VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Luana Tolentino: Dentista Mascarado zomba de Cristina e Evo
Você escreve

Luana Tolentino: Dentista Mascarado zomba de Cristina e Evo


06/05/2013 - 21h21

por Luana Tolentino, especial para o Viomundo

Fiquei alguns anos sem assistir televisão. Perdi o costume completamente. Até os jogos do Galo, meu time do coração, passei a acompanhar através do rádio. Um martírio, admito. Mas ainda acho bem melhor do que passar 90 minutos ouvindo as bobagens de narradores e comentaristas da tv.

Há alguns meses, precisei mudar os meus hábitos. A contragosto, porém, por uma causa nobre. Desde o ano passado, Miriam, minha irmã luta incansavelmente contra um câncer. Além da doença de ter lhe tirado a fala, ela se vê obrigada a passar os dias deitada, devido as fortes dores provocadas pelos tumores e pelas sessões de quimioterapia. Assim, a televisão torna-se uma das poucas formas de distração. Quando estou em casa, sempre procuro estar ao lado dela nesses momentos.

Na sexta-feira passada, assistíamos ao novo humorístico da Globo, O Dentista Mascarado. O programa tem como protagonista Marcelo Adnet, recém-contratado da emissora dos Marinho. Tenho certo apreço pelo rapaz. Já li algumas de suas entrevistas e gostei muito. Nunca soube que ele fosse adepto do humor fascista do CQC ou um reacionário como Rafinha Bastos.

No episódio, o personagem de Adnet namorava uma mulher considerada feia. Até então, nada demais. A questão está na maneira que os redatores encontraram para caracterizar a feiura da personagem: “de tão feia, era uma mistura de Cristina Kirchner e Evo Morales”. A frase que reproduzo aqui foi repetida à exaustão durante todo o programa.

Engraçado? Divertido? Não. Patético!

Não é necessário ser um especialista em Comunicação para afirmar que ao longo de seus quase 50 anos a Globo soube usar com maestria seus humorísticos e toda a sua grade de programação para disseminar entre os telespectadores todo o seu direitismo e atacar de maneira insidiosa aqueles que caminham na contramão de seus interesses.

Elenco alguns exemplos recentes que deixam claras as (más) intenções da emissora carioca. Há poucos dias lá estava Ana Maria Braga no matinal Mais Você tentando nos empurrar goela abaixo o colar de tomates. Em 2011, foi a vez da Nenê, personagem de Marieta Severo na Grande Família usar a vassourinha, numa alusão ao fajuto movimento contra a corrupção. O Casseta e Planeta, saiu do ar de forma melancólica em 2012, mas o seu humor ultraconservador foi essencial às pretensões políticas da emissora, principalmente na época das eleições presidenciais.

Na sexta, os alvos foram Kirchner e Morales.

Por quê? Terá sido motivado por um ressentimento em relação à aprovação da Ley de Médios, que ao contrário do que acontece no Brasil, democratiza os meios de comunicação? Ou uma birra por causa da luta do presidente boliviano em favor da reforma agrária, movimento que a Globo criminaliza sem a menor ponderação. Tenho mais um palpite: com o apoio maciço da população ao governo Dilma (79%!) e Lula, o mais novo colunista do New York Times fica difícil “bater” nos dois. A alternativa é apelar para os nossos hermanos.

Tudo que eu mais quero nessa vida é a recuperação da saúde da minha irmã. Não pode haver dor maior do que presenciar o sofrimento daqueles que amamos. Além disso, logo que a Miriam estiver bem, estarei livre da incumbência de passar horas na frente da televisão. Definitivamente, não tenho a menor paciência com esse humor PA-TÉ-TI-CO da Globo.

 Luana Tolentino: mulher, negra, canhota, gêmea univitelina

Leia também:

STF paga viagem de jornalista do Globo à Costa Rica



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


110 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

geysy

18 de maio de 2013 às 01h00

Achei o programa muito sem graça,chato e idiota.Nem se eu tivesse retardamento mental conseguiria rir disso.Lamentavel a programação da globo,cada ano fica pior!

Responder

tania maria machado

11 de maio de 2013 às 13h31

COMO É QUE ATORES SE PRESTAM A FAZER UM PROGRAMA HORRÍVEL COMO ESTE.UM PROGRAMA PARA MENTES RETARDADAS. NÃO DÁ PARA ASSISTIR. CASO A GLOBO PERCA DAQUI UNS TEMPOS A GRANA FEDERAL, E CONTINUAR COM ESTE NÍVEL DE PROGRAMAS PARA DÉBIS MENTAIS, V A I F A L I R. É PREVISÍVEL.

Responder

Valdete Lima

08 de maio de 2013 às 19h54

Caríssima Luana. Concordo plenamente com a sua crítica. Eu nunca tinha visto este programa pois assisto muito o Canal Brasil, TV Brasil e a TV Cultura. Não sei porque cargas d’água, estava zappeando e parei no programa. Gosto – ou gostava do humor do Adnet – e resolvi conferir. Meu Deus! O que fizeram com o garoto! Parece que o Hassum brilha mais do que ele. O texto é maçante. Ele falava de colocar uma bomba na boca do paciente, discorria um palavrório que não tem nada de humor. Enfim, um programa chatíssimo. Voltei para os meus canais brasileiros e com a certeza de que nunca mais verei.

Responder

Vlad

08 de maio de 2013 às 19h31

Deveria haver uma lei especificando quem pode ser zombado e quem não pode.
Bem como uma fórmula que defina exatamente o que é humor e o que é baixaria. Sob pena da concessão ser renovada por apenas 150 anos ao invés de 200.
Poderia se chamar ley mimimi.

Responder

Seu Zé

08 de maio de 2013 às 15h35

Quando ele sair da Globo irá trabalhar no Kibeloco.

Responder

Urbano

08 de maio de 2013 às 14h52

Em termos de Humor com letra maiúscula, acabando-se com os programas “Toma Lá, Dá Cá” e “A Grande Família”, então é melhor fechar, pois o resto é bagaceira, pura e simples.

