os holandeses (tem quadro na sede do Exército sobre esta batalha).

    Neonazista paulista, apesar do discurso de ódio difuso e comportamento de gangue desses bandos, é de uma bizarrice atroz, digo isso porque já me deparei com vários no Orkut e uma parte tem sobrenome italiano. Se citassem isso no exterior causaria riso pois Hitler não era muito simpático dos italianos, “geneticamente” falando.

    Por favor, quando falarmos em fascismo sejamos exatos, passemos informações acuradas e não alarmismos distorcidos. Eu não estou defendendo essa extrema-direita pois sou radicalmente contrário a mesma, mas não é com esse alarmismo com informações distorcidas que se combate esse tipo de problema.

    Teu comentário passa uma ideia perigosa que é repetição da mídia, a ideia de “nordestinos” como minoria ou com certo conteúdo étnico mesmo sem afirmar. Nordestinos não é etnia e sim alguém que nasce numa região, podendo ser branco, negro, mameluco etc. Eu sou pernambucano, já vi vários pernambucanos descendentes de japoneses, italianos, negros, portugueses (a maioria do grupo “branco”), índios etc.

    Não somos minoria, não somos fracos e não temos medo de fascistas de São Paulo. Essa elite vendepátria que se aloja em SP recebeu chumbo em 1932, se essa mesma elite sem vergonha, que se junta com outras país afora (incluindo elites dentro de estados do NE), tentar atacar o país de novo ela irá tomar chumbo novamente e do país inteiro. É bom a elite de SP pensar duas vezes antes de dar um passo maior que a perna, o país nunca teve tanta consciência de quem é o inimigo interno do país (a elite de SP que é ligada aos jornalões) como agora, por isso que o voto que Dilma recebeu no país inteiro, e dentro de SP, teve esta conotação simbólica que não foi citada pela mídia por questões óbvias: resguardar a elite de SP e outras alinhadas com ela.

    Flávio

    03/11/2014 - 07h27

    Isso é democracia. Protestar contra algo que entende estar errado. Ou você acha que o Lula é um facista também ?! Não esqueça que ele foi um dos incetivadores/lideres dos movimentos para derrubar um presidente eleito pelo povo, o Collor.

    Infelizmente ele mudou de postura e hoje o Collor é seu aliado.

    Não fosse por esse tipo de movimento oo Collor não teria sofrido impeachment.

    Mário SF Alves

    03/11/2014 - 13h56

    Flávio, tudo bem se… você tivesse se dado o trabalho de contextualizar o “fora Collor”. Tente. Busque no Google, mesmo.

    Aí, sim, você vai entender um pouquinho do que está por trás das primaveras, inclusive desse arremedo de “fora Dilma” que os aecistas e golpistas estão tentando, Posso te garantir que não termos de comparação entre um fora e outro. Só os politicamente ingênuos não vêm isso.

    Além do que, uma das motivações que manietam esses ingênuos é a batata do PSDB e do PSB que já assou além da conta. Tem muito podre por aí e os caras acham que podem se livrar com essa anarquização inconstitucional e golpista.

Marcos Sávio

02/11/2014 - 23h59

Uma pergunta: pra exercer qualquer cargo político (no caso, de deputado federal), não é necessário licenciar-se de outras funções públicas (concurso ou nomeação)??? Enquanto ele é deputado continua com as funções e prerrogativas da Polícia Federal??? Se isso é defeso em lei, taí um bom prato para a Polícia/Justiça trabalhar… provas há à farta!
Inconcebíveis e descabidos esses discursos nazistas desses coxinhas de merda!!!

Responder

    Flávio

    03/11/2014 - 07h31

    Ele nem foi diplomado e muito menos tomou posse, então ainda não é deputado. E mesmo se fosse, uma licença da função pública não suspende o porte de arma.

    Mário SF Alves

    03/11/2014 - 14h01

    Esse é o Flávio do “fora Dilma”? Ah, entendi. Não vai contextualizar, mesmo.