Responder

Marcelo Meneses

08 de maio de 2013 às 13h45

Concordo em muita coisa publicada nesse blog, mas acho interessante esse “martelar” contra a Globo (com toda a razão) e ausência quase completa de questionar as outras emissoras. Será que a Record (quanto mais desgraça melhor), Band ou SBT são melhores? Tem mais respeito pela democracia, minorias etc e tal. Ou talvez porque o blog é ligado a um funcionário da Record?

Responder

Maria

08 de maio de 2013 às 13h17

Concordo plenamente com o excelente texto! Parabénss

Responder

Alexandre Felix

08 de maio de 2013 às 08h32

Há algum tempo eu achava que estava ficando rabugento, pois nunca achei graça nenhuma nesses “novos humoristas” . . .pelo visto estou bem.

Responder

Fabio Passos

07 de maio de 2013 às 23h41

A globo e o tumulo do humor.

E tanto azedume, magoa, rancor e dor de cotovelo escancarada… que ao tentar fazer piada espirra bilis no telespectador!

Chora, plim-plim!
Sorrir nao e mais contigo. rs

Responder

José Fernandes

07 de maio de 2013 às 22h44

Até a chama é P.A.T.È.T.I.C.O

Responder

José Souza

07 de maio de 2013 às 21h05

Não vi e não gostei. Pelos comentários só fica 6 meses no ar, depois, já era.

Responder

BRICs levam brasileiro ao comando da Organização Mundial do Comércio - Viomundo - O que você não vê na mídia

07 de maio de 2013 às 20h56

[…] Luana Tolentino: Dentista Mascarado zomba de Cristina e Evo […]

Responder

Nelson

07 de maio de 2013 às 19h29

Acompanhar jogos pelo rádio? Eis uma coisa que de há muito já me encheu o saco. Não dá prá aturar aquela gritaria que eles fazem para tentar nos “vender” jogos que não têm graça ou emoção alguma; são uma chatice só.
Se é prá ouvir pelo rádio, então eu não acompanho futebol. Ligo a televisão e, se o jogo for uma pelada, desligo e vou fazer algo mais produtivo.

De resto, desejo à Luana e a sua irmã muita saúde e muita proteção do “Patrão Velho” lá de cima, como costumamos dizer aqui no sul do nosso Brasil.

Responder

Mario

07 de maio de 2013 às 19h15

Quando o Marcelo Adnet foi contratado pela Rede Globo, eu disse para um amigo que duvidava que o Marcelo pudesse produzir novamente o humor que você encontra neste vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=jrUVle5wdPY

É uma pena!

Responder

Fabio Passos

07 de maio de 2013 às 18h29

“de tão feia, era uma mistura de Cristina Kirchner e Evo Morales”

Tentem imaginar alguem rindo ao ouvir esta frase…

Vamos falar a verdade.
Piada mesmo e ver um imbecil rir disso. rsrsrs

Responder

Fabio Passos

07 de maio de 2013 às 18h08

Imaginem que dureza deve ser trabalhar na globo e precisar contrabandear uma “piada” estupida e completamente sem graca em um programa que deveria ser de humor… para agradar o ali kamel e a famiglia marinho.
A globo e tao triste e depressiva que faz ate bobo alegre chorar.
Tamanha dor de cotovelo nao tem mais cura…

Responder

Gerson Carneiro

07 de maio de 2013 às 17h49

Responder

    willian

    07 de maio de 2013 às 20h38

    Gerson Carneiro é a mais nova revelação do humor do Brasil.

    Edfg

    08 de maio de 2013 às 08h18

    Pena que o humor seja involuntário…

Marcelo

07 de maio de 2013 às 17h23

Quanta injustiça .A TV brasileira é o maior incentivador da cultura. Basta assistir por 5 min. que da vontade de desliga-la e ler um livro .

Responder

Angela Liuti

07 de maio de 2013 às 17h13

Quem é que ainda assiste estes programas chatérrimos,de pseudo humor da globo. não perco mais tempo com isto, aproveito para ler um capitulo do livr preferido, fazer reunião de bate papo com a familia, ir numa reunião de moradores do bairro.

Responder

Paulo

07 de maio de 2013 às 16h13

Luana, se a sua irmã sorri das piadas do Adnet, que mal há? Risos curam!

Além disso, sabe o quanto que Evo e Cristina, a louca, ligam para a sua dor e, principalmente a de sua irmã? Sabe, né!

Responder

    Gersier

    07 de maio de 2013 às 18h30

    Tanto quanto o vampiro serra ou o defumado fgagac.
    Acrescento o merdal e o ridículo azedo,ambos lambe botas dos marinho e cia,incluso aí a bebum acastanhada.

    Paulo

    07 de maio de 2013 às 22h46

    Eu acho a presidente da Costa Rica uma gata e ela também não liga para mim!

Adriano Gomes

07 de maio de 2013 às 15h16

Vindo da Globo, tudo é possível … lamento pelo rapaz, porque se não agradar, vai ter que ficar a vida toda tocaiado em alguma sala da Rede Demônio, digo, Rede Globo.

Responder

    Fabio Passos

    07 de maio de 2013 às 18h11

    O negocio do cara e humor… e obrigam o coitado a fazer “piada” sem a menor graca para agradar o patrao. Impossivel acreditar que alguem riu. Ninguem e tao estupido. rs
    A programacao da globo e uma josta.

Paulo Brasil

07 de maio de 2013 às 15h00

Barco que pesa demais de um lado so, acaba afundando.

Globo, continue nesse ritmo.

Responder

Leila Vieira

07 de maio de 2013 às 14h50

Sempre tem o SBT para assistir :)

Responder

Marcelo Gaúcho

07 de maio de 2013 às 14h42

Cristina Kirchner feia?

Responder

    Gersier

    07 de maio de 2013 às 18h34

    Eles quando não são cegos,são caolhos(sem ofensa aos portadores)e só acham lindas a tal mírian porcão e a ébria castanhede.

sergio de oliveira campos

07 de maio de 2013 às 14h38

Este prentenso humorista só estava esperando . Quando veio o contrato com a super facista globo , mostrou a verdade. É um porco nazi- facista

Responder

nana

07 de maio de 2013 às 14h33

Já deu pra perceber que as celebridades facistóides fazem rir só quando falam sério.

De resto, são bullies depressivos buscando valvula de escape em arte kitsch e no twitter!! #over!

Responder

souza

07 de maio de 2013 às 14h31

desejo muita saúde para sua irmã e para você que tem um senso crítico muito bom.

Responder

Willian

07 de maio de 2013 às 14h26

Só há humor na democracia. Ditadores (de esquerda e de direita) não admitem o humor. O humor é a forma mais corrosiva de crítica.

Na Idade Média, as críticas mais corrosivas eram feitas pelo Bobo da Corte, o humorista da época.

Responder

    Cassius Clay Regazzoni

    07 de maio de 2013 às 17h51

    O problema é que na Globo o humor corrosivo contra a direita é censurado, portanto, os editores são todos ditadores e a Globo uma colaboradora deste tipo de ditadura.

    Edfg

    08 de maio de 2013 às 08h21

    Mentira. O FHC, por exemplo, era sacaneado semanalmente pela C & P.

damastor dagobé

07 de maio de 2013 às 14h15

consta que o poderio do velho patriarca do mal Roberto Marinho, com seu poder descomunal, atrasou em ao menos uma décadas a implantação do controle remoto sem fio nas TVs, que ja existiam mundo a fora…sabia das coisas esse daí.
Depois que o tal controle entrou o povo já estava por demais viciado que não fez mais diferença…agora tudo que eles podem fazer – eles que tb controlam o sistema de TV paga – é manter os preços das assinaturas de Tv a cabo fora do alcance do povão que tudo continua como dantes no quartel de abrantes..

Responder

Dias

07 de maio de 2013 às 14h00

Esse programa “O Dentista Mascarado” é tão sofrível que resta apenas esperar esgotarem-se os episódios contratados e patrocinados para ser silenciosamente esquecido para sempre pela emissora, tal a semsalcidade desapimentada do dito cujo, então para que a indignação boca a boca para ressuscitá-lo, já não basta o lobo grande emputecido a vender livro?

Responder

Gilberto Marotta

07 de maio de 2013 às 13h52

Claro, tem gente que vai dizer que é só uma piada, que trata-se de teoria da conspiração da esquerda e coisa e tal. Mas pra quem gosta de análise do discurso, é só pensar um pouco… dá pra lembrar de pronto de gente bem mais bizarra na direita: Bush, Merkel, Thatcher… mas claro, aí não seria engraçado, na visão do pessoal da Globo. E pra quem acha que é mau humor da esquerda: FHC foi quem reclamou, na época, de uma caricatura sua pelo Aroeira (com os dentes encavalados, famosíssima!), Lula nunca reclamou de qualquer fotografia ou caricatura sua, por mais que os autores se esforçassem para enfeiá-lo ainda mais. Aliás, levou fama de pinguço mas nunca foi pego bêbado, quem foi, duas vezes, foi Aécio, mas esse nenhum jornal ou revista sequer insinuou ser pinguço… A propósito, não acho nem Cristina nem Evo feios. Evo não é bonito, mas tem um tipo bonachão, simpático. E Cristina, considerando que não é nenhuma modelo e já tem bastante idade, até que está bonita…

Responder

    alvaro

    07 de maio de 2013 às 14h30

    Concordo inteiramente. O humor da Globo tem objetivos muito específicos. Jamais diriam que a namorada do tal dentista seria uma mistura de Margareth Tatcher com Gilmar Mendes. De maneira nenhuma. Iria contra o padrão globo. Neste padrão, o ministro do STF brasileiro e a ex-primeira ministra inglesa são heróis e não podem ser caricaturados de forma grosseira e ridícula. Já Evo Morales e Cristina Kirchner são seus inimigos e devem ser os alvos de sua sanha humorística. Ou seja, na Globo, nada é gratuito ou descontraído. Nada é “só uma piada”. Nunca. No sistema globo de comunicação só o caderno de Classificados do seu jornal não é editorializado e ideologizado. Por enquanto…

    Yacov

    07 de maio de 2013 às 20h18

    O humor da gloeBBBels não é humor, é bullying. Eles acham que é bonito ser feio… Como dizia o saudoso Brizola: “no PT (e na sociedade em geral) tem muita gente que cacareja na esquerda mais bota sempre seus ovos na direita…”

    ANOS tuKKKânus LEWINSKYânus NUNCA MAIS !!! NO PASSARÁN !! VIVA GENOÍNO !! VIVA ZÈ DIRCEU !! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE !! VIVA LULA !! VIVA DILMA !! VIVA O PT !! VIVA O BRASIL SOBERANO !! LIBERDADE PARA BRADLEY MANNING JÀ !! FORA YOANI !! ABAIXO A DITADURA DO STF gloBBBobalizado!! ABAIXO A GRANDE MÍDIA EMPRESARIAL & SEUS LACAIOS e ASSECLAS !! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ !! LEI DE MÍDIAS, JÁ !! “O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

Taques

07 de maio de 2013 às 12h51

Não gostou, Luana?

Muda para outro canal, hoje em dia existem dezenas (ou centenas?) de opções, ou mesmo, desligue a TV.

Simples assim!

O grande problema é que você, assim como a esmagadora maioria das pessoas, adora a Globo.

Responder

    anônimo do Prado

    07 de maio de 2013 às 17h43

    Leia pelo menos a primeira frase do post.

    Antenor

    07 de maio de 2013 às 18h00

    Acho que a Luana não deve mudar de canal. Como eu não tenho saco para assistir tamanhas baboseiras, a Luana me prestou um grande serviço me informando o que tá rolando na rede bobo. Obrigado ,Luana!