    E como sabemos, crítica não contextualizada é fofoca, então… que fofoquem, que se afundem nas próprias intrigas, calúnias e difamações. Por enquanto só o imperialismo norte-americanos e os podres do PSDB/PSB agradecem.

Patrick

02/11/2014 - 23h52

ELE É POLICIAL FEDERAL, TEM PORTE DE ARMAS!

Responder

    FrancoAtirador

    03/11/2014 - 03h02

    dom, 02/11/2014 – 23:39 Carla

    “Ele poderia ser o papa que não poderia estar armado neste evento aqui no Brasil.
    A CF 1988 é muito clara:

    Art. 5º XVI – todos podem reunir-se pacificamente, SEM ARMAS,
    em locais abertos ao público, independentemente de autorização,
    desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada
    para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;

    Além disso, usar do poder do cargo público também é ilegal.

    Ou seja, um deputado criminoso, ficha suja nele!”
    .
    .

    Carlos Ribeiro

    03/11/2014 - 07h48

    Ih?

lucas

02/11/2014 - 23h45

O cara é polícia, tem além do direito, dever de andar armado.

Responder

swulf

02/11/2014 - 23h36

Não entendi a polêmica, ele é policial Federal e pode ser, a qualquer momento, alvo de bandidos que possuem acesso à base de cadastro de policiais. E além do mais, qualquer um deveria ter o direito de andar armado caso julgasse necessário.

Responder

    igor

    03/11/2014 - 10h34

    Em manifestações, ele como cidadão, nunca poderia estar numa reunião com armas, ele era lider do movimento, é afronta aconstituição, é crime

Marivaldo Antunes Netto

02/11/2014 - 23h23

Do lobão não se pode esperar mais nada. Ele, cantor decadente, viu uma oportunidade de aparecer nas mídias como o paladino da direita. Mas esse novo “filão”, essas novas oportunidades de sucesso midiático e financeiro que os conservadores e reacionários abrem para aqueles que form relegados pelo mercado por falta de competência, estão aí. O Lobão já brilhou nos anos 80 com sua música. Mas, com o tempo transforma tudo em pó, Lobão perdeu o vigor criativo. Seu cérebro ficou tolhido da verve lúcida e lúdica e restou apenas a esse filho da classe média, bater às portas dos reacionários de plantão. Quanto mais grita à direita, mais o tilintar do vil metal cai em suas mãos. Lobão e muitas outras pessoas descobriram essa mina. Para tanto é só vender a alma ao diabo e sua conta bancária se resplandecerá. Claro que esse não é o “ouro de Moscou”, evidentemente. De onde vem “la plata”?

Responder

Daniel

02/11/2014 - 23h22

Ele é escrivão da polícia federal, pode andar armado.

Responder

João

02/11/2014 - 23h19

Ele é PF uai.

Responder

Renato

02/11/2014 - 23h03

Pelo que li a respeito dele ele é escivao da PF o que lhe garante o porte, e sendo da PF o mais natural é andar armado, alias nao conheço militar, civil ou federal que ande sem sua arma.

Responder

Pedro

02/11/2014 - 23h03

ELE É POLICIAL FEDERAL, TEM PORTE DE ARMAS

Responder

    Carla

    02/11/2014 - 23h39

    Ele poderia ser o papa que não poderia estar armado neste evento aqui no Brasil. A CF 1988 é muito clara:

    Art. 5º XVI – todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;

    Além disso, usar do poder do cargo público também é ilegal.

    Ou seja, um deputado criminoso, ficha suja nele!

    dinah caixeta

    03/11/2014 - 10h30

    Esse cara e um fascista travestido de policial,de deputado.Sao esses que querem resolver td na bala,alias o que nao me surpreende em nada!Quem apoia esse cara nao tem nocao do perigo que e colocar essas pessoas q so conseguem resolver td pela forca.Sao esses que falam em liberdade mas nao aceitam perder nas urnas.Esse discurso do odio,da mentira.E o nepotismo indireto.a familia inteira no poder,estao elegendo seus algozes e nao sabem disso.