Willian

07 de maio de 2013 às 12h46

Este post tá meio infantil:

Mamãe, o Marcelo a Cristininha e o Evinho de feio…

Responder

    Mariano

    07 de maio de 2013 às 13h52

    Eles precisam protestar agora, para evitar que no proximo programa o Adnet os chame de chatos e bobos…

    Neotupi

    07 de maio de 2013 às 20h24

    Acho que a sua capacidade intelectual é que não alcançou nada além dessa forma infantilizada de ver as coisas.
    A Luana está dizendo apenas que viu e notou um humor (???) reacionário. Só isso. Não é tão complicado assim de entender.

    willian

    07 de maio de 2013 às 20h41

    Realmente é um programa de índio.

nana

07 de maio de 2013 às 12h42

Pra quem diz que a crítica é ridícula, tem coisa mais clichê e kitsch que falar que índio boliviano (o Evo Morales) e nordestino é feio? isto é todas as raças não brancas. Mayara petruso que o diga. Engraçado que o casal yoing deve ter seus pezinhos na cozinha julgando só pela aparencia deles… Lá vem o bando dos politicamente incorretos cry babies, vitiminhas da patrulha ideologica coitados! Expressa racismo e conservadorismo reconhecível por seus não-pares e vem chorar posando de vitimas. Narcissistas infantilóides que riem somente do que falam! Fala a verdade o casal yoing que é feio pra cacete tava falando se si mesmo, além de nazistinhas metidos a modernetes!

Responder

renato

07 de maio de 2013 às 11h23

Piada é assim mesmo gente!
Alhuns dão risada.
Outros colocam a carapuça.
O corno sai de fininho
o Gay, fala grosso,
O portugues se enraivesse.
Qual é o problema do Adnet.
Porra, não asisto a globo,
mais terei que ver o proximo
epsódio.
Quando o Adnet falava dos ricos
em Miami, aí estava bom para nós.
Quando foi para eleger a Dilma.
Se eu for ver uma cómedia achando
que é um trabalho das trevas contra
o LULA… daí não vou dar mais risada,
Vocês estão perdendo o Ponto.
Critica, comédia,tratamento da irmã.
Devagar querida srria com adnet.
Senão fica difícil a vida..

Responder

    Mariano

    07 de maio de 2013 às 13h54

    Seu comentário é perfeito, mas não há chance de fanáticos entenderem isso.

Márcio Carneiro

07 de maio de 2013 às 11h20

Piada sobre Serra = Liberdade de expressão.
Piada sobre Evo = Ataque fascista.

Quando é que vcs irão aprender que os conceitos não servem a “revolução”. Liberdade é liberdade, seja para fazer piada de um “reaça” ou de um “progressista”

Responder

    Adriano Gomes

    07 de maio de 2013 às 15h15

    Piada do Serra onde, cara pálida ???

Willian

07 de maio de 2013 às 11h18

Em termos de humorismo, nada supera os comentários ao post. O politicamente correto ainda vai acabar com o mundo.

Vocês se incomodam com o Adnet chamar EVo e Cristina de Feios (e são!), mas acham engraçadíssimno o que PHA faz com Miriam Leitão e Serra em seu site.

P.s Se tiver que votar numa revelação do humor, voto em Gérson Carneiro. Suas tiradas são “geniais”.

Responder

Gerson Carneiro

07 de maio de 2013 às 11h11

Responder

    Willian

    07 de maio de 2013 às 12h45

    A Velha* tá bem feia e com saudade do Vesgo*.

    *Copyleft José Mujica

    Ivan Arruda

    07 de maio de 2013 às 16h55

    A Angela Merkel, mesmo com roupas, é mais feia do que a presidenta da Argentina. Mas pertence ao primeiro mundo. Não fosse abito, diria que era para valorizar as personalidades da América latina e contribuir para a nossa integração. Sem nenhuma segunda intenção… de quem escreve. Não de quem representa.
    Mas a Angela leva uma vantagem. Ela não é bola da vez. A disputa está entre Evo e Cristina. As Forças da Paz sediadas no Paraguai com apoio da EMBAIXADA e da rede golpe não nos deixa encarar a piada só como piada. Não nos esqueçamos das piadas feitas com professores e com as escolinhas e o efeito depreciativo diariamente reforçado para justificar baixos salários. Parece que ninguém quer ser professor.

    renato

    07 de maio de 2013 às 19h44

    Wiliian ela é mulher, e por tanto merece meu
    respeito, e digo a ela com todo o Respeito.
    Dá um caldo quente, com um bom vinho e paezinhos
    italianos e queijos.
    Desfolharia meus versos em castelhianos, ao som
    de uma suave gaita de fole.
    Lareira….e um exelente sofá….
    Hoje não estou para política.

Romanelli

07 de maio de 2013 às 10h28

Chamar a Cris e o EVo de feios ? pode isso Arnaldo ?

http://www.youtube.com/watch?v=Z_eyIjOkGpw&playnext=1&list=PLTMvyf6FbJAwsI_iurokmipupGo5eoh41

que país estamos meu deus ..as criticas são ridículas, e a defesa então, nem te conto..

Responder

Zanchetta

07 de maio de 2013 às 10h06

Se fosse uma mistura de Serra com Regina Duarte aí você caia na gargalhada… Mas, mexeu nos “progueçistas”, já viu!!!!

Responder

Falando pra pobre

07 de maio de 2013 às 09h56

É por estas e outras que não acho graça nenhuma em humoristas.

Responder

Jorge Portugal

07 de maio de 2013 às 09h55

Seja forte se livre das drogas se livre da globo.

Responder

Fátima Oliveira

07 de maio de 2013 às 09h54

Oi Luana, uma análise bem pé no chão. Eu vejo TV raramente. Sempre fui muito seletiva com TV e, aos poucos, fui largando de mão. Mas entendo que para milhões de pessoa é o único lazer possível, logo não condeno quem gosta e nem quem é viviado em TV. Admito que não é fácial separar o joio do trigo.
Outro dia li uma crônica muito legal sobre o assunto, que recomendo, pois é uma leitura que vale à pena. É do Blog Minimalista, da Camile Carvalho: O dia em que abandonei a TV – um trechinho: “Mas por quê resistimos tanto quando queremos abandonar a TV? Parece ser muito difícil, mas na verdade não é. Estamos acostumados a uma sensação de informação constante, a qual temos medo de perder alguma coisa…Somos, a cada dia, bombardeados de informações inúteis, fúteis, rasas. O que isso é importante em nossas vidas? Sim, eu estou generalizando, é claro que temos emissoras com um nível cultural mais elevado”.
http://www.limacoelho.jor.br/vitrine/ler.php?id=9038

Responder

Mardones

07 de maio de 2013 às 09h10

Na sua tv só ‘pega’ a Globo, Luana?

Aposto que há alguma programação na tv cultura da sua cidade melhor do que esse ‘humorístico’ global.

Não é muito difícil achar algo melhor do o oferecido pela Globo.

Faça uso da teoria – famigerada – da Dilma e meta o dedão no controle remoto.

Responder

    Marcio Wilk

    07 de maio de 2013 às 15h53

    Ô Sr. (a) Mardones… A Luana assiste para agradar a irmã, fazer companhia, entende?? A programação da Globo é maçante, está em jornais e revistas, nas redes sociais sempre tem “robôs” comentando novelas ou esse programas, chama a atenção, curiosidade.

Gerson Carneiro

07 de maio de 2013 às 09h06

Há mais de 20 anos não vejo “programas de humor” na Rede Globo. O último que vi foi “TV Pirata”.

A Globo é perversa.

Quem vai pra lá perde sua originalidade em função da adequação à ideologia. E muitas vezes a Globo oferece um alto salário só para manter a pessoa na geladeira a fim de eliminar a concorrência. Aconteceu com Chico Anysio, que chegou a reclamar que “gostaria de trabalhar mas o contrato com a Globo o impedia”, e com o Thunderbird.

E vez enquando a Globo dá um chacoalhão pra mostrar que ela é maior que seu funcionário, como fez recentemente com a Carla Vilhena, no Bom Dia São Paulo.

Quando ao Marcelo Adnet não sou fã. Quem conheceu Ronald Golias dificilmente se deixa levar por essa “novidades”.

Responder

    Willian

    07 de maio de 2013 às 16h20

    E apesar disto, as rivais comem poeira. Sorte a Globo ser tão ruim, hein Gérson? Já pensou se ela fosse boa?

sANdro

07 de maio de 2013 às 07h45

A Cristina, com todo respeito, é linda, charmosa, uma gata.

Responder

    Willian

    07 de maio de 2013 às 11h19

    Taí uma piada muito boa…rs

    CID

    07 de maio de 2013 às 13h38

    E não é. Gosto é para cada um prazer. Ou só platina são apetitosa.

Rodrigo Leme

07 de maio de 2013 às 07h41

Acho engraçado falarem que o humor praticado é “fascista” ao mesmo tempo que usam esse caso como exemplo da necessidade da Lei de Meios. Pois afinal, nada mais fascista que querer calar a critica, o humor por força de lei.

Tem hora que fica difícil manter a mascara no lugar, né?

Responder

    Falando pra pobre

    07 de maio de 2013 às 11h52

    Ao que eu saiba a lei de médios é pra outra coisa. Distribuir dinheiro a mais meios, e não só a globo como sói acontecer.

    Mas interessa confundir.

Francisco

07 de maio de 2013 às 04h43

Eu sei que, ao morrer, devo ir para o inferno…

Boto na Globo e tiro o som. Fico lendo qualquer coisa ou acessando a internet. Aquilo mudo é uma beleza…

É que na Globo tem uma pá de dona bem feita, das coxa grossa, cevada no iogurte, calibrada nos quatro pneus… enfim! Inferno…

Não uso canal pago. Acho igual a pagar escola particular e plano de saúde. Não pago.

Mas tenho parabólica, dai que, a partir de meia noite, o melhor canal da TV se revela: o canal do boi!

E tome John Wayne, Victor Matchure, Errol Flin, Burt Lancaster e, vez por outra, um Kirk Douglas jovem, jovem, jovem…

Legendado, o filme alugado lá pela emissora, me serve perfeitamente.

Veja e confira!

Responder

Alexandro Rodrigues

07 de maio de 2013 às 02h49

Que preguiça de comentar…

Mas vamos lá! Esse programa é escrito pela talentosa (mas reaça) Fernanda Young. Ela já se pronunciou várias vezes eleitora do PSDB, por ser o partido no qual ela mais confia…

Agora: esse programa é feito para um nicho de telespectadores. Os da classe A e B. Àqueles que já pensam que Cristina Kirchnner é uma velha rabugenta como o Mujica do Uruguai, ou que o Evo Morales é um “índio de araque” como diz o Reinaldo “Nossa Caixa Nosso Banco” Azevedo.

Portanto, em termos de efeito de alienação, isso é como vômito regurgitado! Só pega em quem já pensa dessa forma. Acho que tem coisas mais importantes pra gente se preocupar!

Por exemplo, o que falar do 39º ministro da Dilma Controle Remoto? Afif num governo petista… nunca antes na história deste país…

Responder

Tiago Tobias

07 de maio de 2013 às 00h47

O Marcelo Adnet não é fascista e o humor dele está anos-luz na frente de um “humor” CQC. O problema é ele ter ido para a Globo, que é capaz de destruir muitos e muitos talentos. Que o Adnet tenha bom senso e não jogue sem talento na lata do lixo. E que não vá para no Zorra Total.

Responder

raquel c.

07 de maio de 2013 às 00h39

Há alguns dias, em algum canal da TV, assisti a reprise de alguns momentos da patética ‘Escolinha do Prof. Raimundo’, e mostrou o Seu Boneco, um mendigo, sem dentes, com barriga saliente, como se fosse de vermes. O enredo era que o Seu Boneco não tinha feito alguma atividade ou não tinha entendido a tarefa porque tinha fome e a única coisa que ouvia era o ronco do estômago. Aí o professor grosseiramente xingou o aluno, mandou-o sentar, a turma riu e o Seu Boneco largou o seu bordão, que já nem lembro mais. Fim da cena. Fiquei estarrecida ao ver, hoje com olhos adultos, como era (é) um humor cruel, nojento, sádico: um professor zombando e humilhando um aluno faminto e pobre, justamente por ele ser faminto e pobre (isso que sempre tentam colar o rótulo de ‘vagabundo’ e ‘preguiçoso’ nos personagens pobres). Fiquei chocada. Quando eu era criança, assistia esse programa e até achava engraçado. Hoje eu preferiria que meus pais tivessem me proibido de ver tais programas.