    Luiz

    04/11/2014 - 17h28

    Já fiz greve junto com a Polícia Federal aqui em minha cidade, e nenhum, nenhum, dos policiais federais participantes portavam armas.

    Todos desarmados.

    É vedada constitucionalmente participação em atos públicos de protesto ou de apreço portando arma!

denis dias ferreira

02/11/2014 - 22h37

Há esquerdistas que pensam que a direita não mobiliza ninguém. Puro engano. Eu desconfio que esse movimento vai crescer e se ampliar. Em 19 de março de 1964, não nos esqueçamos, essa gente colocou quinhentas mil pessoas nas ruas de São Paulo, usando os mesmos discursos contra a corrupção e contra a ameaça comunista. É preciso refletir sobre o que acontecerá se esse movimento, de fato, se ampliar e levar às ruas multidões enfurecidas exigindo a deposição da Dilma e perseguindo a esquerda brasileira. É preciso estarmos atentos e fortes.

Responder

abolicionista

02/11/2014 - 22h21

Eu não tenho medo, não mesmo. Se um fascista desse tentar me pegar, vai levar a dele. Defendo minha liberdade, não tenho tempo de me acovardar. Se tivermos medo, eles já nos venceram. A eleição acabou, agora o confronto é nas ruas, o que está em jogo é nossa liberdade, são nossos direitos de viver com dignidade e com igualdade de direitos. Nenhum fascista me fará calar a boca, nenhuma fascista me fará ter medo das ruas. Tenhamos coragem e façamos como o velho guerreiro Brizola, pra cima deles! Fascistas, fascistas, não passarão!!!

Responder

Léo

02/11/2014 - 22h06

Nunca vi tanta sandice em um único lugar. Será que eles sabem o hino da bandeira? kkkkk

Responder

Silvia

02/11/2014 - 21h55

Esta tudo errado , elegeram a presidente, ela ja venceu, agora povão vão trabalhar e parem de mimimim.

Responder

Wendel

02/11/2014 - 21h54

Alguns talvez até se surpreendam, mas tratando-se de filhote de quem, nada me surpreende!!!
Cabe as autoridades sérias, não os capachos, chamar este individuo às falas, pois não se sabe se tem porte de arma; se fez exame psicológico para portar armas e se ao comparecer em carro aberto para passeata e manifestação, colocando arma à vista, não coloca também a vida de outras pessoas em risco!
Espero ver alguma reação das autoridades sérias !!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

    Rachel

    02/11/2014 - 23h17

    Caso a informação lhe interesse, a pessoa em questão é Policial Federal.

    dinah caixeta

    03/11/2014 - 01h11

    Ele nao estava no exercicio das suas funcoes portnto nao justifica estar armado em um ato politico,alias tem gente q foi presa nos prrotestos de junho por portar desinfetante ele armado pode?

FrancoAtirador

02/11/2014 - 21h54

jornalggn.com.br/sites/default/files/u16/protesto_militar_fotor.jpg

Responder

Euler

02/11/2014 - 21h48

Vendo o vídeo: KKKKKKKKK. Lobão deve ser contratado por alguma Tv para a sessão de humor. Para o padrão atual de programação da Globo e Cia ele serve. Como cantor, já era. Mas como humorista, tem alguma chance. Pelo menos não está muito aquém de outros, como Madureira, Jô e suas meninas, e a turma do CQC. E já que ele quis sair do Brasil, com a vitória da nossa corajosa presidenta Dilma, poderia compor a mesa dos babacas do Manhattan Connection. Tem tudo a ver.

Responder

Guimarães

02/11/2014 - 21h46

Dá preocupação ver tanta genta aplaudindo esses idiotas.