Responder

Pedro Mello

07 de maio de 2013 às 00h11

Acho o Adnet meio sem-graça, mas não pode fazer piada com quem é aliado do PT? Patrulhamento de esquerda é tão mal quanto de direita.Eita, isso aqui tá virando o país mais chato do mundo.Tem alguém de centro por aí?

Responder

nana

06 de maio de 2013 às 23h56

Luana, desejo que a sua irmã aguente firme e se recupere logo. Você como bela irmã que é com certeza torna sua vida mais doce.

Quando ao Infame Mascarado, coitados os roteirista tem que apelar pra vulgarização para fazer rir.
Aliás, tem casal mais feio que esse Alexandre Machado (nossa fui ver a cara deles no google…) e a Fernanda Young ?!? Vai ver escreveram pensando no proprio namoro.

Responder

Apolônio

06 de maio de 2013 às 23h48

Que Deus abençoe sua irmã. Que ela recupere logo. Já algum tempo não assisto TV aberta. Jornal, só da TV Brasil, por sinal, ótimo jornal. Me informo muito pelos blogs progressistas. Leio alguns jornais de fora do país. Acho que está de bom tamanho. A TV aberta em nosso país está muito ruim.

Responder

Luis

06 de maio de 2013 às 23h27

A Globo é o cancêr.

Responder

Elize Lima

06 de maio de 2013 às 23h21

De genial para objeto Global.

Responder

ccbregamim

06 de maio de 2013 às 23h12

escrevi isso depois do segundo episódio do ex-talentoso adnet.
quem viu reconhecerá o próprio texto do episódio.

O triste caminho de Marcelo Adnet e sua escrava branca
[chance para que ele deseje o fim antes de mim]

Ou: a escrava branca? e a piada estragada
Ou: tudo tem seu preço

Nosso herói dança a conga.
Mostra a bunda.
Rebola.
Usa cueca fosforecente.
Apanha que nem o pato donald.

E você, que não é espião e justiceiro
não aplica injeções de sonífero em pretos e pobres
não arranca dentes errados
se for tão bundão quanto Adnet,
poderá se comprazer em vê-lo
humilhar e ser humilhado.

A escrava branca também é um espetáculo..
Miss-ex-mais-bela-de-todas
toma mordidas
oferece a bunda
só quer grana
mete a mão no cocô
e..
sorri quando chamada de branca
Branca?

Claro, tudo limpinho
sem cocô nem bunda..
estamos falando de higienização
patrocinada pela oral b..
com lima duarte elogiando o talento..
[ironia?] da propaganda.

E assim Adnet começa bem sua vida e morte de herói global
Afogado no naufrágio de um cruzeiro, não é lindo?
Mas não, ele está lá
fantasma pra vizinha ver
promovido a contador de piadas estragadas

“Tudo tem seu preço.”

Responder

Ivan Clides da Costa

06 de maio de 2013 às 22h41

Belo texto. A rede globo é ARDILOSA. Só não encherga isso quem consome sua programação, como se estivesse comendo BIZ, não da para parar. Saúde e Paz.

Responder

H.92

06 de maio de 2013 às 22h22

Cara Luana, sobre os jogos de futebol: quando passar pela tv, é simples, aperte a tecla MUTE do seu controle ou abaixe o volume totalmente, ligue o rádio e seja feliz!

Já a rede Globo é isso mesmo, pobre do artista que vai pra lá, não demora e o Adnet vaificar super antipático, aquele tal de padrão global, sabe?! rs

Responder

    Fabio Passos

    06 de maio de 2013 às 22h48

    Fico imaginando quem pode considerar esta coisa estupida como humor.
    E por isso que os militantes do PiG so fazem rir quando falam a serio. rsrs

lulipe

06 de maio de 2013 às 22h18

Os humoristas, no mundo todo, fazem sátira de pessoas famosas,principalmente políticos, aqui não poderia ser diferente, e a presidente da Argentina e o Morales são um prato cheio para o humor, convenhamos.Abaixo a censura!!!!Sigam o conselho da Dilma, usem o controle remoto e parem de sonhar com o controle dos meios de comunicação.

Responder

    H.92

    06 de maio de 2013 às 22h41

    Só suíno gosta de porcaria.

    Marcio H Silva

    07 de maio de 2013 às 00h46

    Pô, mas eles tem farto Material aqui. Serra, Aécio, FHC, Alckmim, Gilmar Dantas, Joaquim Barbosa Perillo, Cachoeira….. Não precisam fazer piadas com Presidentes de outros países, até porque o povo de lá não vai assistir mesmo…….

    Tiago

    07 de maio de 2013 às 10h20

    Bem dito, colega Lulipe. A autora do texto tem todo o direito à sua opinião e não gostar do programa pelos motivos que quiser…mas se o ponto de crítica é o fato do humorístico ter feito piada sobre a Cristina Kirchner e Evo Morales…eu me pergunto: qual seria a opinião da autora se os tais presidentes tivessem sido elogiados? Ou, se ao invés destes, tivessem feito humor com, digamos, George W Bush?

    Nesse caso, talvez o programa fosse chamado de “progressista”.

    anônimo do Prado

    07 de maio de 2013 às 17h42

    “…se os tais presidentes tivessem sido elogiados? Ou, se ao invés destes, tivessem feito humor com, digamos, George W Bush?”
    Eu diria que crackers invadiram a platinada.

    assalariado.

    07 de maio de 2013 às 18h27

    Caro Tiago, mais uma vez, você esta sendo artificial e superficial em sua analise quando alega: ‘SE’ fossem elogiados. Isto mostra que você não leu até o final este artigo que por sinal ela (Luana), aborda outros momentos dessa paranoia humorística. Ou seja, a questão inicial e final do artigo, vai muito além do que você imagina (“SE” isso, “SE” aquilo).

    A questão levantada pela autora é o viés politico do ‘humor’, sim, ele é ideológico e sempre foi. O humorismo ‘moderno’, é para ridicularizar as pessoas, tem endereço, tem nome, tem ideologia, e tem classe social a ser abatida. Muito menos coloca da forma que você pressupõe, de forma ingênua, “progressista”. O que, o PIG (Partido da Imprensa Golpista), tempo inteiro tenta é, fazer e faz a cabeça do povo, contra esse ou aquele ator da história. Claro, desde que este esteja atrapalhando o projeto de poder de dominação da burguesia capitalista nos seus interesses imediatos. Ou seja, nos seus lucros.

    Este tipo de humor rasteiro e macabro (nada ingênuo), reina nos PIGs da vida, já é calculado pelo burguesia midiática, de forma as pessoas do andar debaixo e /ou seus supostos defensores virarem motivo de chacotas, em todos os sentidos, físicos e psicológicos. Isto é, fazem de forma selecionada e ideológica, esse ou aquele personagem politico ou não, um deboche, de forma as massas ficarem com preconceito ou que valha, sobre esse ou aquele estereótipo de politico, não percebes?

    Saudações Socialistas.

    Tiago

    07 de maio de 2013 às 22h24

    Prezado assalariado,

    Ora, não vejo porque não fazer um exercício de imaginação, o tal do “SE”.

    Eu concordo contigo quanto ao nível (ou falta dele) pelo que passa nosso humor nacional: essa “nova geração” tem os alvos de sempre: negros, gays, pobres, mulheres…e isso é execrável sim. Mas minha sensação ao ler os comentários dos colegas é que o problema é outro; o problema foi a piada (péssima aliás) aos “governantes progressistas”. Então, sim, me pergunto se o alvo da piada fossem os que estão do outro lado do espectro político; qual seria a reação dos nossos colegas de comentários?

    Eu gostaria muito de estar errado em minha impressão. Mas…

    Saudações.

    Neotupi

    08 de maio de 2013 às 13h17

    Você não está errado nas suas conclusões (talvez devesse rever se suas críticas estão no caminho certo). Todo grupo de mídia tem sua linha editorial, e a Globo sempre foi alinhada ao pensamento de Washington, portanto contra nacionalistas latino-americano (que eles chamam pejorativamente de populismo, apesar de Evo Morales, por exemplo, ser extremamente responsável com gastos públicos. Os balanços da Bolívia sob governo Evo são excelentes nos resultados). A Luana apenas registra o que a Globo escolheu ser: reacionária, como a Fox nos EUA.
    Houvesse uma TV de esquerda, faria piadas cujos alvos seriam banqueiros, latifundiários, corruptores, imperialistas, maus patrões que exploram trabalhadores. Você não vê um quadro de humor na Globo com um cidadão “ganhando” um cheque especial ou cartão de crédito e saindo da agência sem as calças depois de pagar juros de 6% para cima ao mês. Os telespectadores poderiam rir, mas o “amigo” anunciante dos donos da TV, não. Não vê piadas com Murdoch, nem com planos de saúde que negam atendimentos absurdos, nem sobre exploração de trabalho escravo, especulação imobiliária, nem sobre bombardeios de países imperialistas sobre países pobres, apoio a golpes de estado. Até nos EUA há filmes de comédia criticando tudo isso.
    Quem é conservador ri e se informa satisfeito assistindo a Globo. Quem tem outra visão de mundo, deveria ter outras opções no controle remoto.
    Por isso é importante democratizar as comunicações, combatendo a hegemonia do pensamento único na TV (a Globo é a principal, mas as outras Redes TV’s tem os mesmos valores), para haver liberdade de expressão de outras visões de mundo.

    Emerson

    07 de maio de 2013 às 10h43

    Além de usar o cntrole, é o governo sim explodir o duto que leva as verbas de publicidade para dentro da Globo.

    Por mim, quero mais é que a emissora se exploda e sem nosso dinheiro.

    Obs.: comentário fascista o seu.

    LEN

    07 de maio de 2013 às 13h55

    O que tem a ver uma coisa com a outra Lulipe?

    As críticas a um programa de baixa qualidade, ou pela globo usar programas humorísticos sempre de forma a repercutir seus pontos de vistas políticos, são perfeitamente válidas, em nada remetem a controle de conteúdo… ninguém disse que o programa deveria ser retirado do ar, mas lamentando que mais um bom humorista esteja sendo desperdiçado com roteiros fracos, que pretendem se aproximar do humor baixo nível de programas que apelam para baixarias como a gozação de estereótipos físicos que destoem do padrão de beleza da moda, ou minorias que já sofrem preconceito secular. Querer reduzir a crítica ao péssimo nível que se encontra o humorismo brasileiro com uma tentativa de controlar conteúdo por não concordar com os alvos é utilizar o velho mantra dos que não tem argumentos. Outra coisa, se acha que no mundo todo humorismo se faz com humilhações e ofensas, é porque você não conhece programas como Saturday Night Live ou programas de humor britânico

    Tiago

    07 de maio de 2013 às 18h27

    Mas é esse o ponto, prezado colega LEN.

    O que dá pra concluir da maioria das críticas aqui ao, citando você, “péssimo nível que se encontra o humorismo brasileiro” é pelo fato, citando você, da “globo usar programas humorísticos sempre de forma a repercutir seus pontos de vistas políticos”. As críticas ao programa, aqui, estão concentradas nesse ponto de vista.

    E essa é uma crítica válida, é evidente. Mas uma vez que, como disse, a maioria das críticas aqui remete a isso, a pergunta inevitável é: e se, digamos a Carta Capital, fizesse uma seção de humor com tiras ou charges, com alguma piada envolvendo, digamos, o Serra, “de forma a repercutir seus pontos de vistas políticos”…isso também refletiria o “péssimo nível que se encontra o humorismo brasileiro”, ou não?

    Isso valeria uma crítica ao “uso político do humor” ou algo do tipo, ou um elogio ao “uso do humor pela perspectiva progressista”?