Responder

Sir

02/11/2014 - 21h45

o lobao e o novo cristo!!!!srrsrsrrsrs

Responder

Euler

02/11/2014 - 21h28

Um pulha mesmo! Ir para ato público armado é uma afronta à democracia. Ele é policial na ativa, por acaso, para andar armado? Como chefe de milícia a gente até entenderia.

Responder

    Ronaldo

    02/11/2014 - 23h54

    Sim, ele é policial na ativa. Ok?

    Euler

    03/11/2014 - 00h42

    Ah, ele é policial na ativa? Então a coisa fica pior para o lado dele. Se estava em atividade, de plantão, por exemplo, não poderia jamais participar de ato público, a nã ser que tivesse sido escalado pelo comando dele para acompanhar o ato na condição de policial. Se participou como político, não poderia estar armado, pois isso contraria a constituição federal. O parlamento para o qual foi eleito, a PF e o MP têm o dever de chamá-lo às falas.

Leo V

02/11/2014 - 21h19

Uma boa leitura é “Psicologia de Massas do Fascismo”, do Wilhelm Reich.

O que a direita política fez, com a ajuda ativa da grande imprensa, foi canalizar as frustrações e ressentimentos das pessoas ao PT, à esquerda. Criaram o bode expiatório no seu adversário político.

Responder

    abolicionista

    02/11/2014 - 22h24

    É um bandido, um fascista que deveria estar preso. A população de São Paulo precisa acordar ou os fascistas posarão como os donos das ruas, impedindo a livre manifestação. Vamos nos armar também. Se é guerra que eles querem, guerra eles terão!

    Alex

    02/11/2014 - 23h49

    Policial tem porte de arma mesmo estando fora de serviço, seu doente lesado.

    abolicionista

    05/11/2014 - 03h06

    Subir no palanque armado, confesso que é novidade pra mim… coisa mais retrógrada.

jose justino de souza net

02/11/2014 - 21h14

Quem anda armado desse jeito é covarde. Qualquer cidadão normal manifesta-se politicamente sem agressões e sem intimidação com ameaças implícitas ou explícitas como é caso demonstrado aqui. Cidadãos normais não tem medo e não se intimidam com ameaças de moleques degenerados. Mais cedo ou mais tarde esse rola-bosta que parece ter sido educado nas baias do Jóquei Clube acabará recebendo o recado da justiça.

Responder

Rosalba Tovar

02/11/2014 - 20h46

Não consigo acreditar no que vejo e ouço neste vídeo. Sem palavras.

Responder

Benjamin

02/11/2014 - 20h37

Acho que ele estava preocupado com o nível da turma…

Responder

Mauro

02/11/2014 - 20h37

Uma minoria raivosa,intolerante,que busca fazer uma limpeza estética,são traiçoeiros,buscam a cobertura da lei para cometerem suas agressões,estão no auge de suas alucinações direitistas.

Responder

Marat

02/11/2014 - 20h34

Aguardo o pronunciamento dos jornali$$$tas e dos nobres membros da justiça!

Responder

Felipe

02/11/2014 - 20h33

Medo. São Paulo nem a passeio.

Responder

renato

02/11/2014 - 20h32

Tem porte de armas?
Quantas vezes já usou as armas?
Já matou alguem de esquerda?
Já pressionou algum negro?
Já humilhou algum gay?
Já intimidou alguem do PT?
Já obrigou alguem a votar nele/
Não acredito que seja para segurança pessoal.
Pois nós é que precisamos de proteção e já, entregamos
as armas.
Esta classe Politica, morre ao passar pela direita, acho que fazem
isto para acabarem com a DEMOCRACIA.
Por Favor GOVERNO FEDERAL, faz uma revista na vida deste senhor..

Responder

O DOUTRINADOR

02/11/2014 - 20h17

Esse Cara merece ser Cassado é DEPUTADO OU MILICIANO??????

Responder

    FrancoAtirador

    02/11/2014 - 21h07

    .
    .
    Antes de ser deputado,

    era “só” Miliciano.

    Tal pai, tal filho.
    .
    .

Deixe uma resposta