    LEN

    07 de maio de 2013 às 21h01

    Tiago, você não me citou, você criou um mosaico com frases soltas de forma a destruir a minha argumentação, rsrs, não, eu não disse que a primeira frase é consequência da segunda, eu usei a conjunção OU, então se você não compreendeu eu explico novamente: eu disse que as críticas são tanto pelo uso político de humoristas como pela péssima qualidade dos programas, e aí incluo roteiros com piadas completamente sem graça, que se apoiam na gozação do diferente…ah tá, achar graça é de cada um, afinal existe quem ache graça de programas como o pânico e CQC, e eu respeito isso mesmo achando de um péssimo gosto, mas quem não acha graça tem direito a criticar e achar que um artista com potencial esteja sendo mal utilizado, não pode? Outra coisa, sabe quando você vai ver um programa humorístico ou uma revista fazer esse tipo de humor depreciativo com o Serra, espera sentado, você vai ver até um militante fazer esse tipo de brincadeira, mas este não usa uma concessão pública para isso, percebeu a diferença? e não, não gosto desse tipo de humor independente do alvo.

    Tiago

    07 de maio de 2013 às 22h15

    Prezado colega LEN, você tem o direito à sua opinião é claro (com a qual, sobre a falta de qualidade do humor nacional e o programa em questão, em concordo em absoluto). E se você diz que não aprecia esse tipo de humor independente do alvo, correto. O que me intriga nos comentários dos colegas é justamente se fosse o contrário: ainda que eu espere sentado, se ocorresse algo assim com, por ex., Serra, qual seria a opinião geral dos colegas?

    Ainda que você não achasse engraçado, os comentários do post, no geral, me levam a crer que muitos aqui achariam engraçado.

    A piada foi péssima (a tal “mistura de Evo com Cristina”…piada horrível), mas não me parece que foi isso que contrariou os colegas…

    Saudações.

    p.s.: não penso que deveria existir relação alguma entre concessão pública x elogios ou críticas ao(s) governo(s).

    LEN

    08 de maio de 2013 às 16h35

    só pra deixar claro amigo Tiago, a crítica do uso político de uma concessão pública para fazer catequese ideológica fica apenas no âmbito da crítica, não acredito que isso possa ser proibido através de uma lei ou regulamentação de mídia, fica no campo da ética e moral que veículos que qualquer veículo de comunicação respeitáveis deveriam seguir. Esse controle de conteúdo que o Lulipe citou e eu critiquei é um mantra que usam para desqualificar a regulamentação de mídia porque não tem a menor possibilidade de passar com qualquer legislatura, porque foi aprovado na CONFECOM com outras resoluções, mas o que é possível fazer é quebrar esses conglomerados vergonhosos que inibem o aparecimento de concorrência e em consequência, pluralidade, além de definir regras claras de direito de resposta, novas diretrizes para distribuição de verba de propaganda de órgãos públicos, desconcentrando ainda mais e garantindo que novos veículos apareçam. grande abraço.

Roberto Locatelli

06 de maio de 2013 às 22h15

A solução simples é NÃO assistir à Globo.

Responder

    JOSE NETO

    07 de maio de 2013 às 09h27

    A esmagadora maioria das pessoas jamais chegará a esse nível de consciencia necessário para desligar a Globo expontaneamente pois esse veículo que deveria lhes trazer informação é o mesmo que os cativa para que continuem conectados. A falta de limites de regulação é uma falha do Estado comparável ao absurdo que seria o Governo autorizar a distribuição e o uso do CRACK. Ley de Medios JA!!!!!

    Emerson

    07 de maio de 2013 às 10h43

    E tirar as verbas publicitárias dela.

    Luis Carlos

    07 de maio de 2013 às 19h40

    baseado em…?

    tipo, falou mal do PT, o GOVERNO não anuncia na Globo?

    mas o dinheiro nem é do PT!

    e o dinheiro nem é “dado” pra ninguém!

    é compra de ESPAÇO PUBLICITÁRIO!

    e quem vai fazer publicidade quer… audiência… repercussão!

José Holanda Padilha

06 de maio de 2013 às 22h14

Tem TV por assinatura,Luana,muito melhor que a TV aberta,muda logo! E que desapontamento com o Adnet,viu? Onde foi parar o rapaz que produziu esse vídeo sensacional na refrega das eleições de 2010?

http://www.youtube.com/watch?v=jrUVle5wdPY

Lamentável,ao que parece já foi pasteurizado pelo “padrão GLOBO de qualidade”,que matou o Serginho Groisman e o Jô!

Responder

    Zé Capiau

    07 de maio de 2013 às 01h05

    Antes na MTV poucos viam Adnet. Mas hoje a história é diferente, na globo ninguém o verá.

antonio marcos dascanio

06 de maio de 2013 às 22h13

Eu – e vários outros – dissemos que o Adnet ia acabar na rede bobo. Tai !!

Responder

enio

06 de maio de 2013 às 22h11

A programação da Globo é horrorosa. A pulverização da mídia, indenpendentemente de ideologias, está em andamento.

Quem compra e vende mídia, quem é do meio, redatores, radialistas, social media workers sabem que tudo JÁ mudou.

Mazó: na boa? que texto tri preocupado com uma coisa que não existe.

o casal young nao recebeu ordens dos Marinho pra colocar a piada. ´É crença deles.

Chifre de unicórnio, it is.

Pô, assino voces. Mas ne? qta bobagem.

Responder

Fabio Passos

06 de maio de 2013 às 21h57

A programacao da globo e horrivel. Imposivel acompanhar.
Nao me surpreende a piada sem graca. A dor de cotovelo da famiglia marinho, com as seguidas derrotas eleitorais e com os lideres politicos que enfrentaram a midia-lixo-corporativa, contaminou os roteiristas.

Creio que o grande programa de humor (involuntario) da globo e o jn.
Principalmente durante eleicoes.

Responder

prof. Ramos

06 de maio de 2013 às 21h36

Luana, sei que não é fácil pedir algo a sua irmã no estado em que você descreveu, mas tente convencê-la a mudar de canal.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!